Entrevista a Fada Moranga, do «Fada Moranga» e outros

17 de abril de 2009 ·

(Aqui vai uma tentativa de fazer um post à 'Fada'.)

Conheço o blogue «Fada Moranga» desde o início de 2006. Não fazia a mais pequena ideia quem seria a sua autora. Sabia que o nome estava em português e o conteúdo em inglês. Isso sempre despertou a minha atenção. Só muito mais tarde é que conheci um pouco melhor a autora de 3 dos blogues mas criativos que conheço na blogoesfera. Para além do já mencionado «Fada Moranga» ela é a criadora e mentora destes dois: «Fada Moranga’s Pocoyo Gallery» e «Amor & Coentros».

A Fada Moranga é a bloguista que melhor pratica a arte de lincar. A arte da blogoesfera por excelência. Uma visita aos seus blogues é prova disso. Obviamente está muito avançada no seu tempo, pois faz exactamente aquilo que ela mais aprecia: deixar a sua criança interior orientar a gestão dos seus blogues. Vale a pena ler a entrevista pois a Fada Moranga explica o seu percurso de forma exemplar. Conheçam a sua Green shop, clicando na ilustração seguinte:

Green shop

Porque decidiu criar os seus blogues? Pode contar a sua história? Tem objectivos? A que nicho se destina?


Era uma vez uma Couve Lombarda que sonhava com uma vida cheia de cor. Trabalhava como maquilhadora de moda, publicidade, fotografia, vídeo, tv, rádio e cassete pirata (link para ver Portfolio) mas essa lida já não dava alegria. Sonhava com a mudança. Decidiu passear-se por blogs bonitos, inspiradores e sentiu vontade de começar a fazer coisas, coisas que não desaparecessem com desmaquilhante… E começou a fazer experiências com feltros e aguarelas. Já não era couve!

Moranga nature

Na Primavera de 2005, em Fátima, nasceu a Fada M
oranga e a inspiração para o coração com asas – o coração de Moranga. Em Maio apresentou-se na feira de artesanato do Príncipe Real com os primeiros corações em feltro e aguarelas (link para ver imagens) e foi quando começaram a perguntar se tinha blog. Blog?! Para quȇ? Se já tinha fotografias no “Flickr”! Mas resolveu experimentar e em 24 de Junho de 2005 inaugurou o blog «Fada Moranga».
O meu objectivo na altura foi utilizar o blog como montra do trabalho que estava a começar a desenvolver, para um pequeno nicho de apreciadores de artesanato e “crafters”. Aos poucos fui introduzindo links para sites e blogs que me interessavam. Queria ter bem perto de mim tudo o que me dava alegria – ilustração, ideias, inspirações, materiais, bonecos, animação, livros, personagens, COR! Depois de 9 anos de maquilhagem, a descobrir o melhor em cada pessoa, estava a descobrir o melhor em mim. Reiki, Healing, Cura Quântica, Astrologia, Numerologia… mostravam-me o caminho. A minha criança interior estava a regressar a casa! Este blog estava a ser terapêutico para mim e assim resolvi fazê-lo para todas as crianças, de todas as idades, tamanhos, cores e feitios. O meu nicho é a criança interior de cada um.

Em 17 de Julho de 2007 inaugurei um blog em homenagem ao Pocoyo. A grande maioria das entradas no blog Fada Moranga aconteciam por causa deste personagem e resolvi dar o braço a torcer – Querem Pocoyo? Então tomem lá Pocoyo! São 2 blogs Caranguejo. Coincidência? ( Em 04 de Agosto inaugurei o blog Amor & Coentros só por graça. Pensei que seria interessante fazer um género de fotonovela de comida, receitas passo a passo. Depois percebi que era tarefa nada fácil. A comida é uma actriz caprichosa e tem tendência a pegar ao fundo do tacho.)

Tem prazer em blogar? Qual o seu prazer?

Oh sim! Gosto de ver as imagens e textos publicados e envolvidos pelo ambiente rosa!

Dá-me prazer descobrir que fui visitada por alguém que vive num país muito distante, receber emails a contar o que gostam de ver no meu blog, sentir que contribui para embelezar o espaço, que fui útil de alguma maneira.

E o que mais a irrita em blogar?

As mensagens de erro de html !

Considerando que cada pessoa vê o sucesso à sua própria maneira, como define um blog/bloguista de sucesso?

Aquele que passa alguma mensagem inspiradora, divertida, pedagógica ou me transmite uma sensação terapêutica.

Qual a táctica adoptada por si para atingir o sucesso com o seu blogue?

Respeitar a minha criança interior e deixar-me guiar por ela. Eu não mando nada. Todos os conteúdos passam pela sua aprovação. Ela é que decide o que é que faz bem à saudinha.

Quando um blogue nasce, o autor tem que se esforçar para torná-lo conhecido e ter leitores. Que fez para dar a conhecer o seu blogue? Usou ferramentas especiais, conviveu com outros blogues, etc.?

Passeei por muitos blogs e sites e tentava perceber como funcionavam… Observei, li. Tento descobrir tudo sem fazer perguntas.

É necessário um blog ter um nicho definido ou é possível atingir o sucesso sem pertencer a um nicho?

Talvez seja mais simples começar um blog definindo um nicho e seguindo uma linha de conteúdos adaptados ao tema ou grupo. Mas acredito que não há fronteiras e todos os nichos se cruzam e interagem para proveito de todos.

Lê outros blogues? Que métodos utiliza? Vai aos blogues que aprecia ou usa o sistema de leitor de feeds?

Leio vários blogues. Antigamente visitava cada um deles, depois experimentei o sistema de Feeds mas gosto mais de ver/ler os posts dentro do seu ambiente de origem. Não dispenso o original!

Quais os blogues que considera um sucesso hoje em dia (independentemente do nicho) e qual foi a lição que aprendeu?

O primeiro blog que me despertou e inspirou foi o da Rosa Pomar. Já em 2005 tinha bastante sucesso e assisti ao seu crescimento e evolução para site e loja. A Rosa é absolutamente fiel a si própria e com grande simplicidade e naturalidade, tem contribuído para a divulgação e dignificação do trabalho manual, lutando pelo respeito e defesa dos direitos de autor. Lição da Rosa – vanguarda e tradição.

O blog da Geninne Zlatkis impressiona-me muito. Tudo parece perfeito, imaculado, lindo! O trabalho dela tem inspirado muita gente, é respeitada e admirada. Às vezes sorteia uma das suas ilustrações entre os seus visitantes/leitores e os comentários disparam… ultrapassando os 400… A relação dela com as pessoas é proporcional à qualidade do seu trabalho. Lição da Geninne – trabalhar com Amor.

Outro blog que tem despertado a minha atenção é o da Tina Daunt. Começou em Novembro de 2008 e vai de vento em popa! O ambiente é muito descontraído, leve, animado, alegre. Lição da Tina – amizade, partilha.

O blog mais recente da Astrid Anabelle já conquistou! O seu sistema de perguntas e respostas está a ajudar cada vez mais gente a fazer “trabalho de casa”, a compreender a vida, a conhecer-se. Lição da Astrid – honrar a essência, servir a Luz.

É possível fazer amizades na blogosfera?

Claro que sim! Com juizinho…

Que recomenda para tornarmos os nossos blogues mais conhecidos na blogoesfera?

Semear! Espalhar o nome/link do blog pelo espaço.

Pode ser através da inscrição em motores de busca como o Google, Yahoo, Aol, Lycos, Altavista, Msn, eXcite, Sapo…

Criando um perfil pessoal em sites, portais, directórios como o FaceBook, Twitter, Flickr, hi5, Tribe, MyBlogLog, BlogCatalog, YouTube, Technorati, BlogFlux, DelightfulBlogs…

Participando em comunidades temáticas como a Comunidade de Astrologia, iPeace, Tree-Nation, Del.icio.us, Wists, ThisNext, Amazon, LibraryThing, fóruns de culinária, animais, hobbies, etc, etc…

Criando widgets, criando uma atmosfera, um ambiente, uma identidade… E nunca esquecer a COR !

Bem haja António, por fazer-nos crescer!

Fada Moranga, 13 de Abril de 2009


Os meus blogs:

Amor & Coentros



Foi impossível fazer um post à 'Fada Moranga'. A arte é muito dela. As ilustrações são de minha responsabilidade.
Muito obrigado, Fada Moranga.

30 comentários:

Ana Cristina disse...
17 de abril de 2009 às 18:44  

Gostei muito de conhecer mais este um tantinho da Fada assim como as referências dela. Desde o 1º dia que fui aos blogues dela que senti uma forte vibração de alegria que emana das cores. Além de uma ENORME criatividade, às vezes vou lá só mesmo para saborear as cores. Pedido directo para a Fada :-) tenho ido ao Coentros, aquelas cores fazem crescer água na boca saudavelmente :-)
Estas entrevistas estão o máximo António.

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 19:02  

Ana Cristina

Esta entrevista tem a cara da Fada, ou pelo menos tentei. É uma mulher talentosa. Ela irá gostar de ler.

:)

Dia 20 teremos a Patrícia e a 22 o Gabriel, que eleva a arte de lincar à máxima essência.

Obrigado

Samsara disse...
17 de abril de 2009 às 19:41  

Adorei conhecer melhor a fada, já há algum tempo me fazia perguntas sobre ela, e tive aqui algumas respostas, muito, muito interessante, aliada à sua imensa criatividade.
Quem diria a nossa fadinha?
Beijinhos

Maria de Fátima disse...
17 de abril de 2009 às 19:43  

Olá António adorei ler a entrevista da Fada Moranga, o que me encantou no blogue dela foram as cores.Beijinhos.

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 19:57  

Samsara

Ela é uma pessoa incrível, toda cor, som, vibração e cura. Está a desenvolver um trabalho magnífico.

Beijo

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 19:59  

Maria de Fátima

Por isso tentei fazer um post a la Fada, mas não consegui imprimir a mesma vibração.

Beijo

Maria Paula Ribeiro disse...
17 de abril de 2009 às 20:48  

Conhecer mais um pouco a Fada, é sempre sensacional. Obrigado António.

Conheço a Fada há algum tempo, pelo circuito da Astrologia e o que mais me surpreendeu no seu blogue, foi também o facto de ela escrever em inglês...

Um blogue hiper, super, clean, tremendamente bem dividido e com a excelente percepção visual, de quem se sabe pôr do "outro lado", como quem tira uma fotografia, e puder exprimir o que interessa que a foto diga....

Não me admira que, tu Fada, tens uma "objectiva interior" com espelho de saber transmitir as "tuas cores"...

Parabéns mesmo... ;-)
Agora não digo mais porque, António, isto é um "crime" teres lançado este post, antes do Jantar! Estou com o estômago colado às costas depois de ir aos coentros.... mãe do céu!!!!!!

Beijos aos dois

Astrid Annabelle disse...
17 de abril de 2009 às 20:53  

António.
Mais uma entrevista de sucesso.
O que falar sobre a Fada Moranga?
Ela fala por si...ao vivo e a cores!
Desenvolvi uma grande afeição por Fada e tornamo-nos amigas...
Seu trabalho encanta e mais que isso domina a arte de mostrar com intensidade tudo aquilo que cria...o seu canal é o amor.
Aproveito aqui para agradecer a menção que fez ao meu blog A Dinâmica do Invisível...fiquei muito honrada!
Fada querida, muito bom te conhecer aos pouquinhos...a cada dia uma porção mágica se junta formando uma mandala maravilhosa...cheia de flores, aromas e CORES...sempre cores.
António a sua idéia foi ótima...está ótimo conhecer o humano por trás do virtual!
Um beijo a todos e um especial para Fada.
Parabéns.
Astrid

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 21:07  

PaULA

Nem vou comentar nada. Esperar apenas que a Fada venha cá e fale com cada um de vocês.

Beijo

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 21:07  

astrid

Palavras para quê? Nem vou comentar nada. Esperar apenas que a Fada venha cá e fale com cada um de vocês.

Beijo

irradiandoluz disse...
17 de abril de 2009 às 21:50  

Muito legal saber mais sobre a Fada Moranga. Até o presente momento, ela e eu havíamos apenas trocado freqüências não verbais.
Ela segue meu blogue, eu sigo o dela, mas nunca comentei o dela e ela tampouco.
No entanto, nutro um carinho muito grande por esta figura colorida e bricalhona!

Abração
Gabriel Dread

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...
17 de abril de 2009 às 22:02  

Antônio

Puxa que legal!!!!!

A entrevista ficou a "cara" dela! ADOREI sentir a vibração, as cores... Super criativo, pura filosofia estética virtual, vou analisar melhor depois...

E bacana saber como tudo começou. Adoro saber, conhecer o que move o agir humano, o sentir humano...

Adorei mesmo!

Fada, está linkada no meu tb :) Vem com seu arco íris colorir a vida de todos nós! :)

Chris

Adelaide disse...
17 de abril de 2009 às 22:26  

Encontrei virtualmente a Fada Moranga na Comunidade Astrológica e achei-a muito comunicativa e bem disposta. Nas nossas conversas astrológicas que realizámos consegui perceber que era uma pessoa simpática, gentil e profunda. Olhando para os seus blogues onde expressa a sua habilidade e imaginação, a côr, como nós todos já falámos, é uma característica muito sua. É essa côr que ela nos mostra, que me faz pensar que ela afinal é mesmo uma fada na terra :)

Continua Fada e nunca deixes morrer a côr e a criança que há em ti.

Obrigada Fada e ao António também.

Beijos

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 22:51  

Gabriel

Ainda bem que vocês se atraem. O grande motivo secreto que me levou a iniciar esta série de entrevistas foi estabelecer um «anel do coração» com vários seres humanos, que trabalhando os seus blogues de formas muito particulares, iriam encontrar afinidades electivas.

Que o «anel do coração» avance.

A Fada é um exemplo notável das energias positivas que emana.

É o universo Moranga. É o planeta Moranga.

Meu amigo, também sei que as pessoas vão adorar a tua entrevista, que anuncio já para o dia 22, às oo:01.

Abração.

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 22:53  

Christine

Ainda bem que está a gostar. Lá chegará o seu dia de vir a este desfile de ideias e subtilezas apresentar o seu mundo. Estou muito feliz por estar a criar este «anel do coração».

Beijo

António Rosa disse...
17 de abril de 2009 às 22:55  

Adelaide

A Fada vai adorar responder-lhe, pois a Fada Moranga é um universo em si. Mulher culta, suave, muito querida, com um a vibração energética muito especial. Com um enorme sentido de humor. Começar a entrevista a dizer que era uma vez uma couve lombarda... é genial.

Gosto imenso dela.

Fada Moranga disse...
18 de abril de 2009 às 00:49  

Apre!!! A ver se finalmente consigo deixar aqui comentarios! Estou farta de entrar e ir pro espaco... Acho que foi sa surpresa! :-)
Oh Antonio, maroto, era so amanha... Grande e rica surpresa! MESMO BOA! :-))

Vou esclarecer umas coisinhas:

- ante de nascer a Fada Moranga, eu tive mesmo email "CouveLombarda" e "PolpaMoranga" (antes disso tive outros que nem confesso :-)

- Grabriel Dread, olha que eu comentei... :-) vai la ver o post "diaper free", adorei a Nara Rosa no baldinho!

- Samsara, podias ter perguntado! Seria um prazer :-)

- Ana Cristina, cozinhar e fotografar e dah uma trabalheira que nunca imaginei, e demooora...

- Antonio, culta sim senhor! Fiz uma rica 4a classe e agora com as Novas Oportunidades ja vou no 7o unificado! :-)

Fada Moranga disse...
18 de abril de 2009 às 01:02  

Querido Antonio, a ideia do "Anel do Coracao" eh maravilhosa! Linda! Que urso tao doce! :-) E eu eh que ando com o transito Venus+Neptuno...

Grandes elogios... Vou mostrar ah minha mae a ver se ela acredita :-)

Foi cah uma sensacao chegar aqui e ver isto tudo! Ai quando eu vi o Pocoyo!... Acredita que foi o que gostei mais? Aquele miudo dah cabo de mim!

Claro que adorei o resto. O Antonio a imitar-me... Lindo! :-)))
sabe o que eh que falta? Eh fundo cor de rosa #CC0033!

Entao e qual eh o espanto de ter um titulo em Portugues e escrever em Ingles? ja viu como sao as ferramentas de traducao? os Coentros quase foram feitos em portugues mas depois o Translator so dizia disparates nas receitas! Entao decidi fazer tudo em Ingles e depois a ferramenta que diga disparates noutras linguas.

Beijos***de Fada ao Antonio!

Fada Moranga disse...
18 de abril de 2009 às 01:17  

Agora todos:

Ana Cristina, Samsara, Maria de Fatima, Maria Paula, Astrid, Gabriel Dread, Christiane, Adelaide, obrigada pelos belos comentarios! Eh tao giro descobrir como as pessoas nos imaginam e o que pensam de nos... Parece que estou a ler comentarios sobre outra pessoa, ou pessoas... Estou a sentir-me um bocado como a Alice no Pais das Maravilhas, depois do cogumelo! :-)))

Um PS para o Antonio: entao quando eh o encontro da Primavera? Tenho bolinhas de Fada no congelador para levar!


Um PS para a Maria Paula: acreditas que antes de ligar o computador estive a fotografar as agulhas de coser barrigas? Era para te mostrar... Sao curvas! :-)

Bem hajam todos!
Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...
18 de abril de 2009 às 01:26  

Adelaide, a cor ja nao sai! A crianca ja nao sai! Bom... pode ser que algum dia saia uma, mas esta fica! :-)

E quando irei visitar um blog "Adelaide"? Esse Leao no Meio do Ceu quer rugir!

Um beijo*de Fada

Fada Moranga disse...
18 de abril de 2009 às 01:30  

So mais 1!

Oh Antonio, nao eh universo, nem mundo - eh HORTA! :-)

E ja agora, um pedido a todos os que estao inscritos no FaceBook:

Por favor vao ao jogo play My Farm e mandem umas arvores e uma vaca, por favor! Eh que ainda so consegui plantar tomates e morangos, ainda nao ganhei pros animais... :-) Bem hajam!
Beijos***de Fada

VirtualFM disse...
18 de abril de 2009 às 03:13  

Viva!

A Fada Moranga sempre foi muito inteligente, culta e cheia de sentido de humor. Tem sido um prazer descobrir esta sua veia criativa e esta entrevista ajuda a essa descoberta!

Força nisso, Fada!
FM

Maria Paula Ribeiro disse...
18 de abril de 2009 às 09:26  

;-) Fada,

Eu também me lembrei de ti esta semana, no bloco operatório, lol
Tens de cá vir....

Quanto à vaca, não há qualquer problema, o meu vizinho tem para aí mas 40! Mas de que cor queres???? e quantas pintas? ;)

O batanete não to mando, rapinava-te a tua horta em dois segundos.... ;-)

Beijnho amiga e bom fim de semana

António Rosa disse...
18 de abril de 2009 às 11:10  

Fada

Antecipei a publicação apenas umas horitas, por de repente, ter percebido que estava prevista para a meia-noite de sexta para sábado. As visitas a este blogue diminuem radicalmente aos fins-de-semana.

kiss

Fada Moranga disse...
20 de abril de 2009 às 00:20  

Fernandinho! Rico FM, tu es a pessoa com mais autoridade para falar de mim, ja que me conheces faz este Verao 21 anos! :-))

Concordo contigo, se tu concordares comigo que es tal me descreveste! Sempre achei. Bem hajas e beijos***de Fada pra ti e toda a familia

Fada Moranga disse...
20 de abril de 2009 às 00:26  

Oh Maria Paula! E eu agora sempre que vejo uma operacao na tv lembro-me - a Maria Paula nao faz ortopedia... Nunca falha! :-)
Bem hajas pela vaca, da-me mais jeito uma virtual por causa do tamanho do ecran. Bem hajas na mesma.
Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...
20 de abril de 2009 às 00:31  

Oh Antonio, ainda bem que antecipou. Fui para o Alan Oken consolada, com umas olheiras ate ao chao, mas consolada! :-)
Bem haja!
Beijo*de Fada

///Menezes disse...
22 de abril de 2009 às 13:38  

Parabéns cara amiga, bem mereces! tenho-te acompanhado desde há uns meses bons, e é sempre um prazer ler o teu blog. Continua!

Abraço
Pedro

Fada Moranga disse...
22 de abril de 2009 às 15:59  

Ola Pedro!

Obrigada por teres vindo! Eu tambem te acompanho e vejo como cresces :-)

Um beijo*de Fada

Nanda Botelho disse...
30 de maio de 2009 às 14:14  

Apreciei bastante a entrevista com Fada, já tentei entra no blog dela, mas tive problemas, vou tentar de novo através de seu link.

Dos conselhos dela, eu ainda não sei usar os sites indexadores e só me inscrevi no google como motor de busca.

Quanto a espalhar o nome por aí eu fico sem saber a medida, devo convidar as pessoas para vistarem o blog ou colocar o link, no comentário?...Realmente ainda não sei se não invado o blog dos outros com esse tipo de coisa.

Ah! Quero saber como usar o blogblogs, será que pode me ajudar?

Abraços!

17 de abril de 2009

Entrevista a Fada Moranga, do «Fada Moranga» e outros

(Aqui vai uma tentativa de fazer um post à 'Fada'.)

Conheço o blogue «Fada Moranga» desde o início de 2006. Não fazia a mais pequena ideia quem seria a sua autora. Sabia que o nome estava em português e o conteúdo em inglês. Isso sempre despertou a minha atenção. Só muito mais tarde é que conheci um pouco melhor a autora de 3 dos blogues mas criativos que conheço na blogoesfera. Para além do já mencionado «Fada Moranga» ela é a criadora e mentora destes dois: «Fada Moranga’s Pocoyo Gallery» e «Amor & Coentros».

A Fada Moranga é a bloguista que melhor pratica a arte de lincar. A arte da blogoesfera por excelência. Uma visita aos seus blogues é prova disso. Obviamente está muito avançada no seu tempo, pois faz exactamente aquilo que ela mais aprecia: deixar a sua criança interior orientar a gestão dos seus blogues. Vale a pena ler a entrevista pois a Fada Moranga explica o seu percurso de forma exemplar. Conheçam a sua Green shop, clicando na ilustração seguinte:

Green shop

Porque decidiu criar os seus blogues? Pode contar a sua história? Tem objectivos? A que nicho se destina?


Era uma vez uma Couve Lombarda que sonhava com uma vida cheia de cor. Trabalhava como maquilhadora de moda, publicidade, fotografia, vídeo, tv, rádio e cassete pirata (link para ver Portfolio) mas essa lida já não dava alegria. Sonhava com a mudança. Decidiu passear-se por blogs bonitos, inspiradores e sentiu vontade de começar a fazer coisas, coisas que não desaparecessem com desmaquilhante… E começou a fazer experiências com feltros e aguarelas. Já não era couve!

Moranga nature

Na Primavera de 2005, em Fátima, nasceu a Fada M
oranga e a inspiração para o coração com asas – o coração de Moranga. Em Maio apresentou-se na feira de artesanato do Príncipe Real com os primeiros corações em feltro e aguarelas (link para ver imagens) e foi quando começaram a perguntar se tinha blog. Blog?! Para quȇ? Se já tinha fotografias no “Flickr”! Mas resolveu experimentar e em 24 de Junho de 2005 inaugurou o blog «Fada Moranga».
O meu objectivo na altura foi utilizar o blog como montra do trabalho que estava a começar a desenvolver, para um pequeno nicho de apreciadores de artesanato e “crafters”. Aos poucos fui introduzindo links para sites e blogs que me interessavam. Queria ter bem perto de mim tudo o que me dava alegria – ilustração, ideias, inspirações, materiais, bonecos, animação, livros, personagens, COR! Depois de 9 anos de maquilhagem, a descobrir o melhor em cada pessoa, estava a descobrir o melhor em mim. Reiki, Healing, Cura Quântica, Astrologia, Numerologia… mostravam-me o caminho. A minha criança interior estava a regressar a casa! Este blog estava a ser terapêutico para mim e assim resolvi fazê-lo para todas as crianças, de todas as idades, tamanhos, cores e feitios. O meu nicho é a criança interior de cada um.

Em 17 de Julho de 2007 inaugurei um blog em homenagem ao Pocoyo. A grande maioria das entradas no blog Fada Moranga aconteciam por causa deste personagem e resolvi dar o braço a torcer – Querem Pocoyo? Então tomem lá Pocoyo! São 2 blogs Caranguejo. Coincidência? ( Em 04 de Agosto inaugurei o blog Amor & Coentros só por graça. Pensei que seria interessante fazer um género de fotonovela de comida, receitas passo a passo. Depois percebi que era tarefa nada fácil. A comida é uma actriz caprichosa e tem tendência a pegar ao fundo do tacho.)

Tem prazer em blogar? Qual o seu prazer?

Oh sim! Gosto de ver as imagens e textos publicados e envolvidos pelo ambiente rosa!

Dá-me prazer descobrir que fui visitada por alguém que vive num país muito distante, receber emails a contar o que gostam de ver no meu blog, sentir que contribui para embelezar o espaço, que fui útil de alguma maneira.

E o que mais a irrita em blogar?

As mensagens de erro de html !

Considerando que cada pessoa vê o sucesso à sua própria maneira, como define um blog/bloguista de sucesso?

Aquele que passa alguma mensagem inspiradora, divertida, pedagógica ou me transmite uma sensação terapêutica.

Qual a táctica adoptada por si para atingir o sucesso com o seu blogue?

Respeitar a minha criança interior e deixar-me guiar por ela. Eu não mando nada. Todos os conteúdos passam pela sua aprovação. Ela é que decide o que é que faz bem à saudinha.

Quando um blogue nasce, o autor tem que se esforçar para torná-lo conhecido e ter leitores. Que fez para dar a conhecer o seu blogue? Usou ferramentas especiais, conviveu com outros blogues, etc.?

Passeei por muitos blogs e sites e tentava perceber como funcionavam… Observei, li. Tento descobrir tudo sem fazer perguntas.

É necessário um blog ter um nicho definido ou é possível atingir o sucesso sem pertencer a um nicho?

Talvez seja mais simples começar um blog definindo um nicho e seguindo uma linha de conteúdos adaptados ao tema ou grupo. Mas acredito que não há fronteiras e todos os nichos se cruzam e interagem para proveito de todos.

Lê outros blogues? Que métodos utiliza? Vai aos blogues que aprecia ou usa o sistema de leitor de feeds?

Leio vários blogues. Antigamente visitava cada um deles, depois experimentei o sistema de Feeds mas gosto mais de ver/ler os posts dentro do seu ambiente de origem. Não dispenso o original!

Quais os blogues que considera um sucesso hoje em dia (independentemente do nicho) e qual foi a lição que aprendeu?

O primeiro blog que me despertou e inspirou foi o da Rosa Pomar. Já em 2005 tinha bastante sucesso e assisti ao seu crescimento e evolução para site e loja. A Rosa é absolutamente fiel a si própria e com grande simplicidade e naturalidade, tem contribuído para a divulgação e dignificação do trabalho manual, lutando pelo respeito e defesa dos direitos de autor. Lição da Rosa – vanguarda e tradição.

O blog da Geninne Zlatkis impressiona-me muito. Tudo parece perfeito, imaculado, lindo! O trabalho dela tem inspirado muita gente, é respeitada e admirada. Às vezes sorteia uma das suas ilustrações entre os seus visitantes/leitores e os comentários disparam… ultrapassando os 400… A relação dela com as pessoas é proporcional à qualidade do seu trabalho. Lição da Geninne – trabalhar com Amor.

Outro blog que tem despertado a minha atenção é o da Tina Daunt. Começou em Novembro de 2008 e vai de vento em popa! O ambiente é muito descontraído, leve, animado, alegre. Lição da Tina – amizade, partilha.

O blog mais recente da Astrid Anabelle já conquistou! O seu sistema de perguntas e respostas está a ajudar cada vez mais gente a fazer “trabalho de casa”, a compreender a vida, a conhecer-se. Lição da Astrid – honrar a essência, servir a Luz.

É possível fazer amizades na blogosfera?

Claro que sim! Com juizinho…

Que recomenda para tornarmos os nossos blogues mais conhecidos na blogoesfera?

Semear! Espalhar o nome/link do blog pelo espaço.

Pode ser através da inscrição em motores de busca como o Google, Yahoo, Aol, Lycos, Altavista, Msn, eXcite, Sapo…

Criando um perfil pessoal em sites, portais, directórios como o FaceBook, Twitter, Flickr, hi5, Tribe, MyBlogLog, BlogCatalog, YouTube, Technorati, BlogFlux, DelightfulBlogs…

Participando em comunidades temáticas como a Comunidade de Astrologia, iPeace, Tree-Nation, Del.icio.us, Wists, ThisNext, Amazon, LibraryThing, fóruns de culinária, animais, hobbies, etc, etc…

Criando widgets, criando uma atmosfera, um ambiente, uma identidade… E nunca esquecer a COR !

Bem haja António, por fazer-nos crescer!

Fada Moranga, 13 de Abril de 2009


Os meus blogs:

Amor & Coentros



Foi impossível fazer um post à 'Fada Moranga'. A arte é muito dela. As ilustrações são de minha responsabilidade.
Muito obrigado, Fada Moranga.

30 comentários:

Ana Cristina disse...

Gostei muito de conhecer mais este um tantinho da Fada assim como as referências dela. Desde o 1º dia que fui aos blogues dela que senti uma forte vibração de alegria que emana das cores. Além de uma ENORME criatividade, às vezes vou lá só mesmo para saborear as cores. Pedido directo para a Fada :-) tenho ido ao Coentros, aquelas cores fazem crescer água na boca saudavelmente :-)
Estas entrevistas estão o máximo António.

António Rosa disse...

Ana Cristina

Esta entrevista tem a cara da Fada, ou pelo menos tentei. É uma mulher talentosa. Ela irá gostar de ler.

:)

Dia 20 teremos a Patrícia e a 22 o Gabriel, que eleva a arte de lincar à máxima essência.

Obrigado

Samsara disse...

Adorei conhecer melhor a fada, já há algum tempo me fazia perguntas sobre ela, e tive aqui algumas respostas, muito, muito interessante, aliada à sua imensa criatividade.
Quem diria a nossa fadinha?
Beijinhos

Maria de Fátima disse...

Olá António adorei ler a entrevista da Fada Moranga, o que me encantou no blogue dela foram as cores.Beijinhos.

António Rosa disse...

Samsara

Ela é uma pessoa incrível, toda cor, som, vibração e cura. Está a desenvolver um trabalho magnífico.

Beijo

António Rosa disse...

Maria de Fátima

Por isso tentei fazer um post a la Fada, mas não consegui imprimir a mesma vibração.

Beijo

Maria Paula Ribeiro disse...

Conhecer mais um pouco a Fada, é sempre sensacional. Obrigado António.

Conheço a Fada há algum tempo, pelo circuito da Astrologia e o que mais me surpreendeu no seu blogue, foi também o facto de ela escrever em inglês...

Um blogue hiper, super, clean, tremendamente bem dividido e com a excelente percepção visual, de quem se sabe pôr do "outro lado", como quem tira uma fotografia, e puder exprimir o que interessa que a foto diga....

Não me admira que, tu Fada, tens uma "objectiva interior" com espelho de saber transmitir as "tuas cores"...

Parabéns mesmo... ;-)
Agora não digo mais porque, António, isto é um "crime" teres lançado este post, antes do Jantar! Estou com o estômago colado às costas depois de ir aos coentros.... mãe do céu!!!!!!

Beijos aos dois

Astrid Annabelle disse...

António.
Mais uma entrevista de sucesso.
O que falar sobre a Fada Moranga?
Ela fala por si...ao vivo e a cores!
Desenvolvi uma grande afeição por Fada e tornamo-nos amigas...
Seu trabalho encanta e mais que isso domina a arte de mostrar com intensidade tudo aquilo que cria...o seu canal é o amor.
Aproveito aqui para agradecer a menção que fez ao meu blog A Dinâmica do Invisível...fiquei muito honrada!
Fada querida, muito bom te conhecer aos pouquinhos...a cada dia uma porção mágica se junta formando uma mandala maravilhosa...cheia de flores, aromas e CORES...sempre cores.
António a sua idéia foi ótima...está ótimo conhecer o humano por trás do virtual!
Um beijo a todos e um especial para Fada.
Parabéns.
Astrid

António Rosa disse...

PaULA

Nem vou comentar nada. Esperar apenas que a Fada venha cá e fale com cada um de vocês.

Beijo

António Rosa disse...

astrid

Palavras para quê? Nem vou comentar nada. Esperar apenas que a Fada venha cá e fale com cada um de vocês.

Beijo

irradiandoluz disse...

Muito legal saber mais sobre a Fada Moranga. Até o presente momento, ela e eu havíamos apenas trocado freqüências não verbais.
Ela segue meu blogue, eu sigo o dela, mas nunca comentei o dela e ela tampouco.
No entanto, nutro um carinho muito grande por esta figura colorida e bricalhona!

Abração
Gabriel Dread

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Antônio

Puxa que legal!!!!!

A entrevista ficou a "cara" dela! ADOREI sentir a vibração, as cores... Super criativo, pura filosofia estética virtual, vou analisar melhor depois...

E bacana saber como tudo começou. Adoro saber, conhecer o que move o agir humano, o sentir humano...

Adorei mesmo!

Fada, está linkada no meu tb :) Vem com seu arco íris colorir a vida de todos nós! :)

Chris

Adelaide disse...

Encontrei virtualmente a Fada Moranga na Comunidade Astrológica e achei-a muito comunicativa e bem disposta. Nas nossas conversas astrológicas que realizámos consegui perceber que era uma pessoa simpática, gentil e profunda. Olhando para os seus blogues onde expressa a sua habilidade e imaginação, a côr, como nós todos já falámos, é uma característica muito sua. É essa côr que ela nos mostra, que me faz pensar que ela afinal é mesmo uma fada na terra :)

Continua Fada e nunca deixes morrer a côr e a criança que há em ti.

Obrigada Fada e ao António também.

Beijos

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...

Gabriel

Ainda bem que vocês se atraem. O grande motivo secreto que me levou a iniciar esta série de entrevistas foi estabelecer um «anel do coração» com vários seres humanos, que trabalhando os seus blogues de formas muito particulares, iriam encontrar afinidades electivas.

Que o «anel do coração» avance.

A Fada é um exemplo notável das energias positivas que emana.

É o universo Moranga. É o planeta Moranga.

Meu amigo, também sei que as pessoas vão adorar a tua entrevista, que anuncio já para o dia 22, às oo:01.

Abração.

António Rosa disse...

Christine

Ainda bem que está a gostar. Lá chegará o seu dia de vir a este desfile de ideias e subtilezas apresentar o seu mundo. Estou muito feliz por estar a criar este «anel do coração».

Beijo

António Rosa disse...

Adelaide

A Fada vai adorar responder-lhe, pois a Fada Moranga é um universo em si. Mulher culta, suave, muito querida, com um a vibração energética muito especial. Com um enorme sentido de humor. Começar a entrevista a dizer que era uma vez uma couve lombarda... é genial.

Gosto imenso dela.

Fada Moranga disse...

Apre!!! A ver se finalmente consigo deixar aqui comentarios! Estou farta de entrar e ir pro espaco... Acho que foi sa surpresa! :-)
Oh Antonio, maroto, era so amanha... Grande e rica surpresa! MESMO BOA! :-))

Vou esclarecer umas coisinhas:

- ante de nascer a Fada Moranga, eu tive mesmo email "CouveLombarda" e "PolpaMoranga" (antes disso tive outros que nem confesso :-)

- Grabriel Dread, olha que eu comentei... :-) vai la ver o post "diaper free", adorei a Nara Rosa no baldinho!

- Samsara, podias ter perguntado! Seria um prazer :-)

- Ana Cristina, cozinhar e fotografar e dah uma trabalheira que nunca imaginei, e demooora...

- Antonio, culta sim senhor! Fiz uma rica 4a classe e agora com as Novas Oportunidades ja vou no 7o unificado! :-)

Fada Moranga disse...

Querido Antonio, a ideia do "Anel do Coracao" eh maravilhosa! Linda! Que urso tao doce! :-) E eu eh que ando com o transito Venus+Neptuno...

Grandes elogios... Vou mostrar ah minha mae a ver se ela acredita :-)

Foi cah uma sensacao chegar aqui e ver isto tudo! Ai quando eu vi o Pocoyo!... Acredita que foi o que gostei mais? Aquele miudo dah cabo de mim!

Claro que adorei o resto. O Antonio a imitar-me... Lindo! :-)))
sabe o que eh que falta? Eh fundo cor de rosa #CC0033!

Entao e qual eh o espanto de ter um titulo em Portugues e escrever em Ingles? ja viu como sao as ferramentas de traducao? os Coentros quase foram feitos em portugues mas depois o Translator so dizia disparates nas receitas! Entao decidi fazer tudo em Ingles e depois a ferramenta que diga disparates noutras linguas.

Beijos***de Fada ao Antonio!

Fada Moranga disse...

Agora todos:

Ana Cristina, Samsara, Maria de Fatima, Maria Paula, Astrid, Gabriel Dread, Christiane, Adelaide, obrigada pelos belos comentarios! Eh tao giro descobrir como as pessoas nos imaginam e o que pensam de nos... Parece que estou a ler comentarios sobre outra pessoa, ou pessoas... Estou a sentir-me um bocado como a Alice no Pais das Maravilhas, depois do cogumelo! :-)))

Um PS para o Antonio: entao quando eh o encontro da Primavera? Tenho bolinhas de Fada no congelador para levar!


Um PS para a Maria Paula: acreditas que antes de ligar o computador estive a fotografar as agulhas de coser barrigas? Era para te mostrar... Sao curvas! :-)

Bem hajam todos!
Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...

Adelaide, a cor ja nao sai! A crianca ja nao sai! Bom... pode ser que algum dia saia uma, mas esta fica! :-)

E quando irei visitar um blog "Adelaide"? Esse Leao no Meio do Ceu quer rugir!

Um beijo*de Fada

Fada Moranga disse...

So mais 1!

Oh Antonio, nao eh universo, nem mundo - eh HORTA! :-)

E ja agora, um pedido a todos os que estao inscritos no FaceBook:

Por favor vao ao jogo play My Farm e mandem umas arvores e uma vaca, por favor! Eh que ainda so consegui plantar tomates e morangos, ainda nao ganhei pros animais... :-) Bem hajam!
Beijos***de Fada

VirtualFM disse...

Viva!

A Fada Moranga sempre foi muito inteligente, culta e cheia de sentido de humor. Tem sido um prazer descobrir esta sua veia criativa e esta entrevista ajuda a essa descoberta!

Força nisso, Fada!
FM

Maria Paula Ribeiro disse...

;-) Fada,

Eu também me lembrei de ti esta semana, no bloco operatório, lol
Tens de cá vir....

Quanto à vaca, não há qualquer problema, o meu vizinho tem para aí mas 40! Mas de que cor queres???? e quantas pintas? ;)

O batanete não to mando, rapinava-te a tua horta em dois segundos.... ;-)

Beijnho amiga e bom fim de semana

António Rosa disse...

Fada

Antecipei a publicação apenas umas horitas, por de repente, ter percebido que estava prevista para a meia-noite de sexta para sábado. As visitas a este blogue diminuem radicalmente aos fins-de-semana.

kiss

Fada Moranga disse...

Fernandinho! Rico FM, tu es a pessoa com mais autoridade para falar de mim, ja que me conheces faz este Verao 21 anos! :-))

Concordo contigo, se tu concordares comigo que es tal me descreveste! Sempre achei. Bem hajas e beijos***de Fada pra ti e toda a familia

Fada Moranga disse...

Oh Maria Paula! E eu agora sempre que vejo uma operacao na tv lembro-me - a Maria Paula nao faz ortopedia... Nunca falha! :-)
Bem hajas pela vaca, da-me mais jeito uma virtual por causa do tamanho do ecran. Bem hajas na mesma.
Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...

Oh Antonio, ainda bem que antecipou. Fui para o Alan Oken consolada, com umas olheiras ate ao chao, mas consolada! :-)
Bem haja!
Beijo*de Fada

///Menezes disse...

Parabéns cara amiga, bem mereces! tenho-te acompanhado desde há uns meses bons, e é sempre um prazer ler o teu blog. Continua!

Abraço
Pedro

Fada Moranga disse...

Ola Pedro!

Obrigada por teres vindo! Eu tambem te acompanho e vejo como cresces :-)

Um beijo*de Fada

Nanda Botelho disse...

Apreciei bastante a entrevista com Fada, já tentei entra no blog dela, mas tive problemas, vou tentar de novo através de seu link.

Dos conselhos dela, eu ainda não sei usar os sites indexadores e só me inscrevi no google como motor de busca.

Quanto a espalhar o nome por aí eu fico sem saber a medida, devo convidar as pessoas para vistarem o blog ou colocar o link, no comentário?...Realmente ainda não sei se não invado o blog dos outros com esse tipo de coisa.

Ah! Quero saber como usar o blogblogs, será que pode me ajudar?

Abraços!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates