Que é isso de Mercúrio estacionário?

22 de novembro de 2007 ·

mmmmm

Planetas em movimento directo, estacionário e retrógrado

Com estas notas não pretendo analisar o significado dos planetas retrógrados, mas sim chamar a atenção para as fases em que eles se encontram estacionários, usando Mercúrio como exemplo. Sabemos que o movimento de translação da Terra cria a ilusão dos planetas em determinada posição ficarem 'estacionários' e entrarem em movimento 'retrógrado' oposto à sucessão dos signos. Quando terminam o seu movimento retrógrado, voltam a ficar estacionários e depois retomam o movimento direto, no sentido da sucessão dos signos. Diz-se que um planeta está 'estacionário' quando passa vários dias quase na mesma posição zodiacal antes de mudar o sentido em que se movimentava.

Estes aparentes movimentos estacionários podem ser acompanhados nas efemérides para se aprofundar esta questão. Quando um planeta em movimento directo fica estacionário, pode durar poucos dias como é o caso de Mercúrio ou demorar semanas, no caso dos planetas mais lentos. Nesta fase estacionária, é frequente o planeta funcionar nos nossos mapas de forma descontínua, apesar de ainda não se encontrar retrógrado ou directo.

Vejamos o exemplo de Mercúrio, quando ficou retrógrado em Touro, de Abril para Maio de 2010.

Todos sabermos que em movimento directo normal, Mercúrio percorrer cerca de 1º 30' por dia no zodíaco. Mercúrio fica retrógrado de 19 a 24 dias a cada quatro meses. A seguir dou o exemplo dos últimos dias em que passou de directo a retrógrado [Abril 2010] e o movimento contrário, de retrógrado a directo [Maio 2010], para perceberem melhor os movimentos 'estacionários' e a sua influência nos nossos mapas natais e em trânsito.

Movimento directo de Mercúrio, sempre em Touro, a caminho da retrogradação:

15 Abr - 12º 16'
16 Abr - 12º 29'
17 Abr - 12º 37'
18 Abr - 12º 38' (iniciando neste dia o seu movimento retrógrado, em modo estacionário)
19 Abr - 12º 33' Rx
20 Abr - 12º 22' Rx

Basta olhar para os números acima para percebermos que não existe diferenças de cerca 1º 30', consoante os dias foram passando. Na verdade, o movimento estacionário, começou antes de 16 de Abril e terminou depois do dia 20. Isto é apenas, um pequeno exemplo.

Movimento retrógrado de Mercúrio, sempre em Touro, a caminho do seu movimento directo:

09 Maio - 2º 53' Rx
10 Maio - 2º 40' Rx
11 Maio - 2º 40' Rx [até à noite desse dia, em que passou a directo]
12 Maio - 2º 40'
13 Maio - 2º 45'
14 Maio - 2º 55'

Recordemo-nos de um grande acontecimento que afectou, recentemente, a Europa e o mundo: o vulcão da Islândia que paralisou a maioria dos aeroportos, interrompendo o movimento normal dos aviões e de milhões de pessoas em todo o mundo. Foi o caos, como bem se lembram.

As primeiras notícias do encerramento dos aeroportos por causa da nuvem de cinzas vulcânicas da Islândia, deram-se no dia 15 Abril. Mercúrio ainda estava directo, mas em movimento estacionário, no signo de Touro. Repetindo: no signo Touro. Que fique claro que não estou a dizer que Mercúrio é o planeta astrológico responsável pela activação do vulcão islandês. No entanto, as consequências destas erupções têm a chancela mercuriana: comunicações, movimentos de pessoas, negócios que se perderam, etc. Foi absolutamente desesperante para aqueles que estiveram directamente envolvidos nestas questões.

Quando Mercúrio ficou retrógrado, o encerramento dos aeroportos na Europa atingiu o auge. Entretanto, a nuvem de cinzas foi-se afastando do norte da Europa e uma parte dela dirigiu-se ao Sul. Portugal, que durante a crise maior, não necessitou encerrar nenhum aeroporto, mas sim cancelar centenas de voos, foi atingido pela nuvem (nos aeroportos de Lagos e Madeira) mesmo nos últimos dias de terminar o seu movimento retrógrado. Por exemplo, uma amiga minha e astróloga que vive na Madeira, não pode deslocar-se ao recente Congresso de Astrologia, realizado no Estoril (12 a 14 Maio), por causa do encerramento do aeroporto do Funchal. Ou seja, com Mercúrio já em movimento directo, mas ainda estacionário.

Para concluir: o melhor mesmo é darmos muita atenção aos planetas que iniciam ou terminam o movimento estacionário. Apliquemo-nos a fundo a usar os nossos dedos (como força de expressão) para caminharmos pelo zodíaco, contando grau a grau, enquanto olhamos também para as efemérides. Assim, daremos mais consistência às nossas análises astrológicas.

Poderei dar-vos outros exemplos de grandes ocorrências neste período mercuriano: o grande derrame de petróleo no Golfo do México, as Bolsas loucas em todo o mundo, sobretudo a de Nova Iorque que desceu a pique números astronómicos, nunca antes ocorrido e, no mesmo dia voltou a subior. A terminar, a quase conseguida tentativa dos especuladores derrubarem a moeda 'euro'. Uff!!

Outra história muito engraçada, e que deixo à vossa consideração, são as eleições na Inglaterra: sem maioria para nenhum partido. Foi necessário criarem um governo de coligação. Deixo-vos este exemplo como exercício para a vossa prática destas questões.

0 comentários:

22 de novembro de 2007

Que é isso de Mercúrio estacionário?

mmmmm

Planetas em movimento directo, estacionário e retrógrado

Com estas notas não pretendo analisar o significado dos planetas retrógrados, mas sim chamar a atenção para as fases em que eles se encontram estacionários, usando Mercúrio como exemplo. Sabemos que o movimento de translação da Terra cria a ilusão dos planetas em determinada posição ficarem 'estacionários' e entrarem em movimento 'retrógrado' oposto à sucessão dos signos. Quando terminam o seu movimento retrógrado, voltam a ficar estacionários e depois retomam o movimento direto, no sentido da sucessão dos signos. Diz-se que um planeta está 'estacionário' quando passa vários dias quase na mesma posição zodiacal antes de mudar o sentido em que se movimentava.

Estes aparentes movimentos estacionários podem ser acompanhados nas efemérides para se aprofundar esta questão. Quando um planeta em movimento directo fica estacionário, pode durar poucos dias como é o caso de Mercúrio ou demorar semanas, no caso dos planetas mais lentos. Nesta fase estacionária, é frequente o planeta funcionar nos nossos mapas de forma descontínua, apesar de ainda não se encontrar retrógrado ou directo.

Vejamos o exemplo de Mercúrio, quando ficou retrógrado em Touro, de Abril para Maio de 2010.

Todos sabermos que em movimento directo normal, Mercúrio percorrer cerca de 1º 30' por dia no zodíaco. Mercúrio fica retrógrado de 19 a 24 dias a cada quatro meses. A seguir dou o exemplo dos últimos dias em que passou de directo a retrógrado [Abril 2010] e o movimento contrário, de retrógrado a directo [Maio 2010], para perceberem melhor os movimentos 'estacionários' e a sua influência nos nossos mapas natais e em trânsito.

Movimento directo de Mercúrio, sempre em Touro, a caminho da retrogradação:

15 Abr - 12º 16'
16 Abr - 12º 29'
17 Abr - 12º 37'
18 Abr - 12º 38' (iniciando neste dia o seu movimento retrógrado, em modo estacionário)
19 Abr - 12º 33' Rx
20 Abr - 12º 22' Rx

Basta olhar para os números acima para percebermos que não existe diferenças de cerca 1º 30', consoante os dias foram passando. Na verdade, o movimento estacionário, começou antes de 16 de Abril e terminou depois do dia 20. Isto é apenas, um pequeno exemplo.

Movimento retrógrado de Mercúrio, sempre em Touro, a caminho do seu movimento directo:

09 Maio - 2º 53' Rx
10 Maio - 2º 40' Rx
11 Maio - 2º 40' Rx [até à noite desse dia, em que passou a directo]
12 Maio - 2º 40'
13 Maio - 2º 45'
14 Maio - 2º 55'

Recordemo-nos de um grande acontecimento que afectou, recentemente, a Europa e o mundo: o vulcão da Islândia que paralisou a maioria dos aeroportos, interrompendo o movimento normal dos aviões e de milhões de pessoas em todo o mundo. Foi o caos, como bem se lembram.

As primeiras notícias do encerramento dos aeroportos por causa da nuvem de cinzas vulcânicas da Islândia, deram-se no dia 15 Abril. Mercúrio ainda estava directo, mas em movimento estacionário, no signo de Touro. Repetindo: no signo Touro. Que fique claro que não estou a dizer que Mercúrio é o planeta astrológico responsável pela activação do vulcão islandês. No entanto, as consequências destas erupções têm a chancela mercuriana: comunicações, movimentos de pessoas, negócios que se perderam, etc. Foi absolutamente desesperante para aqueles que estiveram directamente envolvidos nestas questões.

Quando Mercúrio ficou retrógrado, o encerramento dos aeroportos na Europa atingiu o auge. Entretanto, a nuvem de cinzas foi-se afastando do norte da Europa e uma parte dela dirigiu-se ao Sul. Portugal, que durante a crise maior, não necessitou encerrar nenhum aeroporto, mas sim cancelar centenas de voos, foi atingido pela nuvem (nos aeroportos de Lagos e Madeira) mesmo nos últimos dias de terminar o seu movimento retrógrado. Por exemplo, uma amiga minha e astróloga que vive na Madeira, não pode deslocar-se ao recente Congresso de Astrologia, realizado no Estoril (12 a 14 Maio), por causa do encerramento do aeroporto do Funchal. Ou seja, com Mercúrio já em movimento directo, mas ainda estacionário.

Para concluir: o melhor mesmo é darmos muita atenção aos planetas que iniciam ou terminam o movimento estacionário. Apliquemo-nos a fundo a usar os nossos dedos (como força de expressão) para caminharmos pelo zodíaco, contando grau a grau, enquanto olhamos também para as efemérides. Assim, daremos mais consistência às nossas análises astrológicas.

Poderei dar-vos outros exemplos de grandes ocorrências neste período mercuriano: o grande derrame de petróleo no Golfo do México, as Bolsas loucas em todo o mundo, sobretudo a de Nova Iorque que desceu a pique números astronómicos, nunca antes ocorrido e, no mesmo dia voltou a subior. A terminar, a quase conseguida tentativa dos especuladores derrubarem a moeda 'euro'. Uff!!

Outra história muito engraçada, e que deixo à vossa consideração, são as eleições na Inglaterra: sem maioria para nenhum partido. Foi necessário criarem um governo de coligação. Deixo-vos este exemplo como exercício para a vossa prática destas questões.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates