Roteiros de Sonho - Argentina e Chile: Transpatagónia e Tierra del Fuego

5 de setembro de 2011 ·

Foto daqui.

Todas as informações foram encontradas no site de viagens «Rotas do Vento».
Fascinante travessia da Patagónia percorrendo os seus mais emblemáticos parques naturais, destacando o Torres del Paine e o Glaciares, onde se pode apreciar uma natureza possante que oferece panoramas de enorme beleza. O nosso percurso irá levar-nos ao extremo sul e a embrenhar-nos no Parque Nacional da Terra do Fogo.

Situado em plena cordilheira dos Andes, o parque das Torres del Paine é conhecido pelas suas formidáveis montanhas rochosas, lagos verde-azulados e uma flora muito verdejante. É uma região montanhosa muito selvagem, onde iremos avistar majestosos condores, enormes pica-paus patagónicos e guanacos. Iremos caminhar ao longo dos seus rios e lagos, acampando nas suas margens e apreciando uma paisagem sempre surpreendente, onde se destacam as elegantes agulhas Torres del Paine e o lago Grey, com os seus inúmeros icebergs vogando ao sabor do vento.

Foto daqui.
No Parque dos Glaciares contemplamos os possantes pináculos rochosos de Fitz Roy e Monte Torre, elevando-se acima das neves eternas. Depois visitamos o glaciar Perito Moreno, uma vasta massa de gelo em movimento, onde observamos a queda de enormes blocos de gelo que mergulham no lago com grande estrondo.

Viajamos para sul através da Patagónia atravessando o estreito de Magalhães até Ushuaia. Passaremos por regiões inóspitas e remotas onde iremos conhecer a rudeza do quotidiano nestas paragens tão agrestes.

Foto daqui.
No parque da Terra do Fogo faremos um passeio pela floresta de faias e vidoeiros e desceremos o rio Lapataia em kayak, observando curiosas aves lacustres. Navegaremos no canal Beagle para observarmos colónias de lobos marinhos e aves marinhas que nidificam em ilhéus.

Você nunca irá esquecer estas paragens longínquas varridas pelo vento, onde o crepúsculo se apresenta com uma luminosidade dramática.


Foto daqui.



PLANO DA VIAGEM


D1. Cidade de origem – Buenos  Aires. Transporte para o hotel.

D2. Buenos Aires - Voo para El Calafate. Estalagem.

D3. Autocarro para El Chaltén (3h) – Caminhada até Laguna Capri (3h). Tenda.

El Chalten (Cerro Torre & Fitz Roy) - Jakub Polomski - Photography - Daqui.
D4. Caminhada até ao campo base do Fitz Roy, depois a Laguna de los Tres, (5-6h). Tenda.

D5. Cerro Torre. Caminhada até ao campo base Bridwell e à Laguna Torre (3-4h). Tenda.

D6. Caminhada até ao campo base Maestri, e opção de caminhada no glaciar, regresso a Chaltén (4-5h, com a opção caminhada no glaciar: 9h). Estalagem.

D7. Manhã livre em El Chaltén – autocarro para El Calafate. Estalagem. 

D8. El Calafate – Visita do Glaciar Perito Moreno. Estalagem.

Torres del Paine (Chile) - Jakub Polomski - Photography - Daqui
D9. Autocarro para o Parque Nacional Torres del Paine. Caminhada de 2h. Tenda em Las Torres.

D10. Torres del Paine - Vale do Rio Ascensio. Caminhada até ao miradouro Torres del Paine, regresso a Las Torres (6h).

D11. Travessia de barco do Lago Pehoe – caminhada até Vale Francês (5-6h). Tenda.

D12. Caminhada até ao Glaciar Grey (3h). Travessia do lago Pehoé, autocarro para Puerto Natales. Estalagem.

D13. Autocarro para Rio Grande (7h). Tenda.

Valle Tierra Mayor - Joe Feller - Daqui.

D14. Autocarro para Valle Tierra Mayor (6h). Lodge de montanha.

D15. Ushuaia – caminhada no Parque Nacional da Terra do Fogo, passeio de barco pelo canal Beagle. Estalagem.

D16. Ushuaia – Buenos Aires. Manhã livre para visitar Ushuaia  e voo para Buenos Aires. Hotel.

Foto daqui.

D17 e D18. Regresso: Buenos Aires – Cidade de origem


.

5 de setembro de 2011

Roteiros de Sonho - Argentina e Chile: Transpatagónia e Tierra del Fuego

Foto daqui.

Todas as informações foram encontradas no site de viagens «Rotas do Vento».
Fascinante travessia da Patagónia percorrendo os seus mais emblemáticos parques naturais, destacando o Torres del Paine e o Glaciares, onde se pode apreciar uma natureza possante que oferece panoramas de enorme beleza. O nosso percurso irá levar-nos ao extremo sul e a embrenhar-nos no Parque Nacional da Terra do Fogo.

Situado em plena cordilheira dos Andes, o parque das Torres del Paine é conhecido pelas suas formidáveis montanhas rochosas, lagos verde-azulados e uma flora muito verdejante. É uma região montanhosa muito selvagem, onde iremos avistar majestosos condores, enormes pica-paus patagónicos e guanacos. Iremos caminhar ao longo dos seus rios e lagos, acampando nas suas margens e apreciando uma paisagem sempre surpreendente, onde se destacam as elegantes agulhas Torres del Paine e o lago Grey, com os seus inúmeros icebergs vogando ao sabor do vento.

Foto daqui.
No Parque dos Glaciares contemplamos os possantes pináculos rochosos de Fitz Roy e Monte Torre, elevando-se acima das neves eternas. Depois visitamos o glaciar Perito Moreno, uma vasta massa de gelo em movimento, onde observamos a queda de enormes blocos de gelo que mergulham no lago com grande estrondo.

Viajamos para sul através da Patagónia atravessando o estreito de Magalhães até Ushuaia. Passaremos por regiões inóspitas e remotas onde iremos conhecer a rudeza do quotidiano nestas paragens tão agrestes.

Foto daqui.
No parque da Terra do Fogo faremos um passeio pela floresta de faias e vidoeiros e desceremos o rio Lapataia em kayak, observando curiosas aves lacustres. Navegaremos no canal Beagle para observarmos colónias de lobos marinhos e aves marinhas que nidificam em ilhéus.

Você nunca irá esquecer estas paragens longínquas varridas pelo vento, onde o crepúsculo se apresenta com uma luminosidade dramática.


Foto daqui.



PLANO DA VIAGEM


D1. Cidade de origem – Buenos  Aires. Transporte para o hotel.

D2. Buenos Aires - Voo para El Calafate. Estalagem.

D3. Autocarro para El Chaltén (3h) – Caminhada até Laguna Capri (3h). Tenda.

El Chalten (Cerro Torre & Fitz Roy) - Jakub Polomski - Photography - Daqui.
D4. Caminhada até ao campo base do Fitz Roy, depois a Laguna de los Tres, (5-6h). Tenda.

D5. Cerro Torre. Caminhada até ao campo base Bridwell e à Laguna Torre (3-4h). Tenda.

D6. Caminhada até ao campo base Maestri, e opção de caminhada no glaciar, regresso a Chaltén (4-5h, com a opção caminhada no glaciar: 9h). Estalagem.

D7. Manhã livre em El Chaltén – autocarro para El Calafate. Estalagem. 

D8. El Calafate – Visita do Glaciar Perito Moreno. Estalagem.

Torres del Paine (Chile) - Jakub Polomski - Photography - Daqui
D9. Autocarro para o Parque Nacional Torres del Paine. Caminhada de 2h. Tenda em Las Torres.

D10. Torres del Paine - Vale do Rio Ascensio. Caminhada até ao miradouro Torres del Paine, regresso a Las Torres (6h).

D11. Travessia de barco do Lago Pehoe – caminhada até Vale Francês (5-6h). Tenda.

D12. Caminhada até ao Glaciar Grey (3h). Travessia do lago Pehoé, autocarro para Puerto Natales. Estalagem.

D13. Autocarro para Rio Grande (7h). Tenda.

Valle Tierra Mayor - Joe Feller - Daqui.

D14. Autocarro para Valle Tierra Mayor (6h). Lodge de montanha.

D15. Ushuaia – caminhada no Parque Nacional da Terra do Fogo, passeio de barco pelo canal Beagle. Estalagem.

D16. Ushuaia – Buenos Aires. Manhã livre para visitar Ushuaia  e voo para Buenos Aires. Hotel.

Foto daqui.

D17 e D18. Regresso: Buenos Aires – Cidade de origem


.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates