À minha amiga sagitariana

12 de janeiro de 2009 ·

Minha querida sagitariana, este texto é para ti, já que tantas vezes me escreves a falar nas tuas desilusões amorosas e parece que ainda não percebeste que eu não gosto de fazer sinastrias. Mas como tu ainda pertences àquele numeroso grupo de pessoas que se contentam com o signo solar, aqui te deixo umas linhas para te entenderes um pouco melhor. Desde já te digo que tu não és inteiramente a pessoa que descrevo a seguir, pois este texto é apenas uma parte ínfima do teu mapa natal. Mas se isto te deixar feliz, e se com isso, evitares continuar a viver o teu corpo de dor, aqui ficam estas linhas mal alinhavadas.

A mulher Sagitário é arrojada, corajosa e muito inconstante, ama a aventura da vida e sente um enorme prazer em expandir-se para lá dos horizontes. Esta tua característica é um ponto forte em tudo aquilo que fazes, especialmente no amor, que tanto te consome.

És muito alegre e extrovertida, e sabes animar o teu parceiro e adoras dar umas boas gargalhadas. A independência é fundamental para que te sintas feliz e possas manter o respeito e o amor pelo teu parceiro amoroso. És dotada de um forte entusiasmo que contagia tudo à tua volta e o teu forte sentido de independência pode fazer com que procures viver o romance sem barreiras ou preconceitos. Dotada de sentimentos fortes possuis uma sensualidade e uma ousadia únicas.

A tua sede de conhecimento faz com que o ambiente familiar seja sempre animado de grandes discussões intelectuais. Como tens paixão pelos desportos estás sempre a estimular a tua família e amigos para praticá-los, inclusive os mais radicais.

Embora necessites de liberdade és dotada de fortes sentimentos para com os teus companheiros e fazes tudo para que a relação seja agradável e divertida. A sinceridade é a tua marca registada e dizes sempre o que pensas, mas como és muito diplomata tens uma forma especial de transmitir o que pensas aos outros sem os ferir.

A tua paixão em conheceres lugares e pessoas faz que as tuas relações amorosas possam sofrer uns abanões pois o teu sentido de independência e a tua natureza exploratória pode levar-te a seres infiel. Sabes bem do que falo. No entanto, quando assumes um compromisso tens em ti a chama suficiente para igualmente não te deixares levar por ligações mais liberais e ocasionais. Isso que tanto fazes, não és tu, mas sim, e repito-me, o teu corpo de dor a funcionar e que na tua cabecinha linda confundes como sendo tu própria.

O que um homem de outro signo deve ter em conta quando se apaixonar ou se interessar por ti:

Que esteja aberto para viver todas as emoções ao lado de uma sagitariana, pois precisa de liberdade assim com do ar que respira, por isso o homem deve evitar demonstrações de ciúmes ou de sentimentos de posse. Mostre-se uma pessoa alegre e extrovertida, não procure chamar a atenção da sagitariana contando os seus problemas, pois ela não se sente bem a conviver diariamente com pessoas problemáticas e sempre em baixo.

Se quer mesmo conquistar esta minha amiga sagitariana recomendo que se mostre activo e independente, não a solicite para resolver os seus problemas pessoais. Convide-a para um fim-de-semana para um passeio no campo ou na praia, pois ela vai ficar encantado. Já que estamos com neve em certas regiões do país, leve-a a um passeio desses.

Não faça qualquer tipo de chantagem emocional com ela, pois ela sairá correndo da relação. Saiba ter uma conversa animada e divertida, a mulher de Sagitário adora tudo o que é diversão e uma boas gargalhadas. Saiba ser romântico com uma doce brincadeira, pois esta minha amiga vai achá-lo entusiasmante.

Não se revele ciumento, o melhor é não sê-lo, pois ela não gosta de sentimentos de posse nem que joguem com os seus sentimentos. Se você tiver um carácter possessivo então será melhor não se apaixonar por ela.

Cara sagitariana, imprime esta parte destinada aos homens que conheces e vais conhecendo, acrescenta uns pozinhos de "pirilipimpim". Agora, deixa-me uns tempos a cuidar das minhas coisas. Quando acreditares no teu mapa natal completo, podes aparecer e... não te cobrarei nada.

31 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...
12 de janeiro de 2009 às 14:07  

À amiga do António,

Todos temos desilusões. Mas o que me parece no teu mapa, tens potencial para te encontrares, como SER e não com desilusões repetitivas de ESTAR!

Vive em plenitude.

Maria Paula

Lucy disse...
12 de janeiro de 2009 às 15:38  

António,
Uau!!! Também sou sagitariana e tua amiga - serviu-me que nem uma luva. Será que se aplica a qualquer sagitariana?

Gostei de saber... e sem cobrares nada. (lol)

Beijoca

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 16:12  

Maria Paula

Belo conselho.

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 16:14  

Lucy,

Não és tu, como bem sabes, pois não tens o hábito de me contares as tuas desilusões amorosas.

Mas se consideras o texto útil pata ti mesma, fico feliz por isso.


Beijoka.

Astrid Annabelle disse...
12 de janeiro de 2009 às 17:54  

Olá António!
Parabéns por seu blog...sempre excelente!!!
E pela inauguração da Escola!!! Sucesso e sorte...é um lindo trabalho!
Li seus ultimos posts com os devidos comentários...
Aos poucos vou voltar as minhas atividades na net...preciso um pouco de tempo para me acostumar novamente com o ritmo em que andava.
Pelo jeito anda frio por aí e por aqui um calor imenso...então receba um pouco desse calor + chá + rabanadas!!! rs,rs,rs...
Um beijão.
Astrid

P.S. tem resposta no meu blog para você.

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 18:49  

Astrid

As tuas palavras são bálsamo para o meu coração. Ainda há muito a fazer no novo site, mas agora é uma questão de se ir fazendo sem pressa e sempre melhorando.

Bom retorno à realidade virtual.

Beijo

António

Lucy disse...
12 de janeiro de 2009 às 19:42  

Claro que sabia que não era para 'mim', mas muito do qe escreveste se 'aplica'. (lol)

Há muito que deixei de ter as 'ilusões amorosas' - logo não é possível contar 'desilusões'.

Será este o sinal da 'menopausa definitivamente instalada'?

Bem, sr. Astrólogo... agradeço toda a informação que, espontaneamente, vou colhendo.

Beijoca, aussi.

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 19:58  

Lucy

É sempre um prazer conversar contigo. Como já deves ter aprendido com a vida, as tais ilusões amorosas são uma forma que o nosso corpo de dor emite para o nosso ego não desabar de infelicidade.

Só que, nós não somos o nosso corpo de dor. Somos simplesmente amor.

Hoje estou demasiado metafísico.

Beijikas

Gi disse...
12 de janeiro de 2009 às 20:57  

Antonio, quando o Sol entrar em Áries, faça um assim para as arietinas! ;-))

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:14  

Gi,

Você conseguiu arrancar-me uma bela e saudável gargalhada com a sua frase. Ri-me com gosto. Vou tentar não me esquecer.

Fada Moranga disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:18  

Que rico texto!

Ate parece que vejo o Antonio de servico ao Confessionario! Oh Antonio ponha aqui uma maquina de senhas! :-))

Um grande beijo* e saudinha

PS: E se estudassemos a amiga Sagitariana no forum?

Dunyazade disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:27  

Essa da chantagem emocional fez-me sorrir: sou lua em sagitário e ODEIO que me façam isso. É a Pior coisa que me podem fazer - porque é uma forma de me obrigarem a determinados sentimentos, obrigarem-me a senti-los e, depois, a actuar tendo em conta esses sentimentos forçados. É obrigar 2 vezes - o que eu Detesto!

Se não é indiscrição (se poder dizer, claro), esta sua amiga... ela por acaso tem:
- ou a lua na casa 5,
- ou a lua em aspecto a neptuno?

(De repente pensei numa quadratura em T com Lua, Vénus, Neptuno... tê-la-á?)

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:29  

Fada,

Essa minha amiga é uma mulher maravilhosa e parece não gostar de se expor, no entanto usa muito os emails. Estou farto de lhe dizer que isso não é de uma sagitariana, mas sim porque tem Saturno em scorpio. Ela diz que são manias minhas. Ela é uma querida.

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:32  

Dunyazade

Tem a Lua em Balança em quadratura a Neptuno, que está na 5.

:):) Andou lá muito perto, heim?! Gostei.

Fada Moranga disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:40  

Amiga Sagitariana do Antonio,

eu que sou Escorpiao, com Lua em Balanca e Venus conjunta a Jupiter, compreendo-a perfeitamente. Mas, para grandes males, grandes remedios - os padroes cortam-se pela raiz! Digo eu, que adoro sinastrias :-)

Bem hajam Antonio e a amiga Sagitariana

adelaide figueiredo disse...
12 de janeiro de 2009 às 21:57  

Olá António

Gostei do seu texto que irá ajudar muito a sua amiga.
Isto agora é uma reflexão minha. Será que esta sua amiga ainda não percebeu que o que se passa com ela é um pouco o que se passa com todo o mundo, de uma maneira ou de outra, sendo sagitariana ou balança, ou de outro signo qualquer? :) Só que as reações dos homens e das mulheres podem ou não equilibrarem-se ou então não darem certo. É preciso é seguir em frente e tentar ser feliz :)

Abraço

Adelaiode Figueiredo

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 22:23  

Fada

Sabes que nunca consegui entender o fascínio que as sinastrias exercem nas pessoas?

:)

Tenho a impressão que deve ser por causa daquela coisa das «almas gémeas». Nunca saberei a razão.

António Rosa disse...
12 de janeiro de 2009 às 22:24  

Adelaide

Já recebi notícias da minha amiga ao post. Diz que vai imprimmir e plastificar e andar com isso na carteira. Achei-lhe imensa graça.

Abraço.

Fada Moranga disse...
12 de janeiro de 2009 às 22:36  

Mas oh Antonio, nao acha que as sinastrias podem ajudar a compreender os relacionamentos familiares e porque atraimos determinado tipo de pessoas?

Fada Moranga disse...
13 de janeiro de 2009 às 01:40  

So mais uma coisinha, amiga Sagitariana do Antonio,

recomendo-lhe este livro (e a toda a gente!):

"A Verdade sobre os Grandes Casamentos" da Dra. Robin L. Smith, Lua de Papel, Edicoes ASA

ou na versao original

"Lies at the Altar", Hyperion Books

Esta Dra Robin nao sabe de Astrologia mas eh especialista do mais alto gabarito em relacionamentos. :-)

Bem haja amiga Sagitariana!

António Rosa disse...
13 de janeiro de 2009 às 08:20  

Fada Moranga

Para mim é absolutamente indiscutível o valor astrológico de uma análise de sinastria.

Detesto fazê-las por outra razão muito humana: excepto 2 vezes (memoráveis por certo) em que me apareceu em consulta o casal, as demais ocasiões foram sempre mulheres que solicitaram siniastrias, SEM O CONHECIMENTO da outra parte do casal.

Ao dizer "outra parte do casal" quero clarificar que acontceu quer com mulheres hetrosessuais, quer com mulheres lésbicas. A mentalidade é a mesma!!

Acho isso feio: usarem um conhecimento astrológico do «outro» ou «outra» sem que tenham autorizado tal demananda.

Não sei se me expliquei bem.

António Rosa disse...
13 de janeiro de 2009 às 08:21  

Fada

Hoje em dia não conheço nenhuma relação que não esteja a passar por uma crise.

Parece que a teoria das almas gémeas está a ficar em farripas.

Anónimo disse...
13 de janeiro de 2009 às 11:04  

Olá Maestro!
Ontem estive a ouvir, depois de mais de 2 anos, a cassette que trouxe da consulta que tive contigo em 2006. Parabéns, és mesmo um excelente Astrólogo...
Sabes, não me interesso muito por Astrologia, em muito jovem, sim, mas depois desinteressei-me, no entanto devo ter algum, digamos, fascínio, por essa arte, porque além da tal consulta, insisto em vir aqui e, não contente com isso, vou comentando. Tenho estado de baixa, daí também o ter-me lembrado de ir à procura da cassette, já que não vou trabalhar.
Pois é, afinal a Astrologia é muito mais do que me parecia... Confesso que estou um bocado desconcertada, e, repito, és mesmo muito bom nessa arte/ciência. Isto não é para para te adular.
Quanto à análise à tua amiga Sagitariana, soube-me a pouco, isso pode-se ler em qualquer livro razoável de Astrologia. Sorry :)

A tua amiga (eufemísticamente falando),

Escorpiã

(Que também usa assinar nada, Anónima, Rosinha dos Limões...)
Arriverdecci,Maestro!

Anónimo disse...
13 de janeiro de 2009 às 11:06  

H aim!: o que são sinastrias?
Sou eu oura vez

António Rosa disse...
13 de janeiro de 2009 às 11:40  

Rosinha dos Limões

(Ao fim de muito tempo fez-se luz na minha cabeça)

Grande pachorra a tua o ouvir uma cassete que tem 2 anos. De qualquer forma, muito obrigado pelas palavras simpáticas.

Tenho consciência que sou um excelente astrólogo. (Neste momento isto é uma co-criação pessoal). Também tenho consciência que a maioria das vezes, nas minhas consultas, sou bastante útil a quem me procura.

Por outro lado, há um facto muito curioso na minha actividade astrológica: após feita a consulta, a mente faz um «reset» e esqueço-me do que foi dito e gravado em cassete.

Isso tem-me trazido muitos momentos menos luminosos, pois a maioria das pessoas acredita que eu me lembro do que disse, quando na verdade já não me recordo. Imagina a quantidade de vezes que tem acontecido encontrar-me em eventos com pessoas que se aproximam e dizem coisas sobre consultas havidas nos últimos 5 anos e eu não sei do que estão a falar.

Também tenho tido consultas péssimas. Recordo-me que com uma pessoa, ao fim de 20 minutos, disse-lhe: não consigo continuar a consulta, pois não estou a sintonizar consigo. A pessoa ficou bera e gritou. Foi uma cena!

Quanto à minha amiga sagitariana (uma jovem com 37 anos) ela é assim mesmo - nunca leu um livro de astrologia.

Eu próprio no texto, advirto dessa questão, de ser pouco, pois é necessário analisar o mapa completo.

Sinastria é uma técnica astrológica em que se conjugam as análises de 2 pessoas diferentes. É muito usada para os relacionamentos, ou para sociedades, pais e filhos, etc.

Abraço

António Rosa disse...
13 de janeiro de 2009 às 11:42  

Acho muito curioso que este post tenha, aparentemente, atraído tantos comentários, quando pessoalmente, considero um artigo de muito menor qualidade.

Mas ainda bem que as pessoas têm comentado porque gosto de as ver cá por casa.

Anónimo disse...
13 de janeiro de 2009 às 11:50  

"Por outro lado, há um facto muito curioso na minha actividade astrológica: após feita a consulta, a mente faz um «reset» e esqueço-me do que foi dito e gravado em cassete."

A tua mente é amiguinha. Terias que ter práí uma memória de vários elefantes para te lembrares. Acho que seria muito desagradável e cansativo ficares com essas memórias todas.
Grata pela resposta. A gente vai-se vendo, quem sabe numa 2ª consulta. Caramba, és bom, mesmo! Recomendo.
E pronto, já que engraçaste com o nome:
Rosinha dos Limões:)
Abraço

António Rosa disse...
13 de janeiro de 2009 às 15:40  

:)

Fada Moranga disse...
15 de janeiro de 2009 às 00:25  

Sim Antonio, foi muito claro e concordo que as 2 pessoas deverao estar presentes na consulta, ou pelo menos que haja conhecimento e permissao da outra pessoa. Acredito que a sinastria podera ser muito util numa terapia de casal ou familiar.

Quanto a almas gemeas... Eu sou teimosa - acredito no Amor e em Contos de Fadas! :-)

António Rosa disse...
15 de janeiro de 2009 às 13:27  

Fada

Já nãos és uma fada em aprendizagem. Já és uma FADA completa e em plenitude.

Beijinho

Fada Moranga disse...
15 de janeiro de 2009 às 17:45  

:-)))********

12 de janeiro de 2009

À minha amiga sagitariana

Minha querida sagitariana, este texto é para ti, já que tantas vezes me escreves a falar nas tuas desilusões amorosas e parece que ainda não percebeste que eu não gosto de fazer sinastrias. Mas como tu ainda pertences àquele numeroso grupo de pessoas que se contentam com o signo solar, aqui te deixo umas linhas para te entenderes um pouco melhor. Desde já te digo que tu não és inteiramente a pessoa que descrevo a seguir, pois este texto é apenas uma parte ínfima do teu mapa natal. Mas se isto te deixar feliz, e se com isso, evitares continuar a viver o teu corpo de dor, aqui ficam estas linhas mal alinhavadas.

A mulher Sagitário é arrojada, corajosa e muito inconstante, ama a aventura da vida e sente um enorme prazer em expandir-se para lá dos horizontes. Esta tua característica é um ponto forte em tudo aquilo que fazes, especialmente no amor, que tanto te consome.

És muito alegre e extrovertida, e sabes animar o teu parceiro e adoras dar umas boas gargalhadas. A independência é fundamental para que te sintas feliz e possas manter o respeito e o amor pelo teu parceiro amoroso. És dotada de um forte entusiasmo que contagia tudo à tua volta e o teu forte sentido de independência pode fazer com que procures viver o romance sem barreiras ou preconceitos. Dotada de sentimentos fortes possuis uma sensualidade e uma ousadia únicas.

A tua sede de conhecimento faz com que o ambiente familiar seja sempre animado de grandes discussões intelectuais. Como tens paixão pelos desportos estás sempre a estimular a tua família e amigos para praticá-los, inclusive os mais radicais.

Embora necessites de liberdade és dotada de fortes sentimentos para com os teus companheiros e fazes tudo para que a relação seja agradável e divertida. A sinceridade é a tua marca registada e dizes sempre o que pensas, mas como és muito diplomata tens uma forma especial de transmitir o que pensas aos outros sem os ferir.

A tua paixão em conheceres lugares e pessoas faz que as tuas relações amorosas possam sofrer uns abanões pois o teu sentido de independência e a tua natureza exploratória pode levar-te a seres infiel. Sabes bem do que falo. No entanto, quando assumes um compromisso tens em ti a chama suficiente para igualmente não te deixares levar por ligações mais liberais e ocasionais. Isso que tanto fazes, não és tu, mas sim, e repito-me, o teu corpo de dor a funcionar e que na tua cabecinha linda confundes como sendo tu própria.

O que um homem de outro signo deve ter em conta quando se apaixonar ou se interessar por ti:

Que esteja aberto para viver todas as emoções ao lado de uma sagitariana, pois precisa de liberdade assim com do ar que respira, por isso o homem deve evitar demonstrações de ciúmes ou de sentimentos de posse. Mostre-se uma pessoa alegre e extrovertida, não procure chamar a atenção da sagitariana contando os seus problemas, pois ela não se sente bem a conviver diariamente com pessoas problemáticas e sempre em baixo.

Se quer mesmo conquistar esta minha amiga sagitariana recomendo que se mostre activo e independente, não a solicite para resolver os seus problemas pessoais. Convide-a para um fim-de-semana para um passeio no campo ou na praia, pois ela vai ficar encantado. Já que estamos com neve em certas regiões do país, leve-a a um passeio desses.

Não faça qualquer tipo de chantagem emocional com ela, pois ela sairá correndo da relação. Saiba ter uma conversa animada e divertida, a mulher de Sagitário adora tudo o que é diversão e uma boas gargalhadas. Saiba ser romântico com uma doce brincadeira, pois esta minha amiga vai achá-lo entusiasmante.

Não se revele ciumento, o melhor é não sê-lo, pois ela não gosta de sentimentos de posse nem que joguem com os seus sentimentos. Se você tiver um carácter possessivo então será melhor não se apaixonar por ela.

Cara sagitariana, imprime esta parte destinada aos homens que conheces e vais conhecendo, acrescenta uns pozinhos de "pirilipimpim". Agora, deixa-me uns tempos a cuidar das minhas coisas. Quando acreditares no teu mapa natal completo, podes aparecer e... não te cobrarei nada.

31 comentários:

Maria Paula Ribeiro disse...

À amiga do António,

Todos temos desilusões. Mas o que me parece no teu mapa, tens potencial para te encontrares, como SER e não com desilusões repetitivas de ESTAR!

Vive em plenitude.

Maria Paula

Lucy disse...

António,
Uau!!! Também sou sagitariana e tua amiga - serviu-me que nem uma luva. Será que se aplica a qualquer sagitariana?

Gostei de saber... e sem cobrares nada. (lol)

Beijoca

António Rosa disse...

Maria Paula

Belo conselho.

António Rosa disse...

Lucy,

Não és tu, como bem sabes, pois não tens o hábito de me contares as tuas desilusões amorosas.

Mas se consideras o texto útil pata ti mesma, fico feliz por isso.


Beijoka.

Astrid Annabelle disse...

Olá António!
Parabéns por seu blog...sempre excelente!!!
E pela inauguração da Escola!!! Sucesso e sorte...é um lindo trabalho!
Li seus ultimos posts com os devidos comentários...
Aos poucos vou voltar as minhas atividades na net...preciso um pouco de tempo para me acostumar novamente com o ritmo em que andava.
Pelo jeito anda frio por aí e por aqui um calor imenso...então receba um pouco desse calor + chá + rabanadas!!! rs,rs,rs...
Um beijão.
Astrid

P.S. tem resposta no meu blog para você.

António Rosa disse...

Astrid

As tuas palavras são bálsamo para o meu coração. Ainda há muito a fazer no novo site, mas agora é uma questão de se ir fazendo sem pressa e sempre melhorando.

Bom retorno à realidade virtual.

Beijo

António

Lucy disse...

Claro que sabia que não era para 'mim', mas muito do qe escreveste se 'aplica'. (lol)

Há muito que deixei de ter as 'ilusões amorosas' - logo não é possível contar 'desilusões'.

Será este o sinal da 'menopausa definitivamente instalada'?

Bem, sr. Astrólogo... agradeço toda a informação que, espontaneamente, vou colhendo.

Beijoca, aussi.

António Rosa disse...

Lucy

É sempre um prazer conversar contigo. Como já deves ter aprendido com a vida, as tais ilusões amorosas são uma forma que o nosso corpo de dor emite para o nosso ego não desabar de infelicidade.

Só que, nós não somos o nosso corpo de dor. Somos simplesmente amor.

Hoje estou demasiado metafísico.

Beijikas

Gi disse...

Antonio, quando o Sol entrar em Áries, faça um assim para as arietinas! ;-))

António Rosa disse...

Gi,

Você conseguiu arrancar-me uma bela e saudável gargalhada com a sua frase. Ri-me com gosto. Vou tentar não me esquecer.

Fada Moranga disse...

Que rico texto!

Ate parece que vejo o Antonio de servico ao Confessionario! Oh Antonio ponha aqui uma maquina de senhas! :-))

Um grande beijo* e saudinha

PS: E se estudassemos a amiga Sagitariana no forum?

Dunyazade disse...

Essa da chantagem emocional fez-me sorrir: sou lua em sagitário e ODEIO que me façam isso. É a Pior coisa que me podem fazer - porque é uma forma de me obrigarem a determinados sentimentos, obrigarem-me a senti-los e, depois, a actuar tendo em conta esses sentimentos forçados. É obrigar 2 vezes - o que eu Detesto!

Se não é indiscrição (se poder dizer, claro), esta sua amiga... ela por acaso tem:
- ou a lua na casa 5,
- ou a lua em aspecto a neptuno?

(De repente pensei numa quadratura em T com Lua, Vénus, Neptuno... tê-la-á?)

António Rosa disse...

Fada,

Essa minha amiga é uma mulher maravilhosa e parece não gostar de se expor, no entanto usa muito os emails. Estou farto de lhe dizer que isso não é de uma sagitariana, mas sim porque tem Saturno em scorpio. Ela diz que são manias minhas. Ela é uma querida.

António Rosa disse...

Dunyazade

Tem a Lua em Balança em quadratura a Neptuno, que está na 5.

:):) Andou lá muito perto, heim?! Gostei.

Fada Moranga disse...

Amiga Sagitariana do Antonio,

eu que sou Escorpiao, com Lua em Balanca e Venus conjunta a Jupiter, compreendo-a perfeitamente. Mas, para grandes males, grandes remedios - os padroes cortam-se pela raiz! Digo eu, que adoro sinastrias :-)

Bem hajam Antonio e a amiga Sagitariana

adelaide figueiredo disse...

Olá António

Gostei do seu texto que irá ajudar muito a sua amiga.
Isto agora é uma reflexão minha. Será que esta sua amiga ainda não percebeu que o que se passa com ela é um pouco o que se passa com todo o mundo, de uma maneira ou de outra, sendo sagitariana ou balança, ou de outro signo qualquer? :) Só que as reações dos homens e das mulheres podem ou não equilibrarem-se ou então não darem certo. É preciso é seguir em frente e tentar ser feliz :)

Abraço

Adelaiode Figueiredo

António Rosa disse...

Fada

Sabes que nunca consegui entender o fascínio que as sinastrias exercem nas pessoas?

:)

Tenho a impressão que deve ser por causa daquela coisa das «almas gémeas». Nunca saberei a razão.

António Rosa disse...

Adelaide

Já recebi notícias da minha amiga ao post. Diz que vai imprimmir e plastificar e andar com isso na carteira. Achei-lhe imensa graça.

Abraço.

Fada Moranga disse...

Mas oh Antonio, nao acha que as sinastrias podem ajudar a compreender os relacionamentos familiares e porque atraimos determinado tipo de pessoas?

Fada Moranga disse...

So mais uma coisinha, amiga Sagitariana do Antonio,

recomendo-lhe este livro (e a toda a gente!):

"A Verdade sobre os Grandes Casamentos" da Dra. Robin L. Smith, Lua de Papel, Edicoes ASA

ou na versao original

"Lies at the Altar", Hyperion Books

Esta Dra Robin nao sabe de Astrologia mas eh especialista do mais alto gabarito em relacionamentos. :-)

Bem haja amiga Sagitariana!

António Rosa disse...

Fada Moranga

Para mim é absolutamente indiscutível o valor astrológico de uma análise de sinastria.

Detesto fazê-las por outra razão muito humana: excepto 2 vezes (memoráveis por certo) em que me apareceu em consulta o casal, as demais ocasiões foram sempre mulheres que solicitaram siniastrias, SEM O CONHECIMENTO da outra parte do casal.

Ao dizer "outra parte do casal" quero clarificar que acontceu quer com mulheres hetrosessuais, quer com mulheres lésbicas. A mentalidade é a mesma!!

Acho isso feio: usarem um conhecimento astrológico do «outro» ou «outra» sem que tenham autorizado tal demananda.

Não sei se me expliquei bem.

António Rosa disse...

Fada

Hoje em dia não conheço nenhuma relação que não esteja a passar por uma crise.

Parece que a teoria das almas gémeas está a ficar em farripas.

Anónimo disse...

Olá Maestro!
Ontem estive a ouvir, depois de mais de 2 anos, a cassette que trouxe da consulta que tive contigo em 2006. Parabéns, és mesmo um excelente Astrólogo...
Sabes, não me interesso muito por Astrologia, em muito jovem, sim, mas depois desinteressei-me, no entanto devo ter algum, digamos, fascínio, por essa arte, porque além da tal consulta, insisto em vir aqui e, não contente com isso, vou comentando. Tenho estado de baixa, daí também o ter-me lembrado de ir à procura da cassette, já que não vou trabalhar.
Pois é, afinal a Astrologia é muito mais do que me parecia... Confesso que estou um bocado desconcertada, e, repito, és mesmo muito bom nessa arte/ciência. Isto não é para para te adular.
Quanto à análise à tua amiga Sagitariana, soube-me a pouco, isso pode-se ler em qualquer livro razoável de Astrologia. Sorry :)

A tua amiga (eufemísticamente falando),

Escorpiã

(Que também usa assinar nada, Anónima, Rosinha dos Limões...)
Arriverdecci,Maestro!

Anónimo disse...

H aim!: o que são sinastrias?
Sou eu oura vez

António Rosa disse...

Rosinha dos Limões

(Ao fim de muito tempo fez-se luz na minha cabeça)

Grande pachorra a tua o ouvir uma cassete que tem 2 anos. De qualquer forma, muito obrigado pelas palavras simpáticas.

Tenho consciência que sou um excelente astrólogo. (Neste momento isto é uma co-criação pessoal). Também tenho consciência que a maioria das vezes, nas minhas consultas, sou bastante útil a quem me procura.

Por outro lado, há um facto muito curioso na minha actividade astrológica: após feita a consulta, a mente faz um «reset» e esqueço-me do que foi dito e gravado em cassete.

Isso tem-me trazido muitos momentos menos luminosos, pois a maioria das pessoas acredita que eu me lembro do que disse, quando na verdade já não me recordo. Imagina a quantidade de vezes que tem acontecido encontrar-me em eventos com pessoas que se aproximam e dizem coisas sobre consultas havidas nos últimos 5 anos e eu não sei do que estão a falar.

Também tenho tido consultas péssimas. Recordo-me que com uma pessoa, ao fim de 20 minutos, disse-lhe: não consigo continuar a consulta, pois não estou a sintonizar consigo. A pessoa ficou bera e gritou. Foi uma cena!

Quanto à minha amiga sagitariana (uma jovem com 37 anos) ela é assim mesmo - nunca leu um livro de astrologia.

Eu próprio no texto, advirto dessa questão, de ser pouco, pois é necessário analisar o mapa completo.

Sinastria é uma técnica astrológica em que se conjugam as análises de 2 pessoas diferentes. É muito usada para os relacionamentos, ou para sociedades, pais e filhos, etc.

Abraço

António Rosa disse...

Acho muito curioso que este post tenha, aparentemente, atraído tantos comentários, quando pessoalmente, considero um artigo de muito menor qualidade.

Mas ainda bem que as pessoas têm comentado porque gosto de as ver cá por casa.

Anónimo disse...

"Por outro lado, há um facto muito curioso na minha actividade astrológica: após feita a consulta, a mente faz um «reset» e esqueço-me do que foi dito e gravado em cassete."

A tua mente é amiguinha. Terias que ter práí uma memória de vários elefantes para te lembrares. Acho que seria muito desagradável e cansativo ficares com essas memórias todas.
Grata pela resposta. A gente vai-se vendo, quem sabe numa 2ª consulta. Caramba, és bom, mesmo! Recomendo.
E pronto, já que engraçaste com o nome:
Rosinha dos Limões:)
Abraço

António Rosa disse...

:)

Fada Moranga disse...

Sim Antonio, foi muito claro e concordo que as 2 pessoas deverao estar presentes na consulta, ou pelo menos que haja conhecimento e permissao da outra pessoa. Acredito que a sinastria podera ser muito util numa terapia de casal ou familiar.

Quanto a almas gemeas... Eu sou teimosa - acredito no Amor e em Contos de Fadas! :-)

António Rosa disse...

Fada

Já nãos és uma fada em aprendizagem. Já és uma FADA completa e em plenitude.

Beijinho

Fada Moranga disse...

:-)))********

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates