Portugal Iniciático - Convento de Cristo, Tomar

9 de junho de 2011 ·


Dedicado à minha amiga Astrid Annabelle,
em viagem iniciática por Portugal

Como muitos sabem, há um país chamado Portugal que os nossos olhos de terceira dimensão podem ver e apreciar. Há determinados espaços, edificados ou não, que correspondem a um Portugal iniciático, muito pouco visível aos nossos olhos tridimensionais. Um dos exemplos é este Convento de Cristo. Esta edificação foi classificada pela UNESCO como «Património Mundial».


O Convento de Cristo, em Tomar, pertenceu à Ordem dos Templários. Fundado em 1160 pelo Grão-Mestre dos Templários, dom Gualdim Pais, e o Convento de Cristo ainda conserva recordações desses monges cavaleiros e dos herdeiros do seu cargo, a Ordem de Cristo, os quais fizeram deste edifício a sua sede. 

Sob a condução do Infante D. Henrique o Navegador, Mestre da ordem desde 1418, foram construídos claustros entre a Charola e a fortaleza dos Templários, mas as maiores modificações verificam-se no reinado de D. João III (1521-1557). 

Arquitectos como João de Castilho e Diogo de Arruda procuraram exprimir o poder da Ordem construindo a igreja e os claustros com ricos floreados manuelinos que atingiram o máximo esplendor na janela da fachada ocidental.

Não me alongo em mais explicações históricas, pois isso está ao alcance de todos.





Estas ilustrações foram enviadas pela minha querida amiga e conterrânea,

Muito obrigado, G.




.

2 comentários:

Astrid Annabelle disse...
11 de junho de 2011 às 12:45  

Estou aqui para rever este post e percebi que não havia comentado...
Simplesmente maravilhoso tudo isso aí acima...a arquitetura e todos os seus detalhes!
Estou encantada...aliás meu estado atual aqui em Portugal!!!!rss
Beijo grande muito agradecido.
Astrid Annabelle

Lucília Ramos disse...
15 de junho de 2011 às 12:31  
Este comentário foi removido pelo autor.

9 de junho de 2011

Portugal Iniciático - Convento de Cristo, Tomar


Dedicado à minha amiga Astrid Annabelle,
em viagem iniciática por Portugal

Como muitos sabem, há um país chamado Portugal que os nossos olhos de terceira dimensão podem ver e apreciar. Há determinados espaços, edificados ou não, que correspondem a um Portugal iniciático, muito pouco visível aos nossos olhos tridimensionais. Um dos exemplos é este Convento de Cristo. Esta edificação foi classificada pela UNESCO como «Património Mundial».


O Convento de Cristo, em Tomar, pertenceu à Ordem dos Templários. Fundado em 1160 pelo Grão-Mestre dos Templários, dom Gualdim Pais, e o Convento de Cristo ainda conserva recordações desses monges cavaleiros e dos herdeiros do seu cargo, a Ordem de Cristo, os quais fizeram deste edifício a sua sede. 

Sob a condução do Infante D. Henrique o Navegador, Mestre da ordem desde 1418, foram construídos claustros entre a Charola e a fortaleza dos Templários, mas as maiores modificações verificam-se no reinado de D. João III (1521-1557). 

Arquitectos como João de Castilho e Diogo de Arruda procuraram exprimir o poder da Ordem construindo a igreja e os claustros com ricos floreados manuelinos que atingiram o máximo esplendor na janela da fachada ocidental.

Não me alongo em mais explicações históricas, pois isso está ao alcance de todos.





Estas ilustrações foram enviadas pela minha querida amiga e conterrânea,

Muito obrigado, G.




.

2 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Estou aqui para rever este post e percebi que não havia comentado...
Simplesmente maravilhoso tudo isso aí acima...a arquitetura e todos os seus detalhes!
Estou encantada...aliás meu estado atual aqui em Portugal!!!!rss
Beijo grande muito agradecido.
Astrid Annabelle

Lucília Ramos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates