Vozes Sábias - Shin Tau

7 de outubro de 2009 ·


A nova secção deste blogue intitulada Vozes Sábias, continua o seu trabalho de reforçar a criação de um Anel do Coração, unindo-nos num 'todo', com a publicação de textos de autores de blogues que admiro muito pelo trabalho que desenvolvem. Os autores convidados têm total liberdade para escolherem os temas que quiserem e ilustrá-los como acharem mais conveniente. A convidada de hoje é a Shin Tau, a quem agradeço muito, por aderido a este movimento circular.


Depois de uma longa divagação sobre o que poderia partilhar aqui neste espaço iluminado, eis que a minha essência se revelou – o Tarot.

Poderia oferecer-vos vários temas, mas que mais poderei eu desejar senão oferecer aquilo que eu sou. Ao reflectir sobre isto uma pequena história surge na minha memória. Partilhá-la-ei em jeito de introdução ao meu texto.

Certa vez, numa limpeza espiritual, uma amiga contou-me que quando pediu aos Seres de Luz que a ajudavam e me protegiam para lhe mostrarem o meu caminho, foi lhe dado ver o seguinte:

Estávamos as duas em frente a um precipício e ela avançou, mesmo não tendo ponte ou caminho visível. Quando chamou por mim eu não avançava, respondia que tinha medo. Apesar de ela me incentivar e pedir para confiar, eu não saia do lugar.

Então perguntou-me em que confiava, respondi simplesmente nas minhas cartas de tarot.

Foi então que o maravilhoso se manifestou. Lancei as cartas para esse espaço vazio e de carta em carta cheguei ao outro lado.

Este era o meu caminho, o início da minha auto-descoberta.

O Tarot é uma arte. Não importa quando foi criado ou por quem. O seu interesse não reside aí. O Tarot é um conjunto de imagens, mandalas, símbolos, ensinamentos, números, palavras, energias, que estão ali prontos para se revelarem a quem quiser descobrir, mesmo que nada saiba da sua origem.

O Tarot é uma chave que ao ser usada abre as portas da meditação, da visualização criativa, da 3.ª visão.

Este texto não pretende falar da utilização do tarot para futurologia. Este texto pretende falar, e com isso despertar-vos, para o uso do tarot como ferramenta de auto-descoberta, como meio de chegar ao outro lado do precipício.


Quando o primeiro passo é dado, a auto-iniciação assumida, muitas vezes nos sentimos perdidos, confusos sobre que meio utilizar para nos ajudar a alcançar o insight de nós próprios. Quantas vezes, perdidos, recorremos a mestres, para anos mais tarde vir a compreender que apenas nós sabemos qual o nosso caminho. Quantas vezes alongamos o percurso por resistirmos em aceitar que afinal tudo o que procuramos está em nós, bastava a ferramenta adequada para o despertar com mais eficiência.

Há várias ferramentas, sem dúvida, e cada um de vós deverá saber que tipo de recursos tem e aplicar a ferramenta adequada a si. Todavia, creio que com o Tarot acabamos por desenvolver todos os sentidos, com ele desenvolvemos todas as nossas aptidões. Passo a explicar.

Com o tarot fazemos meditações, sentimos a energia da carta quando lhe pegamos, temos sonhos se dormimos com ela debaixo da almofada, intuímos situações mesmo antes de acontecerem apenas por baralhar e escolher uma carta para os ajudar durante o dia. E há alturas em que até cheiros nos penetram as narinas (felizmente nunca foi o enxofre rkrkrkr). Tudo isso porque ao entrarmos em sintonia com determinado Arcano, acendemos dentro de nós o arquétipo que ele representa. Abrimos a porta para o outro mundo. Fazemos uma ligação directa com essa energia.

Trabalhar com o tarot acaba por nos levar a estádios de abertura ao mundo maravilhoso de forma muito mais rápida e eficiente (do que sem ele). Muitas vezes oiço as pessoas dizerem que o Tarot é difícil, que o significado das cartas é complicado. Pois bem, é verdade, em certa medida. É importante saber o que os arquétipos representam, mas mais importante é compreender o que eles nos estão a mostrar sobre a nossa vida. A teoria só funciona quando colocada em prática, senão é vã.

Saber que o Dependurado, arcano número doze, é uma carta que nos mostra que algo está a ser encarado de uma perspectiva diferente é importante, mas mais importante é observar no nosso dia-a-dia que situações nos estão a ser dadas viver. Que tipo de acontecimentos atrai quando essa carta me saiu. Quem sabe ela só me está a alertar para o facto de que já sacrifiquei todos os meus valores pessoais em prol da nova pessoa que estou a construir, que ando ao contrário dos outros, pois tenho como alvo o alto e não a terra, apesar de estar com a cabeça neste mundo. Quem sabe ela me está a dizer que chegou a hora, que é tempo de inverter as situações. É que a energia desse arcano é diferente, ela varia de acordo com o nosso próprio entendimento de nós e do Cosmos. Cada arcano pode e irá representar vários estádios de uma aprendizagem.

Tudo isto para vos dizer que o que vem nos livros, o que eu partilho, são apenas as bases, a terra, a partir da qual cada um voa em direcção ao seu diamante interior. O Tarot é um mapa, que encerra as etapas pelas quais cada um tem de passar para regressar à Casa do Pai. As etapas são as mesmas para todos nós, porém, o percurso é diferente e a Beleza está no fazer esse percurso. Cabe a cada um saber como prefere fazer esse caminho. Se o vosso caso é fazer um caminho auto-consciente em que têm as rédeas da vossa aprendizagem, então, o Tarot será uma boa ferramenta.

Assim sendo, mergulhem no Tarot, compreendam que energia cada Arcano derrama sobre vós e aprendam a fazer uma jornada mais bela e alegre. A beleza de nos descobrirmos já todos conseguimos compreender, talvez reste agora descobrir a beleza de ter um instrumento que nos ajude, uma bússola que nos guie. O tarot não é a única, mas é aquela que conheço e que vos posso oferecer, aquela que vos posso dizer do fundo do coração «Vale a pena».

Shin Tau

É autora destes magníficos projectos bloguísticos:

Grimoire - O Livro Sobre o Caminho do Meio
DesMistificando [espaço de debates, em cooperação com a IdoMind]

102 comentários:

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 10:18  

Shin Tau

Estou encantado com este texto. Além de ser um testemunho muito pessoal, é envolvente e apaziguador, além de ser um grande serviço público ao despertar de muitos e muitos.

Bem-hajas,

Beijo.

Reyel disse...
7 de outubro de 2009 às 11:07  

Shin, também p mim o tarô, o q desejo desejo dele, não é o uso p futurologias, mas ajudar no caminho, como vc abordou neste texto.

Ainda vou voltar...

Bênçãos!

Maria de Fátima disse...
7 de outubro de 2009 às 11:09  

Olá António, esta rubrica Vozes Sábias está a tornar-se em mais um sucesso para o teu blogue.
Olá Shinita, aqui está um belo texto sobre o que é o Tarot.Gostei muito de o ler.
Beijocas aos dois.

joana disse...
7 de outubro de 2009 às 11:32  

Gostei muito deste texto, parabéns à Shin Tau.

Aliás.. até estremeci porque ainda hoje sonhei que tinha um precipício à frente e não avancei. Optei pelo caminho do lado (esquerdo) e fiquei entalada na engrenagem de uma máquina :))) ( Não era suposto haver um 'caminho do meio' !? )

Parabéns António por esta iniciativa.

Beijos

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 12:18  

Reyel,

Aguardo, então, a tua volta.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 12:18  

Maria de Fátima,

Beijinhos para ti, sempre tão atenta.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 12:18  

Joana,

Estou espantado com essa de não haver caminho do meio nos sonhos... É que desde muito jovem, deixei de me lembrar dos meus sonhos. Obrigado. Beijos.

adriana disse...
7 de outubro de 2009 às 12:19  

António,
Mais um lindo trabalho!

Shinita,
Você tem toda razão.
Utilizei muito o tarot quando comecei a "ouvir" estrelas". Foi uma maneira de compreender o que estava a se passar comigo.
Ficava ali, em silêncio, olhando o conjunto de cartas diante de mim.
Sem dúvida, elas me ajudaram a mergulhar no invisível.
É mágico!
Parabéns pelo seu lindo texto!

Boa tarde a todos!

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de outubro de 2009 às 12:23  

Bom dia Shin

Sabes que conseguiste transpor aqui no texto algo místico!!!
Parecia que não eras tu a falar mas sim o Tarot com voz de Shin!

Uma viagem esplêndida ao mundo interior, velado porque muitas vezes, tememos olhar por algo que não vemos, sentir algo não palpável, escutar outra voz que não a nossa, simplesmente porque são vibrações diferentes, claro... o nosso verdadeiro Eu.

Muito bom mesmo amiga... :-)
E Muito feliz por ti.

Beijo grande

Reyel disse...
7 de outubro de 2009 às 12:25  

Antônio, obrigada por ser tão generoso! Muitos beijos!!!

Shin,

Foi em 2001 que peguei em cartas de tarô pela primeira vez, e com muito medo, mas a curiosidade era muito maior. Era um baralhinho de revista astrológica. Tinha só os Arcanos maiores.

O medo existia porque eu era super católica... Por isso tive muitos vai e voltas, como iô-iô mesmo; me batia uma crise de escrúpulos religiosos e eu partia a vender tudo que tinha adquirido de esotérico. Tive vários livros e baralhos...

Conheci o Espíritismo nesse tempo tbm, e como disse um sábio, qdo nossa mente se expande, ela nunca mais volta a ser a mesma.

Oito anos se passaram... Então, não há mais como ser quem já fui um dia. E o Tarô teve muito haver com essa minha expansão. O Tarô está marcando minha vida!

Sabe, muitas pessoas pegam livros sagrados, fazem uma prece pedindo orientação, depois abrem o livro ao acaso e meditam determinado texto como resposta da prece.

É exatamente isso que sempre procurei fazer com o Tarô. E a resposta chega! O Tarô é, portanto, meu livro sagrado.

Sei que existem muitos charlatões que tiram proveito dos que ignoram o verdadeiro sentido do Tarô. Mas onde é que não existem aqueles que só procuram aproveitar-se da ingenuidade alheia, utilizando até mesmo a Bíblia? E nem por isso a Bíblia deixa de ser sagrada.

Assim, o Tarô tbm não deixa de ser sagrado por causa dos charlatões.
Cabe a mim não fazer parte deles, mas cumprir minha parte utilizando o Tarô com seriedade e devoção.

Ah! Querida, Shin, vamos mergulhar... E como vc tbm quero chegar do outro lado...

Bjo e muitas bênçãos!

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de outubro de 2009 às 12:27  

Bom dia António,

"O Tarot é um mapa, que encerra as etapas pelas quais cada um tem de passar para regressar à Casa do Pai. As etapas são as mesmas para todos nós, porém, o percurso é diferente e a Beleza está no fazer esse percurso. Cabe a cada um saber como prefere fazer esse caminho. Se o vosso caso é fazer um caminho auto-consciente em que têm as rédeas da vossa aprendizagem, então, o Tarot será uma boa ferramenta."

Engraçado...soa bem! Há neste texto uma infinidade de sinónimos!!!!

Parabéns por integrares mais uma voz sábia!
Beijos

PS: A Xana conseguiu entrar na 2ª fase de candidatura! És mesmo O MELHOR ASTRÓLOGO!!!!!

Siala ap Maeve disse...
7 de outubro de 2009 às 12:37  

Shin! Que texto fantástico!! Sente-se a tua energia e o ser que és em cada palavra, lindo!! Sempre fui uma apaixonada do Tarot como "ferramenta" para o auto-conhecimento e não para fazer futurologia, as minhas amigas cartas coloboram comigo e são tratadas com respeito e amor, sendo presença diária na minha vida e na vida da minha fada, que se sente muito atraída por elas :)
Obrigada pela referência ao Dependurado :D já tenho um texto alinhavado sobre esse arcano e o que ele me anda a sussurrar ao longo deste ano!
O teu texto é uma sintese perfeita sobre o Tarot e o que ele pode significar e ajudar no caminho de cada um!!
Bjos de luz

A DONA DO MUNDO disse...
7 de outubro de 2009 às 12:52  

Texto perfeito. De que adianta prever o futuro, saber o que vai acontecer, se não conhecemos a nós mesmos, se não conhecemos nossas armas, não sabemos como usá-las.
Em mim o tarot desperta a sensibilidade, uma calma para agir, pensar e falar que não sabia nem que existia em mim
Lindo

Estou me perguntando porque esse blog chama-se a cova do urso?

Luz

joana disse...
7 de outubro de 2009 às 13:15  

António, apenas quis dizer que não consegui ver onde estava neste sonho o caminho do meio. Acho que fiquei enredada no astral. As cartas de Tarot às vezes saem-me nos sonhos... e aí a interpretação é mais fácil.

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:22  

António,

que feliz fico que tenhas gostado, como sabes não estava muito confiante!
Obrigada eu pelo convite e pela tua dedicação a estes projectos todos.

Desculpa o atraso, mas estava a trabalhar. Venho responder a todas as almas carinhosas que aqui vieram. Depois ausento-me por uma horita e pouco, mas voltarei!

Beijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:23  

Reyel

eu sei minha querida, por isso nos entendemos muito bem!!!rkrkrrkkr Mass não há qualquer problema em fazer futurologia

Volta sim!!! Beijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:24  

Maria de Fátima

;) eternamente grata pelas tuas palavras. No Grimoire já havia um sobre o tarot, mas este é diferente. Há sempre tanto para dizer!!!

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:25  

Joana

o que já me ri!!!! Deveria haver um caminho do meio sim, mas às vezes não o vemos e mantemo-nos apenas nos opostos!!!

Obrigada pela tua presença.

Beijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:27  

Adriana,

que bom que tenhas partilhado a tua experiência também!!! É bom saber que há vários métodos para alcançar as estrelas, este é um, eficiente!

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:29  

Maria Paula

se não estivesse na escola teria chorado...quer dizer, se não me tivesse controlado teria chorado!!!
Obrigada pelas tuas palavras tão doces. Sabes foi exactamente isso que senti, tanto que duvidei se seria este o texto! MAs confiei, às vezes temos de seguir as vozes interiores, às vezes, que digo eu!!???!! Sempre!!!!

Obrigada amiga pela tua presença.

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:32  

Reyel

simplesmente belo! Obrigada por estares aqui a dar o teu testeminho e do meu lado terás sempre alguém que te apoiará nessa caminhada, como sei que desse lado é igual!!

:***

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:40  

Siala

obrigada pela força dada. O enforcado pelos vistos não foi só para ti, já percebi que era mensagem para várias pessoas.

Aguardarei com muito interesse o teu texto e mais uma vez és linda

Beijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 13:41  

Dona do MUndo

olha que alegria estares aqui!!! Já tinha saudades!

Obrigada pela tua experiência e sensibilidade!!!

Beijocas e o António responderá melhor à tua pergunta!!!

Astros e Estrelas - Reflexões Astrológicas disse...
7 de outubro de 2009 às 14:17  

Shim voce continua nos abraçando com as suas palavras.
beijocas querida

Isa Grou disse...
7 de outubro de 2009 às 14:24  

Olá António,
Olá Shin Tau,

António - MUITO OBRIGADA e PARABÉNS António, pois esta sua iniciativa de criar "as Vozes Sábias" está enriquecendo muito a nossa "bagagem" de conhecimento, viu?!

Shin Tau - Mas que belíssimo e esclarecedor texto Shin Tau.... sei muito pouco de Tarot... e adorei ler, conhecer mais, aprender... obrigada e parabéns, viu!!

Como a Maria Paula disse:
"Sabes que conseguiste transpor aqui no texto algo místico!!!
Parecia que não eras tu a falar mas sim o Tarot com voz de Shin!"
eu também senti isso...... de verdade....

Beijos aos dois.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:31  

Adriana

Que belo testemunho. Hoje é dia de Shin Tau. Muito obrigado.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:31  

Maria Paula

Completamente de acordo contigo! Um belíssimo texto da Shin Tau. Obrigado.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:31  

Reyel,

Excelente testemunho. Lindo. Muito obrigado.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:31  

Siala

Bela síntese, a tua. Gostei muito. Beijos.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:38  

Dona do Mundo

Muito prazer em recebê-la aqui no Cova do Urso. Os amigos da Shin Tau são sempre bem recebidos aqui.

Quanto ao nome do blogue... :) a explicação é simples: um dia, o nome surgiu e, por ser diferente do habitual, suscita essa curiosidade.

Abraço

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:38  

Sônia

Beijokas.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 14:38  

Isa Grou,

Muitos beijos e sempre grato por estar presente.

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 14:39  

Sonia

obrigada meu doce. Faço-o para vós, pois sei que desse lado recebo os mesmos braços abertos!

Obrigada por teres vindo!

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 14:40  

ISa

:) é a tua docura que vê as coisas assim. é um instrumento muito bom, acredito verdadeiramete que se um dia o tarot te for parar às mãos, farás viagens ainda mais fenomenais!!!

Beijocas e obrigada

Fabiano Mayrink disse...
7 de outubro de 2009 às 14:49  

Shin Tau

bela postagem, ja tive vontade de comprar um taro, nao achei lugar nenhum que venda aqui em minha cidade, uma amiga minha me deu um tarot do amor, pequenino que so tem os arcanos relacionados com isso, bom oraculo, melhor ainda se usado como vc disse, percebi se tirarmos uma carta com um astral "conturbado" na maioria das vezes so sai uma coisa nao muito boa, acho que nossas vibraçoes de astral afetam no que nos ira ser mostrado, abraço!

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 14:56  

Fabiano

obrigada por teres vindo! Olha, espreita na net, há alguns, caros mais baratos, enfim ao gosto!!!

Tirar cartas tem tudo a ver com o astral. Para mim, quando tiro para os outros tem de ser em presença por isso mesmo, para poder captar o astral dos outros e colocar em imagens na frente da pessoa!

Bejcoas e mais uma vez obrigada

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 14:56  

Amigos vou-me ausentar um pouquito mas depois regresso. Fiquem à vontade na cova, o Urso é docil rkrkrkrkrkkkr

Beijcoas e estou muito feliz

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 15:10  

dócil - :))) oh pra ela - :))) dócil!

tereza ferraz disse...
7 de outubro de 2009 às 15:37  

Shin Tau!
Que belo texto, com tanto conteúdo vivo e sábio. Vem da alma...
Um mergulho profundo, levando alguns ao mesmo ato.
Dando-nos a fermenta: tarot
E emerges com tanto esplendor!
Amei...e irei re-ler e reler.
Parabéns Shin Tau.
Parabéns António.
Bjs no coração de ambos

angela disse...
7 de outubro de 2009 às 15:41  

A exposição foi clara e me trouxe uma compreensão melhor desses instrumentos que nos ajudam a revelar nossa intuição, nossos caminhos inconscientes e por forças não visiveis nos orientam.
Gostei demais da maneira que Sin Tau expõe sua confiança no Tarot, deu para sentir seu amor.
Parabéns mais uma vez pela iniciativa, Antonio.
Beijos aos dois

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 16:19  

António

ehheehehhe foi para lançar confusão enquanto não voltava!!!! E depois da pergunta sobre o nome, achei giro, a cova do urso, normalmente seria um sítio onde nos iríamos colocar em perigo...mas aqui não! Ourso é amigável, dócil, generoso, amoroso...enfim...repleto de amor!

:**

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 16:21  

tereza

obrigada pela tua presença e pelas tuas palavras. É mesmo só isso, uma partilha minha convosco e tentativa de vos levar a um lugar. O torot é apenas um dos muitos instrumentos, sendo o meu...partilhei!

Ficarei muito feliz se conseguir despertar algumas almas ainda não convencidas de que todos podemos conseguir as respostas se nos dispoibilizarmos para isso!

Beijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 16:22  

Angela

muito, mas mesmo muito obrigada! De facto o tarot é uma paixão, fico feliz de ter conseguido transpor isso para a escrita!

Obrigada pelo carinho, beijcoas

IdoMind disse...
7 de outubro de 2009 às 17:05  

Shin e António

Que bem que o vosso nome fica junto " Shin e António - a dupla maravilha do visivel e invisivel.."

António

Tu de facto, és incrível.
Acho que foste feliz no comentário com que abriste este post e com o qual concordo inteiramente, acrescentando que TU és um verdadeiro serviço de utilidade pública. Tens sido e não desistes de ser. Por tu também te importares, um grande beijo e o meu obrigado cá do fundo da alma.

Shin,

Da mulher síntese que descrevia a origem do universo em duas frases para a mística que nos prende na magia deste texto, só posso dizer Oh my God!

Está fenomenal. Claro. Simples. Muito muito envolvente. Parabéns.

Tarot é mesmo a tua praia daí falares desta maneira que indiscutivelmente mexe connosco. Até dá vontade de ir comprar um baralhosito e começar a treinar...

Adorei..e sabes que se digo é porque adorei mesmo.Estou toda orgulhosa - É A MINHA IRMÃ, pessoal!!

Beijos aos dois funcionários públicos de Deus

guntty disse...
7 de outubro de 2009 às 17:07  

Shin Tau, parabéns por este texto.

Realmente penso que é assim que temos que ver todas as ferramentas que co-existem à nossa volta, e o tarot não é excepção: como algo que serve de ponte para o auto-desenvolvimento.


Mais uma vez, parabéns António, por esta iniciativa.


Bjs&Abr

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:43  

Fabiano

É muito interessante o teu interesse por assuntos esotéricos e espirituais. Força, amigo. É a tua caminhada. Abraço e grato pela visita.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

Tereza

Cá temos a sua companheira da secção 'Vozes Sábias'. Nem imaginam o quanto gosto da vossa presença. Muito obrigado. Beijo.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

Shin

A maioria das vezes, a cova do urso está em paz e, ultimamente, menos sem tantos posts, tanta efervescência. E isto que Saturno ainda não entrou em Libra. Mas se nota bem a influência. Beijos.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

Angela

Muito obrigado por ter vindo. Você é uma pessoa muito especial. beijos.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

IdoMind

Nem tenho palavras para a mana da Shi. Que bom sentir a aragem suave e fresca que transportas. Linda. Vejo daqui as tuas mãos a envolverem a plantinha que está no teu blogue. Muitos beijos.

adriana disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

Perfeito!
Com todo respeito, o coração de António é dócil e ambos são, sem dúvida, funcionários públicos de Deus.
Então, esta Cova do Urso é um espaço seguro.
Viva!

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 17:44  

Guntty

Parabéns a ti, que está de casa nova. Adorei o novo design do teu blogue. E ainda mais dos propósitos que animam.

Vento.

Abraço.

HAZEL disse...
7 de outubro de 2009 às 17:51  

Shin Tau:

Hoje é um dia especial; até tu própria te transformaste numa das tuas cartas de Tarot! Gostei muito...!

Adorei o texto, que li com muita atenção. Deu para perceber a dimensão da tua paixão pelo Tarot, pela seriedade e carinho com que o estudas e manuseias.
Fiquei algo contagiada. Acho que logo vou agarrar-me às minhas cartinhas e conversar com elas.


António Rosa:

A Shin Tau foi fantástica!
Fortaleceu ainda mais a luz da Cova do Urso.

Quero agradecer-lhe pelos selos e prémios, e pedir-lhe sinceras desculpas por, desta vez, não os publicar. Perdi o controle aos emails, selos, etc.. Deixei-os acumular e acabei por optar não publicar só desta vez. A minha cabeça ainda anda um pouco aérea.

Hoje de manhã lembrei-me de si. Vi um livro seu e da Anabela Quental("Como proteger o seu carro", ou algo semelhante) à venda num grande armazém esotérico da V. Pinheiro. Foi giro.

Um abraço

Fada Moranga disse...
7 de outubro de 2009 às 18:28  

Querida Shin, até hoje o Tarot sempre foi para mim sinónimo de baralhação... confusão.
Sempre me atraiu pela beleza das cartas mas afastava-me pela sensação de que a leitura dependia das pessoas e energias à volta. Epá sou desconfiada, sou! :-) Por isso é que me entreguei à Astrologia e nunca mais peguei em cartas.
Mas tu convenceste-me. Se calhar confio é em ti, com ou sem cartas ;-)

Bem hajas pelo teu texto e testemunho. Passou-me uma grande tranquilidade.

Um grande beijo*deFada

E para o António, mais beijos**deFada

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 18:29  

Beijos, Fada. O teu post de hoje é magestoso e lindíssimo.

Mitti disse...
7 de outubro de 2009 às 18:35  

Eu tenho uma enorme admiração por quem entende as artes do Tarot. Acho fantástico mesmo!

E a Shin abordou o assunto de uma maneira leve, muito boa de se ler.

bjoka

Essencialma disse...
7 de outubro de 2009 às 18:39  

Olá António...
Grande Ideia esta...confesso que venho poucas vezes ao espaço (comentar), mas que espreito algumas vezes...depende do estado do espirito e tb do que chama por nós...mas aprecio muitos as suas ideias de dinamizar a blogosfera...

Quanto à Shin, que lindo texto escreveu ela...eu que não sou apreciadora do tarot...dai não comentar algum dos seus posts...adorei a vertente que ela mencionou...e confesso que fiquei com curiosidade...
Porque podemos até não gostar de algumas vertentes, mas temos o dever de ficar alerta...pois se a mente estiver aberta, temos muito a ganhar com o intercâmbio, e até passar a gostar...ou então ficar com maior conhecimento, para dizer que não nos agrada...acho que quem quer evoluir tem a obrigação de estar aberto a todas as perspectivas...e considerar essa dualidade!

Parabéns pelo texto, Shin...e pela ideia, António

Fada Moranga disse...
7 de outubro de 2009 às 18:45  

António, o meu post de hoje foi possível graças a umas almas sonhadoras que se atreveram a subir às àrvores! :-))

Beijos**deFada para essas ricas alminhas e para as àrvores amigas!

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:04  

Adriana,

Nem tinha reparado que tinha deixado comentários para trás. É o efeito que a Fada provoca em mim. Ela aparece e esqueço-me de tudo o mais. :)))))))) Ainda para mais que ela está a postar casas em árvores.

Gostei dessa de sermos funcionários públicos de Deus. Nada mais ajustado ao meu Júpiter retrógrado na casa 9. :)))) Mesmo ajustado.

Espero que esta cova continue segura e um espaço para todos.

:)

Abraço.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:04  

Hazel,

Conseguiu ver um livro que nem eu próprio tenho e encontra-se esgotado na editora. Que memórias me trouxe. :)))

Não se preocupe com os selos. Mais virão.

Espero que tudo esteja a ir da melhor maneira possível para si.

Beijo.

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:05  

Mitti

Muito agradecido pela presença. É só uma questão de se iniciar no assunto. :))

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:05  

Essencialma

Muito agradecido por ter vindo e por ter deixado o seu testemunho. Raramente falo de tarot, por ser uma área complexa para mim. Sou mais de astrologia. Abraços

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:05  

agora vou ali ao Facebook cuidar da minha farm. já venho.

marcelo dalla disse...
7 de outubro de 2009 às 19:11  

Olá amigos! Não iamginam como amei esse texto da Shin Tau. Tinha uma idéia diferente e limitada do Tarô. Esta visão e bem mais ampla, abrangente e atrativa.

Passarei a usá-lo assim também, como companheiro de jornada. Aliás, os textos da Shin em seu blog sempre reverberam em mim.

Como dizem: Bem haja! E muito bem, não é pouco não. rsrsrs

Muito grato, Shin Tau e Antônio!!
abraços

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 19:50  

Marcelo,

Este texto é uma aula, não é?

Abraço, amigo.

Onda Encantada disse...
7 de outubro de 2009 às 20:23  

Shin,

Adorei o texto e concordo com ele profundamente.

Gostei da sincronia sobre o dependurado, e explico porquê.
Ontem à noite pedi uma carta para o dia de hoje (peço sempre duas) a primeira, a carta para o dia, e uma de suporte àquela energia, e saiu-me A Sacerdotisa, e como suporte O Dependurado. Meditei sobre a energia vigente, e fiquei a aguardar durante o dia as manifestações... e eis senão quando, hoje tenho uma reunião de trabalho, onde me desafiam pegar num software que ninguem quer (nem eu), mas depois de travar ali uma "batalha campal" a defender a minha dama, eis que faço aquilo que mais ninguem faz: sentada na cadeira, pus a cabeça para baixo e os pés para cima. Quando voltei ao "normal" disse, desculpem mas estava a tentar ver as coisas sob outra perspectiva... LOL

Claro, que a coisa deu para risada, mas é mesmo isso!
Quando usamos o tarot, temos a oportunidade de experienciar outras coisas, de outra forma, sabendo com que energias nos podemos deparar.

Abracinho grande e cheio (de uma certa dose de "loucura" que me contempla) :))))) rsrsrsrs

Beijo

Onda Encantada

PS: António, uma vez mais grata por esta partilha na sua palhota :)))

António Rosa disse...
7 de outubro de 2009 às 20:28  

Onda

A minha 'palhota' está sempre aqui.

:))))

tereza ferraz disse...
7 de outubro de 2009 às 21:51  

Shin Tau,
consegui sim, a verdade toda nosso ser. Lendo agora tantas respostas sentidas!!!
E fico Feliz!!!!
Antonio para mim a Cova com tua energia, é estar em casa. Hj junto com Shin Tau, vixe, o coração celebra!

marcelo dalla disse...
7 de outubro de 2009 às 22:20  

Que ótimo o coment da Onda Encantada!!! Vou adotar essa: tirar 2 cartas para o dia seguinte antes de dormir.

bjosss

Reyel disse...
7 de outubro de 2009 às 22:20  

Shin, teu post foi um sucesso total, confirmando teu talento místico e de mestra. Sou tua discípula, não esqueças de pensar na ideia que Hazel semeou hoje em teu blog rsrs...

Bênçãos!

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:12  

IdoMind

que babada fiquei :)~~~~
Obrigada pelo apoio sincero. Adorei saber que achas que ficámos todos com vontade de ir buscar um baralho. Assim seja, pois acredito que nos faria bem, andariamos mais na onda, acho eu krkrkrkrkrkr

Beijocas minha irmã e obrigada por teres vindo Amo-te

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:13  

Guntty

obrigada meu querido. Assim é, tudo nos pode levar a esse caminho de descoberta de quem somos e de como funcionamos neste macrocosmo.

Beijcoas e obrigada

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:15  

Adriana

heheheh muito seguro mesmo!!! É um porto de abrigo até. Esta cova é daquelas que nos levam às nossas profundezas, saimos sempre de lá revigorados.

Funcionários públicos de Deus LOL só a IdoMind para essas coisas, não a incentives por favor!!! hihihihih

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:17  

HAzel

obrigada doce amiga por teres vindo e pelas belas palavras que nos deixaste. Fala com elas sim!!! Escolhe uma e deixa-a debaixo da tua almofadinha, vais as coisas maravilhosas que te dirão!!!

Beijocas grandes

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:21  

Fadinha

ó se te entendo!!! Também eu sou desconfiada, por exemplo nunca deito cartas para mim, tipo lançamento. MAs tiro cartas para o mês, e com o Grimoire tiro a carta do dia e da semana. Gosto das aprendizagens que elas me trazem, a postriori...

A astrologia é outro campo!!! Ouvi um amigo dizer(e concordo) que há três vias para se fazer caminho: magia, alquimia e astrologia. O tarot é apenas bússula, as outras artes são o caminho! Compreendes?

Obrigada pelo voto de confiança, se calhar confias pois sabes que não confio facilmente também heheheehehehe

Espero que estejas bem melhor :***

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:22  

Mitti

obrigada pelas tuas palavras. Mergulha nessa admiração, só custa pôr o pé, depois vem a confirmação e tudo segue o seu rumo natural!

Força!

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:26  

Essencialma

eternamente grata pela tua presença, suave e marcante ao mesmo tempo :)

Concordo contigo, não me agrada ouvir dizer que não gostam sem experimentar (em tudo e não apenas no esoterismo), pois parece-me que é fuga. Prefiro ouvir, não me apetece, não estou para aí virada, tenho outras coisas que gosto mais. MAs não gosto sem experimentar é duro, pois revela falta de abertura. Mas cada um chega lá, na sua vez!!!

Fico feliz que tenhas essa abertura agora para tarot, experimenta. Como disse no texto, nem todos temos as mesmas qualidades e devemos escolher a bússula de acrodo com essas qualidades. Ou se formos teimosos, pegar nas dificuldades e lutar para as vencer com bússulas diferentes.

Bem...isto dava mais um texto inteiro!!!

Beijcoas querida e mais uma vez obrigada

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:29  

Marcelo

que alegria estares aqui ;))))

Tens me incentivado sempre nas reflexões das cartas e por isso te estou muito grata!

Fico feliz que te vás atrever a pegar nas cartas, acho que farás um trabalho fenomenal, como sempre!!! Já estou a salivar a imaginar as cartas que irás criar :)~~~~~~~~~~~~~~

Beijcoas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:31  

Onda Encantada

ai o que já me ri sozinha a olhar para o monitor!!!! Ímagino a cena!!! LOL mesmo!!!

É isso minha louca saudável!!! Obrigada pela tua partilha tão sincera e que trouxe mais luz ao texto!!! MAravilhoso!!!

bEijocas

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:32  

tereza

:) que alegria de facto! Muito bonito o que o António nos permite criar e partilhar!!!

Eternamente grata pela maravilha de vos ter conhecido!

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:34  

Marcelo

é mesmo! Nem eu faço isso!!! rkrkrkr é uma ideia excelente, principalmente de alguém que diz não saber nada de tarot :P
O que aconteceria se soubesse o_O ihihihihihhi

Maravilhoso

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:36  

Reyel

não acredito em mestre e discípulos, todos os dias aprendemos algo com alguém e os papéis se invertem. Por exemplo dizes ser minha discípula (que percebo a intenção e fico grata) mas todas as vezes que partilhei a minha informação contigo, aprendi algo mais sobre o assunto, então também és minha mestre :)

Já vi o comentário e depois vou lá responder!!! krkrkrkrkrkr

Beijcoas e obrigada pela tua presença magnífica

Shin Tau disse...
7 de outubro de 2009 às 23:40  

António

obrigada meu querido e carinhoso ursinho :)

Que mais poderei dizer...continuas a fazer algo maravilhoso, abres a tua cova para que o Amor se manifeste. Através dele partilhamos histórias, ideias, teorias e às vezes enganos. Mas saimos sempre daqui muito mais cheios e limpos de todos osenganos que se vão criando neste Plano Manifestado.

Como diz a IdoMind: Keep up the God work!!!! Não pares nunca de nos mostrar as possibilidades maravilhosas da partilha e da interacção!

Grata por mais uma oportunidade de dar um passo em frente a quem sou no conjunto!!!

Beijcoas e até amanhã!

Dunyazade disse...
8 de outubro de 2009 às 00:09  

Uma coisa de que me dei conta é que o tarot fala a Nossa linguagem - e somos nós que temos de estar atentos ao significado da nossa própria simbologia - por isso é que os significados tradicionais, que buscamos em livros, às vezes podem não ser os mais correctos. Aquele baralho de tarot fala directamente para nós - é o que tenho vindo a aprender.

É como se, por exemplo, o tarot falasse "italiano" se fossemos italianos, "japonês" se fossemos japoneses... não sei se me explico. O trabalho acaba por ser Tornar a nossa própria Simbologia Clara Aos Nossos próprios Olhos e Consciente.

Rosan disse...
8 de outubro de 2009 às 01:40  

Mais uma coisa que não conheço pessoalmente o Tarô.
mas atravéz do teu texto pude ter uma visão do que se trata, e gostei muito.
usa-lo para mostrar o caminho é maravilhoso.
um beijo ♥

EVELIZE SALGADO disse...
8 de outubro de 2009 às 01:54  

Tenho aprendido muito por aqui e, hoje, muito mais. Pré-conceituosamente nunca me liguei ao Tarô por pensar ser um jogo de adivinhação. Acabo de me render. Que fantástico esclarecimento recebi neste texto. O depoimento, a confirmação pessoal inspiram confiança, segurança.

Shin, obrigada pela partilha de um sonho que muito me diz respeito. Senão idêntico, quase.

António, mais uma vez, parabéns pelo trabalho, mas sobretudo, obrigada por este espaço.

Anónimo disse...
8 de outubro de 2009 às 07:57  

Olá Maestro,

Gostei bastante deste texto. Realmente, há muitas formas para se voar rumo ao nosso diamante interior, como diz a Shin Tau. Já tive algus livros de tarot, mas não me deu aquele apelo...
Compete a cada um encontrar a forma que mais se lhe adequa.
Uma vez li um post no blogue da Shin Tau que me disse muito, era um post sobre os gestos de poder.
Aproveito para agradecer à Shin Tau agora, na altura não o fiz...
Um abraço
Nuvem passageira :)

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 09:00  

Dunyazade

obrigada pela tua participação.

É verdade, os significados dos símbolos escondidos nas cartas tem a ver com o nosso próprio estado de abertura e desenvolvimento. MAs...quanto mais nos dedicarmos e confiarmos, acredito que acabas por receber e compreender as energias dos símbolos de forma como nunca tihas imaginado!

Gostei da frase final :)
Quanto ao tarot falar a nossa linguagem, já reparaste que é sempre assim. Todos os seres de luz e anjos e outras entidades maravilhosas que nos aparecem para ajudar falam sempre a nossa língua, são poliglotas hehehehhehe

Acredito que quando deencarnamos compreendemos que a língua semre foi e será apenas uma - a do amor!

Beijocas e mais ma vez obrigada!|

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 09:01  

OLá Rosan

obrigada pela candura e amor das suas palavras. Avance pois é muito interessante!

Beijcoas

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 09:05  

Evelize

que feliz fico por saber o que me dizes!

Para mim o tarot começou como futurologia, mas aos poucos fui entrando em portas dferentes e vendo uma vasta utilidade nele.

Ainda leio cartas para as amigas e quem aparecer a precisar, mas nunca é futurologia, apenas o estado da situação actual e um desfecho possível, sempre podemos dar a volta e criar outro!

Ao sonho :) *****

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 09:11  

Nuvem passageira :)

o gesto de poder tinha a ver com o tarot heehehehehheeh

Foi na semana do Hierofante que coloquei essa meditação dedicada à energia do arcano. Obrigada por me dizeres isso, é importante.

De facto, cada um saberá tocar melhor um instrumento do que outro, mas o que mais me agrada é que ao que parece a grande maioria viu a enorme possibilidade que este nos oferece.

Obrigada querida pela presença e beijocas

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:14  

Dunyazade

Belo testemunho. Beijo.

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:14  

Rosan

Estamos sempre a conhecer e a aprender. Beijo.

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:15  

Evelize

É sempre bem-vinda. Grande abraço.

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:15  

Anónima das 7:75

Quando encontramos a pessoa certa - neste caso, a Shin -, os temas esclarecem-se e ficam luminosos. Beijo.

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:15  

Nuvem passageira

Seja bem-vinda a este espaço. Abraço.

António Rosa disse...
8 de outubro de 2009 às 10:48  

A todos os amigos e visitantes,

Em especial à Shin Tau,

Como sempre, faço um comentário final, de despedida deste magnífico post.

Foi maravilhoso perceber e sentir a coragem da Shin Tau ao se entregar de coração neste seu texto.

Coragem não significa não ter medo. Coragem é agir, apesar do medo que se sente.

O medo é assunto da personalidade e do ego. O sentir é assunto da alma. A coragem é quando a alma aquieta o ego e a personalidade.

Eu sinto, mas não sou o que sinto, pois o que sinto não me define... Nós sentimos, mas não somos o que sentimos, pois o que sentimos não nos define.

Porque o nosso Ser transcende aquilo que chamamos alma.

«O caminho para a liberdade é através do serviço aos outros.

O caminho para a felicidade é através da meditação e da sintonia com Deus.

Quebre as barreiras do seu ego; desprenda-se do egoísmo; liberte-se da consciência do corpo; esqueça-se de si mesmo; acabe com esta cadeia de encarnações; dissolva o seu coração em tudo, seja um com toda a criação.»

Paramahansa Yogananda em «Lições da Self-Realization Fellowship»


Muito obrigado a todos.

Shin Tau, muito obrigado.

Beijos.

António

FadaMoranga disse...
8 de outubro de 2009 às 11:45  

Apre, que isto foi mesmo bom!!!

Grande Shin, grande António e bela despedida!

Brindo-vos com Chocokid ;-)
Beijos**deFada

Norma Villares disse...
8 de outubro de 2009 às 13:02  

Excelente postagem.
Realmente o Tarot tem essa força mágica e é constituído de cartas com a pura essência de magia da alma, e muito ajuda no auto-conhecimento, auto-aceitação e auto transformaçãpo.
Boas vibrações para os dois, Shin e Antônio!
Estamos na Semana da Paz, promova um ATO DE PAZ em sua família, comunidade e cidade.
Em toda a América no dia 12.10.2009 estaremos fazendo a Meditação para a Paz.
Paz e Luz
Abraços pacíficos

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 13:55  

António fechaste com chave de ouro, de facto. Ainda estou a assimiliar o que partilhaste, belo, muito belo! como a Fada disse Apre!!!

Shin Tau disse...
8 de outubro de 2009 às 13:55  

Norma

obrigada pela presença, faremos essa onda de Paz, sempre começando por nós e depois para os outros.

Beijoca

Bia disse...
8 de outubro de 2009 às 15:45  

Gostei muito... meu entendimento sobre Tarot não é tão amplo, mas aprecio o tema e vejo-o não como uma forma de adivinhação, e sim, como forma de auto-conhecimento.

Abraços!

7 de outubro de 2009

Vozes Sábias - Shin Tau


A nova secção deste blogue intitulada Vozes Sábias, continua o seu trabalho de reforçar a criação de um Anel do Coração, unindo-nos num 'todo', com a publicação de textos de autores de blogues que admiro muito pelo trabalho que desenvolvem. Os autores convidados têm total liberdade para escolherem os temas que quiserem e ilustrá-los como acharem mais conveniente. A convidada de hoje é a Shin Tau, a quem agradeço muito, por aderido a este movimento circular.


Depois de uma longa divagação sobre o que poderia partilhar aqui neste espaço iluminado, eis que a minha essência se revelou – o Tarot.

Poderia oferecer-vos vários temas, mas que mais poderei eu desejar senão oferecer aquilo que eu sou. Ao reflectir sobre isto uma pequena história surge na minha memória. Partilhá-la-ei em jeito de introdução ao meu texto.

Certa vez, numa limpeza espiritual, uma amiga contou-me que quando pediu aos Seres de Luz que a ajudavam e me protegiam para lhe mostrarem o meu caminho, foi lhe dado ver o seguinte:

Estávamos as duas em frente a um precipício e ela avançou, mesmo não tendo ponte ou caminho visível. Quando chamou por mim eu não avançava, respondia que tinha medo. Apesar de ela me incentivar e pedir para confiar, eu não saia do lugar.

Então perguntou-me em que confiava, respondi simplesmente nas minhas cartas de tarot.

Foi então que o maravilhoso se manifestou. Lancei as cartas para esse espaço vazio e de carta em carta cheguei ao outro lado.

Este era o meu caminho, o início da minha auto-descoberta.

O Tarot é uma arte. Não importa quando foi criado ou por quem. O seu interesse não reside aí. O Tarot é um conjunto de imagens, mandalas, símbolos, ensinamentos, números, palavras, energias, que estão ali prontos para se revelarem a quem quiser descobrir, mesmo que nada saiba da sua origem.

O Tarot é uma chave que ao ser usada abre as portas da meditação, da visualização criativa, da 3.ª visão.

Este texto não pretende falar da utilização do tarot para futurologia. Este texto pretende falar, e com isso despertar-vos, para o uso do tarot como ferramenta de auto-descoberta, como meio de chegar ao outro lado do precipício.


Quando o primeiro passo é dado, a auto-iniciação assumida, muitas vezes nos sentimos perdidos, confusos sobre que meio utilizar para nos ajudar a alcançar o insight de nós próprios. Quantas vezes, perdidos, recorremos a mestres, para anos mais tarde vir a compreender que apenas nós sabemos qual o nosso caminho. Quantas vezes alongamos o percurso por resistirmos em aceitar que afinal tudo o que procuramos está em nós, bastava a ferramenta adequada para o despertar com mais eficiência.

Há várias ferramentas, sem dúvida, e cada um de vós deverá saber que tipo de recursos tem e aplicar a ferramenta adequada a si. Todavia, creio que com o Tarot acabamos por desenvolver todos os sentidos, com ele desenvolvemos todas as nossas aptidões. Passo a explicar.

Com o tarot fazemos meditações, sentimos a energia da carta quando lhe pegamos, temos sonhos se dormimos com ela debaixo da almofada, intuímos situações mesmo antes de acontecerem apenas por baralhar e escolher uma carta para os ajudar durante o dia. E há alturas em que até cheiros nos penetram as narinas (felizmente nunca foi o enxofre rkrkrkr). Tudo isso porque ao entrarmos em sintonia com determinado Arcano, acendemos dentro de nós o arquétipo que ele representa. Abrimos a porta para o outro mundo. Fazemos uma ligação directa com essa energia.

Trabalhar com o tarot acaba por nos levar a estádios de abertura ao mundo maravilhoso de forma muito mais rápida e eficiente (do que sem ele). Muitas vezes oiço as pessoas dizerem que o Tarot é difícil, que o significado das cartas é complicado. Pois bem, é verdade, em certa medida. É importante saber o que os arquétipos representam, mas mais importante é compreender o que eles nos estão a mostrar sobre a nossa vida. A teoria só funciona quando colocada em prática, senão é vã.

Saber que o Dependurado, arcano número doze, é uma carta que nos mostra que algo está a ser encarado de uma perspectiva diferente é importante, mas mais importante é observar no nosso dia-a-dia que situações nos estão a ser dadas viver. Que tipo de acontecimentos atrai quando essa carta me saiu. Quem sabe ela só me está a alertar para o facto de que já sacrifiquei todos os meus valores pessoais em prol da nova pessoa que estou a construir, que ando ao contrário dos outros, pois tenho como alvo o alto e não a terra, apesar de estar com a cabeça neste mundo. Quem sabe ela me está a dizer que chegou a hora, que é tempo de inverter as situações. É que a energia desse arcano é diferente, ela varia de acordo com o nosso próprio entendimento de nós e do Cosmos. Cada arcano pode e irá representar vários estádios de uma aprendizagem.

Tudo isto para vos dizer que o que vem nos livros, o que eu partilho, são apenas as bases, a terra, a partir da qual cada um voa em direcção ao seu diamante interior. O Tarot é um mapa, que encerra as etapas pelas quais cada um tem de passar para regressar à Casa do Pai. As etapas são as mesmas para todos nós, porém, o percurso é diferente e a Beleza está no fazer esse percurso. Cabe a cada um saber como prefere fazer esse caminho. Se o vosso caso é fazer um caminho auto-consciente em que têm as rédeas da vossa aprendizagem, então, o Tarot será uma boa ferramenta.

Assim sendo, mergulhem no Tarot, compreendam que energia cada Arcano derrama sobre vós e aprendam a fazer uma jornada mais bela e alegre. A beleza de nos descobrirmos já todos conseguimos compreender, talvez reste agora descobrir a beleza de ter um instrumento que nos ajude, uma bússola que nos guie. O tarot não é a única, mas é aquela que conheço e que vos posso oferecer, aquela que vos posso dizer do fundo do coração «Vale a pena».

Shin Tau

É autora destes magníficos projectos bloguísticos:

Grimoire - O Livro Sobre o Caminho do Meio
DesMistificando [espaço de debates, em cooperação com a IdoMind]

102 comentários:

António Rosa disse...

Shin Tau

Estou encantado com este texto. Além de ser um testemunho muito pessoal, é envolvente e apaziguador, além de ser um grande serviço público ao despertar de muitos e muitos.

Bem-hajas,

Beijo.

Reyel disse...

Shin, também p mim o tarô, o q desejo desejo dele, não é o uso p futurologias, mas ajudar no caminho, como vc abordou neste texto.

Ainda vou voltar...

Bênçãos!

Maria de Fátima disse...

Olá António, esta rubrica Vozes Sábias está a tornar-se em mais um sucesso para o teu blogue.
Olá Shinita, aqui está um belo texto sobre o que é o Tarot.Gostei muito de o ler.
Beijocas aos dois.

joana disse...

Gostei muito deste texto, parabéns à Shin Tau.

Aliás.. até estremeci porque ainda hoje sonhei que tinha um precipício à frente e não avancei. Optei pelo caminho do lado (esquerdo) e fiquei entalada na engrenagem de uma máquina :))) ( Não era suposto haver um 'caminho do meio' !? )

Parabéns António por esta iniciativa.

Beijos

António Rosa disse...

Reyel,

Aguardo, então, a tua volta.

António Rosa disse...

Maria de Fátima,

Beijinhos para ti, sempre tão atenta.

António Rosa disse...

Joana,

Estou espantado com essa de não haver caminho do meio nos sonhos... É que desde muito jovem, deixei de me lembrar dos meus sonhos. Obrigado. Beijos.

adriana disse...

António,
Mais um lindo trabalho!

Shinita,
Você tem toda razão.
Utilizei muito o tarot quando comecei a "ouvir" estrelas". Foi uma maneira de compreender o que estava a se passar comigo.
Ficava ali, em silêncio, olhando o conjunto de cartas diante de mim.
Sem dúvida, elas me ajudaram a mergulhar no invisível.
É mágico!
Parabéns pelo seu lindo texto!

Boa tarde a todos!

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia Shin

Sabes que conseguiste transpor aqui no texto algo místico!!!
Parecia que não eras tu a falar mas sim o Tarot com voz de Shin!

Uma viagem esplêndida ao mundo interior, velado porque muitas vezes, tememos olhar por algo que não vemos, sentir algo não palpável, escutar outra voz que não a nossa, simplesmente porque são vibrações diferentes, claro... o nosso verdadeiro Eu.

Muito bom mesmo amiga... :-)
E Muito feliz por ti.

Beijo grande

Reyel disse...

Antônio, obrigada por ser tão generoso! Muitos beijos!!!

Shin,

Foi em 2001 que peguei em cartas de tarô pela primeira vez, e com muito medo, mas a curiosidade era muito maior. Era um baralhinho de revista astrológica. Tinha só os Arcanos maiores.

O medo existia porque eu era super católica... Por isso tive muitos vai e voltas, como iô-iô mesmo; me batia uma crise de escrúpulos religiosos e eu partia a vender tudo que tinha adquirido de esotérico. Tive vários livros e baralhos...

Conheci o Espíritismo nesse tempo tbm, e como disse um sábio, qdo nossa mente se expande, ela nunca mais volta a ser a mesma.

Oito anos se passaram... Então, não há mais como ser quem já fui um dia. E o Tarô teve muito haver com essa minha expansão. O Tarô está marcando minha vida!

Sabe, muitas pessoas pegam livros sagrados, fazem uma prece pedindo orientação, depois abrem o livro ao acaso e meditam determinado texto como resposta da prece.

É exatamente isso que sempre procurei fazer com o Tarô. E a resposta chega! O Tarô é, portanto, meu livro sagrado.

Sei que existem muitos charlatões que tiram proveito dos que ignoram o verdadeiro sentido do Tarô. Mas onde é que não existem aqueles que só procuram aproveitar-se da ingenuidade alheia, utilizando até mesmo a Bíblia? E nem por isso a Bíblia deixa de ser sagrada.

Assim, o Tarô tbm não deixa de ser sagrado por causa dos charlatões.
Cabe a mim não fazer parte deles, mas cumprir minha parte utilizando o Tarô com seriedade e devoção.

Ah! Querida, Shin, vamos mergulhar... E como vc tbm quero chegar do outro lado...

Bjo e muitas bênçãos!

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia António,

"O Tarot é um mapa, que encerra as etapas pelas quais cada um tem de passar para regressar à Casa do Pai. As etapas são as mesmas para todos nós, porém, o percurso é diferente e a Beleza está no fazer esse percurso. Cabe a cada um saber como prefere fazer esse caminho. Se o vosso caso é fazer um caminho auto-consciente em que têm as rédeas da vossa aprendizagem, então, o Tarot será uma boa ferramenta."

Engraçado...soa bem! Há neste texto uma infinidade de sinónimos!!!!

Parabéns por integrares mais uma voz sábia!
Beijos

PS: A Xana conseguiu entrar na 2ª fase de candidatura! És mesmo O MELHOR ASTRÓLOGO!!!!!

Siala ap Maeve disse...

Shin! Que texto fantástico!! Sente-se a tua energia e o ser que és em cada palavra, lindo!! Sempre fui uma apaixonada do Tarot como "ferramenta" para o auto-conhecimento e não para fazer futurologia, as minhas amigas cartas coloboram comigo e são tratadas com respeito e amor, sendo presença diária na minha vida e na vida da minha fada, que se sente muito atraída por elas :)
Obrigada pela referência ao Dependurado :D já tenho um texto alinhavado sobre esse arcano e o que ele me anda a sussurrar ao longo deste ano!
O teu texto é uma sintese perfeita sobre o Tarot e o que ele pode significar e ajudar no caminho de cada um!!
Bjos de luz

A DONA DO MUNDO disse...

Texto perfeito. De que adianta prever o futuro, saber o que vai acontecer, se não conhecemos a nós mesmos, se não conhecemos nossas armas, não sabemos como usá-las.
Em mim o tarot desperta a sensibilidade, uma calma para agir, pensar e falar que não sabia nem que existia em mim
Lindo

Estou me perguntando porque esse blog chama-se a cova do urso?

Luz

joana disse...

António, apenas quis dizer que não consegui ver onde estava neste sonho o caminho do meio. Acho que fiquei enredada no astral. As cartas de Tarot às vezes saem-me nos sonhos... e aí a interpretação é mais fácil.

Shin Tau disse...

António,

que feliz fico que tenhas gostado, como sabes não estava muito confiante!
Obrigada eu pelo convite e pela tua dedicação a estes projectos todos.

Desculpa o atraso, mas estava a trabalhar. Venho responder a todas as almas carinhosas que aqui vieram. Depois ausento-me por uma horita e pouco, mas voltarei!

Beijocas

Shin Tau disse...

Reyel

eu sei minha querida, por isso nos entendemos muito bem!!!rkrkrrkkr Mass não há qualquer problema em fazer futurologia

Volta sim!!! Beijocas

Shin Tau disse...

Maria de Fátima

;) eternamente grata pelas tuas palavras. No Grimoire já havia um sobre o tarot, mas este é diferente. Há sempre tanto para dizer!!!

Beijcoas

Shin Tau disse...

Joana

o que já me ri!!!! Deveria haver um caminho do meio sim, mas às vezes não o vemos e mantemo-nos apenas nos opostos!!!

Obrigada pela tua presença.

Beijocas

Shin Tau disse...

Adriana,

que bom que tenhas partilhado a tua experiência também!!! É bom saber que há vários métodos para alcançar as estrelas, este é um, eficiente!

Beijcoas

Shin Tau disse...

Maria Paula

se não estivesse na escola teria chorado...quer dizer, se não me tivesse controlado teria chorado!!!
Obrigada pelas tuas palavras tão doces. Sabes foi exactamente isso que senti, tanto que duvidei se seria este o texto! MAs confiei, às vezes temos de seguir as vozes interiores, às vezes, que digo eu!!???!! Sempre!!!!

Obrigada amiga pela tua presença.

Beijcoas

Shin Tau disse...

Reyel

simplesmente belo! Obrigada por estares aqui a dar o teu testeminho e do meu lado terás sempre alguém que te apoiará nessa caminhada, como sei que desse lado é igual!!

:***

Shin Tau disse...

Siala

obrigada pela força dada. O enforcado pelos vistos não foi só para ti, já percebi que era mensagem para várias pessoas.

Aguardarei com muito interesse o teu texto e mais uma vez és linda

Beijocas

Shin Tau disse...

Dona do MUndo

olha que alegria estares aqui!!! Já tinha saudades!

Obrigada pela tua experiência e sensibilidade!!!

Beijocas e o António responderá melhor à tua pergunta!!!

Astros e Estrelas - Reflexões Astrológicas disse...

Shim voce continua nos abraçando com as suas palavras.
beijocas querida

Isa Grou disse...

Olá António,
Olá Shin Tau,

António - MUITO OBRIGADA e PARABÉNS António, pois esta sua iniciativa de criar "as Vozes Sábias" está enriquecendo muito a nossa "bagagem" de conhecimento, viu?!

Shin Tau - Mas que belíssimo e esclarecedor texto Shin Tau.... sei muito pouco de Tarot... e adorei ler, conhecer mais, aprender... obrigada e parabéns, viu!!

Como a Maria Paula disse:
"Sabes que conseguiste transpor aqui no texto algo místico!!!
Parecia que não eras tu a falar mas sim o Tarot com voz de Shin!"
eu também senti isso...... de verdade....

Beijos aos dois.

António Rosa disse...

Adriana

Que belo testemunho. Hoje é dia de Shin Tau. Muito obrigado.

António Rosa disse...

Maria Paula

Completamente de acordo contigo! Um belíssimo texto da Shin Tau. Obrigado.

António Rosa disse...

Reyel,

Excelente testemunho. Lindo. Muito obrigado.

António Rosa disse...

Siala

Bela síntese, a tua. Gostei muito. Beijos.

António Rosa disse...

Dona do Mundo

Muito prazer em recebê-la aqui no Cova do Urso. Os amigos da Shin Tau são sempre bem recebidos aqui.

Quanto ao nome do blogue... :) a explicação é simples: um dia, o nome surgiu e, por ser diferente do habitual, suscita essa curiosidade.

Abraço

António Rosa disse...

Sônia

Beijokas.

António Rosa disse...

Isa Grou,

Muitos beijos e sempre grato por estar presente.

Shin Tau disse...

Sonia

obrigada meu doce. Faço-o para vós, pois sei que desse lado recebo os mesmos braços abertos!

Obrigada por teres vindo!

Beijcoas

Shin Tau disse...

ISa

:) é a tua docura que vê as coisas assim. é um instrumento muito bom, acredito verdadeiramete que se um dia o tarot te for parar às mãos, farás viagens ainda mais fenomenais!!!

Beijocas e obrigada

Fabiano Mayrink disse...

Shin Tau

bela postagem, ja tive vontade de comprar um taro, nao achei lugar nenhum que venda aqui em minha cidade, uma amiga minha me deu um tarot do amor, pequenino que so tem os arcanos relacionados com isso, bom oraculo, melhor ainda se usado como vc disse, percebi se tirarmos uma carta com um astral "conturbado" na maioria das vezes so sai uma coisa nao muito boa, acho que nossas vibraçoes de astral afetam no que nos ira ser mostrado, abraço!

Shin Tau disse...

Fabiano

obrigada por teres vindo! Olha, espreita na net, há alguns, caros mais baratos, enfim ao gosto!!!

Tirar cartas tem tudo a ver com o astral. Para mim, quando tiro para os outros tem de ser em presença por isso mesmo, para poder captar o astral dos outros e colocar em imagens na frente da pessoa!

Bejcoas e mais uma vez obrigada

Shin Tau disse...

Amigos vou-me ausentar um pouquito mas depois regresso. Fiquem à vontade na cova, o Urso é docil rkrkrkrkrkkkr

Beijcoas e estou muito feliz

António Rosa disse...

dócil - :))) oh pra ela - :))) dócil!

tereza ferraz disse...

Shin Tau!
Que belo texto, com tanto conteúdo vivo e sábio. Vem da alma...
Um mergulho profundo, levando alguns ao mesmo ato.
Dando-nos a fermenta: tarot
E emerges com tanto esplendor!
Amei...e irei re-ler e reler.
Parabéns Shin Tau.
Parabéns António.
Bjs no coração de ambos

angela disse...

A exposição foi clara e me trouxe uma compreensão melhor desses instrumentos que nos ajudam a revelar nossa intuição, nossos caminhos inconscientes e por forças não visiveis nos orientam.
Gostei demais da maneira que Sin Tau expõe sua confiança no Tarot, deu para sentir seu amor.
Parabéns mais uma vez pela iniciativa, Antonio.
Beijos aos dois

Shin Tau disse...

António

ehheehehhe foi para lançar confusão enquanto não voltava!!!! E depois da pergunta sobre o nome, achei giro, a cova do urso, normalmente seria um sítio onde nos iríamos colocar em perigo...mas aqui não! Ourso é amigável, dócil, generoso, amoroso...enfim...repleto de amor!

:**

Shin Tau disse...

tereza

obrigada pela tua presença e pelas tuas palavras. É mesmo só isso, uma partilha minha convosco e tentativa de vos levar a um lugar. O torot é apenas um dos muitos instrumentos, sendo o meu...partilhei!

Ficarei muito feliz se conseguir despertar algumas almas ainda não convencidas de que todos podemos conseguir as respostas se nos dispoibilizarmos para isso!

Beijocas

Shin Tau disse...

Angela

muito, mas mesmo muito obrigada! De facto o tarot é uma paixão, fico feliz de ter conseguido transpor isso para a escrita!

Obrigada pelo carinho, beijcoas

IdoMind disse...

Shin e António

Que bem que o vosso nome fica junto " Shin e António - a dupla maravilha do visivel e invisivel.."

António

Tu de facto, és incrível.
Acho que foste feliz no comentário com que abriste este post e com o qual concordo inteiramente, acrescentando que TU és um verdadeiro serviço de utilidade pública. Tens sido e não desistes de ser. Por tu também te importares, um grande beijo e o meu obrigado cá do fundo da alma.

Shin,

Da mulher síntese que descrevia a origem do universo em duas frases para a mística que nos prende na magia deste texto, só posso dizer Oh my God!

Está fenomenal. Claro. Simples. Muito muito envolvente. Parabéns.

Tarot é mesmo a tua praia daí falares desta maneira que indiscutivelmente mexe connosco. Até dá vontade de ir comprar um baralhosito e começar a treinar...

Adorei..e sabes que se digo é porque adorei mesmo.Estou toda orgulhosa - É A MINHA IRMÃ, pessoal!!

Beijos aos dois funcionários públicos de Deus

guntty disse...

Shin Tau, parabéns por este texto.

Realmente penso que é assim que temos que ver todas as ferramentas que co-existem à nossa volta, e o tarot não é excepção: como algo que serve de ponte para o auto-desenvolvimento.


Mais uma vez, parabéns António, por esta iniciativa.


Bjs&Abr

António Rosa disse...

Fabiano

É muito interessante o teu interesse por assuntos esotéricos e espirituais. Força, amigo. É a tua caminhada. Abraço e grato pela visita.

António Rosa disse...

Tereza

Cá temos a sua companheira da secção 'Vozes Sábias'. Nem imaginam o quanto gosto da vossa presença. Muito obrigado. Beijo.

António Rosa disse...

Shin

A maioria das vezes, a cova do urso está em paz e, ultimamente, menos sem tantos posts, tanta efervescência. E isto que Saturno ainda não entrou em Libra. Mas se nota bem a influência. Beijos.

António Rosa disse...

Angela

Muito obrigado por ter vindo. Você é uma pessoa muito especial. beijos.

António Rosa disse...

IdoMind

Nem tenho palavras para a mana da Shi. Que bom sentir a aragem suave e fresca que transportas. Linda. Vejo daqui as tuas mãos a envolverem a plantinha que está no teu blogue. Muitos beijos.

adriana disse...

Perfeito!
Com todo respeito, o coração de António é dócil e ambos são, sem dúvida, funcionários públicos de Deus.
Então, esta Cova do Urso é um espaço seguro.
Viva!

António Rosa disse...

Guntty

Parabéns a ti, que está de casa nova. Adorei o novo design do teu blogue. E ainda mais dos propósitos que animam.

Vento.

Abraço.

HAZEL disse...

Shin Tau:

Hoje é um dia especial; até tu própria te transformaste numa das tuas cartas de Tarot! Gostei muito...!

Adorei o texto, que li com muita atenção. Deu para perceber a dimensão da tua paixão pelo Tarot, pela seriedade e carinho com que o estudas e manuseias.
Fiquei algo contagiada. Acho que logo vou agarrar-me às minhas cartinhas e conversar com elas.


António Rosa:

A Shin Tau foi fantástica!
Fortaleceu ainda mais a luz da Cova do Urso.

Quero agradecer-lhe pelos selos e prémios, e pedir-lhe sinceras desculpas por, desta vez, não os publicar. Perdi o controle aos emails, selos, etc.. Deixei-os acumular e acabei por optar não publicar só desta vez. A minha cabeça ainda anda um pouco aérea.

Hoje de manhã lembrei-me de si. Vi um livro seu e da Anabela Quental("Como proteger o seu carro", ou algo semelhante) à venda num grande armazém esotérico da V. Pinheiro. Foi giro.

Um abraço

Fada Moranga disse...

Querida Shin, até hoje o Tarot sempre foi para mim sinónimo de baralhação... confusão.
Sempre me atraiu pela beleza das cartas mas afastava-me pela sensação de que a leitura dependia das pessoas e energias à volta. Epá sou desconfiada, sou! :-) Por isso é que me entreguei à Astrologia e nunca mais peguei em cartas.
Mas tu convenceste-me. Se calhar confio é em ti, com ou sem cartas ;-)

Bem hajas pelo teu texto e testemunho. Passou-me uma grande tranquilidade.

Um grande beijo*deFada

E para o António, mais beijos**deFada

António Rosa disse...

Beijos, Fada. O teu post de hoje é magestoso e lindíssimo.

Mitti disse...

Eu tenho uma enorme admiração por quem entende as artes do Tarot. Acho fantástico mesmo!

E a Shin abordou o assunto de uma maneira leve, muito boa de se ler.

bjoka

Essencialma disse...

Olá António...
Grande Ideia esta...confesso que venho poucas vezes ao espaço (comentar), mas que espreito algumas vezes...depende do estado do espirito e tb do que chama por nós...mas aprecio muitos as suas ideias de dinamizar a blogosfera...

Quanto à Shin, que lindo texto escreveu ela...eu que não sou apreciadora do tarot...dai não comentar algum dos seus posts...adorei a vertente que ela mencionou...e confesso que fiquei com curiosidade...
Porque podemos até não gostar de algumas vertentes, mas temos o dever de ficar alerta...pois se a mente estiver aberta, temos muito a ganhar com o intercâmbio, e até passar a gostar...ou então ficar com maior conhecimento, para dizer que não nos agrada...acho que quem quer evoluir tem a obrigação de estar aberto a todas as perspectivas...e considerar essa dualidade!

Parabéns pelo texto, Shin...e pela ideia, António

Fada Moranga disse...

António, o meu post de hoje foi possível graças a umas almas sonhadoras que se atreveram a subir às àrvores! :-))

Beijos**deFada para essas ricas alminhas e para as àrvores amigas!

António Rosa disse...

Adriana,

Nem tinha reparado que tinha deixado comentários para trás. É o efeito que a Fada provoca em mim. Ela aparece e esqueço-me de tudo o mais. :)))))))) Ainda para mais que ela está a postar casas em árvores.

Gostei dessa de sermos funcionários públicos de Deus. Nada mais ajustado ao meu Júpiter retrógrado na casa 9. :)))) Mesmo ajustado.

Espero que esta cova continue segura e um espaço para todos.

:)

Abraço.

António Rosa disse...

Hazel,

Conseguiu ver um livro que nem eu próprio tenho e encontra-se esgotado na editora. Que memórias me trouxe. :)))

Não se preocupe com os selos. Mais virão.

Espero que tudo esteja a ir da melhor maneira possível para si.

Beijo.

António Rosa disse...

Mitti

Muito agradecido pela presença. É só uma questão de se iniciar no assunto. :))

António Rosa disse...

Essencialma

Muito agradecido por ter vindo e por ter deixado o seu testemunho. Raramente falo de tarot, por ser uma área complexa para mim. Sou mais de astrologia. Abraços

António Rosa disse...

agora vou ali ao Facebook cuidar da minha farm. já venho.

marcelo dalla disse...

Olá amigos! Não iamginam como amei esse texto da Shin Tau. Tinha uma idéia diferente e limitada do Tarô. Esta visão e bem mais ampla, abrangente e atrativa.

Passarei a usá-lo assim também, como companheiro de jornada. Aliás, os textos da Shin em seu blog sempre reverberam em mim.

Como dizem: Bem haja! E muito bem, não é pouco não. rsrsrs

Muito grato, Shin Tau e Antônio!!
abraços

António Rosa disse...

Marcelo,

Este texto é uma aula, não é?

Abraço, amigo.

Onda Encantada disse...

Shin,

Adorei o texto e concordo com ele profundamente.

Gostei da sincronia sobre o dependurado, e explico porquê.
Ontem à noite pedi uma carta para o dia de hoje (peço sempre duas) a primeira, a carta para o dia, e uma de suporte àquela energia, e saiu-me A Sacerdotisa, e como suporte O Dependurado. Meditei sobre a energia vigente, e fiquei a aguardar durante o dia as manifestações... e eis senão quando, hoje tenho uma reunião de trabalho, onde me desafiam pegar num software que ninguem quer (nem eu), mas depois de travar ali uma "batalha campal" a defender a minha dama, eis que faço aquilo que mais ninguem faz: sentada na cadeira, pus a cabeça para baixo e os pés para cima. Quando voltei ao "normal" disse, desculpem mas estava a tentar ver as coisas sob outra perspectiva... LOL

Claro, que a coisa deu para risada, mas é mesmo isso!
Quando usamos o tarot, temos a oportunidade de experienciar outras coisas, de outra forma, sabendo com que energias nos podemos deparar.

Abracinho grande e cheio (de uma certa dose de "loucura" que me contempla) :))))) rsrsrsrs

Beijo

Onda Encantada

PS: António, uma vez mais grata por esta partilha na sua palhota :)))

António Rosa disse...

Onda

A minha 'palhota' está sempre aqui.

:))))

tereza ferraz disse...

Shin Tau,
consegui sim, a verdade toda nosso ser. Lendo agora tantas respostas sentidas!!!
E fico Feliz!!!!
Antonio para mim a Cova com tua energia, é estar em casa. Hj junto com Shin Tau, vixe, o coração celebra!

marcelo dalla disse...

Que ótimo o coment da Onda Encantada!!! Vou adotar essa: tirar 2 cartas para o dia seguinte antes de dormir.

bjosss

Reyel disse...

Shin, teu post foi um sucesso total, confirmando teu talento místico e de mestra. Sou tua discípula, não esqueças de pensar na ideia que Hazel semeou hoje em teu blog rsrs...

Bênçãos!

Shin Tau disse...

IdoMind

que babada fiquei :)~~~~
Obrigada pelo apoio sincero. Adorei saber que achas que ficámos todos com vontade de ir buscar um baralho. Assim seja, pois acredito que nos faria bem, andariamos mais na onda, acho eu krkrkrkrkrkr

Beijocas minha irmã e obrigada por teres vindo Amo-te

Shin Tau disse...

Guntty

obrigada meu querido. Assim é, tudo nos pode levar a esse caminho de descoberta de quem somos e de como funcionamos neste macrocosmo.

Beijcoas e obrigada

Shin Tau disse...

Adriana

heheheh muito seguro mesmo!!! É um porto de abrigo até. Esta cova é daquelas que nos levam às nossas profundezas, saimos sempre de lá revigorados.

Funcionários públicos de Deus LOL só a IdoMind para essas coisas, não a incentives por favor!!! hihihihih

Beijcoas

Shin Tau disse...

HAzel

obrigada doce amiga por teres vindo e pelas belas palavras que nos deixaste. Fala com elas sim!!! Escolhe uma e deixa-a debaixo da tua almofadinha, vais as coisas maravilhosas que te dirão!!!

Beijocas grandes

Shin Tau disse...

Fadinha

ó se te entendo!!! Também eu sou desconfiada, por exemplo nunca deito cartas para mim, tipo lançamento. MAs tiro cartas para o mês, e com o Grimoire tiro a carta do dia e da semana. Gosto das aprendizagens que elas me trazem, a postriori...

A astrologia é outro campo!!! Ouvi um amigo dizer(e concordo) que há três vias para se fazer caminho: magia, alquimia e astrologia. O tarot é apenas bússula, as outras artes são o caminho! Compreendes?

Obrigada pelo voto de confiança, se calhar confias pois sabes que não confio facilmente também heheheehehehe

Espero que estejas bem melhor :***

Shin Tau disse...

Mitti

obrigada pelas tuas palavras. Mergulha nessa admiração, só custa pôr o pé, depois vem a confirmação e tudo segue o seu rumo natural!

Força!

Beijcoas

Shin Tau disse...

Essencialma

eternamente grata pela tua presença, suave e marcante ao mesmo tempo :)

Concordo contigo, não me agrada ouvir dizer que não gostam sem experimentar (em tudo e não apenas no esoterismo), pois parece-me que é fuga. Prefiro ouvir, não me apetece, não estou para aí virada, tenho outras coisas que gosto mais. MAs não gosto sem experimentar é duro, pois revela falta de abertura. Mas cada um chega lá, na sua vez!!!

Fico feliz que tenhas essa abertura agora para tarot, experimenta. Como disse no texto, nem todos temos as mesmas qualidades e devemos escolher a bússula de acrodo com essas qualidades. Ou se formos teimosos, pegar nas dificuldades e lutar para as vencer com bússulas diferentes.

Bem...isto dava mais um texto inteiro!!!

Beijcoas querida e mais uma vez obrigada

Shin Tau disse...

Marcelo

que alegria estares aqui ;))))

Tens me incentivado sempre nas reflexões das cartas e por isso te estou muito grata!

Fico feliz que te vás atrever a pegar nas cartas, acho que farás um trabalho fenomenal, como sempre!!! Já estou a salivar a imaginar as cartas que irás criar :)~~~~~~~~~~~~~~

Beijcoas

Shin Tau disse...

Onda Encantada

ai o que já me ri sozinha a olhar para o monitor!!!! Ímagino a cena!!! LOL mesmo!!!

É isso minha louca saudável!!! Obrigada pela tua partilha tão sincera e que trouxe mais luz ao texto!!! MAravilhoso!!!

bEijocas

Shin Tau disse...

tereza

:) que alegria de facto! Muito bonito o que o António nos permite criar e partilhar!!!

Eternamente grata pela maravilha de vos ter conhecido!

Shin Tau disse...

Marcelo

é mesmo! Nem eu faço isso!!! rkrkrkr é uma ideia excelente, principalmente de alguém que diz não saber nada de tarot :P
O que aconteceria se soubesse o_O ihihihihihhi

Maravilhoso

Shin Tau disse...

Reyel

não acredito em mestre e discípulos, todos os dias aprendemos algo com alguém e os papéis se invertem. Por exemplo dizes ser minha discípula (que percebo a intenção e fico grata) mas todas as vezes que partilhei a minha informação contigo, aprendi algo mais sobre o assunto, então também és minha mestre :)

Já vi o comentário e depois vou lá responder!!! krkrkrkrkrkr

Beijcoas e obrigada pela tua presença magnífica

Shin Tau disse...

António

obrigada meu querido e carinhoso ursinho :)

Que mais poderei dizer...continuas a fazer algo maravilhoso, abres a tua cova para que o Amor se manifeste. Através dele partilhamos histórias, ideias, teorias e às vezes enganos. Mas saimos sempre daqui muito mais cheios e limpos de todos osenganos que se vão criando neste Plano Manifestado.

Como diz a IdoMind: Keep up the God work!!!! Não pares nunca de nos mostrar as possibilidades maravilhosas da partilha e da interacção!

Grata por mais uma oportunidade de dar um passo em frente a quem sou no conjunto!!!

Beijcoas e até amanhã!

Dunyazade disse...

Uma coisa de que me dei conta é que o tarot fala a Nossa linguagem - e somos nós que temos de estar atentos ao significado da nossa própria simbologia - por isso é que os significados tradicionais, que buscamos em livros, às vezes podem não ser os mais correctos. Aquele baralho de tarot fala directamente para nós - é o que tenho vindo a aprender.

É como se, por exemplo, o tarot falasse "italiano" se fossemos italianos, "japonês" se fossemos japoneses... não sei se me explico. O trabalho acaba por ser Tornar a nossa própria Simbologia Clara Aos Nossos próprios Olhos e Consciente.

Rosan disse...

Mais uma coisa que não conheço pessoalmente o Tarô.
mas atravéz do teu texto pude ter uma visão do que se trata, e gostei muito.
usa-lo para mostrar o caminho é maravilhoso.
um beijo ♥

EVELIZE SALGADO disse...

Tenho aprendido muito por aqui e, hoje, muito mais. Pré-conceituosamente nunca me liguei ao Tarô por pensar ser um jogo de adivinhação. Acabo de me render. Que fantástico esclarecimento recebi neste texto. O depoimento, a confirmação pessoal inspiram confiança, segurança.

Shin, obrigada pela partilha de um sonho que muito me diz respeito. Senão idêntico, quase.

António, mais uma vez, parabéns pelo trabalho, mas sobretudo, obrigada por este espaço.

Anónimo disse...

Olá Maestro,

Gostei bastante deste texto. Realmente, há muitas formas para se voar rumo ao nosso diamante interior, como diz a Shin Tau. Já tive algus livros de tarot, mas não me deu aquele apelo...
Compete a cada um encontrar a forma que mais se lhe adequa.
Uma vez li um post no blogue da Shin Tau que me disse muito, era um post sobre os gestos de poder.
Aproveito para agradecer à Shin Tau agora, na altura não o fiz...
Um abraço
Nuvem passageira :)

Shin Tau disse...

Dunyazade

obrigada pela tua participação.

É verdade, os significados dos símbolos escondidos nas cartas tem a ver com o nosso próprio estado de abertura e desenvolvimento. MAs...quanto mais nos dedicarmos e confiarmos, acredito que acabas por receber e compreender as energias dos símbolos de forma como nunca tihas imaginado!

Gostei da frase final :)
Quanto ao tarot falar a nossa linguagem, já reparaste que é sempre assim. Todos os seres de luz e anjos e outras entidades maravilhosas que nos aparecem para ajudar falam sempre a nossa língua, são poliglotas hehehehhehe

Acredito que quando deencarnamos compreendemos que a língua semre foi e será apenas uma - a do amor!

Beijocas e mais ma vez obrigada!|

Shin Tau disse...

OLá Rosan

obrigada pela candura e amor das suas palavras. Avance pois é muito interessante!

Beijcoas

Shin Tau disse...

Evelize

que feliz fico por saber o que me dizes!

Para mim o tarot começou como futurologia, mas aos poucos fui entrando em portas dferentes e vendo uma vasta utilidade nele.

Ainda leio cartas para as amigas e quem aparecer a precisar, mas nunca é futurologia, apenas o estado da situação actual e um desfecho possível, sempre podemos dar a volta e criar outro!

Ao sonho :) *****

Shin Tau disse...

Nuvem passageira :)

o gesto de poder tinha a ver com o tarot heehehehehheeh

Foi na semana do Hierofante que coloquei essa meditação dedicada à energia do arcano. Obrigada por me dizeres isso, é importante.

De facto, cada um saberá tocar melhor um instrumento do que outro, mas o que mais me agrada é que ao que parece a grande maioria viu a enorme possibilidade que este nos oferece.

Obrigada querida pela presença e beijocas

António Rosa disse...

Dunyazade

Belo testemunho. Beijo.

António Rosa disse...

Rosan

Estamos sempre a conhecer e a aprender. Beijo.

António Rosa disse...

Evelize

É sempre bem-vinda. Grande abraço.

António Rosa disse...

Anónima das 7:75

Quando encontramos a pessoa certa - neste caso, a Shin -, os temas esclarecem-se e ficam luminosos. Beijo.

António Rosa disse...

Nuvem passageira

Seja bem-vinda a este espaço. Abraço.

António Rosa disse...

A todos os amigos e visitantes,

Em especial à Shin Tau,

Como sempre, faço um comentário final, de despedida deste magnífico post.

Foi maravilhoso perceber e sentir a coragem da Shin Tau ao se entregar de coração neste seu texto.

Coragem não significa não ter medo. Coragem é agir, apesar do medo que se sente.

O medo é assunto da personalidade e do ego. O sentir é assunto da alma. A coragem é quando a alma aquieta o ego e a personalidade.

Eu sinto, mas não sou o que sinto, pois o que sinto não me define... Nós sentimos, mas não somos o que sentimos, pois o que sentimos não nos define.

Porque o nosso Ser transcende aquilo que chamamos alma.

«O caminho para a liberdade é através do serviço aos outros.

O caminho para a felicidade é através da meditação e da sintonia com Deus.

Quebre as barreiras do seu ego; desprenda-se do egoísmo; liberte-se da consciência do corpo; esqueça-se de si mesmo; acabe com esta cadeia de encarnações; dissolva o seu coração em tudo, seja um com toda a criação.»

Paramahansa Yogananda em «Lições da Self-Realization Fellowship»


Muito obrigado a todos.

Shin Tau, muito obrigado.

Beijos.

António

FadaMoranga disse...

Apre, que isto foi mesmo bom!!!

Grande Shin, grande António e bela despedida!

Brindo-vos com Chocokid ;-)
Beijos**deFada

Norma Villares disse...

Excelente postagem.
Realmente o Tarot tem essa força mágica e é constituído de cartas com a pura essência de magia da alma, e muito ajuda no auto-conhecimento, auto-aceitação e auto transformaçãpo.
Boas vibrações para os dois, Shin e Antônio!
Estamos na Semana da Paz, promova um ATO DE PAZ em sua família, comunidade e cidade.
Em toda a América no dia 12.10.2009 estaremos fazendo a Meditação para a Paz.
Paz e Luz
Abraços pacíficos

Shin Tau disse...

António fechaste com chave de ouro, de facto. Ainda estou a assimiliar o que partilhaste, belo, muito belo! como a Fada disse Apre!!!

Shin Tau disse...

Norma

obrigada pela presença, faremos essa onda de Paz, sempre começando por nós e depois para os outros.

Beijoca

Bia disse...

Gostei muito... meu entendimento sobre Tarot não é tão amplo, mas aprecio o tema e vejo-o não como uma forma de adivinhação, e sim, como forma de auto-conhecimento.

Abraços!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates