O enigmático ano dos trígonos em 2013

28 de novembro de 2012 ·



Já aqui tinha comentado que 2013 será o ano dos trígonos especiais:

Saturno / Neptuno - Júpiter / Saturno - Júpiter / Quíron - Júpiter / Neptuno.

Neste sentido, há duas semanas atrás, comecei a escrever sobre este tema, da forma habitual em mim. E fui escrevendo. Quando cheguei à página 4, já eu estava cansado de mim mesmo e a perceber que o texto não me estava a dar alegria.

O universo é sábio: obrigou-me a interromper o que estava a escrever, atirando para cima de mim uma daquelas gripes terríveis que, num corpo como o meu, já muito castigado e sem grandes defesas físicas internas custam mais a curar [sim, já estou fora de prazo, mas Eles querem-me cá mais um tempinho, lá saberão porquê]. Por favor, se não têm nada para dizer, não me deixem comentários a desejar as melhoras, pois isso é tão deprimente... Nem imaginam. Um 'likezinho' e fico muito feliz e enormemente agradecido.

Já ia a três quartos desta gripe e a maior parte da limpeza interna já se efectuara, sobretudo no emocional e mental, e aí foi-me dada a rara oportunidade de vivenciar uma «epifania» [com minúscula e sem acento circunflexo], que é um substantivo que significa «manifestação de Deus ou de uma divindade». Sim, tive uma epifania quanto a estes trígonos de 2013, que me obrigou a deitar fora tudo o que tinha escrito sobre 2013.

Esta epifania traduziu-se numa visão muito alargada e generalista destes trígonos. O centro de cada trígono acima mencionado passou da dupla de planetas, para um epicentro em que os 4 planetas [e outros, também] irão funcionar como uma grande orquestra a tocarem uma sinfonia cósmica, como que assinadas por Debussy [do signo Virgem], um inovador para a época [princípios do Sec. XX] e que ainda hoje nos deixa perplexos com as suas melodias. Lembro-me da sua «Suite Bergamascque» que eu ouvia em disco vinil nos anos 70 do século passado, assim que regressei da vida militar.

Perceber nesta epifania que Júpiter e Neptuno funcionaram como uma mistura de instrumentos de metais, ou de sopro, aos instrumentos de corda, para controlares as Alturas...

Bom, vou ter que ficar por aqui, pois quando publicar o meu artigo sobre 2013, haverá imenso tempo para se estudar em pormenor este assunto.

Esta epifania tem um rosto nesta reencarnação: é a pessoa da fotografia abaixo, que consegue fazer a síntese destes trígonos. Consegui esta fotografia de 6D... :)))

Agradecido, meu Deus.

Abraços + beijinhos.

Passem muito bem.


P.S.: «Epifânia» - com maiúscula e acento circunflexo, designa a festa cristã que celebra o aparecimento dos Reis Magos. O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa explica estes assuntos.

.

5 comentários:

Astrid Annabelle disse...
28 de novembro de 2012 às 12:28  

Nem sei o que dizer...
Um beijo grande soprado daqui do outro lado do mundo para ti!!!
Feliz por ter você de volta na net...( isso não deprime!!! )
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
28 de novembro de 2012 às 13:09  

:)))

Bom dia, Astrid,

Imagino a surpresa. Boa, por sinal.

Reparou que no facebook, as pessoas não sabem que comentar? Mesmo bom...

Beijinho

António

Astrid Annabelle disse...
28 de novembro de 2012 às 17:06  

Pois é... você é mesmo um lindo bruxo!!! rsss
Estou até agora às voltas com este assunto...pesquisando algumas cositas a respeito...
E vamos que vamos...
Beijo grande António
Astrid Annabelle

António Rosa disse...
28 de novembro de 2012 às 21:41  

Olá Astrid,

Fiz este post intencionalmente incompleto, pois quando surgir o texto completo, quem quiser que venha ler aqui no blogue. Nos outros espaços só divulgação do que será o artigo.

Sei que vai gostar. Na verdade eu deveria dizer: 'espero que goste'.

Irei desenvolver muito a linha «em baixo - em cima» [de Virgem para Peixes]...

Beijinho e até amanhã.

Marta disse...
4 de dezembro de 2012 às 10:04  

Meu querido Mestre,

Adoro Debussy... por isso espero pelas sinfonias do universo... e o eixo virgem peixes, sempre se apresentou para mim como uma cura acima do penso rápido... por isso aguardo pelo ano pós maia :-)

bjs de luz e gratidão

28 de novembro de 2012

O enigmático ano dos trígonos em 2013



Já aqui tinha comentado que 2013 será o ano dos trígonos especiais:

Saturno / Neptuno - Júpiter / Saturno - Júpiter / Quíron - Júpiter / Neptuno.

Neste sentido, há duas semanas atrás, comecei a escrever sobre este tema, da forma habitual em mim. E fui escrevendo. Quando cheguei à página 4, já eu estava cansado de mim mesmo e a perceber que o texto não me estava a dar alegria.

O universo é sábio: obrigou-me a interromper o que estava a escrever, atirando para cima de mim uma daquelas gripes terríveis que, num corpo como o meu, já muito castigado e sem grandes defesas físicas internas custam mais a curar [sim, já estou fora de prazo, mas Eles querem-me cá mais um tempinho, lá saberão porquê]. Por favor, se não têm nada para dizer, não me deixem comentários a desejar as melhoras, pois isso é tão deprimente... Nem imaginam. Um 'likezinho' e fico muito feliz e enormemente agradecido.

Já ia a três quartos desta gripe e a maior parte da limpeza interna já se efectuara, sobretudo no emocional e mental, e aí foi-me dada a rara oportunidade de vivenciar uma «epifania» [com minúscula e sem acento circunflexo], que é um substantivo que significa «manifestação de Deus ou de uma divindade». Sim, tive uma epifania quanto a estes trígonos de 2013, que me obrigou a deitar fora tudo o que tinha escrito sobre 2013.

Esta epifania traduziu-se numa visão muito alargada e generalista destes trígonos. O centro de cada trígono acima mencionado passou da dupla de planetas, para um epicentro em que os 4 planetas [e outros, também] irão funcionar como uma grande orquestra a tocarem uma sinfonia cósmica, como que assinadas por Debussy [do signo Virgem], um inovador para a época [princípios do Sec. XX] e que ainda hoje nos deixa perplexos com as suas melodias. Lembro-me da sua «Suite Bergamascque» que eu ouvia em disco vinil nos anos 70 do século passado, assim que regressei da vida militar.

Perceber nesta epifania que Júpiter e Neptuno funcionaram como uma mistura de instrumentos de metais, ou de sopro, aos instrumentos de corda, para controlares as Alturas...

Bom, vou ter que ficar por aqui, pois quando publicar o meu artigo sobre 2013, haverá imenso tempo para se estudar em pormenor este assunto.

Esta epifania tem um rosto nesta reencarnação: é a pessoa da fotografia abaixo, que consegue fazer a síntese destes trígonos. Consegui esta fotografia de 6D... :)))

Agradecido, meu Deus.

Abraços + beijinhos.

Passem muito bem.


P.S.: «Epifânia» - com maiúscula e acento circunflexo, designa a festa cristã que celebra o aparecimento dos Reis Magos. O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa explica estes assuntos.

.

5 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Nem sei o que dizer...
Um beijo grande soprado daqui do outro lado do mundo para ti!!!
Feliz por ter você de volta na net...( isso não deprime!!! )
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

:)))

Bom dia, Astrid,

Imagino a surpresa. Boa, por sinal.

Reparou que no facebook, as pessoas não sabem que comentar? Mesmo bom...

Beijinho

António

Astrid Annabelle disse...

Pois é... você é mesmo um lindo bruxo!!! rsss
Estou até agora às voltas com este assunto...pesquisando algumas cositas a respeito...
E vamos que vamos...
Beijo grande António
Astrid Annabelle

António Rosa disse...

Olá Astrid,

Fiz este post intencionalmente incompleto, pois quando surgir o texto completo, quem quiser que venha ler aqui no blogue. Nos outros espaços só divulgação do que será o artigo.

Sei que vai gostar. Na verdade eu deveria dizer: 'espero que goste'.

Irei desenvolver muito a linha «em baixo - em cima» [de Virgem para Peixes]...

Beijinho e até amanhã.

Marta disse...

Meu querido Mestre,

Adoro Debussy... por isso espero pelas sinfonias do universo... e o eixo virgem peixes, sempre se apresentou para mim como uma cura acima do penso rápido... por isso aguardo pelo ano pós maia :-)

bjs de luz e gratidão

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates