Comportamentos sexuais, aflições astrológicas

11 de abril de 2008 ·

Segundo o livro de Charles E. O. Carter "An Encyclopedia of PsicolAstrologia Psychological Astrology", podemos perceber algumas situações: se Vénus e Marte em signos masculinos mas orientais há comportamentos imoderados, podendo haver incesto. Se estes planetas estão no Ocidente e em signos femininos, haverá atitudes animalescas, muito mais se Saturno lançar vibrações sobre estes planetas. Se o nativo for uma mulher e tiver estes planetas orientais mas em signos masculinos, não gostará de amantes do sexo masculino. Urano e Neptuno, se estiverem aflitos, principalmente quando afectam as casas V e VII, são inclinados a comportamentos sexuais fora do comum. O mesmo se passa se houver oposições violentas entre Touro e Escorpião nestas casas. Parece ser que a homossexualidade está associada a Urano. Marte quando está aflito também comportamentos sexuais fora do comum. Quando Saturno está em bom estado controla a paixão, mas em maus aspecto ele destrói ou perverte. Este mesmo Saturno aflito, quando nas casas V e VII, especialemente em signos de Fogo, são sinal de celibato. Neptuno nestas casas e em mau estado, parece ser o causador de obsessões sexuais ou de ninfomania. Num horóscopo masculino, as aflições de Vénus a Urano normalmente provocam casos amorosos em moças solteiras. Se as aflições de Vénus forem à Lua podem indicar adultério. No mapa de uma mulher o mesmo se aplica a Urano e ao Sol. A atracção por pessoas mais jovens, habitualmente Mercúrio está envolvido. Num homem, a Lua afligida por Saturno, ou um Câncer proeminente, frequentemente produz uma fixação materna, ou uma tendência para procurar uma réplica da mãe na esposa (ou namorada). Vénus em Peixes parece ser um dos motivos de impotência. - Hoje, os tempos são outros e estes assuntos devem ser analisados com cuidado e sem falsos moralismos.

1 comentários:

Madame Celeste, disse...
11 de abril de 2008 às 19:56  

Nossa Antonio, que história fascinante a sua. É preciso muita coragem e confiança em si mesmo para abandonar uma posição tão valorizada socialmente. Me parece que está se saindo muito bem... o que você acha? Encontrou seu sentido de estar vivo? Abraços

11 de abril de 2008

Comportamentos sexuais, aflições astrológicas

Segundo o livro de Charles E. O. Carter "An Encyclopedia of PsicolAstrologia Psychological Astrology", podemos perceber algumas situações: se Vénus e Marte em signos masculinos mas orientais há comportamentos imoderados, podendo haver incesto. Se estes planetas estão no Ocidente e em signos femininos, haverá atitudes animalescas, muito mais se Saturno lançar vibrações sobre estes planetas. Se o nativo for uma mulher e tiver estes planetas orientais mas em signos masculinos, não gostará de amantes do sexo masculino. Urano e Neptuno, se estiverem aflitos, principalmente quando afectam as casas V e VII, são inclinados a comportamentos sexuais fora do comum. O mesmo se passa se houver oposições violentas entre Touro e Escorpião nestas casas. Parece ser que a homossexualidade está associada a Urano. Marte quando está aflito também comportamentos sexuais fora do comum. Quando Saturno está em bom estado controla a paixão, mas em maus aspecto ele destrói ou perverte. Este mesmo Saturno aflito, quando nas casas V e VII, especialemente em signos de Fogo, são sinal de celibato. Neptuno nestas casas e em mau estado, parece ser o causador de obsessões sexuais ou de ninfomania. Num horóscopo masculino, as aflições de Vénus a Urano normalmente provocam casos amorosos em moças solteiras. Se as aflições de Vénus forem à Lua podem indicar adultério. No mapa de uma mulher o mesmo se aplica a Urano e ao Sol. A atracção por pessoas mais jovens, habitualmente Mercúrio está envolvido. Num homem, a Lua afligida por Saturno, ou um Câncer proeminente, frequentemente produz uma fixação materna, ou uma tendência para procurar uma réplica da mãe na esposa (ou namorada). Vénus em Peixes parece ser um dos motivos de impotência. - Hoje, os tempos são outros e estes assuntos devem ser analisados com cuidado e sem falsos moralismos.

1 comentário:

Madame Celeste, disse...

Nossa Antonio, que história fascinante a sua. É preciso muita coragem e confiança em si mesmo para abandonar uma posição tão valorizada socialmente. Me parece que está se saindo muito bem... o que você acha? Encontrou seu sentido de estar vivo? Abraços

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates