O Sol entra em Leão

19 de julho de 2012 ·


Com este post termino o ciclo de 1 ano, em que mensalmente
publiquei aqui o tema evolutivo de cada signo, por sugestão do Marcelo Dalla.


Missão superior:
Aprender a permanecer carinhoso e positivo independentemente da opinião dos outros.


Leão é o 2º Nível do Elemento Fogo. O seu regente é o Sol, símbolo da consciência. Se o Sol é o centro, em Leão o homem é o seu próprio Sol. Por ele se reconhece como um Eu autónomo, emancipado dos outros homens.

Um Eu expansivo porque seguro de si, da sua forma única e pessoal de auto-expressão, afirma-se para testar o seu poder de intervenção, a sua força de irradiação. 0 seu brilho devolve-lhe a dignidade de saber quem é. Na espiral evolutiva que é o Zodíaco, o homem no signo de Leão tem, pela primeira vez, consciência de si próprio. Implica um desdobramento do eu, uma distância entre o Ser e o Existir.

Traduz a capacidade de auto-análise, o recuo mental que cada um tem sobre si mesmo quando pensa e se interroga.Esta é a dimensão superior da consciência. Faz do ser humano o mais evoluído dos seres vivos. Leão é o Fogo do homem. Por ele se situa no mundo dos outros homens, seguro da sua individualidade, da sua verticalidade interior, isso que o torna único, diferenciado, criativo. Leão expande e irradia.

Aquece o mundo em seu redor, manifesta uma presença poderosa e determinada. O prazer de se autoconhecer pela sua própria afirmação, é magnânimo, carismático, grandioso. A força irradiante do seu fogo torna-o o centro dos outros, é dominador, autoritário com tendência a ser ditatorial.

No entanto, é igualmente generoso, directo, frontal, crédulo, por vezes um pouco ingénuo. Seguro de si, contudo teme o poder nocturno e psíquico do Escorpião. O reino do Leão é o dia, as trevas inquietam-no, bem como o mundo obscuro que as trevas anunciam. Leão é a força Yang do Eu em toda a sua afirmação.

Regente: Sol

1º nível de evolução: Encontramos a forma mais imediata de auto-expressão, quando ao dizer o que sinto me liberto do peso psíquico da casa anterior, o mundo da memória. Assim me situo, me revelo e comigo me identifico. Este simboliza também a experiência de maternidade ou paternidade. Por ela se revela a qualidade que desperta e se expande, a emoção do primeiro filho, qualidade que irá definir a tónica do relacionamento que esse filho propõe.

2º nível de evolução: Simboliza o prazer da criatividade, vivido como auto-expressão do Fogo do Eu, o Fogo do Leão. É onde se revelam os talentos próprios, a resposta mais pessoal à vida, a inspiração, a força que impulsiona uma total tradução de nós próprios. A criatividade manifesta-se quando o Eu procura a sua identidade na transformação da matéria.

3º nível de evolução: É o encontro definitivo da personalidade com a individualidade. Entendendo por personalidade quem eu sou como entidade particularizada num dado ciclo de vida. E por individualidade a capacidade de expressão de todo um potencial de experiência e conhecimento adquirido que nos torna verdadeiramente nós próprios, criativos, originais.

.

19 de julho de 2012

O Sol entra em Leão


Com este post termino o ciclo de 1 ano, em que mensalmente
publiquei aqui o tema evolutivo de cada signo, por sugestão do Marcelo Dalla.


Missão superior:
Aprender a permanecer carinhoso e positivo independentemente da opinião dos outros.


Leão é o 2º Nível do Elemento Fogo. O seu regente é o Sol, símbolo da consciência. Se o Sol é o centro, em Leão o homem é o seu próprio Sol. Por ele se reconhece como um Eu autónomo, emancipado dos outros homens.

Um Eu expansivo porque seguro de si, da sua forma única e pessoal de auto-expressão, afirma-se para testar o seu poder de intervenção, a sua força de irradiação. 0 seu brilho devolve-lhe a dignidade de saber quem é. Na espiral evolutiva que é o Zodíaco, o homem no signo de Leão tem, pela primeira vez, consciência de si próprio. Implica um desdobramento do eu, uma distância entre o Ser e o Existir.

Traduz a capacidade de auto-análise, o recuo mental que cada um tem sobre si mesmo quando pensa e se interroga.Esta é a dimensão superior da consciência. Faz do ser humano o mais evoluído dos seres vivos. Leão é o Fogo do homem. Por ele se situa no mundo dos outros homens, seguro da sua individualidade, da sua verticalidade interior, isso que o torna único, diferenciado, criativo. Leão expande e irradia.

Aquece o mundo em seu redor, manifesta uma presença poderosa e determinada. O prazer de se autoconhecer pela sua própria afirmação, é magnânimo, carismático, grandioso. A força irradiante do seu fogo torna-o o centro dos outros, é dominador, autoritário com tendência a ser ditatorial.

No entanto, é igualmente generoso, directo, frontal, crédulo, por vezes um pouco ingénuo. Seguro de si, contudo teme o poder nocturno e psíquico do Escorpião. O reino do Leão é o dia, as trevas inquietam-no, bem como o mundo obscuro que as trevas anunciam. Leão é a força Yang do Eu em toda a sua afirmação.

Regente: Sol

1º nível de evolução: Encontramos a forma mais imediata de auto-expressão, quando ao dizer o que sinto me liberto do peso psíquico da casa anterior, o mundo da memória. Assim me situo, me revelo e comigo me identifico. Este simboliza também a experiência de maternidade ou paternidade. Por ela se revela a qualidade que desperta e se expande, a emoção do primeiro filho, qualidade que irá definir a tónica do relacionamento que esse filho propõe.

2º nível de evolução: Simboliza o prazer da criatividade, vivido como auto-expressão do Fogo do Eu, o Fogo do Leão. É onde se revelam os talentos próprios, a resposta mais pessoal à vida, a inspiração, a força que impulsiona uma total tradução de nós próprios. A criatividade manifesta-se quando o Eu procura a sua identidade na transformação da matéria.

3º nível de evolução: É o encontro definitivo da personalidade com a individualidade. Entendendo por personalidade quem eu sou como entidade particularizada num dado ciclo de vida. E por individualidade a capacidade de expressão de todo um potencial de experiência e conhecimento adquirido que nos torna verdadeiramente nós próprios, criativos, originais.

.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates