Neymar sofreu um golpe de um jogador colombiano.

7 de julho de 2014 ·


COPA DO MUNDO 2014 COM MANIFESTAÇÕES DE BARBÁRIE - Neymar sofreu um golpe de um jogador colombiano.

Só estou a comentar hoje, porque por razões profissionais estive fora do Facebook durante este longo fim-de-semana, mas acompanhei o assunto e na primeira oportunidade cá estou a lamentar esta barbárie.

Pelas costas do opositor, o colombiano Zúñiga deu uma violenta joelhada nas costas do brasileiro Neymar, partindo uma vértebra e quebrou o sonho de um jovem que muito lutou para poder estar presente nesta Copa do Mundo. Felizmente, é um atleta bem preparado, jovem, tem 22 anos, ultrapassará as dores da lesão e daqui a umas semanas estará de volta.

Neymar, o jovem brasileiro foi acertado na parte baixa da região lombar, pelo que não houve risco de uma lesão na cervical que pudesse resultar em paralisia ou outro problema neurológico. Mais ainda porque nenhum órgão foi atingido.

Um golpe desses em mim, inutilizar-me-ia durante anos, se não fosse mesmo para o resto da vida.

Sendo este golpe sobre Neymar considerado ilegal, o árbitro espanhol Carlos Verlasco Carballo nem se dignou levantar o cartão vermelho ao colombiano. Dizem os «entendidos» que ele 'não viu' e que durante todo o jogo teve 'medo de arbitrar'.

Em condições de isenção este baixo golpe faria com que o jogador colombiano fosse desclassificado imediatamente, ou seja, levaria um cartão vermelho sem nenhum choro ou direito a reclamação. E expulso do jogo e da Copa. Seria o descrédito na sua vida profissional. Assim, «en su pueblo» passou à condição de herói. Uma joelhada destas é uma forma desleal de tentar afastar um rival. Digam o que disserem tudo «parece» ter sido criminoso e intencional.

Este mundo desportivo anda efervescente: ainda outro dia um jogador deu uma dentada num rival, mas foi recebido na sua terra como um herói, com direito a saudação de varanda.

Que aconteceu aqui, em termos metafísicos? Com a humanidade a evoluir à velocidade da Luz, como se pode entender gente como o mordedor e o da joelhada? Para mim, e em termos esotéricos, esta gente ainda está como estavam há 10.000 anos, quando eram lutadores e guerreiros que lutavam e matavam para construirem impérios por conta dos grandes senhores.

Mas, e o árbitro, aparentemente com medo de trabalhar no jogo e não fazendo o que devia ter feito que teria sido usar o cartão vermelho. Não viu mesmo? De certeza? Ou assistimos, em termos planetários porque a televisão levou o assunto ao mundo inteiro, a um «pagamento» cármico entre um colombiano, um brasileiro e um espanhol? Quem sofreu? O de língua portuguesa. A Hierarquia Espiritual Brasileira é sábia. Daqui resultará algo de positivo. Não duvido disso.

Neymar, um abraço e votos de melhoras. Já voltarás para nos dares muitas alegrias.

Abraço a todos

António
7 Julho 2014


.

1 comentários:

voyance gratuite en ligne par mail disse...
14 de outubro de 2016 às 16:20  

Obrigado por este artigo, que contém grande quantidade de bons conselhos. Isso é algo que eu tinha dificuldade em entender antes.

7 de julho de 2014

Neymar sofreu um golpe de um jogador colombiano.


COPA DO MUNDO 2014 COM MANIFESTAÇÕES DE BARBÁRIE - Neymar sofreu um golpe de um jogador colombiano.

Só estou a comentar hoje, porque por razões profissionais estive fora do Facebook durante este longo fim-de-semana, mas acompanhei o assunto e na primeira oportunidade cá estou a lamentar esta barbárie.

Pelas costas do opositor, o colombiano Zúñiga deu uma violenta joelhada nas costas do brasileiro Neymar, partindo uma vértebra e quebrou o sonho de um jovem que muito lutou para poder estar presente nesta Copa do Mundo. Felizmente, é um atleta bem preparado, jovem, tem 22 anos, ultrapassará as dores da lesão e daqui a umas semanas estará de volta.

Neymar, o jovem brasileiro foi acertado na parte baixa da região lombar, pelo que não houve risco de uma lesão na cervical que pudesse resultar em paralisia ou outro problema neurológico. Mais ainda porque nenhum órgão foi atingido.

Um golpe desses em mim, inutilizar-me-ia durante anos, se não fosse mesmo para o resto da vida.

Sendo este golpe sobre Neymar considerado ilegal, o árbitro espanhol Carlos Verlasco Carballo nem se dignou levantar o cartão vermelho ao colombiano. Dizem os «entendidos» que ele 'não viu' e que durante todo o jogo teve 'medo de arbitrar'.

Em condições de isenção este baixo golpe faria com que o jogador colombiano fosse desclassificado imediatamente, ou seja, levaria um cartão vermelho sem nenhum choro ou direito a reclamação. E expulso do jogo e da Copa. Seria o descrédito na sua vida profissional. Assim, «en su pueblo» passou à condição de herói. Uma joelhada destas é uma forma desleal de tentar afastar um rival. Digam o que disserem tudo «parece» ter sido criminoso e intencional.

Este mundo desportivo anda efervescente: ainda outro dia um jogador deu uma dentada num rival, mas foi recebido na sua terra como um herói, com direito a saudação de varanda.

Que aconteceu aqui, em termos metafísicos? Com a humanidade a evoluir à velocidade da Luz, como se pode entender gente como o mordedor e o da joelhada? Para mim, e em termos esotéricos, esta gente ainda está como estavam há 10.000 anos, quando eram lutadores e guerreiros que lutavam e matavam para construirem impérios por conta dos grandes senhores.

Mas, e o árbitro, aparentemente com medo de trabalhar no jogo e não fazendo o que devia ter feito que teria sido usar o cartão vermelho. Não viu mesmo? De certeza? Ou assistimos, em termos planetários porque a televisão levou o assunto ao mundo inteiro, a um «pagamento» cármico entre um colombiano, um brasileiro e um espanhol? Quem sofreu? O de língua portuguesa. A Hierarquia Espiritual Brasileira é sábia. Daqui resultará algo de positivo. Não duvido disso.

Neymar, um abraço e votos de melhoras. Já voltarás para nos dares muitas alegrias.

Abraço a todos

António
7 Julho 2014


.

1 comentário:

voyance gratuite en ligne par mail disse...

Obrigado por este artigo, que contém grande quantidade de bons conselhos. Isso é algo que eu tinha dificuldade em entender antes.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates