Marte retrógrado de 24 Janeiro a 13 Abril, em Virgem

3 de janeiro de 2012 ·


Tenho estado atento e ainda não vi, nem ouvi nenhum comentário à próxima retrogradação de Marte, mas obviamente eu não sou omnipresente [leia-se isto com alguma ironia] e podem ter comentado e não me ter apercebido.

Marte ficará retrógrado, sempre em Virgem, entre os dias 24 de Janeiro [23º 05'] e 13 de Abril [3º 41']. Serão uns longos 81 dia, em Portugal e em toda a zona TMG.

Este movimento retrógrado de Marte acontece de 26 em 26 meses, variando os signos onde se encontra nessas alturas. Por isso, as retrogradações de Marte serem tão importantes. Por não serem frequentes.

A vez anterior que esteve retrógrado foi em Leão entre 21 Dezembro 2009 e 10 Março 2010. Foram 80 dias.

Na última retrogradação, semanas antes já havia um enorme fru-fru sobre este movimento retrógrado nos blogues e redes sociais. Neste movimento retrógrado que é extremamente importante, sinto que está tudo muito sossegado. Ainda faltam alguns dias, pode ser que as coisas comecem a saltar cá para fora.

Marte é conhecido como um «maléfico» em astrologia tradicional, significando a má sorte e perdas, mas para mim, um Marte forte é absolutamente essencial para a boa fortuna e para uma boa saúde. [Já estou a imaginar aquelas leitoras que gostam muito de astrologia contemporânea porque lhes permite interpretar os símbolos como muito bem entenderem e ficarem sempre bem na fotografia. Digo isto, a propósito da minha expressão - «maléfico». Fica assim.]

Gosto de utilizar esta metáfora: «a fome é Marte em acção». Quando precisamos algo, vamos em demanda disso. Seja a necessidade de comer, seja a satisfação sexual, seja a necessidade de sentirmos os afecto dos outros, seja o desejo de ir ao ginásio [academia] ou fazer desporto, de andar, trabalhar, fazer coisas como dançar ou tudo aquilo que é necessário despender energia. Isso é sempre coisa de Marte. É «a fome é Marte em acção».

Quando Marte está fraco ou aflito no mapa natal, esses impulsos ficam enfraquecidos, tornando-se mais difícil para nós alcançarmos os nossos objectivos e sonhos. É o caso de Marte retrógrado. O importante é não cedermos à tentação de nada fazermos. De entrarmos numa denguice que a nada leva.

Aproveitemos este período de Marte retrógrado para exercitar a nossa vontade, da mesma maneira que exercitamos os nossos músculos. Fiquemos com as ideias mais claras e saibamos defender os nossos limites, tendo sempre em mente, que os ampliaremos.

Não se deixe abater pela depressão que é a manifestação máxima de um Marte numa má posição cósmica. Não se deixe vencer pela impotência que é má condutora de energias.

Marte é um planeta muito importante no nosso mapa astral. É o planeta charneira entre os «planetas pessoais» e os outros, «os sociais» e «os transpessoais». Marte é isso. Não é por acaso que os cientistas estão na demanda de saberem mais sobre este planeta, que, segundo os entendidos, foi muito parecido com o nosso.

Há uma certa tendência a esquecermo-nos que, antes e depois do movimento regrógrado, dá-se o chamado «movimento estacionário». Neste caso, já estamos em movimento estacionário de Marte, andando mais devagarinho e atrasando os seus assuntos. Note-se que em 81 dias apenas cruzará 20 graus, por estar retrógrado. Se estivesse em movimento directo, percorreria 50' por dia, ou seja, 40º 50' no total. Exactamente o dobro do que percorrerá estando em movimento retrógrado.

Aqueles de nós com planetas nos signos mutáveis ​(Gémeos, Virgem, Sagitário e Peixes) serão os mais afectados por este ciclo de Marte, que estando em Virgem agora, inspira-nos a prestar mais atenção aos detalhes, por isso, quando Marte retrógrado está em Virgem existe a necessidade de voltar a atenção sobre os pormenores que se podem ter perdido no passado.

Marte é um planeta activo e prefere estar em movimento, por isso essa necessidade de voltar e re-fazer pode ser frustrante se não mantiver em mente o objetivo maior do ciclo. Um Marte sob tensão em Virgem pode provocar um temperamento nervoso e irritável.

Tudo ficará mais esbatido menos conseguidas. Marte é menos Marte. A sua habitual expressão fica mais diminuída. Há um convite maior à reflexão, à introspecção. O «ego» torna-se menos importante, passa para um plano mais discreto e a exuberância egóica, menos afirmativa. Estes 81 dias serão muito bons para os ambientes mais zen. Mais espiritualizantes.

Haverá menos afirmações e as que houver terão um cariz menos arrebatado.

Ao ficar retrógrado haverá uma espécie de convite a que se faça uma revisão das acções anteriores, a corrigir estratégias pessoais e colectivas, políticas e sociais. Será um bom momento para haver 'acordos' sem dramas. Para haver mais consensos, sem chicana, nem arrivismos. É um tempo temperado para um maior diálogo, sem extremismos. É uma altura excelente para fazermos uma reflexão profunda dos objectivos para as nossas vidas e procurarmos o tempero mais adequado e o terreno mais apropriado para o futuro. É a altura ideal para visitarem os vossos astrólogos e, com a ajuda deles, prepararem acções futuras a desenvolver.

Quer abrir um negócio? Quer iniciar um projecto novo? Esta época de retrogradação não é a melhor para isso, mas também não significa que seja negativa. No entanto, procurem nos vossos trânsitos se vai haver algum sextil ou trígono de Úrano à Lua e se Marte faz algum aspecto a estes planetas. Será um bom indício para o início de projectos mais arrojados.

Marte inicia a sua retrogradação e sentiremos uma diminuição da nossa vitalidade. Uma necessidade de recolhimento maior. Meu amigos facebookeiros e comentadores de blogues, estaremos todos mais tranquilos. Andaremos mais a 'ver' do que a participar.

É a altura melhor para casais e amigos desavindos tentarem uma conciliação. Tentarem não se sobrepor ao outro.

Passem bem.

10 comentários:

Astrid Annabelle disse...
3 de janeiro de 2012 às 00:49  

Boa noite António querido
Li tudo sem pressa e com muita calma...como um Marte estacionário...
Como vivo no mundo da Lua...fica tudo bem... Zenproblema!!!!!
Muito bom seu texto de fácil compreensão...adorei.
Beijo grande.
Astrid Annabelle

William Garibaldi disse...
3 de janeiro de 2012 às 13:14  

António!

E eu tava entrando por outro lado e não conseguia comentar! ( Olha o marte retrógrado ai! KKK )


Mais uma aula muito saborosa de se ler, e mais uma informação que levo..
"a fome é marte em ação! "

Abracejos!

William

António Rosa disse...
3 de janeiro de 2012 às 14:11  

Querida Astrid,

Gostei dessa palavra: «zenproblema». É isso mesmo.

Muito agradecido por contribuir e somar.

Beijos

António Rosa disse...
3 de janeiro de 2012 às 14:13  

Querido William

Pelos vistos você gostou da frase «a fome é marte em ação!». É assim que vejo a questão. Se temos fome, vamos procurar comida... É Marte em ação.

Grande abraço.

MARCELO DALLA disse...
3 de janeiro de 2012 às 17:35  

Excelente, querido!!!!
Realmente, é o primeiro astrólogo que vejo a falar sobre esta retrogradação. Grato por mais uma bela aula. "A fome é Marte em ação". Muito bom, nuca mais me esquecerei disso.
bjo

Rui António Santos disse...
3 de janeiro de 2012 às 21:35  

Bom António mais um artigo daqueles que dão muito que pensar, em gemeos no meu meio do céu, em Sagitário no meu fundo do céu, e em virgem no meu Ascendente, e no ultimo eclipse da lua a dois graus de sagitário no meu fundo do céu. Ainda que ultimamente não andado a acompamhar em detalhe os trãnsitos astrológicos gostei muito desta informação e faz todo o sentido com o que tenho vindo a nexperimentar na minha vida. Grato por tudo e um grande abraço.

Christiane disse...
4 de janeiro de 2012 às 23:12  

Excelente texto como sempre meu amigo.

marte retrógrado se inicia na cuspide da 7 voltando para a casa 6, ou seja, a contar que virgem será o ascendente da minha revolução solar ( e marte estará conjunto a lua lá) este post me foi muito útil.
Muita revisão e ordem é o que eu vejo para mim. Hora de colocar o dia a dia em ordem (saúde e rotinas). Espero que eu consiga forças para tal. =)
Beijos!

Christiane

Anónimo disse...
6 de janeiro de 2012 às 13:36  

António... me diga com sinceridade: devo desmarcar meu casamento pq ele estará em marte retrogrado?? Aguardo ANSIOSA. Obrigado

arKana disse...
6 de janeiro de 2012 às 15:09  

Marte trigono com Urano (é um aspecto do meu mapa)... será que quer isso dizer, que com Marte retrógrado, vou ter energia para agir, sem ser a qualquer custo, com mais ponderação e sem a avidez de destruição/mudança que por vezes me possui? eheh beijo António e bom anooo :)

Sandro69 disse...
10 de janeiro de 2012 às 12:13  

Ótimo post, Antônio.

Marte estará revendo os pormenores...

Transitando pela minha Sétima, então posso esperar menos agressividade e criticismo nos relacionamentos e parcerias.

Abraços

3 de janeiro de 2012

Marte retrógrado de 24 Janeiro a 13 Abril, em Virgem


Tenho estado atento e ainda não vi, nem ouvi nenhum comentário à próxima retrogradação de Marte, mas obviamente eu não sou omnipresente [leia-se isto com alguma ironia] e podem ter comentado e não me ter apercebido.

Marte ficará retrógrado, sempre em Virgem, entre os dias 24 de Janeiro [23º 05'] e 13 de Abril [3º 41']. Serão uns longos 81 dia, em Portugal e em toda a zona TMG.

Este movimento retrógrado de Marte acontece de 26 em 26 meses, variando os signos onde se encontra nessas alturas. Por isso, as retrogradações de Marte serem tão importantes. Por não serem frequentes.

A vez anterior que esteve retrógrado foi em Leão entre 21 Dezembro 2009 e 10 Março 2010. Foram 80 dias.

Na última retrogradação, semanas antes já havia um enorme fru-fru sobre este movimento retrógrado nos blogues e redes sociais. Neste movimento retrógrado que é extremamente importante, sinto que está tudo muito sossegado. Ainda faltam alguns dias, pode ser que as coisas comecem a saltar cá para fora.

Marte é conhecido como um «maléfico» em astrologia tradicional, significando a má sorte e perdas, mas para mim, um Marte forte é absolutamente essencial para a boa fortuna e para uma boa saúde. [Já estou a imaginar aquelas leitoras que gostam muito de astrologia contemporânea porque lhes permite interpretar os símbolos como muito bem entenderem e ficarem sempre bem na fotografia. Digo isto, a propósito da minha expressão - «maléfico». Fica assim.]

Gosto de utilizar esta metáfora: «a fome é Marte em acção». Quando precisamos algo, vamos em demanda disso. Seja a necessidade de comer, seja a satisfação sexual, seja a necessidade de sentirmos os afecto dos outros, seja o desejo de ir ao ginásio [academia] ou fazer desporto, de andar, trabalhar, fazer coisas como dançar ou tudo aquilo que é necessário despender energia. Isso é sempre coisa de Marte. É «a fome é Marte em acção».

Quando Marte está fraco ou aflito no mapa natal, esses impulsos ficam enfraquecidos, tornando-se mais difícil para nós alcançarmos os nossos objectivos e sonhos. É o caso de Marte retrógrado. O importante é não cedermos à tentação de nada fazermos. De entrarmos numa denguice que a nada leva.

Aproveitemos este período de Marte retrógrado para exercitar a nossa vontade, da mesma maneira que exercitamos os nossos músculos. Fiquemos com as ideias mais claras e saibamos defender os nossos limites, tendo sempre em mente, que os ampliaremos.

Não se deixe abater pela depressão que é a manifestação máxima de um Marte numa má posição cósmica. Não se deixe vencer pela impotência que é má condutora de energias.

Marte é um planeta muito importante no nosso mapa astral. É o planeta charneira entre os «planetas pessoais» e os outros, «os sociais» e «os transpessoais». Marte é isso. Não é por acaso que os cientistas estão na demanda de saberem mais sobre este planeta, que, segundo os entendidos, foi muito parecido com o nosso.

Há uma certa tendência a esquecermo-nos que, antes e depois do movimento regrógrado, dá-se o chamado «movimento estacionário». Neste caso, já estamos em movimento estacionário de Marte, andando mais devagarinho e atrasando os seus assuntos. Note-se que em 81 dias apenas cruzará 20 graus, por estar retrógrado. Se estivesse em movimento directo, percorreria 50' por dia, ou seja, 40º 50' no total. Exactamente o dobro do que percorrerá estando em movimento retrógrado.

Aqueles de nós com planetas nos signos mutáveis ​(Gémeos, Virgem, Sagitário e Peixes) serão os mais afectados por este ciclo de Marte, que estando em Virgem agora, inspira-nos a prestar mais atenção aos detalhes, por isso, quando Marte retrógrado está em Virgem existe a necessidade de voltar a atenção sobre os pormenores que se podem ter perdido no passado.

Marte é um planeta activo e prefere estar em movimento, por isso essa necessidade de voltar e re-fazer pode ser frustrante se não mantiver em mente o objetivo maior do ciclo. Um Marte sob tensão em Virgem pode provocar um temperamento nervoso e irritável.

Tudo ficará mais esbatido menos conseguidas. Marte é menos Marte. A sua habitual expressão fica mais diminuída. Há um convite maior à reflexão, à introspecção. O «ego» torna-se menos importante, passa para um plano mais discreto e a exuberância egóica, menos afirmativa. Estes 81 dias serão muito bons para os ambientes mais zen. Mais espiritualizantes.

Haverá menos afirmações e as que houver terão um cariz menos arrebatado.

Ao ficar retrógrado haverá uma espécie de convite a que se faça uma revisão das acções anteriores, a corrigir estratégias pessoais e colectivas, políticas e sociais. Será um bom momento para haver 'acordos' sem dramas. Para haver mais consensos, sem chicana, nem arrivismos. É um tempo temperado para um maior diálogo, sem extremismos. É uma altura excelente para fazermos uma reflexão profunda dos objectivos para as nossas vidas e procurarmos o tempero mais adequado e o terreno mais apropriado para o futuro. É a altura ideal para visitarem os vossos astrólogos e, com a ajuda deles, prepararem acções futuras a desenvolver.

Quer abrir um negócio? Quer iniciar um projecto novo? Esta época de retrogradação não é a melhor para isso, mas também não significa que seja negativa. No entanto, procurem nos vossos trânsitos se vai haver algum sextil ou trígono de Úrano à Lua e se Marte faz algum aspecto a estes planetas. Será um bom indício para o início de projectos mais arrojados.

Marte inicia a sua retrogradação e sentiremos uma diminuição da nossa vitalidade. Uma necessidade de recolhimento maior. Meu amigos facebookeiros e comentadores de blogues, estaremos todos mais tranquilos. Andaremos mais a 'ver' do que a participar.

É a altura melhor para casais e amigos desavindos tentarem uma conciliação. Tentarem não se sobrepor ao outro.

Passem bem.

10 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Boa noite António querido
Li tudo sem pressa e com muita calma...como um Marte estacionário...
Como vivo no mundo da Lua...fica tudo bem... Zenproblema!!!!!
Muito bom seu texto de fácil compreensão...adorei.
Beijo grande.
Astrid Annabelle

William Garibaldi disse...

António!

E eu tava entrando por outro lado e não conseguia comentar! ( Olha o marte retrógrado ai! KKK )


Mais uma aula muito saborosa de se ler, e mais uma informação que levo..
"a fome é marte em ação! "

Abracejos!

William

António Rosa disse...

Querida Astrid,

Gostei dessa palavra: «zenproblema». É isso mesmo.

Muito agradecido por contribuir e somar.

Beijos

António Rosa disse...

Querido William

Pelos vistos você gostou da frase «a fome é marte em ação!». É assim que vejo a questão. Se temos fome, vamos procurar comida... É Marte em ação.

Grande abraço.

MARCELO DALLA disse...

Excelente, querido!!!!
Realmente, é o primeiro astrólogo que vejo a falar sobre esta retrogradação. Grato por mais uma bela aula. "A fome é Marte em ação". Muito bom, nuca mais me esquecerei disso.
bjo

Rui António Santos disse...

Bom António mais um artigo daqueles que dão muito que pensar, em gemeos no meu meio do céu, em Sagitário no meu fundo do céu, e em virgem no meu Ascendente, e no ultimo eclipse da lua a dois graus de sagitário no meu fundo do céu. Ainda que ultimamente não andado a acompamhar em detalhe os trãnsitos astrológicos gostei muito desta informação e faz todo o sentido com o que tenho vindo a nexperimentar na minha vida. Grato por tudo e um grande abraço.

Christiane disse...

Excelente texto como sempre meu amigo.

marte retrógrado se inicia na cuspide da 7 voltando para a casa 6, ou seja, a contar que virgem será o ascendente da minha revolução solar ( e marte estará conjunto a lua lá) este post me foi muito útil.
Muita revisão e ordem é o que eu vejo para mim. Hora de colocar o dia a dia em ordem (saúde e rotinas). Espero que eu consiga forças para tal. =)
Beijos!

Christiane

Anónimo disse...

António... me diga com sinceridade: devo desmarcar meu casamento pq ele estará em marte retrogrado?? Aguardo ANSIOSA. Obrigado

arKana disse...

Marte trigono com Urano (é um aspecto do meu mapa)... será que quer isso dizer, que com Marte retrógrado, vou ter energia para agir, sem ser a qualquer custo, com mais ponderação e sem a avidez de destruição/mudança que por vezes me possui? eheh beijo António e bom anooo :)

Sandro69 disse...

Ótimo post, Antônio.

Marte estará revendo os pormenores...

Transitando pela minha Sétima, então posso esperar menos agressividade e criticismo nos relacionamentos e parcerias.

Abraços

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates