Conjunções em trânsito de planetas ao Nodo Norte

30 de abril de 2009 ·

planeta em trânsito, conjunção ao Nodo Norte natal

Sol
- pode indicar o desejo de se associar ou relacionar-se com outras pessoas. Popularidade em alta. Possibilidade de reconhecimento público, ou aprovação por parte deste a iniciativas da pessoa. 



Lua - podemos dizer que os relacionamentos são enfatizados em questões de estado de alma ou mesmo de natureza espiritual. Tendência ao que é mais tradicional, havendo identificação com os valores mais colectivos.

Mercúrio - destacam-se as questões da comunicação, publicidade e marketing em geral. Um breve período de popularidade entre os amigos e vizinhos. Momento indicado para expressar o que pensa, pois será bem aceite. 



Vénus – dias felizes, de tranquilidade e rodeado de laços afectivos, podendo ser um dia bom para dar um passo importante em assuntos sentimentais, atraindo pessoas bonitas para a sua vida. 


Marte – estimula a paixão e a sensualidade, podendo ser positivo para se avançar nesta área, havendo que contar com uma pontinha de temor, próprio do que é desconhecido.

Júpiter – benefícios a nível pessoal, fortalece a pessoa, dá confiança a si mesmo optimismo e boa sorte em geral, com doses grandes de tolerância e generosidade, bem assentes em grupos ou associações. 


Saturno – laços mais fortes com os pais ou pessoas mais idosas ou então com alguém mais influente na sociedade, trazendo paz e serenidade habitualmente acompanhado de um desejo de bastante privacidade.

Úrano
– a possibilidade de conhecer mais pessoas e fazer novas amizades estando beneficiadas as actividades grupais, sobretudo as de movimentos culturais e sociais avançados.



Neptuno – contactos com pessoas pouco comuns, com artistas, músicos ou com capacidades psíquicas, havendo uma maior expansão criativa ou dar-se um despertar psíquico.


Plutão – grande sucesso público, demonstrativo da exactidão dos seus objectivos profissionais, valendo a pena estabelecer projectos a médio e longo prazo.

Quíron – o mais certo é dar-se o início de uma nova trajectória ou novas actividades, sendo necessário desprender-se de actividades desnecessárias a que se mantém preso.

Uma pergunta: já que falámos da conjunção ao NN, como interpretam a oposição simultânea do planeta ao Nodo Sul?





45 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...
30 de abril de 2009 às 20:17  

Oi oi,

A mim toca-me na casa 4.
Obriga-me profundamente a rever os valores da família, a pôr ordem onde não havia (inclusivé a minha própria casa, quiça?), e ao mesmo tempo solidificar o que era "pudim flan" (gosto desta)
;-)
Mas acho que está a ser agradável, ;)
Kiss kiss e bom fim-de-semana

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 20:35  

Maria Paula

«pudin flan»? está giro!

Bom fim-de-semana.

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 20:36  

Já viste as dicas de fim-de-semana no topo da barra da direita?

=)=)=)

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 20:38  

Vale a pena conhecer esta dica do Gabriel Dread:

http://irradiandoluz.blogspot.com/2009/04/postagens-em-seu-contexto-original.html

Mais simples não há.

Maria Paula Ribeiro disse...
30 de abril de 2009 às 21:06  

;) Já fui ver, lol,
o do 5 tá demais!

Estás a pensar fazer sopa este fim-de-semana????

O do Gabriel, fica para depois do jantar!

Grazzie.
Até amanhã na escola Nova-Lis! ;)

Adelaide Figueiredo disse...
30 de abril de 2009 às 21:33  

Boa noite António

Mas que ricos apontamentos. Já guardei. Afinal é difícil encontrar estas definições nos livros de astrologia.

Como se interpretam as oposições dos respectivos planetas ao Nódo Sul, sinceramente não sei. Mas pensando bem, e talvez vá dizer a maior asneira dos últimos dias :) não será que se lê da mesma maneira?

Fico à espera do seu sorriso à minha ignorância, mas de facto o Nodo Sul é práticamente todo o significado oposto ao Nódo Norte. Portanto Oposição terá o mesmo significado :)

Talvez fosse melhor estar calada mas só assim se aprende.

Grata e bom fim se semana.

Abraço

HAZEL disse...
30 de abril de 2009 às 22:18  

Vim ver as novidades na Cova do Urso e qual não foi o meu espanto por ver a Casa Claridade como destaque da semana!

Obrigada! Não esperava por isto!
Estou-lhe muito grata. Humildemente grata.

Incluí o link do seu blog na minha lista de links.

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 22:40  

Paula

Pois é, amanhã a conversa será no fórum Nova-Lis. Já te apercebeste que deixei o novo exercício? Há tempo e é necessário olhar de forma ampla, mas com simplicidade.

Até amanhã

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 22:43  

Adelaide

«Portanto Oposição terá o mesmo significado :)»

Verdade.

Posso ajudar com uma pista imaginativa?

É praticamente o mesmo com esta nuance: o NN é como se caminhassemos numa praia de areia fina. Com o NS também caminhamos como numa praia mas em vez de areia são calhaus, fazendo com que tudo seja mais demorado e difícil.

Até amanhã

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 22:46  

Hazel

Gosto muito do seu blogue, por isso escolhi-o para o meu destaque semanal.

Estes destaques costumas ser postos aqui às quintas/sextas e fica até sábado ou domingo. 2 dias. É uma homenagem que presto aos meus colegas blogueiros.

Muito agradecido pelo seu link. Também vou adicionar o seu à minha «Comunidade».

Abraço

Maria Paula Ribeiro disse...
30 de abril de 2009 às 22:50  

António,

Ainda não vi o novo exercício, mas o desta semana só o vou fazer amanhã (o prazo é dia 2). Por isso aguarda um pouco se faz favor.

Espero postá-lo até ao fim a tarde. ;(

"Com o NS também caminhamos como numa praia mas em vez de areia são calhaus"
HUmmmmmm... interessante saber isso!
Boa boa!

António Rosa disse...
30 de abril de 2009 às 22:52  

Paula

É uma frase minha. Nunca li isso em lado nenhum.

Ok, dia 2.

HAZEL disse...
30 de abril de 2009 às 23:21  

Caro António,

Obrigada!

Bom fim-de-semana!
Abraço

Hazel

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...
1 de maio de 2009 às 01:55  

Oba!!!

Vou xeretar o meu....

:)

Que legal!

Fada Moranga disse...
1 de maio de 2009 às 04:31  

Ola Antonio!
Adivinhe o que me trouxe o transito de Urano em conjuncao ao NNorte na 6...

O Antonio e Companhia! :-)))

Muito bom material!
Bem haja e ate breve na Escola.
Beijos***de Fada

Sandro Gomes disse...
1 de maio de 2009 às 04:37  

Antônio,

Nodo Sul na Sétima em Virgem conjunto a Plutão. Segundo a minha experiência, Plutão aqui dá um tom visceral e intenso a essa orientação para o outro, um excesso de preocupação com os detalhes e o controle da situação ou do ambiente. Estou certo, Antônio?

Abraços

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 06:35  

Hazel, é sempre bem-vinda. =)

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 06:36  

Chris

Pela sua reacção, gostou da surpresa!

=)

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 06:37  

Fada

Que posicionamento maravilhoso. Gosto de saber isso. É uma experiência pessoal e isso é bom para eu aprender astrologia.

beijo

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 06:38  

Sandro

Está muito bem descrito esse aspecto natal. Fui confirmar se entretanto já abrira um blogue, mas continua tudo igual.

Bom fim-de-semana.

Samsara disse...
1 de maio de 2009 às 09:23  

Olá António

Nodo Norte benefícios, nodo sul menos mal. Ambos estão relacionados com circunstâncias inesperadas, nodo norte sugere expansão, o nodo sul sugere diminuição, nos assuntos da casa em questão e do planeta em trânsito.
Vou colocar mais esta tua aulinha nos meus arquivos :)

Beijinhos

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 10:35  

Samsara

Muito bem analisado. Beijinho. Bom fim-de-semana.

joana disse...
1 de maio de 2009 às 10:57  

Olá António,

Gostei na metáfora da praia de areia e praia de calhaus. Este Sol em conjunção ao NS é uma grande seca ! É como ter esses calhaus já bem cravados nos pés. Os assuntos da casa são mesmo uma frustração. Que hajam trânsitos em oposição a este ponto acaba por ser estimulante - para que a atenção saia dali. É o que sinto, mas talvez isto se misture com outros aspectos.

Desculpe o desabafo,

Beijinho

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 11:22  

Joana

Gostei do desabafo e compreendo-a quando diz que é uma grande seca. Certamente esteve debaixo de algum holofote e o que mais queria estar mais sossegada na sombra. Seria isso?

Beijo

joana disse...
1 de maio de 2009 às 11:56  

António,
Não estive não, mas isso que diz é bem verdade.
Falava mais de uma sensação de 'déjà vu'... E de uma frustração que talvez seja mais de Saturno estar na mesma casa.
Mas agora pensando bem - é engraçado que sempre gostei de caminhar descalça em cima de calhaus. E não o estou a dizer como metáfora - estou a falar literalmente.

joana disse...
1 de maio de 2009 às 11:59  

sobre as conjunções ao NN... se bem me lembro acho que tinha Júpiter aí quando o conheci : )

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 13:21  

Joana

Tentarei ser mais preciso na conjunção ao Nodo Sul:

A tendência é procurar um certo afastamento da actividade social, fazendo com que a relação com os demais possa ser um pouco mais reservada, sem perder a cordialidade. Pode haver «separações» e não têm que ser com a pessoa amada.

O trânsito NS ao Sol é similar, só que demora mais tempo.

Nesta conjunção Sol-NS, os calhaus são mais lisos e suaves que a oposição Sol-NS.

=)

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 13:23  

Joana

Isso é que é ter memória. Se eu nem me lembro dos meus!!! ;(;(

Adelaide Figueiredo disse...
1 de maio de 2009 às 13:39  

António,

Grata pela aula. Ainda Só agora tive oportunidade de lhe agradecer.
Essa dos passeios na prais com areia ou com calhaus faz com que não se esqueça a lição tão depressa. Boa exemplo!!! esse Mercúrio até nisso é aguçado :))

Então até à vista na Escola.

Abraço

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 13:46  

Adelaide

Ocorreu-me no exacto momento em que lhe escrevia.

Então, até à Escola. Acabei de o ler.

joana disse...
1 de maio de 2009 às 14:29  

António, acho que entendi... é tipo 'bicho do mato' :)

Trata-se aqui de algo bem bem demorado, diria - eterno ! É um aspecto natal, não é nada passageiro. Está entranhado. Os calhaus não magoam porque a pele é espessa.

Sobre o transito que falava de Júpiter ao NN - era o trânsito que eu estava a passar, e foi o António que reparou. Os seus trânsitos na altura também não sei ;)))

Isso da boa memória... é bem verdade :) e às vezes não dá jeito nenhum !

beijinho

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 14:56  

A Joana já me vai conhecendo o suficiente para saber que a minha memória nestas coisas da astrologia (gosto de pensar que é só na astrologia).

Para mim, em termos pessoais, uma das coisas boas de trabalhar em astrologia com o público e a memória não funcionar, é exactamente essa - não me lembrar.

Vou contar-lhe a última situação:

Ainda esta semana recebi um email de uma pessoa que mais ou menos dizia isto, de uma consulta ou conversa (não me lembro bem): que aquilo que lhe tinha dito há 4 anos, tinha acontecido.

E fiquei sem saber que «coisa» seria.

=)=)

É sempre muito constrangedor para mim dizer que não me lembro de uma previsão feita há 4 anos. Nem 1 semana, quanto mais 4 anos!

joana disse...
1 de maio de 2009 às 15:53  

:) :) :) acho o máximo isso de as 'coisas' apagarem da memória. E no caso de consultas após esse tempo acho que faz todo sentido António. A minha memória acho que está ligada ao envolvimento emocional que crio com as situações (Mercúrio Caranguejo trígono Lua Peixes). Comecei há cerca de um ano a reparar como são as situações em que isso não me acontece... Na astrologia quando alguém me pede para ver a carta acontece-me muito mostrar algo muito concreto que faz sentido lerem, mas faço-o sem eu própria ler : ))) Sinto que a mensagem passa e eu assim não retenho o que estão a viver. Parece até desleixo mas é quando tenho notado que faz mais efeito. No seu caso é igual mas não precisa deste truque :)

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 16:11  

Joana

«Sinto que a mensagem passa e eu assim não retenho o que estão a viver. Parece até desleixo mas é quando tenho notado que faz mais efeito.»

É uma enorme vantagem. Huge!

É isto mesmo. Melhor não saberia expressar-me. Também noto que estou a dar muitas gralhas nos comentários que escrevo aqui.

adriana disse...
1 de maio de 2009 às 16:20  

António,
Estou aprendendo... mas falta muito.
Obrigada pelos ensinamentos!
Amor e Luz!

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 16:30  

Adriana

Todos os dias aprendo mais qualquer coisa sobre a astrologia. O escrever aqui umas notas não significa que eu já seja muito sabedor da matéria. Comecei foi mais cedo... :) e os anos foram passando. Só isso.

Cris disse...
1 de maio de 2009 às 20:22  

Ola Antonio!

Com certeza Urano transitando te trouxe ao meu blog e eu ao teu, achei tudo muito interessante...transitarei por aqui...

Um abraço e obrigada pela visita!

António Rosa disse...
1 de maio de 2009 às 20:23  

Chris

Agradecido pela visita. Muito simpática.

Sandro Gomes disse...
1 de maio de 2009 às 22:35  

Antônio,

O caranguejo ainda dormita nos braços de Netuno em trânsito, mas vou aproveitar que agora em maio Urano em trâsito pelo Asc faz trígono com meu Sol natal na Quinta para criar um blog.

Uma dúvida. Nodos Natais retrógrados devem ser interpretados da mesma maneira como fazemos com os planetas retrógrados em nossos mapas?

Abraços. Um bom fim de semana pra ti também.

lusibero disse...
2 de maio de 2009 às 00:01  

António:É com gosto que me associo aos seus amigos. Só que eu não sei nada de astronomia excepto oque estudei...Não sou ,sequer, capaz de responder à sua questão...Mas sou capaz de falar d'outras coisas consigo e veremos a amizade crescer ,em tons mais terrenos!
Abraço

António Rosa disse...
2 de maio de 2009 às 06:35  

Olá Sandro

Pessoalmente, não tenho esse hábito e não faço essa comparação, no entanto, vejo sempre como alguma coisa que sempre atrasa um pouco, sempre demora a concretizar. Mas nada comparável com o atrasos de um Saturno Rx, por exemplo.

Bom fim-de-semana

António Rosa disse...
2 de maio de 2009 às 06:36  

Lusibero

Gostei do seu blogue de poesia. Muita sensibilidade e qualidade. Abraço

Fatima disse...
2 de maio de 2009 às 14:53  

Oi querido!
Estou passeando em BH e resolvi deixar um beijo para vc.
Bom final de semana e apareça sempre lá em casa(blog).

António Rosa disse...
2 de maio de 2009 às 15:51  

Oi Fátima

Um beijo para você, também. Muito obrigado.

audrey lefour disse...
8 de junho de 2017 às 16:35  

An excellent congratulations for an excellent subject and an excellent blog !!!

voyance gratuite par mail

30 de abril de 2009

Conjunções em trânsito de planetas ao Nodo Norte

planeta em trânsito, conjunção ao Nodo Norte natal

Sol
- pode indicar o desejo de se associar ou relacionar-se com outras pessoas. Popularidade em alta. Possibilidade de reconhecimento público, ou aprovação por parte deste a iniciativas da pessoa. 



Lua - podemos dizer que os relacionamentos são enfatizados em questões de estado de alma ou mesmo de natureza espiritual. Tendência ao que é mais tradicional, havendo identificação com os valores mais colectivos.

Mercúrio - destacam-se as questões da comunicação, publicidade e marketing em geral. Um breve período de popularidade entre os amigos e vizinhos. Momento indicado para expressar o que pensa, pois será bem aceite. 



Vénus – dias felizes, de tranquilidade e rodeado de laços afectivos, podendo ser um dia bom para dar um passo importante em assuntos sentimentais, atraindo pessoas bonitas para a sua vida. 


Marte – estimula a paixão e a sensualidade, podendo ser positivo para se avançar nesta área, havendo que contar com uma pontinha de temor, próprio do que é desconhecido.

Júpiter – benefícios a nível pessoal, fortalece a pessoa, dá confiança a si mesmo optimismo e boa sorte em geral, com doses grandes de tolerância e generosidade, bem assentes em grupos ou associações. 


Saturno – laços mais fortes com os pais ou pessoas mais idosas ou então com alguém mais influente na sociedade, trazendo paz e serenidade habitualmente acompanhado de um desejo de bastante privacidade.

Úrano
– a possibilidade de conhecer mais pessoas e fazer novas amizades estando beneficiadas as actividades grupais, sobretudo as de movimentos culturais e sociais avançados.



Neptuno – contactos com pessoas pouco comuns, com artistas, músicos ou com capacidades psíquicas, havendo uma maior expansão criativa ou dar-se um despertar psíquico.


Plutão – grande sucesso público, demonstrativo da exactidão dos seus objectivos profissionais, valendo a pena estabelecer projectos a médio e longo prazo.

Quíron – o mais certo é dar-se o início de uma nova trajectória ou novas actividades, sendo necessário desprender-se de actividades desnecessárias a que se mantém preso.

Uma pergunta: já que falámos da conjunção ao NN, como interpretam a oposição simultânea do planeta ao Nodo Sul?





45 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Oi oi,

A mim toca-me na casa 4.
Obriga-me profundamente a rever os valores da família, a pôr ordem onde não havia (inclusivé a minha própria casa, quiça?), e ao mesmo tempo solidificar o que era "pudim flan" (gosto desta)
;-)
Mas acho que está a ser agradável, ;)
Kiss kiss e bom fim-de-semana

António Rosa disse...

Maria Paula

«pudin flan»? está giro!

Bom fim-de-semana.

António Rosa disse...

Já viste as dicas de fim-de-semana no topo da barra da direita?

=)=)=)

António Rosa disse...

Vale a pena conhecer esta dica do Gabriel Dread:

http://irradiandoluz.blogspot.com/2009/04/postagens-em-seu-contexto-original.html

Mais simples não há.

Maria Paula Ribeiro disse...

;) Já fui ver, lol,
o do 5 tá demais!

Estás a pensar fazer sopa este fim-de-semana????

O do Gabriel, fica para depois do jantar!

Grazzie.
Até amanhã na escola Nova-Lis! ;)

Adelaide Figueiredo disse...

Boa noite António

Mas que ricos apontamentos. Já guardei. Afinal é difícil encontrar estas definições nos livros de astrologia.

Como se interpretam as oposições dos respectivos planetas ao Nódo Sul, sinceramente não sei. Mas pensando bem, e talvez vá dizer a maior asneira dos últimos dias :) não será que se lê da mesma maneira?

Fico à espera do seu sorriso à minha ignorância, mas de facto o Nodo Sul é práticamente todo o significado oposto ao Nódo Norte. Portanto Oposição terá o mesmo significado :)

Talvez fosse melhor estar calada mas só assim se aprende.

Grata e bom fim se semana.

Abraço

HAZEL disse...

Vim ver as novidades na Cova do Urso e qual não foi o meu espanto por ver a Casa Claridade como destaque da semana!

Obrigada! Não esperava por isto!
Estou-lhe muito grata. Humildemente grata.

Incluí o link do seu blog na minha lista de links.

António Rosa disse...

Paula

Pois é, amanhã a conversa será no fórum Nova-Lis. Já te apercebeste que deixei o novo exercício? Há tempo e é necessário olhar de forma ampla, mas com simplicidade.

Até amanhã

António Rosa disse...

Adelaide

«Portanto Oposição terá o mesmo significado :)»

Verdade.

Posso ajudar com uma pista imaginativa?

É praticamente o mesmo com esta nuance: o NN é como se caminhassemos numa praia de areia fina. Com o NS também caminhamos como numa praia mas em vez de areia são calhaus, fazendo com que tudo seja mais demorado e difícil.

Até amanhã

António Rosa disse...

Hazel

Gosto muito do seu blogue, por isso escolhi-o para o meu destaque semanal.

Estes destaques costumas ser postos aqui às quintas/sextas e fica até sábado ou domingo. 2 dias. É uma homenagem que presto aos meus colegas blogueiros.

Muito agradecido pelo seu link. Também vou adicionar o seu à minha «Comunidade».

Abraço

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

Ainda não vi o novo exercício, mas o desta semana só o vou fazer amanhã (o prazo é dia 2). Por isso aguarda um pouco se faz favor.

Espero postá-lo até ao fim a tarde. ;(

"Com o NS também caminhamos como numa praia mas em vez de areia são calhaus"
HUmmmmmm... interessante saber isso!
Boa boa!

António Rosa disse...

Paula

É uma frase minha. Nunca li isso em lado nenhum.

Ok, dia 2.

HAZEL disse...

Caro António,

Obrigada!

Bom fim-de-semana!
Abraço

Hazel

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Oba!!!

Vou xeretar o meu....

:)

Que legal!

Fada Moranga disse...

Ola Antonio!
Adivinhe o que me trouxe o transito de Urano em conjuncao ao NNorte na 6...

O Antonio e Companhia! :-)))

Muito bom material!
Bem haja e ate breve na Escola.
Beijos***de Fada

Sandro Gomes disse...

Antônio,

Nodo Sul na Sétima em Virgem conjunto a Plutão. Segundo a minha experiência, Plutão aqui dá um tom visceral e intenso a essa orientação para o outro, um excesso de preocupação com os detalhes e o controle da situação ou do ambiente. Estou certo, Antônio?

Abraços

António Rosa disse...

Hazel, é sempre bem-vinda. =)

António Rosa disse...

Chris

Pela sua reacção, gostou da surpresa!

=)

António Rosa disse...

Fada

Que posicionamento maravilhoso. Gosto de saber isso. É uma experiência pessoal e isso é bom para eu aprender astrologia.

beijo

António Rosa disse...

Sandro

Está muito bem descrito esse aspecto natal. Fui confirmar se entretanto já abrira um blogue, mas continua tudo igual.

Bom fim-de-semana.

Samsara disse...

Olá António

Nodo Norte benefícios, nodo sul menos mal. Ambos estão relacionados com circunstâncias inesperadas, nodo norte sugere expansão, o nodo sul sugere diminuição, nos assuntos da casa em questão e do planeta em trânsito.
Vou colocar mais esta tua aulinha nos meus arquivos :)

Beijinhos

António Rosa disse...

Samsara

Muito bem analisado. Beijinho. Bom fim-de-semana.

joana disse...

Olá António,

Gostei na metáfora da praia de areia e praia de calhaus. Este Sol em conjunção ao NS é uma grande seca ! É como ter esses calhaus já bem cravados nos pés. Os assuntos da casa são mesmo uma frustração. Que hajam trânsitos em oposição a este ponto acaba por ser estimulante - para que a atenção saia dali. É o que sinto, mas talvez isto se misture com outros aspectos.

Desculpe o desabafo,

Beijinho

António Rosa disse...

Joana

Gostei do desabafo e compreendo-a quando diz que é uma grande seca. Certamente esteve debaixo de algum holofote e o que mais queria estar mais sossegada na sombra. Seria isso?

Beijo

joana disse...

António,
Não estive não, mas isso que diz é bem verdade.
Falava mais de uma sensação de 'déjà vu'... E de uma frustração que talvez seja mais de Saturno estar na mesma casa.
Mas agora pensando bem - é engraçado que sempre gostei de caminhar descalça em cima de calhaus. E não o estou a dizer como metáfora - estou a falar literalmente.

joana disse...

sobre as conjunções ao NN... se bem me lembro acho que tinha Júpiter aí quando o conheci : )

António Rosa disse...

Joana

Tentarei ser mais preciso na conjunção ao Nodo Sul:

A tendência é procurar um certo afastamento da actividade social, fazendo com que a relação com os demais possa ser um pouco mais reservada, sem perder a cordialidade. Pode haver «separações» e não têm que ser com a pessoa amada.

O trânsito NS ao Sol é similar, só que demora mais tempo.

Nesta conjunção Sol-NS, os calhaus são mais lisos e suaves que a oposição Sol-NS.

=)

António Rosa disse...

Joana

Isso é que é ter memória. Se eu nem me lembro dos meus!!! ;(;(

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Grata pela aula. Ainda Só agora tive oportunidade de lhe agradecer.
Essa dos passeios na prais com areia ou com calhaus faz com que não se esqueça a lição tão depressa. Boa exemplo!!! esse Mercúrio até nisso é aguçado :))

Então até à vista na Escola.

Abraço

António Rosa disse...

Adelaide

Ocorreu-me no exacto momento em que lhe escrevia.

Então, até à Escola. Acabei de o ler.

joana disse...

António, acho que entendi... é tipo 'bicho do mato' :)

Trata-se aqui de algo bem bem demorado, diria - eterno ! É um aspecto natal, não é nada passageiro. Está entranhado. Os calhaus não magoam porque a pele é espessa.

Sobre o transito que falava de Júpiter ao NN - era o trânsito que eu estava a passar, e foi o António que reparou. Os seus trânsitos na altura também não sei ;)))

Isso da boa memória... é bem verdade :) e às vezes não dá jeito nenhum !

beijinho

António Rosa disse...

A Joana já me vai conhecendo o suficiente para saber que a minha memória nestas coisas da astrologia (gosto de pensar que é só na astrologia).

Para mim, em termos pessoais, uma das coisas boas de trabalhar em astrologia com o público e a memória não funcionar, é exactamente essa - não me lembrar.

Vou contar-lhe a última situação:

Ainda esta semana recebi um email de uma pessoa que mais ou menos dizia isto, de uma consulta ou conversa (não me lembro bem): que aquilo que lhe tinha dito há 4 anos, tinha acontecido.

E fiquei sem saber que «coisa» seria.

=)=)

É sempre muito constrangedor para mim dizer que não me lembro de uma previsão feita há 4 anos. Nem 1 semana, quanto mais 4 anos!

joana disse...

:) :) :) acho o máximo isso de as 'coisas' apagarem da memória. E no caso de consultas após esse tempo acho que faz todo sentido António. A minha memória acho que está ligada ao envolvimento emocional que crio com as situações (Mercúrio Caranguejo trígono Lua Peixes). Comecei há cerca de um ano a reparar como são as situações em que isso não me acontece... Na astrologia quando alguém me pede para ver a carta acontece-me muito mostrar algo muito concreto que faz sentido lerem, mas faço-o sem eu própria ler : ))) Sinto que a mensagem passa e eu assim não retenho o que estão a viver. Parece até desleixo mas é quando tenho notado que faz mais efeito. No seu caso é igual mas não precisa deste truque :)

António Rosa disse...

Joana

«Sinto que a mensagem passa e eu assim não retenho o que estão a viver. Parece até desleixo mas é quando tenho notado que faz mais efeito.»

É uma enorme vantagem. Huge!

É isto mesmo. Melhor não saberia expressar-me. Também noto que estou a dar muitas gralhas nos comentários que escrevo aqui.

adriana disse...

António,
Estou aprendendo... mas falta muito.
Obrigada pelos ensinamentos!
Amor e Luz!

António Rosa disse...

Adriana

Todos os dias aprendo mais qualquer coisa sobre a astrologia. O escrever aqui umas notas não significa que eu já seja muito sabedor da matéria. Comecei foi mais cedo... :) e os anos foram passando. Só isso.

Cris disse...

Ola Antonio!

Com certeza Urano transitando te trouxe ao meu blog e eu ao teu, achei tudo muito interessante...transitarei por aqui...

Um abraço e obrigada pela visita!

António Rosa disse...

Chris

Agradecido pela visita. Muito simpática.

Sandro Gomes disse...

Antônio,

O caranguejo ainda dormita nos braços de Netuno em trânsito, mas vou aproveitar que agora em maio Urano em trâsito pelo Asc faz trígono com meu Sol natal na Quinta para criar um blog.

Uma dúvida. Nodos Natais retrógrados devem ser interpretados da mesma maneira como fazemos com os planetas retrógrados em nossos mapas?

Abraços. Um bom fim de semana pra ti também.

lusibero disse...

António:É com gosto que me associo aos seus amigos. Só que eu não sei nada de astronomia excepto oque estudei...Não sou ,sequer, capaz de responder à sua questão...Mas sou capaz de falar d'outras coisas consigo e veremos a amizade crescer ,em tons mais terrenos!
Abraço

António Rosa disse...

Olá Sandro

Pessoalmente, não tenho esse hábito e não faço essa comparação, no entanto, vejo sempre como alguma coisa que sempre atrasa um pouco, sempre demora a concretizar. Mas nada comparável com o atrasos de um Saturno Rx, por exemplo.

Bom fim-de-semana

António Rosa disse...

Lusibero

Gostei do seu blogue de poesia. Muita sensibilidade e qualidade. Abraço

Fatima disse...

Oi querido!
Estou passeando em BH e resolvi deixar um beijo para vc.
Bom final de semana e apareça sempre lá em casa(blog).

António Rosa disse...

Oi Fátima

Um beijo para você, também. Muito obrigado.

audrey lefour disse...

An excellent congratulations for an excellent subject and an excellent blog !!!

voyance gratuite par mail

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates