Avião da Malásia abatido sobre a Ucrânia perto da fronteira russa - análise astrológica

18 de julho de 2014 ·

 
Clicar para ampliar e ver melhor



Ontem, dia 17 julho 2014, estávamos muitos de nós, em Portugal, muito entretidos com as inúmeras notícias sobre a mega crise BES-GES, quando fomos arrancados àquele torpor que nos colocam as notícias de crise, sobre crise, sobre crise, sobre crise e mais crise, com a notícia que um avião de passageiros da Malásia Air [outra vez a Malásia?] tinha-se despenhado na Ucrânia, tendo morrido 298 pessoas que seguiam a bordo, incluindo as 15 pessoas que pertenciam ao staff do avião, o que faz deste o acidente aéreo com mais vítimas mortais na última década.

Como o assunto BES-GES aparenta ter muito para mostrar, tornou-se, para mim, menos urgente analisar este caso e avançar com o do avião da Malásia abatido, perto da fronteira russa, na Ucrânia. A seu tempo voltarei aos mapas do assunto BES-GES.

Pouquíssimos minutos depois, a notícia já era outra: estávamos perante um atentado terrorista, pois o dito avião, um Boeing 777-200, fora simplesmente abatido por um míssil terra-ar o que obrigou o avião do voo MH17, que vinha de Amesterdão, Holanda e dirigia-se ao seu destino, em Kuala Lumpur, Malásia. Este é o segundo desastre aéreo da Malásia Air deste ano. Não consegui dados desta empresa para melhor analisar os mapas.

O avião despenhou-se numa zona descampada junto a povoação Harbove, no distrito de Shakhtars, na Ucrânia. Em português escreve-se o nome dessa localidade, assim: Grabovo. Os destroços espalharam-se por quilómetros. Tive que investigar muito para perceber que Harbove [em língua ucraniana] e Grabovo [em português] são a mesma coisa. A partir daí, foi relativamente fácil, usando o Google Earth, descobrir a latitude e longitude desta localidade. Para quem estuda astrologia, deixo aqui esses dados: 48º N 08'35'' - 38º E 38'31''. Aceitarei ajuda no sentido de melhorar os dados da localidade onde o avião se despenhou. O ideal seria termos os dados da localidade onde estaria o equipamento de disparo do míssil terra-ar que matou de forma criminosa todas aquelas pessoas. Mas isso será quase impossível, para o comum dos mortais, pois estas informações ficarão entre as secretas dos diversos países.



Como já devem saber, os rebeldes pró Rússia, que controlam a área do acidente, asseguraram o acesso ao local aos investigadores internacionais. Estamos claramente numa grande área cinzenta chamada «terrorismo». Não gosto nada disto, nem sequer para analisar em termos astrológicos.

Como as pessoas ligadas à astrologia sabem, no dia anterior a este acidente, portanto, em 16 julho 2014, o grande planeta Júpiter tinha ingressado no signo Leão. Fez-se dentro de mim um clarão imenso, sabem porquê? Porque nada mais Júpiter ter ingressado em Leão, algumas horas depois, a Ucrânia é objeto da atenção pelos piores motivos. Sabem qual é o signo solar da Ucrânia? Leão. Dei essa informação no meu artigo «Júpiter ingressa em Leão» - link à vossa disposição, aqui: http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/06/jupiter-ingressa-em-leao-16-julho-2014_22.html

A partir daí fiquei imerso nesta ideia e só hoje, dia 18 julho, várias horas depois é que consegui a frieza suficiente para fazer a análise astrológica desta tragédia.

 Chamou-me a atenção a situação das estrelas fixas que acompanham o mapa anexo a este artigo e que pertence ao abate do avião. Temos várias estrelas a considerar [apenas as conjunções com uma orbe de 1 grau]:

- Mercúrio com a estrela fixa Tejat Posterior, com uma orbe de 0º36’, ambos em Caranguejo / Câncer.
- Vénus com a estrela fixa Betelgeuse, com uma orbe de 0º13’, ambos em Gémeos.
- Nodo Norte em Balança / Libra, com as estrelas fixas Arcturus, com uma orbe de 0º45’, em Balança / Libra e também com Spica ou Spiculum, com uma orbe de 0º22’, obviamente também em Balança / Libra.
- Ascendente em Sagitário com a estrela fixa Toliman em Escorpião, com uma orbe de 0º50’.
- Meio-do-Céu com a estrela fixa Denebola, com uma orbe de 0º12’, ambos em Virgem.


Deixo-vos aqui um link do meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», onde encontrarão uma longa lista das qualidades e características de todas as estrelas fixas conhecidas. Procurem por ordem alfabética, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=category&id=37&Itemid=115 [tenha em atenção que a listagem ocupa várias páginas do site].



Faço a seguir um breve resumo, por ordem alfabética das estrelas fixas, das principais características destes objetos cósmicos:

Arcturus - As viagens. Procura da glória. Risco de problemas. Ambição. – É uma estrela muito boa, que dá coisas positivas a quem a possuir no mapa, mas infelizmente, mais uma vez se prova, que todo o cuidado é pouco quando Júpiter está metido ao barulho. Será que esta estrela por estar conjunta ao Nodo Norte do acidente, estaremos a falar de questões tremendamente cármicas, associadas aos separatistas ucrânianos que se querem associar à Rússia. Nem me atrevo a olhar para o mapa de Putin.

Betelgeuse – É um estrela com excelente significado astrológico, mas que está associada à palavra «perigo». Como está associada à conjunção com Vénus em Gémeos, será que mais uma vez estamos a «ver» aqui os separatistas que aparentemente provocaram esta catástrofe. Uma Vénus que no mapa do acidente está peregrina [sem aspectos maiores com outros planetas], fazendo que seja dos planetas mais poderosos do mapa. Há muito a investigar, em termos astrológicos. 

Denebola – com a sua conjunção em Virgem ao Meio-do-Céu, esta estrela fixa é também magnífica e excessiva no seu significado geral, mas não esqueçamos de algumas representações: Mágoas. Risco de intoxicação. Provações por meio dos elementos da Natureza. Risco de problemas com os olhos. Adaptemos estas definições ao mapa do acidente e percebemos que o «reconhecimento» de Leão, lhe foi negado. Conto com a vossa ajuda para uma melhor interpretação deste tema.

Spica ou Spiculum – Outro aspecto terrivelmente cármico em que o significado possível para este caso pode ser: Natureza combativa, perseverante e vigorosa. Paixões exacerbadas. Não é difícil percebermos que está, mais uma vez associado aos rebeldes separatistas ucrânianos que se querem associar à Rússia.

Tejat Posterior – Carácter orgulhoso. Temperamento volúvel. Tendência para ser orgulhoso, vaidoso, arrogante e cínico. Manobras. Violência e risco de morte prematura. Associado a Mercúrio em Caranguejo na Casa da Morte [a VIII], creio que carece de mais explicações. A Morte apresentou-se e abateu-se sobre aquelas 298 pessoas e a tragédia que se abateu sobre centenas de famílias.

Toliman – É a Alfa Centauri e é a terceira estrela mais brilhante passível de ser  vista no céu, além de ser a estrela mais próxima do nosso Sol. Uma estrela de Escorpião que fez conjunção com o Ascendente do mapa do acidente. Tem uma importância transcendental nesta análise. Tem a natureza de Júpiter e Vénus, em que tudo amplifica. Tendo o Ascendente do acidente um significado muito importante, pois é a visibilidade e personalidade do voo, personificado naquele infeliz voo. A Malásia, mais uma vez, na ribalta destes acidentes aéreos.

Este texto está a ficar demasiado extenso para o meu gosto, mas por outro lado, tenho a profunda consciência que poderá ser um tema orientador em futuros casos, para os estudantes de astrologia.

De uma coisa tenho  a certeza, olhando para o mapa do acidente: Júpiter em Leão está conjunto ao Sol em Caranguejo / Câncer com uma orbe de 5º51’ ambos a fazerem uma quadratura [aspecto tenso e difícil] a Marte [25º42’], em Balança / Libra. Pensemos assim sobre esta quadratura e peço desculpa de, mais uma vez, conduzir-vos para textos escritos anteriormente por mim [aqui: http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/06/jupiter-ingressa-em-leao-16-julho-2014_22.html ]. Escrevi isto:

«Júpiter em quadratura a Marte em Balança / Libra - Começo já por dizer que não gosto nada deste aspecto na carta [ver mapa deste artigo] do ingresso de Júpiter em Leão. Porquê? Porque vem trazer um ar de guerra a um planeta que necessita de paz para se curar. A LEI [Júpiter] muito próximo da ENERGIA PURA [Marte] pode induzir as pessoas a aplicarem a Lei com as suas próprias mãos. Se Marte e Júpiter estiver em má posição, como é o caso, ainda por cima com Marte em exílio, é certo e sabido que as pessoas farão justiça com as suas próprias mão ou com as armas que entretanto alguém se encarrega de produzir. Veja-se o caso do Iraque e muitos outros.»

Nem sequer me vou referir àquela Lua em Carneiro / Áries que funcionou como gatilho detonador do assunto.

Sei que enquanto escrevo isto e nos tempos a seguir surgirão muitas notícias complementares que poderão ajudar os astrólogos a melhor analisarem este tema. Eu próprio ficarei atento às notícias posteriores que forem surgindo.


Deixo-vos a pensar no assunto, se assim o quiserem fazer.

Muito agradecido e passem todos muito bem.

18 julho 2014

António Rosa


Malásia

Rússia

Ucrânia







.


.

1 comentários:

consultation voyance gratuite disse...
14 de outubro de 2016 às 16:08  

Essa é uma boa ideia, na verdade futuro artigo vamos ler um pouco e, por vezes, o seu oposto sobre o assunto!

18 de julho de 2014

Avião da Malásia abatido sobre a Ucrânia perto da fronteira russa - análise astrológica

 
Clicar para ampliar e ver melhor



Ontem, dia 17 julho 2014, estávamos muitos de nós, em Portugal, muito entretidos com as inúmeras notícias sobre a mega crise BES-GES, quando fomos arrancados àquele torpor que nos colocam as notícias de crise, sobre crise, sobre crise, sobre crise e mais crise, com a notícia que um avião de passageiros da Malásia Air [outra vez a Malásia?] tinha-se despenhado na Ucrânia, tendo morrido 298 pessoas que seguiam a bordo, incluindo as 15 pessoas que pertenciam ao staff do avião, o que faz deste o acidente aéreo com mais vítimas mortais na última década.

Como o assunto BES-GES aparenta ter muito para mostrar, tornou-se, para mim, menos urgente analisar este caso e avançar com o do avião da Malásia abatido, perto da fronteira russa, na Ucrânia. A seu tempo voltarei aos mapas do assunto BES-GES.

Pouquíssimos minutos depois, a notícia já era outra: estávamos perante um atentado terrorista, pois o dito avião, um Boeing 777-200, fora simplesmente abatido por um míssil terra-ar o que obrigou o avião do voo MH17, que vinha de Amesterdão, Holanda e dirigia-se ao seu destino, em Kuala Lumpur, Malásia. Este é o segundo desastre aéreo da Malásia Air deste ano. Não consegui dados desta empresa para melhor analisar os mapas.

O avião despenhou-se numa zona descampada junto a povoação Harbove, no distrito de Shakhtars, na Ucrânia. Em português escreve-se o nome dessa localidade, assim: Grabovo. Os destroços espalharam-se por quilómetros. Tive que investigar muito para perceber que Harbove [em língua ucraniana] e Grabovo [em português] são a mesma coisa. A partir daí, foi relativamente fácil, usando o Google Earth, descobrir a latitude e longitude desta localidade. Para quem estuda astrologia, deixo aqui esses dados: 48º N 08'35'' - 38º E 38'31''. Aceitarei ajuda no sentido de melhorar os dados da localidade onde o avião se despenhou. O ideal seria termos os dados da localidade onde estaria o equipamento de disparo do míssil terra-ar que matou de forma criminosa todas aquelas pessoas. Mas isso será quase impossível, para o comum dos mortais, pois estas informações ficarão entre as secretas dos diversos países.



Como já devem saber, os rebeldes pró Rússia, que controlam a área do acidente, asseguraram o acesso ao local aos investigadores internacionais. Estamos claramente numa grande área cinzenta chamada «terrorismo». Não gosto nada disto, nem sequer para analisar em termos astrológicos.

Como as pessoas ligadas à astrologia sabem, no dia anterior a este acidente, portanto, em 16 julho 2014, o grande planeta Júpiter tinha ingressado no signo Leão. Fez-se dentro de mim um clarão imenso, sabem porquê? Porque nada mais Júpiter ter ingressado em Leão, algumas horas depois, a Ucrânia é objeto da atenção pelos piores motivos. Sabem qual é o signo solar da Ucrânia? Leão. Dei essa informação no meu artigo «Júpiter ingressa em Leão» - link à vossa disposição, aqui: http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/06/jupiter-ingressa-em-leao-16-julho-2014_22.html

A partir daí fiquei imerso nesta ideia e só hoje, dia 18 julho, várias horas depois é que consegui a frieza suficiente para fazer a análise astrológica desta tragédia.

 Chamou-me a atenção a situação das estrelas fixas que acompanham o mapa anexo a este artigo e que pertence ao abate do avião. Temos várias estrelas a considerar [apenas as conjunções com uma orbe de 1 grau]:

- Mercúrio com a estrela fixa Tejat Posterior, com uma orbe de 0º36’, ambos em Caranguejo / Câncer.
- Vénus com a estrela fixa Betelgeuse, com uma orbe de 0º13’, ambos em Gémeos.
- Nodo Norte em Balança / Libra, com as estrelas fixas Arcturus, com uma orbe de 0º45’, em Balança / Libra e também com Spica ou Spiculum, com uma orbe de 0º22’, obviamente também em Balança / Libra.
- Ascendente em Sagitário com a estrela fixa Toliman em Escorpião, com uma orbe de 0º50’.
- Meio-do-Céu com a estrela fixa Denebola, com uma orbe de 0º12’, ambos em Virgem.


Deixo-vos aqui um link do meu site «Escola de Astrologia Nova-Lis», onde encontrarão uma longa lista das qualidades e características de todas as estrelas fixas conhecidas. Procurem por ordem alfabética, aqui: http://nova-lis.com/index.php?option=com_content&view=category&id=37&Itemid=115 [tenha em atenção que a listagem ocupa várias páginas do site].



Faço a seguir um breve resumo, por ordem alfabética das estrelas fixas, das principais características destes objetos cósmicos:

Arcturus - As viagens. Procura da glória. Risco de problemas. Ambição. – É uma estrela muito boa, que dá coisas positivas a quem a possuir no mapa, mas infelizmente, mais uma vez se prova, que todo o cuidado é pouco quando Júpiter está metido ao barulho. Será que esta estrela por estar conjunta ao Nodo Norte do acidente, estaremos a falar de questões tremendamente cármicas, associadas aos separatistas ucrânianos que se querem associar à Rússia. Nem me atrevo a olhar para o mapa de Putin.

Betelgeuse – É um estrela com excelente significado astrológico, mas que está associada à palavra «perigo». Como está associada à conjunção com Vénus em Gémeos, será que mais uma vez estamos a «ver» aqui os separatistas que aparentemente provocaram esta catástrofe. Uma Vénus que no mapa do acidente está peregrina [sem aspectos maiores com outros planetas], fazendo que seja dos planetas mais poderosos do mapa. Há muito a investigar, em termos astrológicos. 

Denebola – com a sua conjunção em Virgem ao Meio-do-Céu, esta estrela fixa é também magnífica e excessiva no seu significado geral, mas não esqueçamos de algumas representações: Mágoas. Risco de intoxicação. Provações por meio dos elementos da Natureza. Risco de problemas com os olhos. Adaptemos estas definições ao mapa do acidente e percebemos que o «reconhecimento» de Leão, lhe foi negado. Conto com a vossa ajuda para uma melhor interpretação deste tema.

Spica ou Spiculum – Outro aspecto terrivelmente cármico em que o significado possível para este caso pode ser: Natureza combativa, perseverante e vigorosa. Paixões exacerbadas. Não é difícil percebermos que está, mais uma vez associado aos rebeldes separatistas ucrânianos que se querem associar à Rússia.

Tejat Posterior – Carácter orgulhoso. Temperamento volúvel. Tendência para ser orgulhoso, vaidoso, arrogante e cínico. Manobras. Violência e risco de morte prematura. Associado a Mercúrio em Caranguejo na Casa da Morte [a VIII], creio que carece de mais explicações. A Morte apresentou-se e abateu-se sobre aquelas 298 pessoas e a tragédia que se abateu sobre centenas de famílias.

Toliman – É a Alfa Centauri e é a terceira estrela mais brilhante passível de ser  vista no céu, além de ser a estrela mais próxima do nosso Sol. Uma estrela de Escorpião que fez conjunção com o Ascendente do mapa do acidente. Tem uma importância transcendental nesta análise. Tem a natureza de Júpiter e Vénus, em que tudo amplifica. Tendo o Ascendente do acidente um significado muito importante, pois é a visibilidade e personalidade do voo, personificado naquele infeliz voo. A Malásia, mais uma vez, na ribalta destes acidentes aéreos.

Este texto está a ficar demasiado extenso para o meu gosto, mas por outro lado, tenho a profunda consciência que poderá ser um tema orientador em futuros casos, para os estudantes de astrologia.

De uma coisa tenho  a certeza, olhando para o mapa do acidente: Júpiter em Leão está conjunto ao Sol em Caranguejo / Câncer com uma orbe de 5º51’ ambos a fazerem uma quadratura [aspecto tenso e difícil] a Marte [25º42’], em Balança / Libra. Pensemos assim sobre esta quadratura e peço desculpa de, mais uma vez, conduzir-vos para textos escritos anteriormente por mim [aqui: http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/06/jupiter-ingressa-em-leao-16-julho-2014_22.html ]. Escrevi isto:

«Júpiter em quadratura a Marte em Balança / Libra - Começo já por dizer que não gosto nada deste aspecto na carta [ver mapa deste artigo] do ingresso de Júpiter em Leão. Porquê? Porque vem trazer um ar de guerra a um planeta que necessita de paz para se curar. A LEI [Júpiter] muito próximo da ENERGIA PURA [Marte] pode induzir as pessoas a aplicarem a Lei com as suas próprias mãos. Se Marte e Júpiter estiver em má posição, como é o caso, ainda por cima com Marte em exílio, é certo e sabido que as pessoas farão justiça com as suas próprias mão ou com as armas que entretanto alguém se encarrega de produzir. Veja-se o caso do Iraque e muitos outros.»

Nem sequer me vou referir àquela Lua em Carneiro / Áries que funcionou como gatilho detonador do assunto.

Sei que enquanto escrevo isto e nos tempos a seguir surgirão muitas notícias complementares que poderão ajudar os astrólogos a melhor analisarem este tema. Eu próprio ficarei atento às notícias posteriores que forem surgindo.


Deixo-vos a pensar no assunto, se assim o quiserem fazer.

Muito agradecido e passem todos muito bem.

18 julho 2014

António Rosa


Malásia

Rússia

Ucrânia







.


.

1 comentário:

consultation voyance gratuite disse...

Essa é uma boa ideia, na verdade futuro artigo vamos ler um pouco e, por vezes, o seu oposto sobre o assunto!

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates