Alex Ferguson vai reformar-se no final desta temporada, análise astrológica

17 de maio de 2013 ·



O histórico treinador do Manchester United, com todas as honras possíveis, decidiu reformar-se no final desta temporada após 27 anos à frente do clube de Old Trafford. A notícia espalhou-se pelo mundo no dia 8 de Maio de 2013, quando foi anunciada esta sua retirada de cena. A minha análise da sua retirada do futebol, tem por base essa data.

Alex Ferguson
(data de nascimento)
31 Dezembro 1941
16h30
Glasgow, Scotland, Reino Unido

Fará o seu último jogo no dia 19 Maio 2013 frente ao West Bromwich Albion, encerrando assim a sua época, que lhe trouxe ao longo de 27 anos importantes vitórias. Nomeado «Cavaleiro» pela Rainha, em 12-6-1999, o novíssimo Sir Alex Ferguson continuou a conquistar taças e campeonatos. Foram conquistados 13 títulos da Premier League, dez Supertaças, cinco Taças de Inglaterra, quatro Taças da Liga e duas Ligas dos Campeões, ao serviço do clube inglês.

José Mourinho, Jurgen Klopp (Dortmund), Pellegrini (Málaga) e, sobretudo, David Moyes, treinador do Everton, são os nomes apontados à sucessão de Ferguson, no Manchester United. Não irei mencionar aqui todas as homenagens que lhe foram feitas. O homem, nos próximos meses andará em almoços e jantaradas de homenagens. Oxalá ele saiba ser muito regrado e um cavalheiro à moda antiga para não se meter na vida do seu substituto.

Já em 2002 tinha dito que se reformava. mas foi convencido do contrário. Adiou para 2005 e a mesma decisão. Finalmente a 8 Maio 2013, anunciou que se reformava. Foi desta.


Trânsito do mapa de Alex Ferguson com data de 8-5-2013
Clicar em janela separada para poder ver o mapa
com todos os pormenores.


Vamos agora olhar para os seus mapas e trânsitos para, de uma forma simples, percebermos o que se passou no seu íntimo e porque fez funcionar o seu livre-arbítrio neste sentido.

O primeiro aspecto a considerar é a sua própria idade: 71 anos. Muito bem conservados, mas só ele [e a sua esposa] é que sabe como estará aquele corpo a aguentar tanta pressão como são os campeonatos ingleses. 

Antes de mais nada vamos ver como se encontra a casa VI de Ferguson, a Casa das doenças, para percebermos se porventura houve ou há achaques físicos (e médicos) e quais são as suas naturezas: Tem Sagitário interceptado na casa VI e este signo rege a coluna, os quadris e os músculos; o nervo ciático, o fígado e o sistema linfático. Estando interceptado, muitas conclusões podemos tirar, mas sem falar com o   próprio, podemos cometer muitos equívocos. As doenças mais frequentes são as nervosas e respiratórias, reumatismo e problemas hepáticos. Uma coisa é certa. Termos 71 anos não é o mesmo que termos 20 ou 30. Será que alguma destas questões pesou na sua decisão, apesar obviamente de já ter ultrapassado a idade legal e ter os anos contributivos em ordem? Será uma reforma dourada e ainda bem para ele. Não me compete sugerir nenhum tratamento para estas questões, excepto dizer a quem me lê, se está em circunstância parecidas, entre em contacto com a agrimónia. Informe-se e vai gostar. A violeta e a a amapola são outras plantas benéficas.

Um posicionamento curioso no mapa de Alex Ferguson é que Capricórnio apanha 3 Casas: parte da VI, a VII (toda) e parte da VIII. Com Plutão a transitar neste signo, devem ter sido significativas as suas lutas internas. Capricórnio rege o sistema ósseo (que estrutura o corpo humano), os joelhos e a pele (que contém e estabelece limites).  As pessoas de Capricórnio costumam ter problemas de saúde de origem reumática, artrítica e dérmica. Qual é o Sol natal de Ferguson? Exactamente, em Capricórnio. Com isto não estou a dizer que foram as razões exclusivas de saúde que o levaram a tomar a decisão de se reformar. 


Há bem poucos dias, publiquei um artigo aqui em que avaliei as idades da vida e para a faixa geral entre 65 a 75 anos, em linhas gerais disse que se poderia dar «O início do afastamento das principais correntes da sociedade. Rejuvenescimento temporário. Possível escapadela de uma morte anunciada. Novos projectos e exploração social.»

Por farte de Ferguson, a 1ª parte do anunciado está bem decidido: «O início do afastamento das principais correntes da sociedade.» Vai deixar de ser treinador de um dos clubes mais importantes do mundo. Se há algo que mexe mundo é o futebol. O resto ficará para vermos, se é que serão coisas públicas.

Deixando para trás as suas possíveis considerações de saúde, vamos olhar para alguns planetas que lhe estão a trabalhar o mapa natal.


Tenho a certeza absoluta que Alex Ferguson começou em 2012 a preparar silenciosamente esta sua reforma dourada. Deve ter feito tudo muito bem feito: falou com a mulher, consultou os seus contabilistas e advogados e depois de ter a certeza que estaria tudo em ordem com o Estado britânico, pagamentos em dia, contas acertadas, enfim, tudo o que estas coisas envolvem, aí esperou pelo momento certo para anunciar a sua saída do Manchester: quase no fim da temporada inglesa de futebol deste ano. Exemplar.

Porque afirmo isto? Muito simples: Plutão em trânsito [Rx 11º25' Capricórnio] já tinha feito a conjunção em cheio com o Sol do treinador que está 9º35' de Capricórnio, que teve movimentos retrógrados em cima deste Sol na Casa VII de Ferguson, a área das parcerias. O treinador, mais do que um funcionário do clube era o grande parceiro das suas conquistas.

Este Plutão vai começar a fazer uma conjunção a Mercúrio natal, em 15º13' de Capricórnio. Vamos assistir a várias conferências de imprensa e palestras muito racionais onde será muito bem pago, como é hábito lá fora.

Como último apontamento sobre Plutão, olhando bem para o mapa, verificamos que está a fazer uma semiquadratura ao seu MC, Meio do Céu. Portanto, a mexer profundamente com a sua zona de carreira profissional.


Saturno [Rx 7º27' Escorpião], transitando pela Casa V, a área que também trata de desportos e filhos, vai deixar uma série de homens adultos, os jogadores e o resto da equipa com  a sensação de terem ficado órfãos.  Mas isso, como tudo na vida passará, dependendo do próximo treinador a contratar. Mas não devemos nos esquecer que este Saturno está a terminar uma quadratura a Plutão natal [Rx 5º11' - Casa II], habitualmente um trânsito muito pesado que deve ter tido grandes proporções nas tomadas de decisão de Ferguson.

Júpiter [19º03' Gémeos] em trânsito a fazer uma quadratura a Plutão natal  [Rx 5º11' - Casa II] só podia anunciar que se preparava algo enorme na sua vida. Que terá sido? Acredito que o futuro nos dirá alguma coisa. 

Não me quero alongar, e haveria muito a dizer com as progressões e arcos solares, mas creio que isto resume bastante bem a reforma de um grande senhor do futebol. 


.

1 comentários:

susane disse...
15 de fevereiro de 2016 às 10:11  

Gracias por los buenos momentos en su blog en el que. Estoy a menudo en condiciones de ver (y otra vez) estos maravillosos artículos que compartieron. Muy interesante. Buena suerte a usted!

voyance gratuite mail

17 de maio de 2013

Alex Ferguson vai reformar-se no final desta temporada, análise astrológica



O histórico treinador do Manchester United, com todas as honras possíveis, decidiu reformar-se no final desta temporada após 27 anos à frente do clube de Old Trafford. A notícia espalhou-se pelo mundo no dia 8 de Maio de 2013, quando foi anunciada esta sua retirada de cena. A minha análise da sua retirada do futebol, tem por base essa data.

Alex Ferguson
(data de nascimento)
31 Dezembro 1941
16h30
Glasgow, Scotland, Reino Unido

Fará o seu último jogo no dia 19 Maio 2013 frente ao West Bromwich Albion, encerrando assim a sua época, que lhe trouxe ao longo de 27 anos importantes vitórias. Nomeado «Cavaleiro» pela Rainha, em 12-6-1999, o novíssimo Sir Alex Ferguson continuou a conquistar taças e campeonatos. Foram conquistados 13 títulos da Premier League, dez Supertaças, cinco Taças de Inglaterra, quatro Taças da Liga e duas Ligas dos Campeões, ao serviço do clube inglês.

José Mourinho, Jurgen Klopp (Dortmund), Pellegrini (Málaga) e, sobretudo, David Moyes, treinador do Everton, são os nomes apontados à sucessão de Ferguson, no Manchester United. Não irei mencionar aqui todas as homenagens que lhe foram feitas. O homem, nos próximos meses andará em almoços e jantaradas de homenagens. Oxalá ele saiba ser muito regrado e um cavalheiro à moda antiga para não se meter na vida do seu substituto.

Já em 2002 tinha dito que se reformava. mas foi convencido do contrário. Adiou para 2005 e a mesma decisão. Finalmente a 8 Maio 2013, anunciou que se reformava. Foi desta.


Trânsito do mapa de Alex Ferguson com data de 8-5-2013
Clicar em janela separada para poder ver o mapa
com todos os pormenores.


Vamos agora olhar para os seus mapas e trânsitos para, de uma forma simples, percebermos o que se passou no seu íntimo e porque fez funcionar o seu livre-arbítrio neste sentido.

O primeiro aspecto a considerar é a sua própria idade: 71 anos. Muito bem conservados, mas só ele [e a sua esposa] é que sabe como estará aquele corpo a aguentar tanta pressão como são os campeonatos ingleses. 

Antes de mais nada vamos ver como se encontra a casa VI de Ferguson, a Casa das doenças, para percebermos se porventura houve ou há achaques físicos (e médicos) e quais são as suas naturezas: Tem Sagitário interceptado na casa VI e este signo rege a coluna, os quadris e os músculos; o nervo ciático, o fígado e o sistema linfático. Estando interceptado, muitas conclusões podemos tirar, mas sem falar com o   próprio, podemos cometer muitos equívocos. As doenças mais frequentes são as nervosas e respiratórias, reumatismo e problemas hepáticos. Uma coisa é certa. Termos 71 anos não é o mesmo que termos 20 ou 30. Será que alguma destas questões pesou na sua decisão, apesar obviamente de já ter ultrapassado a idade legal e ter os anos contributivos em ordem? Será uma reforma dourada e ainda bem para ele. Não me compete sugerir nenhum tratamento para estas questões, excepto dizer a quem me lê, se está em circunstância parecidas, entre em contacto com a agrimónia. Informe-se e vai gostar. A violeta e a a amapola são outras plantas benéficas.

Um posicionamento curioso no mapa de Alex Ferguson é que Capricórnio apanha 3 Casas: parte da VI, a VII (toda) e parte da VIII. Com Plutão a transitar neste signo, devem ter sido significativas as suas lutas internas. Capricórnio rege o sistema ósseo (que estrutura o corpo humano), os joelhos e a pele (que contém e estabelece limites).  As pessoas de Capricórnio costumam ter problemas de saúde de origem reumática, artrítica e dérmica. Qual é o Sol natal de Ferguson? Exactamente, em Capricórnio. Com isto não estou a dizer que foram as razões exclusivas de saúde que o levaram a tomar a decisão de se reformar. 


Há bem poucos dias, publiquei um artigo aqui em que avaliei as idades da vida e para a faixa geral entre 65 a 75 anos, em linhas gerais disse que se poderia dar «O início do afastamento das principais correntes da sociedade. Rejuvenescimento temporário. Possível escapadela de uma morte anunciada. Novos projectos e exploração social.»

Por farte de Ferguson, a 1ª parte do anunciado está bem decidido: «O início do afastamento das principais correntes da sociedade.» Vai deixar de ser treinador de um dos clubes mais importantes do mundo. Se há algo que mexe mundo é o futebol. O resto ficará para vermos, se é que serão coisas públicas.

Deixando para trás as suas possíveis considerações de saúde, vamos olhar para alguns planetas que lhe estão a trabalhar o mapa natal.


Tenho a certeza absoluta que Alex Ferguson começou em 2012 a preparar silenciosamente esta sua reforma dourada. Deve ter feito tudo muito bem feito: falou com a mulher, consultou os seus contabilistas e advogados e depois de ter a certeza que estaria tudo em ordem com o Estado britânico, pagamentos em dia, contas acertadas, enfim, tudo o que estas coisas envolvem, aí esperou pelo momento certo para anunciar a sua saída do Manchester: quase no fim da temporada inglesa de futebol deste ano. Exemplar.

Porque afirmo isto? Muito simples: Plutão em trânsito [Rx 11º25' Capricórnio] já tinha feito a conjunção em cheio com o Sol do treinador que está 9º35' de Capricórnio, que teve movimentos retrógrados em cima deste Sol na Casa VII de Ferguson, a área das parcerias. O treinador, mais do que um funcionário do clube era o grande parceiro das suas conquistas.

Este Plutão vai começar a fazer uma conjunção a Mercúrio natal, em 15º13' de Capricórnio. Vamos assistir a várias conferências de imprensa e palestras muito racionais onde será muito bem pago, como é hábito lá fora.

Como último apontamento sobre Plutão, olhando bem para o mapa, verificamos que está a fazer uma semiquadratura ao seu MC, Meio do Céu. Portanto, a mexer profundamente com a sua zona de carreira profissional.


Saturno [Rx 7º27' Escorpião], transitando pela Casa V, a área que também trata de desportos e filhos, vai deixar uma série de homens adultos, os jogadores e o resto da equipa com  a sensação de terem ficado órfãos.  Mas isso, como tudo na vida passará, dependendo do próximo treinador a contratar. Mas não devemos nos esquecer que este Saturno está a terminar uma quadratura a Plutão natal [Rx 5º11' - Casa II], habitualmente um trânsito muito pesado que deve ter tido grandes proporções nas tomadas de decisão de Ferguson.

Júpiter [19º03' Gémeos] em trânsito a fazer uma quadratura a Plutão natal  [Rx 5º11' - Casa II] só podia anunciar que se preparava algo enorme na sua vida. Que terá sido? Acredito que o futuro nos dirá alguma coisa. 

Não me quero alongar, e haveria muito a dizer com as progressões e arcos solares, mas creio que isto resume bastante bem a reforma de um grande senhor do futebol. 


.

1 comentário:

susane disse...

Gracias por los buenos momentos en su blog en el que. Estoy a menudo en condiciones de ver (y otra vez) estos maravillosos artículos que compartieron. Muy interesante. Buena suerte a usted!

voyance gratuite mail

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates