Portugal, uma visão astrológica para os próximos tempos

7 de junho de 2009 ·

Mapa com o Anjo de Portugal
[Usei este mapa no 1º post deste blogue.]

15 Março 1143 – 12:00 – Guimarães, Portugal

Dentro de dias iremos comemorar o «10 de Junho», Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Após a instituição da República, foi escolhido este dia para representar Portugal, por ser a data que assinala a morte de Luís Vaz de Camões, o autor de «Lusíadas», uma obra imortal. Com o 10 de Junho, os republicanos de Lisboa de então, tentaram evocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.

Antes de mais, gostaria de deixar palavras de ânimo e esperança a todos os portugueses, pois o mapa do nosso país começa a ficar astrologicamente desanuviado das grandes pressões dos últimos tempos.

Dizer isto numa altura em que o desemprego atinge meio milhão de pessoas, em que todos os dias encerram empresas, parece um contra-senso. É altura de começarmos a sair da situação sombria a que fomos remetidos por uma imprensa que nos grita diariamente aos ouvidos: crise, crise, crise. Enquanto estivermos mergulhados nesta «egrégora» terrível, as pessoas terão dificuldade em levantar a cabeça. A palavra «medo» nunca se aplicou tão bem.

Esta análise é de natureza colectiva, enquanto país. Não se deve comparar com os nossos mapas pessoais.

O Sol de Portugal está em Peixes a 23º 59’. Nos últimos anos este Sol, que representa o povo na sua globalidade esteve submetido a pressões muito fortes, a exigir mudanças quase radicais. Não é vão que Plutão transita pelo signo Capricórnio. Posso destacar dois desses trânsitos poderosos:

Úrano (diferenciação) em conjunção ao Sol, exigindo que nos conectássemos a valores mais universalistas, mais de acordo com o futuro. Úrano está a afastar-se do Sol. O trabalho ficou feito. Agora temos que avançar. Digamos que o povo, enquanto conjunto aprendeu a grande lição de não dar nada por garantido. A impermanência tornou-se a aprendizagem mais visível.


Plutão
(profundas transformações globais) em quadratura a
Saturno situado no exigente grau zero de Áries, um Ponto Cardinal. A profunda crise financeira esteve concentrada neste aspecto. Vejam-se os casos recentes do BPN e BPP, e o que estava podre veio ao de cima. Haverá sempre quem resista a mudanças. O resto , que é muito, compete aos homens e à sua fragilidade. No final de 2009 Plutão começará o seu afastamento de Saturno, fazendo com que a situação abrande, tornando-se cada vez menos asfixiante, mais tolerável, podendo todos começar a reestruturar as nossas vidas. Para trás, ficará o que não servia ao nosso povo. Esta visão confirma-se se olharmos para os Arcos Solares: Plutão está em processo de afastamento de Saturno. Eu diria que até ao final de 2009, o ambiente vai começar a suavizar.

Agora, é uma questão de senso comum e percebermos que não vale a pena nos agarrarmos a conceitos que estão rapidamente a sofrer alterações. Não fiquemos a lamber as feridas. Sigamos em frente.

Neptuno em Arcos Solares iniciou uma conjunção ao Sol de Portugal. É uma bela oportunidade para o nosso povo reafirmar a sua capacidade em se transcender, em seguir em frente, em manter a esperança nos novos tempos que se aproximam.

Fico-me por aqui, para não tornar este texto demasiado longo. Obrigado e bons feriados para si.

33 comentários:

Sonia Beth disse...
7 de junho de 2009 às 12:30  

Antonio, eu também dedico ao seu maravilhoso trabalho o Selo Blog Dourado.
Obrigada, amigo.
beijocas
Sonia Beth

Abelha Maia disse...
7 de junho de 2009 às 13:15  

Têm toda a razão, temos que seguir em frente e erguer a confiança, mas é bom saber que a conjugação astrológica tb vai estar do nosso lado.
Bjss

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de junho de 2009 às 14:06  

:-) Lindo post! Dedicado ao nosso País.
Muito bom...
Bom feriado de dia 10!

O do dia 11, não irás passá-lo sozinho, não!!!!!!!!!!! LOL LOL LOL
Kiss kiss

Vou votar! ;)

angel disse...
7 de junho de 2009 às 14:20  

Parabéns pelo dia 10 de junho!

Sou brasileira e meu idioma é o português. Assim sinto-me unida a vocês nesta homenagem.
Grande abraço
Angel

Adelaide Figueiredo disse...
7 de junho de 2009 às 15:54  

Bela análise Mestre! :)
Gostei muito e concordo consigo. Para a frente é que é o caminho. Devagarinho vamos avançando, deixando para trás coisas que já não nos servem ou que vamos restruturando para melhor.

Bom fim de semana.

Abraço

Luan Ramos disse...
7 de junho de 2009 às 17:45  

Sonho com Portugal, me encanta muitas coisas por aí, um dia vou pra í rsrsrs...

Chris disse...
7 de junho de 2009 às 18:18  

Gostei da sua análise. Esperemos que Plutão se afaste de Saturno, suavizando as energias pesadas.
bjs
Cristina Fernandes

Samsara disse...
7 de junho de 2009 às 19:48  

Olá António

Um texto muito bonito, é preciso ter esperança no Futuro.

Bons feriados, eu cá vou para a praia, mas marcarei presença no dia 11 :)))

Beijinhos

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:30  

Sonia Beth

Muito agradecido pelo selo. Muita simpatia, a sua.

beijo~~

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:32  

Abelha Maia

Vale a pena não ficarmos enredados nas mágoas comuns da crise.

beijo

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:33  

Paula

Bons feriados para ti, também. Podes crer, dia 11 não estarei sozinho. =)

beijo

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:34  

Angel,

A língua portuguesa é a nossa pátria comum, já o dizia Fernando Pessoa.

beijo

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:35  

Olá Adelaide

É isso mesmo. A vida é para ser vivida.

Boa semana.

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:36  

Luan

Quando vieres a Portugal, avisa antes, tá? Quero conhecer-te.

Mudaste o avatar?

Abraço

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:36  

Chris

isso vai acontecer. Grato pela visita.

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 07:38  

Sam

Estás de praia? Por aí? Porto Santo?

Esta semana, na editora, só trabalharemos segunda e terça.
E tenho metade do pessoal em férias.

Beijo

Fernanda disse...
8 de junho de 2009 às 10:24  

Que os deuses o ouçam, António!
Mas receio bem que a natureza pessimista dos portugueses não vai permitir que olhem mais além...
De qualquer forma, palavras de animo são sempre bem-vindas.

Uma boa semana!

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 10:37  

Fernanda

Essa é a nossa natureza. Infelizmente. Ainda ontem (eleições) tivemos exemplos desse pessimismo.

Bons feriados.

Astrid Annabelle disse...
8 de junho de 2009 às 15:55  

António!
Desejo aos Portugueses um feriado feliz e que andar para frente seja o lema.
Aprendi a admirar muito o país chamado Portugal, com sua gente amorosa e simpática, com seus encantos mil!
Bom feriado à todos...
Dia 11 está chegando....
Beijo.
Astrid

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 16:31  

Astrid

Muito obrigado. Esse 11 está chegando. ;)

Lucília Ramos disse...
8 de junho de 2009 às 17:04  

Boa!!! Gostei mesmo muito de saber isto. Acho que vou enviar esta mensagem a alguém que já não acredita em nada.

Beijo,
Lucy

Shin Tau disse...
8 de junho de 2009 às 17:21  

António,

é bom saber que assim será. Esta coisa da egrégora da crise arrasou com muita gente, isso e o medo!

Nada é seguro, concordo, espero que tenhamos aprendido isso mesmo.

Tive pena que a análise se ficasse por ali, eu estava pronta para mais ;)

Beijoca

Magda Moita disse...
8 de junho de 2009 às 18:54  

Olis António!

Seguir em frente e olhar para cima, seguindo a luz, sempre acreditando que melhores serão os tempos que virão.

Um beijo

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 18:54  

Olá Lucy

Que bom ver-te. Se esse alguém já não acredita em nada, não sei se este texto possa ser útil. Mas tenta!

Beijo

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 18:57  

Shin Tau,

Apaguei mais de metade. :)))

Preferi uma coisa simples e sóbria, numa tentativa de maior eficácia.

Tenho natural tendência a textos longos e por vezes perco-me num emaranhado de ideias e conceitos. :)

Mais adiante tenciono voltar ao assunto, lá para o final do Verão. Será mais propício.

Beijinho

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 18:57  

Magda

É isso mesmo. Amen.

Maria Papoila disse...
8 de junho de 2009 às 22:39  

Gostei!
Fico contente, por finalmente o nosso povo estar a entrar em maré de harmonia e "sorte"...
Um feliz 10 de Junho para todos!
Beijinhos

António Rosa disse...
8 de junho de 2009 às 22:42  

Maria Papoila

Vi as fotos que tirou à Hazel. Até estive para deixar um comentários, mais ou menos do género: afinal estamos muito próximos

Abraço

Fada Moranga disse...
9 de junho de 2009 às 01:06  

Aleluia!

A ver se o povo acalma os nervos e comeca a ter Fe!

Serah que o Batanete vem a Lisboa?... :-)))

Beijos***deFada

_Gio_ disse...
9 de junho de 2009 às 01:44  

E saiu uma matéria, se eu não me engano foi na Época, dizendo que o Brasil está em um período promissor. A matéria prevê crescimento, empregos e um futuro próspero para o Brasil!

Pra isso, basta sair da fossa: temos que acreditar, e fazer valer!

António Rosa disse...
9 de junho de 2009 às 07:25  

Fada

O povo não vai acalmar os nervos com facilidade, pois são estimulados diariamente a não o fazerem.

Pois.

beijo

António Rosa disse...
9 de junho de 2009 às 07:26  

Gio

Gostei de conhecer o seu blogue. Infelizmente, não conheço bem qual é a situação do Brasil perante a situação de crise mundial. Oxalá esteja melhor que Portugal.

Abraço

Luan Ramos disse...
17 de junho de 2009 às 08:05  

Se um dia eu for para aí lhe aviso sim!

sim mudei sim :)

Abraços

7 de junho de 2009

Portugal, uma visão astrológica para os próximos tempos

Mapa com o Anjo de Portugal
[Usei este mapa no 1º post deste blogue.]

15 Março 1143 – 12:00 – Guimarães, Portugal

Dentro de dias iremos comemorar o «10 de Junho», Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. Após a instituição da República, foi escolhido este dia para representar Portugal, por ser a data que assinala a morte de Luís Vaz de Camões, o autor de «Lusíadas», uma obra imortal. Com o 10 de Junho, os republicanos de Lisboa de então, tentaram evocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.

Antes de mais, gostaria de deixar palavras de ânimo e esperança a todos os portugueses, pois o mapa do nosso país começa a ficar astrologicamente desanuviado das grandes pressões dos últimos tempos.

Dizer isto numa altura em que o desemprego atinge meio milhão de pessoas, em que todos os dias encerram empresas, parece um contra-senso. É altura de começarmos a sair da situação sombria a que fomos remetidos por uma imprensa que nos grita diariamente aos ouvidos: crise, crise, crise. Enquanto estivermos mergulhados nesta «egrégora» terrível, as pessoas terão dificuldade em levantar a cabeça. A palavra «medo» nunca se aplicou tão bem.

Esta análise é de natureza colectiva, enquanto país. Não se deve comparar com os nossos mapas pessoais.

O Sol de Portugal está em Peixes a 23º 59’. Nos últimos anos este Sol, que representa o povo na sua globalidade esteve submetido a pressões muito fortes, a exigir mudanças quase radicais. Não é vão que Plutão transita pelo signo Capricórnio. Posso destacar dois desses trânsitos poderosos:

Úrano (diferenciação) em conjunção ao Sol, exigindo que nos conectássemos a valores mais universalistas, mais de acordo com o futuro. Úrano está a afastar-se do Sol. O trabalho ficou feito. Agora temos que avançar. Digamos que o povo, enquanto conjunto aprendeu a grande lição de não dar nada por garantido. A impermanência tornou-se a aprendizagem mais visível.


Plutão
(profundas transformações globais) em quadratura a
Saturno situado no exigente grau zero de Áries, um Ponto Cardinal. A profunda crise financeira esteve concentrada neste aspecto. Vejam-se os casos recentes do BPN e BPP, e o que estava podre veio ao de cima. Haverá sempre quem resista a mudanças. O resto , que é muito, compete aos homens e à sua fragilidade. No final de 2009 Plutão começará o seu afastamento de Saturno, fazendo com que a situação abrande, tornando-se cada vez menos asfixiante, mais tolerável, podendo todos começar a reestruturar as nossas vidas. Para trás, ficará o que não servia ao nosso povo. Esta visão confirma-se se olharmos para os Arcos Solares: Plutão está em processo de afastamento de Saturno. Eu diria que até ao final de 2009, o ambiente vai começar a suavizar.

Agora, é uma questão de senso comum e percebermos que não vale a pena nos agarrarmos a conceitos que estão rapidamente a sofrer alterações. Não fiquemos a lamber as feridas. Sigamos em frente.

Neptuno em Arcos Solares iniciou uma conjunção ao Sol de Portugal. É uma bela oportunidade para o nosso povo reafirmar a sua capacidade em se transcender, em seguir em frente, em manter a esperança nos novos tempos que se aproximam.

Fico-me por aqui, para não tornar este texto demasiado longo. Obrigado e bons feriados para si.

33 comentários:

Sonia Beth disse...

Antonio, eu também dedico ao seu maravilhoso trabalho o Selo Blog Dourado.
Obrigada, amigo.
beijocas
Sonia Beth

Abelha Maia disse...

Têm toda a razão, temos que seguir em frente e erguer a confiança, mas é bom saber que a conjugação astrológica tb vai estar do nosso lado.
Bjss

Maria Paula Ribeiro disse...

:-) Lindo post! Dedicado ao nosso País.
Muito bom...
Bom feriado de dia 10!

O do dia 11, não irás passá-lo sozinho, não!!!!!!!!!!! LOL LOL LOL
Kiss kiss

Vou votar! ;)

angel disse...

Parabéns pelo dia 10 de junho!

Sou brasileira e meu idioma é o português. Assim sinto-me unida a vocês nesta homenagem.
Grande abraço
Angel

Adelaide Figueiredo disse...

Bela análise Mestre! :)
Gostei muito e concordo consigo. Para a frente é que é o caminho. Devagarinho vamos avançando, deixando para trás coisas que já não nos servem ou que vamos restruturando para melhor.

Bom fim de semana.

Abraço

Luan Ramos disse...

Sonho com Portugal, me encanta muitas coisas por aí, um dia vou pra í rsrsrs...

Chris disse...

Gostei da sua análise. Esperemos que Plutão se afaste de Saturno, suavizando as energias pesadas.
bjs
Cristina Fernandes

Samsara disse...

Olá António

Um texto muito bonito, é preciso ter esperança no Futuro.

Bons feriados, eu cá vou para a praia, mas marcarei presença no dia 11 :)))

Beijinhos

António Rosa disse...

Sonia Beth

Muito agradecido pelo selo. Muita simpatia, a sua.

beijo~~

António Rosa disse...

Abelha Maia

Vale a pena não ficarmos enredados nas mágoas comuns da crise.

beijo

António Rosa disse...

Paula

Bons feriados para ti, também. Podes crer, dia 11 não estarei sozinho. =)

beijo

António Rosa disse...

Angel,

A língua portuguesa é a nossa pátria comum, já o dizia Fernando Pessoa.

beijo

António Rosa disse...

Olá Adelaide

É isso mesmo. A vida é para ser vivida.

Boa semana.

António Rosa disse...

Luan

Quando vieres a Portugal, avisa antes, tá? Quero conhecer-te.

Mudaste o avatar?

Abraço

António Rosa disse...

Chris

isso vai acontecer. Grato pela visita.

António Rosa disse...

Sam

Estás de praia? Por aí? Porto Santo?

Esta semana, na editora, só trabalharemos segunda e terça.
E tenho metade do pessoal em férias.

Beijo

Fernanda disse...

Que os deuses o ouçam, António!
Mas receio bem que a natureza pessimista dos portugueses não vai permitir que olhem mais além...
De qualquer forma, palavras de animo são sempre bem-vindas.

Uma boa semana!

António Rosa disse...

Fernanda

Essa é a nossa natureza. Infelizmente. Ainda ontem (eleições) tivemos exemplos desse pessimismo.

Bons feriados.

Astrid Annabelle disse...

António!
Desejo aos Portugueses um feriado feliz e que andar para frente seja o lema.
Aprendi a admirar muito o país chamado Portugal, com sua gente amorosa e simpática, com seus encantos mil!
Bom feriado à todos...
Dia 11 está chegando....
Beijo.
Astrid

António Rosa disse...

Astrid

Muito obrigado. Esse 11 está chegando. ;)

Lucília Ramos disse...

Boa!!! Gostei mesmo muito de saber isto. Acho que vou enviar esta mensagem a alguém que já não acredita em nada.

Beijo,
Lucy

Shin Tau disse...

António,

é bom saber que assim será. Esta coisa da egrégora da crise arrasou com muita gente, isso e o medo!

Nada é seguro, concordo, espero que tenhamos aprendido isso mesmo.

Tive pena que a análise se ficasse por ali, eu estava pronta para mais ;)

Beijoca

Magda Moita disse...

Olis António!

Seguir em frente e olhar para cima, seguindo a luz, sempre acreditando que melhores serão os tempos que virão.

Um beijo

António Rosa disse...

Olá Lucy

Que bom ver-te. Se esse alguém já não acredita em nada, não sei se este texto possa ser útil. Mas tenta!

Beijo

António Rosa disse...

Shin Tau,

Apaguei mais de metade. :)))

Preferi uma coisa simples e sóbria, numa tentativa de maior eficácia.

Tenho natural tendência a textos longos e por vezes perco-me num emaranhado de ideias e conceitos. :)

Mais adiante tenciono voltar ao assunto, lá para o final do Verão. Será mais propício.

Beijinho

António Rosa disse...

Magda

É isso mesmo. Amen.

Maria Papoila disse...

Gostei!
Fico contente, por finalmente o nosso povo estar a entrar em maré de harmonia e "sorte"...
Um feliz 10 de Junho para todos!
Beijinhos

António Rosa disse...

Maria Papoila

Vi as fotos que tirou à Hazel. Até estive para deixar um comentários, mais ou menos do género: afinal estamos muito próximos

Abraço

Fada Moranga disse...

Aleluia!

A ver se o povo acalma os nervos e comeca a ter Fe!

Serah que o Batanete vem a Lisboa?... :-)))

Beijos***deFada

_Gio_ disse...

E saiu uma matéria, se eu não me engano foi na Época, dizendo que o Brasil está em um período promissor. A matéria prevê crescimento, empregos e um futuro próspero para o Brasil!

Pra isso, basta sair da fossa: temos que acreditar, e fazer valer!

António Rosa disse...

Fada

O povo não vai acalmar os nervos com facilidade, pois são estimulados diariamente a não o fazerem.

Pois.

beijo

António Rosa disse...

Gio

Gostei de conhecer o seu blogue. Infelizmente, não conheço bem qual é a situação do Brasil perante a situação de crise mundial. Oxalá esteja melhor que Portugal.

Abraço

Luan Ramos disse...

Se um dia eu for para aí lhe aviso sim!

sim mudei sim :)

Abraços

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates