Post nº 500

22 de maio de 2009 ·

para esta coisa do quinhentos cheguei a pensar em contar qualquer coisa do género bla-bla-bla e ir misturando com títulos de filmes antigos e assim não digo que vejo as matinés de domingo na tv mencionando a shakira no vídeo la tortura mas na versão original mas isso iria ficar insuportavelmente decadente só para dizer muito muito obrigado leitores então pensei em falar naquele rapaz que anda com a demi moore que em poucos dias angariou mais de um milhão de seguidores no twitter por gravar banalidades da vida dele quem quer saber que ele foi à grosserie comprar manteiga de amendoim foi aí que me ocorreu que se o eça fosse vivo twitaria aquele dramalhão do carlos da maia com a namorada casada não me lembro se ela sofria de tuberculose ou estou a fazer confusão com outra será que a maria bethânea também twita aquelas lindas canções de dor de corno na versão word dois mil e três eu saberia como contar a quantidade de palavras que isto já tem ainda não devo ter chegado à palavra quinhentos mas ao post sim viva eu que tenho cuidado do cova-do-urso não se esqueça de colocar a pontuação

66 comentários:

Ana Cristina disse...
22 de maio de 2009 às 19:29  

que venham + 500 :-)

Maria Paula Ribeiro disse...
22 de maio de 2009 às 20:34  

António,

Você ensandeceu? :-)))
Idem AC: + 500 ;)

joana disse...
22 de maio de 2009 às 20:52  

:D hehehe

António, com o '500' foram só 199 palavras ! Estava a ler quando topei o ritmo e a pensar... 'esta ideia de dizer tudo seguido é bonita... vai aguentar as 500 ???'

Faltou-lhe o Ar ou não sabe que o word tem contador de palavras automático ? :) ;)

Mas está demais :))) adorei

Beijo

Anónimo disse...
22 de maio de 2009 às 20:56  

Ai que giro! Gostei,se gostei! mas não ponho a pontuação, assim é mais divertido, só é preciso respirar muito fundo
Parabéns pelo 500!

:))

adriana disse...
22 de maio de 2009 às 21:05  

Parabéns!
Nada mais merecido!
Vamos agora celebrar os 150 seguidores... em breve... rapidinho!
:))

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:25  

Ana Cristina

Vou fazer por isso. Obrigado.

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:26  

Maria Paula

Ainda não ensandeci. Mas foi divertido trabalhar o texto à moda do twitter adolescente. thanks

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:27  

Joana

Sei que o Word tem um contador de palavras, mas no 2003 ia lá directo. No 2007 tenho que andar à procura.

O texto era maior, mas cortei-o pois o non sense era demasiado.

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:28  

Anónima das 20:56

Chega sempre quando estamos a fazer umas brincadeiras. Gosto do 500. :)

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:31  

Adriana

O que conta mesmo são os 20 ou 30 especiais.

Os 150 seguidores hão-de chegar, mas não passa de um número, pois a maioria nem leitor de feeds usa. Estão ali, como podiam estar na fila do autocarro. :)

adriana disse...
22 de maio de 2009 às 21:42  

António,
Eu não sei usar feeds.
Outros também podem não saber.
De qualquer forma, por algum bom motivo estão por aqui... circulando na sopa de energias.
É o que importa, não?
E assim vamos!
:)

Maria de Fátima disse...
22 de maio de 2009 às 21:44  

Olá António está um texto muito engraçado, óptima ideia para celebrar os 500 posts.Beijinhos.

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:45  

Adriana

É muito simples usar feeds. Se quiser ler este artigo:

~http://cova-do-urso.blogspot.com/2009/04/como-usar-o-google-reader-para-juntar-e.html

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 21:47  

Maria de Fátima

E uma brincadeira, não passa disso. Também não sabia que escrever. No domingo pensarei nisso.

adriana disse...
22 de maio de 2009 às 22:04  

António,
Está muito bem explicado... mas não é simples.
Prometo me empenhar.
E qualquer hora dessas apareço com as novidades.
Obrigada!

Gabriel Dread disse...
22 de maio de 2009 às 22:12  

Uau!

Achei que estava no blogue do Saramago, mas era do SarAMIGO António Rosa... genial a postagem comemorativa!

Parabéns meu I-rmão!

AXÉ
Gabi Dread

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 22:14  

Adriana

Obrigado. Quando puser as «mãos na massa» vai ver que é muito intuitivo de fazer.

Alguma vez eu conseguiria visitar todas as pessoas que estão nos seguidores? :) Muito difícil de acompanhar.

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 22:15  

Gabriel

lol lol fizeste-me rir.

obrigado. está tudo bem contigo? abraço.

Adelaide Figueiredo disse...
22 de maio de 2009 às 22:18  

António,

Mas que coisa tão engraçada!

Espero que chegue depressa aos 500 outra vez. Para voltarmos a fazer uma festa.:)

Força nesses posts que depressa lá chega.

Bom fim de semana

Abraço

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 22:22  

Adelaide

Talvez daqui por outro ano e meio.

Obrigado.

Alberto Lozéa disse...
22 de maio de 2009 às 22:36  

Parabéns meu caro amigo António!!! Um incrível feito! O Sexy Help Desk um dia chegará lá.. hehehe.. Grande abraço e ótimo final de semana!!

Alberto do Sexy Help Desk publicou um post sobre.. Ela não faz sexo oral em mim!

António Rosa disse...
22 de maio de 2009 às 22:37  

Alberto

Muito obrigado.

Maria Paula Ribeiro disse...
22 de maio de 2009 às 22:46  

;-)))))Ainda me estou a rir!!!!!!!!!

FadaMoranga disse...
22 de maio de 2009 às 23:38  

Oh Antonio, que gracinha!!! Gosto deste genero literario :-))) E 500 fez-me lembrar as notas de 500 escudos, ha muitos, muitos anos... quando eram um dinheirao!
Vivam os 500 e venham mais 500 e 500 e por ai fora!
Beijos***de Fada

guntty disse...
23 de maio de 2009 às 00:04  

Eheh!

Teve piada sim sr =))

Andrea B. disse...
23 de maio de 2009 às 01:20  

Antonio, muito obrigada por sua visita e carinhoso comentário, to aqui pensando, quanta coisa boa deve ter ainda pra eu ler no teu espaço, post 500??bom demais!

Estou tbm fazendo parte deste astral bom que senti aqui...;)

bjo pra ti

Eliene Vila Nova disse...
23 de maio de 2009 às 01:33  

olá
vim agradecer sua visita
imagina eu comemorando 100 postagens e você vem arrasando com quinhentas, será que um dia chego lá?rsrs
adorei o astral, as dicas e receber você na minha casa é uma honra
volte sempre
beijos

joana disse...
23 de maio de 2009 às 01:46  

António, e está bem assim a medida do texto :) e tem uma média incrível ! isso dá cerca de 1,5 por dia, não ?

Isa Grou disse...
23 de maio de 2009 às 02:24  

Olá António!

UAL!!!!!!
500 posts?!
PARABÉNS... e que venham mais 500, viu!

Beijos.

Igor Monteiro. disse...
23 de maio de 2009 às 03:58  

Parabéns, pelos 500 e que venham mais,
abraços fortes,
aguardo visitas.
Fui...

Sonia Schmorantz disse...
23 de maio de 2009 às 03:58  

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade. E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

Autor: Paulo Santana

Um lindo final de semana e PARABENS pelas 500 postagens, já estamos esperando por mais 500!
Abraço

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...
23 de maio de 2009 às 05:36  

Amigo

500...

É só o início...

Igual eu, hoje quando o simpósio acabou eu pensei: "Chris não fica triste...É só o início..."

Cheguei em casa pensando... Quero isso para minha vida toda... Filosofia, debates, filósofos, o mundo... Ai amigos...

KAIRós!!!!!!!

Parabéns António! Kairós!

Chris :)

Luan Ramos disse...
23 de maio de 2009 às 06:39  

Venho através de aqui te parabenizar Antõnio pelo Post 500, e espero que isso vá mais além :)

Tem como você passar um widget do site da escola ?

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:48  

Maria Paula

Quando acordei, esta manhã, também sorri, pois o primeiro pensamento foi imaginar o Batanete a querer entrar na clínica.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:51  

Fada

Sabes que quando cheguei a Portugal, em 1979, exactamente por 500 escudos (um dinheirão, na época), não pude alugar a casa onde hoje vivo. :) Hoje em dia isso é quase o que custa 1 kg de ração para o Tibério, mas se antes for tomar uma bica, é isso mesmo.

bom fim-de-semana

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:51  

Guntty

=)=)

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:52  

Andrea

Gostei do seu blog e lá chegará.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:54  

Eliene

Com tempo chega-se lá, mas é preciso trabalhar muito.

abraço

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:55  

Joana

1,5 por dia?? que falador!!

beijo

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:56  

Isa

Muito obrigado. Vou fazer por isso, tá?

beijo

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:56  

Igor

Obrigado. Hoje mesmo irei visitar-te. abraço.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 06:58  

Sonia

Gostei muito do texto do Paulo Santana. Muito obrigado.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 07:00  

Chris

Kairós.

Ontem li este seu artigo mas não deixei comentário.

Já em seguida surgirão outros simpósios que vc participará e se sentirá integrada e feliz.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 07:01  

Luan, meu querido

um abraço de agradecimento

Samsara disse...
23 de maio de 2009 às 07:53  

António

Que ganda maluco!!!!

Também é por isto que gostamos de ti :))))

Vivam os 500 posts da cova!!!

(Reparei que o pessoal ainda não reparou no botone da Fada, muito giro!, para variar)

Beijinhos

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 08:10  

Sam

:)))

Deu-me para brincar e retirar importância a estas coisas. Se me levar muito a sério fico chato.

O teu selo deve sair amanhã. Esta foi a semana dos selos. É por revoadas. :)

Marise Catrine disse...
23 de maio de 2009 às 09:25  

António,
Mais 500 daqui a pouco tempo!!!
hihhihihihi
O que eu me ri com este post. Não sei explicar mas fez-me lembrar as comemorações da aula 100 quando andava na escola.
Então cá está. Eu trouxe as bebidas e desconfio que a Fada Moranga trouxe as tortas.
Viva a festarola.
Beijocas

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 11:13  

Marise

Obrigado pela simpatia. Não é bem festa, pois o post vai ficar até amanhã, domingo. É mais um rendez vous prologando.

Onda Encantada disse...
23 de maio de 2009 às 13:33  

Ai Jasuuuuuzzzzzzzzzz rebolei a rir!!!

Parabéns pelos 500!
E pelo post também AHAHAHAH... demais!

Grata por me brindar com uma bela gargalhada!

Eis um verdadeiro gemeniano a funcionar... ehehehe... sem pausas, virgulas e afins!


Beijos

Onda Encantada

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 13:39  

Onda

Obrigado pela visita e ainda bem que a fiz sorrir.

Beijo

lusibero disse...
23 de maio de 2009 às 16:10  

Muitos, muuuuuuitos 500!Estou feliz por si, António! Merece esses e muitos mais e eu dou já outros 500 pelo texto hilariante!
No entanto, António, para explicar este tipo de escrita contestatária aos alunos do 12º ano de Português, que lêem Saramago...
Abraço terno de LUSIBERO

marcelo dalla disse...
23 de maio de 2009 às 17:10  

hehehe adorei! E quero desejar mais 5 milhões de posts. Obrigado pelas dicas astrologicas, meu amigo! Não tinha visto que a Lua vai passar por todos os planetas encavaladinhos na casa 6, q bom! Nada é por acaso mesmo. Depois conto como foi! Abraço

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 19:16  

Lusibero

Imagino a dificuldade que será explicar isso nas aulas. Obrigado por ter vindo. Bom fim-de-semana.

António Rosa disse...
23 de maio de 2009 às 19:17  

Marcelo

Grande sucesso para a estreia da comédia hoje à noite. Tudo de bom para si. As estrelas favorecem-no. Abraço.

Palavras de Osho disse...
24 de maio de 2009 às 02:17  

"(...)o non sense era demasiado." rsrsrs adorei!!! e parabéns pelas 500 postagens! 500 tesouros para os amantes do conhecimento!

Maria Izabel Viégas disse...
24 de maio de 2009 às 03:27  

Maravilhoso, António! parabéns pelos 500, mas creio que em breve será muito, muito mais!
E diverti-me muito! Tudo no seu lugar, toda idéia certíssima, para que pontos, vírgulas? Quem escreve 500 têm folêgo tamanho que não precisa perder tempo com sinais, avança-os!
Sabes, me lembrei de José Saramago que assim escreve, sem pontuação. Fico louca ao lê-lo.
Pronto, já és um candidato ao Prêmio Nobel da Comunicação!
Beijos, amigo!Estás indicado! Talento não te falta.

António Rosa disse...
24 de maio de 2009 às 11:32  

Palavras de Osho

Obrigado pelo estímulo. Sempre em frente, né?

António Rosa disse...
24 de maio de 2009 às 11:33  

Maria Izabel

Obrigado por ter vindo. Ainda bem que se divertiu. Também me diverti a fazer.

Sandra S. disse...
24 de maio de 2009 às 12:38  

Post n º500?!
Nooooosssssssaaaa !

Parabéns ! Eu não sei se passarei do 55 ...haha

beijinho

António Rosa disse...
24 de maio de 2009 às 16:17  

Sandra

Lá chegarás com os teus poemas. Além de teres um blog lindíssimo, com muito bom gosto.

Shin Tau disse...
24 de maio de 2009 às 16:57  

Yupiiii

são 500 partilhas cheias de dedicação e de informação valiosa, tdas envolvidas de uma aura de Amor enorme. Assim, só podemos esperar que continue a fazer este maravilhoso trabalho.

O post nº 500 foi algo muito especial, sintetizador de todas as partilhas que aqui fez.

Parabéns :***

António Rosa disse...
24 de maio de 2009 às 17:40  

Shin Tau

Obrigado pelas palavras gentis. :)

Castelo de Asgard disse...
24 de maio de 2009 às 20:34  

Muitos parabéns pelo 500 e adorei o texto maluco :)!! Agora fôlego para mais 500 ;)...

António Rosa disse...
25 de maio de 2009 às 08:52  

Castelo de Asgard

Muito agradecido por ter vindo. É sempre bom.

HAZEL disse...
27 de julho de 2009 às 18:32  

muitos parabéns querido amigo pelo post número 500 é um grande número mete respeito sim senhor e este texto o que foi isso terá comido sopa de letras servida dentro das páginas de uma revista transformadas em caixa com a técnica de origami ahahahahahha fui contagiada parabéns parabéns 500 vezes parabéns

António Rosa, José disse...
27 de julho de 2009 às 18:50  

Hazel

lol lol

22 de maio de 2009

Post nº 500

para esta coisa do quinhentos cheguei a pensar em contar qualquer coisa do género bla-bla-bla e ir misturando com títulos de filmes antigos e assim não digo que vejo as matinés de domingo na tv mencionando a shakira no vídeo la tortura mas na versão original mas isso iria ficar insuportavelmente decadente só para dizer muito muito obrigado leitores então pensei em falar naquele rapaz que anda com a demi moore que em poucos dias angariou mais de um milhão de seguidores no twitter por gravar banalidades da vida dele quem quer saber que ele foi à grosserie comprar manteiga de amendoim foi aí que me ocorreu que se o eça fosse vivo twitaria aquele dramalhão do carlos da maia com a namorada casada não me lembro se ela sofria de tuberculose ou estou a fazer confusão com outra será que a maria bethânea também twita aquelas lindas canções de dor de corno na versão word dois mil e três eu saberia como contar a quantidade de palavras que isto já tem ainda não devo ter chegado à palavra quinhentos mas ao post sim viva eu que tenho cuidado do cova-do-urso não se esqueça de colocar a pontuação

66 comentários:

Ana Cristina disse...

que venham + 500 :-)

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

Você ensandeceu? :-)))
Idem AC: + 500 ;)

joana disse...

:D hehehe

António, com o '500' foram só 199 palavras ! Estava a ler quando topei o ritmo e a pensar... 'esta ideia de dizer tudo seguido é bonita... vai aguentar as 500 ???'

Faltou-lhe o Ar ou não sabe que o word tem contador de palavras automático ? :) ;)

Mas está demais :))) adorei

Beijo

Anónimo disse...

Ai que giro! Gostei,se gostei! mas não ponho a pontuação, assim é mais divertido, só é preciso respirar muito fundo
Parabéns pelo 500!

:))

adriana disse...

Parabéns!
Nada mais merecido!
Vamos agora celebrar os 150 seguidores... em breve... rapidinho!
:))

António Rosa disse...

Ana Cristina

Vou fazer por isso. Obrigado.

António Rosa disse...

Maria Paula

Ainda não ensandeci. Mas foi divertido trabalhar o texto à moda do twitter adolescente. thanks

António Rosa disse...

Joana

Sei que o Word tem um contador de palavras, mas no 2003 ia lá directo. No 2007 tenho que andar à procura.

O texto era maior, mas cortei-o pois o non sense era demasiado.

António Rosa disse...

Anónima das 20:56

Chega sempre quando estamos a fazer umas brincadeiras. Gosto do 500. :)

António Rosa disse...

Adriana

O que conta mesmo são os 20 ou 30 especiais.

Os 150 seguidores hão-de chegar, mas não passa de um número, pois a maioria nem leitor de feeds usa. Estão ali, como podiam estar na fila do autocarro. :)

adriana disse...

António,
Eu não sei usar feeds.
Outros também podem não saber.
De qualquer forma, por algum bom motivo estão por aqui... circulando na sopa de energias.
É o que importa, não?
E assim vamos!
:)

Maria de Fátima disse...

Olá António está um texto muito engraçado, óptima ideia para celebrar os 500 posts.Beijinhos.

António Rosa disse...

Adriana

É muito simples usar feeds. Se quiser ler este artigo:

~http://cova-do-urso.blogspot.com/2009/04/como-usar-o-google-reader-para-juntar-e.html

António Rosa disse...

Maria de Fátima

E uma brincadeira, não passa disso. Também não sabia que escrever. No domingo pensarei nisso.

adriana disse...

António,
Está muito bem explicado... mas não é simples.
Prometo me empenhar.
E qualquer hora dessas apareço com as novidades.
Obrigada!

Gabriel Dread disse...

Uau!

Achei que estava no blogue do Saramago, mas era do SarAMIGO António Rosa... genial a postagem comemorativa!

Parabéns meu I-rmão!

AXÉ
Gabi Dread

António Rosa disse...

Adriana

Obrigado. Quando puser as «mãos na massa» vai ver que é muito intuitivo de fazer.

Alguma vez eu conseguiria visitar todas as pessoas que estão nos seguidores? :) Muito difícil de acompanhar.

António Rosa disse...

Gabriel

lol lol fizeste-me rir.

obrigado. está tudo bem contigo? abraço.

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Mas que coisa tão engraçada!

Espero que chegue depressa aos 500 outra vez. Para voltarmos a fazer uma festa.:)

Força nesses posts que depressa lá chega.

Bom fim de semana

Abraço

António Rosa disse...

Adelaide

Talvez daqui por outro ano e meio.

Obrigado.

Alberto Lozéa disse...

Parabéns meu caro amigo António!!! Um incrível feito! O Sexy Help Desk um dia chegará lá.. hehehe.. Grande abraço e ótimo final de semana!!

Alberto do Sexy Help Desk publicou um post sobre.. Ela não faz sexo oral em mim!

António Rosa disse...

Alberto

Muito obrigado.

Maria Paula Ribeiro disse...

;-)))))Ainda me estou a rir!!!!!!!!!

FadaMoranga disse...

Oh Antonio, que gracinha!!! Gosto deste genero literario :-))) E 500 fez-me lembrar as notas de 500 escudos, ha muitos, muitos anos... quando eram um dinheirao!
Vivam os 500 e venham mais 500 e 500 e por ai fora!
Beijos***de Fada

guntty disse...

Eheh!

Teve piada sim sr =))

Andrea B. disse...

Antonio, muito obrigada por sua visita e carinhoso comentário, to aqui pensando, quanta coisa boa deve ter ainda pra eu ler no teu espaço, post 500??bom demais!

Estou tbm fazendo parte deste astral bom que senti aqui...;)

bjo pra ti

Eliene Vila Nova disse...

olá
vim agradecer sua visita
imagina eu comemorando 100 postagens e você vem arrasando com quinhentas, será que um dia chego lá?rsrs
adorei o astral, as dicas e receber você na minha casa é uma honra
volte sempre
beijos

joana disse...

António, e está bem assim a medida do texto :) e tem uma média incrível ! isso dá cerca de 1,5 por dia, não ?

Isa Grou disse...

Olá António!

UAL!!!!!!
500 posts?!
PARABÉNS... e que venham mais 500, viu!

Beijos.

Igor Monteiro. disse...

Parabéns, pelos 500 e que venham mais,
abraços fortes,
aguardo visitas.
Fui...

Sonia Schmorantz disse...

Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos. Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.

A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade. E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências...

A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.

Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos. Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure. E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.

Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado. Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.

Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles. Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer...

Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!

Autor: Paulo Santana

Um lindo final de semana e PARABENS pelas 500 postagens, já estamos esperando por mais 500!
Abraço

Christiane Forcinito Ashlay Silva de Oliveira disse...

Amigo

500...

É só o início...

Igual eu, hoje quando o simpósio acabou eu pensei: "Chris não fica triste...É só o início..."

Cheguei em casa pensando... Quero isso para minha vida toda... Filosofia, debates, filósofos, o mundo... Ai amigos...

KAIRós!!!!!!!

Parabéns António! Kairós!

Chris :)

Luan Ramos disse...

Venho através de aqui te parabenizar Antõnio pelo Post 500, e espero que isso vá mais além :)

Tem como você passar um widget do site da escola ?

António Rosa disse...

Maria Paula

Quando acordei, esta manhã, também sorri, pois o primeiro pensamento foi imaginar o Batanete a querer entrar na clínica.

António Rosa disse...

Fada

Sabes que quando cheguei a Portugal, em 1979, exactamente por 500 escudos (um dinheirão, na época), não pude alugar a casa onde hoje vivo. :) Hoje em dia isso é quase o que custa 1 kg de ração para o Tibério, mas se antes for tomar uma bica, é isso mesmo.

bom fim-de-semana

António Rosa disse...

Guntty

=)=)

António Rosa disse...

Andrea

Gostei do seu blog e lá chegará.

António Rosa disse...

Eliene

Com tempo chega-se lá, mas é preciso trabalhar muito.

abraço

António Rosa disse...

Joana

1,5 por dia?? que falador!!

beijo

António Rosa disse...

Isa

Muito obrigado. Vou fazer por isso, tá?

beijo

António Rosa disse...

Igor

Obrigado. Hoje mesmo irei visitar-te. abraço.

António Rosa disse...

Sonia

Gostei muito do texto do Paulo Santana. Muito obrigado.

António Rosa disse...

Chris

Kairós.

Ontem li este seu artigo mas não deixei comentário.

Já em seguida surgirão outros simpósios que vc participará e se sentirá integrada e feliz.

António Rosa disse...

Luan, meu querido

um abraço de agradecimento

Samsara disse...

António

Que ganda maluco!!!!

Também é por isto que gostamos de ti :))))

Vivam os 500 posts da cova!!!

(Reparei que o pessoal ainda não reparou no botone da Fada, muito giro!, para variar)

Beijinhos

António Rosa disse...

Sam

:)))

Deu-me para brincar e retirar importância a estas coisas. Se me levar muito a sério fico chato.

O teu selo deve sair amanhã. Esta foi a semana dos selos. É por revoadas. :)

Marise Catrine disse...

António,
Mais 500 daqui a pouco tempo!!!
hihhihihihi
O que eu me ri com este post. Não sei explicar mas fez-me lembrar as comemorações da aula 100 quando andava na escola.
Então cá está. Eu trouxe as bebidas e desconfio que a Fada Moranga trouxe as tortas.
Viva a festarola.
Beijocas

António Rosa disse...

Marise

Obrigado pela simpatia. Não é bem festa, pois o post vai ficar até amanhã, domingo. É mais um rendez vous prologando.

Onda Encantada disse...

Ai Jasuuuuuzzzzzzzzzz rebolei a rir!!!

Parabéns pelos 500!
E pelo post também AHAHAHAH... demais!

Grata por me brindar com uma bela gargalhada!

Eis um verdadeiro gemeniano a funcionar... ehehehe... sem pausas, virgulas e afins!


Beijos

Onda Encantada

António Rosa disse...

Onda

Obrigado pela visita e ainda bem que a fiz sorrir.

Beijo

lusibero disse...

Muitos, muuuuuuitos 500!Estou feliz por si, António! Merece esses e muitos mais e eu dou já outros 500 pelo texto hilariante!
No entanto, António, para explicar este tipo de escrita contestatária aos alunos do 12º ano de Português, que lêem Saramago...
Abraço terno de LUSIBERO

marcelo dalla disse...

hehehe adorei! E quero desejar mais 5 milhões de posts. Obrigado pelas dicas astrologicas, meu amigo! Não tinha visto que a Lua vai passar por todos os planetas encavaladinhos na casa 6, q bom! Nada é por acaso mesmo. Depois conto como foi! Abraço

António Rosa disse...

Lusibero

Imagino a dificuldade que será explicar isso nas aulas. Obrigado por ter vindo. Bom fim-de-semana.

António Rosa disse...

Marcelo

Grande sucesso para a estreia da comédia hoje à noite. Tudo de bom para si. As estrelas favorecem-no. Abraço.

Palavras de Osho disse...

"(...)o non sense era demasiado." rsrsrs adorei!!! e parabéns pelas 500 postagens! 500 tesouros para os amantes do conhecimento!

Maria Izabel Viégas disse...

Maravilhoso, António! parabéns pelos 500, mas creio que em breve será muito, muito mais!
E diverti-me muito! Tudo no seu lugar, toda idéia certíssima, para que pontos, vírgulas? Quem escreve 500 têm folêgo tamanho que não precisa perder tempo com sinais, avança-os!
Sabes, me lembrei de José Saramago que assim escreve, sem pontuação. Fico louca ao lê-lo.
Pronto, já és um candidato ao Prêmio Nobel da Comunicação!
Beijos, amigo!Estás indicado! Talento não te falta.

António Rosa disse...

Palavras de Osho

Obrigado pelo estímulo. Sempre em frente, né?

António Rosa disse...

Maria Izabel

Obrigado por ter vindo. Ainda bem que se divertiu. Também me diverti a fazer.

Sandra S. disse...

Post n º500?!
Nooooosssssssaaaa !

Parabéns ! Eu não sei se passarei do 55 ...haha

beijinho

António Rosa disse...

Sandra

Lá chegarás com os teus poemas. Além de teres um blog lindíssimo, com muito bom gosto.

Shin Tau disse...

Yupiiii

são 500 partilhas cheias de dedicação e de informação valiosa, tdas envolvidas de uma aura de Amor enorme. Assim, só podemos esperar que continue a fazer este maravilhoso trabalho.

O post nº 500 foi algo muito especial, sintetizador de todas as partilhas que aqui fez.

Parabéns :***

António Rosa disse...

Shin Tau

Obrigado pelas palavras gentis. :)

Castelo de Asgard disse...

Muitos parabéns pelo 500 e adorei o texto maluco :)!! Agora fôlego para mais 500 ;)...

António Rosa disse...

Castelo de Asgard

Muito agradecido por ter vindo. É sempre bom.

HAZEL disse...

muitos parabéns querido amigo pelo post número 500 é um grande número mete respeito sim senhor e este texto o que foi isso terá comido sopa de letras servida dentro das páginas de uma revista transformadas em caixa com a técnica de origami ahahahahahha fui contagiada parabéns parabéns 500 vezes parabéns

António Rosa, José disse...

Hazel

lol lol

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates