Quem é Quem [Congresso de Astrologia] - Patricia Kesselman

19 de fevereiro de 2010 ·

Com vista a nos prepararmos para o próximo Congresso Ibérico de Astrologia, inicio agora a secção «Quem é Quem», onde tentarei apresentar, dentro das minhas possibilidades, alguns astrólogos que serão oradores no congresso e um pequeno texto sobre o tema que irão apresentar. Espero poder ajudar os meus leitores a planificarem melhor a sua agenda pessoal durante o congresso. Conheça todos os oradores, clicando aqui.

Patricia Kesselman
Buenos Aires, Argentina

ASC Leão, Sol Sagitário, Lua Leão, Mercúrio Sagitário

Trabalha, estuda e investiga em Tarot, Astrologia e outros sistemas simbólicos desde 1988. Palestrante em congressos nacionais e internacionais, recebeu o prémio (compartilhado com E. Gramaglia, com quem fundou no final de 2007, o Collegium Astrologicum) para o melhor trabalho no Congresso de Astrologia em Capilla del Monte 2008. Publica artigos astrológicos de forma independente, colaborando com diversos medias como a revista astrológica (Argentina) Medium Coeli, o jornal da Associação Astrológica da Catalunha Cyclos, sendo delegada para a Argentina dessa mesma associação. Consultoria astrológica, oferece oficinas de capacitação para astrólogos e estudantes avançados.

Vai participar no XXVII Congresso Ibérico de Astrologia (Centro de Congressos do Estoril, Portugal, 12 a 15 Maio), com o fascinante tema «O Hileg e o Alcocoden - O Binómio Vital», no dia 14 de Maio, às 16 horas, sala C5-C7.

Um pouco sobre o tema
«O Hileg e o Alcocoden - O Binómio Vital»

A função do Alcocoden é determinar a duração da vida.

"Os textos de astrologia moderna dizem ao estudante, em termos inequívocos, que sob nenhuma circunstância devem sugerir ao cliente que ele pode não ser imortal. Falar da morte é um pecado mais grave do que outros. Entretanto, no passado, fazer a previsão da morte era um preliminar essencial para analisar a Carta Natal." - John Frawley.

Antigamente, a sobrevivência de um recém-nascido não podia ser assumida naturalmente e não havia muitos motivos para acreditar que a criança não poderia ser criada com sucesso. Este pensamento pode ser ofensivo para as nossas expectativas modernas, mas no passado, quando os recursos eram limitados, a segurança pessoal e a qualidade de vida na idade adulta dependia da capacidade de engendrar e criar os seus herdeiros - estas eram questões muito importantes, quando nascia uma criança.

Se pararmos um pouco e pensarmos nas famílias poderosas de então (reis, duques, senhores feudais e latifundiários, etc.), percebemos imediatamente que estas eram questões muito importantes. Por isso mesmo, era corrente, haver muitos filhos, pois alguns sobreviveriam e dariam continuidade a essas famílias. Mesmo um agricultor pobre, com um pequeno terreno onde plantava a alimentação de sobrevivência, estas questões eram muito pertinentes. Os astrólogos tradicionais sabiam muito bem o que deveriam fazer.


Foi apenas nos últimos anos que a ciência e a medicina avançaram o suficiente para nos libertar da preocupação com a extensão das nossas vidas. Nós vemos a morte como algo ofensivo ao conhecimento, com os seus avanços onde a medicina moderna nos oferece alguma segurança. No entanto, esta crença não tem sido comum na maior parte da história humana, e a verdade é que alguns de nós nascemos com mais vitalidade do que outros.

Antes de encontrar em uma carta o Alcocoden temos necessidade de encontrar o Hileg. Depois do astrólogo encontrar o Hileg, o olhar vai para o planeta que tem alguma ligação com Hileg e que pode chamar de Alcocoden. Se não pode haver Hileg também não há Alcocoden e o contrário, também. A função do Alcocoden é determinar a duração da vida.


Se quiser conhecer outros oradores do congresso, clique mais abaixo, na tag / categoria «Quem é Quem».

9 comentários:

Samsara disse...
19 de fevereiro de 2010 às 21:14  

Que maravilha António, vou adorar, já estudei um pouco o tema, o Paulo Silva tem uns exemplos bons mas tenho muitas dúvidas, vai ser excelente.

Estou em pulgas para o Congresso :))

Fico à espera dos próximos posts :)

Beijinhos

António Rosa disse...
19 de fevereiro de 2010 às 21:42  

PatSam

Eu sabia que irias gostar do tema.

Sabes, de repente, fiquei com dúvidas sobre o estar a fazer estes posts, pois obviamente, posso estar a ser tendencioso.

Que achas?

Beijo

superstangas disse...
20 de fevereiro de 2010 às 00:39  

Gosto muito do trabalho que fazes aqui neste blogue parabens...

HSLO disse...
20 de fevereiro de 2010 às 01:11  

Hum...interessante, não tinha conhecimento do trabalho dela.


abraços


Hugo

Samsara disse...
20 de fevereiro de 2010 às 17:00  

Olá António

Quanto a seres tendencioso não sei, pois ainda só fizeste um do género. Acho que deve ser tudo divulgado ao máximo, a mim aguça-me apetite, concerteza também acontecerá a quem ainda não se decidiu pela inscrição. Quanto maior divulgação e participação, mais garantias de sucesso que provocará a repetição do evento noutros anos, o que me deixaria muito feliz.
Beijinhos

António Rosa disse...
20 de fevereiro de 2010 às 17:12  

Supertangas

Achei o seu site muito interessante. :)

António Rosa disse...
20 de fevereiro de 2010 às 17:12  

Hugo

Um abraço amigo. Grato pela visita.

António Rosa disse...
20 de fevereiro de 2010 às 17:14  

PatSam

A seguir vem uma astróloga russa com um tema muito curioso: a moda. Os seus artigos têm saído na Elle francesa e americana. :)

Astrid Annabelle disse...
20 de fevereiro de 2010 às 20:23  

António!
Isso eu não conhecia mesmo...
Muito interessante!
Beijo

19 de fevereiro de 2010

Quem é Quem [Congresso de Astrologia] - Patricia Kesselman

Com vista a nos prepararmos para o próximo Congresso Ibérico de Astrologia, inicio agora a secção «Quem é Quem», onde tentarei apresentar, dentro das minhas possibilidades, alguns astrólogos que serão oradores no congresso e um pequeno texto sobre o tema que irão apresentar. Espero poder ajudar os meus leitores a planificarem melhor a sua agenda pessoal durante o congresso. Conheça todos os oradores, clicando aqui.

Patricia Kesselman
Buenos Aires, Argentina

ASC Leão, Sol Sagitário, Lua Leão, Mercúrio Sagitário

Trabalha, estuda e investiga em Tarot, Astrologia e outros sistemas simbólicos desde 1988. Palestrante em congressos nacionais e internacionais, recebeu o prémio (compartilhado com E. Gramaglia, com quem fundou no final de 2007, o Collegium Astrologicum) para o melhor trabalho no Congresso de Astrologia em Capilla del Monte 2008. Publica artigos astrológicos de forma independente, colaborando com diversos medias como a revista astrológica (Argentina) Medium Coeli, o jornal da Associação Astrológica da Catalunha Cyclos, sendo delegada para a Argentina dessa mesma associação. Consultoria astrológica, oferece oficinas de capacitação para astrólogos e estudantes avançados.

Vai participar no XXVII Congresso Ibérico de Astrologia (Centro de Congressos do Estoril, Portugal, 12 a 15 Maio), com o fascinante tema «O Hileg e o Alcocoden - O Binómio Vital», no dia 14 de Maio, às 16 horas, sala C5-C7.

Um pouco sobre o tema
«O Hileg e o Alcocoden - O Binómio Vital»

A função do Alcocoden é determinar a duração da vida.

"Os textos de astrologia moderna dizem ao estudante, em termos inequívocos, que sob nenhuma circunstância devem sugerir ao cliente que ele pode não ser imortal. Falar da morte é um pecado mais grave do que outros. Entretanto, no passado, fazer a previsão da morte era um preliminar essencial para analisar a Carta Natal." - John Frawley.

Antigamente, a sobrevivência de um recém-nascido não podia ser assumida naturalmente e não havia muitos motivos para acreditar que a criança não poderia ser criada com sucesso. Este pensamento pode ser ofensivo para as nossas expectativas modernas, mas no passado, quando os recursos eram limitados, a segurança pessoal e a qualidade de vida na idade adulta dependia da capacidade de engendrar e criar os seus herdeiros - estas eram questões muito importantes, quando nascia uma criança.

Se pararmos um pouco e pensarmos nas famílias poderosas de então (reis, duques, senhores feudais e latifundiários, etc.), percebemos imediatamente que estas eram questões muito importantes. Por isso mesmo, era corrente, haver muitos filhos, pois alguns sobreviveriam e dariam continuidade a essas famílias. Mesmo um agricultor pobre, com um pequeno terreno onde plantava a alimentação de sobrevivência, estas questões eram muito pertinentes. Os astrólogos tradicionais sabiam muito bem o que deveriam fazer.


Foi apenas nos últimos anos que a ciência e a medicina avançaram o suficiente para nos libertar da preocupação com a extensão das nossas vidas. Nós vemos a morte como algo ofensivo ao conhecimento, com os seus avanços onde a medicina moderna nos oferece alguma segurança. No entanto, esta crença não tem sido comum na maior parte da história humana, e a verdade é que alguns de nós nascemos com mais vitalidade do que outros.

Antes de encontrar em uma carta o Alcocoden temos necessidade de encontrar o Hileg. Depois do astrólogo encontrar o Hileg, o olhar vai para o planeta que tem alguma ligação com Hileg e que pode chamar de Alcocoden. Se não pode haver Hileg também não há Alcocoden e o contrário, também. A função do Alcocoden é determinar a duração da vida.


Se quiser conhecer outros oradores do congresso, clique mais abaixo, na tag / categoria «Quem é Quem».

9 comentários:

Samsara disse...

Que maravilha António, vou adorar, já estudei um pouco o tema, o Paulo Silva tem uns exemplos bons mas tenho muitas dúvidas, vai ser excelente.

Estou em pulgas para o Congresso :))

Fico à espera dos próximos posts :)

Beijinhos

António Rosa disse...

PatSam

Eu sabia que irias gostar do tema.

Sabes, de repente, fiquei com dúvidas sobre o estar a fazer estes posts, pois obviamente, posso estar a ser tendencioso.

Que achas?

Beijo

superstangas disse...

Gosto muito do trabalho que fazes aqui neste blogue parabens...

HSLO disse...

Hum...interessante, não tinha conhecimento do trabalho dela.


abraços


Hugo

Samsara disse...

Olá António

Quanto a seres tendencioso não sei, pois ainda só fizeste um do género. Acho que deve ser tudo divulgado ao máximo, a mim aguça-me apetite, concerteza também acontecerá a quem ainda não se decidiu pela inscrição. Quanto maior divulgação e participação, mais garantias de sucesso que provocará a repetição do evento noutros anos, o que me deixaria muito feliz.
Beijinhos

António Rosa disse...

Supertangas

Achei o seu site muito interessante. :)

António Rosa disse...

Hugo

Um abraço amigo. Grato pela visita.

António Rosa disse...

PatSam

A seguir vem uma astróloga russa com um tema muito curioso: a moda. Os seus artigos têm saído na Elle francesa e americana. :)

Astrid Annabelle disse...

António!
Isso eu não conhecia mesmo...
Muito interessante!
Beijo

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates