Apontamento sobre o ciclo de Neptuno na vida de um ser humano

27 de fevereiro de 2009 ·

Entre os 26 e 30 anos Neptuno forma um sextil a ele próprio. Entre os 36 e os 44 talvez se sinta a quadratura a ele próprio. Entre os 52 e os 56 faz um trígono e ele próprio. Entre os 82 e 84 vive-se a oposição a ele próprio. Obviamente, não faz conjunção ou retorno, pois ninguém vive para conhecer esse trânsito.

O ciclo de Neptuno permite que o conceito de desenvolvimento espiritual, entre com mais força na quadratura. Mas Neptuno também permite ao Ser escapar da vida, se assim o desejar. São escolhas nossas. São poucas as pessoas que sentem este trânsito na orbe habitual dos 7º a 5º pois a influência de Neptuno é muito subtil.

Apesar de Neptuno simbolizar um esforço interno para a espiritualidade, quando está em quadratura a Neptuno natal, será ignorada por muitos. Mas quando Neptuno estiver a 2 ou 3 graus distante da quadratura exacta, a energia intensificar-se-á e será mais óbvia, tão óbvia quanto Neptuno puder ser.

Uma das palavras-chave de Neptuno é dissolução. Neste trânsito ele leva embora tudo o que tem que ser levado e podemos nem reparar que isso está a acontecer.

O verdadeiro problema de, eventualmente, não se sentir a quadratura, reside no facto de entre os 36 e os 42 anos o ser humano poder estar submetido, em simultâneo, a estes trânsitos bem fortes: Úrano em oposição a Úrano e Plutão em quadratura a Plutão.

Continuarei com Neptuno em próximos posts.

18 comentários:

adelaide figueiredo disse...
27 de fevereiro de 2009 às 18:00  

António

Este nevoeiro todo existe de facto quando Neptuno está em trânsito :)

Eu, que passei por uma quadratura sem dar muito por ela, pois estava atarefada a combater outros trânsitos mais complicados :)), como disse no seu texto. Desta vez dei mais pelo trigono Neptuno/Neptuno, que já há algum tempo actua sobre mim. Quando comecei a querer estudar mais profundamente astrologia, tarot e a interessar-me por este género de coisas, entendi que ele estava aí. É bom este trânsito porque me faz semear projectos para o futuro, que talvez até agora não tenha tido oportunidade de fazer. Ele está acompanhado com o trigono de Úrano/Úrano que me dá mais força ainda para prosseguir. No entanto, este Neptuno para mim está neste momento a fazer trânsito a mais seia planetas. Sinceramente, sinto-me um pouco nublada, confusa, entre o algre e o triste, entre o fazer e o não fazer, entre o ir e o ficar como eu costumo dizer. Estou em crer, que quando parte do "nevoeiro" passar muita coisa vai levar e eu terei resolvido mais qualquer coisa na minha vida para poder prosseguir. Decisões são necessárias mas nesta altura sinto-me incapaz de decidir. Mas tentarei não desistir de sonhos e projectos :))

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...
27 de fevereiro de 2009 às 19:04  

Adelaide,

A maioria das pessoas nem sente a quadratura de Neptuno por essa razão.

Também não me recordo da minha.

Esses trânsitos aos 6 planetas a pedir-lhe que vá com calma, não é?

Acredito que JÁ está a resolver. Quando o nevoeiro acabar, fica de repente, tudo bem.

Nunca desista dos seus sonhos.

Abraço

Samsara disse...
27 de fevereiro de 2009 às 19:43  

António

Ora aí está um trânsito do qual tenho algum receio, acho melhor internarem-me quando vier a quadratura! Digo isto meio a brincar meio a sério, porque vou senti-lo de certeza e o pior é que será à medida que vou constantando os mal-entendidos em que me vou metendo.

Vão ser tantos anos, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, descanço pequenino, depois começará a "atacar" a minha Lua e depois o FC. Acho que vou ser uma pessoa muito diferente daqui a 15 anos depois de passar por isto tudo, vou ter que começar já a poupar para o psicólogo e espero que não chegue ao psiquiatra, ui!
Na casa comunicação...espero não criar a minha própria religião e começar a pregá-la por aí, lol.

Beijinhos

joana disse...
27 de fevereiro de 2009 às 19:44  

António,

Bem sinto o nevoeiro às vezes naquele MC.
E acho que que Neptuno nos ensina a 'não esperar nada'... Mas se me pedissem para escolher um planeta preferido eu escolhia Neptuno : )
Quanto à quadratura... se é sinónimo de levar dissolvendo vou ter de estar muito atenta para distinguir de outros trânsitos que 'levam'.
Não tarda muito o barco vai mesmo totalmente vazio ; )

Beijinho

António Rosa disse...
27 de fevereiro de 2009 às 19:48  

Pat,

Pois... isso da casa 3... não sei, não se não construirás um projecto neptuniano (colectivo)... é só aproveitares a boleia.

Beijo

António Rosa disse...
27 de fevereiro de 2009 às 19:50  

Joana

Se conseguir distinguir a natureza de uns e outros, depois ensine-me, tá?

Gostei muito dessa expressão -«não esperar nada». Muito bom.

Beijinho e até domingo. Bom-fim-de-semana.

joana disse...
27 de fevereiro de 2009 às 20:14  

António,

Cá vou aprendendo consigo a distinguir !

Boa oficina amorosa ; )

Beijo

Maria Paula Ribeiro disse...
27 de fevereiro de 2009 às 21:10  

Olá António,

Acredito que não saiba muito de Neptuno, mas acredito que o sinta bastante.

Curioso, tenho estado muito atenta para o lado onde se encaminha, e pode ser presunção minha, não sei, se o possa sentir ainda mais neste momento ou, começar a...

Mas como sabes como estou no "mixer" dos grandes senhores não sei não,

Ainda tenho na cabeça o som dele...

Mais um memorando! :-)
Obrigado

Beijo

Lucy disse...
28 de fevereiro de 2009 às 03:24  

António,
Cá aguardo esse fulaninho na casa dos 55. Também quero ver se ele me leva tudo à frente. Já estou cheia das brumas...

E por falar nisso, hoje passei na Fnac e vi... e não resisti... e comprei. Vou fazer um grande Upgrade à minha 'bida'.

Depois conto-te as impressões (quando descobrires a minha segunda 'bocaçon').

Diz-me, tu gostas da E.? Do C.L.? Eu não, não sei porquê!? Bê lá se me descobres este enigma. Balha-me Deus!!!

Tenho que começar a ler o libro dos upgrades... toados.

Estou muito bem disposta, notas?

Beijoca que bou dormir.

PS. - Num foste tu que me disseste, no Poarto, que eu tinha pronúncia do norte? Ora toma lá!

António Rosa disse...
28 de fevereiro de 2009 às 09:02  

Joana,

A oficina amorosa vai correr bem. Estou quase de partida para as Caldas. Ainda há muito que fazer além da Magda ir fazer um enorme esforço, pois está com uma gripe, das fortes.

Beijo

António Rosa disse...
28 de fevereiro de 2009 às 09:04  

Paula

Estás na fase para o sentires, pois encaminha-se para a única quadratura que fará. Por outro lado, tens responsabilidades acrescidas para o sentires.

Bom fim-de-semana

António Rosa disse...
28 de fevereiro de 2009 às 09:05  

Lucy

Obrigado por teres comprado o livro dos upgrades para a bida. :) A editora precisa disso...

Depois conta-me sobre a tua impressão do livro.

Beijo

Rui Santos disse...
28 de fevereiro de 2009 às 17:54  

Olá António, vi seu apontamento sobre os ciclos de Neptuno e não resisti em dar partilhar a minha opinião.

Onde quer que Neptuno se encontra num tema Natal. é onde existe mais Nevoeiro. O Meu Neptuno na casa 3 em Escorpião a fazer Quadratura ao Sol, o Nevoeiro torna-se numa primeira fase mais cerrado.

A Casa onde se encontra, representa a área de vida, onde vamos subir umas oitavas acima na expansão da nossa consciência.

È através da ilusão e da desilusão, que vamos encontrar o caminho da iluminação.

È assim que eu sinto este Planeta.

Um abraço e tudo de bom

António Rosa disse...
1 de março de 2009 às 11:02  

Olá Rui,

Muito agradecido pela sua partilha.

Abraço

Sandro Gomes disse...
2 de março de 2009 às 01:59  

Oi, Antônio. Tenho 39 anos. Estou experimentando a força dessa quadratura, pois meu ascendente é Peixes com Netuno Natal Retrógrado na Casa 9.
Experimento uma forte dissolução de meus antigos valores e concepções religiosas e ideais. Sinto-me as vezes muito desligado da realidade e para voltar a ficar desperto para o trabalho preciso tomar muitas xícaras de café. Meu mundo psíquico está bem agitado.
Como acabei a pouco minha quadratura de Plutão com sua posição Natal e tenho Urano em trânsito pela Primeira Casa a caminho da Segunda Casa para inciar a oposição a Urano Natal, só posso dizer que estou virando outra pessoa, que nem imaginava existir!

António Rosa disse...
2 de março de 2009 às 12:57  

Sandro,

Agradecido pela sua visita e comentário. Pelos vistos a coisa está forte para si. Uma enorme transformação está a acontecer na sua vida. Virão tempos mais amenos na sua caminhada.

Abraço.

bruna :) disse...
2 de março de 2009 às 15:17  

Olá António....;)
Existem coisas que me são ainda dificeis de assimilar, (mas aos poucos vou percebendo) com ajuda dos posts e tb da menina Maria Paula!

Obrigado pelo comentário sobre o desenho...;)Fico feliz! (é um exercicio que tenho que Interiorizar)não é nada fácil...

beijinho ;)

António Rosa disse...
2 de março de 2009 às 18:17  

Bruna

Gostei mesmo muito do desenho que está no blog da Maria Paula. Fico à espera para ver mais arte.

Abraço

27 de fevereiro de 2009

Apontamento sobre o ciclo de Neptuno na vida de um ser humano

Entre os 26 e 30 anos Neptuno forma um sextil a ele próprio. Entre os 36 e os 44 talvez se sinta a quadratura a ele próprio. Entre os 52 e os 56 faz um trígono e ele próprio. Entre os 82 e 84 vive-se a oposição a ele próprio. Obviamente, não faz conjunção ou retorno, pois ninguém vive para conhecer esse trânsito.

O ciclo de Neptuno permite que o conceito de desenvolvimento espiritual, entre com mais força na quadratura. Mas Neptuno também permite ao Ser escapar da vida, se assim o desejar. São escolhas nossas. São poucas as pessoas que sentem este trânsito na orbe habitual dos 7º a 5º pois a influência de Neptuno é muito subtil.

Apesar de Neptuno simbolizar um esforço interno para a espiritualidade, quando está em quadratura a Neptuno natal, será ignorada por muitos. Mas quando Neptuno estiver a 2 ou 3 graus distante da quadratura exacta, a energia intensificar-se-á e será mais óbvia, tão óbvia quanto Neptuno puder ser.

Uma das palavras-chave de Neptuno é dissolução. Neste trânsito ele leva embora tudo o que tem que ser levado e podemos nem reparar que isso está a acontecer.

O verdadeiro problema de, eventualmente, não se sentir a quadratura, reside no facto de entre os 36 e os 42 anos o ser humano poder estar submetido, em simultâneo, a estes trânsitos bem fortes: Úrano em oposição a Úrano e Plutão em quadratura a Plutão.

Continuarei com Neptuno em próximos posts.

18 comentários:

adelaide figueiredo disse...

António

Este nevoeiro todo existe de facto quando Neptuno está em trânsito :)

Eu, que passei por uma quadratura sem dar muito por ela, pois estava atarefada a combater outros trânsitos mais complicados :)), como disse no seu texto. Desta vez dei mais pelo trigono Neptuno/Neptuno, que já há algum tempo actua sobre mim. Quando comecei a querer estudar mais profundamente astrologia, tarot e a interessar-me por este género de coisas, entendi que ele estava aí. É bom este trânsito porque me faz semear projectos para o futuro, que talvez até agora não tenha tido oportunidade de fazer. Ele está acompanhado com o trigono de Úrano/Úrano que me dá mais força ainda para prosseguir. No entanto, este Neptuno para mim está neste momento a fazer trânsito a mais seia planetas. Sinceramente, sinto-me um pouco nublada, confusa, entre o algre e o triste, entre o fazer e o não fazer, entre o ir e o ficar como eu costumo dizer. Estou em crer, que quando parte do "nevoeiro" passar muita coisa vai levar e eu terei resolvido mais qualquer coisa na minha vida para poder prosseguir. Decisões são necessárias mas nesta altura sinto-me incapaz de decidir. Mas tentarei não desistir de sonhos e projectos :))

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...

Adelaide,

A maioria das pessoas nem sente a quadratura de Neptuno por essa razão.

Também não me recordo da minha.

Esses trânsitos aos 6 planetas a pedir-lhe que vá com calma, não é?

Acredito que JÁ está a resolver. Quando o nevoeiro acabar, fica de repente, tudo bem.

Nunca desista dos seus sonhos.

Abraço

Samsara disse...

António

Ora aí está um trânsito do qual tenho algum receio, acho melhor internarem-me quando vier a quadratura! Digo isto meio a brincar meio a sério, porque vou senti-lo de certeza e o pior é que será à medida que vou constantando os mal-entendidos em que me vou metendo.

Vão ser tantos anos, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016, descanço pequenino, depois começará a "atacar" a minha Lua e depois o FC. Acho que vou ser uma pessoa muito diferente daqui a 15 anos depois de passar por isto tudo, vou ter que começar já a poupar para o psicólogo e espero que não chegue ao psiquiatra, ui!
Na casa comunicação...espero não criar a minha própria religião e começar a pregá-la por aí, lol.

Beijinhos

joana disse...

António,

Bem sinto o nevoeiro às vezes naquele MC.
E acho que que Neptuno nos ensina a 'não esperar nada'... Mas se me pedissem para escolher um planeta preferido eu escolhia Neptuno : )
Quanto à quadratura... se é sinónimo de levar dissolvendo vou ter de estar muito atenta para distinguir de outros trânsitos que 'levam'.
Não tarda muito o barco vai mesmo totalmente vazio ; )

Beijinho

António Rosa disse...

Pat,

Pois... isso da casa 3... não sei, não se não construirás um projecto neptuniano (colectivo)... é só aproveitares a boleia.

Beijo

António Rosa disse...

Joana

Se conseguir distinguir a natureza de uns e outros, depois ensine-me, tá?

Gostei muito dessa expressão -«não esperar nada». Muito bom.

Beijinho e até domingo. Bom-fim-de-semana.

joana disse...

António,

Cá vou aprendendo consigo a distinguir !

Boa oficina amorosa ; )

Beijo

Maria Paula Ribeiro disse...

Olá António,

Acredito que não saiba muito de Neptuno, mas acredito que o sinta bastante.

Curioso, tenho estado muito atenta para o lado onde se encaminha, e pode ser presunção minha, não sei, se o possa sentir ainda mais neste momento ou, começar a...

Mas como sabes como estou no "mixer" dos grandes senhores não sei não,

Ainda tenho na cabeça o som dele...

Mais um memorando! :-)
Obrigado

Beijo

Lucy disse...

António,
Cá aguardo esse fulaninho na casa dos 55. Também quero ver se ele me leva tudo à frente. Já estou cheia das brumas...

E por falar nisso, hoje passei na Fnac e vi... e não resisti... e comprei. Vou fazer um grande Upgrade à minha 'bida'.

Depois conto-te as impressões (quando descobrires a minha segunda 'bocaçon').

Diz-me, tu gostas da E.? Do C.L.? Eu não, não sei porquê!? Bê lá se me descobres este enigma. Balha-me Deus!!!

Tenho que começar a ler o libro dos upgrades... toados.

Estou muito bem disposta, notas?

Beijoca que bou dormir.

PS. - Num foste tu que me disseste, no Poarto, que eu tinha pronúncia do norte? Ora toma lá!

António Rosa disse...

Joana,

A oficina amorosa vai correr bem. Estou quase de partida para as Caldas. Ainda há muito que fazer além da Magda ir fazer um enorme esforço, pois está com uma gripe, das fortes.

Beijo

António Rosa disse...

Paula

Estás na fase para o sentires, pois encaminha-se para a única quadratura que fará. Por outro lado, tens responsabilidades acrescidas para o sentires.

Bom fim-de-semana

António Rosa disse...

Lucy

Obrigado por teres comprado o livro dos upgrades para a bida. :) A editora precisa disso...

Depois conta-me sobre a tua impressão do livro.

Beijo

Rui Santos disse...

Olá António, vi seu apontamento sobre os ciclos de Neptuno e não resisti em dar partilhar a minha opinião.

Onde quer que Neptuno se encontra num tema Natal. é onde existe mais Nevoeiro. O Meu Neptuno na casa 3 em Escorpião a fazer Quadratura ao Sol, o Nevoeiro torna-se numa primeira fase mais cerrado.

A Casa onde se encontra, representa a área de vida, onde vamos subir umas oitavas acima na expansão da nossa consciência.

È através da ilusão e da desilusão, que vamos encontrar o caminho da iluminação.

È assim que eu sinto este Planeta.

Um abraço e tudo de bom

António Rosa disse...

Olá Rui,

Muito agradecido pela sua partilha.

Abraço

Sandro Gomes disse...

Oi, Antônio. Tenho 39 anos. Estou experimentando a força dessa quadratura, pois meu ascendente é Peixes com Netuno Natal Retrógrado na Casa 9.
Experimento uma forte dissolução de meus antigos valores e concepções religiosas e ideais. Sinto-me as vezes muito desligado da realidade e para voltar a ficar desperto para o trabalho preciso tomar muitas xícaras de café. Meu mundo psíquico está bem agitado.
Como acabei a pouco minha quadratura de Plutão com sua posição Natal e tenho Urano em trânsito pela Primeira Casa a caminho da Segunda Casa para inciar a oposição a Urano Natal, só posso dizer que estou virando outra pessoa, que nem imaginava existir!

António Rosa disse...

Sandro,

Agradecido pela sua visita e comentário. Pelos vistos a coisa está forte para si. Uma enorme transformação está a acontecer na sua vida. Virão tempos mais amenos na sua caminhada.

Abraço.

bruna :) disse...

Olá António....;)
Existem coisas que me são ainda dificeis de assimilar, (mas aos poucos vou percebendo) com ajuda dos posts e tb da menina Maria Paula!

Obrigado pelo comentário sobre o desenho...;)Fico feliz! (é um exercicio que tenho que Interiorizar)não é nada fácil...

beijinho ;)

António Rosa disse...

Bruna

Gostei mesmo muito do desenho que está no blog da Maria Paula. Fico à espera para ver mais arte.

Abraço

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates