Não às mudanças

14 de abril de 2008 ·

Era de prever que a situação iria dar nisto: os sindicatos dos professores estão a recuar perante o governo. Os professores acham que é uma "cedência preocupante" o entendimento alcançado entre o Ministério da Educação e a plataforma sindical ao modelo de avaliação defendido pela tutela. Nestas coisas, como em tudo na vida, há sempre um grupo numeroso de pessoas que não aceita as mudanças, sobrevivendo à custa da inércia. Sejam as avaliações, ou seja o que for. Não querem mudanças. É a luta pelo imobilismo. Então que fazem? Combatem a mudança. A plataforma sindical dos professores foi o rosto visível desse combate à mudança. Sem resultados positivos. Muito barulho, muitas manifestações, muita conversa. Lembremo-nos como estava o mapa do céu no dia 8-Março-2008 (15h), o dia da supermanifestação dos cem mil em Lisboa, na chamada "Marcha da Indignação": na véspera tinha sido dia de Lua Nova em Peixes. No momento em que começava a manifestação, a Lua (os professores) entrava em Carneiro e, claramente, iria atiçar o regente deste signo, Marte (a energia na manif) contra Plutão (o governo). No céu, Marte em Caranguejo e Plutão em Capricórnio, estavam em oposição. Às 15 horas, início da manif, a Lua (povo) fez uma violenta quadratura a Plutão (poder). Foi preciso aguardar pela Lua Nova seguinte, em Touro, para o resultado saltar à vista. Vai haver mudanças. Vai haver avaliação dos professores. Apesar dos cem mil. Venceu Plutão (o governo). Plutão não é imobilista. É transformador, regenerador. Mas faz doer. Os professores já estão a sofrer as consequências do seu combate às mudanças.

1 comentários:

maga disse...
14 de abril de 2008 às 19:31  

Pois bem vindas sejam as mudanças que, afinal, não são senão oportunidades!
Venha Plutão com toda a sua força transformadora e regeneradora e que faça doer, porque o que dói cura!
Bem hajas urso por saires da cova e nos ajudares a ver o nosso dia a dia pelos olhos do céu!
Bj

14 de abril de 2008

Não às mudanças

Era de prever que a situação iria dar nisto: os sindicatos dos professores estão a recuar perante o governo. Os professores acham que é uma "cedência preocupante" o entendimento alcançado entre o Ministério da Educação e a plataforma sindical ao modelo de avaliação defendido pela tutela. Nestas coisas, como em tudo na vida, há sempre um grupo numeroso de pessoas que não aceita as mudanças, sobrevivendo à custa da inércia. Sejam as avaliações, ou seja o que for. Não querem mudanças. É a luta pelo imobilismo. Então que fazem? Combatem a mudança. A plataforma sindical dos professores foi o rosto visível desse combate à mudança. Sem resultados positivos. Muito barulho, muitas manifestações, muita conversa. Lembremo-nos como estava o mapa do céu no dia 8-Março-2008 (15h), o dia da supermanifestação dos cem mil em Lisboa, na chamada "Marcha da Indignação": na véspera tinha sido dia de Lua Nova em Peixes. No momento em que começava a manifestação, a Lua (os professores) entrava em Carneiro e, claramente, iria atiçar o regente deste signo, Marte (a energia na manif) contra Plutão (o governo). No céu, Marte em Caranguejo e Plutão em Capricórnio, estavam em oposição. Às 15 horas, início da manif, a Lua (povo) fez uma violenta quadratura a Plutão (poder). Foi preciso aguardar pela Lua Nova seguinte, em Touro, para o resultado saltar à vista. Vai haver mudanças. Vai haver avaliação dos professores. Apesar dos cem mil. Venceu Plutão (o governo). Plutão não é imobilista. É transformador, regenerador. Mas faz doer. Os professores já estão a sofrer as consequências do seu combate às mudanças.

1 comentário:

maga disse...

Pois bem vindas sejam as mudanças que, afinal, não são senão oportunidades!
Venha Plutão com toda a sua força transformadora e regeneradora e que faça doer, porque o que dói cura!
Bem hajas urso por saires da cova e nos ajudares a ver o nosso dia a dia pelos olhos do céu!
Bj

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates