Grande Cruz 7 de Agosto de 2010 - nas Casas dos nossos mapas natais [Parte 3]

24 de julho de 2010 ·


Leia também a Parte 1 e a Parte 2 desta série
Clique nas ilustrações que têm legendas no interior para as ampliar e poder ler.

Recomendo vivamente a leitura do post
«Grande Cruz 2010, o que significa esta cruz?»,
do blogue da minha amiga Astrid Annabelle,
do «Navegante do Infinito»
Com este texto, termino esta série sobre a «Grande Cruz», com a intenção de poder orientar as pessoas que não tenham conhecimentos astrológicos, mas estejam interessadas em conhecer mais sobre este assunto. Assim, tento cumprir com o prometido no 1º artigo sobre esta série: fazer alguma pedagogia astrológica.

Se não possui um programa de astrologia para fazer o seu mapa natal, recomendo que o crie no site astro.com (clicar) para poder saber do que estamos a falar neste artigo. A partir daí deve criar os seus trânsitos para o dia 7 de Agosto de 2010. Na verdade, a Lua formará a Grande Cruz às 5:30 da longitude zero, TMG, para quem viver em Portugal e Inglaterra. Se viver no Brasil, aconselho que ao criar o mapa de trânsitos, escolha 4 horas antes, ou seja, à 1:30 da madrugada. Se viver em Espanha, França, Alemanha ou Holanda, deve aumentar 1 hora, ou seja, marcar as 6:30. A hora varia consoante a longitude (fuso horário) do nosso local de residência. Procure neste site a longitude (fuso horário) exacta do seu país e local de residência. Já fica a saber: à esquerda de Portugal ou Londres, diminui-se a hora; à direita, aumenta-se.

Uma ajuda rápida para conhecer os símbolos (glifos)
dos signos e planetas envolvidos na Grande Cruz.
Legenda para ajudar os leitores menos conhecedores dos glifos astrológicos: 1) À esquerda encontramos 3 símbolos, aquilo que parece um chifre é o símbolo de Carneiro / Áries; por baixo, dentro da caixa de fundo negro encontra o símbolo do planeta Júpiter e ao lado o símbolo do planeta Úrano. 2) À direita, dentro da caixa de fundo negro encontra o símbolo do planeta Saturno e em cima símbolo (ou glifo) do signo onde ele se encontra - Balança / Libra. 3) Lá em cima vemos dois símbolos, o da esquerda representa o planeta Plutão e o da direita, o signo onde se encontra, Capricórnio. 4) Em baixo, a azul pode ver o símbolo do signo Câncer / Caranguejo, onde a Lua estará a 7 de Agosto, fazendo a Grande Cruz exacta. 5) O que falta nesta ilustração é o glifo do planeta Vénus, que ficaria do lado direito, ao lado de Saturno. Deixo aqui o glifo de Vénus, para o conhecer:


Recomendo a leitura da página (clique) de glifos do meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», para se familiarizar e aprofundar sobre os símbolos astrológicos. Sem este conhecimento prévio não conseguirá interpretar nenhum mapa astrológico.

Quando localizar os planetas, de imediato saberá em que Casas se encontram. A seguir é só desfilar este texto à procura dos posicionamentos dos trânsitos no seu mapa natal. Basta localizar um planeta, para a seguir ter o posicionamento dos restantes. Comece pela «Lua» que é um símbolo fácil de identificar. Se começar pela Lua, verá que em frente encontra Plutão, e a partir daqui é muito fácil encontrar o outro braço da Grande Cruz.



Na ilustração acima vemos a Quadratura T que tem estado presente no céu desde há alguns meses. No dia 7 de Agosto de 2010, a Lua irá colocar-se em baixo, justamente em frente a Plutão (Pluto), formando a Grande Cruz.

Advertências importantes:

1 - O texto que desenvolvo mais abaixo, não passa de uma tentativa de mostrar algumas pistas orientadoras sobre a interpretação dos planetas nos seus trânsitos. São linhas gerais. Cada um deve adaptar à sua experiência pessoal. Deve compreender que, por exemplo, uma coisa é ter Úrano muito perto do Ascendente, na Casa 1, com um significado muito específico e outra, é que esse mesmo Úrano esteja no meio da Casa ou prestes a sair dela, para entrar em outra. Para isso é que são as consultas, para se poder analisar os pormenores de todo o mapa.

2 - Tenha em atenção que muito do que eu descrevo mais abaixo, não significa que esteja a sentir ou a ocorrer agora, neste momento. Por uma razão simples: é que a Grande Cruz começou a formar-se vai para dois anos. Portanto, pode já ter passado pelas situações que descrevo. Ou, dependendo do mapa, só vir a passar por essas situações num futuro não muito distante.

Para aprofundar sobre a Lua, clique aqui.


O mapa astrológico com a Grande Cruz

Dentro da ilustração abaixo, tem informação em inglês
sobre a natureza das casas:


A Grande Cruz nas Casas dos mapas natais


CASAS ANGULARES 1, 4, 7 e 10:


Podem ser consideradas as mais fortes e poderosas nos efeitos da Grande Cruz, pois estão relacionadas com os factores mais identificativos da vida de uma pessoa, como é a Casa 1: Personalidade; a Casa 4: o Lar; a Casa 7: Matrimónio, Sociedades e Relacionamentos e a Casa 10: Profissão e Reconhecimento dos Outros. Com os trânsitos nestas Casas Angulares, devem merecer-lhe uma muito especial atenção pois vão obrigar a pessoa a desenvolver-se e a crescer como indivíduo, ultrapassando as crises com uma consciência profunda dos acontecimentos à sua volta.

A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 1, Saturno e Vénus na Casa 7 e Plutão na Casa 10 (Lua na 4), as questões principais são as seguintes: notará um maior desejo de liberdade pessoal e uma tentativa de afastar de si os assuntos mais rotineiros; poderá sentir necessidade de analisar os seus relacionamentos, havendo o potencial de dissolução de casamentos ou relacionamentos, ou então o reajustamento de situações; pode indicar uma força de vontade muito desenvolvida e um forte impulso de atingir o sucesso. Obviamente, estes sintomas já podem estar a acontecer à algum tempo, dependendo da localização exacta dos planetas nas casas.

B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 1, Úrano e Júpiter na Casa 7 e Plutão na Casa 4 (Lua na 10), as questões principais são as seguintes: a pessoa aceitará melhor o sentido de responsabilidade, imprimindo maior eficácia a tudo o que faz; pode haver propensão a separações, divórcios e fins de sociedades. Também poderá haver a tentação de adultério; deve evitar a todo o custo atitudes dominantes e imperativas sobre a família.

C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 1 (Lua na 7), Úrano e Júpiter na Casa 4 e Saturno e Vénus na Casa 10 as questões principais são as seguintes: esta pessoa passará por processos de transformação muito intensos; vai usar o lar como local de encontro para actividades em grupo e possíveis empreendimentos ocultos ou haver mudanças de residência ou melhoramentos na mesma; talvez se sinta bem, a nível profissional, havendo um potencial de aprendizagem na utilização das energias que envolvem um maior reconhecimento dos outros àquilo que a pessoa faz; também pode acontecer mudanças de emprego ou a empresa para a qual trabalha não lhe prestar o devido reconhecimento.

D ) Com a Lua na Casa 1, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 7, Saturno e Vénus na Casa 4 e Úrano Júpiter na Casa 10, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: a pessoa vai precisar desenvolver uma percepção espiritual mais consciente sobre a necessidade de uma colaboração construtiva com os demais, esforçando-se positivamente para conseguir essa colaboração ou, então, relacionamentos frágeis podem romper-se; poderá sentir profundas responsabilidades familiares, pelo que recomendo que não se afaste emocionalmente da família; haverá uma pré-disposição para ser inovador e mais criativo nas áreas científicas, humanitárias e ocultas, aprendendo a ser mais flexível e até liberal.



CASAS SUCEDÂNEAS 2, 5, 8 e 11:

Os trânsitos nestas Casas Sucedâneas, mostram-lhe os resultados das forças postas em movimento e têm uma influência estabilizadora. Indicam a forma como uma pessoa utiliza os seus recursos e assinalam de que maneira prosseguirá o seu caminho uma vez que tenha iniciado alguma coisa. Conferem equilíbrio e estabilidade.


A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 2, Saturno e Vénus na Casa 8 e Plutão na Casa 11 (Lua na 5), as questões principais são as seguintes: é provável que o dinheiro desapareça tão rápido quanto surgiu, ou que os lucros existam apenas no papel, deve aprender a gerir com cuidado os seus valores; grandes oportunidades de iniciar negócios inovadores ou surgirem rendimentos inesperados; pode proporcionar emoções excessivamente intensas e, algumas vezes, ciúmes e muita possessividade; pode indicar envolvimento com finanças de parcei­ros, dinheiro corporativo, seguros, impostos e heranças, o que sempre traz responsabilidades; será desenvolvido um senso de justiça na utilização de recursos materiais; pode indicar tendências reformistas expressadas nas amizades e associações de grupo; a natureza das motivações é importante uma vez que irá determinar se os associados sentem que a pessoa os está a ajudar ou usá-los.

B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 2, Úrano e Júpiter na Casa 8 e Plutão na Casa 5 (Lua na 11), as questões principais são as seguintes: existe uma necessidade de cultivar as capacidades, os valores e os recursos pessoais a fim de conseguir um sentimento de individualidade; a pessoa pode necessitar encontrar e definir o que para ela é a segurança, em vez de confiar noutras pessoas que lhe proporcionem segurança, dinheiro ou recursos; poderá desenvolver-se o interesse com os mistérios da vida que ultrapassam a simples aparência física visível; interesse por ocultismo, telepatia, vida após a morte e áreas científicas, como a física atómica e multidimensional; poder criativo, manifestado na arte, em envolvimentos amorosos intensos ou filhos talentosos; podem surgir obras de arte inspiradas em níveis de consciência mais elevados.

C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 2 (Lua na 8), Úrano e Júpiter na Casa 5 e Saturno e Vénus na Casa 11, as questões principais são as seguintes: indica uma forte necessidade para adquirir dinheiro e outros recursos materiais; também indica criatividade nas artes, na educação, nos desportos e em todas as áreas relacionadas às crianças; muitas pessoas sentirão que poderiam ser professores ou conselheiros espirituais; existe a possibilidade de envolvimentos românticos inesperados e incomuns, devendo cuidar-se pois estas relações podem terminar inesperadamente, sobretudo se o/a parceiro/a for uma pessoa excêntrica e muito imaginativa.

D ) Com a Lua na Casa 2, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 8, Saturno e Vénus na Casa 5 e Úrano Júpiter na Casa 11, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: uma poderosa influência oculta lida com a compreensão da continuidade da vida e da consciência após a destruição do corpo físico; a necessidade de conhecer o imortal pode manifestar-se como um interesse pela reencarnação, pelo carma, por astrologia, ioga, meditação e outros assuntos ocultos; a percepção dos planos subtis de energia proporciona profundos insights; pode indicar pesadas responsabilidades com filhos ou dificuldades para tê-los; também pode indicar organização e percepção da estrutura nas artes e música; pode indicar uma forte inclinação para o prazer, havendo uma certa natureza romântica; haverá amor pela vida, com um ponto de vista optimista; o romance amoroso torna-se de importância fundamental; podem surgir várias oportunidades românticas; poderá sentir-se popular e querida; pode indicar destaque e posição elevada na profissão; os princípios espirituais, religiosos e éticos são utilizados em contactos de negócios e responsabilidades públicas; em simultâneo, há a possibilidade de mudar de actividade profissional, mudando-se para alguma pouco comum; seja qual for a carreira escolhida, haverá inovações nos métodos e técnicas; grande sentimento de liberalidade.




CASAS CADENTES 3, 6, 9 e 12:

Se os trânsitos caírem nestas casas, terá a percepção da direcção a seguir, ou aquelas a que a pessoa se adapta às condições da sua vida. Infundem impulsos de dispersão ou difusão; diluem as energias no meio ambiente; concedem adaptação ao pensamento. Muito úteis para dar a conhecer os seus projectos.

A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 3, Saturno e Vénus na Casa 9 e Plutão na Casa 12 (Lua na 6), as questões principais são as seguintes: pode indicar que vai estar optimista, filosófica e espiritualmente orientado, demonstrando interesse por educação, filosofia, ensino, religião, comunicação e viagens; sentirá que o pensamento é compatível com as crenças e os tipos dominantes de comunicação da cultura; a sua mente vai vai oferecer-lhe pensamentos incomuns e, sobretudo muito intuitivas; irá sentir-se um livre-pensador e argumentará com opiniões baseadas na experiência directa e em factos científicos; demonstrando que a sua opinião não é influenciada pelos outros; a tendência dominante é utilizar a impessoalidade e a imparcialidade na avaliação de ideias, investigando áreas de interesse pouco comuns; poderá haver muita movimentação e viagens inesperadas; receberá súbitos insigts; não se surpreenda se lhe aparecerem parceiros e outros importantes contactos sociais e românticos vindo por intermédio de escolas, universidades e igrejas, durante longas viagens ou em países estrangeiros; podem ocorrer fortes ligações com estrangeiros ou pessoas de outras raças e religiões; os sistemas de crença são avaliados pelo seu valor prático e pela sua contribuição para a estabilidade social; tendência a procurar acesso ao status e progresso profissional; pode verificar-se algum destaque pessoal por intermédio de realizações nas áreas de educação, filosofia, religião ou espiritualidade; pode indicar a necessidade de regenerar a mente inconsciente, trazendo o seu conteúdo para a consciência, sendo essa manifestação como interesse por psicologia, ocultismo ou misticismo; haverá insights profundos e bastante clarividência; envolvimento com grandes organizações, quer para trabalho, quer para a solidariedade e capacidade para melhorar as condições de vida dos menos afortunados.


B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 3, Úrano e Júpiter na Casa 9 e Plutão na Casa 6 (Lua na 12), as questões principais são as seguintes: pode indicar interesse intelectual em actividades artísticas e culturais; haverá tendência para um amor especial pela literatura e pela poesia, e capacidade de se comunicar harmoniosamente por meio da fala — especialmente ao telefone; vai sentir uma grande disciplina mental e bastante senso prático; as ideias são julgadas pela sua utilidade; o discurso é deliberado; poderão acentuar-se maiores habilidades para as matemáticas e as matérias mais científicas; tendência a manifestar amor pela filosofia, pela religião, espiritualidade e pela educação superior; pode surgir e implantar-se, na mente da pessoa, um padrão moral e um sistema de filosofia definidos, pelos quais vão moldar as suas vidas; possibilidade de desenvolver um trabalho espiritual de grande envergadura; haverá um ressurgir de interesse por interessam por astrologia, telepatia, terapias avançadas, ciências ocultas ou a ideia de reencarnação, por exemplo; as pessoas com este posicionamento necessitam dar uma atenção especial às questões da saúde, o que pode ser conseguido mediante o pensamento positivo e hábitos correctos de nutrição; podem estar presentes poderes ocultos de cura e maior envolvimento em curas espirituais.


C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 3 (Lua na 9), Úrano e Júpiter na Casa 6 e Saturno e Vénus na Casa 12, as questões principais são as seguintes: este é o grande posicionamento cármico, de enormes limpezas associadas a vidas passadas; as pessoas com esta cruz cadente, podem estar numa fase especial das suas vidas, pois indicar uma mente penetrante, capazes de compreender os motivos fundamentais das experiências e manifestações da vida; irão surgir opiniões fortes, que talvez não consigam expressar, a não ser que possam manifestá-las de maneira eficaz; pode indicar a utilização de métodos estranhos e avançados no seu trabalho; pode haver interesse por formas incomuns, de cura, como terapia do som, medicina homeopática ou curas espirituais; aqueles que estiverem a experimentar diferentes tipos de dieta podem estar sob a influência particular desta cruz nas casas cadentes; poderá haver relacionamentos amigáveis, mentalmente estimulantes com colaboradores, empregados e patrões; e o oposto também pode ocorrer, se o posicionamento for desarmonioso; os contactos pessoais e sociais com frequência são reservados, e podem ocorrer casos secretos de amor; a timidez social pode levar à solidão ou à frustração romântica; poderá passar muito tempo em isolamento ou trabalhando nos bastidores de grandes instituições, como hospitais, universidades, corporações e órgãos governamentais; poderá desenvolver trabalho pode ser realizado na área da psicologia ou em instituições de caridade. Fortes limpezas cármicas durante este trânsito.

D ) Com a Lua na Casa 3, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 9, Saturno e Vénus na Casa 6 e Úrano Júpiter na Casa 12, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: pode indicar interesse pela regeneração dos sistemas legais, educacionais, morais e filosóficos; isso manifesta-se na capacidade para perceber as causas fundamentais dos problemas relacionados à ordem social mais ampla; a intuição estará muito aumentada e nestas questões ainda é mais desenvolvida, proporcionando profundos insights sobre o futuro da humanidade e as suas instituições; pode haver a capacidade de liderança espiritual; pode indicar actividades sociais e envolvimentos românticos estabelecidos no trabalho que, geralmente, está ligado a actividades artísticas ou acontecimentos sociais; são típicos o amor pelo trabalho e relacionamentos harmoniosos e amigáveis com colaboradores, empregados e patrões; pode indicar capacidade para o trabalho árduo e eficiência no emprego; o trabalho é levado a sério, e muito conhecimento e habilidades específicas são adquiridos; geralmente surgem pesadas responsabilidades no trabalho, e uma atitude séria com relação aos cuidados com a saúde. Recomendo a todas as pessoas com esta cruz cadente que consultem os seus médicos e façam os seus exames, sem descurar nada sobre esta matéria; consoante as particularidades do mapa natal de cada pessoa, este posicionamento pode conduzir a alguma debilidade no sistema de saúde; faça os seus exames médicos de rotina, para ficar descansado sobre este assunto; este trânsito vai mostrar o seu interesse pela busca espiritual interior por meio do isolamento, da meditação e do estudo introspectivo; o misticismo e a intuição podem ser predominantes, dependendo do mapa natal de cada um; poderá haver uma profunda compaixão pelos mais necessitados.

Para aprofundar sobre a Lua, clique aqui.

Aviso: Existem outras variações para esta cruz, que por serem muitas e demasiado precisas, não foram analisadas neste artigo. Exemplo: Úrano na Casa 12 e Júpiter na Casa 1. Aqui estaríamos a falar de uma mistura de Casas Angulares e Casas Cadentes. Outro exemplo: Úrano estar na Casa 2 e Júpiter na Casa 3. Aqui estaríamos a falar de uma mistura de Casas Sucedâneas e Casas Cadentes. As variações são inúmeras e isso requer uma análise pessoal ao mapa.

Muito agradecido pela paciência em ter lido este texto.


António Rosa
www-nova-lis.com


Leia também a Parte 1 e a Parte 2 desta série
Recomendo vivamente a leitura do post
«Grande Cruz 2010, o que significa esta cruz?», do blogue da minha amiga Astrid Annabelle, do «Navegante do Infinito».
Também da Astrid, foi publicado novo texto sobre o tema: «Grande Cruz 2010 - A Conexão Atlante»

34 comentários:

Fada Moranga disse...
24 de julho de 2010 às 10:58  

"Plutão na Casa 3 (Lua na 9), Úrano e Júpiter na Casa 6 e Saturno e Vénus na Casa 12, as questões principais são as seguintes: este é o grande posicionamento cármico, de enormes limpezas associadas a vidas passadas..."

Querido António, se me apanho em 2011 até penso que é mentira! ;-)

Um grande bem haja por este texto - precioso!!!
Beijos***deFada

Anónimo disse...
24 de julho de 2010 às 10:59  

Muito bom António, fantástico trabalho !

Na parte que me toca coincide sim :)))

Considerei Saturno/Urano na 2/8, mesmo estando a passar no final da 1/7 é essencialmente na 2/8 que os estou a sentir. Fica a cruz toda nas casas sucedâneas.

Beijinho,

Joana

Anónimo disse...
24 de julho de 2010 às 11:05  

(...)
bem... vendo melhor também os sinto na 1/7. É dose dupla :)))

Beijinho,

Joana

Anónimo disse...
24 de julho de 2010 às 11:40  

Se você não fosse tão chato com essa mania de dar conselhos aos anónimos criaria essa tal identidade, mas assim não crio.

Não percebo destas coisas de casas, tenho o meu mapa, feito por um grande astrólogo, pessoa que acarinho e respeito, mas nem olho para ele porque não entendo e não me interessa. No entanto, gosto de vir cá ler e ult
imamente tem escrito uns textos muito bons.

Você tem sido uma ajuda preciosa nestes tempos de à beira do abismo para mim.

NO NAME

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 11:45  

Fada querida

Este artigo deu-me um trabalhão imenso e deixou-me muitas dúvidas, se valeria a pena publicar. Mas algo dentro de mim impulsionava-me a terminá-lo, pois durou muitos dias a criá-lo.

Muito agradecido pelo apoio. Ouvir da tua parte a classificação de 'precioso', fez um imenso bem à minha alma e um bocadinho, também, ao ego.~

:)))

Beijo de gratidão

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 11:47  

Joana linda

Nem preciso dizer nada de especial, pois tu mesma percebeste que tens influência das duas cruzes: a cardinal e a sucedânea. Tarefa gigantes ca a tua.

Tudo de bom. E muito agradecido pelo apoio ao texto.

Beijinho

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 11:49  

Estimada anónima NO NAME,

O seu comentário foi muito divertido e oportuno. Gostei de saber que tenho esta mania de dar conselhos ao 'anónimos'. :)))))

Não vou desistir dessa ideia, tão cedo.

Muito, mas muito agradecido pelas apreciações e receba um grande abraço.

Astrid Annabelle disse...
24 de julho de 2010 às 12:17  

Bom dia António!
Quanta coisa para estudar e refletir!
Que trabalho maravilhoso fez aqui...vou ficar um bom tempo estudando tudo com muita atenção.
É uma senhora aula!
Eu fiquei encantada...
Um beijo grande e muitíssimo agradecido.
Astrid Annabelle

Fada Moranga disse...
24 de julho de 2010 às 12:18  

Eu repito, para a Alma - PRECIOSO!!!

A minha Alma agradece este post.
Jupiter e Urano têm estado ultimamente e continuarão conjuntos ao meu Quiron. Sinto que é uma grande oportunidade de cicatrização. É muito material junto! ;-)

Bem haja mais uma vez e um grande beijo*deFada

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 12:24  

Astrid

Mito obrigado pela sua apreciação. O artigo foi sendo escrito ao longo de vários dias, foi uma espécie de pressão para o fazer, apesar de eu me ter recusado durante alguns dias. Mas cada vez que me recusava, tornava-se imperioso falar para as pessoas que comuns, que nada sabe de astrologia, o que não é o seu caso, pois a Astrid é já uma estudante/praticante avançada.

Muitos beijo e grande xi-coração.

Adelaide Figueiredo disse...
24 de julho de 2010 às 12:39  

António,

Belo trabalho!
Quanto ao que me toca há questões que sinto mais do que outras como é normal. Nem todos sentimos com a profundidade exacta porque o nosso mapa é um todo. De qualquer modo bastante correcto pelo lado que me toca.
Este post será uma ajuda para muita gente e pela minha parte muito grata por tudo o que escreveu.

Bom fim-de-semana.

Abraço

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 13:18  

Adelaide

Muito agradecido pelas palavras generosas.

Sabe tão bem como eu que estes textos não são fáceis, sobretudo para quem não domina a arte astrológica. Mas a intenção é mesmo essa: ajudar. Depois, cada um que desenvolva o mais que puder e quiser.

Bom fim-de-semana.

Tereza Kawall disse...
24 de julho de 2010 às 15:08  

Bom dia Antonio, que beleza de artigo, parabéns pela dedicação e pelo estudo, muito útil,
que todos façam bom proveito, grata
Tereza Kawall

Maria Izabel Viégas disse...
24 de julho de 2010 às 16:06  

Amigo querido,
É extremanente importante o estudo que estás fazendo nesta Série Grande Cruz.
Primeiro citaste o que havia na Blogosfera, sempre dando o seu parecer altamente abalisado.
Esta parte 3 está magnífica.
Tu colocas o tema sem o ranço das publicações sem o saber astrológico. è o que sempre me encanta na Astrologia feita com um enfoque elucidador e não sensacionalista.
Fiz no Memórias links teus pois teu trabalho me encanta!
Obrigada, Senhor do Anel de Corações!
Vou analisar no meu mapa(já vi por alto) e volto para dar meu testemunho!
Teus posts tem estado magníficos!!!
Beijos

angela disse...
24 de julho de 2010 às 16:46  

Vou seguir suas indicações e ler os outros textos para tentar entender. Um trabalho e tanto esse seu, feito com muito capricho e amor.
beijos

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 19:48  

Tereza

Muito agradecido pela gentileza, desejando eu, também, que possa ser útil a quem não tenha conhecimentos de astrologia.

Grato.

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 19:48  

Maria Izabel

Não gosto de ser sensacionalista em astrologia, pois tal como tu, quero diferenciar-me dos maus profetas, pois apenas somos astrólogos e isso, significa um intenso estudo durante anos e anos e sempre a aprender.~

Muit obrigado e muitos beijos

António Rosa disse...
24 de julho de 2010 às 19:49  

Ângela

Espero que possa ser útil.

Um grande beijo e muito obrigado.

Astrid Annabelle disse...
25 de julho de 2010 às 19:22  

Uauuuuuu!!!
Música!!!
Olha que faz tempo que não vejo isso por aqui!!!
António, fiquei honrada com este link e com a maneira que recomendou!
O Google Search vai acabar decorando os nossos nomes!!!!rsss
Fiquei aqui até a música tocar toda..gostei muito...não conhecia...
Uma curiosiade feminina...só queria saber quem é a vítima??!!!!rsss
Beijo grande e agradecido.
Astrid Annabelle

Maria Izabel Viégas disse...
25 de julho de 2010 às 20:29  

Realmente NOVIDADE como a Astrid comentou!!! Pobre da sua escolhida!rssss Cuidado, é a música dos vampiros teen. Help -nos!
Já vi que o mocinho é do tempo do rock and roll, yes! Amei! Todos colocam mantras e vc, parte para o inovador.
António, fora a brincadeira, quando vc diz somos astrólogos,eu não me incluo, pois ando muito down em astrologia.Acho que desaprendi ;(
Mas, as casas que já estão há algum tempo sendo "remexidas" são as mutáveis. Tudo a me obrigar a ser mais conduzida , tem acontecido situações que o aprendizado é: não lutar contra a correnteza. procurar apenas não afundar. Nisso meu capricornio e escorpião não deixam correr fácil.
casa 3 e 9, especialmente com Urano, Jupiter na 3 sobre o sol e mercurio. Qdo sofri o acidente, Urano estava cravado no sol, grau exato! ESstou sim, me dando mais tempo, e quanto à religiosidade e filosofia de vida refletindo muito sobre Tudo. pareço um livro em que páginas estão sendo reescritas. Colho o melhor e o que me faz bem à alma.
Interessante, a casa 12, estou sempre conectada. mas na 6(em gemeos), me acidentei, perdi minha cadela linda, e estou , claro, com a locomoção bem mínima. Olhando esta cruz , já tendo feito regressão a vidas passadas, certa estou do processo de limpeza cármica. Amigos me dizem , mas no mapa e aliado à TVP, tenho certeza!
O que faço para voltar a saber astrologia, mestre? estou muito burrinha ;))
Muito agradecida António!
Vou analisar o mapa dos meus filhotes.
Beijos n'alma!

Luan Ramos disse...
25 de julho de 2010 às 22:05  

Antônio

Belo trabalho sobre a quadratura T

já comecei á sentir há um certo tempo as influências dessa quadratura, só me recordei agora quando li suas previsões. Incrível isso!

Abraço.

António Rosa disse...
26 de julho de 2010 às 10:14  

Astrid

É verdade, faz tempo que não punha aqui música no blogue, mas encontro-me numa fase bem 'radical' (ao meu jeito e com 61 anos) a desejar coisas novas, diferentes.

Esta música pareceu-me a adequada, para os tempos que vivemos. Foi inspirada na trilha sonora da série de tv «True Blood», e como tenho andado a preparar 2 posts sobre coisas parecidas, tenho-me inspirado na musica.

Não há vítimas. As bad things podem ser coisas saborosas, depende muito da nossa capacidade de 'julgar' :)))

Beijos

Beijos

António Rosa disse...
26 de julho de 2010 às 10:19  

Maria Izabel

Sim, dizem-me que é uma música para teens. Mas como gosto de da cultura pop que trata dos vampiros, a coisa fica sem idade. Já estou cansado de mantras e equivalentes.

As peripécia porque passamos com esta grande cruz a activar ao máximo tem-me deixado louco. A minha editora não está a conseguir manter-se em pé. Imagina, Plutão na 8, Lua na 2, etc. Está tudo a ficar pedra sobre pedra.

Beijos

António Rosa disse...
26 de julho de 2010 às 10:19  

Luan

Muito agradecido elo teu testemunho, meu querido.

Abraço

Astrid Annabelle disse...
27 de julho de 2010 às 01:35  

Pois é António!
"podem ser coisas saborosas, depende muito da nossa capacidade de 'julgar' :)))
Quanto a isso não tenho a menos dúvida!!!:)))
Eu adorei a música e assim como você não ando muito na freqüência dos mantras...
Beijos
Astrid Annabelle

Sandro Gomes disse...
27 de julho de 2010 às 03:58  

Excelente post!

Bem descrita a situação de minha esposa nas angulares. Minha situação é 80% de angulares e 20% de sucedâneas. Muito obrigado.

Abraços

Sandro Gomes

marcelo dalla disse...
27 de julho de 2010 às 05:45  

Amigo querido!!! Concordo com tudo o que os nossos colegas já disseram. Um texto rico e precioso, feito com amor e capricho! Levo comigo para estudá-lo e usá-los em minhas consultas.

Quanto ao meu mapa natal, tenho Jupiter e Lua na 7, em Câncer. Acontece tudo o que disse comigo. Passo pro um processo de trnsformação intenso.
bem haja!!!
um grande abraço

António Rosa disse...
27 de julho de 2010 às 08:26  

Astrid

Ainda bem que achou útil o texto. Quanto à música vai durar pouco tempo, pois foi apenas uma coisa que me deu para animar um pouco o blogue.~~

Beijo.

António Rosa disse...
27 de julho de 2010 às 08:27  

Caro Sandro,~~

Adorei o feedback que fez. Grato.

Abraço.

António Rosa disse...
27 de julho de 2010 às 08:28  

Marcelo

Muito agradecido pelas palavras. Também sei o que é estar a passar por um intenso processo de transformação. Pode chegar a ser difícil... mas tem que ser.

Abraço.

IdoMind disse...
28 de julho de 2010 às 00:31  

Querido António

Só agora tive oportunidade de vir vasculhar a Cova. Comecei a ouvir música e olhei logo lá para cima, para a barra de endereços porque de certeza que me tinha enganado.Mas era mesmo a Cova do Urso, toda cheia de frescura! Gostei muito do visual novo.

Quanto a esta tal Grande Cruz comecei a ler a Parte I e pensei " Isto vai ser mesmo grande".
Toda entusiasmada fui ler a Parte II. " Isto vai mesmo ter influências a sério".
Ainda mais curiosa fui ler a Parte III...
E tomei a sensata decisão de emigrar para o Tibete até 2014! Pelo menos!

O meus parabéns pelo trabalho estruturado e coerente que desenvolveste nestes 3 posts. A informação prende. Mesmo quem não entende de astrologia como eu. Dá vontade de saber mais...Os textos são longos mas não nos apercebemos e até se lia mais um bocado.
Isto é boa informação. Na minha modesta opinião.

Olha agora resta-me esperar para ver os estragos que esta cruz irá fazer e reunir força para os reparar.

Mais uma vez obrigado. Muito boa esta mini-série da Grande Cruz

beijinhosss

António Rosa disse...
28 de julho de 2010 às 08:35  

Querida IdoMind

Receber um elogio tão grande da tua parte é como o sol a entrar e a espalhar a sua luz.

Fico muito agradecido e já agora, vou de boleia contigo para o Tibete.

Beijos.

Dunyazade disse...
29 de julho de 2010 às 02:20  

Muito, muito bom. Vou colocar parte no meu blog, com um link directo para o seu excelente texto (espero que não se incomode :)

Estava a tentar perceber a minha próxima Revolução Solar - e aqui está muito bem explicada (de certo modo).

Diana disse...
21 de junho de 2011 às 14:20  

Rosa
Pois foi sempre assim que te tratei, nada é por acaso e ainda estou em choque...
O meu nome é Diana e trabalhamos ao mesmo tempo na Europa América não sei se te lembras de mim mas eu não esqueci.
Devia era estar noutro planeta pois não fazia ideia dos teus interesses...
Estou a adorar tudo e em busca de outro tanto.
Um xi coração

24 de julho de 2010

Grande Cruz 7 de Agosto de 2010 - nas Casas dos nossos mapas natais [Parte 3]


Leia também a Parte 1 e a Parte 2 desta série
Clique nas ilustrações que têm legendas no interior para as ampliar e poder ler.

Recomendo vivamente a leitura do post
«Grande Cruz 2010, o que significa esta cruz?»,
do blogue da minha amiga Astrid Annabelle,
do «Navegante do Infinito»
Com este texto, termino esta série sobre a «Grande Cruz», com a intenção de poder orientar as pessoas que não tenham conhecimentos astrológicos, mas estejam interessadas em conhecer mais sobre este assunto. Assim, tento cumprir com o prometido no 1º artigo sobre esta série: fazer alguma pedagogia astrológica.

Se não possui um programa de astrologia para fazer o seu mapa natal, recomendo que o crie no site astro.com (clicar) para poder saber do que estamos a falar neste artigo. A partir daí deve criar os seus trânsitos para o dia 7 de Agosto de 2010. Na verdade, a Lua formará a Grande Cruz às 5:30 da longitude zero, TMG, para quem viver em Portugal e Inglaterra. Se viver no Brasil, aconselho que ao criar o mapa de trânsitos, escolha 4 horas antes, ou seja, à 1:30 da madrugada. Se viver em Espanha, França, Alemanha ou Holanda, deve aumentar 1 hora, ou seja, marcar as 6:30. A hora varia consoante a longitude (fuso horário) do nosso local de residência. Procure neste site a longitude (fuso horário) exacta do seu país e local de residência. Já fica a saber: à esquerda de Portugal ou Londres, diminui-se a hora; à direita, aumenta-se.

Uma ajuda rápida para conhecer os símbolos (glifos)
dos signos e planetas envolvidos na Grande Cruz.
Legenda para ajudar os leitores menos conhecedores dos glifos astrológicos: 1) À esquerda encontramos 3 símbolos, aquilo que parece um chifre é o símbolo de Carneiro / Áries; por baixo, dentro da caixa de fundo negro encontra o símbolo do planeta Júpiter e ao lado o símbolo do planeta Úrano. 2) À direita, dentro da caixa de fundo negro encontra o símbolo do planeta Saturno e em cima símbolo (ou glifo) do signo onde ele se encontra - Balança / Libra. 3) Lá em cima vemos dois símbolos, o da esquerda representa o planeta Plutão e o da direita, o signo onde se encontra, Capricórnio. 4) Em baixo, a azul pode ver o símbolo do signo Câncer / Caranguejo, onde a Lua estará a 7 de Agosto, fazendo a Grande Cruz exacta. 5) O que falta nesta ilustração é o glifo do planeta Vénus, que ficaria do lado direito, ao lado de Saturno. Deixo aqui o glifo de Vénus, para o conhecer:


Recomendo a leitura da página (clique) de glifos do meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», para se familiarizar e aprofundar sobre os símbolos astrológicos. Sem este conhecimento prévio não conseguirá interpretar nenhum mapa astrológico.

Quando localizar os planetas, de imediato saberá em que Casas se encontram. A seguir é só desfilar este texto à procura dos posicionamentos dos trânsitos no seu mapa natal. Basta localizar um planeta, para a seguir ter o posicionamento dos restantes. Comece pela «Lua» que é um símbolo fácil de identificar. Se começar pela Lua, verá que em frente encontra Plutão, e a partir daqui é muito fácil encontrar o outro braço da Grande Cruz.



Na ilustração acima vemos a Quadratura T que tem estado presente no céu desde há alguns meses. No dia 7 de Agosto de 2010, a Lua irá colocar-se em baixo, justamente em frente a Plutão (Pluto), formando a Grande Cruz.

Advertências importantes:

1 - O texto que desenvolvo mais abaixo, não passa de uma tentativa de mostrar algumas pistas orientadoras sobre a interpretação dos planetas nos seus trânsitos. São linhas gerais. Cada um deve adaptar à sua experiência pessoal. Deve compreender que, por exemplo, uma coisa é ter Úrano muito perto do Ascendente, na Casa 1, com um significado muito específico e outra, é que esse mesmo Úrano esteja no meio da Casa ou prestes a sair dela, para entrar em outra. Para isso é que são as consultas, para se poder analisar os pormenores de todo o mapa.

2 - Tenha em atenção que muito do que eu descrevo mais abaixo, não significa que esteja a sentir ou a ocorrer agora, neste momento. Por uma razão simples: é que a Grande Cruz começou a formar-se vai para dois anos. Portanto, pode já ter passado pelas situações que descrevo. Ou, dependendo do mapa, só vir a passar por essas situações num futuro não muito distante.

Para aprofundar sobre a Lua, clique aqui.


O mapa astrológico com a Grande Cruz

Dentro da ilustração abaixo, tem informação em inglês
sobre a natureza das casas:


A Grande Cruz nas Casas dos mapas natais


CASAS ANGULARES 1, 4, 7 e 10:


Podem ser consideradas as mais fortes e poderosas nos efeitos da Grande Cruz, pois estão relacionadas com os factores mais identificativos da vida de uma pessoa, como é a Casa 1: Personalidade; a Casa 4: o Lar; a Casa 7: Matrimónio, Sociedades e Relacionamentos e a Casa 10: Profissão e Reconhecimento dos Outros. Com os trânsitos nestas Casas Angulares, devem merecer-lhe uma muito especial atenção pois vão obrigar a pessoa a desenvolver-se e a crescer como indivíduo, ultrapassando as crises com uma consciência profunda dos acontecimentos à sua volta.

A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 1, Saturno e Vénus na Casa 7 e Plutão na Casa 10 (Lua na 4), as questões principais são as seguintes: notará um maior desejo de liberdade pessoal e uma tentativa de afastar de si os assuntos mais rotineiros; poderá sentir necessidade de analisar os seus relacionamentos, havendo o potencial de dissolução de casamentos ou relacionamentos, ou então o reajustamento de situações; pode indicar uma força de vontade muito desenvolvida e um forte impulso de atingir o sucesso. Obviamente, estes sintomas já podem estar a acontecer à algum tempo, dependendo da localização exacta dos planetas nas casas.

B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 1, Úrano e Júpiter na Casa 7 e Plutão na Casa 4 (Lua na 10), as questões principais são as seguintes: a pessoa aceitará melhor o sentido de responsabilidade, imprimindo maior eficácia a tudo o que faz; pode haver propensão a separações, divórcios e fins de sociedades. Também poderá haver a tentação de adultério; deve evitar a todo o custo atitudes dominantes e imperativas sobre a família.

C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 1 (Lua na 7), Úrano e Júpiter na Casa 4 e Saturno e Vénus na Casa 10 as questões principais são as seguintes: esta pessoa passará por processos de transformação muito intensos; vai usar o lar como local de encontro para actividades em grupo e possíveis empreendimentos ocultos ou haver mudanças de residência ou melhoramentos na mesma; talvez se sinta bem, a nível profissional, havendo um potencial de aprendizagem na utilização das energias que envolvem um maior reconhecimento dos outros àquilo que a pessoa faz; também pode acontecer mudanças de emprego ou a empresa para a qual trabalha não lhe prestar o devido reconhecimento.

D ) Com a Lua na Casa 1, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 7, Saturno e Vénus na Casa 4 e Úrano Júpiter na Casa 10, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: a pessoa vai precisar desenvolver uma percepção espiritual mais consciente sobre a necessidade de uma colaboração construtiva com os demais, esforçando-se positivamente para conseguir essa colaboração ou, então, relacionamentos frágeis podem romper-se; poderá sentir profundas responsabilidades familiares, pelo que recomendo que não se afaste emocionalmente da família; haverá uma pré-disposição para ser inovador e mais criativo nas áreas científicas, humanitárias e ocultas, aprendendo a ser mais flexível e até liberal.



CASAS SUCEDÂNEAS 2, 5, 8 e 11:

Os trânsitos nestas Casas Sucedâneas, mostram-lhe os resultados das forças postas em movimento e têm uma influência estabilizadora. Indicam a forma como uma pessoa utiliza os seus recursos e assinalam de que maneira prosseguirá o seu caminho uma vez que tenha iniciado alguma coisa. Conferem equilíbrio e estabilidade.


A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 2, Saturno e Vénus na Casa 8 e Plutão na Casa 11 (Lua na 5), as questões principais são as seguintes: é provável que o dinheiro desapareça tão rápido quanto surgiu, ou que os lucros existam apenas no papel, deve aprender a gerir com cuidado os seus valores; grandes oportunidades de iniciar negócios inovadores ou surgirem rendimentos inesperados; pode proporcionar emoções excessivamente intensas e, algumas vezes, ciúmes e muita possessividade; pode indicar envolvimento com finanças de parcei­ros, dinheiro corporativo, seguros, impostos e heranças, o que sempre traz responsabilidades; será desenvolvido um senso de justiça na utilização de recursos materiais; pode indicar tendências reformistas expressadas nas amizades e associações de grupo; a natureza das motivações é importante uma vez que irá determinar se os associados sentem que a pessoa os está a ajudar ou usá-los.

B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 2, Úrano e Júpiter na Casa 8 e Plutão na Casa 5 (Lua na 11), as questões principais são as seguintes: existe uma necessidade de cultivar as capacidades, os valores e os recursos pessoais a fim de conseguir um sentimento de individualidade; a pessoa pode necessitar encontrar e definir o que para ela é a segurança, em vez de confiar noutras pessoas que lhe proporcionem segurança, dinheiro ou recursos; poderá desenvolver-se o interesse com os mistérios da vida que ultrapassam a simples aparência física visível; interesse por ocultismo, telepatia, vida após a morte e áreas científicas, como a física atómica e multidimensional; poder criativo, manifestado na arte, em envolvimentos amorosos intensos ou filhos talentosos; podem surgir obras de arte inspiradas em níveis de consciência mais elevados.

C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 2 (Lua na 8), Úrano e Júpiter na Casa 5 e Saturno e Vénus na Casa 11, as questões principais são as seguintes: indica uma forte necessidade para adquirir dinheiro e outros recursos materiais; também indica criatividade nas artes, na educação, nos desportos e em todas as áreas relacionadas às crianças; muitas pessoas sentirão que poderiam ser professores ou conselheiros espirituais; existe a possibilidade de envolvimentos românticos inesperados e incomuns, devendo cuidar-se pois estas relações podem terminar inesperadamente, sobretudo se o/a parceiro/a for uma pessoa excêntrica e muito imaginativa.

D ) Com a Lua na Casa 2, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 8, Saturno e Vénus na Casa 5 e Úrano Júpiter na Casa 11, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: uma poderosa influência oculta lida com a compreensão da continuidade da vida e da consciência após a destruição do corpo físico; a necessidade de conhecer o imortal pode manifestar-se como um interesse pela reencarnação, pelo carma, por astrologia, ioga, meditação e outros assuntos ocultos; a percepção dos planos subtis de energia proporciona profundos insights; pode indicar pesadas responsabilidades com filhos ou dificuldades para tê-los; também pode indicar organização e percepção da estrutura nas artes e música; pode indicar uma forte inclinação para o prazer, havendo uma certa natureza romântica; haverá amor pela vida, com um ponto de vista optimista; o romance amoroso torna-se de importância fundamental; podem surgir várias oportunidades românticas; poderá sentir-se popular e querida; pode indicar destaque e posição elevada na profissão; os princípios espirituais, religiosos e éticos são utilizados em contactos de negócios e responsabilidades públicas; em simultâneo, há a possibilidade de mudar de actividade profissional, mudando-se para alguma pouco comum; seja qual for a carreira escolhida, haverá inovações nos métodos e técnicas; grande sentimento de liberalidade.




CASAS CADENTES 3, 6, 9 e 12:

Se os trânsitos caírem nestas casas, terá a percepção da direcção a seguir, ou aquelas a que a pessoa se adapta às condições da sua vida. Infundem impulsos de dispersão ou difusão; diluem as energias no meio ambiente; concedem adaptação ao pensamento. Muito úteis para dar a conhecer os seus projectos.

A ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Úrano e Júpiter na Casa 3, Saturno e Vénus na Casa 9 e Plutão na Casa 12 (Lua na 6), as questões principais são as seguintes: pode indicar que vai estar optimista, filosófica e espiritualmente orientado, demonstrando interesse por educação, filosofia, ensino, religião, comunicação e viagens; sentirá que o pensamento é compatível com as crenças e os tipos dominantes de comunicação da cultura; a sua mente vai vai oferecer-lhe pensamentos incomuns e, sobretudo muito intuitivas; irá sentir-se um livre-pensador e argumentará com opiniões baseadas na experiência directa e em factos científicos; demonstrando que a sua opinião não é influenciada pelos outros; a tendência dominante é utilizar a impessoalidade e a imparcialidade na avaliação de ideias, investigando áreas de interesse pouco comuns; poderá haver muita movimentação e viagens inesperadas; receberá súbitos insigts; não se surpreenda se lhe aparecerem parceiros e outros importantes contactos sociais e românticos vindo por intermédio de escolas, universidades e igrejas, durante longas viagens ou em países estrangeiros; podem ocorrer fortes ligações com estrangeiros ou pessoas de outras raças e religiões; os sistemas de crença são avaliados pelo seu valor prático e pela sua contribuição para a estabilidade social; tendência a procurar acesso ao status e progresso profissional; pode verificar-se algum destaque pessoal por intermédio de realizações nas áreas de educação, filosofia, religião ou espiritualidade; pode indicar a necessidade de regenerar a mente inconsciente, trazendo o seu conteúdo para a consciência, sendo essa manifestação como interesse por psicologia, ocultismo ou misticismo; haverá insights profundos e bastante clarividência; envolvimento com grandes organizações, quer para trabalho, quer para a solidariedade e capacidade para melhorar as condições de vida dos menos afortunados.


B ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Saturno e Vénus na Casa 3, Úrano e Júpiter na Casa 9 e Plutão na Casa 6 (Lua na 12), as questões principais são as seguintes: pode indicar interesse intelectual em actividades artísticas e culturais; haverá tendência para um amor especial pela literatura e pela poesia, e capacidade de se comunicar harmoniosamente por meio da fala — especialmente ao telefone; vai sentir uma grande disciplina mental e bastante senso prático; as ideias são julgadas pela sua utilidade; o discurso é deliberado; poderão acentuar-se maiores habilidades para as matemáticas e as matérias mais científicas; tendência a manifestar amor pela filosofia, pela religião, espiritualidade e pela educação superior; pode surgir e implantar-se, na mente da pessoa, um padrão moral e um sistema de filosofia definidos, pelos quais vão moldar as suas vidas; possibilidade de desenvolver um trabalho espiritual de grande envergadura; haverá um ressurgir de interesse por interessam por astrologia, telepatia, terapias avançadas, ciências ocultas ou a ideia de reencarnação, por exemplo; as pessoas com este posicionamento necessitam dar uma atenção especial às questões da saúde, o que pode ser conseguido mediante o pensamento positivo e hábitos correctos de nutrição; podem estar presentes poderes ocultos de cura e maior envolvimento em curas espirituais.


C ) Se no seu mapa natal tiver os trânsitos de Plutão na Casa 3 (Lua na 9), Úrano e Júpiter na Casa 6 e Saturno e Vénus na Casa 12, as questões principais são as seguintes: este é o grande posicionamento cármico, de enormes limpezas associadas a vidas passadas; as pessoas com esta cruz cadente, podem estar numa fase especial das suas vidas, pois indicar uma mente penetrante, capazes de compreender os motivos fundamentais das experiências e manifestações da vida; irão surgir opiniões fortes, que talvez não consigam expressar, a não ser que possam manifestá-las de maneira eficaz; pode indicar a utilização de métodos estranhos e avançados no seu trabalho; pode haver interesse por formas incomuns, de cura, como terapia do som, medicina homeopática ou curas espirituais; aqueles que estiverem a experimentar diferentes tipos de dieta podem estar sob a influência particular desta cruz nas casas cadentes; poderá haver relacionamentos amigáveis, mentalmente estimulantes com colaboradores, empregados e patrões; e o oposto também pode ocorrer, se o posicionamento for desarmonioso; os contactos pessoais e sociais com frequência são reservados, e podem ocorrer casos secretos de amor; a timidez social pode levar à solidão ou à frustração romântica; poderá passar muito tempo em isolamento ou trabalhando nos bastidores de grandes instituições, como hospitais, universidades, corporações e órgãos governamentais; poderá desenvolver trabalho pode ser realizado na área da psicologia ou em instituições de caridade. Fortes limpezas cármicas durante este trânsito.

D ) Com a Lua na Casa 3, terá os seguintes trânsitos - Plutão na Casa 9, Saturno e Vénus na Casa 6 e Úrano Júpiter na Casa 12, pelo que as questões principais poderão ser as seguintes: pode indicar interesse pela regeneração dos sistemas legais, educacionais, morais e filosóficos; isso manifesta-se na capacidade para perceber as causas fundamentais dos problemas relacionados à ordem social mais ampla; a intuição estará muito aumentada e nestas questões ainda é mais desenvolvida, proporcionando profundos insights sobre o futuro da humanidade e as suas instituições; pode haver a capacidade de liderança espiritual; pode indicar actividades sociais e envolvimentos românticos estabelecidos no trabalho que, geralmente, está ligado a actividades artísticas ou acontecimentos sociais; são típicos o amor pelo trabalho e relacionamentos harmoniosos e amigáveis com colaboradores, empregados e patrões; pode indicar capacidade para o trabalho árduo e eficiência no emprego; o trabalho é levado a sério, e muito conhecimento e habilidades específicas são adquiridos; geralmente surgem pesadas responsabilidades no trabalho, e uma atitude séria com relação aos cuidados com a saúde. Recomendo a todas as pessoas com esta cruz cadente que consultem os seus médicos e façam os seus exames, sem descurar nada sobre esta matéria; consoante as particularidades do mapa natal de cada pessoa, este posicionamento pode conduzir a alguma debilidade no sistema de saúde; faça os seus exames médicos de rotina, para ficar descansado sobre este assunto; este trânsito vai mostrar o seu interesse pela busca espiritual interior por meio do isolamento, da meditação e do estudo introspectivo; o misticismo e a intuição podem ser predominantes, dependendo do mapa natal de cada um; poderá haver uma profunda compaixão pelos mais necessitados.

Para aprofundar sobre a Lua, clique aqui.

Aviso: Existem outras variações para esta cruz, que por serem muitas e demasiado precisas, não foram analisadas neste artigo. Exemplo: Úrano na Casa 12 e Júpiter na Casa 1. Aqui estaríamos a falar de uma mistura de Casas Angulares e Casas Cadentes. Outro exemplo: Úrano estar na Casa 2 e Júpiter na Casa 3. Aqui estaríamos a falar de uma mistura de Casas Sucedâneas e Casas Cadentes. As variações são inúmeras e isso requer uma análise pessoal ao mapa.

Muito agradecido pela paciência em ter lido este texto.


António Rosa
www-nova-lis.com


Leia também a Parte 1 e a Parte 2 desta série
Recomendo vivamente a leitura do post
«Grande Cruz 2010, o que significa esta cruz?», do blogue da minha amiga Astrid Annabelle, do «Navegante do Infinito».
Também da Astrid, foi publicado novo texto sobre o tema: «Grande Cruz 2010 - A Conexão Atlante»

34 comentários:

Fada Moranga disse...

"Plutão na Casa 3 (Lua na 9), Úrano e Júpiter na Casa 6 e Saturno e Vénus na Casa 12, as questões principais são as seguintes: este é o grande posicionamento cármico, de enormes limpezas associadas a vidas passadas..."

Querido António, se me apanho em 2011 até penso que é mentira! ;-)

Um grande bem haja por este texto - precioso!!!
Beijos***deFada

Anónimo disse...

Muito bom António, fantástico trabalho !

Na parte que me toca coincide sim :)))

Considerei Saturno/Urano na 2/8, mesmo estando a passar no final da 1/7 é essencialmente na 2/8 que os estou a sentir. Fica a cruz toda nas casas sucedâneas.

Beijinho,

Joana

Anónimo disse...

(...)
bem... vendo melhor também os sinto na 1/7. É dose dupla :)))

Beijinho,

Joana

Anónimo disse...

Se você não fosse tão chato com essa mania de dar conselhos aos anónimos criaria essa tal identidade, mas assim não crio.

Não percebo destas coisas de casas, tenho o meu mapa, feito por um grande astrólogo, pessoa que acarinho e respeito, mas nem olho para ele porque não entendo e não me interessa. No entanto, gosto de vir cá ler e ult
imamente tem escrito uns textos muito bons.

Você tem sido uma ajuda preciosa nestes tempos de à beira do abismo para mim.

NO NAME

António Rosa disse...

Fada querida

Este artigo deu-me um trabalhão imenso e deixou-me muitas dúvidas, se valeria a pena publicar. Mas algo dentro de mim impulsionava-me a terminá-lo, pois durou muitos dias a criá-lo.

Muito agradecido pelo apoio. Ouvir da tua parte a classificação de 'precioso', fez um imenso bem à minha alma e um bocadinho, também, ao ego.~

:)))

Beijo de gratidão

António Rosa disse...

Joana linda

Nem preciso dizer nada de especial, pois tu mesma percebeste que tens influência das duas cruzes: a cardinal e a sucedânea. Tarefa gigantes ca a tua.

Tudo de bom. E muito agradecido pelo apoio ao texto.

Beijinho

António Rosa disse...

Estimada anónima NO NAME,

O seu comentário foi muito divertido e oportuno. Gostei de saber que tenho esta mania de dar conselhos ao 'anónimos'. :)))))

Não vou desistir dessa ideia, tão cedo.

Muito, mas muito agradecido pelas apreciações e receba um grande abraço.

Astrid Annabelle disse...

Bom dia António!
Quanta coisa para estudar e refletir!
Que trabalho maravilhoso fez aqui...vou ficar um bom tempo estudando tudo com muita atenção.
É uma senhora aula!
Eu fiquei encantada...
Um beijo grande e muitíssimo agradecido.
Astrid Annabelle

Fada Moranga disse...

Eu repito, para a Alma - PRECIOSO!!!

A minha Alma agradece este post.
Jupiter e Urano têm estado ultimamente e continuarão conjuntos ao meu Quiron. Sinto que é uma grande oportunidade de cicatrização. É muito material junto! ;-)

Bem haja mais uma vez e um grande beijo*deFada

António Rosa disse...

Astrid

Mito obrigado pela sua apreciação. O artigo foi sendo escrito ao longo de vários dias, foi uma espécie de pressão para o fazer, apesar de eu me ter recusado durante alguns dias. Mas cada vez que me recusava, tornava-se imperioso falar para as pessoas que comuns, que nada sabe de astrologia, o que não é o seu caso, pois a Astrid é já uma estudante/praticante avançada.

Muitos beijo e grande xi-coração.

Adelaide Figueiredo disse...

António,

Belo trabalho!
Quanto ao que me toca há questões que sinto mais do que outras como é normal. Nem todos sentimos com a profundidade exacta porque o nosso mapa é um todo. De qualquer modo bastante correcto pelo lado que me toca.
Este post será uma ajuda para muita gente e pela minha parte muito grata por tudo o que escreveu.

Bom fim-de-semana.

Abraço

António Rosa disse...

Adelaide

Muito agradecido pelas palavras generosas.

Sabe tão bem como eu que estes textos não são fáceis, sobretudo para quem não domina a arte astrológica. Mas a intenção é mesmo essa: ajudar. Depois, cada um que desenvolva o mais que puder e quiser.

Bom fim-de-semana.

Tereza Kawall disse...

Bom dia Antonio, que beleza de artigo, parabéns pela dedicação e pelo estudo, muito útil,
que todos façam bom proveito, grata
Tereza Kawall

Maria Izabel Viégas disse...

Amigo querido,
É extremanente importante o estudo que estás fazendo nesta Série Grande Cruz.
Primeiro citaste o que havia na Blogosfera, sempre dando o seu parecer altamente abalisado.
Esta parte 3 está magnífica.
Tu colocas o tema sem o ranço das publicações sem o saber astrológico. è o que sempre me encanta na Astrologia feita com um enfoque elucidador e não sensacionalista.
Fiz no Memórias links teus pois teu trabalho me encanta!
Obrigada, Senhor do Anel de Corações!
Vou analisar no meu mapa(já vi por alto) e volto para dar meu testemunho!
Teus posts tem estado magníficos!!!
Beijos

angela disse...

Vou seguir suas indicações e ler os outros textos para tentar entender. Um trabalho e tanto esse seu, feito com muito capricho e amor.
beijos

António Rosa disse...

Tereza

Muito agradecido pela gentileza, desejando eu, também, que possa ser útil a quem não tenha conhecimentos de astrologia.

Grato.

António Rosa disse...

Maria Izabel

Não gosto de ser sensacionalista em astrologia, pois tal como tu, quero diferenciar-me dos maus profetas, pois apenas somos astrólogos e isso, significa um intenso estudo durante anos e anos e sempre a aprender.~

Muit obrigado e muitos beijos

António Rosa disse...

Ângela

Espero que possa ser útil.

Um grande beijo e muito obrigado.

Astrid Annabelle disse...

Uauuuuuu!!!
Música!!!
Olha que faz tempo que não vejo isso por aqui!!!
António, fiquei honrada com este link e com a maneira que recomendou!
O Google Search vai acabar decorando os nossos nomes!!!!rsss
Fiquei aqui até a música tocar toda..gostei muito...não conhecia...
Uma curiosiade feminina...só queria saber quem é a vítima??!!!!rsss
Beijo grande e agradecido.
Astrid Annabelle

Maria Izabel Viégas disse...

Realmente NOVIDADE como a Astrid comentou!!! Pobre da sua escolhida!rssss Cuidado, é a música dos vampiros teen. Help -nos!
Já vi que o mocinho é do tempo do rock and roll, yes! Amei! Todos colocam mantras e vc, parte para o inovador.
António, fora a brincadeira, quando vc diz somos astrólogos,eu não me incluo, pois ando muito down em astrologia.Acho que desaprendi ;(
Mas, as casas que já estão há algum tempo sendo "remexidas" são as mutáveis. Tudo a me obrigar a ser mais conduzida , tem acontecido situações que o aprendizado é: não lutar contra a correnteza. procurar apenas não afundar. Nisso meu capricornio e escorpião não deixam correr fácil.
casa 3 e 9, especialmente com Urano, Jupiter na 3 sobre o sol e mercurio. Qdo sofri o acidente, Urano estava cravado no sol, grau exato! ESstou sim, me dando mais tempo, e quanto à religiosidade e filosofia de vida refletindo muito sobre Tudo. pareço um livro em que páginas estão sendo reescritas. Colho o melhor e o que me faz bem à alma.
Interessante, a casa 12, estou sempre conectada. mas na 6(em gemeos), me acidentei, perdi minha cadela linda, e estou , claro, com a locomoção bem mínima. Olhando esta cruz , já tendo feito regressão a vidas passadas, certa estou do processo de limpeza cármica. Amigos me dizem , mas no mapa e aliado à TVP, tenho certeza!
O que faço para voltar a saber astrologia, mestre? estou muito burrinha ;))
Muito agradecida António!
Vou analisar o mapa dos meus filhotes.
Beijos n'alma!

Luan Ramos disse...

Antônio

Belo trabalho sobre a quadratura T

já comecei á sentir há um certo tempo as influências dessa quadratura, só me recordei agora quando li suas previsões. Incrível isso!

Abraço.

António Rosa disse...

Astrid

É verdade, faz tempo que não punha aqui música no blogue, mas encontro-me numa fase bem 'radical' (ao meu jeito e com 61 anos) a desejar coisas novas, diferentes.

Esta música pareceu-me a adequada, para os tempos que vivemos. Foi inspirada na trilha sonora da série de tv «True Blood», e como tenho andado a preparar 2 posts sobre coisas parecidas, tenho-me inspirado na musica.

Não há vítimas. As bad things podem ser coisas saborosas, depende muito da nossa capacidade de 'julgar' :)))

Beijos

Beijos

António Rosa disse...

Maria Izabel

Sim, dizem-me que é uma música para teens. Mas como gosto de da cultura pop que trata dos vampiros, a coisa fica sem idade. Já estou cansado de mantras e equivalentes.

As peripécia porque passamos com esta grande cruz a activar ao máximo tem-me deixado louco. A minha editora não está a conseguir manter-se em pé. Imagina, Plutão na 8, Lua na 2, etc. Está tudo a ficar pedra sobre pedra.

Beijos

António Rosa disse...

Luan

Muito agradecido elo teu testemunho, meu querido.

Abraço

Astrid Annabelle disse...

Pois é António!
"podem ser coisas saborosas, depende muito da nossa capacidade de 'julgar' :)))
Quanto a isso não tenho a menos dúvida!!!:)))
Eu adorei a música e assim como você não ando muito na freqüência dos mantras...
Beijos
Astrid Annabelle

Sandro Gomes disse...

Excelente post!

Bem descrita a situação de minha esposa nas angulares. Minha situação é 80% de angulares e 20% de sucedâneas. Muito obrigado.

Abraços

Sandro Gomes

marcelo dalla disse...

Amigo querido!!! Concordo com tudo o que os nossos colegas já disseram. Um texto rico e precioso, feito com amor e capricho! Levo comigo para estudá-lo e usá-los em minhas consultas.

Quanto ao meu mapa natal, tenho Jupiter e Lua na 7, em Câncer. Acontece tudo o que disse comigo. Passo pro um processo de trnsformação intenso.
bem haja!!!
um grande abraço

António Rosa disse...

Astrid

Ainda bem que achou útil o texto. Quanto à música vai durar pouco tempo, pois foi apenas uma coisa que me deu para animar um pouco o blogue.~~

Beijo.

António Rosa disse...

Caro Sandro,~~

Adorei o feedback que fez. Grato.

Abraço.

António Rosa disse...

Marcelo

Muito agradecido pelas palavras. Também sei o que é estar a passar por um intenso processo de transformação. Pode chegar a ser difícil... mas tem que ser.

Abraço.

IdoMind disse...

Querido António

Só agora tive oportunidade de vir vasculhar a Cova. Comecei a ouvir música e olhei logo lá para cima, para a barra de endereços porque de certeza que me tinha enganado.Mas era mesmo a Cova do Urso, toda cheia de frescura! Gostei muito do visual novo.

Quanto a esta tal Grande Cruz comecei a ler a Parte I e pensei " Isto vai ser mesmo grande".
Toda entusiasmada fui ler a Parte II. " Isto vai mesmo ter influências a sério".
Ainda mais curiosa fui ler a Parte III...
E tomei a sensata decisão de emigrar para o Tibete até 2014! Pelo menos!

O meus parabéns pelo trabalho estruturado e coerente que desenvolveste nestes 3 posts. A informação prende. Mesmo quem não entende de astrologia como eu. Dá vontade de saber mais...Os textos são longos mas não nos apercebemos e até se lia mais um bocado.
Isto é boa informação. Na minha modesta opinião.

Olha agora resta-me esperar para ver os estragos que esta cruz irá fazer e reunir força para os reparar.

Mais uma vez obrigado. Muito boa esta mini-série da Grande Cruz

beijinhosss

António Rosa disse...

Querida IdoMind

Receber um elogio tão grande da tua parte é como o sol a entrar e a espalhar a sua luz.

Fico muito agradecido e já agora, vou de boleia contigo para o Tibete.

Beijos.

Dunyazade disse...

Muito, muito bom. Vou colocar parte no meu blog, com um link directo para o seu excelente texto (espero que não se incomode :)

Estava a tentar perceber a minha próxima Revolução Solar - e aqui está muito bem explicada (de certo modo).

Diana disse...

Rosa
Pois foi sempre assim que te tratei, nada é por acaso e ainda estou em choque...
O meu nome é Diana e trabalhamos ao mesmo tempo na Europa América não sei se te lembras de mim mas eu não esqueci.
Devia era estar noutro planeta pois não fazia ideia dos teus interesses...
Estou a adorar tudo e em busca de outro tanto.
Um xi coração

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates