Etapas evolutivas dos trânsitos

25 de outubro de 2010 ·

Quando os trânsitos (quaisquer que sejam os planetas) tratam os assuntos que se encontram naquilo que se chama de “etapa pessoal e preparatória ou de assentamento”casas 1, 2 e 3 – movimentam-se lentamente. Do Ascendente ao Fundo-do-Céu. Não é uma posição para mudanças rápidas. Tudo o que se tente fazer, deve ser pensado e sentido como havendo uma meta a longo prazo. Se os trânsitos envolverem Úrano, Neptuno e Plutão, procuro vê-los como sendo autênticos projectos de vida, a serem lentamente elaborados.

Neste espaço do nosso mapa, as energias dos trânsitos estão a reorganizarem-se para se desenvolverem nas três casas seguintes – a 4, 5 e 6. Do Fundo-do-Céu ao Descendente. A este sector do mapa chamamos de “etapa de desenvolvimento”. Esta área é a que envolve as nossas raízes, fundações, criatividade e trabalho. É a área do ditado popular – “Tendo saúde, o resto vem.”

Os trânsitos continuam para se expressarem e expandirem nas casas seguintes – a 7, 8 e 9. Do Descendente ao Meio-do-Céu. É a “etapa de expansão”. É quando confirmamos as parcerias, negócios, casamento, amadurecimento interno e expansão de horizontes. As actividades externas são as mais importantes neste sector.

Resta-nos o último sector do mapa – as casas 10, 11 e 12 – chamado de “etapa de consolidação”. Do Meio-do-Céu, novamente ao Ascendente. É o tempo de consolidação dos planos internos e de aprendizagem no manejo e operacionalidade a tudo o que se refere ao “Eu”. É nesta área que se situa sobretudo, o que diga respeito às ocorrências do nosso interior.

Como breve apontamento: sabemos que Neptuno e Plutão não passam por todos estes sectores (ou casas) numa vida normal. Em números redondos, Plutão necessita de cerca 250 anos para percorrer esta distância. Neptuno - 160 anos. Úrano – 80 anos. Quíron – 50 anos. Saturno – 29 anos. Júpiter – 12 anos. Marte – 2 anos. Vénus – 1 ano e meio. Mercúrio – cerca de 1 ano. Sol – 1 ano. Lua – 28 dias. Por aqui percebemos as variações de humor que a Lua nos pode provocar no dia-a-dia. Fica cerca de dois dias e meio em cada signo. O Sol, percorrendo estas 4 etapas ao longo de um ano, dá-nos imensas oportunidades de nos expressarmos de muitas maneiras.

Se Saturno transita pela “etapa pessoal e preparatória ou de assentamento” – casas 1, 2 e 3 – anuncia um período de avaliação, de maior recolhimento, um certo retiro das actividades mais mundanas. Obviamente, que os planetas em trânsito não passam só pelas casas. Também atravessam signos. E, obviamente, encontram-se com os nossos planetas natais.

.

25 comentários:

Fada Moranga disse...
25 de outubro de 2010 às 10:11  

Ai António, António, já nem sei que dizer... Depois de 3 anos de Saturno na 12 já apetecem actividades mais mundanas! 2 horas por semana, pode ser? ;-)
Bem haja e um grande beijo*deFada

Cristiano Melo disse...
25 de outubro de 2010 às 10:22  

Caro Antonio,
sua explicação sobre as casas ficou muito didático, eu tinha dúvidas sobre o seu agrupamento e agora ficou bem claro para mim, muito obrigado.
No meu mapa astral, tenho Saturno na casa 1, imagina a barra que tive de passar? risos. O que sempre me trouxe mais esperança (risos2) é de ter tido no meu nascimento Vênus e o Sol na casa 11, ainda posso ser feliz!(brincadeira) entendo a necessidade de mortes e renascimentos para nosso pleno desenvolvimento
Grande abraço

Otário disse...
25 de outubro de 2010 às 10:26  

passei para deixar saudações!
ham... saudações!

Sonia Beth disse...
25 de outubro de 2010 às 11:48  

Oi Antonio
Muito boa! obrigada

Editora disse...
25 de outubro de 2010 às 12:03  

Fada,

Duas horas por semana? Isso arranja-se. Já falta pouco!~~


Beijos

António

Editora disse...
25 de outubro de 2010 às 12:05  

Cristiano,

Imagino sim, um Saturno a transitar pela 1. Como deve imaginar já passei por isso. Muda tudo ou quase tudo. Começar a fazer o seu mealheiro, se ainda não o tem. Quanto a amores, não sei que lhe diga.

Abraço

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 12:08  

Otário

Logo irei passar pelo seu blogue também para lhe deixar saudações.

Grato,

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 12:09  

Sônia,

Muito obrigado por ter vindo com a sua Presença.

Beijo

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 12:10  

Fada e Cristiano,

Mais acima, não me apercebi que estava a usar um outro email em vez do meu para estas coisas dos blogue.

Lamento,

Obrigado

António

Joana disse...
25 de outubro de 2010 às 12:20  

António,

O Saturno está em trânsito sobre o meu Plutão natal na casa 2. Tudo a ser lentamente reformulado. Mas nesta fase da minha vida, faz todo o sentido que assim seja.

Beijinhos

Astrid Annabelle disse...
25 de outubro de 2010 às 12:55  

Bom dia António querido!
Muito fácil de compreender...vou arquivar na minha pasta de estudos.
Mais uma vez excelente.
Um beijo grande para um dia maravilhoso.
Astrid Annabelle
P.S.
a viagem foi transferida para janeiro/2011.

Hanah disse...
25 de outubro de 2010 às 13:03  

Antonio,

Que linda aula sobre trânsitos,
Sintética, só bater os olhos para perceber...
para quem tem (gemeos/gemeos) como eu, dispersão no aprendizado ;-) vou ir lá bater os olhos nos meus trânsitos, já com uma outra visão ;-)
Um grande muito obrigado !!!
Bom inicio de semana !!!

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 14:17  

Joana

Põe-lhe 'lentamente'. Ainda em que te faz sentido.

Estou a trabalhar na tua cruz para que saia dentro de dias.

Beijos

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 14:19  

Querida Astrid,

Esta noite, à meia-noite sairá a sua cruz e da Hannah.

Em Janeiro tudo será melhor, então.

Entretanto, esta manhã perdi imensa informação da net que estava no meu computador. Foi um limpeza geral. Ter conseguido chegar ao blogue foi uma sorte.

Perdi todos os links que tinha.

A er vamos,

Beijo

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 14:21  

Hannah,

Esta noite, à meia-noite sairá a sua cruz e da Astrid.

Ainda bem que gostou deste texto. Simplezinho, mas caiu em graça.

Beijo

António

Astrid Annabelle disse...
25 de outubro de 2010 às 15:22  

António querido.
Se precisar de lista de links dos blogs posso lhe enviar...e de outros links que precisar...
É uma "alegria" quando isso acontece!!!:((
Beijos
Astrid Annabelle

marcelo dalla disse...
25 de outubro de 2010 às 16:10  

Olá querido!!! Que bom começar a tarde com uma aulinha sua. Adoro e agradeço a partilha!!!!!
Grande abraço

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 16:27  

Querida Astrid

Felizmente, os links que mais uso estão dentro do meu blogue. O pior foram os outros, que obrigam a senhas e passwords. Desapareceu tudo. Foi um ar que passou e limpou tudo.

Felizmente tenho programado os posts para os dia 26 e 27 e tenho apenas que me preparar para a blogagem coletiva da Glorinha, que quero muito participar e nem sei bem como.

Não consigo dar conta do recado.

Beijos

António

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 16:30  

Marcelo,

Muito obrigado pela visita. Hoje isto está pior que Mercúrio retrógrado. Perdi cerca de 80% dos acessos à minha informação na internet.

Grande abraço

António

Hanah disse...
25 de outubro de 2010 às 17:06  

Olá Antonio,


vou estar acordada esperando pela minha crux...
;-)

bjos

p.S:

Esta noite estava pensando, quanto ao da nova-lis por ter estado sem entrar no ar durante algum tempo e os outros ainda vi que (a ning agora passa a cobrar?, não entendi direito porque faz tempo que não vou lá), temos que arranjar um jeito de fazer um back up na rede...acho que o google tem uma ferramenta que faz isso,;-) enfim...


;-) té mais

António Rosa disse...
25 de outubro de 2010 às 17:43  

hannah

A questão da Ning é diferente do ocorrido com o site da Nova-Lis.

A Ning passou a cobrar e eu tive que fazer uma escolha: desistir da 'Comunidade de Astrologia', pois não tinha movimento, nem participação. Havia (ainda há) muitas pessoas inscritas, mas não participam. Portanto, a Ning vai encarregar-se de apagar a comunidade.

Quanto ao site da «Escola de Astrologia Nova-Lis» o que aconteceu foi outra coisa. O site sempre esteve num servidor pago a meias com outros sites que lá estavam alojados. Imagine uma espécie de armazém grande com vários inquilinos a ocuparem e pagarem pedaços mias pequenos. Assim foi desde a criação do site em Março de 2007. Há um ano e meio, portanto.

Entretanto, o site foi crescendo e teve cerca de 1.500 visitas diárias nunca houve problemas. Mas desde que retirámos a obrigação das pessoas se registarem no site para acederem ao seu conteúdo (de forma gratuita), as visitas diárias foram aumentando, aumentando, aumentando, que começou a provocar problemas aos sites vizinhos com quem partilhávamos o servidor.

Na prática, era mais ou menos isto: uma entrada comum para todos os sites, mas que era ocupada em 99% pelos visitantes da Nova-Lis e assim engarrafámos o caminho.

No entanto, podíamos ter sido avisados com antecedência dessa situação e darem-nos um prazo para procurarmos um servidor exclusivo para o Nova-Lis. O que os gestores do servidor fizeram foi simplesmente colocarem o nosso site em offline. Fora de circuito.

Estivémos 2 dias sem saber de nada, pois calhou que não fomos lá nesse fim-de-semana. Entrámos em contacto com o gestor do servidor só no fim do dia de segunda-feira passada. Como o servidor está na Califórnia, só na terça-feira, dia 20 é que soubemos a razão do site estar em baixo.

O resto é história - procurar um servidor dedicado, encontrar um cujos preços não fossem excessivos, pagar, esperar 24 horas que o pagamento entrasse no novo servidor e fazer a transferência de conteúdo.

Só ontem, domingo, dia 24 é que conseguimos por o site novamente em pé, tal como está agora.

Hannah, a questão é o back up, pois isso temos.

Agora falta apenas a parte dos cursos do Nova-Lis ficar online, esperemos que em 24 horas iremos conseguir.

Grande abraço,

António

Anónimo disse...
26 de outubro de 2010 às 00:29  

Meu bom António,

Apenas deixo um beijo...já sabe que eu leio tudo...mesmo que não saiba nada...mas enche-me a alma..fico como que muito " culta" nesta área..loool...

Nâo ligou nenhuma á minha mensagem.....mas entendo com tudo o que o seu pc anda aprontando..

Mais uma vez, amizade incondicional e um beijo grande como nós.....

DULCE BENTO

António Rosa disse...
26 de outubro de 2010 às 11:08  

Dulce, minha querida,

Não liguei nenhuma à sua mensagem? Escreva-me pelo FC para me relembrar...

Beijos

António

Nathália (Ná) disse...
27 de outubro de 2010 às 12:21  

Antonio só passei para te desejar um dia maravilhoso, com muita paz e muito amor.

Bjs!

Shin Tau disse...
30 de outubro de 2010 às 19:44  

Bom e hoje tive de passar ainda por aqui :)
Olha que bela aula, é uma excelente orientação, para quem como eu gosta de acompanhar os trânsitos mas depois não sabe bem o que lhes fazer.

Tenho Úrano a começar a etapa da consolidação :) e felizmente Saturno já passou o FC, sem grandes percalços é mesmo tendo saúdo o resto vem que me sinto ehehehe. Agora está tudo centrado no trabalho e na criatividade.

Não sabia de nada do que se tinha passado com os teus espaços, já não vou à Nova-Lis há algum tempo!

25 de outubro de 2010

Etapas evolutivas dos trânsitos

Quando os trânsitos (quaisquer que sejam os planetas) tratam os assuntos que se encontram naquilo que se chama de “etapa pessoal e preparatória ou de assentamento”casas 1, 2 e 3 – movimentam-se lentamente. Do Ascendente ao Fundo-do-Céu. Não é uma posição para mudanças rápidas. Tudo o que se tente fazer, deve ser pensado e sentido como havendo uma meta a longo prazo. Se os trânsitos envolverem Úrano, Neptuno e Plutão, procuro vê-los como sendo autênticos projectos de vida, a serem lentamente elaborados.

Neste espaço do nosso mapa, as energias dos trânsitos estão a reorganizarem-se para se desenvolverem nas três casas seguintes – a 4, 5 e 6. Do Fundo-do-Céu ao Descendente. A este sector do mapa chamamos de “etapa de desenvolvimento”. Esta área é a que envolve as nossas raízes, fundações, criatividade e trabalho. É a área do ditado popular – “Tendo saúde, o resto vem.”

Os trânsitos continuam para se expressarem e expandirem nas casas seguintes – a 7, 8 e 9. Do Descendente ao Meio-do-Céu. É a “etapa de expansão”. É quando confirmamos as parcerias, negócios, casamento, amadurecimento interno e expansão de horizontes. As actividades externas são as mais importantes neste sector.

Resta-nos o último sector do mapa – as casas 10, 11 e 12 – chamado de “etapa de consolidação”. Do Meio-do-Céu, novamente ao Ascendente. É o tempo de consolidação dos planos internos e de aprendizagem no manejo e operacionalidade a tudo o que se refere ao “Eu”. É nesta área que se situa sobretudo, o que diga respeito às ocorrências do nosso interior.

Como breve apontamento: sabemos que Neptuno e Plutão não passam por todos estes sectores (ou casas) numa vida normal. Em números redondos, Plutão necessita de cerca 250 anos para percorrer esta distância. Neptuno - 160 anos. Úrano – 80 anos. Quíron – 50 anos. Saturno – 29 anos. Júpiter – 12 anos. Marte – 2 anos. Vénus – 1 ano e meio. Mercúrio – cerca de 1 ano. Sol – 1 ano. Lua – 28 dias. Por aqui percebemos as variações de humor que a Lua nos pode provocar no dia-a-dia. Fica cerca de dois dias e meio em cada signo. O Sol, percorrendo estas 4 etapas ao longo de um ano, dá-nos imensas oportunidades de nos expressarmos de muitas maneiras.

Se Saturno transita pela “etapa pessoal e preparatória ou de assentamento” – casas 1, 2 e 3 – anuncia um período de avaliação, de maior recolhimento, um certo retiro das actividades mais mundanas. Obviamente, que os planetas em trânsito não passam só pelas casas. Também atravessam signos. E, obviamente, encontram-se com os nossos planetas natais.

.

25 comentários:

Fada Moranga disse...

Ai António, António, já nem sei que dizer... Depois de 3 anos de Saturno na 12 já apetecem actividades mais mundanas! 2 horas por semana, pode ser? ;-)
Bem haja e um grande beijo*deFada

Cristiano Melo disse...

Caro Antonio,
sua explicação sobre as casas ficou muito didático, eu tinha dúvidas sobre o seu agrupamento e agora ficou bem claro para mim, muito obrigado.
No meu mapa astral, tenho Saturno na casa 1, imagina a barra que tive de passar? risos. O que sempre me trouxe mais esperança (risos2) é de ter tido no meu nascimento Vênus e o Sol na casa 11, ainda posso ser feliz!(brincadeira) entendo a necessidade de mortes e renascimentos para nosso pleno desenvolvimento
Grande abraço

Otário disse...

passei para deixar saudações!
ham... saudações!

Sonia Beth disse...

Oi Antonio
Muito boa! obrigada

Editora disse...

Fada,

Duas horas por semana? Isso arranja-se. Já falta pouco!~~


Beijos

António

Editora disse...

Cristiano,

Imagino sim, um Saturno a transitar pela 1. Como deve imaginar já passei por isso. Muda tudo ou quase tudo. Começar a fazer o seu mealheiro, se ainda não o tem. Quanto a amores, não sei que lhe diga.

Abraço

António

António Rosa disse...

Otário

Logo irei passar pelo seu blogue também para lhe deixar saudações.

Grato,

António

António Rosa disse...

Sônia,

Muito obrigado por ter vindo com a sua Presença.

Beijo

António

António Rosa disse...

Fada e Cristiano,

Mais acima, não me apercebi que estava a usar um outro email em vez do meu para estas coisas dos blogue.

Lamento,

Obrigado

António

Joana disse...

António,

O Saturno está em trânsito sobre o meu Plutão natal na casa 2. Tudo a ser lentamente reformulado. Mas nesta fase da minha vida, faz todo o sentido que assim seja.

Beijinhos

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António querido!
Muito fácil de compreender...vou arquivar na minha pasta de estudos.
Mais uma vez excelente.
Um beijo grande para um dia maravilhoso.
Astrid Annabelle
P.S.
a viagem foi transferida para janeiro/2011.

Hanah disse...

Antonio,

Que linda aula sobre trânsitos,
Sintética, só bater os olhos para perceber...
para quem tem (gemeos/gemeos) como eu, dispersão no aprendizado ;-) vou ir lá bater os olhos nos meus trânsitos, já com uma outra visão ;-)
Um grande muito obrigado !!!
Bom inicio de semana !!!

António Rosa disse...

Joana

Põe-lhe 'lentamente'. Ainda em que te faz sentido.

Estou a trabalhar na tua cruz para que saia dentro de dias.

Beijos

António

António Rosa disse...

Querida Astrid,

Esta noite, à meia-noite sairá a sua cruz e da Hannah.

Em Janeiro tudo será melhor, então.

Entretanto, esta manhã perdi imensa informação da net que estava no meu computador. Foi um limpeza geral. Ter conseguido chegar ao blogue foi uma sorte.

Perdi todos os links que tinha.

A er vamos,

Beijo

António

António Rosa disse...

Hannah,

Esta noite, à meia-noite sairá a sua cruz e da Astrid.

Ainda bem que gostou deste texto. Simplezinho, mas caiu em graça.

Beijo

António

Astrid Annabelle disse...

António querido.
Se precisar de lista de links dos blogs posso lhe enviar...e de outros links que precisar...
É uma "alegria" quando isso acontece!!!:((
Beijos
Astrid Annabelle

marcelo dalla disse...

Olá querido!!! Que bom começar a tarde com uma aulinha sua. Adoro e agradeço a partilha!!!!!
Grande abraço

António Rosa disse...

Querida Astrid

Felizmente, os links que mais uso estão dentro do meu blogue. O pior foram os outros, que obrigam a senhas e passwords. Desapareceu tudo. Foi um ar que passou e limpou tudo.

Felizmente tenho programado os posts para os dia 26 e 27 e tenho apenas que me preparar para a blogagem coletiva da Glorinha, que quero muito participar e nem sei bem como.

Não consigo dar conta do recado.

Beijos

António

António Rosa disse...

Marcelo,

Muito obrigado pela visita. Hoje isto está pior que Mercúrio retrógrado. Perdi cerca de 80% dos acessos à minha informação na internet.

Grande abraço

António

Hanah disse...

Olá Antonio,


vou estar acordada esperando pela minha crux...
;-)

bjos

p.S:

Esta noite estava pensando, quanto ao da nova-lis por ter estado sem entrar no ar durante algum tempo e os outros ainda vi que (a ning agora passa a cobrar?, não entendi direito porque faz tempo que não vou lá), temos que arranjar um jeito de fazer um back up na rede...acho que o google tem uma ferramenta que faz isso,;-) enfim...


;-) té mais

António Rosa disse...

hannah

A questão da Ning é diferente do ocorrido com o site da Nova-Lis.

A Ning passou a cobrar e eu tive que fazer uma escolha: desistir da 'Comunidade de Astrologia', pois não tinha movimento, nem participação. Havia (ainda há) muitas pessoas inscritas, mas não participam. Portanto, a Ning vai encarregar-se de apagar a comunidade.

Quanto ao site da «Escola de Astrologia Nova-Lis» o que aconteceu foi outra coisa. O site sempre esteve num servidor pago a meias com outros sites que lá estavam alojados. Imagine uma espécie de armazém grande com vários inquilinos a ocuparem e pagarem pedaços mias pequenos. Assim foi desde a criação do site em Março de 2007. Há um ano e meio, portanto.

Entretanto, o site foi crescendo e teve cerca de 1.500 visitas diárias nunca houve problemas. Mas desde que retirámos a obrigação das pessoas se registarem no site para acederem ao seu conteúdo (de forma gratuita), as visitas diárias foram aumentando, aumentando, aumentando, que começou a provocar problemas aos sites vizinhos com quem partilhávamos o servidor.

Na prática, era mais ou menos isto: uma entrada comum para todos os sites, mas que era ocupada em 99% pelos visitantes da Nova-Lis e assim engarrafámos o caminho.

No entanto, podíamos ter sido avisados com antecedência dessa situação e darem-nos um prazo para procurarmos um servidor exclusivo para o Nova-Lis. O que os gestores do servidor fizeram foi simplesmente colocarem o nosso site em offline. Fora de circuito.

Estivémos 2 dias sem saber de nada, pois calhou que não fomos lá nesse fim-de-semana. Entrámos em contacto com o gestor do servidor só no fim do dia de segunda-feira passada. Como o servidor está na Califórnia, só na terça-feira, dia 20 é que soubemos a razão do site estar em baixo.

O resto é história - procurar um servidor dedicado, encontrar um cujos preços não fossem excessivos, pagar, esperar 24 horas que o pagamento entrasse no novo servidor e fazer a transferência de conteúdo.

Só ontem, domingo, dia 24 é que conseguimos por o site novamente em pé, tal como está agora.

Hannah, a questão é o back up, pois isso temos.

Agora falta apenas a parte dos cursos do Nova-Lis ficar online, esperemos que em 24 horas iremos conseguir.

Grande abraço,

António

Anónimo disse...

Meu bom António,

Apenas deixo um beijo...já sabe que eu leio tudo...mesmo que não saiba nada...mas enche-me a alma..fico como que muito " culta" nesta área..loool...

Nâo ligou nenhuma á minha mensagem.....mas entendo com tudo o que o seu pc anda aprontando..

Mais uma vez, amizade incondicional e um beijo grande como nós.....

DULCE BENTO

António Rosa disse...

Dulce, minha querida,

Não liguei nenhuma à sua mensagem? Escreva-me pelo FC para me relembrar...

Beijos

António

Nathália (Ná) disse...

Antonio só passei para te desejar um dia maravilhoso, com muita paz e muito amor.

Bjs!

Shin Tau disse...

Bom e hoje tive de passar ainda por aqui :)
Olha que bela aula, é uma excelente orientação, para quem como eu gosta de acompanhar os trânsitos mas depois não sabe bem o que lhes fazer.

Tenho Úrano a começar a etapa da consolidação :) e felizmente Saturno já passou o FC, sem grandes percalços é mesmo tendo saúdo o resto vem que me sinto ehehehe. Agora está tudo centrado no trabalho e na criatividade.

Não sabia de nada do que se tinha passado com os teus espaços, já não vou à Nova-Lis há algum tempo!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates