O durão do Saturno também ama

12 de janeiro de 2011 ·

 
O que habitualmente lemos e ouvimos sobre o simbolismo de Saturno resume-se mais ou menos nisto: o mestre, o velho sábio, o eremita, o monge, as pessoas idosas, os avós, os antepassados, o juiz, o agente governamental, o polícia, o professor, o pai, o chefe, o patrão (em simultâneo com o Sol), os inimigos, os falsos amigos.

Por outro lado, as funções associadas a este planeta, também podem ser consideradas assim: delimitação, fronteira, diferenciação, seletividade, contração, contenção, autocontrolo, realismo, amadurecimento, inserção social (como Júpiter, mas com um sentido mais hierárquico e estrutural, baseado no respeito e na adequação às regras e aos valores instituídos), superego, sombra (sentido junguiano), cristalização e materialização, medo e sentimento de culpa, vergonha.

Tudo isto pode ser reduzido a um conceito muito simples: à expressão paterna do «tu deves» ou pela proibição «tu não deves». Um pai, que faz? Ensina e prepara os filhos a percorrerem o caminho estreito da vida. Com amor. Raramente pensamos ou comentamos que Saturno também ama. Mas sim, ama e muito. Ensinando, cuidando, incitando, caminhando ao lado, velando pela segurança dos filhos. Pais ausentes são um problema sério para a criança ou jovem em formação.

Saturno, num mapa natal, para além de nos ensinar como atravessar os nossos medos e nos redescobrirmos enquanto fazedores da nossa própria vida, também nos diz como somos amados pelo nosso pai e, enquanto muito novos, como podemos chegar até ele, para encontrarmos a serenidade e segurança necessárias para nos sentirmos inteiros, até criamos a nossa própria estrutura interna e consequente identidade.

O meu pai desencarnou quando eu tinha 19 anos. Mas lembro-me bem dele e das muitas formas que senti o seu amor por mim, assim como da sua disciplina. Quando era mais pequeno, estudava comigo e ensinava-me as matérias da escola. Insistia para eu não desistir. Nunca me bateu, ao contrário da minha mãe. Acompanhou-me em numerosas ocasiões difíceis do meu crescimento. Seria fastidioso dar aqui mais exemplos, até porque estou a falar de uma época bem lá atrás, 40, 50 anos. Eram outros tempos e outra educação. Eu sabia que ele estava «ali». Sempre soube. Mesmo hoje em dia, sinto imensas saudades dele.

Talvez o meu quintil Saturno-Sol tenha ajudado a criar uma relação especial com ele. Talvez por Saturno se encontrar em Virgem, na casa 4, fui chamado muito cedo a tomar conta da família. Também vejo a casa 4 (e não apenas a 10), como sendo a casa do pai ou do progenitor predominante. Há mães que não deixam os pais exercerem a sua função. Eu sou do tempo em que ainda não se dava a desculpa do filho ser uma criança índigo.

Hoje em dia, sou visto por algumas pessoas muito próximas, como o «patriarca». Outra imagem de Saturno. É uma ideia engraçada.

Vou dar-me um pequeno descanso do blogue. Até daqui a uns dias.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.   


.

27 comentários:

IdoMind disse...
12 de janeiro de 2011 às 00:50  

Como tudo na vida, a nossa posição diante das coisas é que é " boa" ou "má" e não as coisas em si.

Gostei imenso desta visão positiva do injustamente mal-amado Saturno.

E olha está a falar-te uma touro com Saturno na 2! lol

Gostei mesmo.

beijinhos

Paulo Francisco disse...
12 de janeiro de 2011 às 00:54  

Aqui, eu estou sempre aprendendo
Adorei este texto.
Um grande abraço.

Roberta Maia disse...
12 de janeiro de 2011 às 01:27  

Olá,perdi a entrevista com Márcio Nicolau. Tenho meu trabalho, as vezes os horários não combinam, perco coisas como esta.
Bom...outras entrevistas existiram!

O durão do Saturno também ama.
Que bom,rs!Texto rico e claro!

Até a volta!
Muita LUZ!!

William Garibaldi disse...
12 de janeiro de 2011 às 02:15  

António Rosa, que saudade que eu tava de vir aqui! E de você amigo!
Adorei as mudanças, e a leveza pro Blog carregar mais rápido!!!
Eu me inspirei totalmente em você e estou deixando o meu Blog mais leve também!

Saturno:
Meu meio do Céu!... ririri
Gostei muito de saber mais sobre Saturno e Saturninos! Suas postagens são sempre uma partilha!
Eu aprendi algo interessante, e hoje é também a minha visão sobre Saturno: Ele é o ferreiro velho e representaria o Carma básico de um ser, digamos... E a Alquimia transforma chumbo em ouro... ferro em ouro...
Um dom alquímico é então transformar Carma em Darma... ou seja, tudo a ver o simbolismo do ferro na Alquimia!...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...
12 de janeiro de 2011 às 09:48  

Volta depressinha ;)

Astrid Annabelle disse...
12 de janeiro de 2011 às 10:18  

Bom dia querido António!
Esse seu texto está tão gostoso de ler!
Simples e majestoso!!!
Eu aprendi a amar Saturno. Isso eu devo a você!
Bom descanso e volta logo,OK?
Beijo grande para um lindo dia!
Astrid Annabelle

Joana disse...
12 de janeiro de 2011 às 11:11  

Os trânsitos de saturno são complicados de ultrapassar, mas é graças a eles que temos consciência de nós mesmos e do nosso caminho.

Beijinhos

TH disse...
12 de janeiro de 2011 às 12:38  

Antonio

Sou pouco relacionado à astrologia, mas já testemunhei com surpresa vários mapas astrais enviados por amigos e fiquei admirado - como eles tem razão!

Acho que encontrei um lugarzinho pra aprender cada vez mais sobre o tema...

Obrigado!

Nilce disse...
12 de janeiro de 2011 às 13:13  

Oi Antônio

Interessante essa sua referência de proteção relacionada ao seu pai.
O respeito e os ensimentos diferentes dos de hoje também são do meu tempo e também o fato de as mães serem as mais "cruéis" pois passavam a maior parte do tempo com os filhos.
Também perdi meu pai muito cedo e apesar de não ser a primogênita, mas a única mulher, não há até hoje decisão tomada em família, sem a minha opinião.
Interessante não acha?

Espero sua volta.

Bjs no coração!

Nilce

Élys disse...
12 de janeiro de 2011 às 13:23  

Meu amigo
Gostei muito do seu texto e lhe desejo um bom descanso.
Um abraço.

Maria Paula Ribeiro disse...
12 de janeiro de 2011 às 13:56  

Bom dia António,

Saturno Ama e de que maneira...

E com todas as conotações que se pode dar a Saturno, aprendi que há um elo comum a todos: a aprendizagem, o ensino...

E que ensina, partilha, e quem partilha, Ama! ;))) Ele está imbuído nele de alto a baixo!

Eu pertenço aquele grupo de pessoas muito próximas que te vê como o «patriarca» ;))

Obrigado e bom retiro!
Maria Paula

Luisa Sal disse...
12 de janeiro de 2011 às 15:19  

António,

Muito obrigada por este post.

Abraço grande

LUisa

Adelaide Figueiredo disse...
12 de janeiro de 2011 às 15:56  

António,

Disse tudo no seu post.Afinal quem ensina ama. A dificuldade dos trânsitos de Saturno é que por vezes não estamos dispostos a aprender ou não entendemos tanta restrição. No entanto, a lição fica aprendida e no final muitas pedras são retiradas do nosso caminho.
Desejo-lhe um bom descanso Mestre, Patriarca que é afinal como eu o vejo também.

Abraço

Adelaide

Maria de Fátima disse...
12 de janeiro de 2011 às 17:07  

Olá querido António, o meu pai ainda é vivo(tem 60 anos) e sempre foi um patriarca severo mas que ama a sua cria, neste caso eu, risos.Bom e merecido descanso.Beijocas.

marcelo dalla disse...
12 de janeiro de 2011 às 17:54  

Oi querido!!!!
Tb adorei ler seu texto, tava precisando...
Bom descanso e até o retorno!
abraço

Cris Caetano disse...
12 de janeiro de 2011 às 22:10  

Adoraria entender assim de astrologia. Mas "desencarnou"? Esse termo é espírita, você é espírita?
Meu pai foi, em muitos aspectos, um homem rígido, mas sinto demais a sua falta, porque havia coisas que só conseguia conversar com ele. Os pais sempre fazem falta aos filhos depois que partem.

Beijos

Ira Buscacio disse...
13 de janeiro de 2011 às 13:39  

Antonio, que delícia de texto. Saturno é sempre visto de nariz torcido, mas vc ampliou suas características de um jeito menos rigoroso. Gostei de saber mais. É sempre mt bom conhecer outras possibilidades.
Boas férias e volte logo,
Um bjão

Cris França disse...
13 de janeiro de 2011 às 17:55  

achei muito interessante. um beijo e até a volta

Astrid Annabelle disse...
13 de janeiro de 2011 às 18:37  

Olá António,
vim conferir se havia algum link lá para o Dinamica...e não é que há mesmo!!!
Sabe por que?
De tantos emails que estou recebendo que viram meu link aqui!
Então um beijo na bochecha por isso...muito obrigado!
Astrid Annabelle

José Sousa disse...
13 de janeiro de 2011 às 21:02  

Olá amigo!
Lindo o seu blog, gostei do que escreve.
Um ABRAÇÃO.

arKana disse...
13 de janeiro de 2011 às 21:13  

Olá António,
também perdi o meu pai cedo... aos 23!
vou averiguar o meu Saturno. Saudades do meu pai, muitas :)
beijos

Gisa disse...
14 de janeiro de 2011 às 02:34  

Tenha um ótimo descanso viu !! ahh adorei saber um pouco mais sobre saturno.
bjs

Táxi Pluvioso disse...
15 de janeiro de 2011 às 02:16  

Lá isso é verdade o Durão também ama... armar-se em líder. bfds

António Rosa disse...
15 de janeiro de 2011 às 14:11  

@IdoMind - sem dúvida. lindas palavras de uem sente na pele. beijos.


@Paulo - o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhs visitas aos amigos. abraço.


@Roberta Maia - ainda bem que gostou. Luz.


@William - já-já estou regressando e vistarei os amigos. foi muito útil esta estadia ausente da net.


@Gaspas - cá estou.


@Astrid - obrigado. este fim de semana vou debruçar-me sobre um tema que está a dar que falar desde o dia 13: teremos achegar um 13º signo? beijos.


@Joana - também os sinto na pele e não são fáceis.


@TH - pois é! a astrologia funciona! já-já estou regressando e vistarei os amigos.


@Nilce - estas experiências com os nossos pais são sempre muito marcantes. beijos e até dia 18.

António Rosa disse...
15 de janeiro de 2011 às 14:19  

@Élys - meu amigo, muito obrigado. você é sempre muito gentil.


@Maria Paula - fico muito feliz, pois sempre te considerei como fazendo parte do inner circle. besitos


@Luisa Sal - obrigado eu pela sua presença.


@Adelaide - ai, ai minha amiga, talvez esteja a par da «enorme» polémica que vai em língua inglesa sobre o 13º signo, com os principais jornais e tv americanos a darem cobertura ao assunto.


@Maria Paula - ainda bem que ele é vivo. curte-o bem, agora, enquanto podes.


@Marcelo - um grande abraço, meu querido.


@Cris Caetano - não sou espírita. de todo. mas a palavra «desencarnar» não é propriedade espírita, mas sim da espiritualidade em geral. @IdoMind - sem dúvida. lindas palavras de uem sente na pele. beijos. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Ira - que bom tê-la aqui. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos. em breve vamos assistir a outro assunto que vai perturbar muita gente: teremso um 13º signo?

António Rosa disse...
15 de janeiro de 2011 às 14:23  

@Cris - meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Astrid - ... e hoje saiu... :)))


@José Sousa - seja bem vindo a este espaço., obrigado.


@arKana - veja esse Saturno no seu mapa e se quiser conversar esteja à vontade. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Gisa - muito obrigado, minha querida.


@ Táxi - esse nome provoca-me alergia.

31193200 disse...
18 de março de 2011 às 21:49  

A VERDADE SOBRE O 13º SIGNO

Recentemente, apareceu no “mercado americano” o 13º “signo” que os astrônomos chamam de Serpentário. Na realidade, Serpentário não é um signo e sim uma constelação que está entre Escorpião e Sagitário. No meu livro CONHEÇA A ASTROLOGIA PARA MELHOR SE CONHECER publicado pela Editora Baraúna lanço uma nova teoria sobre o zodíaco como sendo o próprio campo magnético terrestre ORIGINADO na FORMAÇÃO DA TERRA e IMUTÁVEL. Logo, se existiu sua influência ela foi incorporada às de Escorpião e Sagitário, ou então ela estava fora da eclíptica (caminho do Sol).

12 de janeiro de 2011

O durão do Saturno também ama

 
O que habitualmente lemos e ouvimos sobre o simbolismo de Saturno resume-se mais ou menos nisto: o mestre, o velho sábio, o eremita, o monge, as pessoas idosas, os avós, os antepassados, o juiz, o agente governamental, o polícia, o professor, o pai, o chefe, o patrão (em simultâneo com o Sol), os inimigos, os falsos amigos.

Por outro lado, as funções associadas a este planeta, também podem ser consideradas assim: delimitação, fronteira, diferenciação, seletividade, contração, contenção, autocontrolo, realismo, amadurecimento, inserção social (como Júpiter, mas com um sentido mais hierárquico e estrutural, baseado no respeito e na adequação às regras e aos valores instituídos), superego, sombra (sentido junguiano), cristalização e materialização, medo e sentimento de culpa, vergonha.

Tudo isto pode ser reduzido a um conceito muito simples: à expressão paterna do «tu deves» ou pela proibição «tu não deves». Um pai, que faz? Ensina e prepara os filhos a percorrerem o caminho estreito da vida. Com amor. Raramente pensamos ou comentamos que Saturno também ama. Mas sim, ama e muito. Ensinando, cuidando, incitando, caminhando ao lado, velando pela segurança dos filhos. Pais ausentes são um problema sério para a criança ou jovem em formação.

Saturno, num mapa natal, para além de nos ensinar como atravessar os nossos medos e nos redescobrirmos enquanto fazedores da nossa própria vida, também nos diz como somos amados pelo nosso pai e, enquanto muito novos, como podemos chegar até ele, para encontrarmos a serenidade e segurança necessárias para nos sentirmos inteiros, até criamos a nossa própria estrutura interna e consequente identidade.

O meu pai desencarnou quando eu tinha 19 anos. Mas lembro-me bem dele e das muitas formas que senti o seu amor por mim, assim como da sua disciplina. Quando era mais pequeno, estudava comigo e ensinava-me as matérias da escola. Insistia para eu não desistir. Nunca me bateu, ao contrário da minha mãe. Acompanhou-me em numerosas ocasiões difíceis do meu crescimento. Seria fastidioso dar aqui mais exemplos, até porque estou a falar de uma época bem lá atrás, 40, 50 anos. Eram outros tempos e outra educação. Eu sabia que ele estava «ali». Sempre soube. Mesmo hoje em dia, sinto imensas saudades dele.

Talvez o meu quintil Saturno-Sol tenha ajudado a criar uma relação especial com ele. Talvez por Saturno se encontrar em Virgem, na casa 4, fui chamado muito cedo a tomar conta da família. Também vejo a casa 4 (e não apenas a 10), como sendo a casa do pai ou do progenitor predominante. Há mães que não deixam os pais exercerem a sua função. Eu sou do tempo em que ainda não se dava a desculpa do filho ser uma criança índigo.

Hoje em dia, sou visto por algumas pessoas muito próximas, como o «patriarca». Outra imagem de Saturno. É uma ideia engraçada.

Vou dar-me um pequeno descanso do blogue. Até daqui a uns dias.

Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - convertido pelo Lince.   


.

27 comentários:

IdoMind disse...

Como tudo na vida, a nossa posição diante das coisas é que é " boa" ou "má" e não as coisas em si.

Gostei imenso desta visão positiva do injustamente mal-amado Saturno.

E olha está a falar-te uma touro com Saturno na 2! lol

Gostei mesmo.

beijinhos

Paulo Francisco disse...

Aqui, eu estou sempre aprendendo
Adorei este texto.
Um grande abraço.

Roberta Maia disse...

Olá,perdi a entrevista com Márcio Nicolau. Tenho meu trabalho, as vezes os horários não combinam, perco coisas como esta.
Bom...outras entrevistas existiram!

O durão do Saturno também ama.
Que bom,rs!Texto rico e claro!

Até a volta!
Muita LUZ!!

William Garibaldi disse...

António Rosa, que saudade que eu tava de vir aqui! E de você amigo!
Adorei as mudanças, e a leveza pro Blog carregar mais rápido!!!
Eu me inspirei totalmente em você e estou deixando o meu Blog mais leve também!

Saturno:
Meu meio do Céu!... ririri
Gostei muito de saber mais sobre Saturno e Saturninos! Suas postagens são sempre uma partilha!
Eu aprendi algo interessante, e hoje é também a minha visão sobre Saturno: Ele é o ferreiro velho e representaria o Carma básico de um ser, digamos... E a Alquimia transforma chumbo em ouro... ferro em ouro...
Um dom alquímico é então transformar Carma em Darma... ou seja, tudo a ver o simbolismo do ferro na Alquimia!...

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Volta depressinha ;)

Astrid Annabelle disse...

Bom dia querido António!
Esse seu texto está tão gostoso de ler!
Simples e majestoso!!!
Eu aprendi a amar Saturno. Isso eu devo a você!
Bom descanso e volta logo,OK?
Beijo grande para um lindo dia!
Astrid Annabelle

Joana disse...

Os trânsitos de saturno são complicados de ultrapassar, mas é graças a eles que temos consciência de nós mesmos e do nosso caminho.

Beijinhos

TH disse...

Antonio

Sou pouco relacionado à astrologia, mas já testemunhei com surpresa vários mapas astrais enviados por amigos e fiquei admirado - como eles tem razão!

Acho que encontrei um lugarzinho pra aprender cada vez mais sobre o tema...

Obrigado!

Nilce disse...

Oi Antônio

Interessante essa sua referência de proteção relacionada ao seu pai.
O respeito e os ensimentos diferentes dos de hoje também são do meu tempo e também o fato de as mães serem as mais "cruéis" pois passavam a maior parte do tempo com os filhos.
Também perdi meu pai muito cedo e apesar de não ser a primogênita, mas a única mulher, não há até hoje decisão tomada em família, sem a minha opinião.
Interessante não acha?

Espero sua volta.

Bjs no coração!

Nilce

Élys disse...

Meu amigo
Gostei muito do seu texto e lhe desejo um bom descanso.
Um abraço.

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia António,

Saturno Ama e de que maneira...

E com todas as conotações que se pode dar a Saturno, aprendi que há um elo comum a todos: a aprendizagem, o ensino...

E que ensina, partilha, e quem partilha, Ama! ;))) Ele está imbuído nele de alto a baixo!

Eu pertenço aquele grupo de pessoas muito próximas que te vê como o «patriarca» ;))

Obrigado e bom retiro!
Maria Paula

Luisa Sal disse...

António,

Muito obrigada por este post.

Abraço grande

LUisa

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Disse tudo no seu post.Afinal quem ensina ama. A dificuldade dos trânsitos de Saturno é que por vezes não estamos dispostos a aprender ou não entendemos tanta restrição. No entanto, a lição fica aprendida e no final muitas pedras são retiradas do nosso caminho.
Desejo-lhe um bom descanso Mestre, Patriarca que é afinal como eu o vejo também.

Abraço

Adelaide

Maria de Fátima disse...

Olá querido António, o meu pai ainda é vivo(tem 60 anos) e sempre foi um patriarca severo mas que ama a sua cria, neste caso eu, risos.Bom e merecido descanso.Beijocas.

marcelo dalla disse...

Oi querido!!!!
Tb adorei ler seu texto, tava precisando...
Bom descanso e até o retorno!
abraço

Cris Caetano disse...

Adoraria entender assim de astrologia. Mas "desencarnou"? Esse termo é espírita, você é espírita?
Meu pai foi, em muitos aspectos, um homem rígido, mas sinto demais a sua falta, porque havia coisas que só conseguia conversar com ele. Os pais sempre fazem falta aos filhos depois que partem.

Beijos

Ira Buscacio disse...

Antonio, que delícia de texto. Saturno é sempre visto de nariz torcido, mas vc ampliou suas características de um jeito menos rigoroso. Gostei de saber mais. É sempre mt bom conhecer outras possibilidades.
Boas férias e volte logo,
Um bjão

Cris França disse...

achei muito interessante. um beijo e até a volta

Astrid Annabelle disse...

Olá António,
vim conferir se havia algum link lá para o Dinamica...e não é que há mesmo!!!
Sabe por que?
De tantos emails que estou recebendo que viram meu link aqui!
Então um beijo na bochecha por isso...muito obrigado!
Astrid Annabelle

José Sousa disse...

Olá amigo!
Lindo o seu blog, gostei do que escreve.
Um ABRAÇÃO.

arKana disse...

Olá António,
também perdi o meu pai cedo... aos 23!
vou averiguar o meu Saturno. Saudades do meu pai, muitas :)
beijos

Gisa disse...

Tenha um ótimo descanso viu !! ahh adorei saber um pouco mais sobre saturno.
bjs

Táxi Pluvioso disse...

Lá isso é verdade o Durão também ama... armar-se em líder. bfds

António Rosa disse...

@IdoMind - sem dúvida. lindas palavras de uem sente na pele. beijos.


@Paulo - o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhs visitas aos amigos. abraço.


@Roberta Maia - ainda bem que gostou. Luz.


@William - já-já estou regressando e vistarei os amigos. foi muito útil esta estadia ausente da net.


@Gaspas - cá estou.


@Astrid - obrigado. este fim de semana vou debruçar-me sobre um tema que está a dar que falar desde o dia 13: teremos achegar um 13º signo? beijos.


@Joana - também os sinto na pele e não são fáceis.


@TH - pois é! a astrologia funciona! já-já estou regressando e vistarei os amigos.


@Nilce - estas experiências com os nossos pais são sempre muito marcantes. beijos e até dia 18.

António Rosa disse...

@Élys - meu amigo, muito obrigado. você é sempre muito gentil.


@Maria Paula - fico muito feliz, pois sempre te considerei como fazendo parte do inner circle. besitos


@Luisa Sal - obrigado eu pela sua presença.


@Adelaide - ai, ai minha amiga, talvez esteja a par da «enorme» polémica que vai em língua inglesa sobre o 13º signo, com os principais jornais e tv americanos a darem cobertura ao assunto.


@Maria Paula - ainda bem que ele é vivo. curte-o bem, agora, enquanto podes.


@Marcelo - um grande abraço, meu querido.


@Cris Caetano - não sou espírita. de todo. mas a palavra «desencarnar» não é propriedade espírita, mas sim da espiritualidade em geral. @IdoMind - sem dúvida. lindas palavras de uem sente na pele. beijos. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Ira - que bom tê-la aqui. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos. em breve vamos assistir a outro assunto que vai perturbar muita gente: teremso um 13º signo?

António Rosa disse...

@Cris - meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Astrid - ... e hoje saiu... :)))


@José Sousa - seja bem vindo a este espaço., obrigado.


@arKana - veja esse Saturno no seu mapa e se quiser conversar esteja à vontade. o meu pequeno período sabático está a terminar e já, já, retomarei as minhas visitas aos amigos.


@Gisa - muito obrigado, minha querida.


@ Táxi - esse nome provoca-me alergia.

31193200 disse...

A VERDADE SOBRE O 13º SIGNO

Recentemente, apareceu no “mercado americano” o 13º “signo” que os astrônomos chamam de Serpentário. Na realidade, Serpentário não é um signo e sim uma constelação que está entre Escorpião e Sagitário. No meu livro CONHEÇA A ASTROLOGIA PARA MELHOR SE CONHECER publicado pela Editora Baraúna lanço uma nova teoria sobre o zodíaco como sendo o próprio campo magnético terrestre ORIGINADO na FORMAÇÃO DA TERRA e IMUTÁVEL. Logo, se existiu sua influência ela foi incorporada às de Escorpião e Sagitário, ou então ela estava fora da eclíptica (caminho do Sol).

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates