Análise astrológica mais aprofundada do mapa do Prícipe George de Cambridge, filho de William e Kate

27 de setembro de 2013 ·


Tenho que contar este episódio para minha própria memória futura.
Poucos dias depois de ter nascido o bebé real, filho de William e Kate,
escrevi este post fazendo uma análise mais aprofundada da criança.
Escrevi o texto em 24 Julho 2013 no meu blogue de testes,
inacessível ao público.
Acontece que, simplesmente, me esqueci do post e não cheguei a 
publicá-lo no «Cova do Urso».
Devido a estar meio adoentado em Setembro 2013, 
e dispor de mais tempo,  não me apetecendo escrever nada para
a internet, e em vez de estar horas deitado,
 passou-me pela cabeça vir limpar o blogue de testes,
para não amontoar artigos já passados.
Foi quando me deparei-me com este post.
Sinto que ele não está completo, 
mas vou passá-lo mesmo assim para o «Cova do Urso».
Peço desculpa a todos os leitores ou estudantes de astrologia.

António Rosa
27-9-2013



Nasceu o primeiro filho de William e Kate, os duques de Cambridge. Não é um fait-divers. A criança, que é um menino pesa 3,9 quilogramas. Será, um dia, chefe de Estado do Reino Unido e dos países da Commonwealth.

O bebé é o terceiro na ordem da sucessão do trono, atrás do avô Carlos, o príncipe de Gales (título do herdeiro), e do pai.

Por isso, e por agora, fale-se das curiosidades. William e Kate quiseram imprimir alguma normalidade ao nascimento do filho e sacudiram alguns passos do extenso protocolo. Ainda assim, acederam a que a rainha fosse a primeira a ser informada. Mas dispensaram o mensageiro real e fizeram saber que seria William, que assistiu ao parto, a fazê-lo e por telefone. O bebé nasceu às às 16h24, apesar da notícia só ter sido divulgada já passava das 20h30.


Dados do Príncipe de Cambridge:

PRÍNCIPE GEORGE ALEXANDER LOUIS OF CAMBRIDGE
22 Julho 2013
16h24 TMG
Londres, Inglaterra


O que li de mais gracioso sobre o 'royal baby': «O astrólogo real deve ter segurado o parto até o Ascendente ter chegado a 27º11' de Escorpião, pois primeiro aplica a um sextil com a Lua [28º17' Capricórnio] e depois um trígono ao Sol [29º59' Caranguejo]». in «Barbara Abramo Astrologia»





A importância deste mapa deve-se a que se percebe nele as grandes mudanças que se poderão dar ainda neste século, se ele chegar a reinar.


Antes do seu nascimento, escrevi este pequeno texto:

Será rapaz ou rapariga? Com Vénus [00º10' Virgem] conjunta à estrela Regulus [00º02' Virgem] tudo leva a crer que será uma menina, por sua vez conjunta ao Nodo Norte da avó paterna, a Princesa Diana. Um engano, nasceu um rapaz. Este posicionamento tem uma magnífica orbe de 0º08'. Curiosamente, o símbolo sabiano para Caranguejo 30 é esta frase «Uma filha da revolução americana». Outro indicador que poderá ser uma menina. Por outro lado,  o factor masculino podemos ver em Mercúrio [13º32' Caranguejo] que está conjunto à estrela Sirius [14º17' Caranguejo], com uma excelente orbe de 0º45', posicionamento que indica um «anunciamento importante». Se escolher nascer a 29º de Caranguejo, é possível que veja em vida desaparecer a monarquia britânica. Se nascer no 1º grau de Leão, será a protagonista de toda uma viragem monárquica no seu país.

Análise astrológica aprofundada

Temos Vénus em conjunção com Regulus, a estrela real persa, que apesar de estar agora em Virgem, nos últimos dois mil anos esteve no coração de leão. É uma estrela de grandes honrarias.

Há algumas certas coisas que podemos dizer sobre esta nova chegada à família real britânica. Vai ser um bebé de Caranguejo, como o pai e a avó Diana. Terá Júpiter, Marte e Mercúrio em Caranguejo. Será  um link para a sua avó já falecida, a Princesa Diana. Mesmo nas famílias mais comuns é normal encontrarmos o traço astrológico familiar saltando uma geração. Será o caso? Veremos.

Um rei ou rainha de Caranguejo pode ser muito tímido. Veja-se o caso do pai do bebé, o Príncipe William, que também é do signo Caranguejo. Não será nada pomposo, nem arrogante, mas muito caloroso e generoso, apesar de muito discreto, à semelhança de seus pais, que prezam muito a sua privacidade.

Sinceramente, ainda não sei que pensar do facto de ter nascido no último grau de Caranguejo/Câncer. Sendo pessimista, poderíamos dizer que a instituição monarquia poderá desaparecer em vida deste recém-nascido.

Nascerá com o famosos Grande Trígono de Água: Júpiter em Caranguejo, Saturno em Escorpião e Neptuno em Peixes. Mas, como se fosse pouco tem um segundo Grande Trígono no seu mapa natal: Marte em Caranguejo, Saturno em Escorpião e Neptuno em Peixes.

Se quando crescer, ainda houver monarquias, terá um mapa complexo para reinar, sem nenhum planeta em Ar.


Placa anunciadora do nascimento do bebé real.


Clicar na ilustração para aumentar.

O mapa astrológico revela uma personalidade muito complexa e controversa, e, simultaneamente, uma alma muito especial. Em geral, é equilibrado, com duas quadraturas-T (total, quatro oposições) que dão força de vontade, até mesmo tensões, e uma pirâmide de água que dá relaxamento, o poder de atrair as coisas muito fáceis, e grandes qualidades.

Em primeiro lugar, Sol, Júpiter, Mercúrio, Marte, Vertex; Neptuno, Quíron, Saturno e Nodo Norte estão todos em Água. Combinado com Saturno e Nodo Norte a trabalharem na décima segunda casa, parece haver uma certa disposição para a espiritualidade. No entanto, embora seja necessário desenvolver e entender isso, se ele próprio não se dispuser a fazer algum esforço nessa área, poderá tornar-se um "sonhador", que tem tudo o que quer, mas não é necessariamente um ser feliz. No entanto temos um posicionamento muito curioso: Sol [29º59’ Caranguejo], Lua [28º17’ Capricórnio] e Vénus [00º08´Virgem] ou seja em posicionamentos de «éter», pois ou estão num dos dois graus finais do signo ou, pelo contrário, no 1º grau do signo. Conhecidos como graus anaréticos.

Por outro lado, Ascendente, Nodo Norte e Saturno em Escorpião (também em ângulo de quadratura-T), os planetas e Lilith na Casa VIII em oposição com Plutão indicam tanto um desvio de Escorpião, sobretudo enorme energia ou uma necessidade de conformá-lo, de domesticar essa energia.

Para ser feliz, esta criança terá que aprender a controlar os seus impulsos, para separar os valores materiais dos restantes valores, a não ser extremamente crítico sobre si mesmo e, especialmente, para não ser possessivo nem egoísta. Além disso, será bom  que  tomem cuidado com qualquer tipo de aventuras e riscos perigosos em que ele se possa meter, numa fase de criança e mais tarde, ele mesmo saber controlar-se, evitando esses riscos.

O pai também é Câncer. Apreciei a conjunção da Vénus do rapaz em conjunção com o Nodo Norte e Marte da avó, a Princesa Diana. E para acentuar o lado cármico desta relação, a Lua do menino faz conjunção ao Saturno da avó. Muito curioso. [Atrever-me-ia a dizer que o espírito dela é um dos grandes guias do pequeno príncipe. Convicções minhas, nada astrológicas.]

A minha leitora e amiga Maria Carmo escreveu isto no meu Facebook: «O Príncipe, afinal, ainda é Caranguejo!!! E como nasceu no último grau, há nisso uma certa urgência... a certeza de ainda nascer caranguejo... Com a LUA em detrimento nos últimos graus de Capricórnio, Vénus em detrimento a zero de Virgem, parece-me que só o Neptuno e o Júpiter estão bem posicionados. Pela hora de Londres (16H24) dá um ascendente nos últimos graus de Escorpião, com um grande trígono entre Saturno em 12, Neptuno em 3 e Júpiter Marte em oito. Atenção, esta criança tem aspectos desafiadores terríveis entre um stellium em oito e o Plutão, tudo em quadratura a Úrano... Mas tem o trígono em Água e um rectângulo místico. Temo que a oposição do Plutão a um stellium em oito possa implicar alguma cosa violenta... mais tarde ou mais cedo. Esperemos que não. Mas pode também ser uma GRANDE ALMA com uma casa oito da Espiritualidade bem desenvolvida.»

O seu "relacionamento" com a Lua também é algo a ter que ser resolvido com sabedoria: ele tem uma oposição Sol - Lua, ambos no final dos signos. Seria um pouco difícil para ele, mas é necessário ser ao mesmo tempo forte e de bom coração, com força de vontade e delicado. A Lua no exílio e Lilith em Caranguejo podem bloqueá-lo para ser assim, mas, no entanto, para ser um bom líder, ele tem que encontrar uma extremamente fina harmonia entre si e seus sentimentos.

 Li aquilo que me parece o mais gracioso sobre o 'royal baby':

- «O astrólogo real deve ter segurado o parto até o Ascendente ter chegado a 27º11' de Escorpião, pois primeiro aplica a um sextil com a Lua [28º17' Capricórnio] e depois um trígono ao Sol [29º59' Caranguejo]». in «Barbara Abramo Astrologia»

E digo eu: é uma forma de suavizar aquela oposição Sol - Lua. Estas Luas Cheias dão nisto. Vai ser rebelde com a mãe.

0 comentários:

27 de setembro de 2013

Análise astrológica mais aprofundada do mapa do Prícipe George de Cambridge, filho de William e Kate


Tenho que contar este episódio para minha própria memória futura.
Poucos dias depois de ter nascido o bebé real, filho de William e Kate,
escrevi este post fazendo uma análise mais aprofundada da criança.
Escrevi o texto em 24 Julho 2013 no meu blogue de testes,
inacessível ao público.
Acontece que, simplesmente, me esqueci do post e não cheguei a 
publicá-lo no «Cova do Urso».
Devido a estar meio adoentado em Setembro 2013, 
e dispor de mais tempo,  não me apetecendo escrever nada para
a internet, e em vez de estar horas deitado,
 passou-me pela cabeça vir limpar o blogue de testes,
para não amontoar artigos já passados.
Foi quando me deparei-me com este post.
Sinto que ele não está completo, 
mas vou passá-lo mesmo assim para o «Cova do Urso».
Peço desculpa a todos os leitores ou estudantes de astrologia.

António Rosa
27-9-2013



Nasceu o primeiro filho de William e Kate, os duques de Cambridge. Não é um fait-divers. A criança, que é um menino pesa 3,9 quilogramas. Será, um dia, chefe de Estado do Reino Unido e dos países da Commonwealth.

O bebé é o terceiro na ordem da sucessão do trono, atrás do avô Carlos, o príncipe de Gales (título do herdeiro), e do pai.

Por isso, e por agora, fale-se das curiosidades. William e Kate quiseram imprimir alguma normalidade ao nascimento do filho e sacudiram alguns passos do extenso protocolo. Ainda assim, acederam a que a rainha fosse a primeira a ser informada. Mas dispensaram o mensageiro real e fizeram saber que seria William, que assistiu ao parto, a fazê-lo e por telefone. O bebé nasceu às às 16h24, apesar da notícia só ter sido divulgada já passava das 20h30.


Dados do Príncipe de Cambridge:

PRÍNCIPE GEORGE ALEXANDER LOUIS OF CAMBRIDGE
22 Julho 2013
16h24 TMG
Londres, Inglaterra


O que li de mais gracioso sobre o 'royal baby': «O astrólogo real deve ter segurado o parto até o Ascendente ter chegado a 27º11' de Escorpião, pois primeiro aplica a um sextil com a Lua [28º17' Capricórnio] e depois um trígono ao Sol [29º59' Caranguejo]». in «Barbara Abramo Astrologia»





A importância deste mapa deve-se a que se percebe nele as grandes mudanças que se poderão dar ainda neste século, se ele chegar a reinar.


Antes do seu nascimento, escrevi este pequeno texto:

Será rapaz ou rapariga? Com Vénus [00º10' Virgem] conjunta à estrela Regulus [00º02' Virgem] tudo leva a crer que será uma menina, por sua vez conjunta ao Nodo Norte da avó paterna, a Princesa Diana. Um engano, nasceu um rapaz. Este posicionamento tem uma magnífica orbe de 0º08'. Curiosamente, o símbolo sabiano para Caranguejo 30 é esta frase «Uma filha da revolução americana». Outro indicador que poderá ser uma menina. Por outro lado,  o factor masculino podemos ver em Mercúrio [13º32' Caranguejo] que está conjunto à estrela Sirius [14º17' Caranguejo], com uma excelente orbe de 0º45', posicionamento que indica um «anunciamento importante». Se escolher nascer a 29º de Caranguejo, é possível que veja em vida desaparecer a monarquia britânica. Se nascer no 1º grau de Leão, será a protagonista de toda uma viragem monárquica no seu país.

Análise astrológica aprofundada

Temos Vénus em conjunção com Regulus, a estrela real persa, que apesar de estar agora em Virgem, nos últimos dois mil anos esteve no coração de leão. É uma estrela de grandes honrarias.

Há algumas certas coisas que podemos dizer sobre esta nova chegada à família real britânica. Vai ser um bebé de Caranguejo, como o pai e a avó Diana. Terá Júpiter, Marte e Mercúrio em Caranguejo. Será  um link para a sua avó já falecida, a Princesa Diana. Mesmo nas famílias mais comuns é normal encontrarmos o traço astrológico familiar saltando uma geração. Será o caso? Veremos.

Um rei ou rainha de Caranguejo pode ser muito tímido. Veja-se o caso do pai do bebé, o Príncipe William, que também é do signo Caranguejo. Não será nada pomposo, nem arrogante, mas muito caloroso e generoso, apesar de muito discreto, à semelhança de seus pais, que prezam muito a sua privacidade.

Sinceramente, ainda não sei que pensar do facto de ter nascido no último grau de Caranguejo/Câncer. Sendo pessimista, poderíamos dizer que a instituição monarquia poderá desaparecer em vida deste recém-nascido.

Nascerá com o famosos Grande Trígono de Água: Júpiter em Caranguejo, Saturno em Escorpião e Neptuno em Peixes. Mas, como se fosse pouco tem um segundo Grande Trígono no seu mapa natal: Marte em Caranguejo, Saturno em Escorpião e Neptuno em Peixes.

Se quando crescer, ainda houver monarquias, terá um mapa complexo para reinar, sem nenhum planeta em Ar.


Placa anunciadora do nascimento do bebé real.


Clicar na ilustração para aumentar.

O mapa astrológico revela uma personalidade muito complexa e controversa, e, simultaneamente, uma alma muito especial. Em geral, é equilibrado, com duas quadraturas-T (total, quatro oposições) que dão força de vontade, até mesmo tensões, e uma pirâmide de água que dá relaxamento, o poder de atrair as coisas muito fáceis, e grandes qualidades.

Em primeiro lugar, Sol, Júpiter, Mercúrio, Marte, Vertex; Neptuno, Quíron, Saturno e Nodo Norte estão todos em Água. Combinado com Saturno e Nodo Norte a trabalharem na décima segunda casa, parece haver uma certa disposição para a espiritualidade. No entanto, embora seja necessário desenvolver e entender isso, se ele próprio não se dispuser a fazer algum esforço nessa área, poderá tornar-se um "sonhador", que tem tudo o que quer, mas não é necessariamente um ser feliz. No entanto temos um posicionamento muito curioso: Sol [29º59’ Caranguejo], Lua [28º17’ Capricórnio] e Vénus [00º08´Virgem] ou seja em posicionamentos de «éter», pois ou estão num dos dois graus finais do signo ou, pelo contrário, no 1º grau do signo. Conhecidos como graus anaréticos.

Por outro lado, Ascendente, Nodo Norte e Saturno em Escorpião (também em ângulo de quadratura-T), os planetas e Lilith na Casa VIII em oposição com Plutão indicam tanto um desvio de Escorpião, sobretudo enorme energia ou uma necessidade de conformá-lo, de domesticar essa energia.

Para ser feliz, esta criança terá que aprender a controlar os seus impulsos, para separar os valores materiais dos restantes valores, a não ser extremamente crítico sobre si mesmo e, especialmente, para não ser possessivo nem egoísta. Além disso, será bom  que  tomem cuidado com qualquer tipo de aventuras e riscos perigosos em que ele se possa meter, numa fase de criança e mais tarde, ele mesmo saber controlar-se, evitando esses riscos.

O pai também é Câncer. Apreciei a conjunção da Vénus do rapaz em conjunção com o Nodo Norte e Marte da avó, a Princesa Diana. E para acentuar o lado cármico desta relação, a Lua do menino faz conjunção ao Saturno da avó. Muito curioso. [Atrever-me-ia a dizer que o espírito dela é um dos grandes guias do pequeno príncipe. Convicções minhas, nada astrológicas.]

A minha leitora e amiga Maria Carmo escreveu isto no meu Facebook: «O Príncipe, afinal, ainda é Caranguejo!!! E como nasceu no último grau, há nisso uma certa urgência... a certeza de ainda nascer caranguejo... Com a LUA em detrimento nos últimos graus de Capricórnio, Vénus em detrimento a zero de Virgem, parece-me que só o Neptuno e o Júpiter estão bem posicionados. Pela hora de Londres (16H24) dá um ascendente nos últimos graus de Escorpião, com um grande trígono entre Saturno em 12, Neptuno em 3 e Júpiter Marte em oito. Atenção, esta criança tem aspectos desafiadores terríveis entre um stellium em oito e o Plutão, tudo em quadratura a Úrano... Mas tem o trígono em Água e um rectângulo místico. Temo que a oposição do Plutão a um stellium em oito possa implicar alguma cosa violenta... mais tarde ou mais cedo. Esperemos que não. Mas pode também ser uma GRANDE ALMA com uma casa oito da Espiritualidade bem desenvolvida.»

O seu "relacionamento" com a Lua também é algo a ter que ser resolvido com sabedoria: ele tem uma oposição Sol - Lua, ambos no final dos signos. Seria um pouco difícil para ele, mas é necessário ser ao mesmo tempo forte e de bom coração, com força de vontade e delicado. A Lua no exílio e Lilith em Caranguejo podem bloqueá-lo para ser assim, mas, no entanto, para ser um bom líder, ele tem que encontrar uma extremamente fina harmonia entre si e seus sentimentos.

 Li aquilo que me parece o mais gracioso sobre o 'royal baby':

- «O astrólogo real deve ter segurado o parto até o Ascendente ter chegado a 27º11' de Escorpião, pois primeiro aplica a um sextil com a Lua [28º17' Capricórnio] e depois um trígono ao Sol [29º59' Caranguejo]». in «Barbara Abramo Astrologia»

E digo eu: é uma forma de suavizar aquela oposição Sol - Lua. Estas Luas Cheias dão nisto. Vai ser rebelde com a mãe.

Sem comentários:

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates