Os lagos argentinos

26 de maio de 2009 ·

Adicionar legenda

Mapa da Rota dos 7 lagos

Saindo de San Martin de Los Andes vai fazer o seguinte percurso:

20 km – Punto Panorâmico Arroyo Partido

25 km - Rio Hermoso

30 km -  Lagos Machonico

35 km - Lago Hermoso

50 km -  Cascada Vullignanco  
50 km -  Lago Falkner  
50 km -  Lago Villarino

60 km – Lago Pichi Traful

80 km – Lago Espelho Chico
80 km – Lago Espelho grande

85 km -  Lago Correntoso

110 km – Vila de Angostura


As ilustrações dos lagos foram recolhida no blogue «Navegante do Infinito».


Lago Nahuel Huapi - localizado na Patagónia Argentina, dispõe de uma geografia bastante irregular, o que proporciona uma beleza incomparável, em função das suas baías, penínsulas e praias de areia vulcânica e pedra. Nas suas margens, está localizada a famosa cidade turística de Bariloche.


Cidades onde ficam as principais atrações turísticas no noroeste argentino: Neuquén • San Carlos de Bariloche • Villa La Angostura • San Martín de los Andes • Junín de los Andes • El Bolsón • Esquel

Embora corresponda geograficamente à porção noroeste da Patagónia, o chamado “Distrito dos Lagos” é, do ponto de vista turístico, uma região distinta, que inclui Bariloche se estende da capital da Província de Neuquén a Esquel, na província de Chubut. As paisagens de Bariloche e seus arredores, “de cartão postal”, marcadas por montanhas, rios, florestas e, é claro, muitos lagos, são daquelas com as quais todo mundo sonha um dia ver de perto.








A cidade de Villa La Angostura encontra-se localizada no departamento Los Lagos no sul da província de Neuquén, na Patagónia Argentina. Sobre a margem noroeste do Lago Nahuel Huapi.

Encontra-se encravada no setor norte do Parque Nacional Nahuel Huapi, entre os picos Bayo (1792 m), Inacayal (1849m) e Belvedere (1992m) e o istmo que conecta con a península de Quetrihue, que dá acesso ao Parque Nacional Los Arrayanes.

É considerada uma das aldeias mais bonitas da Patagónia. Sobre a sua margem esquerda se encontra o lago Nahuel Huapi e sobre a margem direita o lago Correntoso. É um importante centro pesqueiro de salmonídeos sobre tudo no rio Correntoso, um rio de apenas 200 m que une os dois lagos.

Conta com importantes pistas de esquí em Cerro Bayo. As condições de edificação respeitando um tradicional estilo alemão, a qualidade de seus chocolates e suas comidas típicas (cervo e trutas) convertem em um local ideal para aquelas pessoas que desejam passar um período de descanso rodeados pela natureza.

A localidade, catalogada como “aldeia de montanha”, apesar de que conta já com uma população um tanto abundante para ser considerada aldeia, está en uma posição estratégica: a quase meio caminho entre San Martín de los Andes e Bariloche, cidades muito maiores que ela e com uma atividade turística ainda maior. Villa la Angostura está rodeada de uma natureza exuberante e em grande parte virgem. Lagos cristalinos, montanhas, vales, bosques. O turista pode contar com absoluta liberdade.




Lagos nas regiões dos glaciares.


O denominado Balneário do Lago Correntoso, é o lugar escolhido pelos moradores e visitantes da Villa no verão. Pode-se chegar a ele transitando quatro quilômetros e meio pela R.N 231 para o Caminho dos Sete Lagos virando depois à esquerda.

Este balneário não apenas conta com um camping completo para acampar com a família ou amigos, mas com a beleza das águas cristalinas e cálidas do lago Nahuel Huapi, ideais para mergulhar e refrescar-se quando as temperaturas são muito altas.

Por outra parte também é possível percorrer o rio classificado como o mais curto do mundo, o famoso rio Correntoso, fascinante por suas particularidades paisagísticas e ideal também para os pescadores.


















As ilustrações dos lagos foram recolhida no blogue «Navegante do Infinito».

.

0 comentários:

26 de maio de 2009

Os lagos argentinos

Adicionar legenda

Mapa da Rota dos 7 lagos

Saindo de San Martin de Los Andes vai fazer o seguinte percurso:

20 km – Punto Panorâmico Arroyo Partido

25 km - Rio Hermoso

30 km -  Lagos Machonico

35 km - Lago Hermoso

50 km -  Cascada Vullignanco  
50 km -  Lago Falkner  
50 km -  Lago Villarino

60 km – Lago Pichi Traful

80 km – Lago Espelho Chico
80 km – Lago Espelho grande

85 km -  Lago Correntoso

110 km – Vila de Angostura


As ilustrações dos lagos foram recolhida no blogue «Navegante do Infinito».


Lago Nahuel Huapi - localizado na Patagónia Argentina, dispõe de uma geografia bastante irregular, o que proporciona uma beleza incomparável, em função das suas baías, penínsulas e praias de areia vulcânica e pedra. Nas suas margens, está localizada a famosa cidade turística de Bariloche.


Cidades onde ficam as principais atrações turísticas no noroeste argentino: Neuquén • San Carlos de Bariloche • Villa La Angostura • San Martín de los Andes • Junín de los Andes • El Bolsón • Esquel

Embora corresponda geograficamente à porção noroeste da Patagónia, o chamado “Distrito dos Lagos” é, do ponto de vista turístico, uma região distinta, que inclui Bariloche se estende da capital da Província de Neuquén a Esquel, na província de Chubut. As paisagens de Bariloche e seus arredores, “de cartão postal”, marcadas por montanhas, rios, florestas e, é claro, muitos lagos, são daquelas com as quais todo mundo sonha um dia ver de perto.








A cidade de Villa La Angostura encontra-se localizada no departamento Los Lagos no sul da província de Neuquén, na Patagónia Argentina. Sobre a margem noroeste do Lago Nahuel Huapi.

Encontra-se encravada no setor norte do Parque Nacional Nahuel Huapi, entre os picos Bayo (1792 m), Inacayal (1849m) e Belvedere (1992m) e o istmo que conecta con a península de Quetrihue, que dá acesso ao Parque Nacional Los Arrayanes.

É considerada uma das aldeias mais bonitas da Patagónia. Sobre a sua margem esquerda se encontra o lago Nahuel Huapi e sobre a margem direita o lago Correntoso. É um importante centro pesqueiro de salmonídeos sobre tudo no rio Correntoso, um rio de apenas 200 m que une os dois lagos.

Conta com importantes pistas de esquí em Cerro Bayo. As condições de edificação respeitando um tradicional estilo alemão, a qualidade de seus chocolates e suas comidas típicas (cervo e trutas) convertem em um local ideal para aquelas pessoas que desejam passar um período de descanso rodeados pela natureza.

A localidade, catalogada como “aldeia de montanha”, apesar de que conta já com uma população um tanto abundante para ser considerada aldeia, está en uma posição estratégica: a quase meio caminho entre San Martín de los Andes e Bariloche, cidades muito maiores que ela e com uma atividade turística ainda maior. Villa la Angostura está rodeada de uma natureza exuberante e em grande parte virgem. Lagos cristalinos, montanhas, vales, bosques. O turista pode contar com absoluta liberdade.




Lagos nas regiões dos glaciares.


O denominado Balneário do Lago Correntoso, é o lugar escolhido pelos moradores e visitantes da Villa no verão. Pode-se chegar a ele transitando quatro quilômetros e meio pela R.N 231 para o Caminho dos Sete Lagos virando depois à esquerda.

Este balneário não apenas conta com um camping completo para acampar com a família ou amigos, mas com a beleza das águas cristalinas e cálidas do lago Nahuel Huapi, ideais para mergulhar e refrescar-se quando as temperaturas são muito altas.

Por outra parte também é possível percorrer o rio classificado como o mais curto do mundo, o famoso rio Correntoso, fascinante por suas particularidades paisagísticas e ideal também para os pescadores.


















As ilustrações dos lagos foram recolhida no blogue «Navegante do Infinito».

.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates