Acidentes ou desencarnes colectivos?

28 de julho de 2013 ·



O astrólogo de Bucareste Dan Ciubotaru iniciou a investigação e eu dedidi pegar nela e dar-lhe uma volta bem maior e não tão astrológica.

Uma coisa é certa e está a tomar proporções muito grandes. Desde o ingresso do Sol no grau zero de Carneiro/Áries, em 20 Março [apenas há 4 meses] temos passado por inesperados e trágicos «acidentes» em todo o mundo.

Assim, meio que ao acaso, este caso do combóio de Santiago de Compostela [24-7-2013] com 78 mortos e mais de 140 feridos, que não se sabe como estarão. Outro caso sonante foram as bombas na Maratona de Boston [15-3-2013] com 264 feridos e 3 mortes. Também em Abril deste ano, mas no dia 24, houve aquele caso terrível dos 8 edifícios que colapsaram em Bengladesh, com 1129 mortos e mais de 2.500 feridos e que conseguiram ser recolhidos dos escombros.

Quem fizer o mapa para o ingresso do Sol em Carneiro, dia 20-3-2013, pelas 11h01m53s TMG e escolher a cidade que entender tendo sempre em atenção que a hora indicada é TMG, verificará que o Sol, assim que ingressou em Carneiro/Áries, fez conjunção com Marte [regente de Carneiro] e com Úrano, todos neste signo guerreiro. Estes 3 planetas faziam quadratura à Lua em Caranguejo/Câncer, tornando o assunto de enormes perdas familiares. Tudo muito aumentado pela quadratura que Júpiter [as Leis Superiores] fazia a Mercúrio[amigos, filhos, vizinhos, crianças], e com a conjunção de Neptuno [solvente] a Mercúrio, tornando isto tudo muito nebuloso. E foi. E está a ser.

Uma coisa é certa: este mapa do ingresso do Sol em Carneiro/2013 está ligado oas mapas dos eventos atrás mencionados. É de esperar que haja mais ocorrências ao longo do ano.

Menciono isto porque parece que os Grandes Trígonos e o Grande Sextil nos trazem adormecidos.

E, porque quero concluir com isto, que não é nada astrológico, mas intuição minha: são demasiadas mortes em simultâneo para não pensarmos em «desencarne colectivos». Há gente a mais no planeta. Há gente a mais no planeta que só acham que a vida é apenas biológica.


.


3 comentários:

Astrid Annabelle disse...
28 de julho de 2013 às 12:20  

Na hora que eu soube desse acidente em Santiago de Compostela me lembrei das suas palavras sobre o desencarne coletivo que mencionou quando do evento em Boston António ...foi mesmo na hora. E se prestar atenção não só são desencarnes coletivos de humanos...dos golfinhos também e de outros animais... Astrologicamente nada tenho a acrescentar, pois sou uma aprendiz, mas sobre a dinâmica do invisível eu arrisco uma opinião>>>à medida que não acompanhamos as novas frequências vibracionais não podemos permanecer no planeta...é o que eu sinto.
Beijos meu querido.
Astrid Annabelle

P.S. abri duas vezes o Cova do Urso para me certificar ...as imagens sumiram...todas... putzzzz!!!!!.... desencarne coletivo das imagens do seu blog...^!^

Beatriz disse...
29 de julho de 2013 às 09:42  

Não existem conincidências António Rosa, isso eu sei!
Neste momento tenho como leitura "O Inferno" de Dan Brown. E efetivamente o terma central sa obra é o excesso de população do nosso planeta e a falta de recursos para todos ... vamos ver até onde os "Cegos" que nos governam conseguem por o dinheiro e os banco á frente do que é mais importante - Alimentar o povo e fazer do planeta um verdadeiro planeta verde e livre de poluição. Obrigada

mariamanu disse...
29 de julho de 2013 às 19:02  

António, obrigada por este blog onde tanta coisa é partilhada.
Eu acredito nos desencarnes colectivos, sim.
Nada acontece por acsso.

Nada sei sobre astrologia, mas é um tema q muito me interessa.

Grata pelas partilhas.
Manuela salgado

28 de julho de 2013

Acidentes ou desencarnes colectivos?



O astrólogo de Bucareste Dan Ciubotaru iniciou a investigação e eu dedidi pegar nela e dar-lhe uma volta bem maior e não tão astrológica.

Uma coisa é certa e está a tomar proporções muito grandes. Desde o ingresso do Sol no grau zero de Carneiro/Áries, em 20 Março [apenas há 4 meses] temos passado por inesperados e trágicos «acidentes» em todo o mundo.

Assim, meio que ao acaso, este caso do combóio de Santiago de Compostela [24-7-2013] com 78 mortos e mais de 140 feridos, que não se sabe como estarão. Outro caso sonante foram as bombas na Maratona de Boston [15-3-2013] com 264 feridos e 3 mortes. Também em Abril deste ano, mas no dia 24, houve aquele caso terrível dos 8 edifícios que colapsaram em Bengladesh, com 1129 mortos e mais de 2.500 feridos e que conseguiram ser recolhidos dos escombros.

Quem fizer o mapa para o ingresso do Sol em Carneiro, dia 20-3-2013, pelas 11h01m53s TMG e escolher a cidade que entender tendo sempre em atenção que a hora indicada é TMG, verificará que o Sol, assim que ingressou em Carneiro/Áries, fez conjunção com Marte [regente de Carneiro] e com Úrano, todos neste signo guerreiro. Estes 3 planetas faziam quadratura à Lua em Caranguejo/Câncer, tornando o assunto de enormes perdas familiares. Tudo muito aumentado pela quadratura que Júpiter [as Leis Superiores] fazia a Mercúrio[amigos, filhos, vizinhos, crianças], e com a conjunção de Neptuno [solvente] a Mercúrio, tornando isto tudo muito nebuloso. E foi. E está a ser.

Uma coisa é certa: este mapa do ingresso do Sol em Carneiro/2013 está ligado oas mapas dos eventos atrás mencionados. É de esperar que haja mais ocorrências ao longo do ano.

Menciono isto porque parece que os Grandes Trígonos e o Grande Sextil nos trazem adormecidos.

E, porque quero concluir com isto, que não é nada astrológico, mas intuição minha: são demasiadas mortes em simultâneo para não pensarmos em «desencarne colectivos». Há gente a mais no planeta. Há gente a mais no planeta que só acham que a vida é apenas biológica.


.


3 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Na hora que eu soube desse acidente em Santiago de Compostela me lembrei das suas palavras sobre o desencarne coletivo que mencionou quando do evento em Boston António ...foi mesmo na hora. E se prestar atenção não só são desencarnes coletivos de humanos...dos golfinhos também e de outros animais... Astrologicamente nada tenho a acrescentar, pois sou uma aprendiz, mas sobre a dinâmica do invisível eu arrisco uma opinião>>>à medida que não acompanhamos as novas frequências vibracionais não podemos permanecer no planeta...é o que eu sinto.
Beijos meu querido.
Astrid Annabelle

P.S. abri duas vezes o Cova do Urso para me certificar ...as imagens sumiram...todas... putzzzz!!!!!.... desencarne coletivo das imagens do seu blog...^!^

Beatriz disse...

Não existem conincidências António Rosa, isso eu sei!
Neste momento tenho como leitura "O Inferno" de Dan Brown. E efetivamente o terma central sa obra é o excesso de população do nosso planeta e a falta de recursos para todos ... vamos ver até onde os "Cegos" que nos governam conseguem por o dinheiro e os banco á frente do que é mais importante - Alimentar o povo e fazer do planeta um verdadeiro planeta verde e livre de poluição. Obrigada

mariamanu disse...

António, obrigada por este blog onde tanta coisa é partilhada.
Eu acredito nos desencarnes colectivos, sim.
Nada acontece por acsso.

Nada sei sobre astrologia, mas é um tema q muito me interessa.

Grata pelas partilhas.
Manuela salgado

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates