Avatar Espiritual

20 de julho de 2009 ·

covadourso

«Entretanto, todos os Avatares ou Salvadores mundiais expressam dois incentivos básicos: a necessidade de Deus de fazer contato com a humanidade e relacionar-se com os homens, e a necessidade que tem a humanidade de entrar em contato com a divindade e ser ajudada e compreendida por ela. Sujeitos a estes incentivos, todos os verdadeiros Avatares são, portanto, intermediários divinos.

Podem atuar desta maneira, porque já se emanciparam, inteiramente, de toda limitação e sentimento de egoísmo e separatividade; de vez que já não são, conforme os padrões humanos comuns, o centro dramático de Suas vidas, como o somos, em maioria. Quando atingem essa etapa de descentralização espiritual, podem converter-se em acontecimentos na vida de nosso planeta; todos os olhos podem dirigir suas vistas para Eles e todos os homens podem ser por Eles influenciados.

Por isso, um Avatar ou um Cristo aparece por duas razões: uma, a Causa incógnita e inescrutável que O impele a fazê-lo, e a outra, a demanda ou invocação da própria humanidade. Um Avatar é, por conseguinte, um acontecimento espiritual, que ocorre para produzir grandes mudanças e restaurações, a fim de inaugurar uma nova civilização ou restabelecer "antigas demarcações" e aproximar o homem de Deus.

Têm sido Eles descritos como "homens extraordinários, que aparecem de vez em quando, para mudar a face do mundo e inaugurar uma nova era, nos destinos da humanidade". Vêm em momentos de crise; freqüentemente criam crises, a fim de pôr termo ao antigo e indesejável, preparando o caminho no sentido de que haja formas novas e mais apropriadas para a evolucionante vida de Deus Imanente na Natureza. Aparecem, unicamente, quando o mal predomina; ainda que seja somente por esta razão, podemos, na atualidade, esperar um Avatar. O cenário adequado para o reaparecimento do Cristo já está preparado.»

Eu Sou Djwal Khul

Daqui

40 comentários:

Astrid Annabelle disse...
20 de julho de 2009 às 10:37  

Bom dia António!
Com toda a certeza está!!!
Um beijo.
Astrid Annabelle

HAZEL disse...
20 de julho de 2009 às 10:51  

Muito elucidativo.
É bom acreditar que isso é verdade. Dá-nos esperança e conforto.

Não percebo porque a palavra "avatar" (um ser que vem de longe) é tão utilizada nos meandros informáticos, para designar a identidade de utilizadores. Não encontro relação.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 11:01  

Astrid

Esperemos que seja assim. Mas algo me diz que o Cristo que vier em nada se assemelhará ao último que cá esteve.

Aproveito para informar que estou inclinado a encerrar este blogue ao público, durante alguns dias, a partir de sexta-feira, para limpeza interna, pois o código do template está a apresentar falhas de funcionamento.

Beijo

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 11:03  

Hazel

A vinda do novo Cristo é um 'velho' com cerca de 100 anos. Já os teosóficos o anunciavam.

Não faço ideia porque existe essa palavra para designar as ilustrações que usamos para nos identificar. Por isso, dei o título que dei, para não se pensar que o tema era informático.

Maria Paula Ribeiro disse...
20 de julho de 2009 às 11:07  

Bom dia mestre!

:-) Que boa leitura nos dás para começar a semana!

Bem-haja!
Kiss kiss

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 11:15  

Paula

Uma boa semana para ti. beijo.

Fatima disse...
20 de julho de 2009 às 11:58  

Bom dia António!
Que prazer receber sua visita carinhosa pela manhã!
bjs.

adriana disse...
20 de julho de 2009 às 12:10  

António,

Algo me diz que desta vez um Avatar não virá... nós é que iremos a Ele. Cada qual a seu tempo.
Cristo já nos libertou por Amor.
Quem sabe seja momento de fazermos a parte que nos cabe... aceitando a Libertação.
Se estiver equivocada, me perdoe.

Uma ótima semana!
A&L

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 12:19  

Fátima

É sempre um prazer.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 12:32  

Adriana

Agradecido pela partilha.

É bem possível que seja assim. Sinceramente, não faço a mínima ideia.

Que nos compete fazer a nossa parte, isso é sempre verdadeiro.

A ideia é que a vinda de um Cristo, aparentemente, aceleraria o processo de transição.

Talvez as 'coisas' estejam muito mais adiantadas do que a minha percepção pessoal indica.

Sabe o que me confunde, Adriana? [Tenho reflectido sobre isso nos últimos dias, nem imagina] Sobre a questão da presença de um Cristo acelerar o processo de transição planetária?

Baseando no que tem sido posto a circular nos últimos meses (blogues, sites, comunidades, etc.) e tendo sempre por base simplesmente a minha percepção (que deve estar equivocada) é que estão a surgi muitos textos e ideias que conheço à vários anos.

Daí o eu ter percepcionado que as 'coisas' não aparentam estar mais avançadas (evoluídas) em termos colectivos.

Obviamente, também se pode interpretaar como havendo mais pessoas a se 'iniciarem'.

Bom, o que for, será.

Siala ap Maeve disse...
20 de julho de 2009 às 12:34  

Belíssimo texto Antonio :) Já imprimi para poder reler mais atentamente durante a minha hora de almoço!
Quanto á questão do Avatar informático, é por analogia ao seu real significado, um ser que vem de longe. A internet liga seres que vêm de longe, os quais se identificam virtualmente por um nome e imagem ;) penso que é daqui que vem a sua utilização. Mas também não tenho a certeza lol simpelsmente foi sempre algo que eu assumi.
beijos meus

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 12:37  

Siala

Vale a pena ler o comentário da Adriana, pois é uma visão muito actual e com enorme possibilidade de ser a mais adequada.

obrigado.

tereza disse...
20 de julho de 2009 às 12:39  

As duas vias: chegada e libertação, que gera uma só...Assim sinto.
Presentes sempre estão, nos é que nos ausentamos.
Tempo fantástico este. E que belo artigo grande coração.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 12:58  

Tereza

Também sinto que é em simultâneo.

Aqui na minha editora, recebi um manuscrito de um autor português, relativamente conhecido no Brasil, no meio Kryon, que trata deste assunto. É um livro enorme, com mais de 600 páginas. É quase o complemento futuro do 'Monólogo Amoroso' da Adriana, num 'tempo' depois.

Estou a precisar de tirar umas férias para descansar esta carcaça tridimensional.

Muito obrigado pela partilha.

adriana disse...
20 de julho de 2009 às 13:09  

António,

Você também não imagina como tenho refletido nos últimos dias.
E tenho dito a mim mesma continuamente:
-Largue a pedra!
-Largue a pedra!
-Largue a pedra!

A energia dos Avatares está plantada dentro de nós!
Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu. Não há motivo para libertar outra vez o que já está livre.
Eu é que devo aceitar a Emancipação que me foi amorosamente concedida... e convertê-la.
Eu é que devo dar o passo para aprender a voar porque ninguém virá abrir uma porta que já se encontra aberta.

A respeito do número de mensagens, também concordo com você. Há um aumento significativo.

Sua postagem foi brilhante, está nos ajudando a reconhecer o momento.
Obrigada!

Anónimo disse...
20 de julho de 2009 às 13:11  

Olá!
Estive a ler o texto e os comentários. Concordo mais com a Adriana. Penso tanbém que os Avatares somos nós mesmos, por isso não virá só um, mas muitos. No entanto, há pessoas que vão mais à frente, investiram mais na sua evolução e essas podem exercer um efeito de íman noutras, podem ajudar muito nas tão faladas "limpezas", isto de acordo com a receptividade de cada um, claro. Entretanto, nenhum de nós deve ficar à espera desses que estão mais à frente,pois aí cai-se de novo na dependência, retira-nos o poder e...já não sei o que ia dizer... :)
O Cristo que vier é o Cristo em cada um de nós,se estivermos dispostos a aceitar e na medida dessa aceitação. Era bom também que viesse outro fora de nós, como Jesus de há 2000 anos, embora muito diferente, pois o tempo é muito diferente. Gosto de pensar nele como um cantor de rock, uma estrela pop, um desportista... :)
É a minha opinião, ainda não lá muito sólida...

Anónima

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 13:50  

Adriana

Muito obrigado pela reflexão.

Vou percebendo então, que 'um dia destes' a entidade-planeta vai fazer o seu trabalho desencarnando da 3D, para outra dimensão (5D ?) porque essa entidade precisa seguir o seu caminho.

Tenho um texto preparado há várias semanas sobre o desencarne do planeta Terra, mas tenho entendido que não seria o momento mais afortunado. Depois se vê.

Muito obrigado.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 13:51  

Anónima das 13:11

Também creio que a ter que vir algum Cristo, apresentar-se-á de forma muito diferente.

Obrigado pelo testemunho.

adriana disse...
20 de julho de 2009 às 13:58  

António,

Muito profundo o que você disse sobre a entidade-planeta.
Algo sobre o qual devemos todos meditar...
Fico por aqui, seguindo o conselho que você nos deu semana passada, a respeito de não falarmos além de nossa medida.

Um abraço fraterno!

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 14:14  

Adriana

É isso. Somos estimulados pelas palavras. :)

Obrigado.

Maria Paula Ribeiro disse...
20 de julho de 2009 às 14:48  

Hummm isso está animado está...

:) Não creio que sejamos todos avatares, uma vez que um avatar é um "mensageiro de Deus", a nível multidimensioal.

Todos sentimos Deus ou Cristo porque está dentro de nós, sem dúvida concordo nisso. No plano 3D, que é o nosso..

Mas à semelhança do que o que ocorreu há 2000 anos, preparou-se muito a vinda terrena de Cristo, através de avatares, "preparando" a consciência do ser humano, numa dimensão que é a nossa, a 3D!

Acredito, que a nossa evolução terrena e cósmica esteja para tempos vindouros.
Acredito que Cristo voltará bem diferente do que a vez anterior, e acredito em milhares e Avatares espalhados no planeta como assm crianças índigos estejam a "preparar" esses tempos...

:-) Obrigado Mestre!

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 15:05  

Olá Paula

Gostei do teu testemunho. De alguma maneira concordo contigo nisso dos tempos vindouros. Pelo menos, enquanto Plutão permanecer em Capricórnio... mas nunca se sabe, pois há que ter em conta a vontade do próprio planeta, enquanto entidade.

kiss kiss

dalla disse...
20 de julho de 2009 às 15:14  

Olá amigos, que bela reflexão! Eu concordo com Adriana, a vinda do novo Cristo será na verdade o despertar da consciência crística em cada coração. Pelo menos foi o que aprendi através da Antroposofia e outras filosofias, e é o que sinto.
Temos muitos mestres encarnados e poderia citar muitos outros mais recentes, que já desencarnaram. Cristo já veio há 2000 mil anos. Se ainda não aprendemos a andar com nossas próprias pernas, chegou a hora. Não acham?
Abraços!

Anónimo disse...
20 de julho de 2009 às 15:20  

Olá outra vez.

Continuando o meu testemunho, como disse:
Para mim um Avatar é um Mestre, alguém que neste tempo em que falamos, já está livre. Todos nós o somos, todos nós num tempo qualquer, somos Arcanjos, Mestres... Resta saber se nos libertaremos, todos, neste tempo, nesta vida. Talvez não...
Lembrei-me de um livro de ficção científica que li há muito, já agora vou tentar resumir. O titulo do livro é "A Hora da Inteligência".
Uma manhão as pessoas e os animais acordaram muito mais inteligentes do que quando se deitaram, as crianças deram por elas a resolver todos os problemas de Matemática com a maior das facilidades, por exemplo. E à medida que os dias passavam a inteligência ia aumentando. Os cientistas descobriram que isso estava a acontecer devido a um fenómeno que não fixei o nome que tinha feito com que a Terra se fosse deslocando dia a dia para outra parte do Universo. A inteligência ia aumentando, houve vários tumultos. E houve pessoas que não aguentaram o aumento da sua inteligência e quiseram voltar atrás, ao que eram antes de esse fenómeno ter começado. Uma delas foi a mulher de um das personagens principais, um cientista. Ela submeteu-se a uma intervenção cirúrgica e voltou para o nível de inteligência que possuía antes. Nos que aceitaram esse aumento, a Inteligência continuou a subir, já era Sabedoria. Então decidiram ir para as Estrelas, construíram naves e foram, prometendo que voltariam de vez em quando para ver como iam as coisas.

Testemunho terminado :)
Anónima

Isa Grou disse...
20 de julho de 2009 às 15:48  

Olá António,

Que belo texto para uma reflexão profunda...

Concordo plenamente com a Adriana:
"Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu. Não há motivo para libertar outra vez o que já está livre."

Fazer sempre "a nossa parte"...... trabalhando sempre o autoconhecimento é o mais acertado caminho.........porque o grande equívoco da "maioria", a meu ver é essa busca constante de respostas (de algo) no exterior quando esse algo se encontra no interior de cada ser...

Beijos.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 16:11  

Marcelo

Testemunho muito interessante e intenso. Apreciei bastante, apesar de ter uma percepção um bocadinho diferente.

O seu novo avatar é muito simpático e até se parece um bocado.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 16:13  

Anónima das 15:20

Uma história dessa no dia em que a humanidade comemora 40 anos da sua entrada para o circuito dos planetas. Ainda estamos longe de andarmos de estrela em estrela.

:)

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 16:15  

Olá Isa

Temos que fazer a nossa parte... sempre. De acordo consigo. Beijo.

Siala ap Maeve disse...
20 de julho de 2009 às 16:50  

Antonio, depois de ler novamente o texto, a minha linha de pensamento vai exactamente no sentido do da Adriana "A energia dos Avatares está plantada dentro de nós!
Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu."
Fico a aguardar ansiosamente o teu texto. Muito se tem falado sobre o tema em diversos circulos. Acredito que o jogo está a acabar, se é que não acabou já, e que muito em breve tudo se revelará muito claramente.
Bjos meus

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 17:25  

Siala

Escreveste que esperas o meu texto.

Fiquei na dúvida, sem perceber a qual texto te referes. Se é sobre esta questão dos avatares, não tenho nada escrito. Tenho pensado no assunto, à espera de sentir-me sintonizado, mas tem sido muito confuso (para mim, claro). Não consigo sentir com clareza.

Por isso ter deixado este post, que é uma citação de uma entidade.

Aquilo que me é dado sentir e intuir é que o planeta Terra tem algo a dizer. A entidade-planeta está a preparar-se para se expressar. Parece-me ser uma coisa planetária, uma coisa que envolve toda a humanidade e não apenas casos individuais. A minha confusão reside aí mesmo.

Obviamente - e dou isso de garantido -, a humanidade segue o planeta. Não o contrário.

Se hoje em dia já há muitos seres despertos ou a caminho de despertarem, é porque estão a seguir 'linhas internas' intimamente ligadas ao planeta. Este planeta, claro. Independentemente de posteriormente à ascensão podermos ficar ligados a outros planetas, que nem imagino quais possam ser.

Obrigado.

HAZEL disse...
20 de julho de 2009 às 17:48  

Obrigada pelo comentário de apoio.

Chegou a ver a libertação do rolinho?
http://casaclaridade.blogspot.com/2009/07/adeus-querido-rolinho.html

Sobre o template do blog, desejo boa sorte com as remodelações, e se eu puder ser útil em alguma coisa, já sabe o meu email.

Um abraço

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 18:31  

Hazel

O código deste template está muito contaminado com as experiências que fiz aqui no blogue, fazendo com que não funcione em condições. Portanto, a minha intenção é instalar o mesmo template e aproveitar o máximo que puder do que está aqui à direita.

Já tenho cópias de tudo aquilo que foi possível, mas há certas áreas que não se pode fazer quase nada, como seja a lista de blogues ou os seguidores.

Tenciono fazer isso na sexta, 24.

Se precisar de ajuda, pedirei. Muito obrigado.

HAZEL disse...
20 de julho de 2009 às 18:48  

Acho que, se não mudar o endereço do blog, não perde os seguidores.

Quanto à lista de blogs, também pode salvaguardá-la copiando-os directamente da sua página.

Não dá para copiar os URL's, mas, pelo menos, pode copiar os nomes (e, mais tarde, com tempo, pode aceder através dos nomes pelo Google, e copiar os endereços individualmente).

Lucia Campos virtual disse...
20 de julho de 2009 às 19:50  

Acredito que haja avatares vivendo no meio de nós desde sempre! E vejo que as duas opções são interligadas: a vinda e a ida. É a nossa lógica tridimensional que nos faz escolher uma ou outra! E, para mim, elas não são mutuamente excludentes. Remete-nos à figura do infinito, o reino é das infinitas possibilidades. Assim, estou mais propensa a optar pela opinião de Tereza.
Abraços ao António Rosa, José e aos participantes do blog.

angela disse...
20 de julho de 2009 às 19:56  

Quem viver verá. Por mais indicios que se tenha, não da para saber como será.
Beijos

marcelo dalla disse...
20 de julho de 2009 às 20:00  

Antonio, tb sinto que o planeta e as forças elementares envolvidas nesse jogo cósmico tb vão se manifestar de alguma forma. O planeta está ascendendo na luz e nós é que temos que acompanhar essa elevação vibracional, realmente.
Mas há muito o que aprender. Estou aberto para novas percepções.!!!!

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 20:47  

Hazel

Agradecido pelos conselhos. Acredito que tudo funcionará bem. É uma questão de ter paciência e uma boa caixa de ferramentas: martelo, escopro, formão, :)))))))

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 20:51  

Lucia Campos

Muito obrigado pelo seu testemunho. Nunca imaginei que este post viesse a ser um pequeno fórum onde as nossas almas dialogam. Nem imagina o quanto isto é curador para mim. Apesar de serem tempos mais agitados estamos a conseguir fazer uma reflexão formidável.

Abraço muito agradecido.

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 20:52  

Angela

Agora fiquei triste, só de imaginar que como mais velho não vou assistir a essa maravilha. Bom, estarei do outro lado à vossa espera.

:)))))

António Rosa, José disse...
20 de julho de 2009 às 20:55  

Marcelo

Acredito que todas as pessoas de boa vontade estão a apoiar o planeta, criando essa vibração. É um grupo muito alargado e que não fica só pelas pessoas da espiritualidade. Vai muito mais longe, mesmo que indirectamente.

Enviei-lhe um email.

Abraço

20 de julho de 2009

Avatar Espiritual

covadourso

«Entretanto, todos os Avatares ou Salvadores mundiais expressam dois incentivos básicos: a necessidade de Deus de fazer contato com a humanidade e relacionar-se com os homens, e a necessidade que tem a humanidade de entrar em contato com a divindade e ser ajudada e compreendida por ela. Sujeitos a estes incentivos, todos os verdadeiros Avatares são, portanto, intermediários divinos.

Podem atuar desta maneira, porque já se emanciparam, inteiramente, de toda limitação e sentimento de egoísmo e separatividade; de vez que já não são, conforme os padrões humanos comuns, o centro dramático de Suas vidas, como o somos, em maioria. Quando atingem essa etapa de descentralização espiritual, podem converter-se em acontecimentos na vida de nosso planeta; todos os olhos podem dirigir suas vistas para Eles e todos os homens podem ser por Eles influenciados.

Por isso, um Avatar ou um Cristo aparece por duas razões: uma, a Causa incógnita e inescrutável que O impele a fazê-lo, e a outra, a demanda ou invocação da própria humanidade. Um Avatar é, por conseguinte, um acontecimento espiritual, que ocorre para produzir grandes mudanças e restaurações, a fim de inaugurar uma nova civilização ou restabelecer "antigas demarcações" e aproximar o homem de Deus.

Têm sido Eles descritos como "homens extraordinários, que aparecem de vez em quando, para mudar a face do mundo e inaugurar uma nova era, nos destinos da humanidade". Vêm em momentos de crise; freqüentemente criam crises, a fim de pôr termo ao antigo e indesejável, preparando o caminho no sentido de que haja formas novas e mais apropriadas para a evolucionante vida de Deus Imanente na Natureza. Aparecem, unicamente, quando o mal predomina; ainda que seja somente por esta razão, podemos, na atualidade, esperar um Avatar. O cenário adequado para o reaparecimento do Cristo já está preparado.»

Eu Sou Djwal Khul

Daqui

40 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António!
Com toda a certeza está!!!
Um beijo.
Astrid Annabelle

HAZEL disse...

Muito elucidativo.
É bom acreditar que isso é verdade. Dá-nos esperança e conforto.

Não percebo porque a palavra "avatar" (um ser que vem de longe) é tão utilizada nos meandros informáticos, para designar a identidade de utilizadores. Não encontro relação.

António Rosa, José disse...

Astrid

Esperemos que seja assim. Mas algo me diz que o Cristo que vier em nada se assemelhará ao último que cá esteve.

Aproveito para informar que estou inclinado a encerrar este blogue ao público, durante alguns dias, a partir de sexta-feira, para limpeza interna, pois o código do template está a apresentar falhas de funcionamento.

Beijo

António Rosa, José disse...

Hazel

A vinda do novo Cristo é um 'velho' com cerca de 100 anos. Já os teosóficos o anunciavam.

Não faço ideia porque existe essa palavra para designar as ilustrações que usamos para nos identificar. Por isso, dei o título que dei, para não se pensar que o tema era informático.

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia mestre!

:-) Que boa leitura nos dás para começar a semana!

Bem-haja!
Kiss kiss

António Rosa, José disse...

Paula

Uma boa semana para ti. beijo.

Fatima disse...

Bom dia António!
Que prazer receber sua visita carinhosa pela manhã!
bjs.

adriana disse...

António,

Algo me diz que desta vez um Avatar não virá... nós é que iremos a Ele. Cada qual a seu tempo.
Cristo já nos libertou por Amor.
Quem sabe seja momento de fazermos a parte que nos cabe... aceitando a Libertação.
Se estiver equivocada, me perdoe.

Uma ótima semana!
A&L

António Rosa, José disse...

Fátima

É sempre um prazer.

António Rosa, José disse...

Adriana

Agradecido pela partilha.

É bem possível que seja assim. Sinceramente, não faço a mínima ideia.

Que nos compete fazer a nossa parte, isso é sempre verdadeiro.

A ideia é que a vinda de um Cristo, aparentemente, aceleraria o processo de transição.

Talvez as 'coisas' estejam muito mais adiantadas do que a minha percepção pessoal indica.

Sabe o que me confunde, Adriana? [Tenho reflectido sobre isso nos últimos dias, nem imagina] Sobre a questão da presença de um Cristo acelerar o processo de transição planetária?

Baseando no que tem sido posto a circular nos últimos meses (blogues, sites, comunidades, etc.) e tendo sempre por base simplesmente a minha percepção (que deve estar equivocada) é que estão a surgi muitos textos e ideias que conheço à vários anos.

Daí o eu ter percepcionado que as 'coisas' não aparentam estar mais avançadas (evoluídas) em termos colectivos.

Obviamente, também se pode interpretaar como havendo mais pessoas a se 'iniciarem'.

Bom, o que for, será.

Siala ap Maeve disse...

Belíssimo texto Antonio :) Já imprimi para poder reler mais atentamente durante a minha hora de almoço!
Quanto á questão do Avatar informático, é por analogia ao seu real significado, um ser que vem de longe. A internet liga seres que vêm de longe, os quais se identificam virtualmente por um nome e imagem ;) penso que é daqui que vem a sua utilização. Mas também não tenho a certeza lol simpelsmente foi sempre algo que eu assumi.
beijos meus

António Rosa, José disse...

Siala

Vale a pena ler o comentário da Adriana, pois é uma visão muito actual e com enorme possibilidade de ser a mais adequada.

obrigado.

tereza disse...

As duas vias: chegada e libertação, que gera uma só...Assim sinto.
Presentes sempre estão, nos é que nos ausentamos.
Tempo fantástico este. E que belo artigo grande coração.

António Rosa, José disse...

Tereza

Também sinto que é em simultâneo.

Aqui na minha editora, recebi um manuscrito de um autor português, relativamente conhecido no Brasil, no meio Kryon, que trata deste assunto. É um livro enorme, com mais de 600 páginas. É quase o complemento futuro do 'Monólogo Amoroso' da Adriana, num 'tempo' depois.

Estou a precisar de tirar umas férias para descansar esta carcaça tridimensional.

Muito obrigado pela partilha.

adriana disse...

António,

Você também não imagina como tenho refletido nos últimos dias.
E tenho dito a mim mesma continuamente:
-Largue a pedra!
-Largue a pedra!
-Largue a pedra!

A energia dos Avatares está plantada dentro de nós!
Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu. Não há motivo para libertar outra vez o que já está livre.
Eu é que devo aceitar a Emancipação que me foi amorosamente concedida... e convertê-la.
Eu é que devo dar o passo para aprender a voar porque ninguém virá abrir uma porta que já se encontra aberta.

A respeito do número de mensagens, também concordo com você. Há um aumento significativo.

Sua postagem foi brilhante, está nos ajudando a reconhecer o momento.
Obrigada!

Anónimo disse...

Olá!
Estive a ler o texto e os comentários. Concordo mais com a Adriana. Penso tanbém que os Avatares somos nós mesmos, por isso não virá só um, mas muitos. No entanto, há pessoas que vão mais à frente, investiram mais na sua evolução e essas podem exercer um efeito de íman noutras, podem ajudar muito nas tão faladas "limpezas", isto de acordo com a receptividade de cada um, claro. Entretanto, nenhum de nós deve ficar à espera desses que estão mais à frente,pois aí cai-se de novo na dependência, retira-nos o poder e...já não sei o que ia dizer... :)
O Cristo que vier é o Cristo em cada um de nós,se estivermos dispostos a aceitar e na medida dessa aceitação. Era bom também que viesse outro fora de nós, como Jesus de há 2000 anos, embora muito diferente, pois o tempo é muito diferente. Gosto de pensar nele como um cantor de rock, uma estrela pop, um desportista... :)
É a minha opinião, ainda não lá muito sólida...

Anónima

António Rosa, José disse...

Adriana

Muito obrigado pela reflexão.

Vou percebendo então, que 'um dia destes' a entidade-planeta vai fazer o seu trabalho desencarnando da 3D, para outra dimensão (5D ?) porque essa entidade precisa seguir o seu caminho.

Tenho um texto preparado há várias semanas sobre o desencarne do planeta Terra, mas tenho entendido que não seria o momento mais afortunado. Depois se vê.

Muito obrigado.

António Rosa, José disse...

Anónima das 13:11

Também creio que a ter que vir algum Cristo, apresentar-se-á de forma muito diferente.

Obrigado pelo testemunho.

adriana disse...

António,

Muito profundo o que você disse sobre a entidade-planeta.
Algo sobre o qual devemos todos meditar...
Fico por aqui, seguindo o conselho que você nos deu semana passada, a respeito de não falarmos além de nossa medida.

Um abraço fraterno!

António Rosa, José disse...

Adriana

É isso. Somos estimulados pelas palavras. :)

Obrigado.

Maria Paula Ribeiro disse...

Hummm isso está animado está...

:) Não creio que sejamos todos avatares, uma vez que um avatar é um "mensageiro de Deus", a nível multidimensioal.

Todos sentimos Deus ou Cristo porque está dentro de nós, sem dúvida concordo nisso. No plano 3D, que é o nosso..

Mas à semelhança do que o que ocorreu há 2000 anos, preparou-se muito a vinda terrena de Cristo, através de avatares, "preparando" a consciência do ser humano, numa dimensão que é a nossa, a 3D!

Acredito, que a nossa evolução terrena e cósmica esteja para tempos vindouros.
Acredito que Cristo voltará bem diferente do que a vez anterior, e acredito em milhares e Avatares espalhados no planeta como assm crianças índigos estejam a "preparar" esses tempos...

:-) Obrigado Mestre!

António Rosa, José disse...

Olá Paula

Gostei do teu testemunho. De alguma maneira concordo contigo nisso dos tempos vindouros. Pelo menos, enquanto Plutão permanecer em Capricórnio... mas nunca se sabe, pois há que ter em conta a vontade do próprio planeta, enquanto entidade.

kiss kiss

dalla disse...

Olá amigos, que bela reflexão! Eu concordo com Adriana, a vinda do novo Cristo será na verdade o despertar da consciência crística em cada coração. Pelo menos foi o que aprendi através da Antroposofia e outras filosofias, e é o que sinto.
Temos muitos mestres encarnados e poderia citar muitos outros mais recentes, que já desencarnaram. Cristo já veio há 2000 mil anos. Se ainda não aprendemos a andar com nossas próprias pernas, chegou a hora. Não acham?
Abraços!

Anónimo disse...

Olá outra vez.

Continuando o meu testemunho, como disse:
Para mim um Avatar é um Mestre, alguém que neste tempo em que falamos, já está livre. Todos nós o somos, todos nós num tempo qualquer, somos Arcanjos, Mestres... Resta saber se nos libertaremos, todos, neste tempo, nesta vida. Talvez não...
Lembrei-me de um livro de ficção científica que li há muito, já agora vou tentar resumir. O titulo do livro é "A Hora da Inteligência".
Uma manhão as pessoas e os animais acordaram muito mais inteligentes do que quando se deitaram, as crianças deram por elas a resolver todos os problemas de Matemática com a maior das facilidades, por exemplo. E à medida que os dias passavam a inteligência ia aumentando. Os cientistas descobriram que isso estava a acontecer devido a um fenómeno que não fixei o nome que tinha feito com que a Terra se fosse deslocando dia a dia para outra parte do Universo. A inteligência ia aumentando, houve vários tumultos. E houve pessoas que não aguentaram o aumento da sua inteligência e quiseram voltar atrás, ao que eram antes de esse fenómeno ter começado. Uma delas foi a mulher de um das personagens principais, um cientista. Ela submeteu-se a uma intervenção cirúrgica e voltou para o nível de inteligência que possuía antes. Nos que aceitaram esse aumento, a Inteligência continuou a subir, já era Sabedoria. Então decidiram ir para as Estrelas, construíram naves e foram, prometendo que voltariam de vez em quando para ver como iam as coisas.

Testemunho terminado :)
Anónima

Isa Grou disse...

Olá António,

Que belo texto para uma reflexão profunda...

Concordo plenamente com a Adriana:
"Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu. Não há motivo para libertar outra vez o que já está livre."

Fazer sempre "a nossa parte"...... trabalhando sempre o autoconhecimento é o mais acertado caminho.........porque o grande equívoco da "maioria", a meu ver é essa busca constante de respostas (de algo) no exterior quando esse algo se encontra no interior de cada ser...

Beijos.

António Rosa, José disse...

Marcelo

Testemunho muito interessante e intenso. Apreciei bastante, apesar de ter uma percepção um bocadinho diferente.

O seu novo avatar é muito simpático e até se parece um bocado.

António Rosa, José disse...

Anónima das 15:20

Uma história dessa no dia em que a humanidade comemora 40 anos da sua entrada para o circuito dos planetas. Ainda estamos longe de andarmos de estrela em estrela.

:)

António Rosa, José disse...

Olá Isa

Temos que fazer a nossa parte... sempre. De acordo consigo. Beijo.

Siala ap Maeve disse...

Antonio, depois de ler novamente o texto, a minha linha de pensamento vai exactamente no sentido do da Adriana "A energia dos Avatares está plantada dentro de nós!
Não há motivo para o retorno de algo que nunca partiu."
Fico a aguardar ansiosamente o teu texto. Muito se tem falado sobre o tema em diversos circulos. Acredito que o jogo está a acabar, se é que não acabou já, e que muito em breve tudo se revelará muito claramente.
Bjos meus

António Rosa, José disse...

Siala

Escreveste que esperas o meu texto.

Fiquei na dúvida, sem perceber a qual texto te referes. Se é sobre esta questão dos avatares, não tenho nada escrito. Tenho pensado no assunto, à espera de sentir-me sintonizado, mas tem sido muito confuso (para mim, claro). Não consigo sentir com clareza.

Por isso ter deixado este post, que é uma citação de uma entidade.

Aquilo que me é dado sentir e intuir é que o planeta Terra tem algo a dizer. A entidade-planeta está a preparar-se para se expressar. Parece-me ser uma coisa planetária, uma coisa que envolve toda a humanidade e não apenas casos individuais. A minha confusão reside aí mesmo.

Obviamente - e dou isso de garantido -, a humanidade segue o planeta. Não o contrário.

Se hoje em dia já há muitos seres despertos ou a caminho de despertarem, é porque estão a seguir 'linhas internas' intimamente ligadas ao planeta. Este planeta, claro. Independentemente de posteriormente à ascensão podermos ficar ligados a outros planetas, que nem imagino quais possam ser.

Obrigado.

HAZEL disse...

Obrigada pelo comentário de apoio.

Chegou a ver a libertação do rolinho?
http://casaclaridade.blogspot.com/2009/07/adeus-querido-rolinho.html

Sobre o template do blog, desejo boa sorte com as remodelações, e se eu puder ser útil em alguma coisa, já sabe o meu email.

Um abraço

António Rosa, José disse...

Hazel

O código deste template está muito contaminado com as experiências que fiz aqui no blogue, fazendo com que não funcione em condições. Portanto, a minha intenção é instalar o mesmo template e aproveitar o máximo que puder do que está aqui à direita.

Já tenho cópias de tudo aquilo que foi possível, mas há certas áreas que não se pode fazer quase nada, como seja a lista de blogues ou os seguidores.

Tenciono fazer isso na sexta, 24.

Se precisar de ajuda, pedirei. Muito obrigado.

HAZEL disse...

Acho que, se não mudar o endereço do blog, não perde os seguidores.

Quanto à lista de blogs, também pode salvaguardá-la copiando-os directamente da sua página.

Não dá para copiar os URL's, mas, pelo menos, pode copiar os nomes (e, mais tarde, com tempo, pode aceder através dos nomes pelo Google, e copiar os endereços individualmente).

Lucia Campos virtual disse...

Acredito que haja avatares vivendo no meio de nós desde sempre! E vejo que as duas opções são interligadas: a vinda e a ida. É a nossa lógica tridimensional que nos faz escolher uma ou outra! E, para mim, elas não são mutuamente excludentes. Remete-nos à figura do infinito, o reino é das infinitas possibilidades. Assim, estou mais propensa a optar pela opinião de Tereza.
Abraços ao António Rosa, José e aos participantes do blog.

angela disse...

Quem viver verá. Por mais indicios que se tenha, não da para saber como será.
Beijos

marcelo dalla disse...

Antonio, tb sinto que o planeta e as forças elementares envolvidas nesse jogo cósmico tb vão se manifestar de alguma forma. O planeta está ascendendo na luz e nós é que temos que acompanhar essa elevação vibracional, realmente.
Mas há muito o que aprender. Estou aberto para novas percepções.!!!!

António Rosa, José disse...

Hazel

Agradecido pelos conselhos. Acredito que tudo funcionará bem. É uma questão de ter paciência e uma boa caixa de ferramentas: martelo, escopro, formão, :)))))))

António Rosa, José disse...

Lucia Campos

Muito obrigado pelo seu testemunho. Nunca imaginei que este post viesse a ser um pequeno fórum onde as nossas almas dialogam. Nem imagina o quanto isto é curador para mim. Apesar de serem tempos mais agitados estamos a conseguir fazer uma reflexão formidável.

Abraço muito agradecido.

António Rosa, José disse...

Angela

Agora fiquei triste, só de imaginar que como mais velho não vou assistir a essa maravilha. Bom, estarei do outro lado à vossa espera.

:)))))

António Rosa, José disse...

Marcelo

Acredito que todas as pessoas de boa vontade estão a apoiar o planeta, criando essa vibração. É um grupo muito alargado e que não fica só pelas pessoas da espiritualidade. Vai muito mais longe, mesmo que indirectamente.

Enviei-lhe um email.

Abraço

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates