Selecção Nacional de Futebol a pique durante uns tempos

20 de novembro de 2008 ·

Depois de tantos desaires da nossa Selecção Nacional de Futebol, tentei perceber que indicadores astrológicos mais desafiantes, o céu apontava para tantos desaires seguidos, culminando na derrota com os brasileiros por 6-2, havendo tantas críticas ao seleccionador Carlos Queiroz e às super-vedetas em campo.

Selecção Nacional de Futebol - 28/5/1926 - Lisboa

Sobressai, desde logo, uma quadratura de Plutão [em 29º Sagitário], em ponto cardinal, a Úrano natal da selecção [em 28º 53' Peixes], outro ponto cardinal. Estes pontos cardinais são uma força extraordinária. Este é daqueles trânsitos que não fica pedra sobre pedra. Vai tudo ao chão para ser novamente erguido com um espírito novo e novas mentalidades. Intuo que o excesso de vedetas na selecção (a jogarem nos maiores clubes estrangeiros) não é garantia de coisa nenhuma, nem qualidade, pois a ideia que passa é que estão mais interessados nas suas carreiras individuais e acham-se o máximo e, sobretudo, parece acharem-se merecedores de tudo e pouco obrigados a esforços integrados na selecção.

Outro trânsito que me chamou a atenção foi um Neptuno solvente [em 21º Aquário] muito activo. Numa conjunção próxima com Júpiter [26º 36' Aquário]. É um trânsito ambíguo, pois não se pode considerar que seja negativo. No entanto, por ser um trânsito de tanta interioridade, pode provocar dificuldades de concretização na matéria - jogar e marcar golos. A equipa está unida, mas falta-lhe capacidade de concretização. Dá pouca ambição de vencer pois Neptuno nega-se a satisfazer as vontades do ego e da personalidade. Isto é reforçado pelo trânsito de uma oposição de Neptuno a Neptuno a condicionarem as coisas «cá de baixo». Por outro lado, Neptuno está a dissolver o estruturador Saturno da selecção [21º Escorpião]. Há mais posicionamentos, mas estes são suficientes para podermos perceber em panorâmica como está o estado celeste da selecção.

Carlos Queiroz - 25/3/1953 - Nampula, Moçambique

Notável conjunção de Úrano em trânsito [18º Peixes] numa estreita conjunção ao Sol [20º Peixes], surgindo situações absolutamente inesperadas aos seus planos pré-concebidos. A vida está a contrariar a sua vontade. Do outro lado temos
Saturno [20º Virgem] a fazer uma oposição ao Sol. É um duelo duplo que o Sol de Carlos Queiroz está a travar. Aparentemente, Saturno e Úrano vencem. Neptuno em trânsito a fazer uma oposição muito severa a Plutão natal. É caso para estar apreensivo. Muito mais haveria para ser dito.

Ambiente carregado, este. Nada animador para os próximos tempos. Tempos de crise de funcionamento.

10 comentários:

maria de fátima disse...
21 de novembro de 2008 às 00:09  

Olá António de facto foi uma vergonha este resultado da selecção frente ao Brasil.Beijinhos e abraços.

António Rosa disse...
21 de novembro de 2008 às 11:17  

Bom dia Fátima,

De facto não estão nos seus melhores momentos.

adelaide figueiredo disse...
21 de novembro de 2008 às 13:14  

Olá António

Os astros não estão a favor da Selecção nem do Treinador. Esperemos que melhores tempos venham.

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...
21 de novembro de 2008 às 13:21  

Olá Adelaide,

Também não sei se eles mesmos estão a fazer o melhor que podem e sabem.

HighLander77 disse...
21 de novembro de 2008 às 14:12  

Oi Antonio,

Astrologicamente, a analise (para nao variar) e excelente.
"Futebolisticamente", acho que com a saida de Scolari a seleccao perdeu a alma que tinha e o espirito que Scolari lhes incutiu nos ultimos anos! Era o Escorpiao a liderar a equipa de "peixinhos"...

Abraco,

Paulo

monthiel disse...
21 de novembro de 2008 às 14:21  

Olá,

Confesso que sou agnóstico e só acredito no que meus olhos vê. Justamente devido a isso, o que vi foi um show de bola da seleção Brasileira. Apenas isso.

Não sou tão fã de futebol e não costumo acompanhar quem é quem, quem é técnico, etc... apenas gostei do resultado pelo fato do Brasil está muuuuito ruim nos últimos anos, devio a falta de experiência do técnico Dunga...

Forte abraço e sucesso!
Monthiel

António Rosa disse...
21 de novembro de 2008 às 15:05  

Olá Paulo,

Astrologia à parte, ou pelo contrário, bem por dentro, com ou sem Scolari, a selecção portuguesa iria passar por uma fase similar a esta. É bom não esquecermos que os últimos meses de Scolari na selecção foram muitíssimo contestados pelos imensos problemas que havia. Lembremo-nos apenas do comportamento da selecção no último mundial, há poucos meses, bem em cima do Verão.

Mesmo que venha outro seleccionador agora, a «coisa» vai continuar... mais assim, ou mais assado...

São os ciclos da vida.

António Rosa disse...
21 de novembro de 2008 às 15:07  

Olá Monthiel,

Também apreciei o team do Brasil. Imaginativos, criativos e marcando golos que os nossos lusitanos viam passar.

=)

A mesma ruindade que você aponta para a selecção brasileira nos últimos anos FOI uma fase similar àquela que agora a selecção portuguesa está a passar.

Foi para o Dunga.

Grato pela visita.

Samsara disse...
21 de novembro de 2008 às 21:29  

Ai ai a nossa Selecção...
Um pouco de humildade faria bem.
Beijinhos

António Rosa disse...
21 de novembro de 2008 às 22:25  

Pat,

São jovens, ricos e os maiores.

20 de novembro de 2008

Selecção Nacional de Futebol a pique durante uns tempos

Depois de tantos desaires da nossa Selecção Nacional de Futebol, tentei perceber que indicadores astrológicos mais desafiantes, o céu apontava para tantos desaires seguidos, culminando na derrota com os brasileiros por 6-2, havendo tantas críticas ao seleccionador Carlos Queiroz e às super-vedetas em campo.

Selecção Nacional de Futebol - 28/5/1926 - Lisboa

Sobressai, desde logo, uma quadratura de Plutão [em 29º Sagitário], em ponto cardinal, a Úrano natal da selecção [em 28º 53' Peixes], outro ponto cardinal. Estes pontos cardinais são uma força extraordinária. Este é daqueles trânsitos que não fica pedra sobre pedra. Vai tudo ao chão para ser novamente erguido com um espírito novo e novas mentalidades. Intuo que o excesso de vedetas na selecção (a jogarem nos maiores clubes estrangeiros) não é garantia de coisa nenhuma, nem qualidade, pois a ideia que passa é que estão mais interessados nas suas carreiras individuais e acham-se o máximo e, sobretudo, parece acharem-se merecedores de tudo e pouco obrigados a esforços integrados na selecção.

Outro trânsito que me chamou a atenção foi um Neptuno solvente [em 21º Aquário] muito activo. Numa conjunção próxima com Júpiter [26º 36' Aquário]. É um trânsito ambíguo, pois não se pode considerar que seja negativo. No entanto, por ser um trânsito de tanta interioridade, pode provocar dificuldades de concretização na matéria - jogar e marcar golos. A equipa está unida, mas falta-lhe capacidade de concretização. Dá pouca ambição de vencer pois Neptuno nega-se a satisfazer as vontades do ego e da personalidade. Isto é reforçado pelo trânsito de uma oposição de Neptuno a Neptuno a condicionarem as coisas «cá de baixo». Por outro lado, Neptuno está a dissolver o estruturador Saturno da selecção [21º Escorpião]. Há mais posicionamentos, mas estes são suficientes para podermos perceber em panorâmica como está o estado celeste da selecção.

Carlos Queiroz - 25/3/1953 - Nampula, Moçambique

Notável conjunção de Úrano em trânsito [18º Peixes] numa estreita conjunção ao Sol [20º Peixes], surgindo situações absolutamente inesperadas aos seus planos pré-concebidos. A vida está a contrariar a sua vontade. Do outro lado temos
Saturno [20º Virgem] a fazer uma oposição ao Sol. É um duelo duplo que o Sol de Carlos Queiroz está a travar. Aparentemente, Saturno e Úrano vencem. Neptuno em trânsito a fazer uma oposição muito severa a Plutão natal. É caso para estar apreensivo. Muito mais haveria para ser dito.

Ambiente carregado, este. Nada animador para os próximos tempos. Tempos de crise de funcionamento.

10 comentários:

maria de fátima disse...

Olá António de facto foi uma vergonha este resultado da selecção frente ao Brasil.Beijinhos e abraços.

António Rosa disse...

Bom dia Fátima,

De facto não estão nos seus melhores momentos.

adelaide figueiredo disse...

Olá António

Os astros não estão a favor da Selecção nem do Treinador. Esperemos que melhores tempos venham.

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...

Olá Adelaide,

Também não sei se eles mesmos estão a fazer o melhor que podem e sabem.

HighLander77 disse...

Oi Antonio,

Astrologicamente, a analise (para nao variar) e excelente.
"Futebolisticamente", acho que com a saida de Scolari a seleccao perdeu a alma que tinha e o espirito que Scolari lhes incutiu nos ultimos anos! Era o Escorpiao a liderar a equipa de "peixinhos"...

Abraco,

Paulo

monthiel disse...

Olá,

Confesso que sou agnóstico e só acredito no que meus olhos vê. Justamente devido a isso, o que vi foi um show de bola da seleção Brasileira. Apenas isso.

Não sou tão fã de futebol e não costumo acompanhar quem é quem, quem é técnico, etc... apenas gostei do resultado pelo fato do Brasil está muuuuito ruim nos últimos anos, devio a falta de experiência do técnico Dunga...

Forte abraço e sucesso!
Monthiel

António Rosa disse...

Olá Paulo,

Astrologia à parte, ou pelo contrário, bem por dentro, com ou sem Scolari, a selecção portuguesa iria passar por uma fase similar a esta. É bom não esquecermos que os últimos meses de Scolari na selecção foram muitíssimo contestados pelos imensos problemas que havia. Lembremo-nos apenas do comportamento da selecção no último mundial, há poucos meses, bem em cima do Verão.

Mesmo que venha outro seleccionador agora, a «coisa» vai continuar... mais assim, ou mais assado...

São os ciclos da vida.

António Rosa disse...

Olá Monthiel,

Também apreciei o team do Brasil. Imaginativos, criativos e marcando golos que os nossos lusitanos viam passar.

=)

A mesma ruindade que você aponta para a selecção brasileira nos últimos anos FOI uma fase similar àquela que agora a selecção portuguesa está a passar.

Foi para o Dunga.

Grato pela visita.

Samsara disse...

Ai ai a nossa Selecção...
Um pouco de humildade faria bem.
Beijinhos

António Rosa disse...

Pat,

São jovens, ricos e os maiores.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates