Francis Obikwelu no seu 1º retorno de Saturno

16 de agosto de 2008 ·

Francis Obikwelu, em pleno 1º retorno de Saturno, anuncia nos Jogos Olímpicos de Pequim que abandona a sua carreira desportiva, depois de não ter conseguido classificar-se para a final dos 100 metros.

Francis Obiora Obikwelu

29 anos
22/11/1978, Onitsha, Nigéria
6 N 09 - 6 E 47

O bom gigante hoje [16-Ago], em Pequim, pode ter-se sentido na mais absoluta solidão, na sua avisada decisão de abandonar a sua longa carreira desportiva. Em dia de eclipse lunar (portanto, Sol e Lua conjuntos), Neptuno fazia uma oposição à Lua, reforçando a ideia de solidão. Vénus em conjunção exacta a Saturno, com a ajuda de Mercúrio, com palavras austeras, dizendo que terminava a sua carreira desportiva e pedindo desculpa aos portugueses por não ter sido capaz de se classificar para a final dos 100m. Com Júpiter em semi-quadratura ao seu Sol, a afirmar que eram horas de procurar outro rumo para a sua vida e Saturno em aproximação ao seu Saturno natal, a testá-lo, a perguntar-lhe o que pretendia continuar a fazer, mas também a ajudá-lo nas decisões sábias. Confirmados por arcos solares de Júpiter e Vénus ao Nodo Norte - um adeus ao público, aparentemente temporário. Não faço ideia que projectos possa ter Francis Obikwelu para o seu futuro. Oxalá continue presente nas nossas vidas. Sejamos gratos às muitas alegrias e emoções que nos proporcionou.

[Naturalizado Português em 2001]
1,95 m - 72kg - Atletismo: 100m e 200m - Clube actual: Sporting Clube Portugal

Já com a nacionalidade portuguesa Francis Obikwelu tornou-se no homem mais veloz da Europa, depois de ter disputado dois Jogos Olímpicos pela Nigéria, país natal, não obstante já viver em Portugal desde os 15 anos. Prima pela longevidade, em contraste com os adversários directos. Nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), mesmo com dores no tendão de Aquiles e no joelho, terminou a meia-final dos 100m em sexto lugar, com 10,10 segundos. Espantoso. Dezenas de outros atletas mais jovens não conseguiram fazer sequer essa marca. Participação essa que teve o jamaicano Usain Bolt como vencedor absoluto, com 9,69 segundos.


"Peço desculpas aos portugueses, porque estiveram a pagar para eu vir aos Jogos", disse Francis Obikwelu. Não te precocupes com isso, Francis, pois também estão em Pequim mais de 60 atletas pagos pelos portugueses e mal se ouve falar neles. Tu, ao menos, com dores, ficaste em 6º lugar nas meias-finais, com quase 30 anos e com Saturno a exigir de ti, outras tarefas em favor da comunidade, como é o caso da tua fundação no Algarve.

4 comentários:

Luis Miguel Carvalho disse...
16 de agosto de 2008 às 21:55  

Francis Obikwelu termina carreira

“Francis adiantou que tentou fazer o melhor e que vai continuar a viver em Portugal, dedicando-se à sua fundação que está localizada no Algarve e que visa promoção de novos atletas.”
"O importante é que, nos momentos baixos, o povo português levantou-me e deu-me o melhor", frisou, revelando que o que mais o marcou em quase década e meia de atletismo foi a forma como foi recebido em Portugal. "Quando tive um problema, estiveram sempre ali e o Francis é o Francis." Boa Sorte...

Obrigado António por colocar no seu blog o meu espaço.

Abraço

Miguel

António Rosa disse...
17 de agosto de 2008 às 10:18  

Olá Miguel,

É um grande prazer em tê-lo aqui. Está tudo bem, meu amigo? Já há imenso tempo que não falamos.

Um abraço

António

neo disse...
18 de agosto de 2008 às 18:23  

António Rosa.
Já hoje falei do Francis, noutro blog amigo, mas quero igualmente manifestar-lhe o meu apreço pelas palavras que lhe dedica.
Não o conheço a não ser do que se disse dele nos momentos de glória. Se fez uma fundação com fins humanitários, entre outros, é um homem de dimensão acima da média.
Na vida ganha-se e perde-se. Quando se ganha queremos voltar a ganhar, quando se perde, queremos ainda ganhar. Mas devemos observar sempre as condições.
Eu quase me atrevia a comparar o seu post seguinte e dizer,que nada se perde, tudo se ganha.
O Francis Obikwelu tem razões para estar orgulhoso do que fez em Atletismo. Eu estou nele.
Foi bom ter estado consigo hoje, neste momento de grande exaltação
escrita, a sua.
Um abraço de amigo

António Rosa disse...
18 de agosto de 2008 às 21:49  

Amigo Neo,

Também é essa a minha ideia do Francis, confirmada pelo mapa dele. É um homem acima da média, com uma estatura moral e ética impressionantes, verdadeiramente olímpico.

Um abraço

António

16 de agosto de 2008

Francis Obikwelu no seu 1º retorno de Saturno

Francis Obikwelu, em pleno 1º retorno de Saturno, anuncia nos Jogos Olímpicos de Pequim que abandona a sua carreira desportiva, depois de não ter conseguido classificar-se para a final dos 100 metros.

Francis Obiora Obikwelu

29 anos
22/11/1978, Onitsha, Nigéria
6 N 09 - 6 E 47

O bom gigante hoje [16-Ago], em Pequim, pode ter-se sentido na mais absoluta solidão, na sua avisada decisão de abandonar a sua longa carreira desportiva. Em dia de eclipse lunar (portanto, Sol e Lua conjuntos), Neptuno fazia uma oposição à Lua, reforçando a ideia de solidão. Vénus em conjunção exacta a Saturno, com a ajuda de Mercúrio, com palavras austeras, dizendo que terminava a sua carreira desportiva e pedindo desculpa aos portugueses por não ter sido capaz de se classificar para a final dos 100m. Com Júpiter em semi-quadratura ao seu Sol, a afirmar que eram horas de procurar outro rumo para a sua vida e Saturno em aproximação ao seu Saturno natal, a testá-lo, a perguntar-lhe o que pretendia continuar a fazer, mas também a ajudá-lo nas decisões sábias. Confirmados por arcos solares de Júpiter e Vénus ao Nodo Norte - um adeus ao público, aparentemente temporário. Não faço ideia que projectos possa ter Francis Obikwelu para o seu futuro. Oxalá continue presente nas nossas vidas. Sejamos gratos às muitas alegrias e emoções que nos proporcionou.

[Naturalizado Português em 2001]
1,95 m - 72kg - Atletismo: 100m e 200m - Clube actual: Sporting Clube Portugal

Já com a nacionalidade portuguesa Francis Obikwelu tornou-se no homem mais veloz da Europa, depois de ter disputado dois Jogos Olímpicos pela Nigéria, país natal, não obstante já viver em Portugal desde os 15 anos. Prima pela longevidade, em contraste com os adversários directos. Nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), mesmo com dores no tendão de Aquiles e no joelho, terminou a meia-final dos 100m em sexto lugar, com 10,10 segundos. Espantoso. Dezenas de outros atletas mais jovens não conseguiram fazer sequer essa marca. Participação essa que teve o jamaicano Usain Bolt como vencedor absoluto, com 9,69 segundos.


"Peço desculpas aos portugueses, porque estiveram a pagar para eu vir aos Jogos", disse Francis Obikwelu. Não te precocupes com isso, Francis, pois também estão em Pequim mais de 60 atletas pagos pelos portugueses e mal se ouve falar neles. Tu, ao menos, com dores, ficaste em 6º lugar nas meias-finais, com quase 30 anos e com Saturno a exigir de ti, outras tarefas em favor da comunidade, como é o caso da tua fundação no Algarve.

4 comentários:

Luis Miguel Carvalho disse...

Francis Obikwelu termina carreira

“Francis adiantou que tentou fazer o melhor e que vai continuar a viver em Portugal, dedicando-se à sua fundação que está localizada no Algarve e que visa promoção de novos atletas.”
"O importante é que, nos momentos baixos, o povo português levantou-me e deu-me o melhor", frisou, revelando que o que mais o marcou em quase década e meia de atletismo foi a forma como foi recebido em Portugal. "Quando tive um problema, estiveram sempre ali e o Francis é o Francis." Boa Sorte...

Obrigado António por colocar no seu blog o meu espaço.

Abraço

Miguel

António Rosa disse...

Olá Miguel,

É um grande prazer em tê-lo aqui. Está tudo bem, meu amigo? Já há imenso tempo que não falamos.

Um abraço

António

neo disse...

António Rosa.
Já hoje falei do Francis, noutro blog amigo, mas quero igualmente manifestar-lhe o meu apreço pelas palavras que lhe dedica.
Não o conheço a não ser do que se disse dele nos momentos de glória. Se fez uma fundação com fins humanitários, entre outros, é um homem de dimensão acima da média.
Na vida ganha-se e perde-se. Quando se ganha queremos voltar a ganhar, quando se perde, queremos ainda ganhar. Mas devemos observar sempre as condições.
Eu quase me atrevia a comparar o seu post seguinte e dizer,que nada se perde, tudo se ganha.
O Francis Obikwelu tem razões para estar orgulhoso do que fez em Atletismo. Eu estou nele.
Foi bom ter estado consigo hoje, neste momento de grande exaltação
escrita, a sua.
Um abraço de amigo

António Rosa disse...

Amigo Neo,

Também é essa a minha ideia do Francis, confirmada pelo mapa dele. É um homem acima da média, com uma estatura moral e ética impressionantes, verdadeiramente olímpico.

Um abraço

António

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates