Os políticos e a astrologia

24 de março de 2009 ·

Um candidato a político da direita portuguesa, ainda bastante jovem e com um futuro aparentemente prometedor, tem um blogue muito activo e pretensamente algo irreverente. Boa qualidade da escrita. Na secção em que fala dele próprio, escreveu esta preciosidade:

«Nasci a 21 de Novembro de 1977 no Porto, pelas 6h30 da manhã. O que faz de mim um Escorpião ascendente Escorpião. Claro que, como todas as mentes esclarecidas que me lêem, nunca liguei nada à astrologia. Mas sempre tive um secreto orgulho em pertencer duplamente ao signo mais temido do Zodíaco.»

Isto é no que dá quando se misturam coisas que não dominamos. Diz não ligar nada à astrologia. É uma frase, apenas. Entre o não ligar e o não saber vai alguma distância. Pelo menos liga o suficiente para saber qual é o seu ascendente, dando os seus dados completos para quem quiser confirmar: data, hora e local de nascimento. Até aqui, é tudo perfeitamente inócuo. Igualmente inócua é a sua afirmação frívola de ter um «secreto orgulho em pertencer duplamente ao signo mais temido do Zodíaco». Bom, aqui parece revelar que realmente sabe pouco de astrologia. Liga ao assunto (apesar de o negar) mas não sabe o suficiente. Não tem mal, pois é um denominador comum. O que não percebo é a necessidade de afirmar que nesse não ligar, está acompanhado por «todas as mentes esclarecidas» [?] que o lêem. Será para não se sentir tão só?

Cá para mim, isto já são balelas, pois quem tem Neptuno em Sagitário (na 1) conjunto a Mercúrio e em trígono à Lua tendo um belo Úrano em scorpio, na 12, conjunto a Vénus, é claramente uma pessoa que aprecia muito «estas coisas». E, quando digo «estas coisas» não me refiro apenas à astrologia em si. Mas ao mundo esotérico em geral. Meu caro, o seu mapa diz-me que tem um potencial mediúnico enorme, eventualmente não desenvolvido. Grande intuição e potencialmente condições telepáticas para «saber» o que os outros estão a pensar ou o que vão dizer.

Mas como pretende vir a ser um político a sério, o melhor é ir dizendo que não liga. Coisas de políticos. Apareça numa consulta minha e explicar-lhe-ei estas coisas. Além de não divulgar que lá esteve. Ou então, pergunte ao seu astrólogo habitual.

15 comentários:

Samsara disse...
24 de março de 2009 às 08:13  

António
Isto é muito giro, adorei.
Ele ainda não deve ter ido a uma consulta de Astrologia, quase de certeza.
As pessoas têm muito medo de afirmar que gostam de Astrologia, pois passam logo para a categoria das esquisitas. A maior parte gosta de dar a entender que domina a situação e o pior é que não dominam.
Foi muito bem apanhado este post, parabens!
Beijinhos

Ana Cristina disse...
24 de março de 2009 às 08:19  

ahah António incongruências e como politico está a exercer o dom da palavra sem se comprometer (como se isso fosse possível). Enfim 6ªfeira passada apanhei um programa de rádio de 3 ou 4 senhoras a falarem de astrologia, começando por dizer que nada percebiam do assunto...então teria sido melhor não o terem feito, era mau demais não fui capaz de o ouvir todo...pessoas cultas a usarem termos como acertar e não era no euromilhões. Será crime confessarem-se curiosos...
Até logo :-)

António Rosa disse...
24 de março de 2009 às 09:07  

Patrícia,

Foi muito engraçado ter ido parar a este blogue. Foi através do Twitter. Percebi que estava perante alguém que possui imensa curiosidade sobre estes temas.

Beijo

António Rosa disse...
24 de março de 2009 às 09:08  

Ana Cristina,

Sabemos que a vida é assim mesmo. Essa das senhoras na rádio foi muito bem apanhada.

Até logo.

adelaide figueiredo disse...
24 de março de 2009 às 13:44  

António,

Esse senhor foi bem apanhado. Ele não é totalmente desconhecedor, mas tem medo de ser apanhado a acreditar. Convém dizer “não acredito”, “não ligo” ou “desconheço”, porque é politicamente correcto e para não entrar na lista dos crentes em ciências ancestrais e que não têm valor nenhum para pessoas que se dizem cultas e importantes.
Mas o pior não são essas pessoas: São aquelas que sem conhecer a astrologia, não têm qualquer abertura para tentar ouvir ou conhecer, e insultam e chamam de charlatães todos aqueles que lhes provam que é uma ciência bastante fiável.
Os tempos estão a mudar:)

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...
24 de março de 2009 às 14:53  

Adelaide,

Foi uma casualidade ter ido parar ao blogue deste jovem. Creio que o país terá um político bastante activo, num futuro breve.

Abraço

Anónimo disse...
24 de março de 2009 às 16:24  

Então António.

Pegaria mal se o cara dissesse que liga hehehe.Afinal é politico hehehe

Achei piada do "orgulho de ser um fatal Escorpião" hehehe

Agora acho coerente não haver mistura de crenças com o Estado,Ciência...etc.Essas áreas devem funcionar pra além do que se acredita ou se deixa de acreditar.Respeitando apenas principios éticos.

O que detonou o comentário dele foi essa frase que vc citou " CLARO que, como todas as mentes esclarecidas que me lêem, nunca liguei nada à astrologia." Sem ela o comentário teria apenas um tom de brincadeira.

Voo

António Rosa disse...
24 de março de 2009 às 16:50  

Voo

Foi exactamente essa frase dele (coisa mesmo de tentar ser politicamente correcto) que me fez escrever o post.

De qualquer forma ele é um bom escritor e prevejo-lhe um bom futuro na política, daqui a uns anitos. Entretanto, está a aprender.

Abraço

Lemniscata disse...
24 de março de 2009 às 21:25  

Oi António, já me ri bastante à conta deste post :)!! O Sr. Político perdeu uma boa oportunidade de ficar calado mas, a bem da verdade, se é essa a carreira que ele escolheu, é bom que se habitue a meter a pata na poça publicamente e a continuar o seu caminho com a imagem mais "correcta" possível! Loolll!! Bjs *****

Dunyazade disse...
24 de março de 2009 às 21:55  

Ai que mauzinho: "pergunte ao seu astrólogo habitual", LOL!! ;D

Eu se tivesse paciência fazia a análise do mapa do rapaz - mas numapetece. Gostaria era de ter dados concretos, fiáveis, correctos de outros políticos ou figuras públicas portuguesas que me interessam muito mais. Tipo... O Ferro Rodrigues, o Paulo Pedroso... e outras.

Vou à sopa!

Astrid Annabelle disse...
25 de março de 2009 às 01:57  

Como é triste quando as pessoas soltam as palavras ao vento sem refletir!
Só podia ser um político! Políticos falam demais e segundo Osho, mentem demais. Mentem tanto que precisam ficar excepcionalmente atentos a respeito das mentiras que pregam para não serem desmascarados...
Um beijo
Astrid

António Rosa disse...
25 de março de 2009 às 07:29  

Lemniscata

Já sabemos como são os políticos. No entanto, creio que este vai ser conhecido a nível nacional. Ainda não é. Mas será.~:)

Beijo

António Rosa disse...
25 de março de 2009 às 07:30  

Dunyazade

Esses que mencionou resguardam-se bastante. Não dão os dados com tanta facilidade.

António Rosa disse...
25 de março de 2009 às 07:31  

Astrid,

Não conhecia essa explicação do Osho.Muito boa.

Beijo

Dunyazade disse...
25 de março de 2009 às 21:12  

Oh António, é pena.
É pena 0_0

24 de março de 2009

Os políticos e a astrologia

Um candidato a político da direita portuguesa, ainda bastante jovem e com um futuro aparentemente prometedor, tem um blogue muito activo e pretensamente algo irreverente. Boa qualidade da escrita. Na secção em que fala dele próprio, escreveu esta preciosidade:

«Nasci a 21 de Novembro de 1977 no Porto, pelas 6h30 da manhã. O que faz de mim um Escorpião ascendente Escorpião. Claro que, como todas as mentes esclarecidas que me lêem, nunca liguei nada à astrologia. Mas sempre tive um secreto orgulho em pertencer duplamente ao signo mais temido do Zodíaco.»

Isto é no que dá quando se misturam coisas que não dominamos. Diz não ligar nada à astrologia. É uma frase, apenas. Entre o não ligar e o não saber vai alguma distância. Pelo menos liga o suficiente para saber qual é o seu ascendente, dando os seus dados completos para quem quiser confirmar: data, hora e local de nascimento. Até aqui, é tudo perfeitamente inócuo. Igualmente inócua é a sua afirmação frívola de ter um «secreto orgulho em pertencer duplamente ao signo mais temido do Zodíaco». Bom, aqui parece revelar que realmente sabe pouco de astrologia. Liga ao assunto (apesar de o negar) mas não sabe o suficiente. Não tem mal, pois é um denominador comum. O que não percebo é a necessidade de afirmar que nesse não ligar, está acompanhado por «todas as mentes esclarecidas» [?] que o lêem. Será para não se sentir tão só?

Cá para mim, isto já são balelas, pois quem tem Neptuno em Sagitário (na 1) conjunto a Mercúrio e em trígono à Lua tendo um belo Úrano em scorpio, na 12, conjunto a Vénus, é claramente uma pessoa que aprecia muito «estas coisas». E, quando digo «estas coisas» não me refiro apenas à astrologia em si. Mas ao mundo esotérico em geral. Meu caro, o seu mapa diz-me que tem um potencial mediúnico enorme, eventualmente não desenvolvido. Grande intuição e potencialmente condições telepáticas para «saber» o que os outros estão a pensar ou o que vão dizer.

Mas como pretende vir a ser um político a sério, o melhor é ir dizendo que não liga. Coisas de políticos. Apareça numa consulta minha e explicar-lhe-ei estas coisas. Além de não divulgar que lá esteve. Ou então, pergunte ao seu astrólogo habitual.

15 comentários:

Samsara disse...

António
Isto é muito giro, adorei.
Ele ainda não deve ter ido a uma consulta de Astrologia, quase de certeza.
As pessoas têm muito medo de afirmar que gostam de Astrologia, pois passam logo para a categoria das esquisitas. A maior parte gosta de dar a entender que domina a situação e o pior é que não dominam.
Foi muito bem apanhado este post, parabens!
Beijinhos

Ana Cristina disse...

ahah António incongruências e como politico está a exercer o dom da palavra sem se comprometer (como se isso fosse possível). Enfim 6ªfeira passada apanhei um programa de rádio de 3 ou 4 senhoras a falarem de astrologia, começando por dizer que nada percebiam do assunto...então teria sido melhor não o terem feito, era mau demais não fui capaz de o ouvir todo...pessoas cultas a usarem termos como acertar e não era no euromilhões. Será crime confessarem-se curiosos...
Até logo :-)

António Rosa disse...

Patrícia,

Foi muito engraçado ter ido parar a este blogue. Foi através do Twitter. Percebi que estava perante alguém que possui imensa curiosidade sobre estes temas.

Beijo

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Sabemos que a vida é assim mesmo. Essa das senhoras na rádio foi muito bem apanhada.

Até logo.

adelaide figueiredo disse...

António,

Esse senhor foi bem apanhado. Ele não é totalmente desconhecedor, mas tem medo de ser apanhado a acreditar. Convém dizer “não acredito”, “não ligo” ou “desconheço”, porque é politicamente correcto e para não entrar na lista dos crentes em ciências ancestrais e que não têm valor nenhum para pessoas que se dizem cultas e importantes.
Mas o pior não são essas pessoas: São aquelas que sem conhecer a astrologia, não têm qualquer abertura para tentar ouvir ou conhecer, e insultam e chamam de charlatães todos aqueles que lhes provam que é uma ciência bastante fiável.
Os tempos estão a mudar:)

Abraço

Adelaide Figueiredo

António Rosa disse...

Adelaide,

Foi uma casualidade ter ido parar ao blogue deste jovem. Creio que o país terá um político bastante activo, num futuro breve.

Abraço

Anónimo disse...

Então António.

Pegaria mal se o cara dissesse que liga hehehe.Afinal é politico hehehe

Achei piada do "orgulho de ser um fatal Escorpião" hehehe

Agora acho coerente não haver mistura de crenças com o Estado,Ciência...etc.Essas áreas devem funcionar pra além do que se acredita ou se deixa de acreditar.Respeitando apenas principios éticos.

O que detonou o comentário dele foi essa frase que vc citou " CLARO que, como todas as mentes esclarecidas que me lêem, nunca liguei nada à astrologia." Sem ela o comentário teria apenas um tom de brincadeira.

Voo

António Rosa disse...

Voo

Foi exactamente essa frase dele (coisa mesmo de tentar ser politicamente correcto) que me fez escrever o post.

De qualquer forma ele é um bom escritor e prevejo-lhe um bom futuro na política, daqui a uns anitos. Entretanto, está a aprender.

Abraço

Lemniscata disse...

Oi António, já me ri bastante à conta deste post :)!! O Sr. Político perdeu uma boa oportunidade de ficar calado mas, a bem da verdade, se é essa a carreira que ele escolheu, é bom que se habitue a meter a pata na poça publicamente e a continuar o seu caminho com a imagem mais "correcta" possível! Loolll!! Bjs *****

Dunyazade disse...

Ai que mauzinho: "pergunte ao seu astrólogo habitual", LOL!! ;D

Eu se tivesse paciência fazia a análise do mapa do rapaz - mas numapetece. Gostaria era de ter dados concretos, fiáveis, correctos de outros políticos ou figuras públicas portuguesas que me interessam muito mais. Tipo... O Ferro Rodrigues, o Paulo Pedroso... e outras.

Vou à sopa!

Astrid Annabelle disse...

Como é triste quando as pessoas soltam as palavras ao vento sem refletir!
Só podia ser um político! Políticos falam demais e segundo Osho, mentem demais. Mentem tanto que precisam ficar excepcionalmente atentos a respeito das mentiras que pregam para não serem desmascarados...
Um beijo
Astrid

António Rosa disse...

Lemniscata

Já sabemos como são os políticos. No entanto, creio que este vai ser conhecido a nível nacional. Ainda não é. Mas será.~:)

Beijo

António Rosa disse...

Dunyazade

Esses que mencionou resguardam-se bastante. Não dão os dados com tanta facilidade.

António Rosa disse...

Astrid,

Não conhecia essa explicação do Osho.Muito boa.

Beijo

Dunyazade disse...

Oh António, é pena.
É pena 0_0

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates