Ascendente Aquário

22 de novembro de 2007 ·



O Ascendente é um dos factores mais complexos do mapa astrológico. Representa o impulso inicial para a vida, o momento do nascimento, o primeiro choro do bebé. Mostra a qualidade do nosso primeiro contacto como o Mundo, a primeira vez que "tocamos" a Vida.
Neste ponto inicia-se o primeiro quadrante, no qual o indivíduo vai perceber aquilo que é, o seu valor e a capacidade de interpretar o mundo.
O signo que se encontra no Ascendente indica a primeira impressão que causamos e a forma como iniciamos as coisas. Pode igualmente dar-nos pistas sobre o aspecto físico, a "máscara" exterior (tanto física, como emocional e intelectual) e alguns pequenos hábitos e maneirismos pessoais.
Planetas conjuntos ao Ascendente vão também ter uma importância primordial na expressão imediata da personalidade.
A presença de um planeta muito próximo do Ascendente pode mesmo tornar-se a característica mais óbvia da personalidade, ofuscando até o próprio signo ascendente.
É por esta razão que encontramos, por exemplo, indivíduos com ascendente Carneiro que, em vez da tradicional impulsividade e assertividade, têm um aspecto comedido e até mesmo um tanto receoso. Um Saturno próximo do Ascendente (entre outros factores) pode ser o "causador" desta retenção das energias do Carneiro.
Num outro exemplo, podemos encontrar alguém que tem ascendente Virgem e que, em vez da reserva e precisão próprios deste signo, avança para a vida com inesperado optimismo e expansividade. A presença de Júpiter próximo Ascendente, poderá ajudar a compreender a extroversão e o gosto pela aventura numa pessoa de quem, à partida, se esperaria um comportamento modesto, cuidadoso e pormenorizado.
Outro aspecto a levar em conta é o planeta que rege o signo ascendente. A sua posição por signo e casa vai acrescentar dados importantes sobre a expressão imediata da personalidade.
Assim, se alguém com Ascendente Gémeos tiver Mercúrio (regente do Ascendente) em Touro, a natural expressão geminiana, conversadora e "leve", será moldada pelo sentido prático do Touro, tornando-se mais comedida, moderada e concreta.
Se Mercúrio estivesse em Aquário, haveria um toque muito mais acentuado de comunicação e de velocidade do pensamento. Em Caranguejo, a comunicação geminiana seria colorida pelos sentimentos e imaginações próprias do primeiro signo de água.
Em resumo: ao considerarmos o Ascendente, há que levar em contra todo um conjunto de factores a ele associados:
1- o signo Ascendente
2- os planetas que se encontrem próximos (cerca de 10º antes ou depois) do Ascendente
3- o planeta regente do signo Ascendente (segundo a sua posição por signo e casa)
Só assim teremos uma visão correcta deste importante factor de interpretação astrológica.





Ascendente Aquário
É através do Ar Fixo que se faz a primeira entrada na vida: segurança nas ideologias e pontos de vista globais.
Quem tem Aquário ascendente baseia a sua expressão pessoal numa aparente contradição. Tem uma necessidade imperativa (embora por vezes disfarçada) de ser único, diferente e inconvencional mas precisa de ser aceite pelo colectivo, pela sociedade. Por outras palavras: tem de ser diferente e, ao mesmo tempo, igual; é simultaneamente rebelde e gregário.
A solução deste conflito interno varia de indivíduo para indivíduo.
Alguns sufocam o seu individualismo em prol da aceitação social. Mantém-se numa atitude de falso conformismo, mas correm o risco de "explodir".
Outros proclamam-se "espíritos livres" e mantém-se à margem da sociedade. Ganham "liberdade" para serem inconvencionais, teimosos, excêntricos, rebeldes e até chocantes, mas perdem o prazer da companhia humana.
Na maior parte dos casos, contudo, a faceta experimental e pioneira deste signo consegue encontrar soluções originais e equilibradas (geralmente depois de várias tentativas). Pode juntar-se a grupos diferentes e originais que lhe dêem espaço e liberdade; pode ter diversos grupos de amigos, que representem diversas facetas da sua personalidade; ou pode tentar compartilhar o seu "mundo paralelo", onde reina a busca da liberdade e a visão do futuro.
Qualquer destas soluções vai permitir ao indivíduo trocar ideias e pontos de vista, sentindo-se, desta forma, acompanhado na sua diferença.
Ao compreender que não precisa de se rebelar para ser livre, o indivíduo com este ascendente começa a encarar a vida como uma grande experiência de solidariedade. Descobre, então, que tem a capacidade de partilhar com todas a humanidade as suas ideias largas globais, numa perspectiva de serviço, esperança e fraternidade. As utopias tornam-se, então, ideias realizáveis.
Este ascendente é associado a figuras grandes, altas e a rostos de expressão aberta. Pode ter uma espécie de "aura eléctrica", que lhe dá um toque excêntrico.

0 comentários:

22 de novembro de 2007

Ascendente Aquário



O Ascendente é um dos factores mais complexos do mapa astrológico. Representa o impulso inicial para a vida, o momento do nascimento, o primeiro choro do bebé. Mostra a qualidade do nosso primeiro contacto como o Mundo, a primeira vez que "tocamos" a Vida.
Neste ponto inicia-se o primeiro quadrante, no qual o indivíduo vai perceber aquilo que é, o seu valor e a capacidade de interpretar o mundo.
O signo que se encontra no Ascendente indica a primeira impressão que causamos e a forma como iniciamos as coisas. Pode igualmente dar-nos pistas sobre o aspecto físico, a "máscara" exterior (tanto física, como emocional e intelectual) e alguns pequenos hábitos e maneirismos pessoais.
Planetas conjuntos ao Ascendente vão também ter uma importância primordial na expressão imediata da personalidade.
A presença de um planeta muito próximo do Ascendente pode mesmo tornar-se a característica mais óbvia da personalidade, ofuscando até o próprio signo ascendente.
É por esta razão que encontramos, por exemplo, indivíduos com ascendente Carneiro que, em vez da tradicional impulsividade e assertividade, têm um aspecto comedido e até mesmo um tanto receoso. Um Saturno próximo do Ascendente (entre outros factores) pode ser o "causador" desta retenção das energias do Carneiro.
Num outro exemplo, podemos encontrar alguém que tem ascendente Virgem e que, em vez da reserva e precisão próprios deste signo, avança para a vida com inesperado optimismo e expansividade. A presença de Júpiter próximo Ascendente, poderá ajudar a compreender a extroversão e o gosto pela aventura numa pessoa de quem, à partida, se esperaria um comportamento modesto, cuidadoso e pormenorizado.
Outro aspecto a levar em conta é o planeta que rege o signo ascendente. A sua posição por signo e casa vai acrescentar dados importantes sobre a expressão imediata da personalidade.
Assim, se alguém com Ascendente Gémeos tiver Mercúrio (regente do Ascendente) em Touro, a natural expressão geminiana, conversadora e "leve", será moldada pelo sentido prático do Touro, tornando-se mais comedida, moderada e concreta.
Se Mercúrio estivesse em Aquário, haveria um toque muito mais acentuado de comunicação e de velocidade do pensamento. Em Caranguejo, a comunicação geminiana seria colorida pelos sentimentos e imaginações próprias do primeiro signo de água.
Em resumo: ao considerarmos o Ascendente, há que levar em contra todo um conjunto de factores a ele associados:
1- o signo Ascendente
2- os planetas que se encontrem próximos (cerca de 10º antes ou depois) do Ascendente
3- o planeta regente do signo Ascendente (segundo a sua posição por signo e casa)
Só assim teremos uma visão correcta deste importante factor de interpretação astrológica.





Ascendente Aquário
É através do Ar Fixo que se faz a primeira entrada na vida: segurança nas ideologias e pontos de vista globais.
Quem tem Aquário ascendente baseia a sua expressão pessoal numa aparente contradição. Tem uma necessidade imperativa (embora por vezes disfarçada) de ser único, diferente e inconvencional mas precisa de ser aceite pelo colectivo, pela sociedade. Por outras palavras: tem de ser diferente e, ao mesmo tempo, igual; é simultaneamente rebelde e gregário.
A solução deste conflito interno varia de indivíduo para indivíduo.
Alguns sufocam o seu individualismo em prol da aceitação social. Mantém-se numa atitude de falso conformismo, mas correm o risco de "explodir".
Outros proclamam-se "espíritos livres" e mantém-se à margem da sociedade. Ganham "liberdade" para serem inconvencionais, teimosos, excêntricos, rebeldes e até chocantes, mas perdem o prazer da companhia humana.
Na maior parte dos casos, contudo, a faceta experimental e pioneira deste signo consegue encontrar soluções originais e equilibradas (geralmente depois de várias tentativas). Pode juntar-se a grupos diferentes e originais que lhe dêem espaço e liberdade; pode ter diversos grupos de amigos, que representem diversas facetas da sua personalidade; ou pode tentar compartilhar o seu "mundo paralelo", onde reina a busca da liberdade e a visão do futuro.
Qualquer destas soluções vai permitir ao indivíduo trocar ideias e pontos de vista, sentindo-se, desta forma, acompanhado na sua diferença.
Ao compreender que não precisa de se rebelar para ser livre, o indivíduo com este ascendente começa a encarar a vida como uma grande experiência de solidariedade. Descobre, então, que tem a capacidade de partilhar com todas a humanidade as suas ideias largas globais, numa perspectiva de serviço, esperança e fraternidade. As utopias tornam-se, então, ideias realizáveis.
Este ascendente é associado a figuras grandes, altas e a rostos de expressão aberta. Pode ter uma espécie de "aura eléctrica", que lhe dá um toque excêntrico.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates