Os astrólogos estudam o céu porque...

30 de janeiro de 2013 ·

Fotografia: Minha Terra, Ilha de Moçambique
15º S 02' 17''  -  40º E 43' 54'' [Google Earth]
Foto de 'Ilha Blue', aqui.



Porque hoje é dia de Mercúrio [quarta-feira], vamos pensar um pouco:

Os astrólogos estudam o céu porque este lhes fornece uma observação directa da Ordem Universal. Para nós, astrólogos, tanto os corpos celestes como a natureza humana obedecem à mesma Lei e ritmo de desenvolvimento.

Portanto, para se viver uma vida espiritualmente significativa, os seres humanos deverão tentar viver em harmonia com as Leis que governam o universo e os planetas.

A tese astrológica é a de que o quadro astrológico encontrado no mapa astral [de nascimento] de cada um de nós, possibilitará obter uma clara perspectiva a respeito da maneira individual pela qual usaremos as funções básicas do ser humano, simbolizadas pelo movimento cíclico e ritmíco dos planetas, com os quais estamos sintonizados desde o exacto segundo em que nascemos.

Por isso, ser de grande importância os astrólogos saberem e conhecerem profundamente os ciclos de cada planeta. Só assim, poderá ajudar os seus clientes a atingirem uma maior maturidade pessoal e espiritual. Estes ciclos não são deterministas, apesar de haver experiências mais duras ou mesmo mais dolorosas. Nós, astrólogos, devemos estudar o cosmos e os movimentos em profundidade, pois só assim podemos ser úteis ao próximo.

António Rosa
30 Janeiro 2013

.

1 comentários:

Astrid Annabelle disse...
30 de janeiro de 2013 às 22:20  

Exelente meu querido António!
Sem mais...
Quis compartilhar no G+ e não encontrei o botão do post...
Beijo grande...
Astrid Annabelle

30 de janeiro de 2013

Os astrólogos estudam o céu porque...

Fotografia: Minha Terra, Ilha de Moçambique
15º S 02' 17''  -  40º E 43' 54'' [Google Earth]
Foto de 'Ilha Blue', aqui.



Porque hoje é dia de Mercúrio [quarta-feira], vamos pensar um pouco:

Os astrólogos estudam o céu porque este lhes fornece uma observação directa da Ordem Universal. Para nós, astrólogos, tanto os corpos celestes como a natureza humana obedecem à mesma Lei e ritmo de desenvolvimento.

Portanto, para se viver uma vida espiritualmente significativa, os seres humanos deverão tentar viver em harmonia com as Leis que governam o universo e os planetas.

A tese astrológica é a de que o quadro astrológico encontrado no mapa astral [de nascimento] de cada um de nós, possibilitará obter uma clara perspectiva a respeito da maneira individual pela qual usaremos as funções básicas do ser humano, simbolizadas pelo movimento cíclico e ritmíco dos planetas, com os quais estamos sintonizados desde o exacto segundo em que nascemos.

Por isso, ser de grande importância os astrólogos saberem e conhecerem profundamente os ciclos de cada planeta. Só assim, poderá ajudar os seus clientes a atingirem uma maior maturidade pessoal e espiritual. Estes ciclos não são deterministas, apesar de haver experiências mais duras ou mesmo mais dolorosas. Nós, astrólogos, devemos estudar o cosmos e os movimentos em profundidade, pois só assim podemos ser úteis ao próximo.

António Rosa
30 Janeiro 2013

.

1 comentário:

Astrid Annabelle disse...

Exelente meu querido António!
Sem mais...
Quis compartilhar no G+ e não encontrei o botão do post...
Beijo grande...
Astrid Annabelle

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates