A realidade de cada pessoa

17 de novembro de 2008 ·


«Não podemos relacionar a pessoa com o horóscopo, ou seja, limitar o individuo aos nossos conhecimentos sobre Astrologia, mas sim relacionar o mapa com a realidade de cada pessoa, dando-lhe vida.»


Noel Tyl

10 comentários:

Ana Cristina disse...
17 de novembro de 2008 às 09:36  

Por isso também aprendemos tanto uns com os outros, esta realidade é uma das pedras basilares do curso do Noel :-).
Abraço

Astrid Annabelle disse...
17 de novembro de 2008 às 11:59  

António,
e assim é com todas as "logias"...
Beijo
Astrid

Maria Paula Ribeiro disse...
17 de novembro de 2008 às 15:08  

E assim tornar o nosso mapa, uma obra prima, uma pintura à Van Gogh, Picasso etc

;)

António Rosa disse...
17 de novembro de 2008 às 19:35  

Ana Cristina,

É necessário!

António Rosa disse...
17 de novembro de 2008 às 19:35  

Astrid

Isso mesmo.

António Rosa disse...
17 de novembro de 2008 às 19:36  

Ana Paula,

Somos uma obra prima, muito para lá da astrologia.

Samsara disse...
17 de novembro de 2008 às 20:19  

Não poderia concordar mais, a Astrologia é uma ciência/arte infinita ninguém conseguirá nunca abranger todo o seu Universo.
E vai mais além, não se trata só de que nós conseguimos conhecer de Astrologia, mas também o que cada um pode fazer da sua vida, com o seu livre arbítrio.
Beijinhos

adelaide figueiredo disse...
17 de novembro de 2008 às 20:24  

Boa noite António

Eu penso que o mapa natal são as instruções com que nascemos, no entanto, está nas nossas mãos modificá-las para melhor ou por vezes para pior. O destino está sempre nas nossas mãos, nos nossos actos. Será mesmo assim? :))

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...
18 de novembro de 2008 às 08:09  

Sam,

,,, e para isso só dialogando com o cliente em consulta, é que se pode «vislumbrar» a sua realidade.

António Rosa disse...
18 de novembro de 2008 às 08:11  

Adelaide,

E tal como diz Noel Tyl, o astrólogo deve conhecer o que o cliente anda a fazer com esse potencial.

17 de novembro de 2008

A realidade de cada pessoa


«Não podemos relacionar a pessoa com o horóscopo, ou seja, limitar o individuo aos nossos conhecimentos sobre Astrologia, mas sim relacionar o mapa com a realidade de cada pessoa, dando-lhe vida.»


Noel Tyl

10 comentários:

Ana Cristina disse...

Por isso também aprendemos tanto uns com os outros, esta realidade é uma das pedras basilares do curso do Noel :-).
Abraço

Astrid Annabelle disse...

António,
e assim é com todas as "logias"...
Beijo
Astrid

Maria Paula Ribeiro disse...

E assim tornar o nosso mapa, uma obra prima, uma pintura à Van Gogh, Picasso etc

;)

António Rosa disse...

Ana Cristina,

É necessário!

António Rosa disse...

Astrid

Isso mesmo.

António Rosa disse...

Ana Paula,

Somos uma obra prima, muito para lá da astrologia.

Samsara disse...

Não poderia concordar mais, a Astrologia é uma ciência/arte infinita ninguém conseguirá nunca abranger todo o seu Universo.
E vai mais além, não se trata só de que nós conseguimos conhecer de Astrologia, mas também o que cada um pode fazer da sua vida, com o seu livre arbítrio.
Beijinhos

adelaide figueiredo disse...

Boa noite António

Eu penso que o mapa natal são as instruções com que nascemos, no entanto, está nas nossas mãos modificá-las para melhor ou por vezes para pior. O destino está sempre nas nossas mãos, nos nossos actos. Será mesmo assim? :))

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...

Sam,

,,, e para isso só dialogando com o cliente em consulta, é que se pode «vislumbrar» a sua realidade.

António Rosa disse...

Adelaide,

E tal como diz Noel Tyl, o astrólogo deve conhecer o que o cliente anda a fazer com esse potencial.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates