Análise astrológica do meu temperamento, por Patrícia Azenha

22 de junho de 2009 ·

sofá

A propósito do meu 60º aniversário no dia 11 de Junho, recebi esta análise astrológica do meu temperamento, oferta da minha amiga Patrícia Azenha, do blogue «Princesa Esquimó». Desde que o meu blogue existe, está recheado de assuntos pessoais. Este é mais um e agrada-me muito e assim, sempre o tenho à mão para o ir relendo. Patrícia, muito obrigado. Adorei. Estendi-me no sofá Chesterfield para ler este texto em condições. Cabemos mais. Venham.

Photobucket

11 Junho 1949Funchal, PortugalFonte de Dados ASTRODATASAMRodden Rating: A
Sistema de Casas: Placidus

O temperamento revela a forma de expressão de uma pessoa, baseada a forma única em como cada um dos elementos Fogo, Ar, Terra e Água, se combinam.
.
O Cálculo do temperamento baseia-se na análise de três significadores muito importantes no mapa, o ascendente, a Lua e o Sol. Para este cálculo também foi acrescentado os co-Almutems do Mapa.
.
1 – Signo ascendente: Touro – Frio e Seco – Melancólico
2 – Natureza do Regente do Ascendente: Vénus – Quente e Húmido – Sanguíneo
3 – Signo do Regente do Ascendente: Caranguejo – Frio e Húmido – Fleumático
4 – Natureza dos Planetas na Casa I ou em conjunção com o Ascendente:
4.1 Marte: Quente e Seco - Colérico
4.2 Mercúrio - Frio e Seco - Melancólico
5 – Signo dos Planetas em Aspecto ao Ascendente: Não há
6 – Fase da Lua: 3º Quarto – Frio e Seco – Melancólico
7 – Signo da Lua: Sagitário – Quente e Seco – Colérico
8 – Signo do dispositor da Lua – Júpiter em Aquário – Quente e Húmido - Sanguíneo
9 – Elementos em conjunção à Lua: Não há
10 – Signo dos Planetas em aspecto à Lua:
10.1 Oposição do Sol de Primavera - Quente e Húmido – Sanguíneo
11 – Estação do Ano: Sol de Primavera – Quente e Húmido – Sanguíneo
12 – Natureza dos co-Almutems do Mapa:
12.1 Jupíter - Quente e Húmido – Sanguíneo
12.2 Marte - Quente e Seco - Colérico
13 Signo dos co-Almutems do Mapa:
13.1 Júpiter em Aquário - Quente e Húmido – Sanguíneo
13.2 Marte em Gémeos- Quente e Húmido – Sanguíneo
.
Total de Qualidades Individuais:

Quente - 10
Frio - 4
Húmido - 8
Seco – 6

Total por Temperamento:

Sanguíneo – 7
Colérico – 3
Melancólico – 3
Fleumático – 1

O temperamento é fortemente Sanguíneo, com algumas adições dos outros temperamentos mas de número muito inferior. O António gosta de comunicar, é dinâmico, activo, versátil e adaptável. É alegre, sociável e agradável, por outro lado tem tendência à dispersão. O seu foco de interesse é a comunicação, a troca de ideias e experiências. O António chora com facilidade, mas passa rapidamente do choro ao riso que é a sua expressão mais natural. A conjunção de Marte ao ascendente confere uma tendência colérica, que apesar de não ser o seu temperamento dominante, aflora por vezes, tornando-se impaciente e facilmente irritável. A quadratura entre Mercúrio e Saturno confere períodos melancólicos, de desconfiança, pessimismo e de maior reserva. Mas são arranques coléricos e melancólicos que depressa voltam ao seu estado mais natural e dominante de bonomia e descontracção.

===

Aqui ficam os linques do sofá Chesterfield. Aqui: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6.
Os clássicos sofás
Chesterfield: 1.

13 comentários:

Maria de Fátima disse...
22 de junho de 2009 às 09:35  

Olá meu querido Ursito (José)António Rosa gostei muito de ler a análise astrológica do teu temperamento feita pela nossa querida amiga Patrícia Azenha, a Samsara do blogue Princesa Esquimó.Já deu para te conhecer mais um bocadinho.Não sabia que tinhas nascido no Funchal-Madeira.Pensei que eras natural de Moçambique, como viveste lá vários anos, lol.Adorei a imagem do sofá Chesterfield.Deve ser muito confortável.Beijocas grandes e fofas.

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 10:24  

(Mimi) Maria de Fátima.

Tinha 2 meses quando os meus foram para Moçambique e levaram-.me com eles. No entanto, quando penso em «minha terra» é sempre a ilha de Moçambique que aparece como referência. Não sinto nenhuma ligação especial à Madeira. Quando ouço notícias ou vejo na televisão, é como se ocorresse num lugar alheio a mim.

No entanto, já lá estive há muitos anos.

Maria Paula Ribeiro disse...
22 de junho de 2009 às 10:40  

Isso não vale...acordar e olhar para este sofá só apetece ir de novo dormir, lol lol lol,

Partilho contigo o mesmo temperamento,;) Sei bem o que é!!!!
Boa semana. ;) Kiss kiss

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 10:50  

Maria Paula

O «tempo» amacia as coisas.

Mas tudo o que a Patrícia escreveu corresponde à realidade.

Depois, é necessário salpicar com gotas de 'pirilipimpim', pois as coisas não são iguais durante toda a nossa vida.

:)))

Marise Catrine disse...
22 de junho de 2009 às 11:26  

Uau António,

Que interessante. E que "prendinha" receber uma análise destas! Sempre conhecemos um pouco mais do nosso querido prof.
;)
Beijocas

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 11:35  

Marise Catrine

lol lol

Foi com essa intenção. Humanizar a pessoa.

beijo

HAZEL disse...
22 de junho de 2009 às 11:39  

Muito interessante!

Com que então, colérico!

Que saber que mais? Também eu sou assim às vezes. Nem queira saber o que é um Touro enreivecido. Brrrrr!

Beijinho e boa semana!

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 12:08  

Hazel

Pois é - colérico. A palavra tem uma carga imensa, que até paralisa qualquer um. lol

HAZEL disse...
22 de junho de 2009 às 12:12  

António,

*enraivecido (irra, que não gosto nada de dar erros)

Não sei o que paralisa mais; se colérico ou fleumático! lol

Chamem os bombeiros!
ahahahahah

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 12:48  

Hazel

e o 112 também, pois ambas as palavras assustam. Os antigos tinham destas coisas.

Quantas vezes tive que levantar um pouco o tom de voz para chamar a atenção de um grupo em reunião. :)

Samsara disse...
22 de junho de 2009 às 17:57  

Olá António

Que sofá maravilhoso!

Quanto ao Colérico, não sei se o termo é antigo ou se é inapropriado, para mim parece-me bem actual lol. Nunca presenciei um dos teus arranques coléricos, mas eu que sou de temperamento colérico (e não com arranques como tu), faço bem uso do termo por vezes e sou bem real dos dias de hoje, lol.
O que me vale é que tenho também muito de melancólico, o que esfria a coisa.

Adorei a nuance do Magazine COM Astrologia, lindo!! ;-)

Beijinhos

António Rosa, José disse...
22 de junho de 2009 às 18:54  

Patrícia

Os meus arranques coléricos eram terríveis no passado. Os anos encarregam-se de nos ensinar coisas e uma delas é que é bem melhor fazer estes movimentos internos, antes de uma explosão: «parar - respirar - pensar - respirar - pensar em não deixar a cólera avançar». Isto em micro-segundos.

Com que então gostaste do sofá? Também eu. Em Londres custa 4.800 euros. :)))

Estou numa fase em que não me apetece falar diariamente de astrologia. Daí o 'com'. :)

Adelaide Figueiredo disse...
22 de junho de 2009 às 22:40  

António,

Geralmente estes temperamentos vão melhorando com a idade :)
Também gostei muito de ler a análise da nossa amiga Patrícia.
Quanto ao sofá é mesmo bom para as sonecas.

Abraço

22 de junho de 2009

Análise astrológica do meu temperamento, por Patrícia Azenha

sofá

A propósito do meu 60º aniversário no dia 11 de Junho, recebi esta análise astrológica do meu temperamento, oferta da minha amiga Patrícia Azenha, do blogue «Princesa Esquimó». Desde que o meu blogue existe, está recheado de assuntos pessoais. Este é mais um e agrada-me muito e assim, sempre o tenho à mão para o ir relendo. Patrícia, muito obrigado. Adorei. Estendi-me no sofá Chesterfield para ler este texto em condições. Cabemos mais. Venham.

Photobucket

11 Junho 1949Funchal, PortugalFonte de Dados ASTRODATASAMRodden Rating: A
Sistema de Casas: Placidus

O temperamento revela a forma de expressão de uma pessoa, baseada a forma única em como cada um dos elementos Fogo, Ar, Terra e Água, se combinam.
.
O Cálculo do temperamento baseia-se na análise de três significadores muito importantes no mapa, o ascendente, a Lua e o Sol. Para este cálculo também foi acrescentado os co-Almutems do Mapa.
.
1 – Signo ascendente: Touro – Frio e Seco – Melancólico
2 – Natureza do Regente do Ascendente: Vénus – Quente e Húmido – Sanguíneo
3 – Signo do Regente do Ascendente: Caranguejo – Frio e Húmido – Fleumático
4 – Natureza dos Planetas na Casa I ou em conjunção com o Ascendente:
4.1 Marte: Quente e Seco - Colérico
4.2 Mercúrio - Frio e Seco - Melancólico
5 – Signo dos Planetas em Aspecto ao Ascendente: Não há
6 – Fase da Lua: 3º Quarto – Frio e Seco – Melancólico
7 – Signo da Lua: Sagitário – Quente e Seco – Colérico
8 – Signo do dispositor da Lua – Júpiter em Aquário – Quente e Húmido - Sanguíneo
9 – Elementos em conjunção à Lua: Não há
10 – Signo dos Planetas em aspecto à Lua:
10.1 Oposição do Sol de Primavera - Quente e Húmido – Sanguíneo
11 – Estação do Ano: Sol de Primavera – Quente e Húmido – Sanguíneo
12 – Natureza dos co-Almutems do Mapa:
12.1 Jupíter - Quente e Húmido – Sanguíneo
12.2 Marte - Quente e Seco - Colérico
13 Signo dos co-Almutems do Mapa:
13.1 Júpiter em Aquário - Quente e Húmido – Sanguíneo
13.2 Marte em Gémeos- Quente e Húmido – Sanguíneo
.
Total de Qualidades Individuais:

Quente - 10
Frio - 4
Húmido - 8
Seco – 6

Total por Temperamento:

Sanguíneo – 7
Colérico – 3
Melancólico – 3
Fleumático – 1

O temperamento é fortemente Sanguíneo, com algumas adições dos outros temperamentos mas de número muito inferior. O António gosta de comunicar, é dinâmico, activo, versátil e adaptável. É alegre, sociável e agradável, por outro lado tem tendência à dispersão. O seu foco de interesse é a comunicação, a troca de ideias e experiências. O António chora com facilidade, mas passa rapidamente do choro ao riso que é a sua expressão mais natural. A conjunção de Marte ao ascendente confere uma tendência colérica, que apesar de não ser o seu temperamento dominante, aflora por vezes, tornando-se impaciente e facilmente irritável. A quadratura entre Mercúrio e Saturno confere períodos melancólicos, de desconfiança, pessimismo e de maior reserva. Mas são arranques coléricos e melancólicos que depressa voltam ao seu estado mais natural e dominante de bonomia e descontracção.

===

Aqui ficam os linques do sofá Chesterfield. Aqui: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6.
Os clássicos sofás
Chesterfield: 1.

13 comentários:

Maria de Fátima disse...

Olá meu querido Ursito (José)António Rosa gostei muito de ler a análise astrológica do teu temperamento feita pela nossa querida amiga Patrícia Azenha, a Samsara do blogue Princesa Esquimó.Já deu para te conhecer mais um bocadinho.Não sabia que tinhas nascido no Funchal-Madeira.Pensei que eras natural de Moçambique, como viveste lá vários anos, lol.Adorei a imagem do sofá Chesterfield.Deve ser muito confortável.Beijocas grandes e fofas.

António Rosa, José disse...

(Mimi) Maria de Fátima.

Tinha 2 meses quando os meus foram para Moçambique e levaram-.me com eles. No entanto, quando penso em «minha terra» é sempre a ilha de Moçambique que aparece como referência. Não sinto nenhuma ligação especial à Madeira. Quando ouço notícias ou vejo na televisão, é como se ocorresse num lugar alheio a mim.

No entanto, já lá estive há muitos anos.

Maria Paula Ribeiro disse...

Isso não vale...acordar e olhar para este sofá só apetece ir de novo dormir, lol lol lol,

Partilho contigo o mesmo temperamento,;) Sei bem o que é!!!!
Boa semana. ;) Kiss kiss

António Rosa, José disse...

Maria Paula

O «tempo» amacia as coisas.

Mas tudo o que a Patrícia escreveu corresponde à realidade.

Depois, é necessário salpicar com gotas de 'pirilipimpim', pois as coisas não são iguais durante toda a nossa vida.

:)))

Marise Catrine disse...

Uau António,

Que interessante. E que "prendinha" receber uma análise destas! Sempre conhecemos um pouco mais do nosso querido prof.
;)
Beijocas

António Rosa, José disse...

Marise Catrine

lol lol

Foi com essa intenção. Humanizar a pessoa.

beijo

HAZEL disse...

Muito interessante!

Com que então, colérico!

Que saber que mais? Também eu sou assim às vezes. Nem queira saber o que é um Touro enreivecido. Brrrrr!

Beijinho e boa semana!

António Rosa, José disse...

Hazel

Pois é - colérico. A palavra tem uma carga imensa, que até paralisa qualquer um. lol

HAZEL disse...

António,

*enraivecido (irra, que não gosto nada de dar erros)

Não sei o que paralisa mais; se colérico ou fleumático! lol

Chamem os bombeiros!
ahahahahah

António Rosa, José disse...

Hazel

e o 112 também, pois ambas as palavras assustam. Os antigos tinham destas coisas.

Quantas vezes tive que levantar um pouco o tom de voz para chamar a atenção de um grupo em reunião. :)

Samsara disse...

Olá António

Que sofá maravilhoso!

Quanto ao Colérico, não sei se o termo é antigo ou se é inapropriado, para mim parece-me bem actual lol. Nunca presenciei um dos teus arranques coléricos, mas eu que sou de temperamento colérico (e não com arranques como tu), faço bem uso do termo por vezes e sou bem real dos dias de hoje, lol.
O que me vale é que tenho também muito de melancólico, o que esfria a coisa.

Adorei a nuance do Magazine COM Astrologia, lindo!! ;-)

Beijinhos

António Rosa, José disse...

Patrícia

Os meus arranques coléricos eram terríveis no passado. Os anos encarregam-se de nos ensinar coisas e uma delas é que é bem melhor fazer estes movimentos internos, antes de uma explosão: «parar - respirar - pensar - respirar - pensar em não deixar a cólera avançar». Isto em micro-segundos.

Com que então gostaste do sofá? Também eu. Em Londres custa 4.800 euros. :)))

Estou numa fase em que não me apetece falar diariamente de astrologia. Daí o 'com'. :)

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Geralmente estes temperamentos vão melhorando com a idade :)
Também gostei muito de ler a análise da nossa amiga Patrícia.
Quanto ao sofá é mesmo bom para as sonecas.

Abraço

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates