Técnicas de interpretação de um trânsito para principiantes

14 de maio de 2009 ·

Design by Fada Moranga

Sendo os trânsitos caracterizados pelos constantes movimentos planetários, que interagem com os planetas do mapa natal da pessoa, são uma das mais apetecidas ferramentas por todos aqueles que se aproximam da astrologia. Conhecem aquela famosa e inútil frase «e isso é bom ou mau»?

Como muitas pessoas têm deixado neste blogue comentários do género - estou a iniciar ou principiar, etc. -, fica aqui um apontamento ligeiro sobre o encadeamento das técnicas de interpretação de um trânsito

Antes de mais, é necessário termos em conta que um único trânsito envolve uma grande quantidade de elementos informativos. Como vivemos sob múltiplos trânsitos em simultâneo, veja-se a complexidade do assunto. Partamos deste princípio universal: nós, seres humanos, podemos ser apreciados através do saber holístico representado pela astrologia.

Componentes básicos do trânsito: 1 – Ter em conta a natureza do planeta natal que recebe o trânsito, assim como o seu posicionamento por signo e casa. 2 – A seguir, concentre-se na natureza do planeta em trânsito. 3 – Obviamente, ter em conta o ângulo do trânsito para determinarmos que aspecto faz: conjunção, quadratura, trígono, etc.

Aprofundando o trânsito: 1 – Analisar com atenção o posicionamento do planeta em trânsito por signo e casa, ou seja, ver de onde é que ele opera. 2 – Olhar para o signo e casa natal do planeta que transita. 3 – O posicionamento do planeta natal que recebe o trânsito indica-nos a sua função na vida da pessoa pois mostra-nos como a pessoa está a ser desafiada ou estimulada. 4 – O aspecto vai indicar-nos a qualidade geral do trânsito e se estamos perante um processo facilitador ou desafiante. 5 – O planeta em trânsito vai indicar-nos o conteúdo concreto da oportunidade do trânsito, ou seja, que qualidade ou função nos pedem que integremos com as do planeta natal transitado. 6 – Analisar os cenários e as qualidades que podemos visualizar da base de operações (casa e signo) do planeta que transita e que vai gerar na pessoa sentimentos, emoções, ideias, iniciativas. 7 – As qualidades natais do planeta em trânsito dão-nos as informações sobre os instrumentos que possuímos no mapa natal para podermos transcender e mobilizar a pressão que o planeta em trânsito necessita para cumprir a sua função. 8 - Análise já muito avançada: verificar as influências directas que esse planeta em trânsito exerce num mapa. Por exemplo: regências, seus aspectos natais, aspectos natais do planeta que recebe o trânsito, estado cósmico, etc.

Síntese: se é certo que a base de operações (casa e signo) do planeta que transita está em permanente mudança no mapa de uma pessoa ao longo da sua vida, os instrumentos (posicionamento natal do planeta que transita) que utiliza fazem referência sempre à mesma zona do mapa.
Aproveitando os trânsitos, que fazemos para evoluir, como consciência que somos?

Se acharem necessário, pode-se fazer um post com um exemplo prático.

Os gestores do site SAPO ASTRAL foram muito
gentis e publicaram igualmente este artigo.
Pode ser visto clicando aqui.



57 comentários:

Samsara disse...
14 de maio de 2009 às 08:07  

António, que maravilha, tudo arrumadinho, muito catita e olha que a imagem design by Fada reflecte bem a complexidade deste assunto, muito bem escolhido.

Mas que belo empurrão para o próximo exercício :-)

Obrigada pela aula

Beijinhos

Fada Moranga disse...
14 de maio de 2009 às 08:53  

Para principiantes de luxo!

O mercurio retrogrado baralha muita coisa mas nao esses ficheiros... :-) Bem haja!
E acho que um exemplo pratico so farah bem a toda a gente.
Oh PatriciaSamsara a imagem eh muito simples, os transitos eh que podem ser baralhantes.

Sim, sim, belo empurrao para o 32!
Beijos***de Fada

Marta disse...
14 de maio de 2009 às 09:06  

Olá António,

Obrigada pela partilha!!! Extremamente útil e uma verdadeira chamada de atenção, pelo menos para mim que às vezes fujo para a tentação dos aspectos mais misteriosos e complexos lololol!

Adorei a pergunta:"aproveitando os trânsitos, que fazemos para evoluir, como consciência que somos ?" - esta é a minha pergunta matriz e à qual tento estar sempre consciente no meu percurso!

obrigada e bjs de luz!!!
Marta

Maria de Fátima disse...
14 de maio de 2009 às 09:54  

Olá António os posts com as imagens da Fada ficam muito lindos.Já coloquei o selo no meu blogue.Obrigada.Beijinhos.

Su disse...
14 de maio de 2009 às 11:03  

Olá António,
Gostei da forma simples como fala da complexidade dos trânsitos.
Bem haja pela partilha!
Jinhos***

Marise Catrine disse...
14 de maio de 2009 às 11:32  

Olá António,
Obrigada pelo momento de partilha e ensino. Adorei.
Não obstante, gostava de ver aqui o tal post com o exemplo prático. :)

Beijocas

Hanah disse...
14 de maio de 2009 às 12:07  

Antonio,
faço minhas as palavras da Samsara...

Breve, suscinto e claro....

Que maravilha poder mesmo com mercurio do jeito que está, ler algo com claridade...


Lindo o trabalho da Fada.

obrigado

lusibero disse...
14 de maio de 2009 às 12:44  

Beijinhos, António Rosa

Astrid Annabelle disse...
14 de maio de 2009 às 12:48  

António, bom dia!!!
Que beleza...já está copiado para o meu arquivo.
Como principiante agradeço de coração.
A Fada anda se superando mesmo...
Beijos.
Astrid

Astrid Annabelle disse...
14 de maio de 2009 às 13:01  

Esqueci de agradecer pelo selo! É lindo!
Mais um beijo.
Astrid

adriana disse...
14 de maio de 2009 às 13:09  

Afffe, António!
Tão bem explicado que até eu consegui entender... :)
Obrigada!

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:15  

Samsara

:)))

Obrigado pelas tuas palavras.

Beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:16  

Fada

Obrigado. Vou procurar pelo tal exemplo. Como tenho os mapas de várias amigas que aqui me visitam, pode ser que encontre algum bem interessante.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:17  

Marta,

Ainda bem que gostou. Ontem, aqui no blogue, eu dizia à Fada que temia que post saísse meio vesgo. Ainda bem que gostaram.

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:18  

Maria de Fátima

Ainda bem que levaste o selo. Já o vi no teu blogue.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:19  

Su

Este é o meu lado sistemático a funcionar - nem sempre acontece conseguir pôr a funcionar o meu Mercúrio-Saturno.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:20  

Marise

Já estou a criar mentalmente como poderá ser esse post do exemplo prático. Suspeito que possa ser longo.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:21  

hannah

ainda bem que gostou. lá saiu, apesar do mercúrio retro.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:22  

Lusibero

Um bom dia para si, também e muito obrigado pela visita.

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:23  

Astrid

Também gostei muito da arte da Fada. Tanto que a usei. Ainda tenho algumas ilustrações em reserva.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:24  

Astrid

Como tenho vindo a responder por ordem, nem me tinha apercebido que havia outro comentário seu.

Sirva-se à vontade.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:25  

Adriana

Já está tudo bem? este fim-de-semana, escrevo-lhe.

beijo

Adelaide Figueiredo disse...
14 de maio de 2009 às 14:50  

António,

Desta vez é que me senti mesmo comovida. A dádiva desse selo é mesmo uma alegria para mim. Está mesmo a pedir para ser colocado num futuro blogue. Não me esquecerei desse incentivo. Para mim creia que foi uma grande honra.

Vamos a este post maravilhoso. É mesmo o jeito de se chegar à interpretação dos trânsitos. Confesso que por vezes me sinto ainda baralhadita com tantas coisas a conjugar ao mesmo tempo para sair uma interpretação :)

Vou guardar e o selo também, para olhar para ele e me recordar que tenho uma coisa para começar :)

Abraço

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 14:55  

Adelaide

Ainda bem que levou o selo, assim quando tiver o seu blogue, já começa com algo bem positivo.

Como sabe, com o tempo e a prática, vamos aprendendo a sintetizar a interpretação dos trânsitos.

Como este post é para os principiantes, que não é o seu caso, teve que ser tudo bem explicadinho.

Abraço

marcelo dalla disse...
14 de maio de 2009 às 18:54  

Olá Antonio! Adorei esse post! Acho até que merece um desenvolvimento, ou um exemplo como sugeriu. Você nao imagina quanto assunto tenho aqui pra te escrver!!! rsrsrs Entre 2 geminianos, era de se epserar. rsrsrs abraço

Shin Tau disse...
14 de maio de 2009 às 18:56  

Ora aí está algo muito interessante para mim principiante rkrkrkrrkrk
Já estou como a Adriana tão bem escrito que até percebi!!!

Não fazia a menor ideia de que o planeta natal também entrava na equação, veja lá como sou mesmo principiante!!!

Obrigada pelo ensinamento.

:**

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 19:22  

Os gestores do site SAPO ASTRAL foram muito gentis e publicaram igualmente este artigo.

Pode ser visto aqui:

http://astrologia.sapo.pt/astrologia/saber-astrologia/interpretacao-dos-transitos-pa-994532.html

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 19:24  

Marcelo

Já estou a preparar o exemplo prático. Obrigado pela opinião. Fico feliz pelo sucesso que o seu blogue está a alcançar. É bem merecido.

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 19:25  

Shin Tau

Ainda bem que lhe foi útil. :))))

É bom ouvir opiniões positivas.

beijo

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 19:29  

Este Mercúrio retrógrado está a deixar este blogue meio «ensandecido».

'Amarfanhou' o post... O coitado ficou marado. Já tinha acontecido com o post do Murilo.

É uma configuração qualquer que não sei solucionar e que está ligada ao sinal [...]

:)

António Rosa disse...
14 de maio de 2009 às 19:40  

Só agora reparei que o SAPO também lincou a ilustração da fada Moranga. Lindo!!! Beijoka à fada.

Marco Túlio disse...
14 de maio de 2009 às 20:28  

caro amigo Antônio! obrigado pelas palavras e pela visita ao meu blog, convido-te a conhecer mais um espaço que criei: http://rusticoretrato.blogspot.com/

Muito legal a entrevista com o Murilo, parabéns!
sucesso para teu blog! abraço Marco!

Lucas Moratelli disse...
15 de maio de 2009 às 00:40  

Gostaria muito de comentar ao nível do post, mas não entendi quase nada. Como não entendo quase nada de astrologia.

O post está super explicativo!

Iniciantes da área com certeza se beneficiarão com esse texto.

É isso.

Abraço.

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...
15 de maio de 2009 às 00:59  

Antõnio amigo

Cheguei agora pouco... Hoje fui para o hospital :o

Aqui no Brasil é 20:55 mas para mim é como se fosse 0:00 de tão cansada que estou amigo...

Acabei um trabalho da faculdade ainda acredita?

Mas estou feliz mesmo assim meu coração foi alimentado.

Amanhã lerei com calma agora vou dormir, terei de tomar muitos remédios e tenho um tratamento para seguir, como não dormi a noite anterior com dores, estou agora "caindo"

Abraço amigo, abraço a todos... Não consigo deixar de vê-los :)

Marcelo obrigada mais uma vez!

Fada Moranga disse...
15 de maio de 2009 às 02:01  

Querido Antonio, isto hoje eh que foi um sucesso, transitos, bonecos, publicacoes, ah grande Mercurio!

Bem hajam pelos elogios! Tudo gracas ao meu transito Venus/Trigono/Neptuno, eh mais facil ver e criar imagens :-)

Foi uma bela surpresa a publicacao no Sapo Astral. Antonio, no que depender de mim, e enquanto quiser, terah bonecos pro resto da vida! E que seja longa!
:-))

Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...
15 de maio de 2009 às 02:07  

Ola Christiane! Se calhar o remedio para a dieta caiu-lhe na fraqueza...;-)
Coma umas canjinhas!
Beijo*de Fada e boa saude!

Táxi Pluvioso disse...
15 de maio de 2009 às 07:40  

A Internet facilitaria a vida às senhoras a cumprirem as suas tarefas. bfds

Nanda Botelho disse...
15 de maio de 2009 às 10:57  

Oi António!

Obrigada pela visita!

Eu também me achei muito esperta quando inclui o iate à minha lista!

Vc não participa da Tertúlia?

Abraços!

adriana disse...
15 de maio de 2009 às 11:40  

António,
Obrigada pela inclusão do endereço!
Mais uma ponte...
A&L

adriana disse...
15 de maio de 2009 às 11:46  

Ah...
Peguei o selinho também.
E parabéns pela publicação do artigo!
Vou lá conferir!

Lucy disse...
15 de maio de 2009 às 13:14  

Olá António,

Sabes, conheci a Dulce Regina, no Porto, numa palestra que deu.

Para dizer com franqueza, gostaria mais de te ter ouvido a ti.

Um dia destes...

Beijo

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:42  

Olá Marco

Também te desejo sucesso para o novo blog, que já fui conhecer como deves saber. És um poeta! Isso é uma coisa que admiro muito, pois nunca senti o impulso de fazer poesia.

Abraço

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:44  

Lucas

Muito gentil com palavras tão doces e simpáticas. Desculpa só responder agora, mas há várias horas que estado afastado da internet.

Abraço

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:45  

Chris

Só agora é que li os comentários deixados no blogue. Desejo muito que já se encontre bem.

Beijo

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:47  

Fada

Foi mesmo simpático da parte do SAPO. :)

Hoje estive todo o dia em consultas na Ericeira e só agora consegui ler e responder a estes comentários. Tantos!!!

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:47  

Nanda

Também achei muita graça ao pormenor do iate. Abraço.

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:51  

Adriana

Depois vou ver o selinho.

Já me tem passado pela cabeça criar um prémio do Cova do Urso para dar aos bloguistas que admiro. Apenas dar o prémio, sem os obrigar a repassar a ninguém. Mas ainda não encontrei a razão para fazer isso. Porque a mente é assim. Necessita de justificações.

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 18:52  

Lucy

Muito obrigado pela tua generosidade. Nunca a ouvi em nenhuma palestras, mas têm-me dito que é muito boa astróloga.

Beijo

fluturat disse...
15 de maio de 2009 às 19:30  

Muitissimo obrigada pela dica! Ja troquei! Bjs

adriana disse...
15 de maio de 2009 às 19:31  

Ponte de Luz...
Este é o nome que eu daria ao seu selinho.
:)

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 19:35  

Fluturat

Gosto muito do seu blogue. :)

António Rosa disse...
15 de maio de 2009 às 19:36  

Adriana

Ponte de Luz?

:)

Vou tentar sentir se me identifico com essa ideia, que não tenho de mim.

Beijo

lusibero disse...
15 de maio de 2009 às 20:00  

Abraço, António Rosa! Muito grata pelo seu comentário á minha ria de Aveiro!

HAZEL disse...
15 de maio de 2009 às 23:14  

Obrigada pela informação, António, e por se ter lembrado de mim.

Um abraço

Luan Ramos disse...
17 de maio de 2009 às 16:21  

Muito bem explicadinho passo-a-passo para os principiantes

Abraço

Paulo Braccini disse...
19 de maio de 2009 às 16:29  

Antônio, gostei muito desta postagem. Sou meio q leigo no assunto e aprendi muito com ele. bem didático. parabéns.

António Rosa disse...
19 de maio de 2009 às 16:56  

Paulo

Muito agradecido pela sua visita e por ter deixado um cometário. Falar de astrologia tem esse 'quê' básico - quem não está por dentro, pode sentir-se afastado. Ainda bem que aceitou. Abraço.

14 de maio de 2009

Técnicas de interpretação de um trânsito para principiantes

Design by Fada Moranga

Sendo os trânsitos caracterizados pelos constantes movimentos planetários, que interagem com os planetas do mapa natal da pessoa, são uma das mais apetecidas ferramentas por todos aqueles que se aproximam da astrologia. Conhecem aquela famosa e inútil frase «e isso é bom ou mau»?

Como muitas pessoas têm deixado neste blogue comentários do género - estou a iniciar ou principiar, etc. -, fica aqui um apontamento ligeiro sobre o encadeamento das técnicas de interpretação de um trânsito

Antes de mais, é necessário termos em conta que um único trânsito envolve uma grande quantidade de elementos informativos. Como vivemos sob múltiplos trânsitos em simultâneo, veja-se a complexidade do assunto. Partamos deste princípio universal: nós, seres humanos, podemos ser apreciados através do saber holístico representado pela astrologia.

Componentes básicos do trânsito: 1 – Ter em conta a natureza do planeta natal que recebe o trânsito, assim como o seu posicionamento por signo e casa. 2 – A seguir, concentre-se na natureza do planeta em trânsito. 3 – Obviamente, ter em conta o ângulo do trânsito para determinarmos que aspecto faz: conjunção, quadratura, trígono, etc.

Aprofundando o trânsito: 1 – Analisar com atenção o posicionamento do planeta em trânsito por signo e casa, ou seja, ver de onde é que ele opera. 2 – Olhar para o signo e casa natal do planeta que transita. 3 – O posicionamento do planeta natal que recebe o trânsito indica-nos a sua função na vida da pessoa pois mostra-nos como a pessoa está a ser desafiada ou estimulada. 4 – O aspecto vai indicar-nos a qualidade geral do trânsito e se estamos perante um processo facilitador ou desafiante. 5 – O planeta em trânsito vai indicar-nos o conteúdo concreto da oportunidade do trânsito, ou seja, que qualidade ou função nos pedem que integremos com as do planeta natal transitado. 6 – Analisar os cenários e as qualidades que podemos visualizar da base de operações (casa e signo) do planeta que transita e que vai gerar na pessoa sentimentos, emoções, ideias, iniciativas. 7 – As qualidades natais do planeta em trânsito dão-nos as informações sobre os instrumentos que possuímos no mapa natal para podermos transcender e mobilizar a pressão que o planeta em trânsito necessita para cumprir a sua função. 8 - Análise já muito avançada: verificar as influências directas que esse planeta em trânsito exerce num mapa. Por exemplo: regências, seus aspectos natais, aspectos natais do planeta que recebe o trânsito, estado cósmico, etc.

Síntese: se é certo que a base de operações (casa e signo) do planeta que transita está em permanente mudança no mapa de uma pessoa ao longo da sua vida, os instrumentos (posicionamento natal do planeta que transita) que utiliza fazem referência sempre à mesma zona do mapa.
Aproveitando os trânsitos, que fazemos para evoluir, como consciência que somos?

Se acharem necessário, pode-se fazer um post com um exemplo prático.

Os gestores do site SAPO ASTRAL foram muito
gentis e publicaram igualmente este artigo.
Pode ser visto clicando aqui.



57 comentários:

Samsara disse...

António, que maravilha, tudo arrumadinho, muito catita e olha que a imagem design by Fada reflecte bem a complexidade deste assunto, muito bem escolhido.

Mas que belo empurrão para o próximo exercício :-)

Obrigada pela aula

Beijinhos

Fada Moranga disse...

Para principiantes de luxo!

O mercurio retrogrado baralha muita coisa mas nao esses ficheiros... :-) Bem haja!
E acho que um exemplo pratico so farah bem a toda a gente.
Oh PatriciaSamsara a imagem eh muito simples, os transitos eh que podem ser baralhantes.

Sim, sim, belo empurrao para o 32!
Beijos***de Fada

Marta disse...

Olá António,

Obrigada pela partilha!!! Extremamente útil e uma verdadeira chamada de atenção, pelo menos para mim que às vezes fujo para a tentação dos aspectos mais misteriosos e complexos lololol!

Adorei a pergunta:"aproveitando os trânsitos, que fazemos para evoluir, como consciência que somos ?" - esta é a minha pergunta matriz e à qual tento estar sempre consciente no meu percurso!

obrigada e bjs de luz!!!
Marta

Maria de Fátima disse...

Olá António os posts com as imagens da Fada ficam muito lindos.Já coloquei o selo no meu blogue.Obrigada.Beijinhos.

Su disse...

Olá António,
Gostei da forma simples como fala da complexidade dos trânsitos.
Bem haja pela partilha!
Jinhos***

Marise Catrine disse...

Olá António,
Obrigada pelo momento de partilha e ensino. Adorei.
Não obstante, gostava de ver aqui o tal post com o exemplo prático. :)

Beijocas

Hanah disse...

Antonio,
faço minhas as palavras da Samsara...

Breve, suscinto e claro....

Que maravilha poder mesmo com mercurio do jeito que está, ler algo com claridade...


Lindo o trabalho da Fada.

obrigado

lusibero disse...

Beijinhos, António Rosa

Astrid Annabelle disse...

António, bom dia!!!
Que beleza...já está copiado para o meu arquivo.
Como principiante agradeço de coração.
A Fada anda se superando mesmo...
Beijos.
Astrid

Astrid Annabelle disse...

Esqueci de agradecer pelo selo! É lindo!
Mais um beijo.
Astrid

adriana disse...

Afffe, António!
Tão bem explicado que até eu consegui entender... :)
Obrigada!

António Rosa disse...

Samsara

:)))

Obrigado pelas tuas palavras.

Beijo

António Rosa disse...

Fada

Obrigado. Vou procurar pelo tal exemplo. Como tenho os mapas de várias amigas que aqui me visitam, pode ser que encontre algum bem interessante.

beijo

António Rosa disse...

Marta,

Ainda bem que gostou. Ontem, aqui no blogue, eu dizia à Fada que temia que post saísse meio vesgo. Ainda bem que gostaram.

António Rosa disse...

Maria de Fátima

Ainda bem que levaste o selo. Já o vi no teu blogue.

beijo

António Rosa disse...

Su

Este é o meu lado sistemático a funcionar - nem sempre acontece conseguir pôr a funcionar o meu Mercúrio-Saturno.

beijo

António Rosa disse...

Marise

Já estou a criar mentalmente como poderá ser esse post do exemplo prático. Suspeito que possa ser longo.

beijo

António Rosa disse...

hannah

ainda bem que gostou. lá saiu, apesar do mercúrio retro.

beijo

António Rosa disse...

Lusibero

Um bom dia para si, também e muito obrigado pela visita.

António Rosa disse...

Astrid

Também gostei muito da arte da Fada. Tanto que a usei. Ainda tenho algumas ilustrações em reserva.

beijo

António Rosa disse...

Astrid

Como tenho vindo a responder por ordem, nem me tinha apercebido que havia outro comentário seu.

Sirva-se à vontade.

beijo

António Rosa disse...

Adriana

Já está tudo bem? este fim-de-semana, escrevo-lhe.

beijo

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Desta vez é que me senti mesmo comovida. A dádiva desse selo é mesmo uma alegria para mim. Está mesmo a pedir para ser colocado num futuro blogue. Não me esquecerei desse incentivo. Para mim creia que foi uma grande honra.

Vamos a este post maravilhoso. É mesmo o jeito de se chegar à interpretação dos trânsitos. Confesso que por vezes me sinto ainda baralhadita com tantas coisas a conjugar ao mesmo tempo para sair uma interpretação :)

Vou guardar e o selo também, para olhar para ele e me recordar que tenho uma coisa para começar :)

Abraço

António Rosa disse...

Adelaide

Ainda bem que levou o selo, assim quando tiver o seu blogue, já começa com algo bem positivo.

Como sabe, com o tempo e a prática, vamos aprendendo a sintetizar a interpretação dos trânsitos.

Como este post é para os principiantes, que não é o seu caso, teve que ser tudo bem explicadinho.

Abraço

marcelo dalla disse...

Olá Antonio! Adorei esse post! Acho até que merece um desenvolvimento, ou um exemplo como sugeriu. Você nao imagina quanto assunto tenho aqui pra te escrver!!! rsrsrs Entre 2 geminianos, era de se epserar. rsrsrs abraço

Shin Tau disse...

Ora aí está algo muito interessante para mim principiante rkrkrkrrkrk
Já estou como a Adriana tão bem escrito que até percebi!!!

Não fazia a menor ideia de que o planeta natal também entrava na equação, veja lá como sou mesmo principiante!!!

Obrigada pelo ensinamento.

:**

António Rosa disse...

Os gestores do site SAPO ASTRAL foram muito gentis e publicaram igualmente este artigo.

Pode ser visto aqui:

http://astrologia.sapo.pt/astrologia/saber-astrologia/interpretacao-dos-transitos-pa-994532.html

António Rosa disse...

Marcelo

Já estou a preparar o exemplo prático. Obrigado pela opinião. Fico feliz pelo sucesso que o seu blogue está a alcançar. É bem merecido.

António Rosa disse...

Shin Tau

Ainda bem que lhe foi útil. :))))

É bom ouvir opiniões positivas.

beijo

António Rosa disse...

Este Mercúrio retrógrado está a deixar este blogue meio «ensandecido».

'Amarfanhou' o post... O coitado ficou marado. Já tinha acontecido com o post do Murilo.

É uma configuração qualquer que não sei solucionar e que está ligada ao sinal [...]

:)

António Rosa disse...

Só agora reparei que o SAPO também lincou a ilustração da fada Moranga. Lindo!!! Beijoka à fada.

Marco Túlio disse...

caro amigo Antônio! obrigado pelas palavras e pela visita ao meu blog, convido-te a conhecer mais um espaço que criei: http://rusticoretrato.blogspot.com/

Muito legal a entrevista com o Murilo, parabéns!
sucesso para teu blog! abraço Marco!

Lucas Moratelli disse...

Gostaria muito de comentar ao nível do post, mas não entendi quase nada. Como não entendo quase nada de astrologia.

O post está super explicativo!

Iniciantes da área com certeza se beneficiarão com esse texto.

É isso.

Abraço.

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Antõnio amigo

Cheguei agora pouco... Hoje fui para o hospital :o

Aqui no Brasil é 20:55 mas para mim é como se fosse 0:00 de tão cansada que estou amigo...

Acabei um trabalho da faculdade ainda acredita?

Mas estou feliz mesmo assim meu coração foi alimentado.

Amanhã lerei com calma agora vou dormir, terei de tomar muitos remédios e tenho um tratamento para seguir, como não dormi a noite anterior com dores, estou agora "caindo"

Abraço amigo, abraço a todos... Não consigo deixar de vê-los :)

Marcelo obrigada mais uma vez!

Fada Moranga disse...

Querido Antonio, isto hoje eh que foi um sucesso, transitos, bonecos, publicacoes, ah grande Mercurio!

Bem hajam pelos elogios! Tudo gracas ao meu transito Venus/Trigono/Neptuno, eh mais facil ver e criar imagens :-)

Foi uma bela surpresa a publicacao no Sapo Astral. Antonio, no que depender de mim, e enquanto quiser, terah bonecos pro resto da vida! E que seja longa!
:-))

Beijos***de Fada

Fada Moranga disse...

Ola Christiane! Se calhar o remedio para a dieta caiu-lhe na fraqueza...;-)
Coma umas canjinhas!
Beijo*de Fada e boa saude!

Táxi Pluvioso disse...

A Internet facilitaria a vida às senhoras a cumprirem as suas tarefas. bfds

Nanda Botelho disse...

Oi António!

Obrigada pela visita!

Eu também me achei muito esperta quando inclui o iate à minha lista!

Vc não participa da Tertúlia?

Abraços!

adriana disse...

António,
Obrigada pela inclusão do endereço!
Mais uma ponte...
A&L

adriana disse...

Ah...
Peguei o selinho também.
E parabéns pela publicação do artigo!
Vou lá conferir!

Lucy disse...

Olá António,

Sabes, conheci a Dulce Regina, no Porto, numa palestra que deu.

Para dizer com franqueza, gostaria mais de te ter ouvido a ti.

Um dia destes...

Beijo

António Rosa disse...

Olá Marco

Também te desejo sucesso para o novo blog, que já fui conhecer como deves saber. És um poeta! Isso é uma coisa que admiro muito, pois nunca senti o impulso de fazer poesia.

Abraço

António Rosa disse...

Lucas

Muito gentil com palavras tão doces e simpáticas. Desculpa só responder agora, mas há várias horas que estado afastado da internet.

Abraço

António Rosa disse...

Chris

Só agora é que li os comentários deixados no blogue. Desejo muito que já se encontre bem.

Beijo

António Rosa disse...

Fada

Foi mesmo simpático da parte do SAPO. :)

Hoje estive todo o dia em consultas na Ericeira e só agora consegui ler e responder a estes comentários. Tantos!!!

António Rosa disse...

Nanda

Também achei muita graça ao pormenor do iate. Abraço.

António Rosa disse...

Adriana

Depois vou ver o selinho.

Já me tem passado pela cabeça criar um prémio do Cova do Urso para dar aos bloguistas que admiro. Apenas dar o prémio, sem os obrigar a repassar a ninguém. Mas ainda não encontrei a razão para fazer isso. Porque a mente é assim. Necessita de justificações.

António Rosa disse...

Lucy

Muito obrigado pela tua generosidade. Nunca a ouvi em nenhuma palestras, mas têm-me dito que é muito boa astróloga.

Beijo

fluturat disse...

Muitissimo obrigada pela dica! Ja troquei! Bjs

adriana disse...

Ponte de Luz...
Este é o nome que eu daria ao seu selinho.
:)

António Rosa disse...

Fluturat

Gosto muito do seu blogue. :)

António Rosa disse...

Adriana

Ponte de Luz?

:)

Vou tentar sentir se me identifico com essa ideia, que não tenho de mim.

Beijo

lusibero disse...

Abraço, António Rosa! Muito grata pelo seu comentário á minha ria de Aveiro!

HAZEL disse...

Obrigada pela informação, António, e por se ter lembrado de mim.

Um abraço

Luan Ramos disse...

Muito bem explicadinho passo-a-passo para os principiantes

Abraço

Paulo Braccini disse...

Antônio, gostei muito desta postagem. Sou meio q leigo no assunto e aprendi muito com ele. bem didático. parabéns.

António Rosa disse...

Paulo

Muito agradecido pela sua visita e por ter deixado um cometário. Falar de astrologia tem esse 'quê' básico - quem não está por dentro, pode sentir-se afastado. Ainda bem que aceitou. Abraço.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates