Capricórnio

20 de dezembro de 2008 ·


Capricórnio
Início: 22 de Dezembro, às 7:35:42 TMG


Este signo identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição mais segura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo.

§ Quando se aceita incondicionalmente sermos quem se pode vir a ser.

§ Quando se responde totalmente a quem somos, materializado no nosso projecto de vida.

§ Quando se vence o último nó de medo, a imaturidade que nos prende ao Fundo do Céu, à nossa intimidade, à nossa família, às nossas fundações.

Uma vez libertos das inseguranças e condicionalismos que nos prendem ao passado, só então somos emocionalmente preparados e capazes de assumirmos ser responsáveis e prosseguir.

Neste sentido, a Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por nos encontrarmos aprisionados a medos inconscientes.

Começam então, de forma emancipada, a criação de novas estruturas, manifestando a liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos do Tempo, já sem as resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal.

Nada fácil, diga-se. Pelo menos, para mim.

9 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...
20 de dezembro de 2008 às 12:55  

Bom dia António,

"Nada fácil" foi chegar ate aqui, amigo.
Mas como conheces o meu mapa, não vou entrar em pormenores apenas dizer que serei sujeita ao meu próprio julgamento. Se toda a aprendizagem surtiu efeito, e será aplicada o mais convenientemente possível. Se sim acredito que este trânsito seja mais suave, e seja propício...

"Quando se vence o último nó de medo, a imaturidade que nos prende ao Fundo do Céu, à nossa intimidade, à nossa família, às nossas fundações"
Aqui ainda me faltam limar umas arestas...mas a seu tempo e sem pressas...
Um óptimo Sábado, amigo.
Bj

António Rosa disse...
20 de dezembro de 2008 às 14:03  

Olá Paula

E se o nosso «próprio julgamento» for de tal forma rígido, frio, sem amor-próprio (tudo Saturno) que possamos correr o risco de nos anularmos enquanto seres em processo evolutivo?

Também me faltam limar arestas... =) Muitas.

Maria Paula Ribeiro disse...
20 de dezembro de 2008 às 14:28  

Cum caneco....

Animador que tu és! ;=(

A gente "aquece" Saturno,LOL

António Rosa disse...
20 de dezembro de 2008 às 15:20  

Paula

Foi só para que te encontrasses com aquela parte de nós, que nos prega partidas.

Bom sábado.

Dunyazade disse...
20 de dezembro de 2008 às 17:00  

Olá;

já coloquei a resposta à sua pergunta no fórum :)

António Rosa disse...
20 de dezembro de 2008 às 18:21  

Olá Dunyazade

Li ontem e gostei muito. No dia 9 farei alguns comentários.

Quanto ao grande amor da vida dele e que não fazia parte do exercício - lol) pode dizer que foi a mexicana Dolores del Rio, a grande vedeta dos anos 30 e 40, bem mais velha que ele.

RH era de origem espanhola (pai) e irlandesa (mãe), tendo tido uma filha dele.

Dunyazade disse...
20 de dezembro de 2008 às 18:37  

Olá;

ah, não sabia isso sobre a Dolores...

Mas eu referia-me à pergunta de tarot que tinha feiro - está lá já a minha resposta, depois da da Patrícia.

António Rosa disse...
20 de dezembro de 2008 às 18:55  

Dunyazade

Como também não estou a receber emails do site, nem me apercebi. Vou já para lá. Muito obrigado.

Táxi Pluvioso disse...
24 de dezembro de 2008 às 14:09  

Não haverá signos que nos ajudem no (des)crédito bancário.

20 de dezembro de 2008

Capricórnio


Capricórnio
Início: 22 de Dezembro, às 7:35:42 TMG


Este signo identifica-se com a responsabilidade social. Traduz a contribuição mais segura, mais adulta, mais livre e mais determinada que cada um pode dar ao mundo.

§ Quando se aceita incondicionalmente sermos quem se pode vir a ser.

§ Quando se responde totalmente a quem somos, materializado no nosso projecto de vida.

§ Quando se vence o último nó de medo, a imaturidade que nos prende ao Fundo do Céu, à nossa intimidade, à nossa família, às nossas fundações.

Uma vez libertos das inseguranças e condicionalismos que nos prendem ao passado, só então somos emocionalmente preparados e capazes de assumirmos ser responsáveis e prosseguir.

Neste sentido, a Casa 10 é a afirmação consciente do que antes ainda não podia ser expresso, por nos encontrarmos aprisionados a medos inconscientes.

Começam então, de forma emancipada, a criação de novas estruturas, manifestando a liberdade conquistada pela aprendizagem dos Ciclos do Tempo, já sem as resistências emocionais nem sentimentos redutores de uma auto-imagem pessoal.

Nada fácil, diga-se. Pelo menos, para mim.

9 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

Bom dia António,

"Nada fácil" foi chegar ate aqui, amigo.
Mas como conheces o meu mapa, não vou entrar em pormenores apenas dizer que serei sujeita ao meu próprio julgamento. Se toda a aprendizagem surtiu efeito, e será aplicada o mais convenientemente possível. Se sim acredito que este trânsito seja mais suave, e seja propício...

"Quando se vence o último nó de medo, a imaturidade que nos prende ao Fundo do Céu, à nossa intimidade, à nossa família, às nossas fundações"
Aqui ainda me faltam limar umas arestas...mas a seu tempo e sem pressas...
Um óptimo Sábado, amigo.
Bj

António Rosa disse...

Olá Paula

E se o nosso «próprio julgamento» for de tal forma rígido, frio, sem amor-próprio (tudo Saturno) que possamos correr o risco de nos anularmos enquanto seres em processo evolutivo?

Também me faltam limar arestas... =) Muitas.

Maria Paula Ribeiro disse...

Cum caneco....

Animador que tu és! ;=(

A gente "aquece" Saturno,LOL

António Rosa disse...

Paula

Foi só para que te encontrasses com aquela parte de nós, que nos prega partidas.

Bom sábado.

Dunyazade disse...

Olá;

já coloquei a resposta à sua pergunta no fórum :)

António Rosa disse...

Olá Dunyazade

Li ontem e gostei muito. No dia 9 farei alguns comentários.

Quanto ao grande amor da vida dele e que não fazia parte do exercício - lol) pode dizer que foi a mexicana Dolores del Rio, a grande vedeta dos anos 30 e 40, bem mais velha que ele.

RH era de origem espanhola (pai) e irlandesa (mãe), tendo tido uma filha dele.

Dunyazade disse...

Olá;

ah, não sabia isso sobre a Dolores...

Mas eu referia-me à pergunta de tarot que tinha feiro - está lá já a minha resposta, depois da da Patrícia.

António Rosa disse...

Dunyazade

Como também não estou a receber emails do site, nem me apercebi. Vou já para lá. Muito obrigado.

Táxi Pluvioso disse...

Não haverá signos que nos ajudem no (des)crédito bancário.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates