Mercúrio combusto - esta semana

7 de abril de 2008 ·

Esta semana será marcada pelo início de um Mercúrio combusto, a partir do dia 9. Diz-se que um planeta está combusto quando faz uma conjunção próxima ao Sol. A orbe mais comum utilizada para se avaliar essa combustão é de 8º. No entanto, há estudiosos que aplicam apenas 3º. Até ao próximo dia 15 assistiremos à conjunção aplicativa de Mercúrio ao Sol, em combustão. A partir do dia 16, Mercúrio ultrapassará o Sol, transformando essa conjunção em separativa. Desta vez não chegam a ficar cazimi. A combustão desfar-se-á a partir de 24 de Abril. Este é um posicionamento celeste que não conta com o acordo interpretativo dos estudiosos da astrologia. Há várias interpretações não convergentes. Uns estudiosos dizem que quando Mercúrio (ou outro planeta) está combusto, é sinal de estar enfraquecido, impedindo que o planeta funcione e se expresse na sua totalidade. Alguns astrólogos consideram como o planeta estando em debilidade acidental, pelo que muitos entendem esta proximidade como perniciosa e maléfica, pois o planeta perde o seu brilho pessoal a favor do Sol. Uma outra corrente de pensamento, mais contemporânea, considera que a combustão funciona no sentido oposto, reforçando a ideia que o Sol daria destaque a esse planeta em combustão. Os autores da linha psicológica apreciam ver este movimento celeste como actuando no inconsciente, sendo de difícil controlo por parte da pessoa. Digo eu: como tudo o que se passa a nível do inconsciente, não?! Outra linha de pensamento diz-nos que quando Mercúrio está combusto verifica-se perda de flexibilidade e imparcialidade, podendo notar-se dogmatismo, presunção e, frequentemente, pouca receptividade mental. Aproveitemos esta oportunidade para conferir connosco e à nossa volta, como irá funcionar este Mercúrio combusto. É já, já - de 9 a 23 de Abril. Eu fico-me pela linha tradicional.

0 comentários:

7 de abril de 2008

Mercúrio combusto - esta semana

Esta semana será marcada pelo início de um Mercúrio combusto, a partir do dia 9. Diz-se que um planeta está combusto quando faz uma conjunção próxima ao Sol. A orbe mais comum utilizada para se avaliar essa combustão é de 8º. No entanto, há estudiosos que aplicam apenas 3º. Até ao próximo dia 15 assistiremos à conjunção aplicativa de Mercúrio ao Sol, em combustão. A partir do dia 16, Mercúrio ultrapassará o Sol, transformando essa conjunção em separativa. Desta vez não chegam a ficar cazimi. A combustão desfar-se-á a partir de 24 de Abril. Este é um posicionamento celeste que não conta com o acordo interpretativo dos estudiosos da astrologia. Há várias interpretações não convergentes. Uns estudiosos dizem que quando Mercúrio (ou outro planeta) está combusto, é sinal de estar enfraquecido, impedindo que o planeta funcione e se expresse na sua totalidade. Alguns astrólogos consideram como o planeta estando em debilidade acidental, pelo que muitos entendem esta proximidade como perniciosa e maléfica, pois o planeta perde o seu brilho pessoal a favor do Sol. Uma outra corrente de pensamento, mais contemporânea, considera que a combustão funciona no sentido oposto, reforçando a ideia que o Sol daria destaque a esse planeta em combustão. Os autores da linha psicológica apreciam ver este movimento celeste como actuando no inconsciente, sendo de difícil controlo por parte da pessoa. Digo eu: como tudo o que se passa a nível do inconsciente, não?! Outra linha de pensamento diz-nos que quando Mercúrio está combusto verifica-se perda de flexibilidade e imparcialidade, podendo notar-se dogmatismo, presunção e, frequentemente, pouca receptividade mental. Aproveitemos esta oportunidade para conferir connosco e à nossa volta, como irá funcionar este Mercúrio combusto. É já, já - de 9 a 23 de Abril. Eu fico-me pela linha tradicional.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates