O Senhor do Mundo e o Instrutor do Mundo [palestra de Artur, da equipa de Trigueirinho - 30/12/2009]

11 de janeiro de 2010 ·

O Senhor do Mundo e o Instrutor do Mundo
Artur, da equipa de Figueira/Trigueirinho em 30.12.2009
Links, no final do post

Excertos


Qual é a função do Senhor do Mundo e o que faz o Instrutor do Mundo? Bem, hoje nos foi anunciado que está havendo uma mudança na Hierarquia Planetária, uma transformação muito importante. E vimos que Khutullim que teve uma encarnação na Terra muito universal e conhecida como São Francisco de Assis e também ouvimos falar de Muriel que teve uma encarnação na Terra até recente e que foi conhecido como Irmão Pio, de Pietrelcina e soubemos também que está muito próxima de Khutullim a Regência em Miz Tli Tlan e de Muriel na instrução do mundo.

O que nós chamamos de Senhor do Mundo, seja a consciência que estiver lá, é um prolongamento da consciência do planeta, consciência do Logos Planetário, da vida do planeta. Esta posição ou função de Senhor do Mundo surgiu no planeta antes da humanidade tomar corpo físico. Isto foi um acréscimo que houve na vida do planeta, a presença de um Senhor do Mundo quando a humanidade ainda não tinha corpo físico, a humanidade vivia com seus corpos astrais, seus corpos sutis, ainda não haviam se solidificado.

O nome Senhor do Mundo, hoje, Khutullim, é mântrico. Cada vez que pronunciamos o nome do Senhor do Mundo, estamos pronunciando um mantra. Não se pronuncia o nome do Senhor do Mundo em vão. Pronuncia-se o nome dele concentrados, assim como se estivéssemos pronunciando um mantra, por respeito às energias superiores.

Uma das funções deste Senhor aqui na Terra é ser canal de irradiação para a humanidade e é a irradiação do Senhor do Mundo que leva a humanidade a cumprir o propósito do planeta. Então se o Senhor do Mundo parasse de irradiar, a humanidade ficaria completamente desorientada com respeito ao propósito do planeta e com respeito ao propósito dela aqui dentro do planeta, nesta humanidade de agora. Sobre a humanidade do futuro não sabemos como estará diante deste Senhor do Mundo.

O Senhor do Mundo está polarizado no Centro Regente do Planeta porque como ele é o Regente do Planeta está polarizado em Miz Tli Tlan e a nossa relação com o Centro de Miz Tli Tlan, a nossa devoção pelo Centro de Miz Tli Tlan é uma aproximação com o Senhor do Mundo, que está lá regendo. Este Senhor do Mundo irradia para nós uma energia que nos leva, nos ajuda, nos possibilita cumprir o propósito da humanidade aqui e o propósito do planeta.

Instrutor do Mundo é outra coisa, é outra função, outra posição e soubemos que o Instrutor do Mundo, a partir de agora, é Muriel, que é o nome de Pio, de Pietrelcina no Cosmos. Este instrutor do Mundo é um ser que canaliza para toda a vida na Terra a essência da energia da Hierarquia. Então existe uma Hierarquia Planetária como nós sabemos, da qual o Instrutor do Mundo participa e esta Hierarquia Planetária tem uma energia essencial que não poderíamos alcançar, receber, conhecer sem que o Instrutor do Mundo a canalizasse para nós. Então a função do Instrutor do Mundo é canalizar para nós a essência da Hierarquia Planetária. É o máximo instrutor neste planeta. O Instrutor do Mundo, além de transmitir para nós, além de trazer para nós a essência da energia da Hierarquia Planetária, ele, pela sua irradiação, impulsiona a evolução de todos os reinos da natureza.

Para nós o Instrutor do Mundo significa uma coisa. Para os reinos mineral, vegetal e animal, significa outra. São níveis deferentes de irradiação. Para os reinos animal, vegetal e mineral, de diferentes graus e diferentes formas, ele impulsiona a evolução nestes reinos. Isto é tarefa do Instrutor do Mundo.

O Instrutor do Mundo é a instrução. Se nós pudéssemos definir o que é instrução, diria, é o Instrutor do Mundo. Ele é a própria instrução. Nós temos a instrução como algo que se aprende, mas nem vamos falar nisso. A instrução é viva, é consciência e para sermos realmente instruídos, teríamos que estar muito próximos desta grande função do Instrutor do Mundo aqui na Terra. Atualmente este Instrutor do Mundo, entre tantas coisas, se ocupa basicamente de estimular o surgimento de grupos internos, de almas, de mônadas. O Instrutor do Mundo instrui no sentido de estarmos agrupados como almas e mônadas. Ele não instrui nos planos materiais porque aqui nós é que devemos providenciar isso.

O Instrutor do Mundo está nos instruindo no nível de mônadas e de almas para que nós estejamos em grupos, juntos e unidos. À medida que esta união for acontecendo, o Instrutor do Mundo, vai podendo, dentro das leis cósmicas e universais, interligar a consciência da Terra com a consciência solar. É um instrutor de consciências, não só das nossas, mas da Terra, que coliga esta consciência terrestre à consciência solar.

Isto é um trabalho superior do Instrutor do Mundo, além do trabalho com a humanidade. Este Instrutor do Mundo está trabalhando de tal forma, que num próximo ciclo, ou nos próximos ciclos, a instrução do mundo não será mais desempenhada por um instrutor. Então o trabalho interno desse Instrutor do Mundo é conseguir que várias consciências se desenvolvam e que em ciclos futuros, grupos de consciências sejam o Instrutor do Mundo.

Isso não é uma posição como a do Senhor do Mundo, que é único, mas o Instrutor do Mundo trabalha para que a instrução do mundo venha de grupos de consciências. São trabalhos muito básicos, atuais, essenciais e que nós deveríamos ter bastante afinidade com eles para estarmos guiados de uma forma planetária, mais universal.
...

Este Instrutor do Mundo está nos comunicando que os nossos erros cósmicos estão sendo recolhidos. Grande momento este para a humanidade e para o planeta. Todas as formas-pensamentos que nós criamos, geradas pelos nossos enganos, pelo nosso passado, pela nossa vida terrestre, segundo Mishuk, está tudo sendo liberado neste momento. Todas estas formas estão sendo liberadas por diferentes vias. Segundo esta instrução é o momento que temos que nos apóia no amor sabendo que estamos livres de nossos erros.

Este é um momento completamente diferente de todos os momentos que jamais vivemos como humanidade. Nós sempre conhecemos a Lei do Carma material, mas neste momento, o Instrutor do Mundo, comunica através de Mishuk, que isto tudo está liberado. Esse Instrutor do Mundo, Muriel, está nos acompanhando de perto, nesta libertação, nesta liberação.

Por isso o nosso contato interno com essa grande presença do planeta é muito importante. Que esta presença está nos acompanhando de perto, ela diz. Esta é uma grande oportunidade de termos um contato mais consciente com a Hierarquia Espiritual do planeta. Este é um momento que estamos sendo acompanhados tão de perto pela instrução que nós podemos ter a consciência da presença e da nossa relação com a Hierarquia Espiritual do planeta.

...

Hoje na sua regência em Miz Tli Tlan, Khutullim, segundo o que Mishuk nos diz, está transformando a energia do governo da Terra. O governo da Terra até agora foi masculino e agora com Khutullim, em Miz Tli Tlan, vamos sentir uma transformação na energia do governo da Terra. É uma forma de nós nos prepararmos para esta transformação, numa linguagem que a gente pode compreender, é que o governo da Terra foi masculino até agora e com ele, daqui por diante, será um governo feminino. Isto trará enormes conseqüências porque todo esse passado de degradação da mulher, isso vai ser restaurado. Não tem porque não ser restaurado sendo Khutullim e não uma Thaykhuma, porque naquele nível todo esse assunto de sexo está completamente separado, mas justamente dentro do carma terrestre deve ser um ser como Khutullim que vai dignificar a polaridade feminina no planeta e o amor feminino, o amor é um só, mas existe a manifestação do amor feminino e a manifestação do amor masculino. Nesta manifestação do amor feminino, parece que isso será feito em silencio, não será feito como doutrinação, explicação, cultura, essas coisas que não fazem parte de uma terra nova, numa humanidade nova, então vai ser no silencio, no movimento interno desse silencio que isto vai ser resolvido.

Os espelhos de Miz Tli Tlan, então, irradiarão, segundo Mishuk, este amor, esta luz que se manifestará como uma verdadeira rede de luz.. De forma que a humanidade está diante de uma oportunidade de transcender todas essas diferenças ilusórias, aparentes, de reconhecer em todos os seus irmãos, inclusive nos irmãos de outros reinos, nos irmãos menores dos reinos animal, vegetal e mineral, todo esse amor, toda essa rede de luz.

Não é só outra visão do amor, mas uma outra vivencia do amor. E isto nós vamos começar a sentir à medida que esta regência for realmente se implantando , podendo irradiar. Porque são transformações tão grandes que esta irradiação não pode se tão violente, tem que ser muito sábia e este Regente que é esta própria sabedoria, vai fazer isto de uma forma perfeita.

Um pequeno detalhe que nós teríamos que reconhecer em Khutullim é que ele tem na sua constituição mais interna todas as linhas que a espiritualidade desenvolveu na Terra. Isso não tem nada a ver com uma linha específica porque este ser que nós conhecemos como Francisco de Assis, vem de uma linha budista que começou a encarnar dentro do cristianismo, de forma que isto é profundamente universal. E antes de vir de uma linha budista, desconhecemos de onde veio cosmicamente.

Então aqui temos a oportunidade de ter aqui um planeta realmente unido, porque a união ou a falta de união começam nessas questões muito intimas, muito ocultas. Enquanto houver budismo, cristianismo, enquanto houver estas coisas, não teremos um planeta unido. Esta regência está com tudo isso sintetizado de forma que a gente possa receber. Agora tem uma conjuntura e esta síntese nos encontra disponíveis para receber isto.

Nesta regência vamos ter uma grande oportunidade, segundo Mishuk, de unir a alma com a mônada, de fazermos esta união que é tão preciosa para nós. Então temos uma irradiação nesse sentido e nós podemos entrar numa etapa completamente nova, completamente diferente, porque essas coisas fazem muita diferença.

Cidades, civilizações, como por exemplo, Cidade Branca e tantas outras civilizações internas, poderão ser mais conhecidas. Esta regência e esta instrução do mundo serão para todos, para tudo o que está no mundo, para todos os reinos. Isso tudo vai abrir caminho para que reconheçamos outras civilizações, outros aspectos da humanidade e reconheçamos cidades que representam para nós estados de consciência desconhecidos aqui na superfície da Terra. Então todos esses impulsos que estamos tendo, esse conhecimento de Cidade Branca, dos centros planetários, dos discos solares, tudo isso já é uma conseqüência da aproximação de Muriel, dessa instrução de mundo.

...

Uma energia dessa não pode ser recebida e reconhecida por toda a humanidade. Isto é percebido e reconhecido por aqueles que estão preparados e vão recebendo. Cabe a esses irem irradiando para os outros e como a finalidade dessa nova instrução do mundo, instrução ser dada por muitas consciências, hoje chegou o momento de tudo aquilo que temos de consciente, irmos irradiando para os outros, não ficar só para nós. Tudo é irradiado e aqueles que estiverem abertos, aqueles que tiverem um mínimo de abertura já vai recebendo essa irradiação. Aí esta humanidade vai sendo transformada. Não vai mais haver um sábio e um ignorante, um civilizado e um selvagem. Isto tudo vai entrar numa outra vibração, num outro ritmo, numa outra forma de ser e de desenvolver.

Então vamos estar sintonizados com isso. Estamos sabendo que no nosso calendário material esta data está próxima. Isto tudo está materializado, isto tudo está dentro da matéria aqui neste planeta com a possibilidade de se tornar consciente e claro que a humanidade é o ser que tem condições de se tornar consciente dessas coisas e depois ir passando esta consciência pela forma que a instrução vai nos apresentar, para os outros reinos da natureza, os reinos animal, vegetal e mineral, para os devas, etc.

Estamos vivendo uma grande transformação, uma mudança de ciclo muito radical, muito importante.

Artur
Da equipa de Trigueirinhos

Texto completo pode ser lido aqui - 'Comunidade Espiritual':

http://www.comunidade-espiritual.com/group/trigueirinho/forum/palestra-30-12-09-grandes-mudancas/

A fonte das gravações é aqui:

http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.html?cod=8477
http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.html?cod=8478

7 comentários:

marcelo dalla disse...
12 de janeiro de 2010 às 04:55  

Que maravilha!
Meu amigo, como já deve ter percebido, sou apaixonado por este tema. Conheço este grande mestre da Fraterindade Branca por Kuthume... é o mesmo, certo?

E encontro aqui uma definição suscinta para a era de Aquário, que diz tudo - Rede de Luz.

Grato por este post!
abraço

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2010 às 08:47  

Marcelo

Assim que vi este texto, não hesitei e coloquei-o aqui, mesmo sabendo que à primeira vista não é o género de texto que atrai leitores. Só mesmo os que parecem estar mais impregnados por estas energias.

Abraço.

Reyel Angel disse...
12 de janeiro de 2010 às 09:14  

Senhor do Mundo, Instrutor do Mundo...
Parecem ser aquelas Luzes interiores da alma q vão nos guiando, cada um individualmente, e consequentemente a todos e a tudo, para um objetivo maior e comum... É incrível a harmonia que há em tudo apesar de tanta loucura; a harmonia que há em nós apesar de tantos erros e desvios q nem sabemos por quê cometemos! Enfim, tudo parece ter um propósito...

Obrigada pela visita, amigo urso! É sempre uma honra. Bjos na alma!

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2010 às 10:50  

Reyel, querida

Que comentário mais lindo!

Beijos e obrigado.

Rui António Santos disse...
12 de janeiro de 2010 às 19:07  

António, belo texto, acredito que Trigueirinho, continua a ser na actualidade um mensageiro importante das Hierarquias da Fraternidade Branca para nossa orientação humana.

A ideia com que fico quando leio este tipo de textos é a de um Grande computador orientado de tal maneira, onde é tudo é observado ao mais pequeno pormenor, e de que nada acontece por acaso, e que o objectivo lógico . é fazermos a viagem do inconsciente para o consciente, alinhando.nos com o propósito do própio Universo do qual fazemos paete.

Isto de uma forma simples, espero que com o tempo haja mais pessoas a ler este tipo de textos, eu acredito que sim. Abraço

manuel marques disse...
12 de janeiro de 2010 às 20:12  

O universo é uma harmonia de contrários ...


Abraço.

Margarida disse...
18 de janeiro de 2010 às 11:12  

DE QUE VALE TANTA CARACTERIZAÇÃO, SE AS PESSOAS TERRENAS SE ESQUEÇEM DA ALMA E DO CORAÇÃO!

11 de janeiro de 2010

O Senhor do Mundo e o Instrutor do Mundo [palestra de Artur, da equipa de Trigueirinho - 30/12/2009]

O Senhor do Mundo e o Instrutor do Mundo
Artur, da equipa de Figueira/Trigueirinho em 30.12.2009
Links, no final do post

Excertos


Qual é a função do Senhor do Mundo e o que faz o Instrutor do Mundo? Bem, hoje nos foi anunciado que está havendo uma mudança na Hierarquia Planetária, uma transformação muito importante. E vimos que Khutullim que teve uma encarnação na Terra muito universal e conhecida como São Francisco de Assis e também ouvimos falar de Muriel que teve uma encarnação na Terra até recente e que foi conhecido como Irmão Pio, de Pietrelcina e soubemos também que está muito próxima de Khutullim a Regência em Miz Tli Tlan e de Muriel na instrução do mundo.

O que nós chamamos de Senhor do Mundo, seja a consciência que estiver lá, é um prolongamento da consciência do planeta, consciência do Logos Planetário, da vida do planeta. Esta posição ou função de Senhor do Mundo surgiu no planeta antes da humanidade tomar corpo físico. Isto foi um acréscimo que houve na vida do planeta, a presença de um Senhor do Mundo quando a humanidade ainda não tinha corpo físico, a humanidade vivia com seus corpos astrais, seus corpos sutis, ainda não haviam se solidificado.

O nome Senhor do Mundo, hoje, Khutullim, é mântrico. Cada vez que pronunciamos o nome do Senhor do Mundo, estamos pronunciando um mantra. Não se pronuncia o nome do Senhor do Mundo em vão. Pronuncia-se o nome dele concentrados, assim como se estivéssemos pronunciando um mantra, por respeito às energias superiores.

Uma das funções deste Senhor aqui na Terra é ser canal de irradiação para a humanidade e é a irradiação do Senhor do Mundo que leva a humanidade a cumprir o propósito do planeta. Então se o Senhor do Mundo parasse de irradiar, a humanidade ficaria completamente desorientada com respeito ao propósito do planeta e com respeito ao propósito dela aqui dentro do planeta, nesta humanidade de agora. Sobre a humanidade do futuro não sabemos como estará diante deste Senhor do Mundo.

O Senhor do Mundo está polarizado no Centro Regente do Planeta porque como ele é o Regente do Planeta está polarizado em Miz Tli Tlan e a nossa relação com o Centro de Miz Tli Tlan, a nossa devoção pelo Centro de Miz Tli Tlan é uma aproximação com o Senhor do Mundo, que está lá regendo. Este Senhor do Mundo irradia para nós uma energia que nos leva, nos ajuda, nos possibilita cumprir o propósito da humanidade aqui e o propósito do planeta.

Instrutor do Mundo é outra coisa, é outra função, outra posição e soubemos que o Instrutor do Mundo, a partir de agora, é Muriel, que é o nome de Pio, de Pietrelcina no Cosmos. Este instrutor do Mundo é um ser que canaliza para toda a vida na Terra a essência da energia da Hierarquia. Então existe uma Hierarquia Planetária como nós sabemos, da qual o Instrutor do Mundo participa e esta Hierarquia Planetária tem uma energia essencial que não poderíamos alcançar, receber, conhecer sem que o Instrutor do Mundo a canalizasse para nós. Então a função do Instrutor do Mundo é canalizar para nós a essência da Hierarquia Planetária. É o máximo instrutor neste planeta. O Instrutor do Mundo, além de transmitir para nós, além de trazer para nós a essência da energia da Hierarquia Planetária, ele, pela sua irradiação, impulsiona a evolução de todos os reinos da natureza.

Para nós o Instrutor do Mundo significa uma coisa. Para os reinos mineral, vegetal e animal, significa outra. São níveis deferentes de irradiação. Para os reinos animal, vegetal e mineral, de diferentes graus e diferentes formas, ele impulsiona a evolução nestes reinos. Isto é tarefa do Instrutor do Mundo.

O Instrutor do Mundo é a instrução. Se nós pudéssemos definir o que é instrução, diria, é o Instrutor do Mundo. Ele é a própria instrução. Nós temos a instrução como algo que se aprende, mas nem vamos falar nisso. A instrução é viva, é consciência e para sermos realmente instruídos, teríamos que estar muito próximos desta grande função do Instrutor do Mundo aqui na Terra. Atualmente este Instrutor do Mundo, entre tantas coisas, se ocupa basicamente de estimular o surgimento de grupos internos, de almas, de mônadas. O Instrutor do Mundo instrui no sentido de estarmos agrupados como almas e mônadas. Ele não instrui nos planos materiais porque aqui nós é que devemos providenciar isso.

O Instrutor do Mundo está nos instruindo no nível de mônadas e de almas para que nós estejamos em grupos, juntos e unidos. À medida que esta união for acontecendo, o Instrutor do Mundo, vai podendo, dentro das leis cósmicas e universais, interligar a consciência da Terra com a consciência solar. É um instrutor de consciências, não só das nossas, mas da Terra, que coliga esta consciência terrestre à consciência solar.

Isto é um trabalho superior do Instrutor do Mundo, além do trabalho com a humanidade. Este Instrutor do Mundo está trabalhando de tal forma, que num próximo ciclo, ou nos próximos ciclos, a instrução do mundo não será mais desempenhada por um instrutor. Então o trabalho interno desse Instrutor do Mundo é conseguir que várias consciências se desenvolvam e que em ciclos futuros, grupos de consciências sejam o Instrutor do Mundo.

Isso não é uma posição como a do Senhor do Mundo, que é único, mas o Instrutor do Mundo trabalha para que a instrução do mundo venha de grupos de consciências. São trabalhos muito básicos, atuais, essenciais e que nós deveríamos ter bastante afinidade com eles para estarmos guiados de uma forma planetária, mais universal.
...

Este Instrutor do Mundo está nos comunicando que os nossos erros cósmicos estão sendo recolhidos. Grande momento este para a humanidade e para o planeta. Todas as formas-pensamentos que nós criamos, geradas pelos nossos enganos, pelo nosso passado, pela nossa vida terrestre, segundo Mishuk, está tudo sendo liberado neste momento. Todas estas formas estão sendo liberadas por diferentes vias. Segundo esta instrução é o momento que temos que nos apóia no amor sabendo que estamos livres de nossos erros.

Este é um momento completamente diferente de todos os momentos que jamais vivemos como humanidade. Nós sempre conhecemos a Lei do Carma material, mas neste momento, o Instrutor do Mundo, comunica através de Mishuk, que isto tudo está liberado. Esse Instrutor do Mundo, Muriel, está nos acompanhando de perto, nesta libertação, nesta liberação.

Por isso o nosso contato interno com essa grande presença do planeta é muito importante. Que esta presença está nos acompanhando de perto, ela diz. Esta é uma grande oportunidade de termos um contato mais consciente com a Hierarquia Espiritual do planeta. Este é um momento que estamos sendo acompanhados tão de perto pela instrução que nós podemos ter a consciência da presença e da nossa relação com a Hierarquia Espiritual do planeta.

...

Hoje na sua regência em Miz Tli Tlan, Khutullim, segundo o que Mishuk nos diz, está transformando a energia do governo da Terra. O governo da Terra até agora foi masculino e agora com Khutullim, em Miz Tli Tlan, vamos sentir uma transformação na energia do governo da Terra. É uma forma de nós nos prepararmos para esta transformação, numa linguagem que a gente pode compreender, é que o governo da Terra foi masculino até agora e com ele, daqui por diante, será um governo feminino. Isto trará enormes conseqüências porque todo esse passado de degradação da mulher, isso vai ser restaurado. Não tem porque não ser restaurado sendo Khutullim e não uma Thaykhuma, porque naquele nível todo esse assunto de sexo está completamente separado, mas justamente dentro do carma terrestre deve ser um ser como Khutullim que vai dignificar a polaridade feminina no planeta e o amor feminino, o amor é um só, mas existe a manifestação do amor feminino e a manifestação do amor masculino. Nesta manifestação do amor feminino, parece que isso será feito em silencio, não será feito como doutrinação, explicação, cultura, essas coisas que não fazem parte de uma terra nova, numa humanidade nova, então vai ser no silencio, no movimento interno desse silencio que isto vai ser resolvido.

Os espelhos de Miz Tli Tlan, então, irradiarão, segundo Mishuk, este amor, esta luz que se manifestará como uma verdadeira rede de luz.. De forma que a humanidade está diante de uma oportunidade de transcender todas essas diferenças ilusórias, aparentes, de reconhecer em todos os seus irmãos, inclusive nos irmãos de outros reinos, nos irmãos menores dos reinos animal, vegetal e mineral, todo esse amor, toda essa rede de luz.

Não é só outra visão do amor, mas uma outra vivencia do amor. E isto nós vamos começar a sentir à medida que esta regência for realmente se implantando , podendo irradiar. Porque são transformações tão grandes que esta irradiação não pode se tão violente, tem que ser muito sábia e este Regente que é esta própria sabedoria, vai fazer isto de uma forma perfeita.

Um pequeno detalhe que nós teríamos que reconhecer em Khutullim é que ele tem na sua constituição mais interna todas as linhas que a espiritualidade desenvolveu na Terra. Isso não tem nada a ver com uma linha específica porque este ser que nós conhecemos como Francisco de Assis, vem de uma linha budista que começou a encarnar dentro do cristianismo, de forma que isto é profundamente universal. E antes de vir de uma linha budista, desconhecemos de onde veio cosmicamente.

Então aqui temos a oportunidade de ter aqui um planeta realmente unido, porque a união ou a falta de união começam nessas questões muito intimas, muito ocultas. Enquanto houver budismo, cristianismo, enquanto houver estas coisas, não teremos um planeta unido. Esta regência está com tudo isso sintetizado de forma que a gente possa receber. Agora tem uma conjuntura e esta síntese nos encontra disponíveis para receber isto.

Nesta regência vamos ter uma grande oportunidade, segundo Mishuk, de unir a alma com a mônada, de fazermos esta união que é tão preciosa para nós. Então temos uma irradiação nesse sentido e nós podemos entrar numa etapa completamente nova, completamente diferente, porque essas coisas fazem muita diferença.

Cidades, civilizações, como por exemplo, Cidade Branca e tantas outras civilizações internas, poderão ser mais conhecidas. Esta regência e esta instrução do mundo serão para todos, para tudo o que está no mundo, para todos os reinos. Isso tudo vai abrir caminho para que reconheçamos outras civilizações, outros aspectos da humanidade e reconheçamos cidades que representam para nós estados de consciência desconhecidos aqui na superfície da Terra. Então todos esses impulsos que estamos tendo, esse conhecimento de Cidade Branca, dos centros planetários, dos discos solares, tudo isso já é uma conseqüência da aproximação de Muriel, dessa instrução de mundo.

...

Uma energia dessa não pode ser recebida e reconhecida por toda a humanidade. Isto é percebido e reconhecido por aqueles que estão preparados e vão recebendo. Cabe a esses irem irradiando para os outros e como a finalidade dessa nova instrução do mundo, instrução ser dada por muitas consciências, hoje chegou o momento de tudo aquilo que temos de consciente, irmos irradiando para os outros, não ficar só para nós. Tudo é irradiado e aqueles que estiverem abertos, aqueles que tiverem um mínimo de abertura já vai recebendo essa irradiação. Aí esta humanidade vai sendo transformada. Não vai mais haver um sábio e um ignorante, um civilizado e um selvagem. Isto tudo vai entrar numa outra vibração, num outro ritmo, numa outra forma de ser e de desenvolver.

Então vamos estar sintonizados com isso. Estamos sabendo que no nosso calendário material esta data está próxima. Isto tudo está materializado, isto tudo está dentro da matéria aqui neste planeta com a possibilidade de se tornar consciente e claro que a humanidade é o ser que tem condições de se tornar consciente dessas coisas e depois ir passando esta consciência pela forma que a instrução vai nos apresentar, para os outros reinos da natureza, os reinos animal, vegetal e mineral, para os devas, etc.

Estamos vivendo uma grande transformação, uma mudança de ciclo muito radical, muito importante.

Artur
Da equipa de Trigueirinhos

Texto completo pode ser lido aqui - 'Comunidade Espiritual':

http://www.comunidade-espiritual.com/group/trigueirinho/forum/palestra-30-12-09-grandes-mudancas/

A fonte das gravações é aqui:

http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.html?cod=8477
http://www.irdin.org.br/palestra/por/audicao.html?cod=8478

7 comentários:

marcelo dalla disse...

Que maravilha!
Meu amigo, como já deve ter percebido, sou apaixonado por este tema. Conheço este grande mestre da Fraterindade Branca por Kuthume... é o mesmo, certo?

E encontro aqui uma definição suscinta para a era de Aquário, que diz tudo - Rede de Luz.

Grato por este post!
abraço

António Rosa disse...

Marcelo

Assim que vi este texto, não hesitei e coloquei-o aqui, mesmo sabendo que à primeira vista não é o género de texto que atrai leitores. Só mesmo os que parecem estar mais impregnados por estas energias.

Abraço.

Reyel Angel disse...

Senhor do Mundo, Instrutor do Mundo...
Parecem ser aquelas Luzes interiores da alma q vão nos guiando, cada um individualmente, e consequentemente a todos e a tudo, para um objetivo maior e comum... É incrível a harmonia que há em tudo apesar de tanta loucura; a harmonia que há em nós apesar de tantos erros e desvios q nem sabemos por quê cometemos! Enfim, tudo parece ter um propósito...

Obrigada pela visita, amigo urso! É sempre uma honra. Bjos na alma!

António Rosa disse...

Reyel, querida

Que comentário mais lindo!

Beijos e obrigado.

Rui António Santos disse...

António, belo texto, acredito que Trigueirinho, continua a ser na actualidade um mensageiro importante das Hierarquias da Fraternidade Branca para nossa orientação humana.

A ideia com que fico quando leio este tipo de textos é a de um Grande computador orientado de tal maneira, onde é tudo é observado ao mais pequeno pormenor, e de que nada acontece por acaso, e que o objectivo lógico . é fazermos a viagem do inconsciente para o consciente, alinhando.nos com o propósito do própio Universo do qual fazemos paete.

Isto de uma forma simples, espero que com o tempo haja mais pessoas a ler este tipo de textos, eu acredito que sim. Abraço

manuel marques disse...

O universo é uma harmonia de contrários ...


Abraço.

Margarida disse...

DE QUE VALE TANTA CARACTERIZAÇÃO, SE AS PESSOAS TERRENAS SE ESQUEÇEM DA ALMA E DO CORAÇÃO!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates