Les Misérables [nova versão em filmagens]

14 de Maio de 2012 ·


De alguma maneira, todos já ouvimos falar neste famoso livro de Victor Hugo, publicada em 3 de Abril de 1862 simultaneamente em Leipzig, Bruxelas, Budapeste, Milão, Roterdão, Varsóvia, Rio de Janeiro e Paris (nesta última cidade foram vendidos 7 mil exemplares em 24 horas). Victor Hugo é também autor de «Os Trabalhadores do mar» e «O Corcunda de Notre-Dame», entre outras obras.

A história passa-se na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Daqui resulta a vida de Jean Valjean, um condenado posto em liberdade, até à sua morte. Em torno dele giram algumas pessoas que vão dar os seus nomes para os cinco volumes do romance, testemunhando a miséria desse século, a pobreza miserável de: Fantine, Cosette, Marius, mas também Thénardier (incluindo Éponine e Gavroche) e o inspetor Javert.



Cameron Mitchel, o grande produtor do West End londrino e da Broadway novaiorquina decidiu produzir este filme, mas em forma de musical. Os actores principais são Hugh Jackman [Jean Valjean], Russell Crowe [Javert], Anne Hathaway [Fantine] e Eddie Redmayne [Marius].

«Lés Miserables» rendeu inúmeras peças de teatro e vários filmes, movimentando milhões de pessoas em todo o mundo. A imagem acima revela o visual de Hugh Jackman como Jean Valjean na fase em que o personagem tinha deixado a prisão e recebia ajuda de um bispo. Após roubar o seu benfeitor e ser capturado, Valjean não é novamente preso graças à bondade do bispo. É o suficiente para que, a partir de então, ele mude radicalmente de vida e abandone de uma vez por todas o crime. Como era de esperar, o visual de Hugh Jackman revela um Jean Valjean maltrapilho, sujo e com barba por fazer. Até o momento não foi divulgada nenhuma imagem da segunda fase do protagonista, após sua virada, em que as suas condições de vida melhoram muito.

A seguir mostro os primeiros vídeos que vazaram na internet com imagens do filme:










.

14 de Maio de 2012

Les Misérables [nova versão em filmagens]


De alguma maneira, todos já ouvimos falar neste famoso livro de Victor Hugo, publicada em 3 de Abril de 1862 simultaneamente em Leipzig, Bruxelas, Budapeste, Milão, Roterdão, Varsóvia, Rio de Janeiro e Paris (nesta última cidade foram vendidos 7 mil exemplares em 24 horas). Victor Hugo é também autor de «Os Trabalhadores do mar» e «O Corcunda de Notre-Dame», entre outras obras.

A história passa-se na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Daqui resulta a vida de Jean Valjean, um condenado posto em liberdade, até à sua morte. Em torno dele giram algumas pessoas que vão dar os seus nomes para os cinco volumes do romance, testemunhando a miséria desse século, a pobreza miserável de: Fantine, Cosette, Marius, mas também Thénardier (incluindo Éponine e Gavroche) e o inspetor Javert.



Cameron Mitchel, o grande produtor do West End londrino e da Broadway novaiorquina decidiu produzir este filme, mas em forma de musical. Os actores principais são Hugh Jackman [Jean Valjean], Russell Crowe [Javert], Anne Hathaway [Fantine] e Eddie Redmayne [Marius].

«Lés Miserables» rendeu inúmeras peças de teatro e vários filmes, movimentando milhões de pessoas em todo o mundo. A imagem acima revela o visual de Hugh Jackman como Jean Valjean na fase em que o personagem tinha deixado a prisão e recebia ajuda de um bispo. Após roubar o seu benfeitor e ser capturado, Valjean não é novamente preso graças à bondade do bispo. É o suficiente para que, a partir de então, ele mude radicalmente de vida e abandone de uma vez por todas o crime. Como era de esperar, o visual de Hugh Jackman revela um Jean Valjean maltrapilho, sujo e com barba por fazer. Até o momento não foi divulgada nenhuma imagem da segunda fase do protagonista, após sua virada, em que as suas condições de vida melhoram muito.

A seguir mostro os primeiros vídeos que vazaram na internet com imagens do filme:










.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Este blog possui atualmente:
Comentários em Posts!
Muito obrigado

Estamos no Google+

Google+ Badge

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


ASPAS

Clique no logótipo para
aceder ao site.
Clique aqui para ir ao blogue.

SAPO ASTRAL

Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Beloved bloggers

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogues

Slow Blog

Clique aqui para saber o que é o «Slow Blog», apresentado por Luma Moraes, no seu excelente blogue «Luz de Luma, Yes Party». O 'Cova do Urso' está a entrar neste processo de abrandamento de postagens.

Subscrever por aqui

Pode clicar neste contador azul, para subscrever os nossos posts.

Ilha de Moçambique

Loading...

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates