Neptuno, o criador dos transtornos dos planos materiais

29 de julho de 2009 ·

Os trânsitos de Neptuno são os mais subtis de todos. São tão subtis e ocultos que o dono do mapa tarda muito em reconhecer os seus efeitos. Uma técnica para avaliarmos o trânsito de Neptuno é analisarmos o seu posicionamento completo no mapa natal. É a chave oculta da personalidade e do rumo que a vida toma.

A natureza dos planetas que Neptuno contacta no seu trânsito (quer em aspectos facilitadores ou desafiantes), mais a época da vida da pessoa em que ocorre o contacto, proporcionarão as chaves mestras sobre o desenvolvimento interno e externo do carácter. Nem todas as pessoas percebem Neptuno do mesmo modo; algumas pessoas não o percebem externamente, mas as vibrações estão ali, bem disponíveis no inconsciente, trabalhando para dissolver o ego e libertá-lo.

Os nossos sonhos e ideias mudam ao longo dos anos. Trata-se de Neptuno e dos seus movimentos secretos. Neptuno, regente da décima segunda casa (que trata do auto-apoio e da auto-anulação), é um dos Senhores do Carma.

Quanto mais nos apoiamos no ‘eu’ da personalidade, menos ele existe. Vai desaparecendo. A vontade não será coisa nenhuma, até que queira ser nada. Se Úrano cuida da Vontade, Neptuno trata de a anular, pois é o planeta da obrigação e do sacrifício.

Neptuno é o Pai Natal cósmico, pois tudo aquilo que damos, retorna a nós em duplicado ou em centuplicado. Isto das ‘medidas’ é uma coisa da mente. É o famoso segredo. Quanto mais se dá, mais se recebe. É uma Lei superior. Todos os pensamentos, sentimentos e acções emitidos, voltam ao seu ponto de origem. Para abençoar ou para queimar. Se o que se emite é negativo, que é que se recebe? Pois. Como Lei superior, simplesmente, cumpre-se. Esta é uma das representações de Neptuno, como Senhor do Carma


Neptuno é o criador dos transtornos dos planos mais materiais. Cria uma névoa emocional quando está ligado a Vénus. A personalidade deve afastar-se quando está associado com a Lua. A mente fica enevoada quando o contacto é com Mercúrio. A vontade e o ego dissolvem-se quando contacta com o Sol. Provoca desvitalização da energia, quando aspecta Marte.

13 comentários:

Marise Catrine disse...
29 de julho de 2009 às 08:18  

Querido ANtónio,

E como os nossos sonhos e ideias se alteram com o passar do tempo... (à excepção de uma ou duas coisinhas - hihihihi).

Achei curioso falares do verdadeiro segredo. Acho que é mesmo esse, dar e receber. Nunca, claro, a pensar que apenas vou dar para poder receber (conheço muitas pessoas assim infelizmente); mas aquele dar despretensioso e genuíno. Quantas vezes se julgam pessoas izendo que têm uma vida muito facilitada e, se prestarmos atenção, essa vida é o reflexo daquilo que a própria pessoa é! Felizmente, vivo com alguém assim. Dá, dá e nunca pede nada em troca.
;)

Beijocas

marcelo dalla disse...
29 de julho de 2009 às 10:13  

Pois eu estou com a mente enevoada... Netuno faz quadratura com meu Mercúrio e Marte no mapa natal. Minha capacidade de iniciativa também está sob neblina? Pra se pensar... ou melhor, se meditar! Ando criando mandalas por conta disso. Abraço!

marcelo dalla disse...
29 de julho de 2009 às 10:14  

A tempo: até o dia 31, Mercúrio faz oposição com Netuno, Quíron e Júpiter!

Adelaide Figueiredo disse...
29 de julho de 2009 às 13:31  

António,

Neptuno vai continuar enrolado a mim durante ainda muito mais tempo. Trânsitos de Neptuno com uma grande quantidade de planetas do meu mapa natal. No entanto, Júpiter e Úrano ajudam pois estão a fazer imensos contactos com os meus planetas natais. Há certos cuidados a tomar, mas terei de aguentar estes trânsitos todos. Aliás, já me senti bem pior, embora agora Júpiter, Úrano e Neptuno estejam retrógrados e os sintomas estejam a voltar como aqui há uns meses atrás. Altos e baixos que nós seres humanos temos de saber gerir. Todos nós passámos, ou passaremos por eles.

Tenha um dia feliz

IdoMind disse...
29 de julho de 2009 às 13:59  

Querido António

Este artigo até faz parecer que a astrologia é simples. Fantástica a forma clara como transmite conceitos complexo.
Não fazia ideia que o Neptuno estava ligado ao carma, sempre pensei que seria Saturno.
Muito elucidativo.
Depois de ler o post fui ver e tenho Neptuno na casa 7, até 2010 vai estar sextil Quíron e Trígono a Vénus...Tenho esperança que isto seja uma coisa boa...mesmo.

Mil beijos António

angela disse...
29 de julho de 2009 às 14:07  

Interessante, mas entendo quase nada. Você escreve de forma clar é que sou ignorante no assunto.
Beijos

Siala ap Maeve disse...
29 de julho de 2009 às 15:28  

Um texto muito claro, Antonio, sobre o meu Planeta, que maravilha! :)
Eu tenho Neptuno Natal na casa III e em Sagitario, em quadratura com Vénus, em sextil com Jupiter e com Plutão, e em oposição a Saturno. Neste momento penso que transita na minha casa 6...será? Tenho que averiguar isto!
Ufff acho que estou no caminho certo...
Beijos meus

Dani disse...
29 de julho de 2009 às 17:31  

Oi, António!
Obrigada pela mensagem. Caíram algumas fichas aqui. Estava estudando meu mapa estes dias e tinha me chamado a atenção justamente a conjunção do meu Sol, de Marte e Netuno na minha casa 7, e todos em quadratura com meu meio do céu e minha roda da fortuna em Peixes. Ao mesmo tempo que nas questões espirituais estou cada vez mais conectada, venho me sentido bloqueada e desvitalizada em várias áreas da vida na matéria. Tô vendo se descubro por onde trabalhar para que as coisas fluam melhor. Se tiver alguma dica... :)

Beijo,
Dani

António Rosa, José disse...
29 de julho de 2009 às 17:44  

@Marise
@Marcelo
@Adelaide
@IdoMind
@Siala
@Dani

Estou feliz por este pequeno texto parecer ter ajudado de alguma maneira a terem reflectido sobre os vossos mapas. Habitualmente considera-se que é Saturno quem representa o carma, pois é aquele que sugere maiores desafios. No entanto, excepto Sol, Vénus e Júpiter que nos falam de dharma, os restantes reflectem de forma nítida o carma a vivenciarmos.

Teorias mais recentes já nem aceitam que se fale em carma, mas sim em «memórias cármicas». Pessoalmente, partilho estas ideias mais recentes.

Abraços e beijos

Violeta Encarnada disse...
29 de julho de 2009 às 21:45  

oLÁ
Hoje vim aqui e deparei-me com uma imagem no lado direito que me fez saltar o coração. Tem a ver com uma fobia : em criança, muito criança, deitava fora a cabeça dos chocolates com figuras humanas porque, dizia eu, não queria ficar com duas cabeças. O tempo passou e aos 19 anos isso tornou-se numa verdadeira fobia, nem conseguia dormir às vezes. Já deve saber a que imagem me refiro.
E agora estou outra vez a pensar nisso. Se tivesse visto essa imagem há uns anitos atrás nem sei...
Este meu 'testemunho' não terá nada a ver com Neptuno, mas precisei desabafar a ver se a coisa passa de vez. Fui ao blogue, forcei-me a olhar a imagem, mas agora não consigo ir vê-la outra vez :) Tolices...
Sorry por não falar sobre o post.
Boa noite
Violeta Vermelha

Violeta Encarnada disse...
29 de julho de 2009 às 21:46  

É o blogue "Palavras de Osho".

tereza disse...
30 de julho de 2009 às 00:45  

Obrigada, como aprendi!!!
E como tenho Tanto a aprender.
Abraço

António Rosa, José disse...
30 de julho de 2009 às 08:52  

@Violeta

Bom sinal: que está a superar muito bem.



@Tereza

Todos nós temos muito que aprender.


Beijos

29 de julho de 2009

Neptuno, o criador dos transtornos dos planos materiais

Os trânsitos de Neptuno são os mais subtis de todos. São tão subtis e ocultos que o dono do mapa tarda muito em reconhecer os seus efeitos. Uma técnica para avaliarmos o trânsito de Neptuno é analisarmos o seu posicionamento completo no mapa natal. É a chave oculta da personalidade e do rumo que a vida toma.

A natureza dos planetas que Neptuno contacta no seu trânsito (quer em aspectos facilitadores ou desafiantes), mais a época da vida da pessoa em que ocorre o contacto, proporcionarão as chaves mestras sobre o desenvolvimento interno e externo do carácter. Nem todas as pessoas percebem Neptuno do mesmo modo; algumas pessoas não o percebem externamente, mas as vibrações estão ali, bem disponíveis no inconsciente, trabalhando para dissolver o ego e libertá-lo.

Os nossos sonhos e ideias mudam ao longo dos anos. Trata-se de Neptuno e dos seus movimentos secretos. Neptuno, regente da décima segunda casa (que trata do auto-apoio e da auto-anulação), é um dos Senhores do Carma.

Quanto mais nos apoiamos no ‘eu’ da personalidade, menos ele existe. Vai desaparecendo. A vontade não será coisa nenhuma, até que queira ser nada. Se Úrano cuida da Vontade, Neptuno trata de a anular, pois é o planeta da obrigação e do sacrifício.

Neptuno é o Pai Natal cósmico, pois tudo aquilo que damos, retorna a nós em duplicado ou em centuplicado. Isto das ‘medidas’ é uma coisa da mente. É o famoso segredo. Quanto mais se dá, mais se recebe. É uma Lei superior. Todos os pensamentos, sentimentos e acções emitidos, voltam ao seu ponto de origem. Para abençoar ou para queimar. Se o que se emite é negativo, que é que se recebe? Pois. Como Lei superior, simplesmente, cumpre-se. Esta é uma das representações de Neptuno, como Senhor do Carma


Neptuno é o criador dos transtornos dos planos mais materiais. Cria uma névoa emocional quando está ligado a Vénus. A personalidade deve afastar-se quando está associado com a Lua. A mente fica enevoada quando o contacto é com Mercúrio. A vontade e o ego dissolvem-se quando contacta com o Sol. Provoca desvitalização da energia, quando aspecta Marte.

13 comentários:

Marise Catrine disse...

Querido ANtónio,

E como os nossos sonhos e ideias se alteram com o passar do tempo... (à excepção de uma ou duas coisinhas - hihihihi).

Achei curioso falares do verdadeiro segredo. Acho que é mesmo esse, dar e receber. Nunca, claro, a pensar que apenas vou dar para poder receber (conheço muitas pessoas assim infelizmente); mas aquele dar despretensioso e genuíno. Quantas vezes se julgam pessoas izendo que têm uma vida muito facilitada e, se prestarmos atenção, essa vida é o reflexo daquilo que a própria pessoa é! Felizmente, vivo com alguém assim. Dá, dá e nunca pede nada em troca.
;)

Beijocas

marcelo dalla disse...

Pois eu estou com a mente enevoada... Netuno faz quadratura com meu Mercúrio e Marte no mapa natal. Minha capacidade de iniciativa também está sob neblina? Pra se pensar... ou melhor, se meditar! Ando criando mandalas por conta disso. Abraço!

marcelo dalla disse...

A tempo: até o dia 31, Mercúrio faz oposição com Netuno, Quíron e Júpiter!

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Neptuno vai continuar enrolado a mim durante ainda muito mais tempo. Trânsitos de Neptuno com uma grande quantidade de planetas do meu mapa natal. No entanto, Júpiter e Úrano ajudam pois estão a fazer imensos contactos com os meus planetas natais. Há certos cuidados a tomar, mas terei de aguentar estes trânsitos todos. Aliás, já me senti bem pior, embora agora Júpiter, Úrano e Neptuno estejam retrógrados e os sintomas estejam a voltar como aqui há uns meses atrás. Altos e baixos que nós seres humanos temos de saber gerir. Todos nós passámos, ou passaremos por eles.

Tenha um dia feliz

IdoMind disse...

Querido António

Este artigo até faz parecer que a astrologia é simples. Fantástica a forma clara como transmite conceitos complexo.
Não fazia ideia que o Neptuno estava ligado ao carma, sempre pensei que seria Saturno.
Muito elucidativo.
Depois de ler o post fui ver e tenho Neptuno na casa 7, até 2010 vai estar sextil Quíron e Trígono a Vénus...Tenho esperança que isto seja uma coisa boa...mesmo.

Mil beijos António

angela disse...

Interessante, mas entendo quase nada. Você escreve de forma clar é que sou ignorante no assunto.
Beijos

Siala ap Maeve disse...

Um texto muito claro, Antonio, sobre o meu Planeta, que maravilha! :)
Eu tenho Neptuno Natal na casa III e em Sagitario, em quadratura com Vénus, em sextil com Jupiter e com Plutão, e em oposição a Saturno. Neste momento penso que transita na minha casa 6...será? Tenho que averiguar isto!
Ufff acho que estou no caminho certo...
Beijos meus

Dani disse...

Oi, António!
Obrigada pela mensagem. Caíram algumas fichas aqui. Estava estudando meu mapa estes dias e tinha me chamado a atenção justamente a conjunção do meu Sol, de Marte e Netuno na minha casa 7, e todos em quadratura com meu meio do céu e minha roda da fortuna em Peixes. Ao mesmo tempo que nas questões espirituais estou cada vez mais conectada, venho me sentido bloqueada e desvitalizada em várias áreas da vida na matéria. Tô vendo se descubro por onde trabalhar para que as coisas fluam melhor. Se tiver alguma dica... :)

Beijo,
Dani

António Rosa, José disse...

@Marise
@Marcelo
@Adelaide
@IdoMind
@Siala
@Dani

Estou feliz por este pequeno texto parecer ter ajudado de alguma maneira a terem reflectido sobre os vossos mapas. Habitualmente considera-se que é Saturno quem representa o carma, pois é aquele que sugere maiores desafios. No entanto, excepto Sol, Vénus e Júpiter que nos falam de dharma, os restantes reflectem de forma nítida o carma a vivenciarmos.

Teorias mais recentes já nem aceitam que se fale em carma, mas sim em «memórias cármicas». Pessoalmente, partilho estas ideias mais recentes.

Abraços e beijos

Violeta Encarnada disse...

oLÁ
Hoje vim aqui e deparei-me com uma imagem no lado direito que me fez saltar o coração. Tem a ver com uma fobia : em criança, muito criança, deitava fora a cabeça dos chocolates com figuras humanas porque, dizia eu, não queria ficar com duas cabeças. O tempo passou e aos 19 anos isso tornou-se numa verdadeira fobia, nem conseguia dormir às vezes. Já deve saber a que imagem me refiro.
E agora estou outra vez a pensar nisso. Se tivesse visto essa imagem há uns anitos atrás nem sei...
Este meu 'testemunho' não terá nada a ver com Neptuno, mas precisei desabafar a ver se a coisa passa de vez. Fui ao blogue, forcei-me a olhar a imagem, mas agora não consigo ir vê-la outra vez :) Tolices...
Sorry por não falar sobre o post.
Boa noite
Violeta Vermelha

Violeta Encarnada disse...

É o blogue "Palavras de Osho".

tereza disse...

Obrigada, como aprendi!!!
E como tenho Tanto a aprender.
Abraço

António Rosa, José disse...

@Violeta

Bom sinal: que está a superar muito bem.



@Tereza

Todos nós temos muito que aprender.


Beijos

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates