Um grave problema de ordem pública?

11 de junho de 2008 ·

Parece ser. Um grupo de cidadãos, proprietários de camiões, decidiram paralisar um país. Todos, em Portugal, sabem do que falo. Empresas de camionagem, comandadas pelos seus proprietários, paralisaram as suas actividades rotineiras e constituíram piquetes em pontos estratégicos, bloqueando estradas, impedindo a livre circulação de outras viaturas de transportes.

O motivo? Estão contra os preços dos combustíveis. Em 3 dias de protesto, a contabilidade sombria desta situação é elevada: um morto, vários camiões incendiados, mercadoria destruída, apedrejamentos, vários bens de consumo esgotados em supermercados, sem possibilidade de reabastecimento. Já não há combustível em muitas bombas de gasolina. Dificuldade em entregar mercadoria aos clientes, caso se usem transportadoras, como é o nosso caso e de milhares de outras empresas. A ANA anunciou há pouco que se está a esgotar o combustível para os aviões. E o mais que se avizinha… Não esqueçamos que Marte é o regente do ano.


A mim parece-me um grave problema de ordem pública. Todo este movimento dos proprietários de camiões é ilegal. Ninguém quer saber disso. Ninguém. Os sinais que recebemos são que o governo, as autoridades e os partidos de oposição parecem estar em situação de fraqueza perante os camionistas. Parecem estar de acordo com esta aberrante situação.


Alguém consegue imaginar como será o nosso planeta dentro de 20 anos, quando as reservas petrolíferas desabarem, se entretanto não arrumarmos a casa? Convém recordar que Plutão permanecerá em Capricórnio até 2023.


Se 3 dias de boicote já deu no que deu... Também sabemos que não é desta maneira que se arruma a casa, o nosso planeta Terra.


Sabem qual é a imagem que me ocorre sobre esta situação? A das invasões bárbaras que conduziram a humanidade a entrar na Idade das Trevas. Estou a dramatizar? Talvez. Mas não tenho dúvidas que estamos a viver um grave problema de ordem pública.


Astrologicamente falando, podemos resumir a situação a dois níveis. Ao nível geral, Plutão retrógrado está no grau zero de Capricórnio, para todo o planeta. Casos iguais de camionistas também em Espanha e França. Em Janeiro, quando este planeta entrou em Capricórnio, fez-se sentir imediatamente a nível mundial: uma enorme crise nas áreas financeira, imobiliária e combustíveis. A nível particular do nosso país, este mesmo Plutão (poder) faz uma severa quadratura partil a Saturno (estabilidade, governação) do mapa de Portugal. Urano (mudanças) em trânsito a fazer uma conjunção ao Sol (identidade) de Portugal – aguardam-se ainda maiores mudanças. Mercúrio (entendimento) a fazer uma quadratura ao Sol do nosso país. Ninguém se entende. Com ele retrógrado, pior. Está toda esta "gente" a falar e ninguém se entende.


Última hora: o Governo e a ANTRAM (associação de transportadores) chegaram a acordo às 19 horas do dia 11 de Junho. Este acordo nada tem que ver com o boicote dos camionistas. A ANTRAM vai dizer aos seus associados (camionistas transportadores) envolvidos no boicote para se retirarem do mesmo com calma. Serão ouvidos? Espero que sim, pois tenho a estranha sensação de estar a assistir a uma réplica fiel daqueles excelentes documentários da BBC sobre o mundo animal. Quando os predadores abatem a caça. Só que no mundo animal, é sempre para se alimentarem.


16 comentários:

jasmimdomeuquintal disse...
11 de junho de 2008 às 20:26  

para uma coisa serviu este boicote: para o povo perceber d euam vez por todas que naõ chega ter dinheiro é preciso haver para comprar...
Afinal, pode ser que os mais descuidados percebam que não é alarmismo, é memso verdade o tempo da fartura barata vai acabar e naõ falo da fartura da feira - o frito!
bjocas

António Rosa disse...
11 de junho de 2008 às 21:32  

Olá Jasmim,

Muitos de nós, que usamos a simbologia dos astros para comunicarmos com os outros, andamos a dizer há algum tempo, que Plutão em Capricórnio não vai ser fácil, atendendo aos hábitos de consumo em que vivemos.

Plutão deu uma pequenina amostra de como pode funcionar ainda sob a égide da Era de Peixes.

A civilização tal como estamos habituados irá sofrer uma completa transformação.

Iremos aprender como esse mesmo Plutão funcionará na Era de Aquário.

Não será no meu tempo de vida.

Temos que nos preparar para arrumar a casa. O planeta já não aguenta mais e não vai esperar por nós.

Abraço

António

Eldora disse...
11 de junho de 2008 às 21:48  

Ando deveras preocupada com o nosso planeta, bem como com a humanidade...

António Rosa disse...
11 de junho de 2008 às 22:15  

Olá Eldora,

Deveríamos todos pensar em arrumar a nossa casa - o planeta.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...
11 de junho de 2008 às 22:32  

António gostei do paralelismo, hoje pensei nesta mesma simbologia do Plutão que voltou aos 0º, bem representada aqui com este movimento de medir forças, lembra-se que no 1º toque em Portugal só dava BCP.

Abraço

Ana Cristina

Dunyazade disse...
11 de junho de 2008 às 23:31  

O futuro: toda a gente com a sua hortazita para fazer sopa e mais o porco e a ovelha para a carne e o leite e a lã.


Penso eu de quê.

Já esteve mais longe.

Maria da Fonte disse...
12 de junho de 2008 às 00:13  

Ó sinhore, bossemecê tem munta razon, isto está a boltare ao tempo em que me deu na gana e puxei das minhas pistolas e da sachola. Qualquer dia, porque bontade num me falta, ainda saio c'o burro do mê Manele e bou por essa estrada abaixo só para mostrar a esse pobo como é poupar combustíbele.

Bossemecê num se enerbe!...

Eu deixei-lhe uma alembrança no andar de baixo desta sua casinha.
Sua fiel ademiradora,
maria da Fonte

Samsara disse...
12 de junho de 2008 às 01:28  

E pensávamos nós que estávamos no nosso cantinho e que, apesar de desorganizados, não nos acontecia a nós o que tem acontecido noutros locais. Estou pasma com isto tudo. Mas é necessário para ver se todos aprendem alguma coisa. É impressionante como somos pequeninos e conseguimos causar tanto estrago.
Bjs.

António Rosa disse...
12 de junho de 2008 às 07:29  

Ana Cristina,

Aguardemos por Novembro, quando Plutão voltar a passar pelo grau zero, dessa vez, directo e definitivo.

Entretanto, como sabe, a partir de domingo, ele entra em Sagitário... estou para ver.

Abraço

António

António Rosa disse...
12 de junho de 2008 às 07:31  

Dunyazada,

Certamente que o regresso a uma vida comunitária rural será um dos muitos caminhos.

Outras fontes de energias serão massificadas. Há demasiados carros no planeta!

António Rosa disse...
12 de junho de 2008 às 07:34  

Olá Maria da Fonte,

Ao 4º dia o governo chegou a acordo com os camionistas e parece que as coisas vão voltar à normalidade.

Mas que acordo?

António Rosa disse...
12 de junho de 2008 às 07:38  

Samsara,

Essa imagem pertence ao mito colectivo, não achas. Um país Peixes pode ser belicoso. O seu oposto é Caranguejo... Muito amor, não isento de alguma violência.

kiss

António Rosa disse...
12 de junho de 2008 às 07:45  

Na madrugada do dia 12 de Junho os manifestantes anunciaram o fim dos boicotes. Da parte dos camionistas, esta frase: "Somos pessoas ordeiras". Dá vontade de rir. Da parte do Ministro dos Transportes, esta frase: "Tínhamos que fazer cumprir a lei rapidamente". Como rapidamente? Demoraram 4 dias!

Onda Encantada disse...
13 de junho de 2008 às 01:44  
Este comentário foi removido pelo autor.
Onda Encantada disse...
13 de junho de 2008 às 01:47  

É! A historia é sempre a mesma!
É como o ACP vir há uma semana protestar contra a subida dos combustiveis, e passado dois dias, anunciam na radio que os mesmos têm descontos de 4cts/litro numa determinada marca de combustiveis...

Tudo se compra, tudo se vende... E enquanto "money rules the world" ... entraremos nas trevas... OH GOD... abri-lhes os olhos que não vêem o fosso que cavam para si mesmos!

Ai Plutão... lava com as tuas águas profundas esta humanidade!

...Vai doer!!!

Onda Encantada

António Rosa disse...
13 de junho de 2008 às 07:33  

Certo, Onda

Tudo é $$$$$$$$$$$$$

Plutão irá ajustar essa questão.

11 de junho de 2008

Um grave problema de ordem pública?

Parece ser. Um grupo de cidadãos, proprietários de camiões, decidiram paralisar um país. Todos, em Portugal, sabem do que falo. Empresas de camionagem, comandadas pelos seus proprietários, paralisaram as suas actividades rotineiras e constituíram piquetes em pontos estratégicos, bloqueando estradas, impedindo a livre circulação de outras viaturas de transportes.

O motivo? Estão contra os preços dos combustíveis. Em 3 dias de protesto, a contabilidade sombria desta situação é elevada: um morto, vários camiões incendiados, mercadoria destruída, apedrejamentos, vários bens de consumo esgotados em supermercados, sem possibilidade de reabastecimento. Já não há combustível em muitas bombas de gasolina. Dificuldade em entregar mercadoria aos clientes, caso se usem transportadoras, como é o nosso caso e de milhares de outras empresas. A ANA anunciou há pouco que se está a esgotar o combustível para os aviões. E o mais que se avizinha… Não esqueçamos que Marte é o regente do ano.


A mim parece-me um grave problema de ordem pública. Todo este movimento dos proprietários de camiões é ilegal. Ninguém quer saber disso. Ninguém. Os sinais que recebemos são que o governo, as autoridades e os partidos de oposição parecem estar em situação de fraqueza perante os camionistas. Parecem estar de acordo com esta aberrante situação.


Alguém consegue imaginar como será o nosso planeta dentro de 20 anos, quando as reservas petrolíferas desabarem, se entretanto não arrumarmos a casa? Convém recordar que Plutão permanecerá em Capricórnio até 2023.


Se 3 dias de boicote já deu no que deu... Também sabemos que não é desta maneira que se arruma a casa, o nosso planeta Terra.


Sabem qual é a imagem que me ocorre sobre esta situação? A das invasões bárbaras que conduziram a humanidade a entrar na Idade das Trevas. Estou a dramatizar? Talvez. Mas não tenho dúvidas que estamos a viver um grave problema de ordem pública.


Astrologicamente falando, podemos resumir a situação a dois níveis. Ao nível geral, Plutão retrógrado está no grau zero de Capricórnio, para todo o planeta. Casos iguais de camionistas também em Espanha e França. Em Janeiro, quando este planeta entrou em Capricórnio, fez-se sentir imediatamente a nível mundial: uma enorme crise nas áreas financeira, imobiliária e combustíveis. A nível particular do nosso país, este mesmo Plutão (poder) faz uma severa quadratura partil a Saturno (estabilidade, governação) do mapa de Portugal. Urano (mudanças) em trânsito a fazer uma conjunção ao Sol (identidade) de Portugal – aguardam-se ainda maiores mudanças. Mercúrio (entendimento) a fazer uma quadratura ao Sol do nosso país. Ninguém se entende. Com ele retrógrado, pior. Está toda esta "gente" a falar e ninguém se entende.


Última hora: o Governo e a ANTRAM (associação de transportadores) chegaram a acordo às 19 horas do dia 11 de Junho. Este acordo nada tem que ver com o boicote dos camionistas. A ANTRAM vai dizer aos seus associados (camionistas transportadores) envolvidos no boicote para se retirarem do mesmo com calma. Serão ouvidos? Espero que sim, pois tenho a estranha sensação de estar a assistir a uma réplica fiel daqueles excelentes documentários da BBC sobre o mundo animal. Quando os predadores abatem a caça. Só que no mundo animal, é sempre para se alimentarem.


16 comentários:

jasmimdomeuquintal disse...

para uma coisa serviu este boicote: para o povo perceber d euam vez por todas que naõ chega ter dinheiro é preciso haver para comprar...
Afinal, pode ser que os mais descuidados percebam que não é alarmismo, é memso verdade o tempo da fartura barata vai acabar e naõ falo da fartura da feira - o frito!
bjocas

António Rosa disse...

Olá Jasmim,

Muitos de nós, que usamos a simbologia dos astros para comunicarmos com os outros, andamos a dizer há algum tempo, que Plutão em Capricórnio não vai ser fácil, atendendo aos hábitos de consumo em que vivemos.

Plutão deu uma pequenina amostra de como pode funcionar ainda sob a égide da Era de Peixes.

A civilização tal como estamos habituados irá sofrer uma completa transformação.

Iremos aprender como esse mesmo Plutão funcionará na Era de Aquário.

Não será no meu tempo de vida.

Temos que nos preparar para arrumar a casa. O planeta já não aguenta mais e não vai esperar por nós.

Abraço

António

Eldora disse...

Ando deveras preocupada com o nosso planeta, bem como com a humanidade...

António Rosa disse...

Olá Eldora,

Deveríamos todos pensar em arrumar a nossa casa - o planeta.

Ana Cristina Corrêa Mendes disse...

António gostei do paralelismo, hoje pensei nesta mesma simbologia do Plutão que voltou aos 0º, bem representada aqui com este movimento de medir forças, lembra-se que no 1º toque em Portugal só dava BCP.

Abraço

Ana Cristina

Dunyazade disse...

O futuro: toda a gente com a sua hortazita para fazer sopa e mais o porco e a ovelha para a carne e o leite e a lã.


Penso eu de quê.

Já esteve mais longe.

Maria da Fonte disse...

Ó sinhore, bossemecê tem munta razon, isto está a boltare ao tempo em que me deu na gana e puxei das minhas pistolas e da sachola. Qualquer dia, porque bontade num me falta, ainda saio c'o burro do mê Manele e bou por essa estrada abaixo só para mostrar a esse pobo como é poupar combustíbele.

Bossemecê num se enerbe!...

Eu deixei-lhe uma alembrança no andar de baixo desta sua casinha.
Sua fiel ademiradora,
maria da Fonte

Samsara disse...

E pensávamos nós que estávamos no nosso cantinho e que, apesar de desorganizados, não nos acontecia a nós o que tem acontecido noutros locais. Estou pasma com isto tudo. Mas é necessário para ver se todos aprendem alguma coisa. É impressionante como somos pequeninos e conseguimos causar tanto estrago.
Bjs.

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Aguardemos por Novembro, quando Plutão voltar a passar pelo grau zero, dessa vez, directo e definitivo.

Entretanto, como sabe, a partir de domingo, ele entra em Sagitário... estou para ver.

Abraço

António

António Rosa disse...

Dunyazada,

Certamente que o regresso a uma vida comunitária rural será um dos muitos caminhos.

Outras fontes de energias serão massificadas. Há demasiados carros no planeta!

António Rosa disse...

Olá Maria da Fonte,

Ao 4º dia o governo chegou a acordo com os camionistas e parece que as coisas vão voltar à normalidade.

Mas que acordo?

António Rosa disse...

Samsara,

Essa imagem pertence ao mito colectivo, não achas. Um país Peixes pode ser belicoso. O seu oposto é Caranguejo... Muito amor, não isento de alguma violência.

kiss

António Rosa disse...

Na madrugada do dia 12 de Junho os manifestantes anunciaram o fim dos boicotes. Da parte dos camionistas, esta frase: "Somos pessoas ordeiras". Dá vontade de rir. Da parte do Ministro dos Transportes, esta frase: "Tínhamos que fazer cumprir a lei rapidamente". Como rapidamente? Demoraram 4 dias!

Onda Encantada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Onda Encantada disse...

É! A historia é sempre a mesma!
É como o ACP vir há uma semana protestar contra a subida dos combustiveis, e passado dois dias, anunciam na radio que os mesmos têm descontos de 4cts/litro numa determinada marca de combustiveis...

Tudo se compra, tudo se vende... E enquanto "money rules the world" ... entraremos nas trevas... OH GOD... abri-lhes os olhos que não vêem o fosso que cavam para si mesmos!

Ai Plutão... lava com as tuas águas profundas esta humanidade!

...Vai doer!!!

Onda Encantada

António Rosa disse...

Certo, Onda

Tudo é $$$$$$$$$$$$$

Plutão irá ajustar essa questão.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates