Capricornianos para a alma

22 de novembro de 2007 ·

Todos nós, enquanto Espírito, escolhemos a data do nosso nascimento. E todos temos um mapa astral. Um dos aspectos mais salientes do nosso mapa astrológico é a escolha que fazemos onde deve estar o Sol num dos 12 signos do zodíaco. Se escolhemos vivenciar este signo em concreto, para além de todos os aspectos indicados na carta, há sempre uma razão muito forte para tal para tal.
As coisas que nos estão destinadas, formam parte de nós, desde sempre, dentro da estrutura cósmica a que pertencemos. Foram escolhidas por nós, como potencial para o desenvolvimento pessoal, evolução espiritual, elevando assim os níveis de consciência que somos nesta reencarnação.
Todos os signos podem ser vividos em 3 níveis evolutivos diferentes. No entanto, a maioria de nós, por motivos que não vêm ao caso, escolhem vibrar apenas as experiências do primeiro e segundo nível evolutivo.
Tenham em atenção que o que aqui lerem fala apenas das características puras deste signo. Mas o seu Sol faz aspectos a outros planetas, além de que existe o resto do seu mapa, podendo dar-se o caso de não se identificar com todo o texto... ou talvez não o queira.

As pessoas nascidas entre 22 de Dezembro e 20 de Janeiro pertencem ao signo Capricórnio.
Este signo tem como regente: Saturno.
A frase que melhor define este signo: “Eu uso”.
O signo Capricórnio apresenta estas características positivas básicas:
Cauteloso, perfeccionista, sério, responsável, tradicional, o patriarca, o eremita.
O lado menos luminoso do Capricórnio pode apresentar-se assim:
Egoísta, dominador, rancoroso, a cabeça comanda o coração. o que vive a queixar-se.
Acção luminosa de Capricórnio:
O persistente, sem teimosia.
Acção sombria de Capricórnio:
O que tem medo da competição.
Pensamento luminoso de Capricórnio:
Mente clara, espírito claro.
Pensamento sombrio de Capricórnio:
A pessoa não compreensiva.
Sentimentos luminosos de Capricórnio:
Alma séria e amorosa.
Sentimentos sombrio de Capricórnio:
A pessoa retraída, encarquilhada.

Nascer com este signo significa que a pessoa vem aprender
a cultivar e desenvolver estas características:
Tolerância, partilha, devoção, receptividade às ideias dos outros.

Uma visão demasiado generalista de Capricórnio:
Símbolo (glifo): Chifre e cauda da cabra.
Ilustração popular: É representado por uma cabra ou carneiro
Regência: Saturno 
Regente esotérico: Saturno 
Elemento: Terra
Qualidade: Cardinal
Casa correspondente: 10 (X)
Frases: Eu uso – Eu quero chefiar.
Palavras-chave: Ambição.
Signo oposto: Caranguejo 

• Capricórnio é um signo de terra, regido pelo planeta Saturno — o símbolo da ordem, da personificação paternal/autoridade, da restrição e da disciplina.
• Os nativos de Capricórnio são práticos, eficientes, conservadores, diligentes, terra a terra, sérios, reservados e astutos.
• Valorizam a diligência e a autoridade, são extremamente orientados para o sucesso e capazes de assumir muita responsabilidade.
• Pensam e operam à base de dados claros e definidos.
• Uma vez que são os nativos mais orientados para as carreiras, têm de estar sempre empenhados a alcançar um determinado feito, a acumular riqueza, ou a levar a cabo compromissos em certas áreas (policiais, sociais ou domésticas).
• A necessidade de serem bem sucedidos está enraizada.
• À semelhança do símbolo, o bode, que trepa declives e ladeiras montanhosas, também sobem com garra a escada social, de forma a realizarem as ambições e atingirem o topo da pirâmide; fazem-no com paciência e persistência.
• Os nativos de Capricórnio são frugais, reservados, taciturnos, fechados, ciumentos, desconfiados, melancólicos, pouco convincentes, lacónicos e imunes aos elogios.
• Apesar de não ficarem surpresos ou admirados com nada, fazem questão que todos aqueles que os rodeiam tenham consciência do seu esplendor e talento.
• Têm sempre uma resposta sarcástica e amarga na ponta da língua, e podem ser condescendentes, bem como arrogantes.
• Incapazes de se verem de uma maneira objectiva, têm tendência para a megalomania e a arrogância.
• Não admitem os próprios erros, e gostam de culpar logo os outros, afastando-se de uma forma totalmente irrepreensível.
• Os nativos de Capricórnio inferiores são os mais repugnantes de todos: egoístas, altivos, desprezíveis, insensíveis, astutos, hipócritas e lascivos.
• Têm bons poderes intuitivos que utilizam sobretudo na luta para atingirem uma segurança económica e liberdade pessoal.
• Estáveis e confiantes, valorizam a lei e a ordem, vendo-as de uma forma dogmática e inequívoca.
• Têm uma compreensão natural para questões práticas, utilizando tudo o que vêem, ouvem ou aprendem para benefício próprio.
• Ávidos investigadores do conhecimento, não aprendem só por aprender, mas para explorar o que estudam para proveito próprio.
• A capacidade de trabalharem afincadamente está associada à compreensão de que o sucesso significa segurança material, e farão tudo para concretizar este objectivo.
• A grande necessidade de segurança pode torná-los mesquinhos e avarentos.
• Sentem que o mundo lhes deve qualquer coisa em troca dos seus esforços.
• A direcção é sempre para cima, utilizando confiança e ambição como força motivadora.
• Nunca se reformam de forma voluntária.
• Acreditam piamente nos respectivos poderes e nunca pedem concessões.
• Esta crença é comunicada aos outros, que aceitam a liderança inquestionavelmente.
• Trabalham muito para atingirem os objectivos e para encontrar as soluções dos problemas mais difíceis — soluções essas que beneficiam mais os nativos deste signo do que os outros.
• São óptimos a identificar problemas e sabem como os analisar de todos os ângulos.
• Os obstáculos que se encontram no seu caminho não os detêm.
• Os nativos de Capricórnio são muito metódicos e precisos em termos de trabalho, e, em casa, tendem a fazer servidão.
• A casa deve estar bem arrumada.
• São bons empregados e não toleram estar sob a autoridade de outra pessoa, a não ser que a pessoa seja uma celebridade ou um símbolo de poder e de autoridade.
• À primeira vista, podem parecer ingénuos, mas quando a oportunidade surge, são muito manipuladores, no que diz respeito a atingir os objectivos — ao ponto de pisarem as outras pessoas.
• Tudo menos ingénuos, os gestos e as acções são feitos para ganhar algum benefício ou vantagem.
• O ponto fraco é o facto da criatividade poder ser bloqueada pelo cinismo, pelo excesso de ansiedade, de preocupação com a impressão que fazem e com os ornamentos externos de estatuto (ou seja, arrogância).
• Têm tendência para as depressões.
• A influência negativa de Saturno fá-los sentir as respectivas limitações e fraquezas, provocando também melancolia e solidão.
• A influência positiva manifesta-se na autodisciplina, na força de vontade e na capacidade de assumirem responsabilidades.
• Apesar de acreditarem que no mundo “é cada um por si”, são bastante sensíveis, muito cientes das fraquezas e necessitados de apreciação e de atitude compassiva.
• A nível profissional, a restrição e a discrição torna-os bons diplomatas e negociadores.
• Outras profissões dos nativos de Capricórnio são a representação, a arquitectura, o trabalho de detective, a agricultura, as minas e a canalização.
• Apesar de serem bons e fiéis amigos (de preferência para as pessoas que são famosas, ricas, honradas ou abastadas), ai de quem antagonizar um nativo de Capricórnio.
• Embora demorem a aborrecer-se, guardam rancores durante muito tempo, até a oportunidade de vingança se apresentar.
• São mais vingativas do que as pessoas dos outros signos.
• No casamento, amam profunda e apaixonadamente, mas não o demonstram.
• São aconselhados a não se casarem novos e a fazer um esforço para serem menos egoístas, mais alegres e bem humorados. Contam-se entre os fiéis.
• Esta posição predispõe o nativo a ter o sentido do sacrifício com uma tendência muito forte para se fechar em si próprio.
• Não é raro ver nativos deste signo fortemente influenciados pelos luminares e Saturno, significador do signo, viver solitários ou isolados do mundo.
• Predisposto a uma forte ambição e a uma certa frieza em relação aos que o rodeiam; concede um gosto pelos estudos nos domínios do social, da política, da história, do sindicalismo e da religião.
• O nativo deste signo tem um grande controlo dos sentimentos; pode parecer frio e sensível, mas não o é, pois é mais introvertido e interioriza as suas emoções, tem o sentido das responsabilidades; pensar-se-ia mesmo que é um eterno pessimista à procura da satisfação pessoal.
• O nativo deste signo não é especialmente belicoso, mas pode ter ocasionalmente cóleras espectaculares; depois de passar a tempestade, volta a calma.
• No domínio fisiológico, os pontos vulneráveis do Capricórnio são: os joelhos, as rótulas, os meniscos, as pernas, o esqueleto, a pele e os olhos.
• Com o tempo, terá tendência para desenvolver patologias ao nível do esqueleto e da pele que se traduzirão por reumatismos mais particularmente nos joelhos, psoríase, eczema, urticária, prurido e queda de cabelo precoce; é igualmente sujeito ao derramamento da sinóvia, à colite e aos problemas intestinais de todos os tipos.
• No seu interesse, deveria fazer exercícios de flexibilidade para reforçar a sua estrutura óssea e exercícios respiratórios para aumentar a sua capacidade torácica.
• Quando está doente, o nativo do Capricórnio cura-se energicamente e gosta que o médico lhe explique tudo o que diz respeito à sua doença.
• Munido destas informações, exige um tratamento de choque para acabar com ela o mais depressa possível.
• O ponto fraco em termos de saúde é o joelho, que é susceptível de ferimentos e doenças.
• Também sofrem dos dentes, ouvidos e da pele, bem como de prisão de ventre e de reumatismo, e deviam tentar evitar a ansiedade.
• O Capricórnio, limitado e controlado, governado por Saturno (a figura patriarcal), está localizado no lado oposto a Caranguejo, terno e emocional, governado pela Lua (figura maternal).

Que são os níveis evolutivos?
Todas as reencarnações têm como objectivo a passagem da negatividade para a positividade. É experimentar, na prática, a dualidade do ser humano. Todos os signos possuem os seus lados luminosos, assim como os seus lados sombrios. O que o ser humano vem fazer é aprender a dominar melhor os seus instintos mais básicos e primários, conseguindo sublimá-los em atitudes de maior elevação.
Damos a seguir um exemplo significativo. Se alguém é sistematicamente rude com os outros, obviamente que vem aprender a crescer para um outro nível evolutivo. Vem claramente aprender a não ser rude, a aprender a ter consideração pelos demais. Vem aprender (habitualmente com muito esforço) a ter uma atitude menos violenta. O fala-barato vem aprender a ser comedido. O egoísta vem aprender a amar os outros. Enfim, poderíamos aqui eternizar-nos em exemplos, que penso já serem da vossa compreensão.
Aceitem-se a amem-se como são. Gostem de vocês como são. Essa é a vossa experiência nesta reencarnação. Mas se puderem fazer algum esforço de trabalharem questões que vos inatas, só têm a ganhar com isso, pois significa que ao escolherem o signo que têm nesta vida, tinham consciência que poderiam melhor imenso todas essas questões.

Níveis evolutivos de Capricórnio: do regente tradicional ao regente esotérico
Aprender a alcançar aquilo que quer, usando mais a intenção do que o trabalho árduo.
Capricórnio é o 3º Signo de Terra, simboliza o fim da experiência material do homem. 0 seuPlaneta é Saturno, nele se fecha o ciclo da matéria. Terra de experiência colectiva, Capricórnio testemunha o tempo da humanidade sobre a Terra.
Ensina como se estruturam e se organizam socialmente os homens, como aprendem uns com os outros a relacionar-se. Exprime o saber do colectivo, só possível pela aprendizagem de longos Ciclos de Vida. Capricórnio assegura ao homem o poder social, a sua mais sólida afirmação comunitária.
Saturno em Capricórnio concretiza publicamente tudo o que a sociedade possibilita, pelaconsciência de regras de comportamento baseadas na experiência de um Tempo Anterior.Capricórnio é a afirmação do Passado no presente, o aval de tudo o que já foi previamente conquistado, inteligido, integrado.
Seguro e determinado, ciente do chão que pisa, conhece as convenções que lhe abrem o caminho. É conservador, com tendência à inércia e ao estaticismo, que o pode levar a uma rigidez emocional, a uma certa dureza interior. E prudente, resiste ao novo, ao desconhecido, ao apelo dofuturo. Obstinado, o seu muito Saber permite-lhe realizar qualquer objectivo, atingir os fins a que se propõe.
A consciência capricorniana obriga sempre a um qualquer relacionamento público, pressiona quem a tem a intervir num espaço colectivo, movido por um sentimento de responsabilidade.
Capricórnio define as estruturas que possibilitam vida em comum. A estabilidade do poder público, a confiança nas instituições, segurança numa autoridade colectivamente aprovada ecomprovada.
Austero, o Capricórnio assegura eficiência e capacidade de realização. A sua resposta é madura, emocionalmente adulta. Sabe lidar com o mundo dos homens.
Regente: Saturno
Saturno é regente de Capricórnio, tem neste signo o seu domicílio diurno. Aí atinge amáxima expressão da sua sabedoria. Lenta e pacientemente conquistada pela dolorosaexperiência do Tempo, quando denunciada e superada a contradição do Espírito na Matéria.
A última resposta do Capricórnio é a maturidade espiritual que advém da plena maturidade emocional. Simboliza o fim da experiência do homem sobre a terra, quando este signo integrar a experiência do signo anterior, a fé do Sagitário.
Quando o capricorniano já souber viver um ideal transcendente, além dos valores redutores de uma visão materialista. Sem Ideal este signo é oportunista, orienta-se para o prestígio e para o poder pessoal.
Quando animado por uma Verdade Interior, o homem de Capricórnio converte a sua ambição social em Vocação, em dedicação austera a uma Causa vivida como objectivo a atingir. É a Via dos Mestres e dos Iniciados, esses que simbolicamente se encontram no Alto da Montanha, onde a Terra está mais perto do Céu. São Seres Evoluídos, Avatares, Guias dos outros homens. Actualizam no Mundo o Espírito na Matéria.
Na Casa 10
1º nível de evolução: Revela-se a ambição social como primeiro desejo de projecção do Eu no colectivo. procura de status, de consideração, de prestígio, de poder público.
0 desejo de afirmação pública é válido, nasce como resposta a um chamamento de universalidade.Corresponde à necessidade que o homem tem de transcender os limites do seu mundo privado para um relacionamento mais abrangente com a vida e com os outros. Neste sentido, a afirmação pública é em última análise um apelo Cósmico. Identifica-se em qualquer Tema de Nascimentocom a energia do signo do Meio do Céu.
0 apelo deste 1º Nível é muitas vezes confusamente filtrado através de um sentimento deinsegurança e inferioridade social. Como reacção inconsciente a esta insegurança o Eu vaiilusoriamente e de uma forma perversa, compensar-se pela afirmação egocentrada de poder. No entanto, por razões do seu próprio destino, o Eu pode não responder ao apelo social por se encontrar totalmente inibido ou bloqueado.
Vive então uma auto-imagem reduzida. Demite-se da sua intervenção maior, a sua acção no colectivo. É o mundo das massas anónimas não intervenientes. Pessoas que se desconhecem,para quem a energia da Casa X será sempre e apenas potencial.
Inconsciente, adormecida, nunca chega a manifestar-se Infelizmente é na actualidade o estado evolutivo da maioria dos seres humanos.
Ainda se encontram socialmente irresponsáveis, aquém do que podiam vir a ser, reduzidos à esfera das suas necessidades básicas, do seu mundo privado, das suas preocupações domésticas e familiares. Desconhecem a experiência mais vasta e universal da sua Casa 10.

2º nível de evolução: Situa-se a capacidade de afirmação social. É a projecção do Eu frente à opinião pública. 0 poder individual que se revela ao dinamizar as forças do colectivo. profissãocomo forma de intervenção personalizada nas estruturas que asseguram a Ordem Comum. A realização pessoal por participação em organizações nacionais ou internacionais.
Neste contexto situa-se igualmente todo o trabalho que nasce de uma colaboração individual ao país que é o nosso e ao mundo em que nascemos. Neste 2º Nível da Casa 10 o Eu relaciona-se com as estruturas.

3º nível de evolução: Identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição maissegura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo. Quando o Eu aceita incondicionalmente Ser quem pode Vir a Ser.
Quando responde totalmente ao seu destino, ao seu projecto de vida. Quando vence o último nó de medo, a imaturidade que o prende ao Fundo do Céu, à sua intimidade, à sua família, às suasfundações. Uma vez liberto das inseguranças e condicionalismos que o prendiam ao Passado, só então é emocionalmente adulto, capaz de se assumir responsável.
Neste sentido, a resposta à Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por se encontrar aprisionado a medos inconscientes. Nesta fase emancipada, o Eu cria novas estruturas. 0 3º Nível da Casa 10 revela liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos de Tempo, já sem resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal. Neste Nível Casa 10 é a resposta da Personalidade Individualizada.

Conheça os homens e mulheres deste signo

O que esperar do homem Capricórnio:
Trata-se de um tímido. Até mesmo quando concorre para presidente da Câmara. Inventará algumas piadas auto-depreciativas (ajudam-no psicologicamente a derrotar os seus opositores à primeira) e a rir estrondosamente das sua fraquezas.
A verdade é que ele é extremamente sensível às críticas e auto-consciente em público. Por que razão se esforçam tanto? Porque têm necessidade de demonstrar a todos que são capazes de fazer seja o que for.
Vivem para conseguir o que ambicionam. Não se importam com mais nada enquanto não conseguirem provar a si próprios de que foram feitos para escalar as maiores alturas, tal como o seu símbolo astrológico. O preço a pagar nunca é alto demais quando se trata de conseguir e adquirir.
Contentar-se-ão com as recordações das mesmas. É desesperante, esta necessidade de produzir. É a sua maneira de provar que têm valor. Para eles, não basta existir. Então para quê perder tempo com alguém que tem motivações desta natureza? Porque aqui você encontra qualidade.
Os bons valores à antiga como a honestidade, a dedicação, a sinceridade. Pode ser que ele não seja sempre fiel, mas revelar-se-á dedicado à sua eleita. Trata-se duma estranha combinação de valores. O que isso significará para si é que ele, em espírito, estará sempre com os que ama mas não desperdiçará um tempo infindo a lamentar-se quando está por sua conta e risco.
Tem medo do escuro e os seus planos não incluem passar longas noites sozinho. Se você tem de passar o Verão nos Himalaias com o seu Guru, o coração será a única parte do corpo dele que permanecerá só seu. Sabe como ganhar dinheiro, adora a mãe (esperemos que você se pareça com ela), lida com a responsabilidade melhor do que a maior parte dos homens, é inteligente, de confiança e geralmente um papalvo a nível social.
Quando descontraído, possui um certeiro sentido de humor. Realmente muito descontraído, revela um apetite sexual voraz. Como fazer para o cativar? Chegar lá com ele poderá proporcionar-lhe as experiências mais estonteantes da sua vida. Não se trata do seu homem vulgar. Os seus altos e baixos são incríveis, mas ele nunca se esquece daquela que trilhou os píncaros com ele.
E a forma como ele se desvelará para sempre, tentando demonstrar o seu apreço, poderá muito bem levar uma mulher a perder a respiração. Este homem é bem sucedido em empresas e agências governamentais. O seu talento para a organização não tem paralelo.
Apesar de tão conservador, correrá riscos nas transacções monetárias e mostra-se capaz de obter um sucesso surpreendente de forma original e inovadora. É um homem que desenvolverá laços fortes e cheios de significado com a sua companheira. Este apego muitas vezes roça a inter-dependência.
Não obstante, haverá de querer controlar a conta conjunta e o ambiente doméstico. Coloca de lado uma parte da sua necessidade de controlo no grupo em que ele se destaque nos esforços conjuntos e projectos. Por causa disto, normalmente goza de uma posição favorável na comunidade. Os seus sócios e os seus amigos são poderosos e dinâmicos.

O que esperar da mulher Capricórnio:
Estabelecer metas, redigir listas, fornecer a despensa, tudo bem, mas mesmo assim pedir à mãe para a acompanhar até ao centro comercial para a ajudar a escolher umas roupas, muito embora ela já tenha entrado na casa dos trinta.
Ela é uma mulher de “tutano”. Movida pela ansiedade, não vendo com estranheza os boémios da noite, ela é receosa e tímida por detrás de toda a camada de auto-controlo. Adora os filmes de Woody Allen porque ele dá voz aos receios dela.
Teme fazer a opção errada, amar o homem errado, apresentar uma folha de papel com um particípio mal conjugado. Todavia, apesar de tudo isto, irradia a máxima auto-confiança. A compreensão desta dicotomia permitir-lhe-á continuar a progressão para o território sagrado que é o coração dela.
Verbalizar os medos dela, expor os seus pontos fracos, rebaixar os seus planos fará com que ela o exclua da vida dela. Uma vez que você entenda qual a fórmula para conseguir a amizade dela, mostrar-se-á uma amiga despretensiosa, e uma companheira leal e afectuosa. Será digna da sua confiança e partilhará os seus sonhos.
Ela é desprendida, distante, mas nunca fria ou indiferente. Lenta nas relações amorosas, desabrocha como a flor na Primavera, docemente. Os homens apercebem-se desta hesitação e é aí que reside o seu encanto. Que melhor arma para cativar um homem do que a relutância? Só o processo de a convencer representa logo metade da excitação. Ela poderá ser ou não ser a mais bonita, pois só raramente os homens repararão nisso.
Recusando-se a promover a sua imagem, não lhe dará conhecimento de que tem uma licenciatura em administração de empresas, que também é decoradora de interiores, e que se trata de uma das pessoas mais perspicazes que você alguma vez haverá de conhecer. Temos aqui uma mulher profunda.
Aos homens simplórios, repele-os. Homens sem objectivos na vida, instáveis, deixam-na estarrecida. Ela é toda cabeça levantada e aspirações elevadas. Procura a sinceridade, a nobreza de carácter e, porque não, algum dinheiro no banco.
Não obstante ter de enfrentar uma vida cheia de obstáculos, ela ergue-se invariavelmente acima da sua situação económica inicial. Uma intempestiva mas sólida relação com o pai faz dela uma pessoa firme e determinada para com os seus próprios filhos, e atenciosa para com o seu marido.
O seu desejo de ter uma posição social elevada, a sua apreciação de valores, cria condições para que ela tenda a dedicar-se em excesso e por períodos demasiado prolongados à sua carreira. Presa na teia da normalidade, possui alguns traços de inconstância e encontra-se sujeita a muitas mudanças.
Muito embora a sua rota possa confundir os que a rodeiam, lembre-se de que o seu caminho final é sempre para cima. Sujeita, desde cedo, a falta de saúde e a tensão constante devido a distúrbios nervosos, vai, no entanto, melhorando com a idade, e é uma das nativas com maior longevidade de todos os signos ascendentes.

Ascendente em Capricórnio
A entrada na vida é feita através da Terra Cardinal: acção prática e concreta. O Ascendente Capricórnio entra na vida com os passos firmes, medidos e planeados de quem escala uma montanha. Não brinca em serviço: a expressão pessoal é séria, responsável, convencional, retraída e um pouco seca.
Avalia-se a si mesmo e aos outros pelas conquistas profissionais, a carreira e o estatuto social. As figuras de autoridade impressionam-no. Há uma tendência latente para a inibição, a rigidez e a "depressão". Longe de ser nefasta, esta "depressão" revela-se fundamental para o crescimento da individualidade: abala a rigidez, permitindo uma reestruturação em moldes mais abrangentes e flexíveis. As qualidades de resistência, planeamento e estratégia passam, então, a ajudar à transformação, em ver de lhe resistirem.
É, por isso, frequente que os indivíduos com Ascendente Capricórnio venham ao mundo com uma postura sisuda, triste e desmotivada (nascem "velhinhos") e que, ao longo dos anos, aprendam a gozar as coisas boas da vida. Dir-se-ia que rejuvenescem com a idade. Na maturidade, é frequente serem muito mais descontraídos, simpáticos e comunicativos do que foram em jovens.
Esta alegria interior representa o culminar das qualidades de trabalho e associadas a este ascendente. É uma "marca de Sabedoria". Um aspecto magro, tenso e seco pode ser associado a este ascendente.
As maçãs do rosto são marcadas. Algumas pessoas (principalmente mulheres) têm uma beleza refinada, assente no equilíbrio de linhas e na elegância da estrutura óssea. Denota uma disposição ambiciosa, perseverante, trabalhadora e persistente.
O destino é afectado pelo desenvolvimento moral e pela faculdade de organizar e elevar-se acima das dificuldades do ambiente na primeira parte da vida. O nativo é reservado, consistente, confiante em si mesmo e ansioso por estar à frente dos assuntos.
Geralmente acontece que alguma posição de confiança ou de responsabilidade faz progredir os interesses do nativo e, consoante o seu auto-domínio, o tacto e a prudência que manifeste, progride e tem grandes êxitos, obtendo reconhecimento e fama ou honras.

Predisposição psico-física do signo
Afecções produzidas pelo frio e obstruções, reumatismo, em especial nos joelhos, braços e mãos; afecções nervosas do estômago, cólicas e por vezes paralisia ou epilepsia.
Anatomia: Joelhos e parte inferior das pernas.

0 comentários:

22 de novembro de 2007

Capricornianos para a alma

Todos nós, enquanto Espírito, escolhemos a data do nosso nascimento. E todos temos um mapa astral. Um dos aspectos mais salientes do nosso mapa astrológico é a escolha que fazemos onde deve estar o Sol num dos 12 signos do zodíaco. Se escolhemos vivenciar este signo em concreto, para além de todos os aspectos indicados na carta, há sempre uma razão muito forte para tal para tal.
As coisas que nos estão destinadas, formam parte de nós, desde sempre, dentro da estrutura cósmica a que pertencemos. Foram escolhidas por nós, como potencial para o desenvolvimento pessoal, evolução espiritual, elevando assim os níveis de consciência que somos nesta reencarnação.
Todos os signos podem ser vividos em 3 níveis evolutivos diferentes. No entanto, a maioria de nós, por motivos que não vêm ao caso, escolhem vibrar apenas as experiências do primeiro e segundo nível evolutivo.
Tenham em atenção que o que aqui lerem fala apenas das características puras deste signo. Mas o seu Sol faz aspectos a outros planetas, além de que existe o resto do seu mapa, podendo dar-se o caso de não se identificar com todo o texto... ou talvez não o queira.

As pessoas nascidas entre 22 de Dezembro e 20 de Janeiro pertencem ao signo Capricórnio.
Este signo tem como regente: Saturno.
A frase que melhor define este signo: “Eu uso”.
O signo Capricórnio apresenta estas características positivas básicas:
Cauteloso, perfeccionista, sério, responsável, tradicional, o patriarca, o eremita.
O lado menos luminoso do Capricórnio pode apresentar-se assim:
Egoísta, dominador, rancoroso, a cabeça comanda o coração. o que vive a queixar-se.
Acção luminosa de Capricórnio:
O persistente, sem teimosia.
Acção sombria de Capricórnio:
O que tem medo da competição.
Pensamento luminoso de Capricórnio:
Mente clara, espírito claro.
Pensamento sombrio de Capricórnio:
A pessoa não compreensiva.
Sentimentos luminosos de Capricórnio:
Alma séria e amorosa.
Sentimentos sombrio de Capricórnio:
A pessoa retraída, encarquilhada.

Nascer com este signo significa que a pessoa vem aprender
a cultivar e desenvolver estas características:
Tolerância, partilha, devoção, receptividade às ideias dos outros.

Uma visão demasiado generalista de Capricórnio:
Símbolo (glifo): Chifre e cauda da cabra.
Ilustração popular: É representado por uma cabra ou carneiro
Regência: Saturno 
Regente esotérico: Saturno 
Elemento: Terra
Qualidade: Cardinal
Casa correspondente: 10 (X)
Frases: Eu uso – Eu quero chefiar.
Palavras-chave: Ambição.
Signo oposto: Caranguejo 

• Capricórnio é um signo de terra, regido pelo planeta Saturno — o símbolo da ordem, da personificação paternal/autoridade, da restrição e da disciplina.
• Os nativos de Capricórnio são práticos, eficientes, conservadores, diligentes, terra a terra, sérios, reservados e astutos.
• Valorizam a diligência e a autoridade, são extremamente orientados para o sucesso e capazes de assumir muita responsabilidade.
• Pensam e operam à base de dados claros e definidos.
• Uma vez que são os nativos mais orientados para as carreiras, têm de estar sempre empenhados a alcançar um determinado feito, a acumular riqueza, ou a levar a cabo compromissos em certas áreas (policiais, sociais ou domésticas).
• A necessidade de serem bem sucedidos está enraizada.
• À semelhança do símbolo, o bode, que trepa declives e ladeiras montanhosas, também sobem com garra a escada social, de forma a realizarem as ambições e atingirem o topo da pirâmide; fazem-no com paciência e persistência.
• Os nativos de Capricórnio são frugais, reservados, taciturnos, fechados, ciumentos, desconfiados, melancólicos, pouco convincentes, lacónicos e imunes aos elogios.
• Apesar de não ficarem surpresos ou admirados com nada, fazem questão que todos aqueles que os rodeiam tenham consciência do seu esplendor e talento.
• Têm sempre uma resposta sarcástica e amarga na ponta da língua, e podem ser condescendentes, bem como arrogantes.
• Incapazes de se verem de uma maneira objectiva, têm tendência para a megalomania e a arrogância.
• Não admitem os próprios erros, e gostam de culpar logo os outros, afastando-se de uma forma totalmente irrepreensível.
• Os nativos de Capricórnio inferiores são os mais repugnantes de todos: egoístas, altivos, desprezíveis, insensíveis, astutos, hipócritas e lascivos.
• Têm bons poderes intuitivos que utilizam sobretudo na luta para atingirem uma segurança económica e liberdade pessoal.
• Estáveis e confiantes, valorizam a lei e a ordem, vendo-as de uma forma dogmática e inequívoca.
• Têm uma compreensão natural para questões práticas, utilizando tudo o que vêem, ouvem ou aprendem para benefício próprio.
• Ávidos investigadores do conhecimento, não aprendem só por aprender, mas para explorar o que estudam para proveito próprio.
• A capacidade de trabalharem afincadamente está associada à compreensão de que o sucesso significa segurança material, e farão tudo para concretizar este objectivo.
• A grande necessidade de segurança pode torná-los mesquinhos e avarentos.
• Sentem que o mundo lhes deve qualquer coisa em troca dos seus esforços.
• A direcção é sempre para cima, utilizando confiança e ambição como força motivadora.
• Nunca se reformam de forma voluntária.
• Acreditam piamente nos respectivos poderes e nunca pedem concessões.
• Esta crença é comunicada aos outros, que aceitam a liderança inquestionavelmente.
• Trabalham muito para atingirem os objectivos e para encontrar as soluções dos problemas mais difíceis — soluções essas que beneficiam mais os nativos deste signo do que os outros.
• São óptimos a identificar problemas e sabem como os analisar de todos os ângulos.
• Os obstáculos que se encontram no seu caminho não os detêm.
• Os nativos de Capricórnio são muito metódicos e precisos em termos de trabalho, e, em casa, tendem a fazer servidão.
• A casa deve estar bem arrumada.
• São bons empregados e não toleram estar sob a autoridade de outra pessoa, a não ser que a pessoa seja uma celebridade ou um símbolo de poder e de autoridade.
• À primeira vista, podem parecer ingénuos, mas quando a oportunidade surge, são muito manipuladores, no que diz respeito a atingir os objectivos — ao ponto de pisarem as outras pessoas.
• Tudo menos ingénuos, os gestos e as acções são feitos para ganhar algum benefício ou vantagem.
• O ponto fraco é o facto da criatividade poder ser bloqueada pelo cinismo, pelo excesso de ansiedade, de preocupação com a impressão que fazem e com os ornamentos externos de estatuto (ou seja, arrogância).
• Têm tendência para as depressões.
• A influência negativa de Saturno fá-los sentir as respectivas limitações e fraquezas, provocando também melancolia e solidão.
• A influência positiva manifesta-se na autodisciplina, na força de vontade e na capacidade de assumirem responsabilidades.
• Apesar de acreditarem que no mundo “é cada um por si”, são bastante sensíveis, muito cientes das fraquezas e necessitados de apreciação e de atitude compassiva.
• A nível profissional, a restrição e a discrição torna-os bons diplomatas e negociadores.
• Outras profissões dos nativos de Capricórnio são a representação, a arquitectura, o trabalho de detective, a agricultura, as minas e a canalização.
• Apesar de serem bons e fiéis amigos (de preferência para as pessoas que são famosas, ricas, honradas ou abastadas), ai de quem antagonizar um nativo de Capricórnio.
• Embora demorem a aborrecer-se, guardam rancores durante muito tempo, até a oportunidade de vingança se apresentar.
• São mais vingativas do que as pessoas dos outros signos.
• No casamento, amam profunda e apaixonadamente, mas não o demonstram.
• São aconselhados a não se casarem novos e a fazer um esforço para serem menos egoístas, mais alegres e bem humorados. Contam-se entre os fiéis.
• Esta posição predispõe o nativo a ter o sentido do sacrifício com uma tendência muito forte para se fechar em si próprio.
• Não é raro ver nativos deste signo fortemente influenciados pelos luminares e Saturno, significador do signo, viver solitários ou isolados do mundo.
• Predisposto a uma forte ambição e a uma certa frieza em relação aos que o rodeiam; concede um gosto pelos estudos nos domínios do social, da política, da história, do sindicalismo e da religião.
• O nativo deste signo tem um grande controlo dos sentimentos; pode parecer frio e sensível, mas não o é, pois é mais introvertido e interioriza as suas emoções, tem o sentido das responsabilidades; pensar-se-ia mesmo que é um eterno pessimista à procura da satisfação pessoal.
• O nativo deste signo não é especialmente belicoso, mas pode ter ocasionalmente cóleras espectaculares; depois de passar a tempestade, volta a calma.
• No domínio fisiológico, os pontos vulneráveis do Capricórnio são: os joelhos, as rótulas, os meniscos, as pernas, o esqueleto, a pele e os olhos.
• Com o tempo, terá tendência para desenvolver patologias ao nível do esqueleto e da pele que se traduzirão por reumatismos mais particularmente nos joelhos, psoríase, eczema, urticária, prurido e queda de cabelo precoce; é igualmente sujeito ao derramamento da sinóvia, à colite e aos problemas intestinais de todos os tipos.
• No seu interesse, deveria fazer exercícios de flexibilidade para reforçar a sua estrutura óssea e exercícios respiratórios para aumentar a sua capacidade torácica.
• Quando está doente, o nativo do Capricórnio cura-se energicamente e gosta que o médico lhe explique tudo o que diz respeito à sua doença.
• Munido destas informações, exige um tratamento de choque para acabar com ela o mais depressa possível.
• O ponto fraco em termos de saúde é o joelho, que é susceptível de ferimentos e doenças.
• Também sofrem dos dentes, ouvidos e da pele, bem como de prisão de ventre e de reumatismo, e deviam tentar evitar a ansiedade.
• O Capricórnio, limitado e controlado, governado por Saturno (a figura patriarcal), está localizado no lado oposto a Caranguejo, terno e emocional, governado pela Lua (figura maternal).

Que são os níveis evolutivos?
Todas as reencarnações têm como objectivo a passagem da negatividade para a positividade. É experimentar, na prática, a dualidade do ser humano. Todos os signos possuem os seus lados luminosos, assim como os seus lados sombrios. O que o ser humano vem fazer é aprender a dominar melhor os seus instintos mais básicos e primários, conseguindo sublimá-los em atitudes de maior elevação.
Damos a seguir um exemplo significativo. Se alguém é sistematicamente rude com os outros, obviamente que vem aprender a crescer para um outro nível evolutivo. Vem claramente aprender a não ser rude, a aprender a ter consideração pelos demais. Vem aprender (habitualmente com muito esforço) a ter uma atitude menos violenta. O fala-barato vem aprender a ser comedido. O egoísta vem aprender a amar os outros. Enfim, poderíamos aqui eternizar-nos em exemplos, que penso já serem da vossa compreensão.
Aceitem-se a amem-se como são. Gostem de vocês como são. Essa é a vossa experiência nesta reencarnação. Mas se puderem fazer algum esforço de trabalharem questões que vos inatas, só têm a ganhar com isso, pois significa que ao escolherem o signo que têm nesta vida, tinham consciência que poderiam melhor imenso todas essas questões.

Níveis evolutivos de Capricórnio: do regente tradicional ao regente esotérico
Aprender a alcançar aquilo que quer, usando mais a intenção do que o trabalho árduo.
Capricórnio é o 3º Signo de Terra, simboliza o fim da experiência material do homem. 0 seuPlaneta é Saturno, nele se fecha o ciclo da matéria. Terra de experiência colectiva, Capricórnio testemunha o tempo da humanidade sobre a Terra.
Ensina como se estruturam e se organizam socialmente os homens, como aprendem uns com os outros a relacionar-se. Exprime o saber do colectivo, só possível pela aprendizagem de longos Ciclos de Vida. Capricórnio assegura ao homem o poder social, a sua mais sólida afirmação comunitária.
Saturno em Capricórnio concretiza publicamente tudo o que a sociedade possibilita, pelaconsciência de regras de comportamento baseadas na experiência de um Tempo Anterior.Capricórnio é a afirmação do Passado no presente, o aval de tudo o que já foi previamente conquistado, inteligido, integrado.
Seguro e determinado, ciente do chão que pisa, conhece as convenções que lhe abrem o caminho. É conservador, com tendência à inércia e ao estaticismo, que o pode levar a uma rigidez emocional, a uma certa dureza interior. E prudente, resiste ao novo, ao desconhecido, ao apelo dofuturo. Obstinado, o seu muito Saber permite-lhe realizar qualquer objectivo, atingir os fins a que se propõe.
A consciência capricorniana obriga sempre a um qualquer relacionamento público, pressiona quem a tem a intervir num espaço colectivo, movido por um sentimento de responsabilidade.
Capricórnio define as estruturas que possibilitam vida em comum. A estabilidade do poder público, a confiança nas instituições, segurança numa autoridade colectivamente aprovada ecomprovada.
Austero, o Capricórnio assegura eficiência e capacidade de realização. A sua resposta é madura, emocionalmente adulta. Sabe lidar com o mundo dos homens.
Regente: Saturno
Saturno é regente de Capricórnio, tem neste signo o seu domicílio diurno. Aí atinge amáxima expressão da sua sabedoria. Lenta e pacientemente conquistada pela dolorosaexperiência do Tempo, quando denunciada e superada a contradição do Espírito na Matéria.
A última resposta do Capricórnio é a maturidade espiritual que advém da plena maturidade emocional. Simboliza o fim da experiência do homem sobre a terra, quando este signo integrar a experiência do signo anterior, a fé do Sagitário.
Quando o capricorniano já souber viver um ideal transcendente, além dos valores redutores de uma visão materialista. Sem Ideal este signo é oportunista, orienta-se para o prestígio e para o poder pessoal.
Quando animado por uma Verdade Interior, o homem de Capricórnio converte a sua ambição social em Vocação, em dedicação austera a uma Causa vivida como objectivo a atingir. É a Via dos Mestres e dos Iniciados, esses que simbolicamente se encontram no Alto da Montanha, onde a Terra está mais perto do Céu. São Seres Evoluídos, Avatares, Guias dos outros homens. Actualizam no Mundo o Espírito na Matéria.
Na Casa 10
1º nível de evolução: Revela-se a ambição social como primeiro desejo de projecção do Eu no colectivo. procura de status, de consideração, de prestígio, de poder público.
0 desejo de afirmação pública é válido, nasce como resposta a um chamamento de universalidade.Corresponde à necessidade que o homem tem de transcender os limites do seu mundo privado para um relacionamento mais abrangente com a vida e com os outros. Neste sentido, a afirmação pública é em última análise um apelo Cósmico. Identifica-se em qualquer Tema de Nascimentocom a energia do signo do Meio do Céu.
0 apelo deste 1º Nível é muitas vezes confusamente filtrado através de um sentimento deinsegurança e inferioridade social. Como reacção inconsciente a esta insegurança o Eu vaiilusoriamente e de uma forma perversa, compensar-se pela afirmação egocentrada de poder. No entanto, por razões do seu próprio destino, o Eu pode não responder ao apelo social por se encontrar totalmente inibido ou bloqueado.
Vive então uma auto-imagem reduzida. Demite-se da sua intervenção maior, a sua acção no colectivo. É o mundo das massas anónimas não intervenientes. Pessoas que se desconhecem,para quem a energia da Casa X será sempre e apenas potencial.
Inconsciente, adormecida, nunca chega a manifestar-se Infelizmente é na actualidade o estado evolutivo da maioria dos seres humanos.
Ainda se encontram socialmente irresponsáveis, aquém do que podiam vir a ser, reduzidos à esfera das suas necessidades básicas, do seu mundo privado, das suas preocupações domésticas e familiares. Desconhecem a experiência mais vasta e universal da sua Casa 10.

2º nível de evolução: Situa-se a capacidade de afirmação social. É a projecção do Eu frente à opinião pública. 0 poder individual que se revela ao dinamizar as forças do colectivo. profissãocomo forma de intervenção personalizada nas estruturas que asseguram a Ordem Comum. A realização pessoal por participação em organizações nacionais ou internacionais.
Neste contexto situa-se igualmente todo o trabalho que nasce de uma colaboração individual ao país que é o nosso e ao mundo em que nascemos. Neste 2º Nível da Casa 10 o Eu relaciona-se com as estruturas.

3º nível de evolução: Identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição maissegura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo. Quando o Eu aceita incondicionalmente Ser quem pode Vir a Ser.
Quando responde totalmente ao seu destino, ao seu projecto de vida. Quando vence o último nó de medo, a imaturidade que o prende ao Fundo do Céu, à sua intimidade, à sua família, às suasfundações. Uma vez liberto das inseguranças e condicionalismos que o prendiam ao Passado, só então é emocionalmente adulto, capaz de se assumir responsável.
Neste sentido, a resposta à Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por se encontrar aprisionado a medos inconscientes. Nesta fase emancipada, o Eu cria novas estruturas. 0 3º Nível da Casa 10 revela liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos de Tempo, já sem resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal. Neste Nível Casa 10 é a resposta da Personalidade Individualizada.

Conheça os homens e mulheres deste signo

O que esperar do homem Capricórnio:
Trata-se de um tímido. Até mesmo quando concorre para presidente da Câmara. Inventará algumas piadas auto-depreciativas (ajudam-no psicologicamente a derrotar os seus opositores à primeira) e a rir estrondosamente das sua fraquezas.
A verdade é que ele é extremamente sensível às críticas e auto-consciente em público. Por que razão se esforçam tanto? Porque têm necessidade de demonstrar a todos que são capazes de fazer seja o que for.
Vivem para conseguir o que ambicionam. Não se importam com mais nada enquanto não conseguirem provar a si próprios de que foram feitos para escalar as maiores alturas, tal como o seu símbolo astrológico. O preço a pagar nunca é alto demais quando se trata de conseguir e adquirir.
Contentar-se-ão com as recordações das mesmas. É desesperante, esta necessidade de produzir. É a sua maneira de provar que têm valor. Para eles, não basta existir. Então para quê perder tempo com alguém que tem motivações desta natureza? Porque aqui você encontra qualidade.
Os bons valores à antiga como a honestidade, a dedicação, a sinceridade. Pode ser que ele não seja sempre fiel, mas revelar-se-á dedicado à sua eleita. Trata-se duma estranha combinação de valores. O que isso significará para si é que ele, em espírito, estará sempre com os que ama mas não desperdiçará um tempo infindo a lamentar-se quando está por sua conta e risco.
Tem medo do escuro e os seus planos não incluem passar longas noites sozinho. Se você tem de passar o Verão nos Himalaias com o seu Guru, o coração será a única parte do corpo dele que permanecerá só seu. Sabe como ganhar dinheiro, adora a mãe (esperemos que você se pareça com ela), lida com a responsabilidade melhor do que a maior parte dos homens, é inteligente, de confiança e geralmente um papalvo a nível social.
Quando descontraído, possui um certeiro sentido de humor. Realmente muito descontraído, revela um apetite sexual voraz. Como fazer para o cativar? Chegar lá com ele poderá proporcionar-lhe as experiências mais estonteantes da sua vida. Não se trata do seu homem vulgar. Os seus altos e baixos são incríveis, mas ele nunca se esquece daquela que trilhou os píncaros com ele.
E a forma como ele se desvelará para sempre, tentando demonstrar o seu apreço, poderá muito bem levar uma mulher a perder a respiração. Este homem é bem sucedido em empresas e agências governamentais. O seu talento para a organização não tem paralelo.
Apesar de tão conservador, correrá riscos nas transacções monetárias e mostra-se capaz de obter um sucesso surpreendente de forma original e inovadora. É um homem que desenvolverá laços fortes e cheios de significado com a sua companheira. Este apego muitas vezes roça a inter-dependência.
Não obstante, haverá de querer controlar a conta conjunta e o ambiente doméstico. Coloca de lado uma parte da sua necessidade de controlo no grupo em que ele se destaque nos esforços conjuntos e projectos. Por causa disto, normalmente goza de uma posição favorável na comunidade. Os seus sócios e os seus amigos são poderosos e dinâmicos.

O que esperar da mulher Capricórnio:
Estabelecer metas, redigir listas, fornecer a despensa, tudo bem, mas mesmo assim pedir à mãe para a acompanhar até ao centro comercial para a ajudar a escolher umas roupas, muito embora ela já tenha entrado na casa dos trinta.
Ela é uma mulher de “tutano”. Movida pela ansiedade, não vendo com estranheza os boémios da noite, ela é receosa e tímida por detrás de toda a camada de auto-controlo. Adora os filmes de Woody Allen porque ele dá voz aos receios dela.
Teme fazer a opção errada, amar o homem errado, apresentar uma folha de papel com um particípio mal conjugado. Todavia, apesar de tudo isto, irradia a máxima auto-confiança. A compreensão desta dicotomia permitir-lhe-á continuar a progressão para o território sagrado que é o coração dela.
Verbalizar os medos dela, expor os seus pontos fracos, rebaixar os seus planos fará com que ela o exclua da vida dela. Uma vez que você entenda qual a fórmula para conseguir a amizade dela, mostrar-se-á uma amiga despretensiosa, e uma companheira leal e afectuosa. Será digna da sua confiança e partilhará os seus sonhos.
Ela é desprendida, distante, mas nunca fria ou indiferente. Lenta nas relações amorosas, desabrocha como a flor na Primavera, docemente. Os homens apercebem-se desta hesitação e é aí que reside o seu encanto. Que melhor arma para cativar um homem do que a relutância? Só o processo de a convencer representa logo metade da excitação. Ela poderá ser ou não ser a mais bonita, pois só raramente os homens repararão nisso.
Recusando-se a promover a sua imagem, não lhe dará conhecimento de que tem uma licenciatura em administração de empresas, que também é decoradora de interiores, e que se trata de uma das pessoas mais perspicazes que você alguma vez haverá de conhecer. Temos aqui uma mulher profunda.
Aos homens simplórios, repele-os. Homens sem objectivos na vida, instáveis, deixam-na estarrecida. Ela é toda cabeça levantada e aspirações elevadas. Procura a sinceridade, a nobreza de carácter e, porque não, algum dinheiro no banco.
Não obstante ter de enfrentar uma vida cheia de obstáculos, ela ergue-se invariavelmente acima da sua situação económica inicial. Uma intempestiva mas sólida relação com o pai faz dela uma pessoa firme e determinada para com os seus próprios filhos, e atenciosa para com o seu marido.
O seu desejo de ter uma posição social elevada, a sua apreciação de valores, cria condições para que ela tenda a dedicar-se em excesso e por períodos demasiado prolongados à sua carreira. Presa na teia da normalidade, possui alguns traços de inconstância e encontra-se sujeita a muitas mudanças.
Muito embora a sua rota possa confundir os que a rodeiam, lembre-se de que o seu caminho final é sempre para cima. Sujeita, desde cedo, a falta de saúde e a tensão constante devido a distúrbios nervosos, vai, no entanto, melhorando com a idade, e é uma das nativas com maior longevidade de todos os signos ascendentes.

Ascendente em Capricórnio
A entrada na vida é feita através da Terra Cardinal: acção prática e concreta. O Ascendente Capricórnio entra na vida com os passos firmes, medidos e planeados de quem escala uma montanha. Não brinca em serviço: a expressão pessoal é séria, responsável, convencional, retraída e um pouco seca.
Avalia-se a si mesmo e aos outros pelas conquistas profissionais, a carreira e o estatuto social. As figuras de autoridade impressionam-no. Há uma tendência latente para a inibição, a rigidez e a "depressão". Longe de ser nefasta, esta "depressão" revela-se fundamental para o crescimento da individualidade: abala a rigidez, permitindo uma reestruturação em moldes mais abrangentes e flexíveis. As qualidades de resistência, planeamento e estratégia passam, então, a ajudar à transformação, em ver de lhe resistirem.
É, por isso, frequente que os indivíduos com Ascendente Capricórnio venham ao mundo com uma postura sisuda, triste e desmotivada (nascem "velhinhos") e que, ao longo dos anos, aprendam a gozar as coisas boas da vida. Dir-se-ia que rejuvenescem com a idade. Na maturidade, é frequente serem muito mais descontraídos, simpáticos e comunicativos do que foram em jovens.
Esta alegria interior representa o culminar das qualidades de trabalho e associadas a este ascendente. É uma "marca de Sabedoria". Um aspecto magro, tenso e seco pode ser associado a este ascendente.
As maçãs do rosto são marcadas. Algumas pessoas (principalmente mulheres) têm uma beleza refinada, assente no equilíbrio de linhas e na elegância da estrutura óssea. Denota uma disposição ambiciosa, perseverante, trabalhadora e persistente.
O destino é afectado pelo desenvolvimento moral e pela faculdade de organizar e elevar-se acima das dificuldades do ambiente na primeira parte da vida. O nativo é reservado, consistente, confiante em si mesmo e ansioso por estar à frente dos assuntos.
Geralmente acontece que alguma posição de confiança ou de responsabilidade faz progredir os interesses do nativo e, consoante o seu auto-domínio, o tacto e a prudência que manifeste, progride e tem grandes êxitos, obtendo reconhecimento e fama ou honras.

Predisposição psico-física do signo
Afecções produzidas pelo frio e obstruções, reumatismo, em especial nos joelhos, braços e mãos; afecções nervosas do estômago, cólicas e por vezes paralisia ou epilepsia.
Anatomia: Joelhos e parte inferior das pernas.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates