Ciclo Marte - Úrano

21 de março de 2013 ·




Início do ciclo Marte-Úrano


Início do ciclo Marte -Úrano, com a conjunção em 22 Março 2013.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.
Em Astrologia as conjunções [o encontro de 2 planetas] marcam o início de ciclos importantes. Isto é muito visível nos ciclos dos planetas mais lentos, mas este caso, teremos apenas um planeta mais lento: Marte - Úrano. Estes ciclos iniciam-se sensivelmente a cada 2 anos, excepto quando Marte fica retrógrado, que demora um pouco mais.

A 22 de Março 2013 iniciou-se mais um ciclo entre estes dois planetas, com um senão: estão em Carneiro / Áries, signo que Marte rege, portanto, tudo é mais intenso e ríspido. Há muita impulsividade no ar. Muito fogo, à solta. Aliás, basta estarmos um bocadinho atentos e percebemos à nossa volta e nas notícias televisivas como este fogo está solto, por aí. 

Marte simboliza a nossa energia pessoal e é basicamente, agressivo. Úrano deseja o que é novo, aquilo que ainda não foi experimentado, além de se revelar como sendo aquilo que aparece de súbito, sendo também muito conhecido como «a voz de Deus».

Há uma subtileza a ter em conta nestes ciclos Marte - Úrano - o signo do início do ciclo. É sempre muito intenso, mas varia de intensidade, dependendo dos signos em que os planetas se encontram. Antes deste ciclo com início a 22 Março 2013 em Carneiro / Áries, os ciclos anteriores foram em Peixes, nos anos 2007, 2009 e 2011. Em Carneiro, além deste ciclo, os próximos serão em 2015, 2017 e 2019. A seguir será a vez de Touro, em 2021, 2024, etc. Percebe-se que isto está ligado à permanência de Úrano em cada signo.

Há um assunto que não abordarei, por total desconhecimento da minha parte: a astrologia financeira. Parece que as bolsas, investimentos financeiros e todos os negócios financeiros são particularmente sensíveis a este ciclo Marte - Úrano. Tenho lido relatórios astrológicos financeiros que apontam nesse sentido. Como nunca investi na bolsa, nunca fui exposto, enquanto astrólogo, a estas análises. Deixo isso para quem sabe e, sobretudo para quem sabe acompanhar as bolsas internacionais, o que não é, de todo, o meu caso. De que me vale perceber, por exemplo, que poderemos estar sob uma semi-quadratura entre os dois planetas, se não sei acompanhar nada referente às bolsas? Não vale de nada. Assim, o melhor é ficar quietinho e deixar o assunto para quem sabe.


Quando Marte em trânsito faz aspectos tensos com os planetas mais exteriores, Úrano, Saturno, Neptuno e Plutão, as condições ficam desafiantes, mas tornam-se momentos especialmente difíceis quando esses aspectos são com Úrano. No caso, as conjunções, quadraturas, semi-quadraturas e oposições. A maior dificuldade reside na capacidade de concentração, por isso, ser muito fácil a pessoa atingir momentos mais impulsivos, quase que a partir do nada. São tempos em que reclamamos mais. Se for só isto, não haverá grandes problemas. É fácil aconselhar: não agir de forma precipitada e impulsiva, dar às suas ideias tempo para aquecerem, ferverem e arrefecerem um bocado e parar para pensar se não há uma maneira melhor de fazer as coisas. Mas uma coisa é aconselharmos e outra, bem diferente, é a pessoa conseguir controlar aquilo que cresce dentro dela e tem mesmo que vir cá para fora.

Saber respirar bem, ou fazer exercícios de respiração, ajuda muito a não nos deixarmos dominar por este ciclo tão violento, em termos energéticos.

Estes trânsitos são a época ideal para se fazerem aquelas coisas menos exigentes mas que ajudam à nossa capacidade de concentração: ouvir música, 'limpar' os mp3, fazer uma arrumação (não deite fora papéis importantes!), ir ao ginásio, andar de bicicleta e, sobretudo não gritar com os filhos e com os netos.

Os planetas no céu movimentam-se com uma precisão elegante, facilmente constatável pelas efemérides. Estes ciclos de Marte são, em meu entender, pequenos ciclos (cerca de 2 anos) em comparação com os grandes ciclos, como por exemplo Saturno - Plutão ou Úrano - Plutão. O melhor mesmo é concentramo-nos nestes pequenos movimentos.

É o momento para tomarmos muito cuidado e todas as precauções possíveis, pois quando se inicia um ciclo, em conjunção [e mais tarde, durante o ciclo, também com as quadraturas, semi-quadraturas e oposição], estamos claramente naquilo que se poderia chamar de «área do acidente». Sabem, aquela cena nada boa, quando vamos na estrada e passamos por um acidente em que a polícia e os bombeiros já delimitaram a área com aquelas faixas fluorescentes amarelas ou verdes... Ali dentro, é a «área do acidente», tal como no nosso caso de conjunções, quadraturas semi-quadraturas e oposições entre Marte e Úrano. São «áreas do acidente» com um sentido bem mais agudo: todo o chão está inundado com o combustível dos carros acidentados. Basta acender-se um fósforo... Percebe agora porque escolhi estas duas ilustrações com fósforos? É esse o sentido do perigo deste ciclo. Porque somos nós quem atira o fósforo aceso para o combustível.

Nunca fiz isto de atirar um fósforo para cima de um combustível violento como a gasolina, mas tenho a cabeça povoada com imagens de filmes em que isso é uma cena marcante. Sem dúvida, uma enorme tentação. :)

Em cada recanto da «área do acidente» poderá haver voltas e reviravoltas do destino. Zangas, fúrias, raiva que se liberta, a dor que se solta, argumentos que não servem para nada. O melhor mesmo é colocarmos um sinal de intenso perigo, porque, com a intensificação do tempo de trânsito planetário, podemos entrar em áreas muito delicadas de nós mesmos: a impaciência, a ilusão, a perda da razão, um aumentar do egoísmo e aqui temos os ingredientes para uma explosão. É sempre o potencial de um desastre (pessoal) com os seus triunfos e fracasso.

Um pouco sobre as conjunções no
ciclo Marte - Úrano [início do ciclo] - ver aqui

Apesar do aspecto partil [exacto] só ocorrer no dia 22 Março 2013, na verdade a conjunção começou uns dias antes, por volta do dia 12 Marco e permanecerá activo até os planeta estarem afastados 8º

Como esta conjunção será em Carneiro / Áries esta energia será enorme, de alta voltagem. E é uma conjunção em que Marte estará mais forte que Úrano, pois encontra-se em muita dignidade, no signo do qual é regente natural. Por isso, há que contar com focos de violência. 

Também haverá tendência a todo o tipo de excessos de velocidade e problemas nas estradas. Outro tipo de acidentes também estão no ar, sobretudo os que envolvem instrumentos cortantes. Não é propício a cirurgias marcadas com antecedência. Já bastará o que for inesperado.

Não acrescento mais porque acima já ficaram descrições mais que suficientes para entendermos a natureza desta conjunção.

É para aprendermos a ter paciência e a exercer uma apertada vigilância no nosso sistema emocional. Tem que ser controlado para não incorrer em grandes disparates.





Um pouco sobre o sextil, semi-sextil e trígono no ciclo Marte - Úrano


1º sextil do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

São momentos favoráveis a toda a actividade criativa ou original. Podem surgir insuspeitas capacidades criativas. A vida profissional e dos negócios costuma decorrer sem grandes incidentes, pois há sempre que ter em conta o mapa natal das pessoas ou da empresas.

Vive-se uma atitude mais independente, e com pouca paciência para se submeter a regras demasiado rígidas.

Procure conhecer novas pessoas e novas oportunidades. Estabeleça contactos. Apresente-se ao mundo. Não tenha receio, não se feche.

Obviamente que é necessário dar atenção às naturezas específicas dos 3 aspectos: sextil, semi-sextil e trígono, mas a base é igual para todos.


Um pouco sobre a quadratura, semi-quadratura 
e oposições no ciclo Marte - Úrano

1ª quadratura do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

Este um movimento que se insere na ideia que transmiti acima sobre a «área do acidente». Condições novas e inesperadas podem fazer surgir tensões e estados nervosos. Quase sempre estamos perante situações de inquietude e impulsividade devido a um intenso desejo de independência ou de estar liberto de qualquer responsabilidade e preocupações.

Desacordos e brigas surgem do nada. Sobretudo com pessoas que se conhece há muito tempo. Quando bem analisado, é frequente perceber-se que o 'eu' da pessoa foi agredido, mesmo que involuntariamente. E reage em conformidade. Um bom trabalho astrológico ou psicoterapeuta, certamente serão muito úteis, assim como a utilização de florais adequados.

Há uma predisposição para acidentes, queimaduras e problemas com fogos, com a electricidade ou com motores. Há claramente indícios de temeridade por parte das pessoas. A pessoa tem consciência disto? Duvido que tenha. Mas varia de pessoa para pessoa.

Pessoas com egos muito fortes e cuja espiritualidade possa estar muito baixa, é frequente perceber-se que estas pessoas são confrontadas nestes períodos com possíveis sérios acidentes. É aqui que se percebe que a «Voz de Deus» [não me refiro a nenhuma religião] não é ouvida pela pessoa. É todo um símbolo que o astrólogo deve investigar em consulta com os seus clientes.

Se o leitor acredita que as energias podem ser alteradas [transmutadas] para melhor, este trânsito é ideal para tentarmos perceber que vale mesmo a pena introduzirmos essas mudanças em nós. Para encontrar uma serenidade interior que possa resistir a estas situações de quadraturas, semi-quadraturas e oposições.

O astrólogo saberá diferenciar as subtilezas entre estes aspectos.

A oposição no ciclo Marte - Úrano

Única oposição do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

Este outro dos movimentos que se inserem na ideia que transmiti acima sobre a «área do acidente».

Os próximos ciclos de Marte - Úrano

Com início em Carneiro/Áries]

11-3-2015
27-2-2017
13-2-2019

Com início em Touro

20-01-2021
15-7-2024


O novo ciclo, em 2015, ainda em Carneiro
E assim começa novo ciclo Marte - Úrano,
com a conjunção.

Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.


.

2 comentários:

Astrid Annabelle disse...
21 de março de 2013 às 14:55  

Sinto essa energia no ar...seu texto está extraordinário!
Bom saber o que anda acontecendo nos bastidores da vida...
Gostaria de poder fazer um comentário melhor... mas nada há, nem saberia, o que acrescentar...
Beijo António
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
21 de março de 2013 às 17:52  

Querida Astrid

Também sinto essa energia. É tão intensa.
Há umas semanas Marte iniciou um novo ciclo com Neptuno e eu nem me liguei a isso. Veja a diferença. :))

Beijo

A,

21 de março de 2013

Ciclo Marte - Úrano




Início do ciclo Marte-Úrano


Início do ciclo Marte -Úrano, com a conjunção em 22 Março 2013.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.
Em Astrologia as conjunções [o encontro de 2 planetas] marcam o início de ciclos importantes. Isto é muito visível nos ciclos dos planetas mais lentos, mas este caso, teremos apenas um planeta mais lento: Marte - Úrano. Estes ciclos iniciam-se sensivelmente a cada 2 anos, excepto quando Marte fica retrógrado, que demora um pouco mais.

A 22 de Março 2013 iniciou-se mais um ciclo entre estes dois planetas, com um senão: estão em Carneiro / Áries, signo que Marte rege, portanto, tudo é mais intenso e ríspido. Há muita impulsividade no ar. Muito fogo, à solta. Aliás, basta estarmos um bocadinho atentos e percebemos à nossa volta e nas notícias televisivas como este fogo está solto, por aí. 

Marte simboliza a nossa energia pessoal e é basicamente, agressivo. Úrano deseja o que é novo, aquilo que ainda não foi experimentado, além de se revelar como sendo aquilo que aparece de súbito, sendo também muito conhecido como «a voz de Deus».

Há uma subtileza a ter em conta nestes ciclos Marte - Úrano - o signo do início do ciclo. É sempre muito intenso, mas varia de intensidade, dependendo dos signos em que os planetas se encontram. Antes deste ciclo com início a 22 Março 2013 em Carneiro / Áries, os ciclos anteriores foram em Peixes, nos anos 2007, 2009 e 2011. Em Carneiro, além deste ciclo, os próximos serão em 2015, 2017 e 2019. A seguir será a vez de Touro, em 2021, 2024, etc. Percebe-se que isto está ligado à permanência de Úrano em cada signo.

Há um assunto que não abordarei, por total desconhecimento da minha parte: a astrologia financeira. Parece que as bolsas, investimentos financeiros e todos os negócios financeiros são particularmente sensíveis a este ciclo Marte - Úrano. Tenho lido relatórios astrológicos financeiros que apontam nesse sentido. Como nunca investi na bolsa, nunca fui exposto, enquanto astrólogo, a estas análises. Deixo isso para quem sabe e, sobretudo para quem sabe acompanhar as bolsas internacionais, o que não é, de todo, o meu caso. De que me vale perceber, por exemplo, que poderemos estar sob uma semi-quadratura entre os dois planetas, se não sei acompanhar nada referente às bolsas? Não vale de nada. Assim, o melhor é ficar quietinho e deixar o assunto para quem sabe.


Quando Marte em trânsito faz aspectos tensos com os planetas mais exteriores, Úrano, Saturno, Neptuno e Plutão, as condições ficam desafiantes, mas tornam-se momentos especialmente difíceis quando esses aspectos são com Úrano. No caso, as conjunções, quadraturas, semi-quadraturas e oposições. A maior dificuldade reside na capacidade de concentração, por isso, ser muito fácil a pessoa atingir momentos mais impulsivos, quase que a partir do nada. São tempos em que reclamamos mais. Se for só isto, não haverá grandes problemas. É fácil aconselhar: não agir de forma precipitada e impulsiva, dar às suas ideias tempo para aquecerem, ferverem e arrefecerem um bocado e parar para pensar se não há uma maneira melhor de fazer as coisas. Mas uma coisa é aconselharmos e outra, bem diferente, é a pessoa conseguir controlar aquilo que cresce dentro dela e tem mesmo que vir cá para fora.

Saber respirar bem, ou fazer exercícios de respiração, ajuda muito a não nos deixarmos dominar por este ciclo tão violento, em termos energéticos.

Estes trânsitos são a época ideal para se fazerem aquelas coisas menos exigentes mas que ajudam à nossa capacidade de concentração: ouvir música, 'limpar' os mp3, fazer uma arrumação (não deite fora papéis importantes!), ir ao ginásio, andar de bicicleta e, sobretudo não gritar com os filhos e com os netos.

Os planetas no céu movimentam-se com uma precisão elegante, facilmente constatável pelas efemérides. Estes ciclos de Marte são, em meu entender, pequenos ciclos (cerca de 2 anos) em comparação com os grandes ciclos, como por exemplo Saturno - Plutão ou Úrano - Plutão. O melhor mesmo é concentramo-nos nestes pequenos movimentos.

É o momento para tomarmos muito cuidado e todas as precauções possíveis, pois quando se inicia um ciclo, em conjunção [e mais tarde, durante o ciclo, também com as quadraturas, semi-quadraturas e oposição], estamos claramente naquilo que se poderia chamar de «área do acidente». Sabem, aquela cena nada boa, quando vamos na estrada e passamos por um acidente em que a polícia e os bombeiros já delimitaram a área com aquelas faixas fluorescentes amarelas ou verdes... Ali dentro, é a «área do acidente», tal como no nosso caso de conjunções, quadraturas semi-quadraturas e oposições entre Marte e Úrano. São «áreas do acidente» com um sentido bem mais agudo: todo o chão está inundado com o combustível dos carros acidentados. Basta acender-se um fósforo... Percebe agora porque escolhi estas duas ilustrações com fósforos? É esse o sentido do perigo deste ciclo. Porque somos nós quem atira o fósforo aceso para o combustível.

Nunca fiz isto de atirar um fósforo para cima de um combustível violento como a gasolina, mas tenho a cabeça povoada com imagens de filmes em que isso é uma cena marcante. Sem dúvida, uma enorme tentação. :)

Em cada recanto da «área do acidente» poderá haver voltas e reviravoltas do destino. Zangas, fúrias, raiva que se liberta, a dor que se solta, argumentos que não servem para nada. O melhor mesmo é colocarmos um sinal de intenso perigo, porque, com a intensificação do tempo de trânsito planetário, podemos entrar em áreas muito delicadas de nós mesmos: a impaciência, a ilusão, a perda da razão, um aumentar do egoísmo e aqui temos os ingredientes para uma explosão. É sempre o potencial de um desastre (pessoal) com os seus triunfos e fracasso.

Um pouco sobre as conjunções no
ciclo Marte - Úrano [início do ciclo] - ver aqui

Apesar do aspecto partil [exacto] só ocorrer no dia 22 Março 2013, na verdade a conjunção começou uns dias antes, por volta do dia 12 Marco e permanecerá activo até os planeta estarem afastados 8º

Como esta conjunção será em Carneiro / Áries esta energia será enorme, de alta voltagem. E é uma conjunção em que Marte estará mais forte que Úrano, pois encontra-se em muita dignidade, no signo do qual é regente natural. Por isso, há que contar com focos de violência. 

Também haverá tendência a todo o tipo de excessos de velocidade e problemas nas estradas. Outro tipo de acidentes também estão no ar, sobretudo os que envolvem instrumentos cortantes. Não é propício a cirurgias marcadas com antecedência. Já bastará o que for inesperado.

Não acrescento mais porque acima já ficaram descrições mais que suficientes para entendermos a natureza desta conjunção.

É para aprendermos a ter paciência e a exercer uma apertada vigilância no nosso sistema emocional. Tem que ser controlado para não incorrer em grandes disparates.





Um pouco sobre o sextil, semi-sextil e trígono no ciclo Marte - Úrano


1º sextil do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

São momentos favoráveis a toda a actividade criativa ou original. Podem surgir insuspeitas capacidades criativas. A vida profissional e dos negócios costuma decorrer sem grandes incidentes, pois há sempre que ter em conta o mapa natal das pessoas ou da empresas.

Vive-se uma atitude mais independente, e com pouca paciência para se submeter a regras demasiado rígidas.

Procure conhecer novas pessoas e novas oportunidades. Estabeleça contactos. Apresente-se ao mundo. Não tenha receio, não se feche.

Obviamente que é necessário dar atenção às naturezas específicas dos 3 aspectos: sextil, semi-sextil e trígono, mas a base é igual para todos.


Um pouco sobre a quadratura, semi-quadratura 
e oposições no ciclo Marte - Úrano

1ª quadratura do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

Este um movimento que se insere na ideia que transmiti acima sobre a «área do acidente». Condições novas e inesperadas podem fazer surgir tensões e estados nervosos. Quase sempre estamos perante situações de inquietude e impulsividade devido a um intenso desejo de independência ou de estar liberto de qualquer responsabilidade e preocupações.

Desacordos e brigas surgem do nada. Sobretudo com pessoas que se conhece há muito tempo. Quando bem analisado, é frequente perceber-se que o 'eu' da pessoa foi agredido, mesmo que involuntariamente. E reage em conformidade. Um bom trabalho astrológico ou psicoterapeuta, certamente serão muito úteis, assim como a utilização de florais adequados.

Há uma predisposição para acidentes, queimaduras e problemas com fogos, com a electricidade ou com motores. Há claramente indícios de temeridade por parte das pessoas. A pessoa tem consciência disto? Duvido que tenha. Mas varia de pessoa para pessoa.

Pessoas com egos muito fortes e cuja espiritualidade possa estar muito baixa, é frequente perceber-se que estas pessoas são confrontadas nestes períodos com possíveis sérios acidentes. É aqui que se percebe que a «Voz de Deus» [não me refiro a nenhuma religião] não é ouvida pela pessoa. É todo um símbolo que o astrólogo deve investigar em consulta com os seus clientes.

Se o leitor acredita que as energias podem ser alteradas [transmutadas] para melhor, este trânsito é ideal para tentarmos perceber que vale mesmo a pena introduzirmos essas mudanças em nós. Para encontrar uma serenidade interior que possa resistir a estas situações de quadraturas, semi-quadraturas e oposições.

O astrólogo saberá diferenciar as subtilezas entre estes aspectos.

A oposição no ciclo Marte - Úrano

Única oposição do ciclo Marte - Úrano.
Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.

Este outro dos movimentos que se inserem na ideia que transmiti acima sobre a «área do acidente».

Os próximos ciclos de Marte - Úrano

Com início em Carneiro/Áries]

11-3-2015
27-2-2017
13-2-2019

Com início em Touro

20-01-2021
15-7-2024


O novo ciclo, em 2015, ainda em Carneiro
E assim começa novo ciclo Marte - Úrano,
com a conjunção.

Clicar no mapa para aumentar e poder ver melhor.


.

2 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Sinto essa energia no ar...seu texto está extraordinário!
Bom saber o que anda acontecendo nos bastidores da vida...
Gostaria de poder fazer um comentário melhor... mas nada há, nem saberia, o que acrescentar...
Beijo António
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Querida Astrid

Também sinto essa energia. É tão intensa.
Há umas semanas Marte iniciou um novo ciclo com Neptuno e eu nem me liguei a isso. Veja a diferença. :))

Beijo

A,

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates