Dicionário Místico - Metraton

5 de julho de 2009 ·

Photobucket

Também conhecido como Metatron, Matretton, Mittron, Metaraon, Merraton. Nos escritos que não pertencem às escrituras, Metraton é um super anjo. O seu nome inclui o Rei dos Anjos, Príncipe da Face Divina, Anjo da Promissão e muitos outros. Ele liga o humano ao divino. É o Senhor dos Pesos e Medidas. O significado do seu nome é em si um mistério. Alguns pensam que o nome vem do latim metator ("guiar ou medir"); outros pensam que é apenas uma invenção judaica.

Quando é invocado, Metraton aparece como um pilar de fogo, ofuscante como o Sol. Em algumas fontes ele é visto como sendo mais poderoso do que Miguel. Muitos mitos rodeiam Metraton, incluindo que ele possa ter sido um mortal (o profeta Enoch) que se transformou em anjo, que agora funciona como um escriba oficial divino, que detém todos os segredos escritos e vigia tudo o que os humanos estão a fazer. Podem vê-lo como o criador e o bibliotecário dos escritos Akashi.

Em 'Key of Solomon', por S. Lidell MacGregor Mathers, o Primeiro Pentáculo do Sol — «O Semblante de Shaddai Todo-poderoso, a cuja presença todas as criaturas obedecem, e os Espíritos Angélicos fazem a reverência de joelho dobrado...» — é a representação de Metraton. Em volta do disco está escrito: «Contemplem a Sua face e forma pelas Quais todas as coisas se formaram, e pelas Quais todas as criaturas obedecem».

Embora seja apoiado por rabis, ocultistas e praticantes da alta magia e da magia cerimonial, Metraton é um espinho no lado dos católicos. Segundo uma das lendas, Metraton é o anunciador da verdade porque dá inspiração e conhecimento àqueles humanos que eram parecidos a ele antes da sua ascensão (Enoch).

Os católicos têm um problema com os humanos transformarem-se em anjos. Se nem querem ouvir falar em reencarnação. Pior do que isso, é alguns associarem Metraton a Satanás, insinuando que é um demónio sedento de sangue que tem prazer em destruir lentamente as pessoas desobedientes. Não será necessário dizer que os argumentos entre os padres e os rabis passam como bolas num jogo de ténis.

O que me parece mais interessante sobre Metraton é a associação com Shekinah, a versão hebraica da Shakti hindu, que é o lado feminino de Deus no humano, a Deusa, portanto. A criação do mundo é obra de Shekinah (de acordo com Zohar). O propósito da vida é juntar as duas metades, masculina e feminina, para criar um universo equilibrado. Ah, o princípio pagão! Quem diria!?

Shekinah é conhecida como «a glória que emana do divino» e representa a libertação. Muitos vêem-na como «o espírito divino». A associação do Espírito Santo como feminino ajuda a equilibrar a cura. Será o lado feminino da Trindade? No mito judaico, Shekinah está entre o criador e o humano. No Sabbath ela faz descer o seu véu da divindade sobre os crentes colectivos. No fim do dia ela volta ao seu lugar de/com a divindade.

Numa lenda, quando Adão e Eva perderam o Jardim do Éden, Shekinah permaneceu lá. Isto indica que os humanos se viraram para as ideias patriarcais e deixaram para trás as energias da Deusa Mãe. Outro mito indica que ela selou o seu destino com Adão e Eva e que deixou o Jardim de Éden com eles. Nas modernas teorias dos Mestres Ascensos quando se fala em «complemento divino», estamos a falar do outro lado da unidade: masculino e feminino.

O propósito do universo é reunir Metraton (o Criador) e Shekinah (a Criadora). Em Metraton e Shakinah vemos o conceito ancestral de Deus e Deusa. Pode ser por isto que os católicos em geral olhem com desdém para Metraton e Shekinah, já que o divino feminino foi colocado abaixo do poder patriarcal.

Correm rumores de que muitas das tarefas do Clã dos Sete é trazer as energias de Shekinah de volta para a humanidade, para que tudo possa estar em equilíbrio e harmonia.

Metraton alterna com Miguel, com quem é frequentemente identificado, como o maior de todos os anjos. Diz-se que é o Príncipe da Divina Paz, Chanceler do Céu, anjo da Aliança e o Jeová Menor (YHVH). É o anjo que mais protege a humanidade e rege a primeira esfera da Árvore da Vida.

É o anjo que guiou Israel no seu "Êxodo" através do deserto e diz-se que é o irmão gémeo de Sandalfon, o anjo que rege a Terra e a décima esfera, Malkuth, da Árvore da Vida.

Diz-se que é o autor do versículo 25 e do Salmo 37 e é quem instrui no Paraíso as alminhas dos bebés que morrem prematuramente.

Alguns dos possíveis setenta e oito nomes de Metraton

Eis alguns dos setenta e oito nomes do grande Arcanjo Metraton: Absannis, Adadiyah, Adrigon, Alaliyah, Amisiyah, Asasiah, Atropatos, Auzhaya, Batsran, Bibiyah, Binah, Duydevivyah, Ebed, Emekmiyahu, Estes, Eved, Geviriyah, Gippuyel, Halwaya, Hashesiyah, Hasmiyah, Iesaia, Itmon, Joel, Malmeliyah, Margash, Midrash, Naar, Ozah, Palpeltiyah, Pihon, Safkas, Sagnessagiel, Saktas, Sasnigiel YHVH, Sithriel, Tabkiel, Uvayah, Yahsiyah.

Texto que estava no baú. AR, 1996

64 comentários:

adriana disse...
5 de julho de 2009 às 20:44  

Que lindo...
Bem haja!

Samsara disse...
5 de julho de 2009 às 21:29  

Que Metraton te proteja e a todos nós.

Beijinhos

Dunyazade disse...
5 de julho de 2009 às 22:37  

Que fixe. Gostei de ler este texto.

Muito, muito interessante.

Carol disse...
5 de julho de 2009 às 23:05  

me lembrou Dogma :)

Fada Moranga disse...
6 de julho de 2009 às 09:58  

Shekinah Power!!! ;-)

Esse baú... é uma arca de tesouros!
Aprecio muito este tema. Um grande bem haja!

Beijo*deFada

Adelaide Figueiredo disse...
6 de julho de 2009 às 10:58  

António,

Artigo muito interessante!

Abraço

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:02  

Adriana

Ainda bem que viu assim. Tive sérias dúvidas em publicá-lo, pois andava por aqui nos rascunhos e não me decidia.

A&L

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:03  

Sam

Amen.

beijos

Rui Santos disse...
6 de julho de 2009 às 11:03  

Bom artigo, António

Abraço

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:04  

Dunyazade,

Muito obrigado. É um registo tão fora do que faço actualmente, que tive dúvida em publicar o post.

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:05  

Carol

'Dogma' - é algum livro ou filme? Conheço os dogmas da Igreja Católica, mas não creio que se esteja a referir a estes.

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:05  

Fada,

Shekinah Power.

kiss

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:07  

Rui

Muito obrigado, apesar de ser um artigo intensamente esotérico e ter estado com dúvidas sobre a sua publicação.

abraço.

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:09  

Adelaide

Obrigado pela opinião.

Notei até agora que é um artigo que não fomenta análise. Muito curioso - :)))

Estou a preparar um abaixo-assinado.

Rui Santos disse...
6 de julho de 2009 às 11:48  
Este comentário foi removido pelo autor.
António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 11:59  

Rui

:)

Nodo Norte.

Isa Grou disse...
6 de julho de 2009 às 12:06  

Olá António!

Maravilhoso post... e muito interessante..., obrigada António... é mais um aprendizado com você, viu!
Sabe... enquanto eu lia o seu artigo, me passou pela cabeça...
"puxa... seria tão bom se todos os seres humanos se respeitassem, compreendendo que todos os caminhos, por mais que seus anjos sejam de "nomes" diferentes podem ser o mesmo e chegam ao mesmo destino que é DEUS!"

Grande beijo.

Rui Santos disse...
6 de julho de 2009 às 12:18  

Obrigado pelo esclarecimento. Bem haja

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 12:45  

Querida Isa

Acho que a humanidade se está a encaminhar nesse sentido. Foram necessários estes tempos infindos para «começarmos» a aprender. A lição ainda não está completa. Mas chegaremos lá, disso não tenho dúvida.

beijo. muito obrigado.

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 12:47  

Rui

Foi um prazer.

jardim das alamandas disse...
6 de julho de 2009 às 12:50  

Post muito interessante !
Bom começo de semana para voce.
EDNA

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 13:02  

Edna

Muito obrigado. Uma boa semana para si, também.

Siala ap Maeve disse...
6 de julho de 2009 às 13:28  

Metatron é o anjo que há 3 meses me acompanha...de tal forma me saiu repetidamente na minha tiragem semanal do tarot dos Anjos que lhe reservei um lugar fixo no meu altar :) obrigada por este texto tão completo!
Beijos meus

Dunyazade disse...
6 de julho de 2009 às 13:33  

"É um registo tão fora do que faço actualmente, que tive dúvida em publicar o post."

António, um truque:

- em caso de dúvida, publique sempre ;)

Tenha um bom dia hoje!

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 13:44  

Siala

Que bom sentires que tens esse Grande Anjo como teu protector pessoal.

beijo

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 13:45  

Dunyazade

Obrigado pelo conselho. =)

Maria Paula Ribeiro disse...
6 de julho de 2009 às 14:58  

Viva António!

;) Muito, muito estranho este texto...
Pareceu-me conhecê-lo de algum lado...Devo ter lido nalgum sítio...
Qualquer das formas, Metraton é um nome sonante e lindo! :-)

Como iria a Fada, Um super anjo "Chique",
Chiquérrimo!!!!!

Kiss kiss

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 15:11  

Paula

Dizes que deves ter lido em algum sítio...

... se tiveste acesso ao meu blog-teste, terá sido daí.

Porque achas estranho o texto?

kiss

Maria Paula Ribeiro disse...
6 de julho de 2009 às 15:26  

António,

:-) Acesso ao tu blogue-teste, lol... Não sou nenhuma hacker!!!! :-)

Ontem li-o por alto, a noitinha... fiquei a penar nele, se calhar até sonhei, no idea. Mas que não é nada estranho não...
Se calhar foi por causa do cinema!!!!
Mas vou relê-lo mais logo, mais concentrada a ver o que tiro dai,
Mas os nomes "Metraton, Enoch e Akashi" são nomes quase "familiares", ;(((((

Devo ter sonhado, só pode... Até mais logo, então. Kiss kiss

guntty disse...
6 de julho de 2009 às 15:31  

Interessante este texto. Fez-me lembrar de uma experiência de sintonização minha... cerca de 2 anos atrás.

Nessa situação estava naquele impulso criativo através das imagens digitais, na altura pouco trabalhava no photoshop, mas sentei-me e começei a desenhar qualquer coisa. No final, olhei para a imagem e fiquei uns segundos a olha-la pois precisava de um titulo. Veio-me à cabeça Shekinah. Não fazia ideia do que era mas soou-me bem e pus. Só passado algum tempo, tive conhecimento que esse nome realmente existia e que estava ligado à Energia Feminina, à Deusa. Entrei em choque lol.

O mais curioso é que essa imagem representa (vim a entender depois), uma questão dual, de um lado shekinah, do outro metraton.
É uma imagem bastante abstracta, representa eventualmente algo ligado aos corpos de luz... eu próprio não sei.

Este texto veio agora despertar again essa situação. =))

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 15:40  

Paula

Não é preciso ser hacker para se aceder a um blogue bloqueado ao público. É mais simples do que imaginas. Às vezes, basta apenas uma simples pesquisa no Google.

Os nomes Metraton e Enoch são usados há mais de 4.000 anos em diversos idiomas.

O nome 'Akashi' é muito corrente quando se fala em 'registo akashico' - é a mesma coisa.

diverti-me com os teus comentários.

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 15:42  

Guntty

Que sintonia. Se te vieram esses 'recuerdos', talvez valha a pena 'olhares' de novo para essa ilustração. Quem sabe se não quer dialogar contigo.

abraço

guntty disse...
6 de julho de 2009 às 15:57  

António :)

Pois, a imagem chamou-me, fui voltar a olhar para ela... e mexeu... terei que me voltar a sintonizar com ela.

=))

Abraço

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 16:05  

Guntty

=)

Quando nos acenam assim...

marcelo dalla disse...
6 de julho de 2009 às 17:55  

Olá meu amigo, também gostei imenso!! (Nao é assim q vcs dizem? adotei a expressão) Estava em dúvida de publicá-lo? Que Metraton nos envie sua luz, cada vez mais! abraço

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 18:08  

Marcelo

É assim mesmo que dizemos: 'gostei imenso' - 'é imenso!' - etc. Aprecio imenso quando vc usa as nossas expressões.

Quanto a Metraton, tenho sempre muito cuidado quando envolvo o nome dele. Tenho imenso respeitinho, sabe?

Não é um simples anjo. Nem sequer o anjo que está na fronteira entre o que é divino e o que é terrestre. É só o Anjo que está na exacta fronteira entre aquilo que no seu artigo vc chamou de 'Sol Central' e... todo o universo.

Abraço

Astrid Annabelle disse...
6 de julho de 2009 às 18:58  

António!
Desde que publicou sobre este Anjo fantástico já estive várias vezes por aqui...somente agora pude sentar e ler de fato seu texto.
Sabe, quando lidamos coma energias superiores tudo isso é tão familiar, mas ao mesmo tempo sem interpretação pelo lado racional humano.
São lindas as sensações ao entrarmos em contato com as freqüências angelicais...e você está de parabéns ao trazer isso à público!
Gostei muito...
Um beijo.
Astrid Annabelle

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 19:12  

Astrid,

Aos outros anjos - a todos -, tenho o hábito de tratar por tu, que em Portugal significa um plano de igualdade, ou então, uma forma dos mais velhos tratarem os mais novos. Como eu sou um Antigo, trato-os por tu.

Mas a Metraton, trato-o sempre por 'Senhor'.

Pois!

Shin Tau disse...
6 de julho de 2009 às 22:35  

António,

simplesmente divino! Obrigada, obrigada, obrigada!!!!

Ainda bem que foste tu a escrevê-lo, não faria melhor, principalmente porque aprendi IMENSO sobre ele!
Bem-hajas por o teres publicado!!!!

Beijocas mil

António Rosa, José disse...
6 de julho de 2009 às 22:41  

Shin Tau

Agora posso dizê-lo publicamente: este post é dedicado a ti, pois foi publicado com essa intenção. Não digo que foi escrito, porque já lá estava no meu baú. Mas foi 'limpo' e 'editado'.

Beijo

Fátima disse...
6 de julho de 2009 às 23:06  

António, o seu blog é tão interessante que um dia destes hei-de arranjar tempo para o ler de ponta a ponta. Adoro! Beijos e mais uma vez parabéns por este blog magnifico.

marcelo dalla disse...
6 de julho de 2009 às 23:07  

hehehe gostei do "imenso respeitinho". Mas só de pensar no tamanho do poder e da glória e a magnitude desse ANJO me dá arrepios. Bem haja! (outra expressão que eu adoro)

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de julho de 2009 às 00:38  

António,

Este teus artigos tiram-me do sono, mesmo... Pena que só sai um de vez em quando e "perco-me".
Esclarece-me uma coisa,se faz favor,
"muitas das tarefas do Clã dos Sete" podes dizer quem são estes 7? 7 super-universos? que falaste há uns tempos atrás?
"detém todos os segredos escritos e vigia tudo o que os humanos estão a fazer." é o criador de Nebadon? Ou a ponte entre Nebadon e Havona???? ou Nebadon e Ovorton???

São tantos nomes e tão esquisitos... Não se podiam chamar de Maria, João, José e se houvesse mais seria Maria I, II, III ou outros....

Enfim... O que é mais engraçado nesta confusão toda, é esta hierarquia celestial. Para mim confusa pois nem percebo ainda direito a hierarquia terrestre quanto mais no Céu que é infinitamente maior...

Podias publicar mais...
:) Boa noite e de certo que vou sonhar com isto! :-) Kiss
(Tens cada "coelho" na cartola!!!!)

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 07:39  

Fátima

Os seus blogues também são muito interessantes. Venha sempre. Beijo.

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 07:40  

Marcelo,

:)))

é isso - arrepios. e de que maneira.

abraço.

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 08:48  

Olá Paula,

Não pretendo tirar-te o sono com estes artigos, pois são inofensivos. :))))))

muitas das tarefas do Clã dos Sete" podes dizer quem são estes 7? 7 super-universos?

A tradição chama de 'Anciãos dos Dias' a esse 7. Outras tradições falam em Príncipes da Divina Presença. Adaptando à nossa realidade de entendimento, eu charia a esse grupo como sendo um 'conselho de sábios'. Estamos a falar da Corte Celeste, pelo que não se referem aos 7 super-universos.

Não devemos esquecer que estas Tradições são tão antigas e representam a visão que as na época as pessoas tinham. Hoje fala-se em física quântica, em coração quântico. Naquele tempo, a linguagem era outra. De alguma maneira, é uma linguagem mais narrativa e que incute no ser humano uma compreensão maior. A linguagem quântica de hoje não é narrativa, pelo que o entendimento do que se diz fica-se mais na abstracção. São poucos os bloguistas que conseguem fazer a ponte entre essa abstracção e o entendimento humano. Os blogues da Adriana são um exemplo perfeito de como se pode falar do quântico com entendimento do ser humano comum.

Perguntas se Metraton é o criador de Nebadon. Não, Paula. O Criador de Nebadon (o nosso universo físico) usa o nome de Micah.

Metraton supostamente está na fronteira entre Havona e todos os outros superuniversos. Por isso é chamado de Senhor dos Pesos e Medidas.

São nomes muito antigos. De origem hebraica.

Acho sinceramente que não é preciso entender a hierarquia celeste, para fazermos funcionar a nossa fé. Até porque hoje possuímos conhecimentos que não havia então.

Vou publicar mais, de vez em quando. Por exemplo, tenho um post sobre o Profeta Enoch preparado para sair, só que ainda não escolhi a data.

Não te percas muito com estes conceitos. Aguçam a mente. Usa o coração.

Beijo

Marise Catrine disse...
7 de julho de 2009 às 10:39  

My sweet teacher,

Há algum tempo, nas minhas pesquisas pela net, esbarrei com este nome. Fiquei seduzida por ele (talvez por me lembrar um nome de alguns bonecosa animados de infância LOL!), mas tinha pouco informação sobre o mesmo.
Era referenciado como um anjo poderoso e pouco mais.
Foi bom saber algo consistente sobre o mesmo.

Obrigada,

Beijocas

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 10:57  

Marise

Imagina que as nossas diferenças de idade levam-me a nem sequer saber que bonecos animados te referes. lol

beijinho

FadaMoranga disse...
7 de julho de 2009 às 11:30  

António, eu tenho que confessar uma coisa:
cada vez que vejo o nome Micah penso logo em pudim instantaneo... Nunca falha!

Fazer o quê...

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 11:39  

Fada

Nada a fazer. Há pudins instantâneos saborosos.

Micah parece-me um nome bonito. :)

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de julho de 2009 às 12:17  

António,

"tenho um post sobre o Profeta Enoch preparado ",

Vou gostar de conhecer o profeta "colega" do meu profeta Bandarra!!!!

Fada,
Micah, é tão lindo e tão forte que só de pronunciar, desperta vibrações cá dentro! :-)

Metraton, "Senhor dos Pesos e Medidas"
Isto é mesmo confuso, falar de pesos e medidas num mundo multidimensional...

Um dia vou gostar de o conhecer!:-)

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 12:28  

Paula

Achas que no 'mundo multidimensional', como lhe chamas, não há matéria?

E os outros planetas e sistemas estelares? :)

O 'pesos e medidas' é por causa da matéria. A nossa matéria é de 3 dimensões em mudança. E os outros planetas?

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de julho de 2009 às 12:36  

:-)))

Os pormenores que tu sabes!

Bem, acho que me fico à espera de outro post...Sinto-me uma formiga no meio disto!

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 12:54  

Paula

As perguntas que te fiz, foram dirigidas a mim próprio. O livro de reclamações foi aberto. Podes colaborar?

Maria Paula Ribeiro disse...
7 de julho de 2009 às 13:03  

Ai António!!!

Vais ter de aguardar!!!:-) Hoje estou particularmente virada para reclamar!!!
E como.... ;((((
Depois de tomar litradas de chá de camomila, fá-lo-ei! Neste momento não seria apropriado...

Algum pedido de colaboração que tenhas feito e que não tenha participado????

Mas fica aqui uma deixa...
Porque não te ouves a ti próprio mais vezes e dás tanta importância ao que os outros dizem (em relação ao teu blogue?)
E não acho pesado...
Talvez aquela cena de "abrir mais" é um pouco chata, confesso... mas de resto creio que tens mais do que potencial para seguires o teus instintos!

Eu não te disse que preciso beber chá???? Kiss, kiss

adriana disse...
7 de julho de 2009 às 13:32  

António,
Bem haja pela referência!
:)

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 13:35  

Paula

Sim, estás a precisar de beber chá. Não sei se isso te vai acalmar. A mim, esses chás não surtem o efeito desejado.

Porque não te ouves a ti próprio mais vezes e dás tanta importância ao que os outros dizem (em relação ao teu blogue?)

Achei divertido o teu comentário.

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 14:01  

Adriana

Demorei a entender. :))

Marise Catrine disse...
7 de julho de 2009 às 14:27  

Hihihihi,
Eu adoro desenhos animados, tudo e mais alguma coisa me faz lembrar alguma animação qualquer.
Era os "Transformers". Na altura havi o "Megatron" (penso que era um dos maus mas estou certa, se bem que estes bonequitos viraram moda novamente).;)Beijocas

António Rosa, José disse...
7 de julho de 2009 às 14:36  

Marise

Conheço os Transformers. Até usei uma das ilustrações deles num dos posts recentes. Obrigado.

Susana Belo disse...
8 de julho de 2009 às 17:53  

Gostei muito deste post. Sintetizou uma série de informações importantes, de uma forma "fácil" e agradável.

Parabéns e não receie em publicar mais posts "nesta linha"... :) É um prazer para quem lê.

António Rosa, José disse...
8 de julho de 2009 às 18:41  

Susana

Muito obrigado pela energia e apoio.

Abraço

HAZEL disse...
15 de julho de 2009 às 23:26  

Muito interessante e profundo.

Há algum tempo que ando com uma dúvida, mas pelo excesso de informação que existe na internet, nem vale a pena pesquisar sobre isso, pois as respostas certamente irão divergir.

E, ao ler este post, percebi logo que lhe posso perguntar a si aquilo que tenho curiosidade em saber:

- Maria, a mãe de Jesus, era judia ou pagã?

António Rosa, José disse...
16 de julho de 2009 às 09:05  

Hazel

A mãe e o pai de Jesus (primos afastados entre si) eram judíos e descendentes da Casa de David.

Não se esqueça da perseguição dos romanos às crianças primogénitas do povo judeu e, por isso, os pais de Jesus se terem afastado para que a criança pudesse sobreviver.

Grato com abraço

5 de julho de 2009

Dicionário Místico - Metraton

Photobucket

Também conhecido como Metatron, Matretton, Mittron, Metaraon, Merraton. Nos escritos que não pertencem às escrituras, Metraton é um super anjo. O seu nome inclui o Rei dos Anjos, Príncipe da Face Divina, Anjo da Promissão e muitos outros. Ele liga o humano ao divino. É o Senhor dos Pesos e Medidas. O significado do seu nome é em si um mistério. Alguns pensam que o nome vem do latim metator ("guiar ou medir"); outros pensam que é apenas uma invenção judaica.

Quando é invocado, Metraton aparece como um pilar de fogo, ofuscante como o Sol. Em algumas fontes ele é visto como sendo mais poderoso do que Miguel. Muitos mitos rodeiam Metraton, incluindo que ele possa ter sido um mortal (o profeta Enoch) que se transformou em anjo, que agora funciona como um escriba oficial divino, que detém todos os segredos escritos e vigia tudo o que os humanos estão a fazer. Podem vê-lo como o criador e o bibliotecário dos escritos Akashi.

Em 'Key of Solomon', por S. Lidell MacGregor Mathers, o Primeiro Pentáculo do Sol — «O Semblante de Shaddai Todo-poderoso, a cuja presença todas as criaturas obedecem, e os Espíritos Angélicos fazem a reverência de joelho dobrado...» — é a representação de Metraton. Em volta do disco está escrito: «Contemplem a Sua face e forma pelas Quais todas as coisas se formaram, e pelas Quais todas as criaturas obedecem».

Embora seja apoiado por rabis, ocultistas e praticantes da alta magia e da magia cerimonial, Metraton é um espinho no lado dos católicos. Segundo uma das lendas, Metraton é o anunciador da verdade porque dá inspiração e conhecimento àqueles humanos que eram parecidos a ele antes da sua ascensão (Enoch).

Os católicos têm um problema com os humanos transformarem-se em anjos. Se nem querem ouvir falar em reencarnação. Pior do que isso, é alguns associarem Metraton a Satanás, insinuando que é um demónio sedento de sangue que tem prazer em destruir lentamente as pessoas desobedientes. Não será necessário dizer que os argumentos entre os padres e os rabis passam como bolas num jogo de ténis.

O que me parece mais interessante sobre Metraton é a associação com Shekinah, a versão hebraica da Shakti hindu, que é o lado feminino de Deus no humano, a Deusa, portanto. A criação do mundo é obra de Shekinah (de acordo com Zohar). O propósito da vida é juntar as duas metades, masculina e feminina, para criar um universo equilibrado. Ah, o princípio pagão! Quem diria!?

Shekinah é conhecida como «a glória que emana do divino» e representa a libertação. Muitos vêem-na como «o espírito divino». A associação do Espírito Santo como feminino ajuda a equilibrar a cura. Será o lado feminino da Trindade? No mito judaico, Shekinah está entre o criador e o humano. No Sabbath ela faz descer o seu véu da divindade sobre os crentes colectivos. No fim do dia ela volta ao seu lugar de/com a divindade.

Numa lenda, quando Adão e Eva perderam o Jardim do Éden, Shekinah permaneceu lá. Isto indica que os humanos se viraram para as ideias patriarcais e deixaram para trás as energias da Deusa Mãe. Outro mito indica que ela selou o seu destino com Adão e Eva e que deixou o Jardim de Éden com eles. Nas modernas teorias dos Mestres Ascensos quando se fala em «complemento divino», estamos a falar do outro lado da unidade: masculino e feminino.

O propósito do universo é reunir Metraton (o Criador) e Shekinah (a Criadora). Em Metraton e Shakinah vemos o conceito ancestral de Deus e Deusa. Pode ser por isto que os católicos em geral olhem com desdém para Metraton e Shekinah, já que o divino feminino foi colocado abaixo do poder patriarcal.

Correm rumores de que muitas das tarefas do Clã dos Sete é trazer as energias de Shekinah de volta para a humanidade, para que tudo possa estar em equilíbrio e harmonia.

Metraton alterna com Miguel, com quem é frequentemente identificado, como o maior de todos os anjos. Diz-se que é o Príncipe da Divina Paz, Chanceler do Céu, anjo da Aliança e o Jeová Menor (YHVH). É o anjo que mais protege a humanidade e rege a primeira esfera da Árvore da Vida.

É o anjo que guiou Israel no seu "Êxodo" através do deserto e diz-se que é o irmão gémeo de Sandalfon, o anjo que rege a Terra e a décima esfera, Malkuth, da Árvore da Vida.

Diz-se que é o autor do versículo 25 e do Salmo 37 e é quem instrui no Paraíso as alminhas dos bebés que morrem prematuramente.

Alguns dos possíveis setenta e oito nomes de Metraton

Eis alguns dos setenta e oito nomes do grande Arcanjo Metraton: Absannis, Adadiyah, Adrigon, Alaliyah, Amisiyah, Asasiah, Atropatos, Auzhaya, Batsran, Bibiyah, Binah, Duydevivyah, Ebed, Emekmiyahu, Estes, Eved, Geviriyah, Gippuyel, Halwaya, Hashesiyah, Hasmiyah, Iesaia, Itmon, Joel, Malmeliyah, Margash, Midrash, Naar, Ozah, Palpeltiyah, Pihon, Safkas, Sagnessagiel, Saktas, Sasnigiel YHVH, Sithriel, Tabkiel, Uvayah, Yahsiyah.

Texto que estava no baú. AR, 1996

64 comentários:

adriana disse...

Que lindo...
Bem haja!

Samsara disse...

Que Metraton te proteja e a todos nós.

Beijinhos

Dunyazade disse...

Que fixe. Gostei de ler este texto.

Muito, muito interessante.

Carol disse...

me lembrou Dogma :)

Fada Moranga disse...

Shekinah Power!!! ;-)

Esse baú... é uma arca de tesouros!
Aprecio muito este tema. Um grande bem haja!

Beijo*deFada

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Artigo muito interessante!

Abraço

António Rosa, José disse...

Adriana

Ainda bem que viu assim. Tive sérias dúvidas em publicá-lo, pois andava por aqui nos rascunhos e não me decidia.

A&L

António Rosa, José disse...

Sam

Amen.

beijos

Rui Santos disse...

Bom artigo, António

Abraço

António Rosa, José disse...

Dunyazade,

Muito obrigado. É um registo tão fora do que faço actualmente, que tive dúvida em publicar o post.

António Rosa, José disse...

Carol

'Dogma' - é algum livro ou filme? Conheço os dogmas da Igreja Católica, mas não creio que se esteja a referir a estes.

António Rosa, José disse...

Fada,

Shekinah Power.

kiss

António Rosa, José disse...

Rui

Muito obrigado, apesar de ser um artigo intensamente esotérico e ter estado com dúvidas sobre a sua publicação.

abraço.

António Rosa, José disse...

Adelaide

Obrigado pela opinião.

Notei até agora que é um artigo que não fomenta análise. Muito curioso - :)))

Estou a preparar um abaixo-assinado.

Rui Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Rosa, José disse...

Rui

:)

Nodo Norte.

Isa Grou disse...

Olá António!

Maravilhoso post... e muito interessante..., obrigada António... é mais um aprendizado com você, viu!
Sabe... enquanto eu lia o seu artigo, me passou pela cabeça...
"puxa... seria tão bom se todos os seres humanos se respeitassem, compreendendo que todos os caminhos, por mais que seus anjos sejam de "nomes" diferentes podem ser o mesmo e chegam ao mesmo destino que é DEUS!"

Grande beijo.

Rui Santos disse...

Obrigado pelo esclarecimento. Bem haja

António Rosa, José disse...

Querida Isa

Acho que a humanidade se está a encaminhar nesse sentido. Foram necessários estes tempos infindos para «começarmos» a aprender. A lição ainda não está completa. Mas chegaremos lá, disso não tenho dúvida.

beijo. muito obrigado.

António Rosa, José disse...

Rui

Foi um prazer.

jardim das alamandas disse...

Post muito interessante !
Bom começo de semana para voce.
EDNA

António Rosa, José disse...

Edna

Muito obrigado. Uma boa semana para si, também.

Siala ap Maeve disse...

Metatron é o anjo que há 3 meses me acompanha...de tal forma me saiu repetidamente na minha tiragem semanal do tarot dos Anjos que lhe reservei um lugar fixo no meu altar :) obrigada por este texto tão completo!
Beijos meus

Dunyazade disse...

"É um registo tão fora do que faço actualmente, que tive dúvida em publicar o post."

António, um truque:

- em caso de dúvida, publique sempre ;)

Tenha um bom dia hoje!

António Rosa, José disse...

Siala

Que bom sentires que tens esse Grande Anjo como teu protector pessoal.

beijo

António Rosa, José disse...

Dunyazade

Obrigado pelo conselho. =)

Maria Paula Ribeiro disse...

Viva António!

;) Muito, muito estranho este texto...
Pareceu-me conhecê-lo de algum lado...Devo ter lido nalgum sítio...
Qualquer das formas, Metraton é um nome sonante e lindo! :-)

Como iria a Fada, Um super anjo "Chique",
Chiquérrimo!!!!!

Kiss kiss

António Rosa, José disse...

Paula

Dizes que deves ter lido em algum sítio...

... se tiveste acesso ao meu blog-teste, terá sido daí.

Porque achas estranho o texto?

kiss

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

:-) Acesso ao tu blogue-teste, lol... Não sou nenhuma hacker!!!! :-)

Ontem li-o por alto, a noitinha... fiquei a penar nele, se calhar até sonhei, no idea. Mas que não é nada estranho não...
Se calhar foi por causa do cinema!!!!
Mas vou relê-lo mais logo, mais concentrada a ver o que tiro dai,
Mas os nomes "Metraton, Enoch e Akashi" são nomes quase "familiares", ;(((((

Devo ter sonhado, só pode... Até mais logo, então. Kiss kiss

guntty disse...

Interessante este texto. Fez-me lembrar de uma experiência de sintonização minha... cerca de 2 anos atrás.

Nessa situação estava naquele impulso criativo através das imagens digitais, na altura pouco trabalhava no photoshop, mas sentei-me e começei a desenhar qualquer coisa. No final, olhei para a imagem e fiquei uns segundos a olha-la pois precisava de um titulo. Veio-me à cabeça Shekinah. Não fazia ideia do que era mas soou-me bem e pus. Só passado algum tempo, tive conhecimento que esse nome realmente existia e que estava ligado à Energia Feminina, à Deusa. Entrei em choque lol.

O mais curioso é que essa imagem representa (vim a entender depois), uma questão dual, de um lado shekinah, do outro metraton.
É uma imagem bastante abstracta, representa eventualmente algo ligado aos corpos de luz... eu próprio não sei.

Este texto veio agora despertar again essa situação. =))

António Rosa, José disse...

Paula

Não é preciso ser hacker para se aceder a um blogue bloqueado ao público. É mais simples do que imaginas. Às vezes, basta apenas uma simples pesquisa no Google.

Os nomes Metraton e Enoch são usados há mais de 4.000 anos em diversos idiomas.

O nome 'Akashi' é muito corrente quando se fala em 'registo akashico' - é a mesma coisa.

diverti-me com os teus comentários.

António Rosa, José disse...

Guntty

Que sintonia. Se te vieram esses 'recuerdos', talvez valha a pena 'olhares' de novo para essa ilustração. Quem sabe se não quer dialogar contigo.

abraço

guntty disse...

António :)

Pois, a imagem chamou-me, fui voltar a olhar para ela... e mexeu... terei que me voltar a sintonizar com ela.

=))

Abraço

António Rosa, José disse...

Guntty

=)

Quando nos acenam assim...

marcelo dalla disse...

Olá meu amigo, também gostei imenso!! (Nao é assim q vcs dizem? adotei a expressão) Estava em dúvida de publicá-lo? Que Metraton nos envie sua luz, cada vez mais! abraço

António Rosa, José disse...

Marcelo

É assim mesmo que dizemos: 'gostei imenso' - 'é imenso!' - etc. Aprecio imenso quando vc usa as nossas expressões.

Quanto a Metraton, tenho sempre muito cuidado quando envolvo o nome dele. Tenho imenso respeitinho, sabe?

Não é um simples anjo. Nem sequer o anjo que está na fronteira entre o que é divino e o que é terrestre. É só o Anjo que está na exacta fronteira entre aquilo que no seu artigo vc chamou de 'Sol Central' e... todo o universo.

Abraço

Astrid Annabelle disse...

António!
Desde que publicou sobre este Anjo fantástico já estive várias vezes por aqui...somente agora pude sentar e ler de fato seu texto.
Sabe, quando lidamos coma energias superiores tudo isso é tão familiar, mas ao mesmo tempo sem interpretação pelo lado racional humano.
São lindas as sensações ao entrarmos em contato com as freqüências angelicais...e você está de parabéns ao trazer isso à público!
Gostei muito...
Um beijo.
Astrid Annabelle

António Rosa, José disse...

Astrid,

Aos outros anjos - a todos -, tenho o hábito de tratar por tu, que em Portugal significa um plano de igualdade, ou então, uma forma dos mais velhos tratarem os mais novos. Como eu sou um Antigo, trato-os por tu.

Mas a Metraton, trato-o sempre por 'Senhor'.

Pois!

Shin Tau disse...

António,

simplesmente divino! Obrigada, obrigada, obrigada!!!!

Ainda bem que foste tu a escrevê-lo, não faria melhor, principalmente porque aprendi IMENSO sobre ele!
Bem-hajas por o teres publicado!!!!

Beijocas mil

António Rosa, José disse...

Shin Tau

Agora posso dizê-lo publicamente: este post é dedicado a ti, pois foi publicado com essa intenção. Não digo que foi escrito, porque já lá estava no meu baú. Mas foi 'limpo' e 'editado'.

Beijo

Fátima disse...

António, o seu blog é tão interessante que um dia destes hei-de arranjar tempo para o ler de ponta a ponta. Adoro! Beijos e mais uma vez parabéns por este blog magnifico.

marcelo dalla disse...

hehehe gostei do "imenso respeitinho". Mas só de pensar no tamanho do poder e da glória e a magnitude desse ANJO me dá arrepios. Bem haja! (outra expressão que eu adoro)

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

Este teus artigos tiram-me do sono, mesmo... Pena que só sai um de vez em quando e "perco-me".
Esclarece-me uma coisa,se faz favor,
"muitas das tarefas do Clã dos Sete" podes dizer quem são estes 7? 7 super-universos? que falaste há uns tempos atrás?
"detém todos os segredos escritos e vigia tudo o que os humanos estão a fazer." é o criador de Nebadon? Ou a ponte entre Nebadon e Havona???? ou Nebadon e Ovorton???

São tantos nomes e tão esquisitos... Não se podiam chamar de Maria, João, José e se houvesse mais seria Maria I, II, III ou outros....

Enfim... O que é mais engraçado nesta confusão toda, é esta hierarquia celestial. Para mim confusa pois nem percebo ainda direito a hierarquia terrestre quanto mais no Céu que é infinitamente maior...

Podias publicar mais...
:) Boa noite e de certo que vou sonhar com isto! :-) Kiss
(Tens cada "coelho" na cartola!!!!)

António Rosa, José disse...

Fátima

Os seus blogues também são muito interessantes. Venha sempre. Beijo.

António Rosa, José disse...

Marcelo,

:)))

é isso - arrepios. e de que maneira.

abraço.

António Rosa, José disse...

Olá Paula,

Não pretendo tirar-te o sono com estes artigos, pois são inofensivos. :))))))

muitas das tarefas do Clã dos Sete" podes dizer quem são estes 7? 7 super-universos?

A tradição chama de 'Anciãos dos Dias' a esse 7. Outras tradições falam em Príncipes da Divina Presença. Adaptando à nossa realidade de entendimento, eu charia a esse grupo como sendo um 'conselho de sábios'. Estamos a falar da Corte Celeste, pelo que não se referem aos 7 super-universos.

Não devemos esquecer que estas Tradições são tão antigas e representam a visão que as na época as pessoas tinham. Hoje fala-se em física quântica, em coração quântico. Naquele tempo, a linguagem era outra. De alguma maneira, é uma linguagem mais narrativa e que incute no ser humano uma compreensão maior. A linguagem quântica de hoje não é narrativa, pelo que o entendimento do que se diz fica-se mais na abstracção. São poucos os bloguistas que conseguem fazer a ponte entre essa abstracção e o entendimento humano. Os blogues da Adriana são um exemplo perfeito de como se pode falar do quântico com entendimento do ser humano comum.

Perguntas se Metraton é o criador de Nebadon. Não, Paula. O Criador de Nebadon (o nosso universo físico) usa o nome de Micah.

Metraton supostamente está na fronteira entre Havona e todos os outros superuniversos. Por isso é chamado de Senhor dos Pesos e Medidas.

São nomes muito antigos. De origem hebraica.

Acho sinceramente que não é preciso entender a hierarquia celeste, para fazermos funcionar a nossa fé. Até porque hoje possuímos conhecimentos que não havia então.

Vou publicar mais, de vez em quando. Por exemplo, tenho um post sobre o Profeta Enoch preparado para sair, só que ainda não escolhi a data.

Não te percas muito com estes conceitos. Aguçam a mente. Usa o coração.

Beijo

Marise Catrine disse...

My sweet teacher,

Há algum tempo, nas minhas pesquisas pela net, esbarrei com este nome. Fiquei seduzida por ele (talvez por me lembrar um nome de alguns bonecosa animados de infância LOL!), mas tinha pouco informação sobre o mesmo.
Era referenciado como um anjo poderoso e pouco mais.
Foi bom saber algo consistente sobre o mesmo.

Obrigada,

Beijocas

António Rosa, José disse...

Marise

Imagina que as nossas diferenças de idade levam-me a nem sequer saber que bonecos animados te referes. lol

beijinho

FadaMoranga disse...

António, eu tenho que confessar uma coisa:
cada vez que vejo o nome Micah penso logo em pudim instantaneo... Nunca falha!

Fazer o quê...

António Rosa, José disse...

Fada

Nada a fazer. Há pudins instantâneos saborosos.

Micah parece-me um nome bonito. :)

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

"tenho um post sobre o Profeta Enoch preparado ",

Vou gostar de conhecer o profeta "colega" do meu profeta Bandarra!!!!

Fada,
Micah, é tão lindo e tão forte que só de pronunciar, desperta vibrações cá dentro! :-)

Metraton, "Senhor dos Pesos e Medidas"
Isto é mesmo confuso, falar de pesos e medidas num mundo multidimensional...

Um dia vou gostar de o conhecer!:-)

António Rosa, José disse...

Paula

Achas que no 'mundo multidimensional', como lhe chamas, não há matéria?

E os outros planetas e sistemas estelares? :)

O 'pesos e medidas' é por causa da matéria. A nossa matéria é de 3 dimensões em mudança. E os outros planetas?

Maria Paula Ribeiro disse...

:-)))

Os pormenores que tu sabes!

Bem, acho que me fico à espera de outro post...Sinto-me uma formiga no meio disto!

António Rosa, José disse...

Paula

As perguntas que te fiz, foram dirigidas a mim próprio. O livro de reclamações foi aberto. Podes colaborar?

Maria Paula Ribeiro disse...

Ai António!!!

Vais ter de aguardar!!!:-) Hoje estou particularmente virada para reclamar!!!
E como.... ;((((
Depois de tomar litradas de chá de camomila, fá-lo-ei! Neste momento não seria apropriado...

Algum pedido de colaboração que tenhas feito e que não tenha participado????

Mas fica aqui uma deixa...
Porque não te ouves a ti próprio mais vezes e dás tanta importância ao que os outros dizem (em relação ao teu blogue?)
E não acho pesado...
Talvez aquela cena de "abrir mais" é um pouco chata, confesso... mas de resto creio que tens mais do que potencial para seguires o teus instintos!

Eu não te disse que preciso beber chá???? Kiss, kiss

adriana disse...

António,
Bem haja pela referência!
:)

António Rosa, José disse...

Paula

Sim, estás a precisar de beber chá. Não sei se isso te vai acalmar. A mim, esses chás não surtem o efeito desejado.

Porque não te ouves a ti próprio mais vezes e dás tanta importância ao que os outros dizem (em relação ao teu blogue?)

Achei divertido o teu comentário.

António Rosa, José disse...

Adriana

Demorei a entender. :))

Marise Catrine disse...

Hihihihi,
Eu adoro desenhos animados, tudo e mais alguma coisa me faz lembrar alguma animação qualquer.
Era os "Transformers". Na altura havi o "Megatron" (penso que era um dos maus mas estou certa, se bem que estes bonequitos viraram moda novamente).;)Beijocas

António Rosa, José disse...

Marise

Conheço os Transformers. Até usei uma das ilustrações deles num dos posts recentes. Obrigado.

Susana Belo disse...

Gostei muito deste post. Sintetizou uma série de informações importantes, de uma forma "fácil" e agradável.

Parabéns e não receie em publicar mais posts "nesta linha"... :) É um prazer para quem lê.

António Rosa, José disse...

Susana

Muito obrigado pela energia e apoio.

Abraço

HAZEL disse...

Muito interessante e profundo.

Há algum tempo que ando com uma dúvida, mas pelo excesso de informação que existe na internet, nem vale a pena pesquisar sobre isso, pois as respostas certamente irão divergir.

E, ao ler este post, percebi logo que lhe posso perguntar a si aquilo que tenho curiosidade em saber:

- Maria, a mãe de Jesus, era judia ou pagã?

António Rosa, José disse...

Hazel

A mãe e o pai de Jesus (primos afastados entre si) eram judíos e descendentes da Casa de David.

Não se esqueça da perseguição dos romanos às crianças primogénitas do povo judeu e, por isso, os pais de Jesus se terem afastado para que a criança pudesse sobreviver.

Grato com abraço

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates