Portugal na rota dos eventos Kryon

12 de setembro de 2010 ·

Esta imagem é propriedade de David Brown.
As channelled by David Brown

Portugal na rota dos eventos Kryon
Saiba mais sobre os eventos, clicando nas datas:
- 31 Outubro e 1 Novembro 2010

- 19 e 20 Março 2011


Eu não sei o que se passa convosco, mas eu só ouvi falar de Kryon pela primeira vez em Maio de 1998. Estava num prolongado internamento num hospital em Londres, quando pela primeira vez ouvi falar num americano que canalizava Kryon. Quem não se lembra desta frase incial: «Eu Sou Kryon do Serviço Magnético.»? Quem não ficou arrepiado ao ouvir ou ler esta frase? No hospital londrino não descansei até conseguir obter o primeiro livro publicado por Lee Carroll - «Kryon - The End Times» (1993).

Só vários anos depois é que consegui ler em português, numa tradução do português Vitorino de Sousa, no seu antigo site «Velatropa», que já não existe, pois foi transferido para outro site seu, aqui. Entretanto, ele próprio começou a canalizar Kryon e eu fui o editor dos seus livros - [ 1 - 2 - 3 - 4 ] (de 2004 em diante).

Entretanto o primeiro livro de Lee Carroll, «Kryon - The End Times», foi traduzido em inúmeras línguas e publicado em todo o mundo. O mesmo aconteceu com os seus livros seguintes. Quando regressei a Portugal, completamente curado, é que pude perceber o alcance que a palavra «Kryon» tinha alcançado em todo o mundo. Quem estava atrasado 5 anos era eu, pois este movimento espiritual começou em 1993.

Entretanto, surgiram vários canais em muitos países. Kryon já não é exclusivo de Lee Carroll.

Ouvi em directo, li textos na internet e li muitos livros sobre os temas Kryon. Recordo-me, por exemplo de ter ouvido o xamânico espanhol Alberto Saiz que, curiosamente está neste mês de Setembro em trabalho no Brasil. Mas este jovem não se arroga o privilégio de usar uma marca possível - «Kryon Espanha». Até porque, hoje em dia o próprio Kryon (e sua equipe) ao terem alargado as malhas que envolviam o planeta Terra, encarregou-se de que as suas mensagens estivessem ao alcance de inúmeros canais. Tal como Maria, Metraton, Miguel, Sananda... Ainda bem que assim é.

Tudo isto vem a propósito dos dois eventos Kryon a realizarem-se em Portugal nos tempos mais próximos.

O primeiro deles é já em 31 de Outubro e 1 de Novembro e tem um título estranho, que me soa como se fosse uma marca de um produto qualquer: «1º Evento Kryon no Brasil em Portugal». Demorou até que eu percebesse que o grupo que se desloca a Portugal chama-se «Kryon no Brasil» [clicar]. Há uma frase no anúncio deste evento que não é correcta: «Kryon pela primeira vez em Portugal...». Então, e como mencionei mais acima, o Vitorino de Sousa não conta? Nem o Alberto Saiz? Memória curta ou pressa publicitária?

Digo que demorei a perceber que era um nome tipo marca, porque nas minha pesquisas, descobri que no Brasil, também há outro grupo que usa uma marca que se chama «Grupo Kyon Brasil TM» [Este TM significa 'Trade Mark', ou seja aquilo que conhecemos por 'Marca registada']. Para a minha cabeça já cansada, tudo isto é confuso. Será que estes grupos se conhecem uns aos outros? Talvez valesse a pena juntá-los. Só espero que não me argumentem com o tal do 'ego espiritual'.

O segundo dos eventos Kryon é em 19 e 20 Março 2011 e a previsão é que seja um mega evento e é anunciado assim: «Kryon em Portugal». Pudera! Se é o próprio Lee Carroll e sua equipe que se deslocam ao nosso país! A realizar-se num dos locais mais espaçosos em Lisboa. O mais 'engraçado' disto tudo é que no site feito de propósito para este evento, Lee Carrol é anunciado como o «canal oficial». Coisas do marketing!

São estas e outras histórias que me fazem pensar que Kryon está a ser «franchisado» no planeta Terra. Mais parece coisa género McDonald's, mas sem direito a logótipo.

Desejo que sejam eventos magníficos, que haja cura, que as pessoas se sintam bem, que participem em paz e já agora, e porque não, que os organizadores, canais e respectivas equipes sejam bem remunerados, pois essa é uma consequência natural de bom trabalho que desenvolvem. Depois dos eventos certamente teremos oportunidade de ver as fotografias no Facebook.


26 comentários:

Astrid Annabelle disse...
12 de setembro de 2010 às 13:44  

Bom dia António!
"«Eu Sou Kryon do Serviço Magnético.»? Quem não ficou arrepiado ao ouvir ou ler esta frase?"
Isso é uma grande verdade! Eu fiquei!!!
"Entretanto, surgiram vários canais em muitos países. Kryon já não é exclusivo de Lee Carroll."
Outra grande verdade!
Por que?
Porque as pessoas estão ascencionando e conseguindo acessar esta magnífica energia em sua dimensão iluminada. Pois ao contrário do que muitos imaginam são as consciências humanas que estão se tornando habilitadas para estabelecer este contato.
Isso eu posso afirmar por experiência própria quando do tempo em que comecei a receber mensagens diretas do Bem Amado Mestre Ascenso Saint Germain. Como EGO eu considerava que seria imaginação da minha parte. Então os Mestres,para auxiliar os seus "iniciados" dão "sinais ou provas" que comprovam a realidade desse acesso. Na época eu recebia os comunicados das canalizações da Carmen Balestero ( Canal "oficial" do Mestre Saint Germain no Brasil) e batiam com tudo o que eu mesma já havia recebido. Foi um aprendizado fantástico.
Resumindo...as mensagens dos Mestres estão disponíveis para quem puder acessá-las.
Por isso hoje muitos canalizam Kryon. E também, muitos ACHAM que canalizam...percebe-se a diferença pelo teor da mensagem!

Desculpe se me intrometi demais...rss
Enquanto estou aqui escrevendo vi que comentou lá "em casa". Vou lhe responder por lá agora...
Tenha um lindo domingo.
Beijo grande
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 14:11  

Astrid

O meu domingo ficou melhor ao ler o seu importante comentário. Muito agradecido.

«Pois ao contrário do que muitos imaginam são as consciências humanas que estão se tornando habilitadas para estabelecer este contato.
Isso eu posso afirmar por experiência própria quando do tempo em que comecei a receber mensagens diretas do Bem Amado Mestre Ascenso Saint Germain.»

Amén. É isso mesmo.

Sabe, Astrid, fico muito cansado com estas campanhas de marketing (estou a ser simpático), quando a intenção deveria ser consciencializar o maior número de pessoas.

Publiquei muitos livros canalizados na minha editora, por isso, sei do que falo, mas prefiro ficar calado e apenas ir escrevendo e fazendo umas 'coisas' numa área muito 'antiga' que amo de verdade - a astrologia e metafísica.

Beijos e bom domingo.

António

IdoMind disse...
12 de setembro de 2010 às 14:44  

António

A primeira vez que ouvi falar de Kryon foi...tchan tchan tchan... de ti! Ainda nos bombeiros de ALgés :) Depois de um exercício que fizemos juntos. Não deves lembrar-te, mas eu lembro-me bem, não fiquei arrepiada, fiquei completamente acag***da!

Sabes o que acho disto tudo? Parecem aqueles " mais 5 minutos" depois do despertador tocar. Sabemos que temos de nos levantar. Sabemos que temos de ir trabalhar, e ainda assim...são só mais 5 minutos...

Concordo com a Astrid, estamos mais receptivos, mas as vozes sempre estiveram aí a gritar para quem tivesse coração para ouvir.Já ouvimos. Já lemos o que outros ouviram.Se calhar é tempo de levantar da cama...Digo eu.

A mensagem é sempre a mesma. Desde o principio dos tempos. Nada está por inventar mas ainda está quase tudo por fazer.
Como acredito no exemplo, acho que mais consciências seriam despertas se ao invés de se escreveram 300 mil livros sobre a mesma coisa, se fizessem, que fossem, 3 gestos por mês de caridade, de tolerância...de amor para com o próximo. Tal como ensinam os mestres.

Admiro-te António porque tu ÉS obreiro. Tu fazes o trabalho de Deus. Não te limitas a debitar o que sabes ou a escrever sobre isso. Usas esse conhecimento para bem de muitos. Nunca é demais lembrar as pessoas que aproximaste directamente da tua Cova ;)De continente a continente...Só os espanhois é que ainda estão meio resistentes lol

Gostei do " franshing" de Kryon...lol

Mil beijinhos e desculpa o desabafo mas não consigo evitar ficar triste pelos 5 minutos que nunca têm fim

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 15:18  

IdoMind

Bom...!!!!!!!!!!!

Nos bombeiros de Algés. Mas isso não foi há éons de anos? :)))))

Adorei a tua ideia do «5 minutos». Muito boa. É porque não têm um Tibério que lhes vai lamber a cara para nos levantarmos, :)) Não há feriados, domingos, nada disso. Nem Dia de Natal! Ele tem que ir à rua fazer o xixi e pronto.

Amei esra frase tua

«Só os espanhois é que ainda estão meio resistentes lol»

Mas isso é compreensível. Completamente. Desesperadamente compreensível. Não conseguem perceber patavina do português. Soa-lhes como se ucraniano ou mongol.

Nós conseguimos percebê-los, mas eles não conseguem.

Por outro lado eles não usam o translator (bom, reconheçamos que por vezes sai um guisado estranho).

Mas eu penso: sei de uma leitora que é holandesa e fala e escreve bem o espanhol e segue o Cova do Urso. Sei de um astrólogo australiano que segue isso também Conheço pelo menos 4 ou 5 astrólogas americanas que me acompanham e arranham o português.

Pronto fica decidido: vou ter que criar um blogue igualzinho a este que se chamará «Cueva del Oso« e irei traduzindo umas coisas, Aceitam-se tradutores que não cobrem nada excepto umas almoçaradas de vez em quando.

Até porque eu preciso de começar a criar o meu futuro, que está muito no meu espírito: vender a minha editora, ir para aposentação (tenho ausência de saúde que justifique) e dividir o tempo do ano entre o sul da Argentina (os 6 meses de Outono e Inverno) ), Ubatuba/Brasil/Astria (15 dias por causa do calor)e os outros 4 a 5 meses em Portugal, entre Novembro e Fevereiro.

Obviamente, vou ter que criar um «Cueva del Oso».Não me posso ateasar antes que outros copiem o nome.

Beijos, muitos beijos.

Muito agradecido-.

António

IdoMind disse...
12 de setembro de 2010 às 15:42  

Ursinho

Tens aí um belo plano!! Não precisas de uma assistente?

Vê lá como somos. Ao invés de serem os espanhóis a esforçar-se para entender, és tu que vais "dobrar" a Cova do Urso...
É uma ideia gira. Eu sigo alguns blogs espanhois sobretudo de astrologia e de quando em quando deixo comentários. Nunca recebi resposta. Agora percebo...no lo entienden lol

Mil beijinhos Oso

Astrid Annabelle disse...
12 de setembro de 2010 às 16:08  

Más que hablar gostosa! Una idea encantador!
rsss
Traduzi no Babylon!!!!
beijos
Astrid Annabelle

P.S.
por que colocou esta BENDITAS letrinhas de confirmação...argh...

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 16:54  

IdoMind

Já criei o «Cueva del Oso», ainda só com um artigo em português, mas que irei traduzir.

Pode ser visto neste endereço:

http://cueva-del-oso.blogspot.com/

Os próximos 2 meses é para preparar o blogue de modo a «conquistarmos o mundo em língua espanhola». Parece bem?

Claro que conto com a tua colaboração. Diz-me em quê que arranjarei logo utilidade.

Beijinhos

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 16:57  

Astrid

Nisto de estar a 'brincar' (a sério) de criar o blogue «Cueva del Oso», houve aqui umas confusões de códigos html e por isso ficou assim, com as letrinhas. Mas já foi corrigido. Ainda bem que me advertiu.

http://cueva-del-oso.blogspot.com/

Beijos

António

IdoMind disse...
12 de setembro de 2010 às 17:11  

lolololol

Não sei se ria se chore! A rir! Muito bom.
Vamos lá ver agora como se portam nuestros hermanos...na Cueva del Oso

Vou fazer-me seguidora.
Mercurio deixou de estar retrógado, não é? Bom sinal para este inicio de relações ibéricas cibernautas.

A minha utilidade? Algum esponhol chico- esperto que tente apropriar-se de um post teu e eu mostro-lhe o que é direitos de autor lol
Buena suerte Osito lol

IdoMind disse...
12 de setembro de 2010 às 17:12  

Só tu!

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 17:20  

IdoMind

Agora é só... dar um tempo para 'dominarmos' os espaços de língua espanhola.

Agora é a nossa vez...

Beijos

IdoMind disse...
12 de setembro de 2010 às 17:24  

Vamos a eles!!
Beijo

Astrid Annabelle disse...
12 de setembro de 2010 às 18:54  

Olha estou dando muita risada com a conversa de vocês.
Ajudo a IdoMind a ficar de olho nos espahóis chico-espertos copiadores...los hermanos copiadores!!!hahahaha
Muito bom!
Já estou como seguidora.
Só não me peça para traduzir...isso eu não sei mesmo!!!
Ajudo a divulgar rapidinho!!!!
Bessos aos dois
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
12 de setembro de 2010 às 19:21  

Astrid

Quando chegar a hora de divulgar eu pedirei. Por enquanto, há muito trabalho de bastidores para desenvolver.

Obrigado.

Beijos.

Macá disse...
12 de setembro de 2010 às 22:19  

Adorei essa conversa acima.
Mas fiquei com inveja mesmo foi do:
"Até porque eu preciso de começar a criar o meu futuro, que está muito no meu espírito: vender a minha editora, ir para aposentação (tenho ausência de saúde que justifique) e dividir o tempo do ano entre o sul da Argentina (os 6 meses de Outono e Inverno) ), Ubatuba/Brasil/Astria (15 dias por causa do calor)e os outros 4 a 5 meses em Portugal, entre Novembro e Fevereiro."
Que coisa boa (embora você tenha dito que é por causa da saúde) poder ficar um tempo em cada lugar diferente e viver cada momento nesses lugares.
Deve ser muito bom.
abs

cruz disse...
12 de setembro de 2010 às 23:20  

Eu cá não fiquei nada arrepiado com isso!!!

Saulo Taveira disse...
13 de setembro de 2010 às 00:08  

António querido,
eu nunca ouvi falar nisso - Kryon. Mas já estou pesquisando. (Nada como o Google) Me parece interessantíssimo e ainda não li nada direito.
Seguirei buscando.
Qualquer dúvida, volto a ti.

Beijos. Bela semana a todos!

ronaldo1407 disse...
13 de setembro de 2010 às 02:09  

olá Antonio... Espanhol não entende português??? Bueno yo vivo en Foz do Iguaçu y nos mesclamos todo....
Sobre estes canalizadores ganhadores de dinheiro é bom ter cuidado... veja:http://rosane-avozdoraiorubi.blogspot.com/search/label/ELIZABETH%20CLARE%20PROPHET

marcelo dalla disse...
13 de setembro de 2010 às 04:41  

Querido!!!!
Já li canalizações maravilhosas de Kryon, que me marcaram muito. Sobre, arte, música astrologia, etc.
Adoraria participar. Vc vai? Se for, depois nos conte tudo!!!
Grande abraço e uma linda semana!!!

António Rosa disse...
13 de setembro de 2010 às 07:01  

Macá

É um sonho esse que comentei. Ma snão vejo a hora de o concretizar e os anos vão passando...

Beijo, obrigado

António

António Rosa disse...
13 de setembro de 2010 às 07:01  

Saulo querido

O saber não ocupa lugar. Você tirará as suas conclusões após ter feito as suas pesquisas.

Grato e um beijo

António

António Rosa disse...
13 de setembro de 2010 às 07:04  

Ronaldo

Isso deve ser porque a Foz do Iguaçu é um local mágico. Ponha um espanhol em São Paulo e depois conversamos. Disse espanhol, e não argentino, pois é um povo muito diferente.

Em algumas cidades fronteiriças entre Portugal e Espanha até se vão entendendo por força da vizinhança. Mas fica-se por aí.

Abraço.

António

António Rosa disse...
13 de setembro de 2010 às 07:05  

Cruz

Como o compreendo!!!

António Rosa disse...
13 de setembro de 2010 às 07:05  

Marcelo

Se for será ao evento de Março e como ainda falta muito tempo... logo se verá.

Grande abraço,

António

Ricardo Correia disse...
22 de novembro de 2010 às 16:25  

Olá António! Soube recentemente da presença de Kryon em Portugal no próximo ano e tratei de pesquisar na net e foi assim que descobri este seu artigo. Frequentei as palestras de Kryon do Vitorino, uma energia com a qual me identificava bastante. Senti grande pena quando o Vitorino se afastou desta entidade maravilhosa e pensava eu que esta seria uma oportunidade óptima para voltar a entrar em contacto com esta energia. Após ler este seu artigo, com o qual me identifico maioritariamente, qual não foi o meu espanto quando a organização do evento pede 180 euros (!!!) para um evento de dois dias e 100 para um dia. Fiquei estupefacto!!

Lamentavelmente e já vejo isto a acontecer com outros canais de alguns anos a esta parte, esta coisa da espiritualidade caiu precisamente naquilo que outrora criticava: um negócio de chulice, apenas ao alcance dos ricos e dos que podem pagar. O capitalismo é mau... mas vira o disco e toca o mesmo!

No caso de um desempregado como eu, residente em Coimbra... 180 euros mais dormida, alimentação, viagem e outras despesas inerentes... isto é pra ricos!!

Sinto uma profunda tristeza ao ver isto acontecer e como digo, são cada vez mais os casos de canais conhecidos a reproduzirem este comportamento, o que é lamentável. A espiritualidade que revero é aquela ao alcance de todos e não apenas dos que podem pagar.

Quanto a estas expressões de "canal oficial", "1ª vez em Portugal", "marcas registadas", como se fossem exclusivos... mas andamos a gozar ou quê?

Já reparei que o António se coibe de dar largas a alguns sentimentos acerca destas matérias, mas aqui entre nós, que pelos visto pensamos da mesma maneira... não se sente revoltado com este abandalhamento da espiritualidade? EU cá sinto e não é pouco!!!

António Rosa disse...
22 de novembro de 2010 às 18:04  

Caro Ricardo

Por email já fui tão criticado por este post, como estando a dificultar a vida (leia-se: €€€€€€) de quem organiza estes eventos, que o melhor mesmo é manter-me mais calado. Mas concordo consigo, sim.

Abraço.

12 de setembro de 2010

Portugal na rota dos eventos Kryon

Esta imagem é propriedade de David Brown.
As channelled by David Brown

Portugal na rota dos eventos Kryon
Saiba mais sobre os eventos, clicando nas datas:
- 31 Outubro e 1 Novembro 2010

- 19 e 20 Março 2011


Eu não sei o que se passa convosco, mas eu só ouvi falar de Kryon pela primeira vez em Maio de 1998. Estava num prolongado internamento num hospital em Londres, quando pela primeira vez ouvi falar num americano que canalizava Kryon. Quem não se lembra desta frase incial: «Eu Sou Kryon do Serviço Magnético.»? Quem não ficou arrepiado ao ouvir ou ler esta frase? No hospital londrino não descansei até conseguir obter o primeiro livro publicado por Lee Carroll - «Kryon - The End Times» (1993).

Só vários anos depois é que consegui ler em português, numa tradução do português Vitorino de Sousa, no seu antigo site «Velatropa», que já não existe, pois foi transferido para outro site seu, aqui. Entretanto, ele próprio começou a canalizar Kryon e eu fui o editor dos seus livros - [ 1 - 2 - 3 - 4 ] (de 2004 em diante).

Entretanto o primeiro livro de Lee Carroll, «Kryon - The End Times», foi traduzido em inúmeras línguas e publicado em todo o mundo. O mesmo aconteceu com os seus livros seguintes. Quando regressei a Portugal, completamente curado, é que pude perceber o alcance que a palavra «Kryon» tinha alcançado em todo o mundo. Quem estava atrasado 5 anos era eu, pois este movimento espiritual começou em 1993.

Entretanto, surgiram vários canais em muitos países. Kryon já não é exclusivo de Lee Carroll.

Ouvi em directo, li textos na internet e li muitos livros sobre os temas Kryon. Recordo-me, por exemplo de ter ouvido o xamânico espanhol Alberto Saiz que, curiosamente está neste mês de Setembro em trabalho no Brasil. Mas este jovem não se arroga o privilégio de usar uma marca possível - «Kryon Espanha». Até porque, hoje em dia o próprio Kryon (e sua equipe) ao terem alargado as malhas que envolviam o planeta Terra, encarregou-se de que as suas mensagens estivessem ao alcance de inúmeros canais. Tal como Maria, Metraton, Miguel, Sananda... Ainda bem que assim é.

Tudo isto vem a propósito dos dois eventos Kryon a realizarem-se em Portugal nos tempos mais próximos.

O primeiro deles é já em 31 de Outubro e 1 de Novembro e tem um título estranho, que me soa como se fosse uma marca de um produto qualquer: «1º Evento Kryon no Brasil em Portugal». Demorou até que eu percebesse que o grupo que se desloca a Portugal chama-se «Kryon no Brasil» [clicar]. Há uma frase no anúncio deste evento que não é correcta: «Kryon pela primeira vez em Portugal...». Então, e como mencionei mais acima, o Vitorino de Sousa não conta? Nem o Alberto Saiz? Memória curta ou pressa publicitária?

Digo que demorei a perceber que era um nome tipo marca, porque nas minha pesquisas, descobri que no Brasil, também há outro grupo que usa uma marca que se chama «Grupo Kyon Brasil TM» [Este TM significa 'Trade Mark', ou seja aquilo que conhecemos por 'Marca registada']. Para a minha cabeça já cansada, tudo isto é confuso. Será que estes grupos se conhecem uns aos outros? Talvez valesse a pena juntá-los. Só espero que não me argumentem com o tal do 'ego espiritual'.

O segundo dos eventos Kryon é em 19 e 20 Março 2011 e a previsão é que seja um mega evento e é anunciado assim: «Kryon em Portugal». Pudera! Se é o próprio Lee Carroll e sua equipe que se deslocam ao nosso país! A realizar-se num dos locais mais espaçosos em Lisboa. O mais 'engraçado' disto tudo é que no site feito de propósito para este evento, Lee Carrol é anunciado como o «canal oficial». Coisas do marketing!

São estas e outras histórias que me fazem pensar que Kryon está a ser «franchisado» no planeta Terra. Mais parece coisa género McDonald's, mas sem direito a logótipo.

Desejo que sejam eventos magníficos, que haja cura, que as pessoas se sintam bem, que participem em paz e já agora, e porque não, que os organizadores, canais e respectivas equipes sejam bem remunerados, pois essa é uma consequência natural de bom trabalho que desenvolvem. Depois dos eventos certamente teremos oportunidade de ver as fotografias no Facebook.


26 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António!
"«Eu Sou Kryon do Serviço Magnético.»? Quem não ficou arrepiado ao ouvir ou ler esta frase?"
Isso é uma grande verdade! Eu fiquei!!!
"Entretanto, surgiram vários canais em muitos países. Kryon já não é exclusivo de Lee Carroll."
Outra grande verdade!
Por que?
Porque as pessoas estão ascencionando e conseguindo acessar esta magnífica energia em sua dimensão iluminada. Pois ao contrário do que muitos imaginam são as consciências humanas que estão se tornando habilitadas para estabelecer este contato.
Isso eu posso afirmar por experiência própria quando do tempo em que comecei a receber mensagens diretas do Bem Amado Mestre Ascenso Saint Germain. Como EGO eu considerava que seria imaginação da minha parte. Então os Mestres,para auxiliar os seus "iniciados" dão "sinais ou provas" que comprovam a realidade desse acesso. Na época eu recebia os comunicados das canalizações da Carmen Balestero ( Canal "oficial" do Mestre Saint Germain no Brasil) e batiam com tudo o que eu mesma já havia recebido. Foi um aprendizado fantástico.
Resumindo...as mensagens dos Mestres estão disponíveis para quem puder acessá-las.
Por isso hoje muitos canalizam Kryon. E também, muitos ACHAM que canalizam...percebe-se a diferença pelo teor da mensagem!

Desculpe se me intrometi demais...rss
Enquanto estou aqui escrevendo vi que comentou lá "em casa". Vou lhe responder por lá agora...
Tenha um lindo domingo.
Beijo grande
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Astrid

O meu domingo ficou melhor ao ler o seu importante comentário. Muito agradecido.

«Pois ao contrário do que muitos imaginam são as consciências humanas que estão se tornando habilitadas para estabelecer este contato.
Isso eu posso afirmar por experiência própria quando do tempo em que comecei a receber mensagens diretas do Bem Amado Mestre Ascenso Saint Germain.»

Amén. É isso mesmo.

Sabe, Astrid, fico muito cansado com estas campanhas de marketing (estou a ser simpático), quando a intenção deveria ser consciencializar o maior número de pessoas.

Publiquei muitos livros canalizados na minha editora, por isso, sei do que falo, mas prefiro ficar calado e apenas ir escrevendo e fazendo umas 'coisas' numa área muito 'antiga' que amo de verdade - a astrologia e metafísica.

Beijos e bom domingo.

António

IdoMind disse...

António

A primeira vez que ouvi falar de Kryon foi...tchan tchan tchan... de ti! Ainda nos bombeiros de ALgés :) Depois de um exercício que fizemos juntos. Não deves lembrar-te, mas eu lembro-me bem, não fiquei arrepiada, fiquei completamente acag***da!

Sabes o que acho disto tudo? Parecem aqueles " mais 5 minutos" depois do despertador tocar. Sabemos que temos de nos levantar. Sabemos que temos de ir trabalhar, e ainda assim...são só mais 5 minutos...

Concordo com a Astrid, estamos mais receptivos, mas as vozes sempre estiveram aí a gritar para quem tivesse coração para ouvir.Já ouvimos. Já lemos o que outros ouviram.Se calhar é tempo de levantar da cama...Digo eu.

A mensagem é sempre a mesma. Desde o principio dos tempos. Nada está por inventar mas ainda está quase tudo por fazer.
Como acredito no exemplo, acho que mais consciências seriam despertas se ao invés de se escreveram 300 mil livros sobre a mesma coisa, se fizessem, que fossem, 3 gestos por mês de caridade, de tolerância...de amor para com o próximo. Tal como ensinam os mestres.

Admiro-te António porque tu ÉS obreiro. Tu fazes o trabalho de Deus. Não te limitas a debitar o que sabes ou a escrever sobre isso. Usas esse conhecimento para bem de muitos. Nunca é demais lembrar as pessoas que aproximaste directamente da tua Cova ;)De continente a continente...Só os espanhois é que ainda estão meio resistentes lol

Gostei do " franshing" de Kryon...lol

Mil beijinhos e desculpa o desabafo mas não consigo evitar ficar triste pelos 5 minutos que nunca têm fim

António Rosa disse...

IdoMind

Bom...!!!!!!!!!!!

Nos bombeiros de Algés. Mas isso não foi há éons de anos? :)))))

Adorei a tua ideia do «5 minutos». Muito boa. É porque não têm um Tibério que lhes vai lamber a cara para nos levantarmos, :)) Não há feriados, domingos, nada disso. Nem Dia de Natal! Ele tem que ir à rua fazer o xixi e pronto.

Amei esra frase tua

«Só os espanhois é que ainda estão meio resistentes lol»

Mas isso é compreensível. Completamente. Desesperadamente compreensível. Não conseguem perceber patavina do português. Soa-lhes como se ucraniano ou mongol.

Nós conseguimos percebê-los, mas eles não conseguem.

Por outro lado eles não usam o translator (bom, reconheçamos que por vezes sai um guisado estranho).

Mas eu penso: sei de uma leitora que é holandesa e fala e escreve bem o espanhol e segue o Cova do Urso. Sei de um astrólogo australiano que segue isso também Conheço pelo menos 4 ou 5 astrólogas americanas que me acompanham e arranham o português.

Pronto fica decidido: vou ter que criar um blogue igualzinho a este que se chamará «Cueva del Oso« e irei traduzindo umas coisas, Aceitam-se tradutores que não cobrem nada excepto umas almoçaradas de vez em quando.

Até porque eu preciso de começar a criar o meu futuro, que está muito no meu espírito: vender a minha editora, ir para aposentação (tenho ausência de saúde que justifique) e dividir o tempo do ano entre o sul da Argentina (os 6 meses de Outono e Inverno) ), Ubatuba/Brasil/Astria (15 dias por causa do calor)e os outros 4 a 5 meses em Portugal, entre Novembro e Fevereiro.

Obviamente, vou ter que criar um «Cueva del Oso».Não me posso ateasar antes que outros copiem o nome.

Beijos, muitos beijos.

Muito agradecido-.

António

IdoMind disse...

Ursinho

Tens aí um belo plano!! Não precisas de uma assistente?

Vê lá como somos. Ao invés de serem os espanhóis a esforçar-se para entender, és tu que vais "dobrar" a Cova do Urso...
É uma ideia gira. Eu sigo alguns blogs espanhois sobretudo de astrologia e de quando em quando deixo comentários. Nunca recebi resposta. Agora percebo...no lo entienden lol

Mil beijinhos Oso

Astrid Annabelle disse...

Más que hablar gostosa! Una idea encantador!
rsss
Traduzi no Babylon!!!!
beijos
Astrid Annabelle

P.S.
por que colocou esta BENDITAS letrinhas de confirmação...argh...

António Rosa disse...

IdoMind

Já criei o «Cueva del Oso», ainda só com um artigo em português, mas que irei traduzir.

Pode ser visto neste endereço:

http://cueva-del-oso.blogspot.com/

Os próximos 2 meses é para preparar o blogue de modo a «conquistarmos o mundo em língua espanhola». Parece bem?

Claro que conto com a tua colaboração. Diz-me em quê que arranjarei logo utilidade.

Beijinhos

António Rosa disse...

Astrid

Nisto de estar a 'brincar' (a sério) de criar o blogue «Cueva del Oso», houve aqui umas confusões de códigos html e por isso ficou assim, com as letrinhas. Mas já foi corrigido. Ainda bem que me advertiu.

http://cueva-del-oso.blogspot.com/

Beijos

António

IdoMind disse...

lolololol

Não sei se ria se chore! A rir! Muito bom.
Vamos lá ver agora como se portam nuestros hermanos...na Cueva del Oso

Vou fazer-me seguidora.
Mercurio deixou de estar retrógado, não é? Bom sinal para este inicio de relações ibéricas cibernautas.

A minha utilidade? Algum esponhol chico- esperto que tente apropriar-se de um post teu e eu mostro-lhe o que é direitos de autor lol
Buena suerte Osito lol

IdoMind disse...

Só tu!

António Rosa disse...

IdoMind

Agora é só... dar um tempo para 'dominarmos' os espaços de língua espanhola.

Agora é a nossa vez...

Beijos

IdoMind disse...

Vamos a eles!!
Beijo

Astrid Annabelle disse...

Olha estou dando muita risada com a conversa de vocês.
Ajudo a IdoMind a ficar de olho nos espahóis chico-espertos copiadores...los hermanos copiadores!!!hahahaha
Muito bom!
Já estou como seguidora.
Só não me peça para traduzir...isso eu não sei mesmo!!!
Ajudo a divulgar rapidinho!!!!
Bessos aos dois
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Astrid

Quando chegar a hora de divulgar eu pedirei. Por enquanto, há muito trabalho de bastidores para desenvolver.

Obrigado.

Beijos.

Macá disse...

Adorei essa conversa acima.
Mas fiquei com inveja mesmo foi do:
"Até porque eu preciso de começar a criar o meu futuro, que está muito no meu espírito: vender a minha editora, ir para aposentação (tenho ausência de saúde que justifique) e dividir o tempo do ano entre o sul da Argentina (os 6 meses de Outono e Inverno) ), Ubatuba/Brasil/Astria (15 dias por causa do calor)e os outros 4 a 5 meses em Portugal, entre Novembro e Fevereiro."
Que coisa boa (embora você tenha dito que é por causa da saúde) poder ficar um tempo em cada lugar diferente e viver cada momento nesses lugares.
Deve ser muito bom.
abs

cruz disse...

Eu cá não fiquei nada arrepiado com isso!!!

Saulo Taveira disse...

António querido,
eu nunca ouvi falar nisso - Kryon. Mas já estou pesquisando. (Nada como o Google) Me parece interessantíssimo e ainda não li nada direito.
Seguirei buscando.
Qualquer dúvida, volto a ti.

Beijos. Bela semana a todos!

ronaldo1407 disse...

olá Antonio... Espanhol não entende português??? Bueno yo vivo en Foz do Iguaçu y nos mesclamos todo....
Sobre estes canalizadores ganhadores de dinheiro é bom ter cuidado... veja:http://rosane-avozdoraiorubi.blogspot.com/search/label/ELIZABETH%20CLARE%20PROPHET

marcelo dalla disse...

Querido!!!!
Já li canalizações maravilhosas de Kryon, que me marcaram muito. Sobre, arte, música astrologia, etc.
Adoraria participar. Vc vai? Se for, depois nos conte tudo!!!
Grande abraço e uma linda semana!!!

António Rosa disse...

Macá

É um sonho esse que comentei. Ma snão vejo a hora de o concretizar e os anos vão passando...

Beijo, obrigado

António

António Rosa disse...

Saulo querido

O saber não ocupa lugar. Você tirará as suas conclusões após ter feito as suas pesquisas.

Grato e um beijo

António

António Rosa disse...

Ronaldo

Isso deve ser porque a Foz do Iguaçu é um local mágico. Ponha um espanhol em São Paulo e depois conversamos. Disse espanhol, e não argentino, pois é um povo muito diferente.

Em algumas cidades fronteiriças entre Portugal e Espanha até se vão entendendo por força da vizinhança. Mas fica-se por aí.

Abraço.

António

António Rosa disse...

Cruz

Como o compreendo!!!

António Rosa disse...

Marcelo

Se for será ao evento de Março e como ainda falta muito tempo... logo se verá.

Grande abraço,

António

Ricardo Correia disse...

Olá António! Soube recentemente da presença de Kryon em Portugal no próximo ano e tratei de pesquisar na net e foi assim que descobri este seu artigo. Frequentei as palestras de Kryon do Vitorino, uma energia com a qual me identificava bastante. Senti grande pena quando o Vitorino se afastou desta entidade maravilhosa e pensava eu que esta seria uma oportunidade óptima para voltar a entrar em contacto com esta energia. Após ler este seu artigo, com o qual me identifico maioritariamente, qual não foi o meu espanto quando a organização do evento pede 180 euros (!!!) para um evento de dois dias e 100 para um dia. Fiquei estupefacto!!

Lamentavelmente e já vejo isto a acontecer com outros canais de alguns anos a esta parte, esta coisa da espiritualidade caiu precisamente naquilo que outrora criticava: um negócio de chulice, apenas ao alcance dos ricos e dos que podem pagar. O capitalismo é mau... mas vira o disco e toca o mesmo!

No caso de um desempregado como eu, residente em Coimbra... 180 euros mais dormida, alimentação, viagem e outras despesas inerentes... isto é pra ricos!!

Sinto uma profunda tristeza ao ver isto acontecer e como digo, são cada vez mais os casos de canais conhecidos a reproduzirem este comportamento, o que é lamentável. A espiritualidade que revero é aquela ao alcance de todos e não apenas dos que podem pagar.

Quanto a estas expressões de "canal oficial", "1ª vez em Portugal", "marcas registadas", como se fossem exclusivos... mas andamos a gozar ou quê?

Já reparei que o António se coibe de dar largas a alguns sentimentos acerca destas matérias, mas aqui entre nós, que pelos visto pensamos da mesma maneira... não se sente revoltado com este abandalhamento da espiritualidade? EU cá sinto e não é pouco!!!

António Rosa disse...

Caro Ricardo

Por email já fui tão criticado por este post, como estando a dificultar a vida (leia-se: €€€€€€) de quem organiza estes eventos, que o melhor mesmo é manter-me mais calado. Mas concordo consigo, sim.

Abraço.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates