Brasil 2014 – Copa do Mundo / Campeonato de Futebol do Mundo

7 de junho de 2014 ·




Os modernos jogos da Copa do Mundo ou Campeonato de Futebol, 
terão início no dia 12 de Junho de 2014 às 17:00 em São Paulo, Brasil


Tenho estado tão ocupado que praticamente não tive tempo de me debruçar sobre este evento de grande importância e faltam apenas uns dias para fazer este texto tão trabalhoso. Será um texto longo, pois como não tenho todos os dados necessários de todas as equipes, terei que passar em frente sobre muitas questões e auxiliar-me citando colegas que aprecio muito.




Nos dizeres do de um grande astrólogo brasileiro que admiro muito, que escreveu umas palavras de ouro sobre o tema da Copa do mundo, o magnífico Guilhermo Salviano, no seu excelente blogue «Astrólogo de Plantão»:

«É quase impossível analisar o ano novo sem considerar a Copa do Mundo e as eleições no Brasil. Aliás, analisar ou fazer algum prognóstico astrológico sobre esportes coletivos ou influências para alguma seleção ou clube é sempre ter que enfrentar um craque ou camisa 10 adversário iluminado que provavelmente não teremos informação das influências astrológicas. Por mais favorável que esteja para um lado, sempre existe a chance de uma seleção ou clube ter um gênio individual capaz de dar um novo destino a uma competição, como se fizesse do Astrólogo um zagueiro qualquer de time do interior. Bons exemplos assim temos Paolo Rossi, o carrasco que mudou o rumo da Itália, do Brasil e da Copa de 1982, assim como Maradona, determinante para fazer a Argentina ganhar o mundo na Copa em 1986. Por isso, possa até ousar alguns pitacos e reflexões para 2014, mas sem me surpreender se algum craque Espanhol, Italiano ou francês colocar por terra minhas observações sobre três seleções que mais chamaram minha atenção: Brasil, Alemanha e Argentina.

»Abaixo, algumas observações astrológicas positivas as quais associo a estas seleções como as favoritas de acordo com as influências para 2014 e que se assemelham a influências de outras copas:


LISTA DOS 23 CONVOCADOS PARA A SELECÇÃO BRASILEIRA

»Brasil:
»- Assim como a Alemanha em 1974, a Itália em 1982 (também em 2006), a Argentina em 1986 e a Espanha em 2010, (campeãs em copas), o Brasil terá a Lua Progredida na casa 4 em 2014 no mapa da independência, o que acentua possível destaque em conquistas e eventos que marquem um nacionalismo. Repete-se a copa de 1958 quando a Lua Progredida Natal e conversa estavam na mesma área do mapa.
                                                              

»Neymar: Lua Progredida pré-natal na casa 5 (Assim como Maradona em 1986) – casa associada à criação, talento, competições e eventos. Plutão trígono exato com Júpiter no mês da Copa. (influência que iniciou desde a segunda metade de 2012).   

                                                          
 »- Felipão: Transito de Júpiter no Meio do Céu (mesma posição da época do Pentacampeonato em 2002 quando também era o técnico). Saturno conjunção exata ao Sol. (Recompensa ou limitação). Lua Progredida na casa 9 em 2014, o que ressalta a possibilidade de êxito em competição internacional.
 »- A ressaltar: Brasil em outros períodos próximos a conquistas de copa foi campeão mundial em esportes coletivos como em 1959 e 1963 no basquete masculino, em 1994 no basquete feminino e no Vôlei Masculino pela primeira vez em 2002 após o penta da seleção de futebol. 



»Argentina:

»Lua progredida na mesma posição do ano de 1986, ano de sua última conquista em Copas do Mundo.
                                                                       
MAPA DO PAÍS AEGENTINA
»- Lionel Messi: Lua Progredida na casa 5, transito de Marte na casa 9 (associada a êxito em competição estrangeira), trânsito de Júpiter conjunção exata com Marte. (Por ser uma influência na casa 6, embora muito positiva para desempenho esportivo, a área do mapa associada a saúde reflete na possibilidade de estafa física, fora isso, Messi é trunfo argentino por suas boas influências).  

Júpiter novamente em Câncer como 1978 e 1990, anos em que chegou a final, com uma conquista e um vice. [fim de citação]




No entanto, digo já, que tenho para mim que a seleção do Brasil apresenta-se como a possível vencedora desta copa. Iniciámos este tema valorizando a seleção brasileira. Isto foi só para deixar os meus leitores com menos ‘stress’. Repare que eu escrevi isto: «possível vencedora». A bola é redonda, como sabem.





Contexto geopolítico desta copa do mundo

Todos sabemos que o Brasil pertence a um sólido grupo de grandes países que se chamam de BRICS, uma sigla que engloba o Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. São os poderosos países emergentes. Na verdade, de «emergentes» pouco possuem, pois são poderosos e já controlam as regiões onde estão implantadas. E parece que trabalham a uma só voz. Ainda recentemente, no caso muito conhecido da Rússia versus Ucrânia, em que nenhum país do grupo fez ouvir as suas vozes políticas contra o seu colega Russo, que fez o que lhe apeteceu.



Por outro lado, apenas quero recordar que nos últimos anos, foram alguns destes países que organizaram os grandes eventos desportivos do mundo. Agora mesmo é a vez do Brasil a organizar em 2014 o campeonato do mundo de futebol, e a gastar biliões no estádios e infraestruturas. Em 2016, a cidade do Rio de Janeiro e o Brasil organizarão os Jogos Olímpicos de Verão.



Jogos Olímpicos que foram organizados recentemente pela China [em 2008]. Ainda este ano de 2014 a Rússia organizou os Jogos Olímpicos de Inverno. Por outro lado, o campeonato do mundo de futebol foi organizado pela África do Sul, em 2000, com enorme sucesso. Na verdade só falta a Índia organizar um mega evento desta natureza, para dizermos que o BRICS praticamente tem nãos mãos a medir nestes eventos, que como sabemos, são muito mais que assuntos desportivos. Há todo um envolvimento económico, social, cultural e emocional que deixa as suas marcas.

Mapa do Brasil enquanto país.

Em Outubro deste ano de 2014, haverá eleições presidenciais no Brasil. Nos últimos meses assistimos a manifestações brasileiras onde milhões de pessoas fizeram frente ao governo e a Dona Dilma Roussef, a Presidente do Brasil. Estas coisas não são por acaso.

Pequeno contexto astrológico para o Brasil

Um pequenino olhar astrológico: a estrela fixa Regulus [MAIS INFORMAÇÕES SOBRE ESTA ESTRELA FIXA, AQUI, DE CARLOS HOLLANDA], tradicionalmente associada a Leão e às Estrelas Reais da Pérsia também conhecidas como os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, com as estrelas fixas: Antares, o Coração do Escorpião; Aldebaran, o Olho do Touro; Fomalhaut, a Boca do Peixe; e Regulus, o Coração do Leão. Régulus representa os poderes, os reis, as monarquias [veja-se o recente caso espanhol] os presidentes, os governos poderosos, ingressou no signo de Virgem em 28 Novembro 2011 tendo estado mais de 2000 em Leão [Há quem diga que indicar uma data para a entrada de uma estrela num signo zodiacal é impossível, devido ao fato de que as constelações têm extensões diversas e nem sempre seus limites são demarcados. Quanto a isso concordo totalmente.]. Portanto, os «poderes» mudaram, tendo passado para os trabalhadores, representados por esse signo. É assim assistimos a todas as manifestações no mundo, sendo as do Brasil nem melhores, nem piores que as outras. A única coisa que vejo é que se a seleção brasileira ganhar esta Copa do Mundo, Dona Dilma Roussef ganhará as eleições na 1ª volta. Resta-me dizer o que está no mapa do Brasil que apresento acima: que este imenso país é do signo Virgem. O facto de Regulus estar em Virgem, num país Virgem dará uma dinâmica diferente a esta Copa do Mundo. E onde está o signo de Virgem no mapa do início do Campeonato do Mundo? Nem de propósito, está no topo do mapa [abaixo], Casa X, indicando o enorme reconhecimento que este campeonato vai ter.

Mapa da Copa do Mundo 2014 - Campeonato do Mundo de Futebol  2014

Contexto astrológico português


A primeira coisa que se nota no mapa da seleção portuguesa abaixo [não confundir com o mapa da Federação] é que o mesmo signo Virgem que comentei acima, também está na Casa 10, indicando o enorme reconhecimento que terá nesta copa, onde chegará bastante longe. 

Mapa da actual seleção portuguesa. Não confundir com o mapa da Federação.

A Astróloga portuguesa Patrícia Fidalgo Azenha Henriques, definiu assim este mapa, no seu excelente blogue «Estudante de Astrologia». Se quiser conheça a página de Patrícia Azenha, no Facebook, aqui:

«Marte é o regente do ascendente, e é bom que assim seja para uma equipa desportiva que pretende lutar pela vitória nos jogos para ir o mais longe possível. A posição por signo de Marte é que não é a mais favorável, está em Balança no signo do seu exílio, a sua postura vai depender muito das relações que estabelece, com as equipas adversárias, com o social, com a imprensa, com os adeptos, temos que fazer a nossa parte, esta Seleção precisa do nosso incentivo, é de fundamental importância para a sua motivação e sucesso. Marte está retrógrado o que pode indicar algumas mudanças de rumo na estratégia da selecção, no seu esquema de jogo, na sua tática. A parte positiva é a posição de Marte por casa, muito forte na casa 11, uma casa afortunada, de protecção, ligada aos objectivos e esperanças, à motivação, mas também ao grupo, aos aliados, à equipa, é a motivação certa se houver o ambiente certo. Marte rege também a casa 5, em carneiro, a casa do desporto, mas também a casa da criatividade, ligando também estes assuntos directamente à Seleção. Marte dispõe Vénus e Urano na casa 5, esperemos originalidade, irreverência e beleza em campo, com grande actividade e competitividade.




»A Lua aplica-se num trígono a este Marte, aliás é uma aplicação mútua, a partir da casa 3, uma Lua em Júbilo, criando uma boa ligação nos dois sentidos, uma boa comunicação entre o povo e a selecção, é uma selecção popular. A quadratura de Marte a Plutão, também retrógrado, acrescenta grande intensidade, uma vontade imensa em alcançar os objectivos até à obsessão, em levar a taça, o prémio, pois Plutão está na casa 2. Isto pode ser bom…mas pode levar a posturas e atitudes arriscadas que em vez de beneficiar a selecção podem prejudicá-la. Faz-me pensar em jogos que começam nas conferências de imprensa e que passam por estratégias nem sempre abertas, nem corretas.





»O Sol está em Touro, um signo de terra e fixo, que revela cautela, há um foco no lado material e nas questões práticas, mas também no que tem qualidade, no que é seguro, no que proporciona prazer, espero que seja o prenúncio de jogos bonitos, clássicos, focados na expressão prática e pragmática do jogo, marcar golos e fazê-lo com classe, como se costuma dizer, “devagarinho e certo”, jogo a jogo. A posição na casa 7, bem próximo da cúspide e por isso em oposição ao ascendente, coloca o foco no adversário, será no confronto direto que a Seleção mais brilhará e se afirmará. Mais uma vez vemos a necessidade do estímulo externo para que a Seleção possa fazer uma boa campanha. O Sol rege a casa 9, do estrangeiro e das viagens longas, é sem dúvida aí que tudo vai acontecer, em especial os jogos. Gosto especialmente da Parte da Fortuna na casa 9 ligada ao Sol por um sextil dissociado, pode ser um bom pronúncio de sucesso.

Cristiano Ronaldo - CR7

»Muito positivo é Júpiter exaltado a fazer um trígono ao ascendente, apesar de ter um orbe largo, não deixa de significar protecção, sorte, sucesso e honras para esta selecção. Este Júpiter trabalha em conjunto com Saturno na casa 12 mas ainda em aspeto largo ao ascendente, indicando uma postura séria, responsável, rigorosa, mas também pode implicar alguns receios e ansiedades.





»O MC está em virgem indicando uma reputação discreta, resultados práticos, focados no trabalho a desenvolver, com atenção ao detalhe, centrado nas questões técnico-táticas da Seleção, mas também fala de Paulo Bento e na sua exigência e perfeccionismo. O Regente Mercúrio está em Gémeos e angular na casa 7, por isso muito forte indicando consistência, qualidade e boa capacidade de comunicação, adaptando-a de acordo com o momento e a audiência, mas sobretudo de acordo com o adversário.




»A presença de Neptuno em Peixes na cúspide da casa 4, em oposição ao MC indica a forte ligação emocional e espiritual às origens e ao passado, a Portugal.




»Não há mapas perfeitos, este apresenta alguns desafios, mas tem boas ajudas, indica que esta pode ser uma campanha interessante para a Seleção Portuguesa, vamos acompanhando jogo a jogo.» [fim de citação]




Considerações sobre outros aspectos do campeonato do mundo

Estejamos atentos a estas senhoras: As astrólogas brasileiras  Fernanda Santa Roza e Vanessa Tuleski analisam as principais previsões para o céu do Brasil e são unânimes em revelar: é possível que haja uma série de problemas na Copa do Mundo.

País poderá viver greves e novos protestos

»Antes mesmo de falar sobre a Copa, cuja primeira quinzena será astrologicamente conturbada, as astrólogas entrevistadas explicam o panorama geral do céu, repleto de aspectos determinantes para alguns acontecimentos. A retrogradação de Mercúrio - que ficará ativa até 1º de julho - e o posicionamento de Marte em Libra, por exemplo, são os primeiros deles.

»De acordo com Fernanda Santa Roza, embora os aspectos não sugiram violência, indicam que provavelmente ocorrerão novos protestos, mas não com o mesmo grau de intensidade daqueles que tomaram conta das ruas em 2013. "Marte, que foi o dispositor das manifestações na época, não estará fazendo nenhum aspecto importante durante o período dos jogos. No entanto, o movimento retrógrado de Mercúrio - regente do Sol em Virgem e da Lua em Gêmeos do Brasil - pode indicar que iremos reviver os protestos de alguma forma", alerta a astróloga.




»Além disso, Fernanda avisa que Vênus em trânsito fará quadratura com a Vênus do Mapa do Brasil, evidenciando os gastos indevidos durante a Copa e a insatisfação geral em relação ao dinheiro investido no evento.

»Esse é, inclusive, um dos fatores que já levou o povo a protestar nas ruas.

»O movimento retrógrado de Mercúrio durante parte da Copa do Mundo também é interpretado por Vanessa Tuleski, que o associa à estagnação e ao mau funcionamento. "A retrogradação de Mercúrio está relacionada a greves em serviços essenciais. Equipamentos em geral também podem ser afetados pelo movimento retrógrado do astro, apresentando falhas com mais frequência. Como Mercúrio rege o transporte e a locomoção, no dia de um jogo, por exemplo, pode ocorrer a interrupção técnica de algum coletivo, como metrô ou ônibus", sugere a astróloga.

Jogos iniciais poderão ser turbulentos e ter erros de arbitragem




»No decorrer dos primeiros jogos, algumas influências de Mercúrio retrógrado também poderão ser sentidas. Vanessa Tuleski esclarece que possivelmente haverá alguns empecilhos. " É provável que sejam feitos gols contra ou que um gol deixe de ser marcado por bobagem, como falta de concentração ou erro de arbitragem.

»Mercúrio retrógrado ainda implica em trocas de última hora devido a imprevistos. Falhas e enganos também são muito associados a este fenômeno. Além disso, os técnicos poderão ficar mais indecisos, errando sistematicamente em suas decisões", revela Vanessa.

»Fernanda Santa Roza reforça a tese e chama atenção logo para o jogo inaugural, que poderá ser bastante turbulento. "No primeiro jogo da Copa, o Sol em Gêmeos começará a aplicar uma quadratura com Mercúrio do Brasil e um dos desafios será sobre o pronunciamento da imprensa a respeito do país. Seremos vistos como eficientes ou não? A retrogradação de Mercúrio traz desafios de toda ordem na comunicação. Outra sugestão é a de que podemos ter problemas de arbitragem. Nesse caso, a tecnologia vai ajudar muito (Lua em Sagitário em trígono com Urano em Áries), mas não o suficiente. A Lua em quadratura com Quíron em Peixes na Casa 4 indica que em campo os erros dos juízes terão consequências irreversíveis e, fora dele, poderá haver erros na priorização de investimentos, tais como a saúde e a educação", afirma Fernanda.




»Entretanto, ainda no jogo inaugural, da metade para o final, Fernanda prevê bons sentimentos para a torcida brasileira. "Devido ao trígono entre a Lua com Vênus no Mapa Astral do Brasil, poderemos ter a sensação de vitória e de evolução para os próximos jogos do Mundial. A princípio, é possível que o país passe por esta etapa da competição, mas tenho dúvidas quanto ao futuro do torneio", aponta a especialista.

Copa será marcada por agressividade e acidentes em campo

»Entre os dias 12 e 20 de junho, ocorrerá uma quadratura perigosa no céu, entre Marte e Plutão, o que sugere violências extremas. "Poderemos esperar mais agressividade em campo, muitas vezes sem justificativa. Um exemplo é um time estar jogando mal, ao mesmo tempo em que apela para provocações, agindo de maneira desonesta. Pode ser que alguns jogadores se prejudiquem por perder a cabeça, recebendo do árbitro um cartão amarelo ou até vermelho. Por outro lado, esta quadratura pode ser benéfica no sentido de dar mais garra e vontade, fazendo com que as pessoas queiram muito disputar para ganhar. Isso é de grande importância, afinal, qual é a graça de jogos sem emoção alguma?", questiona Vanessa Tuleski.

»Outro aspecto que poderá deixar todos com os nervos à flor da pele é o de Marte em oposição a Urano, vigente entre os dias 18 e 30 de junho. Segundo Vanessa, duas características típicas dessa oposição são a rebeldia e a agitação, que poderão estar presentes tanto nos jogos quanto na população em geral, pesando ainda mais na balança das manifestações. "Poderá não ser fácil conter as pessoas, enquadrá-las nas regras. Quem circular pelas cidades nas quais serão realizados os jogos da Copa talvez tenha que lidar com uma falta de educação maior, por causa desta teimosia mal direcionada, uma consequência do aspecto", explica a astróloga.




»A oposição entre Marte e Urano também traz uma possibilidade bastante séria de acidentes em campo. De acordo com Vanessa, poderão ser aqueles que geralmente tiram um jogador do torneio e o obrigam a encarar uma lenta recuperação. Portanto, segundo a astróloga, não será surpresa se houver cortes e substituições nos times.

Partidas fluirão com dificuldade

»A satisfação, contudo, poderá dar o ar da graça em alguns momentos do torneio. De acordo com Vanessa Tuleski, alguns aspectos serão positivos e trarão chances de diversão e contentamento. "A Copa começará com Sol em Gêmeos e mais tarde Vênus entrará em Gêmeos. No Mapa Astral do Brasil existe uma conjunção de Lua com Júpiter em Gêmeos. Isso simboliza a nossa paixão por grandes eventos, que estão associados a Júpiter. Somos animados, torcemos e fazemos festa, qualidades que estarão presentes na Copa. Também gostamos de receber pessoas de outras nacionalidades: Lua conjunta a Júpiter representa o nosso povo (Lua) acolhendo os estrangeiros com naturalidade e alegria (Júpiter)", detalha a astróloga.

»Todavia, essa satisfação poderá encontrar dificuldades para se manifestar por completo, por causa de uma outra quadratura, desta vez entre Saturno e Vênus. No Mapa Astral do Brasil, essa mesma Vênus está em Leão, o que indica o quanto o povo gosta de ver seus jogadores atuarem com brilho, ao estilo leonino. Mas Vanessa alerta que a quadratura pode implicar justamente na dificuldade em brilhar.
" O envolvimento tenso de Saturno e Vênus sugere a possibilidade de jogos "truncados", confusos, em que o time adversário gera problemas.


Estádio do Crorínthias

»Os nossos jogadores também poderão estar mais travados, de modo que o jogo dificilmente fluirá. A impressão é a de que muitos resultados serão pobres, com vitórias apertadas, do tipo 1 a 0. Mas pode ser que em um dado dia haja uma exceção a este padrão. Este aspecto também pode implicar em uma teimosia maior do técnico, com as possíveis divergências que isto vai gerar junto ao público", esclarece Vanessa.

Brasil poderá ter dificuldades de ganhar a Copa

»Diante de tantos desafios, a astróloga Fernanda Santa Roza acredita que o Brasil poderá ter dificuldade em consagrar-se como vencedor da Copa do Mundo de 2014, embora torça pelo contrário.

 "O Mapa inaugural da Copa tem Lua e ascendente em Sagitário. Júpiter - regente das competições internacionais e da Lua sagitariana - está na Casa 8 do Mapa da Copa, uma sugestão de que o time da casa não deve ganhar, infelizmente. No final da Copa, Vênus ainda irá desfazer uma quadratura com Mercúrio natal do Brasil - regente do Sol em Virgem brasileiro - para formar o mesmo aspecto com Plutão no Mapa do país, simbolizando perda e resultados negativos ou manipulados. Sendo assim, existe alguma chance de conquistarmos o hexacampeonato, mas nesse caso teremos uma certa ajuda da arbitragem e uma grande força da massa, da torcida nos estádios.




»Então, recomendo que façamos a nossa parte: vamos torcer", aconselha Fernanda.

»Para Vanessa Tuleski, no entanto, os jogadores que souberem manter o sangue frio poderão conseguir boas oportunidades de gol e, consequentemente, de destaque em relação ao time. Segundo a astróloga, essa conduta poderá ser uma luz no sombrio túnel astrológico das previsões. Além disso, o planeta Marte estará transitando por Libra durante todo o campeonato. "De um modo geral, isto significa que os times que conseguirem manter o equilíbrio (Libra), apesar das divergências, terão os melhores resultados. Libra é um signo que fala da necessidade de compreensão entre dois ou mais opostos. Nem sempre será fácil porque haverá diferenças dentro das equipes, mas esse entendimento poderá ser primordial para os bons resultados", afirma a especialista.

»Ainda de acordo com Vanessa, outro aspecto que ressoará durante o Mundial será o trígono entre Saturno e Júpiter. "Este aspecto privilegia a experiência (Saturno) e o otimismo, a alegria (Júpiter). Jogadores ou times que tiverem um pouco desta característica poderão se destacar. Como Júpiter estará em Câncer, a princípio jogadores ou países com este signo em pontos importantes de seus Mapas (Sol, Lua, Ascendente ou Meio-do-Céu) poderão ter uma ajuda para ter um melhor desempenho", conclui.» [fim de citação]



Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro,
onde se realizará a final da Copa



Rio de Janeiro está situado na Baía de Guanabara e cercada por montes por todos os lados, o que torna a cidade especialmente linda e única.

O lendário estádio do Maracanã foi palco da final da Copa do Mundo 1950, com o maior público de futebol da história (cerca de 200 mil pessoas) e está totalmente reformado e modernizado para ser palco da final da Copa do Mundo de 2014.

O estádio fica próximo ao Centro da cidade e com acesso também por metrô.


Jogos no Rio de Janeiro


15/06, 19h - Argentina x Bósnia (Grupo F)

18/06, 19h - Espanha x Chile (Grupo B)
22/06, 19h - Bélgica x Rússia (Grupo H)
25/06, 17h - Equador x França (Grupo E)
28/06, 17h - 1º Grupo C x 2º Grupo D (Oitavas de final)
04/07, 13h - 1º E ou 2º F x 1º G ou 2º H (Quartas 2)
13/07, 16h - Decisão da Copa do Mundo


Nesta parte final do artigo, quero dizer que 

os astros indicam mas são os jogadores que metem golo






Considerações finais



Desde o início das Capas do Mundo já se realizaram 18 mundiais, com as vitórias distribuídas assim:


BRASIL 5
ITÁLIA 4
ALEMANHA 3
ARGENTINA E URUGUAI 2
INGLATERRA, FRANÇA, ESPANHA 1

Em previsões da astrologia para ser levantado um mapa de quando um evento começa. Para cada jogo você pode fazer um mapa e interpretá-lo de acordo com alguma técnica astrológica. Para os fins deste artigo, vamos considerar apenas o início de cada Copa do Mundo desde 1930 para analisar a correspondência astrológica todas as datas com o Brasil 2014 para o mundo saber que a equipe tem a melhor chance de ganhar seria.


Seria necessário levantar a carta do 1º jogo do mundial que foi em Uruguai, a 13 de julho de 1930 às 3 de la tarde, em Montevideo, Uruguai, verificámos que Plutão, Sol e a Lua estão conjuntos  em Caranguejo na Casa VII. Também estavam nesse signo o poderoso Júpiter e a Roda da Fortuna

Estava a nascer a poderosa FIFA.

É um stellium poderoso que fez super-enriquecer a FIFA à custa de milhões de pessoas que gostam de gritar GOLOOOOOOOO:::

A essa quantidade de planetas em Caranguejo no sector da Casa VIII (a Casa de Escorpião)podem explicar poque jugadores tão importantes têm es es signos em alta nas nos seus mapas natais: Figo Maradona, Pelé. Garrincha, Riva, Mazolla, Gerard Muller, Friedrich Walter, Blokhin, Zico, Del Piero, Messi, Maldini,  Robben, Zidane, Platini, Lampard, Raul, Vieri, Butragueño, Kempes, Sergio Busquets, Mario Gómez.







Uma característica que me chamou a atenção foi a Casa V do evento, em São Paulo. A Casa V, tem a ver com eventos desportivos e a cúspide está no signo de Peixes. A parte anatómica que rege este signo são os pés, que é o instrumento ideal para que os jogadores metam o golo.

No V, está localizado o planeta Úrano no grau 15 de Carneiro / Áries que aconteceu 84 anos antes, e estará no mesmo nível e no mesmo sector no dia 12 de junho 2014 às 17:00 em São Paulo, quando se iniciar o primeiro jogo da Copa do Mundo Brasil 2014.

O planeta Úrano pode associar-se com o momento certo para pegar a bola e o facto de se encontrar no campo da criatividade faz-me pensar em jogos bonitos. Por muita preparação prévia que pos selecionadores façam com as equipas, este Úrano irá estragar-lhes os planos, de uma forma até agora impensável. O que foi preparado como uma coisa rígida pode fazer com que os jogadores reajam de forma diferente, para o bem e para o mal.




Os Nodos Lunares, em astrologia representa dívidas cármicas se relacionam com o passado. Isso significa que o trabalho em equipe, harmonioso, que é o atribuído ao vencedor. Estes nós estes Nodos Lunares estão localizadas no sector V e XI.

Em todos os mundiais de futebol, o regente do Ascendente formava bons aspectos com o Sol, augurando um triunfo relevante para o ganhador. Foi assim que o Uruguai ganhou em 1930 e 1950. Foi assim também que aconteceu com muitas outras seleções, como a Inglaterra em 1966, Itália em 1982 e o Brasil em 2002.



Júpiter em Caranguejo /Câncer na Casa VIII, em 1954 e 1990 beneficiou a Alemanha, em 1978, a Argentina, em 1966 a Inglaterra e em 1930 ao Uruguai. Curiosamente, quando o Brasil ganhou a copa na Coreia-Japão, Júpiter transitava por Caranguejo mas na Casa VII, a da proeminência pública.



Se olharmos para o mapa do campeonato no Brasil, vemos um Ascendente Sagitário e a Lua nesse Ascendente. Quando a Lua esteve neste posicionamento deram-se as vitórias da Itália, em 2006, da Argentina em 1986. Por outro lado as Luas Cheias foram sempre favoráveis à Alemanha, tanto em 1954, como em 1990. A França também foi favorecida em 1998.

Muitas considerações e intermináveis astrológicas poderiam ser aqui enumeradas. Está por fazer todos os mapas das grandes vitórias do Brasil: Lua-Úrano ajudou o Brasil em 1950 ao seu 2º lugar. Lua sextil a Marte cooperou para a vitória do Brasil de 1970. E, por aí fora...




E Mercúrio retrógrado ajudou o Brasil a ganhar aos USA. Volta a estar agora retrógrado. Quem ajudará?

Os aspectos tensos entre o Nodo Norte e Júpiter favoreceram a Alemanha em 1954 e 1974. Também favoreceu o Brasil em 2002 o Chile em 1960. 


Neste mundial haverá esse aspecto no céu: o Nodo Norte fará uma quadratura a Júpiter, aparentemente favorecerá a equipa anfitriã: o Brasil.


Equipa portuguesa







.

0 comentários:

7 de junho de 2014

Brasil 2014 – Copa do Mundo / Campeonato de Futebol do Mundo




Os modernos jogos da Copa do Mundo ou Campeonato de Futebol, 
terão início no dia 12 de Junho de 2014 às 17:00 em São Paulo, Brasil


Tenho estado tão ocupado que praticamente não tive tempo de me debruçar sobre este evento de grande importância e faltam apenas uns dias para fazer este texto tão trabalhoso. Será um texto longo, pois como não tenho todos os dados necessários de todas as equipes, terei que passar em frente sobre muitas questões e auxiliar-me citando colegas que aprecio muito.




Nos dizeres do de um grande astrólogo brasileiro que admiro muito, que escreveu umas palavras de ouro sobre o tema da Copa do mundo, o magnífico Guilhermo Salviano, no seu excelente blogue «Astrólogo de Plantão»:

«É quase impossível analisar o ano novo sem considerar a Copa do Mundo e as eleições no Brasil. Aliás, analisar ou fazer algum prognóstico astrológico sobre esportes coletivos ou influências para alguma seleção ou clube é sempre ter que enfrentar um craque ou camisa 10 adversário iluminado que provavelmente não teremos informação das influências astrológicas. Por mais favorável que esteja para um lado, sempre existe a chance de uma seleção ou clube ter um gênio individual capaz de dar um novo destino a uma competição, como se fizesse do Astrólogo um zagueiro qualquer de time do interior. Bons exemplos assim temos Paolo Rossi, o carrasco que mudou o rumo da Itália, do Brasil e da Copa de 1982, assim como Maradona, determinante para fazer a Argentina ganhar o mundo na Copa em 1986. Por isso, possa até ousar alguns pitacos e reflexões para 2014, mas sem me surpreender se algum craque Espanhol, Italiano ou francês colocar por terra minhas observações sobre três seleções que mais chamaram minha atenção: Brasil, Alemanha e Argentina.

»Abaixo, algumas observações astrológicas positivas as quais associo a estas seleções como as favoritas de acordo com as influências para 2014 e que se assemelham a influências de outras copas:


LISTA DOS 23 CONVOCADOS PARA A SELECÇÃO BRASILEIRA

»Brasil:
»- Assim como a Alemanha em 1974, a Itália em 1982 (também em 2006), a Argentina em 1986 e a Espanha em 2010, (campeãs em copas), o Brasil terá a Lua Progredida na casa 4 em 2014 no mapa da independência, o que acentua possível destaque em conquistas e eventos que marquem um nacionalismo. Repete-se a copa de 1958 quando a Lua Progredida Natal e conversa estavam na mesma área do mapa.
                                                              

»Neymar: Lua Progredida pré-natal na casa 5 (Assim como Maradona em 1986) – casa associada à criação, talento, competições e eventos. Plutão trígono exato com Júpiter no mês da Copa. (influência que iniciou desde a segunda metade de 2012).   

                                                          
 »- Felipão: Transito de Júpiter no Meio do Céu (mesma posição da época do Pentacampeonato em 2002 quando também era o técnico). Saturno conjunção exata ao Sol. (Recompensa ou limitação). Lua Progredida na casa 9 em 2014, o que ressalta a possibilidade de êxito em competição internacional.
 »- A ressaltar: Brasil em outros períodos próximos a conquistas de copa foi campeão mundial em esportes coletivos como em 1959 e 1963 no basquete masculino, em 1994 no basquete feminino e no Vôlei Masculino pela primeira vez em 2002 após o penta da seleção de futebol. 



»Argentina:

»Lua progredida na mesma posição do ano de 1986, ano de sua última conquista em Copas do Mundo.
                                                                       
MAPA DO PAÍS AEGENTINA
»- Lionel Messi: Lua Progredida na casa 5, transito de Marte na casa 9 (associada a êxito em competição estrangeira), trânsito de Júpiter conjunção exata com Marte. (Por ser uma influência na casa 6, embora muito positiva para desempenho esportivo, a área do mapa associada a saúde reflete na possibilidade de estafa física, fora isso, Messi é trunfo argentino por suas boas influências).  

Júpiter novamente em Câncer como 1978 e 1990, anos em que chegou a final, com uma conquista e um vice. [fim de citação]




No entanto, digo já, que tenho para mim que a seleção do Brasil apresenta-se como a possível vencedora desta copa. Iniciámos este tema valorizando a seleção brasileira. Isto foi só para deixar os meus leitores com menos ‘stress’. Repare que eu escrevi isto: «possível vencedora». A bola é redonda, como sabem.





Contexto geopolítico desta copa do mundo

Todos sabemos que o Brasil pertence a um sólido grupo de grandes países que se chamam de BRICS, uma sigla que engloba o Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. São os poderosos países emergentes. Na verdade, de «emergentes» pouco possuem, pois são poderosos e já controlam as regiões onde estão implantadas. E parece que trabalham a uma só voz. Ainda recentemente, no caso muito conhecido da Rússia versus Ucrânia, em que nenhum país do grupo fez ouvir as suas vozes políticas contra o seu colega Russo, que fez o que lhe apeteceu.



Por outro lado, apenas quero recordar que nos últimos anos, foram alguns destes países que organizaram os grandes eventos desportivos do mundo. Agora mesmo é a vez do Brasil a organizar em 2014 o campeonato do mundo de futebol, e a gastar biliões no estádios e infraestruturas. Em 2016, a cidade do Rio de Janeiro e o Brasil organizarão os Jogos Olímpicos de Verão.



Jogos Olímpicos que foram organizados recentemente pela China [em 2008]. Ainda este ano de 2014 a Rússia organizou os Jogos Olímpicos de Inverno. Por outro lado, o campeonato do mundo de futebol foi organizado pela África do Sul, em 2000, com enorme sucesso. Na verdade só falta a Índia organizar um mega evento desta natureza, para dizermos que o BRICS praticamente tem nãos mãos a medir nestes eventos, que como sabemos, são muito mais que assuntos desportivos. Há todo um envolvimento económico, social, cultural e emocional que deixa as suas marcas.

Mapa do Brasil enquanto país.

Em Outubro deste ano de 2014, haverá eleições presidenciais no Brasil. Nos últimos meses assistimos a manifestações brasileiras onde milhões de pessoas fizeram frente ao governo e a Dona Dilma Roussef, a Presidente do Brasil. Estas coisas não são por acaso.

Pequeno contexto astrológico para o Brasil

Um pequenino olhar astrológico: a estrela fixa Regulus [MAIS INFORMAÇÕES SOBRE ESTA ESTRELA FIXA, AQUI, DE CARLOS HOLLANDA], tradicionalmente associada a Leão e às Estrelas Reais da Pérsia também conhecidas como os Quatro Cavaleiros do Apocalipse, com as estrelas fixas: Antares, o Coração do Escorpião; Aldebaran, o Olho do Touro; Fomalhaut, a Boca do Peixe; e Regulus, o Coração do Leão. Régulus representa os poderes, os reis, as monarquias [veja-se o recente caso espanhol] os presidentes, os governos poderosos, ingressou no signo de Virgem em 28 Novembro 2011 tendo estado mais de 2000 em Leão [Há quem diga que indicar uma data para a entrada de uma estrela num signo zodiacal é impossível, devido ao fato de que as constelações têm extensões diversas e nem sempre seus limites são demarcados. Quanto a isso concordo totalmente.]. Portanto, os «poderes» mudaram, tendo passado para os trabalhadores, representados por esse signo. É assim assistimos a todas as manifestações no mundo, sendo as do Brasil nem melhores, nem piores que as outras. A única coisa que vejo é que se a seleção brasileira ganhar esta Copa do Mundo, Dona Dilma Roussef ganhará as eleições na 1ª volta. Resta-me dizer o que está no mapa do Brasil que apresento acima: que este imenso país é do signo Virgem. O facto de Regulus estar em Virgem, num país Virgem dará uma dinâmica diferente a esta Copa do Mundo. E onde está o signo de Virgem no mapa do início do Campeonato do Mundo? Nem de propósito, está no topo do mapa [abaixo], Casa X, indicando o enorme reconhecimento que este campeonato vai ter.

Mapa da Copa do Mundo 2014 - Campeonato do Mundo de Futebol  2014

Contexto astrológico português


A primeira coisa que se nota no mapa da seleção portuguesa abaixo [não confundir com o mapa da Federação] é que o mesmo signo Virgem que comentei acima, também está na Casa 10, indicando o enorme reconhecimento que terá nesta copa, onde chegará bastante longe. 

Mapa da actual seleção portuguesa. Não confundir com o mapa da Federação.

A Astróloga portuguesa Patrícia Fidalgo Azenha Henriques, definiu assim este mapa, no seu excelente blogue «Estudante de Astrologia». Se quiser conheça a página de Patrícia Azenha, no Facebook, aqui:

«Marte é o regente do ascendente, e é bom que assim seja para uma equipa desportiva que pretende lutar pela vitória nos jogos para ir o mais longe possível. A posição por signo de Marte é que não é a mais favorável, está em Balança no signo do seu exílio, a sua postura vai depender muito das relações que estabelece, com as equipas adversárias, com o social, com a imprensa, com os adeptos, temos que fazer a nossa parte, esta Seleção precisa do nosso incentivo, é de fundamental importância para a sua motivação e sucesso. Marte está retrógrado o que pode indicar algumas mudanças de rumo na estratégia da selecção, no seu esquema de jogo, na sua tática. A parte positiva é a posição de Marte por casa, muito forte na casa 11, uma casa afortunada, de protecção, ligada aos objectivos e esperanças, à motivação, mas também ao grupo, aos aliados, à equipa, é a motivação certa se houver o ambiente certo. Marte rege também a casa 5, em carneiro, a casa do desporto, mas também a casa da criatividade, ligando também estes assuntos directamente à Seleção. Marte dispõe Vénus e Urano na casa 5, esperemos originalidade, irreverência e beleza em campo, com grande actividade e competitividade.




»A Lua aplica-se num trígono a este Marte, aliás é uma aplicação mútua, a partir da casa 3, uma Lua em Júbilo, criando uma boa ligação nos dois sentidos, uma boa comunicação entre o povo e a selecção, é uma selecção popular. A quadratura de Marte a Plutão, também retrógrado, acrescenta grande intensidade, uma vontade imensa em alcançar os objectivos até à obsessão, em levar a taça, o prémio, pois Plutão está na casa 2. Isto pode ser bom…mas pode levar a posturas e atitudes arriscadas que em vez de beneficiar a selecção podem prejudicá-la. Faz-me pensar em jogos que começam nas conferências de imprensa e que passam por estratégias nem sempre abertas, nem corretas.





»O Sol está em Touro, um signo de terra e fixo, que revela cautela, há um foco no lado material e nas questões práticas, mas também no que tem qualidade, no que é seguro, no que proporciona prazer, espero que seja o prenúncio de jogos bonitos, clássicos, focados na expressão prática e pragmática do jogo, marcar golos e fazê-lo com classe, como se costuma dizer, “devagarinho e certo”, jogo a jogo. A posição na casa 7, bem próximo da cúspide e por isso em oposição ao ascendente, coloca o foco no adversário, será no confronto direto que a Seleção mais brilhará e se afirmará. Mais uma vez vemos a necessidade do estímulo externo para que a Seleção possa fazer uma boa campanha. O Sol rege a casa 9, do estrangeiro e das viagens longas, é sem dúvida aí que tudo vai acontecer, em especial os jogos. Gosto especialmente da Parte da Fortuna na casa 9 ligada ao Sol por um sextil dissociado, pode ser um bom pronúncio de sucesso.

Cristiano Ronaldo - CR7

»Muito positivo é Júpiter exaltado a fazer um trígono ao ascendente, apesar de ter um orbe largo, não deixa de significar protecção, sorte, sucesso e honras para esta selecção. Este Júpiter trabalha em conjunto com Saturno na casa 12 mas ainda em aspeto largo ao ascendente, indicando uma postura séria, responsável, rigorosa, mas também pode implicar alguns receios e ansiedades.





»O MC está em virgem indicando uma reputação discreta, resultados práticos, focados no trabalho a desenvolver, com atenção ao detalhe, centrado nas questões técnico-táticas da Seleção, mas também fala de Paulo Bento e na sua exigência e perfeccionismo. O Regente Mercúrio está em Gémeos e angular na casa 7, por isso muito forte indicando consistência, qualidade e boa capacidade de comunicação, adaptando-a de acordo com o momento e a audiência, mas sobretudo de acordo com o adversário.




»A presença de Neptuno em Peixes na cúspide da casa 4, em oposição ao MC indica a forte ligação emocional e espiritual às origens e ao passado, a Portugal.




»Não há mapas perfeitos, este apresenta alguns desafios, mas tem boas ajudas, indica que esta pode ser uma campanha interessante para a Seleção Portuguesa, vamos acompanhando jogo a jogo.» [fim de citação]




Considerações sobre outros aspectos do campeonato do mundo

Estejamos atentos a estas senhoras: As astrólogas brasileiras  Fernanda Santa Roza e Vanessa Tuleski analisam as principais previsões para o céu do Brasil e são unânimes em revelar: é possível que haja uma série de problemas na Copa do Mundo.

País poderá viver greves e novos protestos

»Antes mesmo de falar sobre a Copa, cuja primeira quinzena será astrologicamente conturbada, as astrólogas entrevistadas explicam o panorama geral do céu, repleto de aspectos determinantes para alguns acontecimentos. A retrogradação de Mercúrio - que ficará ativa até 1º de julho - e o posicionamento de Marte em Libra, por exemplo, são os primeiros deles.

»De acordo com Fernanda Santa Roza, embora os aspectos não sugiram violência, indicam que provavelmente ocorrerão novos protestos, mas não com o mesmo grau de intensidade daqueles que tomaram conta das ruas em 2013. "Marte, que foi o dispositor das manifestações na época, não estará fazendo nenhum aspecto importante durante o período dos jogos. No entanto, o movimento retrógrado de Mercúrio - regente do Sol em Virgem e da Lua em Gêmeos do Brasil - pode indicar que iremos reviver os protestos de alguma forma", alerta a astróloga.




»Além disso, Fernanda avisa que Vênus em trânsito fará quadratura com a Vênus do Mapa do Brasil, evidenciando os gastos indevidos durante a Copa e a insatisfação geral em relação ao dinheiro investido no evento.

»Esse é, inclusive, um dos fatores que já levou o povo a protestar nas ruas.

»O movimento retrógrado de Mercúrio durante parte da Copa do Mundo também é interpretado por Vanessa Tuleski, que o associa à estagnação e ao mau funcionamento. "A retrogradação de Mercúrio está relacionada a greves em serviços essenciais. Equipamentos em geral também podem ser afetados pelo movimento retrógrado do astro, apresentando falhas com mais frequência. Como Mercúrio rege o transporte e a locomoção, no dia de um jogo, por exemplo, pode ocorrer a interrupção técnica de algum coletivo, como metrô ou ônibus", sugere a astróloga.

Jogos iniciais poderão ser turbulentos e ter erros de arbitragem




»No decorrer dos primeiros jogos, algumas influências de Mercúrio retrógrado também poderão ser sentidas. Vanessa Tuleski esclarece que possivelmente haverá alguns empecilhos. " É provável que sejam feitos gols contra ou que um gol deixe de ser marcado por bobagem, como falta de concentração ou erro de arbitragem.

»Mercúrio retrógrado ainda implica em trocas de última hora devido a imprevistos. Falhas e enganos também são muito associados a este fenômeno. Além disso, os técnicos poderão ficar mais indecisos, errando sistematicamente em suas decisões", revela Vanessa.

»Fernanda Santa Roza reforça a tese e chama atenção logo para o jogo inaugural, que poderá ser bastante turbulento. "No primeiro jogo da Copa, o Sol em Gêmeos começará a aplicar uma quadratura com Mercúrio do Brasil e um dos desafios será sobre o pronunciamento da imprensa a respeito do país. Seremos vistos como eficientes ou não? A retrogradação de Mercúrio traz desafios de toda ordem na comunicação. Outra sugestão é a de que podemos ter problemas de arbitragem. Nesse caso, a tecnologia vai ajudar muito (Lua em Sagitário em trígono com Urano em Áries), mas não o suficiente. A Lua em quadratura com Quíron em Peixes na Casa 4 indica que em campo os erros dos juízes terão consequências irreversíveis e, fora dele, poderá haver erros na priorização de investimentos, tais como a saúde e a educação", afirma Fernanda.




»Entretanto, ainda no jogo inaugural, da metade para o final, Fernanda prevê bons sentimentos para a torcida brasileira. "Devido ao trígono entre a Lua com Vênus no Mapa Astral do Brasil, poderemos ter a sensação de vitória e de evolução para os próximos jogos do Mundial. A princípio, é possível que o país passe por esta etapa da competição, mas tenho dúvidas quanto ao futuro do torneio", aponta a especialista.

Copa será marcada por agressividade e acidentes em campo

»Entre os dias 12 e 20 de junho, ocorrerá uma quadratura perigosa no céu, entre Marte e Plutão, o que sugere violências extremas. "Poderemos esperar mais agressividade em campo, muitas vezes sem justificativa. Um exemplo é um time estar jogando mal, ao mesmo tempo em que apela para provocações, agindo de maneira desonesta. Pode ser que alguns jogadores se prejudiquem por perder a cabeça, recebendo do árbitro um cartão amarelo ou até vermelho. Por outro lado, esta quadratura pode ser benéfica no sentido de dar mais garra e vontade, fazendo com que as pessoas queiram muito disputar para ganhar. Isso é de grande importância, afinal, qual é a graça de jogos sem emoção alguma?", questiona Vanessa Tuleski.

»Outro aspecto que poderá deixar todos com os nervos à flor da pele é o de Marte em oposição a Urano, vigente entre os dias 18 e 30 de junho. Segundo Vanessa, duas características típicas dessa oposição são a rebeldia e a agitação, que poderão estar presentes tanto nos jogos quanto na população em geral, pesando ainda mais na balança das manifestações. "Poderá não ser fácil conter as pessoas, enquadrá-las nas regras. Quem circular pelas cidades nas quais serão realizados os jogos da Copa talvez tenha que lidar com uma falta de educação maior, por causa desta teimosia mal direcionada, uma consequência do aspecto", explica a astróloga.




»A oposição entre Marte e Urano também traz uma possibilidade bastante séria de acidentes em campo. De acordo com Vanessa, poderão ser aqueles que geralmente tiram um jogador do torneio e o obrigam a encarar uma lenta recuperação. Portanto, segundo a astróloga, não será surpresa se houver cortes e substituições nos times.

Partidas fluirão com dificuldade

»A satisfação, contudo, poderá dar o ar da graça em alguns momentos do torneio. De acordo com Vanessa Tuleski, alguns aspectos serão positivos e trarão chances de diversão e contentamento. "A Copa começará com Sol em Gêmeos e mais tarde Vênus entrará em Gêmeos. No Mapa Astral do Brasil existe uma conjunção de Lua com Júpiter em Gêmeos. Isso simboliza a nossa paixão por grandes eventos, que estão associados a Júpiter. Somos animados, torcemos e fazemos festa, qualidades que estarão presentes na Copa. Também gostamos de receber pessoas de outras nacionalidades: Lua conjunta a Júpiter representa o nosso povo (Lua) acolhendo os estrangeiros com naturalidade e alegria (Júpiter)", detalha a astróloga.

»Todavia, essa satisfação poderá encontrar dificuldades para se manifestar por completo, por causa de uma outra quadratura, desta vez entre Saturno e Vênus. No Mapa Astral do Brasil, essa mesma Vênus está em Leão, o que indica o quanto o povo gosta de ver seus jogadores atuarem com brilho, ao estilo leonino. Mas Vanessa alerta que a quadratura pode implicar justamente na dificuldade em brilhar.
" O envolvimento tenso de Saturno e Vênus sugere a possibilidade de jogos "truncados", confusos, em que o time adversário gera problemas.


Estádio do Crorínthias

»Os nossos jogadores também poderão estar mais travados, de modo que o jogo dificilmente fluirá. A impressão é a de que muitos resultados serão pobres, com vitórias apertadas, do tipo 1 a 0. Mas pode ser que em um dado dia haja uma exceção a este padrão. Este aspecto também pode implicar em uma teimosia maior do técnico, com as possíveis divergências que isto vai gerar junto ao público", esclarece Vanessa.

Brasil poderá ter dificuldades de ganhar a Copa

»Diante de tantos desafios, a astróloga Fernanda Santa Roza acredita que o Brasil poderá ter dificuldade em consagrar-se como vencedor da Copa do Mundo de 2014, embora torça pelo contrário.

 "O Mapa inaugural da Copa tem Lua e ascendente em Sagitário. Júpiter - regente das competições internacionais e da Lua sagitariana - está na Casa 8 do Mapa da Copa, uma sugestão de que o time da casa não deve ganhar, infelizmente. No final da Copa, Vênus ainda irá desfazer uma quadratura com Mercúrio natal do Brasil - regente do Sol em Virgem brasileiro - para formar o mesmo aspecto com Plutão no Mapa do país, simbolizando perda e resultados negativos ou manipulados. Sendo assim, existe alguma chance de conquistarmos o hexacampeonato, mas nesse caso teremos uma certa ajuda da arbitragem e uma grande força da massa, da torcida nos estádios.




»Então, recomendo que façamos a nossa parte: vamos torcer", aconselha Fernanda.

»Para Vanessa Tuleski, no entanto, os jogadores que souberem manter o sangue frio poderão conseguir boas oportunidades de gol e, consequentemente, de destaque em relação ao time. Segundo a astróloga, essa conduta poderá ser uma luz no sombrio túnel astrológico das previsões. Além disso, o planeta Marte estará transitando por Libra durante todo o campeonato. "De um modo geral, isto significa que os times que conseguirem manter o equilíbrio (Libra), apesar das divergências, terão os melhores resultados. Libra é um signo que fala da necessidade de compreensão entre dois ou mais opostos. Nem sempre será fácil porque haverá diferenças dentro das equipes, mas esse entendimento poderá ser primordial para os bons resultados", afirma a especialista.

»Ainda de acordo com Vanessa, outro aspecto que ressoará durante o Mundial será o trígono entre Saturno e Júpiter. "Este aspecto privilegia a experiência (Saturno) e o otimismo, a alegria (Júpiter). Jogadores ou times que tiverem um pouco desta característica poderão se destacar. Como Júpiter estará em Câncer, a princípio jogadores ou países com este signo em pontos importantes de seus Mapas (Sol, Lua, Ascendente ou Meio-do-Céu) poderão ter uma ajuda para ter um melhor desempenho", conclui.» [fim de citação]



Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro,
onde se realizará a final da Copa



Rio de Janeiro está situado na Baía de Guanabara e cercada por montes por todos os lados, o que torna a cidade especialmente linda e única.

O lendário estádio do Maracanã foi palco da final da Copa do Mundo 1950, com o maior público de futebol da história (cerca de 200 mil pessoas) e está totalmente reformado e modernizado para ser palco da final da Copa do Mundo de 2014.

O estádio fica próximo ao Centro da cidade e com acesso também por metrô.


Jogos no Rio de Janeiro


15/06, 19h - Argentina x Bósnia (Grupo F)

18/06, 19h - Espanha x Chile (Grupo B)
22/06, 19h - Bélgica x Rússia (Grupo H)
25/06, 17h - Equador x França (Grupo E)
28/06, 17h - 1º Grupo C x 2º Grupo D (Oitavas de final)
04/07, 13h - 1º E ou 2º F x 1º G ou 2º H (Quartas 2)
13/07, 16h - Decisão da Copa do Mundo


Nesta parte final do artigo, quero dizer que 

os astros indicam mas são os jogadores que metem golo






Considerações finais



Desde o início das Capas do Mundo já se realizaram 18 mundiais, com as vitórias distribuídas assim:


BRASIL 5
ITÁLIA 4
ALEMANHA 3
ARGENTINA E URUGUAI 2
INGLATERRA, FRANÇA, ESPANHA 1

Em previsões da astrologia para ser levantado um mapa de quando um evento começa. Para cada jogo você pode fazer um mapa e interpretá-lo de acordo com alguma técnica astrológica. Para os fins deste artigo, vamos considerar apenas o início de cada Copa do Mundo desde 1930 para analisar a correspondência astrológica todas as datas com o Brasil 2014 para o mundo saber que a equipe tem a melhor chance de ganhar seria.


Seria necessário levantar a carta do 1º jogo do mundial que foi em Uruguai, a 13 de julho de 1930 às 3 de la tarde, em Montevideo, Uruguai, verificámos que Plutão, Sol e a Lua estão conjuntos  em Caranguejo na Casa VII. Também estavam nesse signo o poderoso Júpiter e a Roda da Fortuna

Estava a nascer a poderosa FIFA.

É um stellium poderoso que fez super-enriquecer a FIFA à custa de milhões de pessoas que gostam de gritar GOLOOOOOOOO:::

A essa quantidade de planetas em Caranguejo no sector da Casa VIII (a Casa de Escorpião)podem explicar poque jugadores tão importantes têm es es signos em alta nas nos seus mapas natais: Figo Maradona, Pelé. Garrincha, Riva, Mazolla, Gerard Muller, Friedrich Walter, Blokhin, Zico, Del Piero, Messi, Maldini,  Robben, Zidane, Platini, Lampard, Raul, Vieri, Butragueño, Kempes, Sergio Busquets, Mario Gómez.







Uma característica que me chamou a atenção foi a Casa V do evento, em São Paulo. A Casa V, tem a ver com eventos desportivos e a cúspide está no signo de Peixes. A parte anatómica que rege este signo são os pés, que é o instrumento ideal para que os jogadores metam o golo.

No V, está localizado o planeta Úrano no grau 15 de Carneiro / Áries que aconteceu 84 anos antes, e estará no mesmo nível e no mesmo sector no dia 12 de junho 2014 às 17:00 em São Paulo, quando se iniciar o primeiro jogo da Copa do Mundo Brasil 2014.

O planeta Úrano pode associar-se com o momento certo para pegar a bola e o facto de se encontrar no campo da criatividade faz-me pensar em jogos bonitos. Por muita preparação prévia que pos selecionadores façam com as equipas, este Úrano irá estragar-lhes os planos, de uma forma até agora impensável. O que foi preparado como uma coisa rígida pode fazer com que os jogadores reajam de forma diferente, para o bem e para o mal.




Os Nodos Lunares, em astrologia representa dívidas cármicas se relacionam com o passado. Isso significa que o trabalho em equipe, harmonioso, que é o atribuído ao vencedor. Estes nós estes Nodos Lunares estão localizadas no sector V e XI.

Em todos os mundiais de futebol, o regente do Ascendente formava bons aspectos com o Sol, augurando um triunfo relevante para o ganhador. Foi assim que o Uruguai ganhou em 1930 e 1950. Foi assim também que aconteceu com muitas outras seleções, como a Inglaterra em 1966, Itália em 1982 e o Brasil em 2002.



Júpiter em Caranguejo /Câncer na Casa VIII, em 1954 e 1990 beneficiou a Alemanha, em 1978, a Argentina, em 1966 a Inglaterra e em 1930 ao Uruguai. Curiosamente, quando o Brasil ganhou a copa na Coreia-Japão, Júpiter transitava por Caranguejo mas na Casa VII, a da proeminência pública.



Se olharmos para o mapa do campeonato no Brasil, vemos um Ascendente Sagitário e a Lua nesse Ascendente. Quando a Lua esteve neste posicionamento deram-se as vitórias da Itália, em 2006, da Argentina em 1986. Por outro lado as Luas Cheias foram sempre favoráveis à Alemanha, tanto em 1954, como em 1990. A França também foi favorecida em 1998.

Muitas considerações e intermináveis astrológicas poderiam ser aqui enumeradas. Está por fazer todos os mapas das grandes vitórias do Brasil: Lua-Úrano ajudou o Brasil em 1950 ao seu 2º lugar. Lua sextil a Marte cooperou para a vitória do Brasil de 1970. E, por aí fora...




E Mercúrio retrógrado ajudou o Brasil a ganhar aos USA. Volta a estar agora retrógrado. Quem ajudará?

Os aspectos tensos entre o Nodo Norte e Júpiter favoreceram a Alemanha em 1954 e 1974. Também favoreceu o Brasil em 2002 o Chile em 1960. 


Neste mundial haverá esse aspecto no céu: o Nodo Norte fará uma quadratura a Júpiter, aparentemente favorecerá a equipa anfitriã: o Brasil.


Equipa portuguesa







.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates