Quem é a entidade conhecida por Emmanuel?

17 de dezembro de 2009 ·


No início de 2006 pedimos ao nosso amigo, o artista Cláudio Gianfardoni, para se sintonizar com Emmanuel e que o pintasse. O resultado foi o que estão agora a ver. Esta ilustração destinou-se a ser inserida na capa do livro "Tratado de Cura Canopus Melquizedeque", de Henrique Manuel.

Quem é Emmanuel?

Emmanuel é, também, o nome dado pelo medium espírita brasileiro Chico Xavier à entidade a que atribui a autoria de boa parte das suas obras psicografadas. Essa entidade era apontada por Chico Xavier como seu orientador espiritual.

A obra mediúnica atribuída a Emmanuel é composta por dezenas de livros, muitos deles traduzidos para diversos idiomas. São livros de aconselhamento espiritual, obras de exegese bíblica, etc.

Que nos diz o «Livro de Urântia» sobre esta entidade?

Antes de mais, aclaremos de imediato o seguinte: Emmanuel é irmão de Micah, o Deus Governante do nosso Universo Local de Nebadon, cuja capital é Salvington.

Como sabem, o Senhor Micah, Sananda e Jesus são o mesmo Ser, em diferentes planos. São entidades únicas, que consoante o plano de intervenção, necessitam criar outras formas de energia, para poderem actuar da melhor maneira possível em registos mais densos, como é o caso do nosso planeta.

Devido às questões havidas no planeta Terra com as guerras dos Anjos Caídos, decidiu, o Senhor Micah que faria uma reencarnação (auto-otorgamento) aqui, de modo a poder auxiliar-nos. Assim nasceu Jesus, Filho do Deus Pai.

Neste processo, desde que saiu da capital Salvington, até encarnar naquele bebé, o Senhor Micah passou por um processo pessoal e cósmico, tendo que permanecer imenso tempo em numerosos planetas, sendo que os últimos onde esteve foram um planeta da estrela Sirius e em Vénus, do nosso sistema solar. Neste delicado processo de adaptação energética ao nosso sistema, o Senhor Micah necessitou de 50.000 anos terrestres para realizar a sua obra de reencarnação neste planeta.

É legítimo perguntar: se esteve ausente da sede central do nosso Universo, Salvington, quem o ficou a substituir? Quem ficou a tomar conta do governo do nosso Universo Local de Nebadon? A resposta é-nos dada no
Livro de Urântia": Foi o seu irmão, o Bem Amado Emmanuel.

E quem acompanhava Emmanuel no governo? Gabriel de Nebadon, o tão querido e amado Arcanjo Gabriel.

Emmanuel de Nebadon é um União dos Dias, Filho Directo do Paraíso, da Fonte Que Tudo É, irmão mais velho de Micah de Nebadon. Ficou no governo as sete vezes que Micah teve que se ausentar, em tarefas de auto-otorgação (no nosso planeta chamamos 'reencarnação') pelo seu Universo Local. A Ilha do Paraíso para uns, ou Havona para outros, ou a Grande Fonte Que Tudo É, para outros, determina que o Filho Criador do Paraíso, para assumir para todo o sempre, o governo de um Universo local, deve "reencarnar" (auto-otorgar-se) por 7 vezes em diversos locais por si escolhidos. O Senhor Micah assim fez. Auto-otorgou-se em diversos sectores de Nebadom.

Segundo o «Livro de Urântia»: «O propósito destas encarnações em forma de criatura consiste em possibilitar que tais Criadores venham a ser soberanos sábios, compassivos, justos e compreensivos. Estes Filhos divinos são justos de maneira inata, mas tornam-se criteriosamente misericordiosos como resultado destas experiências sucessivas de efusão; eles são misericordiosos por natureza mas estas experiências os fazem misericordiosos em formas novas e adicionais. Estas efusões constituem os últimos passos do seu preparo e instrução para a tarefa sublime de governar os universos locais em rectitude divina e por meio de juízo imparcial. Estas efusões não são essenciais para a gestão sábia, justa e eficaz de um universo local, porém são absolutamente necessárias para uma administração imparcial, misericordiosa e compreensiva de tal criação, na qual pululam variadas formas de vida e miríades de criaturas inteligentes, porém imperfeitas».

O Senhor Micah assim fez, sempre com a colaboração do seu irmão, Emmanuel.

O Senhor Micah, governante do nosso Universo Local de Nebadon, nas sua auto-otorgações, para se confirmar como Governante Eterno foi um Lanonandeque e um Melquisedeque, seus filhos da criação. Pacificou o planeta 217, no sistema 87 da constelação 61, onde o Soberano do Sistema se desencaminhara, criando uma rebelião. Como um anjo Serafim, serviu de conselheiro seráfico de ensino, o que poderíamos denominar como secretário particular, para vinte e seis diferentes instrutores maiores que trabalhavam em vinte e dois mundos distintos. Em Uversa foi um mortal ascendente, foi um ser pessoal maravilhoso que viveu e trabalhou por um período de onze anos do tempo padrão de Orvonton, à exacta semelhança da etapa espiritual dos mortais ascendentes. Este ser recebeu tarefas e cumpriu com os deveres de um mortal espiritual junto com os seus semelhantes provenientes dos vários universos locais de Orvonton. Foram 7 as suas auto-otorgações.

Aqui foram descritas apenas algumas das suas auto-otorgações, todas extraordinárias. Micah deixou para a sua última auto-otorgação, a mais difícil de todas. Ser carne, ser matéria. Saber o que é ser um Humano, tal como nós. Foi a experiência mais luminosa de todas. Como Filho do Homem.

E foi Jesus, o nosso maravilhoso Mestre, o Cristo.

«O anúncio público de que Micah tinha escolhido Urântia (Terra) como palco da sua efusão final foi feito pouco depois de ouvirmos sobre a falta de Adão e Eva. E assim, por mais de trinta e cinco mil anos, o vosso mundo ocupou uma posição muito notória nos conselhos do universo inteiro. Não havia segredos (afora o mistério da encarnação) referente a qualquer medida adoptada na efusão em Urântia. Do princípio ao fim, até ao retorno final e triunfante de Micah a Salvington como soberano supremo do Universo Local de Nebadon, houve a mais completa publicidade no universo sobre tudo o que ocorreu no vosso pequeno mas muito honrado mundo.»

«Embora acreditássemos que este seria o método, até ao momento do próprio evento não sabíamos que Micah apareceria na Terra como criança desamparada do mundo. Até este momento, ele sempre tinha aparecido como um indivíduo completamente desenvolvido do grupo de seres pessoais seleccionado para a efusão, e foi um anúncio emocionante o que se emitiu de Salvington, contando que o menino de Belém nascera em Urântia.»

«Percebemos então não só que nosso Criador e amigo estava dando o mais delicado passo de toda a sua caminhada, aparentemente arriscando a sua posição e autoridade nesta efusão como criança desamparada mas também que a sua experiência nesta efusão final e mortal o entronizaria para todo o sempre como soberano indiscutível e supremo do universo de Nebadon. Todos os olhos, em todas as partes deste universo local estiveram dirigidos a Urântia durante um terço de século do tempo terrestre. Todas as inteligências perceberam que a última efusão estava em progresso e como há muito sabíamos da rebelião de Lúcifer em Satânia e da deslealdade de Caligastia em Urântia, compreendemos bem a intensidade da luta que se seguiria quando no osso governante consentiu em se encarnar em Urântia, na humilde forma e semelhança da carne mortal.»

Voltando ao Bem Amado Emmanuel.

É uma entidade de enorme amor, que muito ajudou Jesus (Micah) ao longo de mais de um bilião de anos no conjunto das suas auto-otorgações.

Este Ser está intimamente ligado às Hierarquias de Canopus, a constelação que ascendeu na sua totalidade, encontrando-se actualmente para além de 12D.

16 comentários:

Norma Villares disse...
17 de dezembro de 2009 às 16:40  

Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com suas ações.
A chama energética do ser humano de consciência elevada espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por todo ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

Maria Paula Ribeiro disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:03  

Ficaria a ler mais o resto da tarde...
Começa-se a ler e nunca mais se pára.

Continua que é leitura santificada.

Obrigado mestre, ;)

Fatima disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:15  

Muito interessante António!
Aprendi muito hoje aqui.
Bjs.

angela disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:20  

Antonio
Muito assunto novo aqui, apesar de que já ouvi e li alguma coisa, mas desse jeito que escreveu fez muito sentido.
beijos

António Rosa disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:22  

Norma

Também lhe desejo um maravilhoso 2010.

Tudo de bom para si.

António Rosa disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:23  

Maria

A experiência da leitura do 'Livro de Urântia', para mim, é sempre apaixonante.

Beijos

António Rosa disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:23  

Fátima

Um grande beijinho para si.

António Rosa disse...
17 de dezembro de 2009 às 17:25  

Ângela

Está tudo escrito e não há assuntos escondidos. Aqui, procurei apenas simplificar algum do conhecimento mais esotérico que diz respeito ao nosso planeta.

De uma forma indirecta estou a homenagear todas as pessoas interessadas em dar continuidade ao nosso Planeta.

Beijo.

Ana Cristina disse...
17 de dezembro de 2009 às 18:45  

gostei de reler ensinamentos que reli há 30 anos atrás :)

António Rosa disse...
17 de dezembro de 2009 às 19:14  

Ana Cristina,

Grato pela sua visita. Conheci o blog sobre a FarmVille por seu intermédio. Muito bom.

manuel marques disse...
17 de dezembro de 2009 às 20:57  

Gostei e aprendi.

Abraço.

Manuela Freitas disse...
17 de dezembro de 2009 às 21:37  

OLá,
Sou completamente analbafeta em leituras esotéricas, mas estive a ler e voltarei cá com certeza,
Um abraço,
Manuela

Rosan disse...
17 de dezembro de 2009 às 22:38  

oi Antonio.
estou emocionada com o texto, sempre admirei muito Jesus e Emmanuel, mesmo não conhecendo todos estes detalhes....agora com mais um pouco de conhecimento, me sinto ainda mais viva, em saber que fazemos parte desse todo, desse universo...
Jesus sempre a nos iluminar e cercar de imenso amor...
obrigada Antonio pelas informações adicionais, que só vieram a contribuir, para meu aprendizado.

beijo de luz

marcelo dalla disse...
18 de dezembro de 2009 às 13:34  

Uau!!! Divino, fantástico, maravilhoso, sublime!
Não sabia que estes dois mestres muito queridos e amados são irmãos.

Preciso ler esse livro urgentemente. Ontem mesmo o vi na livraria.

Gratidão por esse post!
abraço

rouxinol de Bernardim disse...
19 de dezembro de 2009 às 11:02  

Feliz Natal e bom ano de 2010!

Stella Tavares disse...
22 de dezembro de 2009 às 12:39  

Escrevi um livro virtural e o dediquei a todos os seguidores e leitores do manual. Espero que aceitem este singelo presente. Aproveito o ensejo para desejar a todos um natal regado de muita paz e comunhão e um 2010 repleto de paz, saúde e que o melhor se realize. Sempre!
Bjs a todos e até 2010!
Querido Antônio Rosa, obrigada pela enriquecedora parceria. Espero que leia e livro e, se gostar, ajude-me a divulgá-lo.
Um lindo natal para você e todos os seus.
http://www.bookess.com/read/2310-o-manual-do-inseguro/

17 de dezembro de 2009

Quem é a entidade conhecida por Emmanuel?


No início de 2006 pedimos ao nosso amigo, o artista Cláudio Gianfardoni, para se sintonizar com Emmanuel e que o pintasse. O resultado foi o que estão agora a ver. Esta ilustração destinou-se a ser inserida na capa do livro "Tratado de Cura Canopus Melquizedeque", de Henrique Manuel.

Quem é Emmanuel?

Emmanuel é, também, o nome dado pelo medium espírita brasileiro Chico Xavier à entidade a que atribui a autoria de boa parte das suas obras psicografadas. Essa entidade era apontada por Chico Xavier como seu orientador espiritual.

A obra mediúnica atribuída a Emmanuel é composta por dezenas de livros, muitos deles traduzidos para diversos idiomas. São livros de aconselhamento espiritual, obras de exegese bíblica, etc.

Que nos diz o «Livro de Urântia» sobre esta entidade?

Antes de mais, aclaremos de imediato o seguinte: Emmanuel é irmão de Micah, o Deus Governante do nosso Universo Local de Nebadon, cuja capital é Salvington.

Como sabem, o Senhor Micah, Sananda e Jesus são o mesmo Ser, em diferentes planos. São entidades únicas, que consoante o plano de intervenção, necessitam criar outras formas de energia, para poderem actuar da melhor maneira possível em registos mais densos, como é o caso do nosso planeta.

Devido às questões havidas no planeta Terra com as guerras dos Anjos Caídos, decidiu, o Senhor Micah que faria uma reencarnação (auto-otorgamento) aqui, de modo a poder auxiliar-nos. Assim nasceu Jesus, Filho do Deus Pai.

Neste processo, desde que saiu da capital Salvington, até encarnar naquele bebé, o Senhor Micah passou por um processo pessoal e cósmico, tendo que permanecer imenso tempo em numerosos planetas, sendo que os últimos onde esteve foram um planeta da estrela Sirius e em Vénus, do nosso sistema solar. Neste delicado processo de adaptação energética ao nosso sistema, o Senhor Micah necessitou de 50.000 anos terrestres para realizar a sua obra de reencarnação neste planeta.

É legítimo perguntar: se esteve ausente da sede central do nosso Universo, Salvington, quem o ficou a substituir? Quem ficou a tomar conta do governo do nosso Universo Local de Nebadon? A resposta é-nos dada no
Livro de Urântia": Foi o seu irmão, o Bem Amado Emmanuel.

E quem acompanhava Emmanuel no governo? Gabriel de Nebadon, o tão querido e amado Arcanjo Gabriel.

Emmanuel de Nebadon é um União dos Dias, Filho Directo do Paraíso, da Fonte Que Tudo É, irmão mais velho de Micah de Nebadon. Ficou no governo as sete vezes que Micah teve que se ausentar, em tarefas de auto-otorgação (no nosso planeta chamamos 'reencarnação') pelo seu Universo Local. A Ilha do Paraíso para uns, ou Havona para outros, ou a Grande Fonte Que Tudo É, para outros, determina que o Filho Criador do Paraíso, para assumir para todo o sempre, o governo de um Universo local, deve "reencarnar" (auto-otorgar-se) por 7 vezes em diversos locais por si escolhidos. O Senhor Micah assim fez. Auto-otorgou-se em diversos sectores de Nebadom.

Segundo o «Livro de Urântia»: «O propósito destas encarnações em forma de criatura consiste em possibilitar que tais Criadores venham a ser soberanos sábios, compassivos, justos e compreensivos. Estes Filhos divinos são justos de maneira inata, mas tornam-se criteriosamente misericordiosos como resultado destas experiências sucessivas de efusão; eles são misericordiosos por natureza mas estas experiências os fazem misericordiosos em formas novas e adicionais. Estas efusões constituem os últimos passos do seu preparo e instrução para a tarefa sublime de governar os universos locais em rectitude divina e por meio de juízo imparcial. Estas efusões não são essenciais para a gestão sábia, justa e eficaz de um universo local, porém são absolutamente necessárias para uma administração imparcial, misericordiosa e compreensiva de tal criação, na qual pululam variadas formas de vida e miríades de criaturas inteligentes, porém imperfeitas».

O Senhor Micah assim fez, sempre com a colaboração do seu irmão, Emmanuel.

O Senhor Micah, governante do nosso Universo Local de Nebadon, nas sua auto-otorgações, para se confirmar como Governante Eterno foi um Lanonandeque e um Melquisedeque, seus filhos da criação. Pacificou o planeta 217, no sistema 87 da constelação 61, onde o Soberano do Sistema se desencaminhara, criando uma rebelião. Como um anjo Serafim, serviu de conselheiro seráfico de ensino, o que poderíamos denominar como secretário particular, para vinte e seis diferentes instrutores maiores que trabalhavam em vinte e dois mundos distintos. Em Uversa foi um mortal ascendente, foi um ser pessoal maravilhoso que viveu e trabalhou por um período de onze anos do tempo padrão de Orvonton, à exacta semelhança da etapa espiritual dos mortais ascendentes. Este ser recebeu tarefas e cumpriu com os deveres de um mortal espiritual junto com os seus semelhantes provenientes dos vários universos locais de Orvonton. Foram 7 as suas auto-otorgações.

Aqui foram descritas apenas algumas das suas auto-otorgações, todas extraordinárias. Micah deixou para a sua última auto-otorgação, a mais difícil de todas. Ser carne, ser matéria. Saber o que é ser um Humano, tal como nós. Foi a experiência mais luminosa de todas. Como Filho do Homem.

E foi Jesus, o nosso maravilhoso Mestre, o Cristo.

«O anúncio público de que Micah tinha escolhido Urântia (Terra) como palco da sua efusão final foi feito pouco depois de ouvirmos sobre a falta de Adão e Eva. E assim, por mais de trinta e cinco mil anos, o vosso mundo ocupou uma posição muito notória nos conselhos do universo inteiro. Não havia segredos (afora o mistério da encarnação) referente a qualquer medida adoptada na efusão em Urântia. Do princípio ao fim, até ao retorno final e triunfante de Micah a Salvington como soberano supremo do Universo Local de Nebadon, houve a mais completa publicidade no universo sobre tudo o que ocorreu no vosso pequeno mas muito honrado mundo.»

«Embora acreditássemos que este seria o método, até ao momento do próprio evento não sabíamos que Micah apareceria na Terra como criança desamparada do mundo. Até este momento, ele sempre tinha aparecido como um indivíduo completamente desenvolvido do grupo de seres pessoais seleccionado para a efusão, e foi um anúncio emocionante o que se emitiu de Salvington, contando que o menino de Belém nascera em Urântia.»

«Percebemos então não só que nosso Criador e amigo estava dando o mais delicado passo de toda a sua caminhada, aparentemente arriscando a sua posição e autoridade nesta efusão como criança desamparada mas também que a sua experiência nesta efusão final e mortal o entronizaria para todo o sempre como soberano indiscutível e supremo do universo de Nebadon. Todos os olhos, em todas as partes deste universo local estiveram dirigidos a Urântia durante um terço de século do tempo terrestre. Todas as inteligências perceberam que a última efusão estava em progresso e como há muito sabíamos da rebelião de Lúcifer em Satânia e da deslealdade de Caligastia em Urântia, compreendemos bem a intensidade da luta que se seguiria quando no osso governante consentiu em se encarnar em Urântia, na humilde forma e semelhança da carne mortal.»

Voltando ao Bem Amado Emmanuel.

É uma entidade de enorme amor, que muito ajudou Jesus (Micah) ao longo de mais de um bilião de anos no conjunto das suas auto-otorgações.

Este Ser está intimamente ligado às Hierarquias de Canopus, a constelação que ascendeu na sua totalidade, encontrando-se actualmente para além de 12D.

16 comentários:

Norma Villares disse...

Uma pessoa sábia encontra seu verdadeiro lugar no mundo, e vive de acordo com o que o destino lhe reserva. Sua força interior alimenta suas ações e todas as pessoas beneficiam com suas ações.
A chama energética do ser humano de consciência elevada espiritualmente espalha-se além de suas ações no mundo. Aquilo que é invisível e não possui substância física, não tem significação se não influenciar o aprimoramento das ações do homem e de outras pessoas. O sucesso vem para os humildes de alma e coração, que oferecem seus sacrifícios para maior benefício de outras pessoas no mundo.
Que a força e a luz do Cristo que tudo permeia no Universo, posso envolver você e sua família neste Natal. E que esta energia perdure por todo ano de 2010.
Feliz natal!
Ano Novo de muitas realizações
São os votos sinceros
Sublimes abraços.

Maria Paula Ribeiro disse...

Ficaria a ler mais o resto da tarde...
Começa-se a ler e nunca mais se pára.

Continua que é leitura santificada.

Obrigado mestre, ;)

Fatima disse...

Muito interessante António!
Aprendi muito hoje aqui.
Bjs.

angela disse...

Antonio
Muito assunto novo aqui, apesar de que já ouvi e li alguma coisa, mas desse jeito que escreveu fez muito sentido.
beijos

António Rosa disse...

Norma

Também lhe desejo um maravilhoso 2010.

Tudo de bom para si.

António Rosa disse...

Maria

A experiência da leitura do 'Livro de Urântia', para mim, é sempre apaixonante.

Beijos

António Rosa disse...

Fátima

Um grande beijinho para si.

António Rosa disse...

Ângela

Está tudo escrito e não há assuntos escondidos. Aqui, procurei apenas simplificar algum do conhecimento mais esotérico que diz respeito ao nosso planeta.

De uma forma indirecta estou a homenagear todas as pessoas interessadas em dar continuidade ao nosso Planeta.

Beijo.

Ana Cristina disse...

gostei de reler ensinamentos que reli há 30 anos atrás :)

António Rosa disse...

Ana Cristina,

Grato pela sua visita. Conheci o blog sobre a FarmVille por seu intermédio. Muito bom.

manuel marques disse...

Gostei e aprendi.

Abraço.

Manuela Freitas disse...

OLá,
Sou completamente analbafeta em leituras esotéricas, mas estive a ler e voltarei cá com certeza,
Um abraço,
Manuela

Rosan disse...

oi Antonio.
estou emocionada com o texto, sempre admirei muito Jesus e Emmanuel, mesmo não conhecendo todos estes detalhes....agora com mais um pouco de conhecimento, me sinto ainda mais viva, em saber que fazemos parte desse todo, desse universo...
Jesus sempre a nos iluminar e cercar de imenso amor...
obrigada Antonio pelas informações adicionais, que só vieram a contribuir, para meu aprendizado.

beijo de luz

marcelo dalla disse...

Uau!!! Divino, fantástico, maravilhoso, sublime!
Não sabia que estes dois mestres muito queridos e amados são irmãos.

Preciso ler esse livro urgentemente. Ontem mesmo o vi na livraria.

Gratidão por esse post!
abraço

rouxinol de Bernardim disse...

Feliz Natal e bom ano de 2010!

Stella Tavares disse...

Escrevi um livro virtural e o dediquei a todos os seguidores e leitores do manual. Espero que aceitem este singelo presente. Aproveito o ensejo para desejar a todos um natal regado de muita paz e comunhão e um 2010 repleto de paz, saúde e que o melhor se realize. Sempre!
Bjs a todos e até 2010!
Querido Antônio Rosa, obrigada pela enriquecedora parceria. Espero que leia e livro e, se gostar, ajude-me a divulgá-lo.
Um lindo natal para você e todos os seus.
http://www.bookess.com/read/2310-o-manual-do-inseguro/

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates