Que experiência escolhemos viver nesta reencarnação?

18 de janeiro de 2010 ·

Um belo vídeo tirado do final do documentário «Zeitgeist 1». Lembre-se! A vida é feita de escolhas, sempre. Que caminho escolhemos? O caminho do amor ou o caminho do medo? A resposta parece óbvia e fácil. Recorde-se desta frase e quem a disse: «Eu só posso mostrar-te o caminho.» Porque a caminhada é feita por nós mesmos. Com os acertos e os equívocos próprios da experiência que é 'caminhar'.

19 comentários:

Joana disse...
18 de janeiro de 2010 às 23:22  

Hoje estava a precisar de ver este video. Grata.

Beijocas

Rosan disse...
18 de janeiro de 2010 às 23:29  

As vezes por medo deixamos de amar...
as vezes por amor escolhemos sofrer, para evoluir...
e tentar acertar sempre...
espero estar no caminho.

beijo

marcelo dalla disse...
19 de janeiro de 2010 às 01:14  

Bravo! Excelente!!!! Quero fazer trabalhos assim, quero ajudar a despertar consciências. Videos desse tipo muito me inspiram.
Arte + comunicação + consiscência

abraço, meu querido
(tô aqui a todo vapor respondendo as perguntas da entrevista, em breve lhe enviarei as repostas)

angela disse...
19 de janeiro de 2010 às 02:05  

Boa postagem, é importante pensar sobre nossas escolhas.
beijo

Maria Izabel Viégas disse...
19 de janeiro de 2010 às 02:13  

Excelente, António querido!
Estava a ver com lágrimas nos olhos o terror da tragédia no Haiti... pensava por que eles, já tão pobres, os povos sem escolhas.
mas ...a vida é uma Grande Viagem... e não sabemos quem fomos e o porquê sofremos. Sabemos sim, que temos que ter Amor infinito por aqueles que sofrem e agradecer aos Céus , sem ser piegas, por estarmos aqui assistindo as reviravoltas do Mundo sem medo de viver, de sofrer e virar o jogo.
Optando pela melhor escolha...SER!
Amo sua postagens...
Obrigada!
Preciso muito ouvir estas vozes a chamar-me ao meu centro!
beijinhos no seu coração!

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:17  

Joana,

ainda bem que chegou no momento certo. A mim, também, pois foi ontem mesmo que recebi o conteúdo do post por um email. Beijos.

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:17  

Rosan,

Estamos todos a aprender a caminhar. Beijos.

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:17  

Marcelo,

É só querer, que um dia irá realizar. :) Dê o primeiro passo em frente. Abraço.

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:17  

Ângela

Vamos sempre sabendo, não é? O importante é não ficarmos com pena de nós mesmos e muito menos, presos em arrependimentos prolongados. Beijo.

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:17  

Maria Izabel,

Já estamos na Grande Viagem... juntos.

Beijos

Astrid Annabelle disse...
19 de janeiro de 2010 às 10:49  

Bom dia António!
Ao vivermos de maneira espontânea estaremos sempre fazendo a melhor escolha...
Lindo post...minha alma agradece!
Um beijo grande.
Astrid Annabelle

Siala ap Maeve disse...
19 de janeiro de 2010 às 11:26  

Sublime, António! Não há palavras.
Obrigada!
Beijos de Luz

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 11:35  

Astrid

De acordo e, claro, viver de maneira espontânea significa avançar com o coração, sem medo. Beijos.

António Rosa disse...
19 de janeiro de 2010 às 11:36  

Siala,

1000 beijinhos.

Maria Paula Ribeiro disse...
19 de janeiro de 2010 às 12:02  

António,

EU SOU PURA, AMOR, PERFEITA, MARAVILHOSA E NEGO O IMPERFEITO! :-)

Bem-hajas!

Christiane disse...
19 de janeiro de 2010 às 12:09  

Amigo

Seu post me fez pensar muito...

Como sabe estou numa fase crítica. Não sei se estou assim por más escolhas que fiz ou se é por estar movida à impulsos incosncientes que agiram...

Além disso sempre acabo me complicando em cada escolha que faço...

Meu professor de astrologia, por ex, me disse que se eu não me separasse não conseguiria ser o que sou. Isso eu realmente sinto tb, porém o que me levou à isso causou dor e inimizades eternas...

Quis me libertar do medo, quis ser independente, quis liberdade mas não da maneira que foi...

meu plutão na 7 quadratura com meu vênus na 10 me trás homens controladores e situações de rompimentos sempre com muita violência. Não quero mais isso e estou tão insegura pois sinto que sou mais movida por meus impulsos inconscientes do que pelo é realmente certo.

ISSO ME ASSUSTA MUITO!!!!

Desculpe estar sendo muito prolixa, mas minha mente está ainda apreendendo tudo que estou vivendo e quero tanto entender meus mecanismos para não cometer os mesmos erros.

Grande beijo.

Margarida disse...
19 de janeiro de 2010 às 12:52  

Só existe uma realeza!

A realeza da alma purificada que invocará sempre a paz e o amor.

Só existe um caminho a escolher; é o caminho da evolução da alma!

Margarida

Rui António Santos disse...
19 de janeiro de 2010 às 15:30  

António, lindo filme.

passaram pessoas no Mundo que se tornaram referência para a Humanidade, podem e devem ser sempre lembradas, elas simplesmente não morreram.

Jimy Hendrix, que bela frase: Quando o poder do amor se sobrepuser ao amor ao poder, o mundo conhecerá a Paz»

Ghandy, levou a India á conquista da liberdade apenas pelo poder do amor.

Mhartin Luter King, tinha um sonho, que um dia todos os seres humanos podiam viver em igualdade de direitos sem referência á cor da pele.

Jhon Lenon, imaginava uma sociedade livre, com todos os serem humanos a viverem em igualdade.

Que a tragédia que chocou o Mundo na nossa actualidade no Haiti, se torne util, na ajuda humanitária e que os cerca de 100 mil mortos e o sofrimento de tantas familias não seja em vão, que sirva para os Governos do Mundo se tornem solidários com esta Grande tragédia. Abraço

António Rosa disse...
20 de janeiro de 2010 às 10:42  

Christiane, Margarida e Rui

Só hoje vi os vossos comentários, que agradeço muito.

Saudações.

18 de janeiro de 2010

Que experiência escolhemos viver nesta reencarnação?

Um belo vídeo tirado do final do documentário «Zeitgeist 1». Lembre-se! A vida é feita de escolhas, sempre. Que caminho escolhemos? O caminho do amor ou o caminho do medo? A resposta parece óbvia e fácil. Recorde-se desta frase e quem a disse: «Eu só posso mostrar-te o caminho.» Porque a caminhada é feita por nós mesmos. Com os acertos e os equívocos próprios da experiência que é 'caminhar'.

19 comentários:

Joana disse...

Hoje estava a precisar de ver este video. Grata.

Beijocas

Rosan disse...

As vezes por medo deixamos de amar...
as vezes por amor escolhemos sofrer, para evoluir...
e tentar acertar sempre...
espero estar no caminho.

beijo

marcelo dalla disse...

Bravo! Excelente!!!! Quero fazer trabalhos assim, quero ajudar a despertar consciências. Videos desse tipo muito me inspiram.
Arte + comunicação + consiscência

abraço, meu querido
(tô aqui a todo vapor respondendo as perguntas da entrevista, em breve lhe enviarei as repostas)

angela disse...

Boa postagem, é importante pensar sobre nossas escolhas.
beijo

Maria Izabel Viégas disse...

Excelente, António querido!
Estava a ver com lágrimas nos olhos o terror da tragédia no Haiti... pensava por que eles, já tão pobres, os povos sem escolhas.
mas ...a vida é uma Grande Viagem... e não sabemos quem fomos e o porquê sofremos. Sabemos sim, que temos que ter Amor infinito por aqueles que sofrem e agradecer aos Céus , sem ser piegas, por estarmos aqui assistindo as reviravoltas do Mundo sem medo de viver, de sofrer e virar o jogo.
Optando pela melhor escolha...SER!
Amo sua postagens...
Obrigada!
Preciso muito ouvir estas vozes a chamar-me ao meu centro!
beijinhos no seu coração!

António Rosa disse...

Joana,

ainda bem que chegou no momento certo. A mim, também, pois foi ontem mesmo que recebi o conteúdo do post por um email. Beijos.

António Rosa disse...

Rosan,

Estamos todos a aprender a caminhar. Beijos.

António Rosa disse...

Marcelo,

É só querer, que um dia irá realizar. :) Dê o primeiro passo em frente. Abraço.

António Rosa disse...

Ângela

Vamos sempre sabendo, não é? O importante é não ficarmos com pena de nós mesmos e muito menos, presos em arrependimentos prolongados. Beijo.

António Rosa disse...

Maria Izabel,

Já estamos na Grande Viagem... juntos.

Beijos

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António!
Ao vivermos de maneira espontânea estaremos sempre fazendo a melhor escolha...
Lindo post...minha alma agradece!
Um beijo grande.
Astrid Annabelle

Siala ap Maeve disse...

Sublime, António! Não há palavras.
Obrigada!
Beijos de Luz

António Rosa disse...

Astrid

De acordo e, claro, viver de maneira espontânea significa avançar com o coração, sem medo. Beijos.

António Rosa disse...

Siala,

1000 beijinhos.

Maria Paula Ribeiro disse...

António,

EU SOU PURA, AMOR, PERFEITA, MARAVILHOSA E NEGO O IMPERFEITO! :-)

Bem-hajas!

Christiane disse...

Amigo

Seu post me fez pensar muito...

Como sabe estou numa fase crítica. Não sei se estou assim por más escolhas que fiz ou se é por estar movida à impulsos incosncientes que agiram...

Além disso sempre acabo me complicando em cada escolha que faço...

Meu professor de astrologia, por ex, me disse que se eu não me separasse não conseguiria ser o que sou. Isso eu realmente sinto tb, porém o que me levou à isso causou dor e inimizades eternas...

Quis me libertar do medo, quis ser independente, quis liberdade mas não da maneira que foi...

meu plutão na 7 quadratura com meu vênus na 10 me trás homens controladores e situações de rompimentos sempre com muita violência. Não quero mais isso e estou tão insegura pois sinto que sou mais movida por meus impulsos inconscientes do que pelo é realmente certo.

ISSO ME ASSUSTA MUITO!!!!

Desculpe estar sendo muito prolixa, mas minha mente está ainda apreendendo tudo que estou vivendo e quero tanto entender meus mecanismos para não cometer os mesmos erros.

Grande beijo.

Margarida disse...

Só existe uma realeza!

A realeza da alma purificada que invocará sempre a paz e o amor.

Só existe um caminho a escolher; é o caminho da evolução da alma!

Margarida

Rui António Santos disse...

António, lindo filme.

passaram pessoas no Mundo que se tornaram referência para a Humanidade, podem e devem ser sempre lembradas, elas simplesmente não morreram.

Jimy Hendrix, que bela frase: Quando o poder do amor se sobrepuser ao amor ao poder, o mundo conhecerá a Paz»

Ghandy, levou a India á conquista da liberdade apenas pelo poder do amor.

Mhartin Luter King, tinha um sonho, que um dia todos os seres humanos podiam viver em igualdade de direitos sem referência á cor da pele.

Jhon Lenon, imaginava uma sociedade livre, com todos os serem humanos a viverem em igualdade.

Que a tragédia que chocou o Mundo na nossa actualidade no Haiti, se torne util, na ajuda humanitária e que os cerca de 100 mil mortos e o sofrimento de tantas familias não seja em vão, que sirva para os Governos do Mundo se tornem solidários com esta Grande tragédia. Abraço

António Rosa disse...

Christiane, Margarida e Rui

Só hoje vi os vossos comentários, que agradeço muito.

Saudações.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates