Trânsito de Vénus em Capricórnio de Novembro/2013 a Março/2014

7 de novembro de 2013 ·

Banff National Park, Canada

Vénus ingressou em Capricórnio, no grau zero (claro!) no dia 5 Novembro 2013 e ficará retrógrado em 22 Dezembro próximo, no grau 28º59' deste signo, e por lá permanecerá até 5 Março 2014. Terminará o seu movimento retrógrado em 31 Janeiro 2014. Serão 92 dias em Capricórnio. É dose!!! O signo dos afectos no signo mais saturnino do zodíaco. Em plena época das festas natalícias.

Vénus desloca-se aproximadamente um grau por dia (excepto quando está retrógrado ou em alteração de movimento), e a sua deslocação ao longo do zodíaco é de cerca de um ano, ficando cerca de um mês em cada signo. Faz a sua retrogradação uma vez a cada 16 meses, durante cerca de 40 dias.

Será um trânsito intenso, pois a razão estará mais activa do que os afectos, até que durante 40 dias, ainda em Capricórnio, Vénus precisará de segurar a onda. Haverá uma tendência a que as pessoas apreciem um pouco em demasia a questão do 'status' e da riqueza para se sentirem em maior segurança emocional. Portanto, já podemos prever um acréscimo de consumo de 'revistas del corazón', assim como sites e blogues dedicados a essa matéria. Porquê? Para que nos sintamos mais iguais, àqueles a quem atribuímos 'status' e riqueza. A fama não pertence a Capricórnio, portanto, os meramente famosos, porque sim, do género das meninas e meninos dos 'Big Brothers', não terão muita saída. 

Este trânsito e muito na fase de retrogradação, impele a pessoa para um eventual cônjuge mais idoso, que simboliza a autoridade que conheceu em outras vidas. Tem uma tendência a não esquecer nada, a nada perdoar e a se comportar de maneira muito austera, frustrante para a pessoa e para os outros. Deve superar o medo de dar, e de se dar. Este é precisamente um dos casos em que a família é para uma prova cármica.

É um trânsito de equívocos: o 'eu' fica um bocadinho abalado, pois a mente pretende fazer-se ouvir, através das regras e meios de Capricórnio. A atracção por restaurantes caros e locais de prestígio é muito acentuada. Não será uma época de muitos casamentos. As demonstrações públicas de afecto não serão vistas na mesma quantidade que no resto do ano e a justificação será a do frio no Hemisfério Norte ou excesso de calor no Hemisfério Sul.

Mal aspectada no trânsito, esta Vénus em Capricórnio podem provocar na pessoa sensações que não são as habituais: o desejo de se sentirem superiores às pessoas comuns. Devido à regência de Saturno em Capricórnio, este trânsito pode sentir que reprime as suas emoções e a sua sexualidade, mas, na verdade, as pessoas serão muito capazes de serem muito sensuais na vida particular.

Notar-se-á um ar de solidão generalizado, gerando um mistério subtil que pode agrada aos outros. As crianças nascidas com Vénus em Capricórnio são portadoras de uns traços clássicos bem delineados da beleza grega, sempre muito aplaudida.

Se Vénus estiver sob tensão neste trânsito de Capricórnio, é possível haver frieza emocional e preocupação excessiva com propriedades e bens materiais. Os motivos ocultos e interesseiros podem substituir os sentimentos; o casamento pode ser realizado por interesses financeiros e 'status'.



.

6 comentários:

Astrid Annabelle disse...
10 de novembro de 2013 às 11:00  

Nossa! E bem na época dos afetos e das trocas chamado Natal!!!!
Então vamos que vamos...
Mais beijos meu querido António!
Hoje lendo os seus posts que ainda não havia visto.
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
11 de novembro de 2013 às 17:25  

Querida Astrid

Sempre muito grato pela atenção.

Beijinhos.

ANTÓNIO

Anónimo disse...
12 de dezembro de 2013 às 14:51  

Oi, Antonio :)
Adoro esta sua página e a conheci mediante indicação do Marcelo Dalla.
A forma da sua escrita é cativante, ímpar, agrega muita, muita cultura. Aliás, já possuo minhas astrólogas e astrólogos preferidos, que marcam presença na web, e poderia ler textos de cada um (sem saber o nome) que conseguiria identificar qual foi escrito por quem, rs :)

Pois essa Vênus em Capricórnio me mata aos pouquinhos... não suporto! Não consigo apreciá-la. O meu "estilo adolescente" (possuo asc, Vênus e Marte em Touro) não dialoga bem com este trânsito...
Paciência.

Um abraço!
Luciana.

Paulo Palha Lagoa disse...
3 de janeiro de 2014 às 03:46  

Aprendo muito aqui. Obrigado
Paulo Palha Lagoa

Valdivia disse...
5 de janeiro de 2014 às 16:13  

Tudo é possível, quando se trata de capricórnio rsrsrsrsr

Ingrid Mattos Monteiro disse...
18 de janeiro de 2014 às 01:16  

Belo texto como sempre Antonio!
Graças a Deus que esta a acabar!
Pela primeira vez discuti com o meu marido e neste transito!
Graças a Deus, em termos de Amores a vida abençou-me com um marido maravilhoso (nao conseguimos ficar chateados mais do que hora e meia..e o nosso record) no entanto em termos de carreira e dinheiro so quero esganar esse capricornio! Venus que volte a sua linha rapidamente que saturnino mais meu venus plutonizado isto nao pode dar grande resultado! A parte boa e que estou a criar networking profissional como nunca e apos esse periodo isso vai trazer muitos frutos, acredito!

7 de novembro de 2013

Trânsito de Vénus em Capricórnio de Novembro/2013 a Março/2014

Banff National Park, Canada

Vénus ingressou em Capricórnio, no grau zero (claro!) no dia 5 Novembro 2013 e ficará retrógrado em 22 Dezembro próximo, no grau 28º59' deste signo, e por lá permanecerá até 5 Março 2014. Terminará o seu movimento retrógrado em 31 Janeiro 2014. Serão 92 dias em Capricórnio. É dose!!! O signo dos afectos no signo mais saturnino do zodíaco. Em plena época das festas natalícias.

Vénus desloca-se aproximadamente um grau por dia (excepto quando está retrógrado ou em alteração de movimento), e a sua deslocação ao longo do zodíaco é de cerca de um ano, ficando cerca de um mês em cada signo. Faz a sua retrogradação uma vez a cada 16 meses, durante cerca de 40 dias.

Será um trânsito intenso, pois a razão estará mais activa do que os afectos, até que durante 40 dias, ainda em Capricórnio, Vénus precisará de segurar a onda. Haverá uma tendência a que as pessoas apreciem um pouco em demasia a questão do 'status' e da riqueza para se sentirem em maior segurança emocional. Portanto, já podemos prever um acréscimo de consumo de 'revistas del corazón', assim como sites e blogues dedicados a essa matéria. Porquê? Para que nos sintamos mais iguais, àqueles a quem atribuímos 'status' e riqueza. A fama não pertence a Capricórnio, portanto, os meramente famosos, porque sim, do género das meninas e meninos dos 'Big Brothers', não terão muita saída. 

Este trânsito e muito na fase de retrogradação, impele a pessoa para um eventual cônjuge mais idoso, que simboliza a autoridade que conheceu em outras vidas. Tem uma tendência a não esquecer nada, a nada perdoar e a se comportar de maneira muito austera, frustrante para a pessoa e para os outros. Deve superar o medo de dar, e de se dar. Este é precisamente um dos casos em que a família é para uma prova cármica.

É um trânsito de equívocos: o 'eu' fica um bocadinho abalado, pois a mente pretende fazer-se ouvir, através das regras e meios de Capricórnio. A atracção por restaurantes caros e locais de prestígio é muito acentuada. Não será uma época de muitos casamentos. As demonstrações públicas de afecto não serão vistas na mesma quantidade que no resto do ano e a justificação será a do frio no Hemisfério Norte ou excesso de calor no Hemisfério Sul.

Mal aspectada no trânsito, esta Vénus em Capricórnio podem provocar na pessoa sensações que não são as habituais: o desejo de se sentirem superiores às pessoas comuns. Devido à regência de Saturno em Capricórnio, este trânsito pode sentir que reprime as suas emoções e a sua sexualidade, mas, na verdade, as pessoas serão muito capazes de serem muito sensuais na vida particular.

Notar-se-á um ar de solidão generalizado, gerando um mistério subtil que pode agrada aos outros. As crianças nascidas com Vénus em Capricórnio são portadoras de uns traços clássicos bem delineados da beleza grega, sempre muito aplaudida.

Se Vénus estiver sob tensão neste trânsito de Capricórnio, é possível haver frieza emocional e preocupação excessiva com propriedades e bens materiais. Os motivos ocultos e interesseiros podem substituir os sentimentos; o casamento pode ser realizado por interesses financeiros e 'status'.



.

6 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Nossa! E bem na época dos afetos e das trocas chamado Natal!!!!
Então vamos que vamos...
Mais beijos meu querido António!
Hoje lendo os seus posts que ainda não havia visto.
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Querida Astrid

Sempre muito grato pela atenção.

Beijinhos.

ANTÓNIO

Anónimo disse...

Oi, Antonio :)
Adoro esta sua página e a conheci mediante indicação do Marcelo Dalla.
A forma da sua escrita é cativante, ímpar, agrega muita, muita cultura. Aliás, já possuo minhas astrólogas e astrólogos preferidos, que marcam presença na web, e poderia ler textos de cada um (sem saber o nome) que conseguiria identificar qual foi escrito por quem, rs :)

Pois essa Vênus em Capricórnio me mata aos pouquinhos... não suporto! Não consigo apreciá-la. O meu "estilo adolescente" (possuo asc, Vênus e Marte em Touro) não dialoga bem com este trânsito...
Paciência.

Um abraço!
Luciana.

Paulo Palha Lagoa disse...

Aprendo muito aqui. Obrigado
Paulo Palha Lagoa

Valdivia disse...

Tudo é possível, quando se trata de capricórnio rsrsrsrsr

Ingrid Mattos Monteiro disse...

Belo texto como sempre Antonio!
Graças a Deus que esta a acabar!
Pela primeira vez discuti com o meu marido e neste transito!
Graças a Deus, em termos de Amores a vida abençou-me com um marido maravilhoso (nao conseguimos ficar chateados mais do que hora e meia..e o nosso record) no entanto em termos de carreira e dinheiro so quero esganar esse capricornio! Venus que volte a sua linha rapidamente que saturnino mais meu venus plutonizado isto nao pode dar grande resultado! A parte boa e que estou a criar networking profissional como nunca e apos esse periodo isso vai trazer muitos frutos, acredito!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates