No zen for me - Lua enquadrada entre Marte e Saturno

22 de fevereiro de 2008 ·

Deu-se uma raridade cósmica: a Lua ficou enquadrada entre os "maléficos" Marte (em Gémeos) e Saturno (em Virgem) entre 16 e 21 de Fevereiro, conforme se pode constatar pelos mapas mais abaixo. Com direito a Lua e Cheia e eclipse lunar total, o que tornou o acontecimento mais raro ainda. Dizem os astrólogos antigos que, quando isso acontece, o que é raríssimo, dão-se catástrofes, desequilíbrios e coisas similares. Conto-vos a minha experiência pessoal/empresarial sobre este enquadramento. Passei por quase uma "catástrofe". Logo na noite de 16 de Fevereiro, quando a Lua ficou enquadrada, mas estando ainda perto de Marte, uma viatura de mercadorias da minha editora teve um acidente brutal provocado por uma outra viatura. Resultado: a nossa carrinha de mercadoria ficou severamente danificada, própria para o lixo. Felizmente o condutor não sofreu nada, para além do susto tremendo. O seguro vai ressarcir-nos com algum dinheiro, que nem dá para a entrada de uma outra viatura de carga. Na noite de 17 de Fevereiro caiu sobre a região da grande Lisboa tal quantidade de chuva, a mais intensa dos últimos 145 anos, que provocou mortes, desaparecidos, desalojados e enormes prejuízos a imensa gente, devido às inundações havidas. O armazém da nossa editora foi invadido por grande quantidade de água, tendo provocado perdas sérias. Como devem imaginar, livros (papel) e água não são propriamente "aliados". O nosso escritório, em outro local, por estar num rés-do-chão também foi invadido pela água, mas sem estragos, como os ocorridos no armazém. Pareceu-me interessante dar este exemplo prático do que é uma Lua enquadrada por Marte e Saturno. Não foi agradável, não. Na manhã do dia 21, após o eclipse e depois de ter saído do enquadramento, avançámos no sentido de mudarmos de instalações, e com uma rapidez impressionante encontrámos o local ideal que procurávamos, reunindo todas as condições para que tanto o escritório da editora, como o armazém ficassem juntos, a um preço muito bom, poupando-se imenso dinheiro a longo prazo nesta concentração. Estou a falar de "alugar" e não de "comprar". No passado, em Moçambique, já tive a minha dose de perda de imobiliário por nacionalizações. Hoje, dispenso essa necessidade de ser proprietário. Plutão em Capricórnio obriga-nos a uma gestão saudável dos recursos existentes. Ainda bem que a Lua já não está enquadrada. Foram 5 dias intensos. E só contei isto. A ao leitor, correu tudo bem nestes 5 dias da Lua enquadrada por Marte e Saturno?

3 comentários:

ph_no_mad disse...
23 de fevereiro de 2008 às 12:52  

Ufffffff Amigo Urso!

Livra, que choveram "gatos e cães" por aí!
Aqui por casa foi tranquilo, na véspera tive a súbita inspiração de ir limpar as folhas do caminho e a água correu livre como um riacho e não houve estragos.

Um abraço solidário e parabéns pelas novas instalações.

Filipa

O Urso disse...
23 de fevereiro de 2008 às 13:30  

Olá Filipa,

Ainda bem para si. Mas pergunto-lhe: nenhum "sobressalto" nos temas das suas casas 5 a 7, onde no seu mapa ocorreu o enquadramento da Lua?

:)

A.

ph_no_mad disse...
23 de fevereiro de 2008 às 13:57  

Olá António

Nop!
Tranquilo, mesmo tranquilo nem casa V, nem casa VII a chatear.
Pelo menos até agora...
Devo ter passado nos intervalos da chuva ;)

Beijinhos
Filipa

22 de fevereiro de 2008

No zen for me - Lua enquadrada entre Marte e Saturno

Deu-se uma raridade cósmica: a Lua ficou enquadrada entre os "maléficos" Marte (em Gémeos) e Saturno (em Virgem) entre 16 e 21 de Fevereiro, conforme se pode constatar pelos mapas mais abaixo. Com direito a Lua e Cheia e eclipse lunar total, o que tornou o acontecimento mais raro ainda. Dizem os astrólogos antigos que, quando isso acontece, o que é raríssimo, dão-se catástrofes, desequilíbrios e coisas similares. Conto-vos a minha experiência pessoal/empresarial sobre este enquadramento. Passei por quase uma "catástrofe". Logo na noite de 16 de Fevereiro, quando a Lua ficou enquadrada, mas estando ainda perto de Marte, uma viatura de mercadorias da minha editora teve um acidente brutal provocado por uma outra viatura. Resultado: a nossa carrinha de mercadoria ficou severamente danificada, própria para o lixo. Felizmente o condutor não sofreu nada, para além do susto tremendo. O seguro vai ressarcir-nos com algum dinheiro, que nem dá para a entrada de uma outra viatura de carga. Na noite de 17 de Fevereiro caiu sobre a região da grande Lisboa tal quantidade de chuva, a mais intensa dos últimos 145 anos, que provocou mortes, desaparecidos, desalojados e enormes prejuízos a imensa gente, devido às inundações havidas. O armazém da nossa editora foi invadido por grande quantidade de água, tendo provocado perdas sérias. Como devem imaginar, livros (papel) e água não são propriamente "aliados". O nosso escritório, em outro local, por estar num rés-do-chão também foi invadido pela água, mas sem estragos, como os ocorridos no armazém. Pareceu-me interessante dar este exemplo prático do que é uma Lua enquadrada por Marte e Saturno. Não foi agradável, não. Na manhã do dia 21, após o eclipse e depois de ter saído do enquadramento, avançámos no sentido de mudarmos de instalações, e com uma rapidez impressionante encontrámos o local ideal que procurávamos, reunindo todas as condições para que tanto o escritório da editora, como o armazém ficassem juntos, a um preço muito bom, poupando-se imenso dinheiro a longo prazo nesta concentração. Estou a falar de "alugar" e não de "comprar". No passado, em Moçambique, já tive a minha dose de perda de imobiliário por nacionalizações. Hoje, dispenso essa necessidade de ser proprietário. Plutão em Capricórnio obriga-nos a uma gestão saudável dos recursos existentes. Ainda bem que a Lua já não está enquadrada. Foram 5 dias intensos. E só contei isto. A ao leitor, correu tudo bem nestes 5 dias da Lua enquadrada por Marte e Saturno?

3 comentários:

ph_no_mad disse...

Ufffffff Amigo Urso!

Livra, que choveram "gatos e cães" por aí!
Aqui por casa foi tranquilo, na véspera tive a súbita inspiração de ir limpar as folhas do caminho e a água correu livre como um riacho e não houve estragos.

Um abraço solidário e parabéns pelas novas instalações.

Filipa

O Urso disse...

Olá Filipa,

Ainda bem para si. Mas pergunto-lhe: nenhum "sobressalto" nos temas das suas casas 5 a 7, onde no seu mapa ocorreu o enquadramento da Lua?

:)

A.

ph_no_mad disse...

Olá António

Nop!
Tranquilo, mesmo tranquilo nem casa V, nem casa VII a chatear.
Pelo menos até agora...
Devo ter passado nos intervalos da chuva ;)

Beijinhos
Filipa

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Com tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates