Les Misérables [nova versão em filmagens]

14 de maio de 2012 ·


De alguma maneira, todos já ouvimos falar neste famoso livro de Victor Hugo, publicada em 3 de Abril de 1862 simultaneamente em Leipzig, Bruxelas, Budapeste, Milão, Roterdão, Varsóvia, Rio de Janeiro e Paris (nesta última cidade foram vendidos 7 mil exemplares em 24 horas). Victor Hugo é também autor de «Os Trabalhadores do mar» e «O Corcunda de Notre-Dame», entre outras obras.

A história passa-se na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Daqui resulta a vida de Jean Valjean, um condenado posto em liberdade, até à sua morte. Em torno dele giram algumas pessoas que vão dar os seus nomes para os cinco volumes do romance, testemunhando a miséria desse século, a pobreza miserável de: Fantine, Cosette, Marius, mas também Thénardier (incluindo Éponine e Gavroche) e o inspetor Javert.



Cameron Mitchel, o grande produtor do West End londrino e da Broadway novaiorquina decidiu produzir este filme, mas em forma de musical. Os actores principais são Hugh Jackman [Jean Valjean], Russell Crowe [Javert], Anne Hathaway [Fantine] e Eddie Redmayne [Marius].

«Lés Miserables» rendeu inúmeras peças de teatro e vários filmes, movimentando milhões de pessoas em todo o mundo. A imagem acima revela o visual de Hugh Jackman como Jean Valjean na fase em que o personagem tinha deixado a prisão e recebia ajuda de um bispo. Após roubar o seu benfeitor e ser capturado, Valjean não é novamente preso graças à bondade do bispo. É o suficiente para que, a partir de então, ele mude radicalmente de vida e abandone de uma vez por todas o crime. Como era de esperar, o visual de Hugh Jackman revela um Jean Valjean maltrapilho, sujo e com barba por fazer. Até o momento não foi divulgada nenhuma imagem da segunda fase do protagonista, após sua virada, em que as suas condições de vida melhoram muito.

A seguir mostro os primeiros vídeos que vazaram na internet com imagens do filme:










.

14 de maio de 2012

Les Misérables [nova versão em filmagens]


De alguma maneira, todos já ouvimos falar neste famoso livro de Victor Hugo, publicada em 3 de Abril de 1862 simultaneamente em Leipzig, Bruxelas, Budapeste, Milão, Roterdão, Varsóvia, Rio de Janeiro e Paris (nesta última cidade foram vendidos 7 mil exemplares em 24 horas). Victor Hugo é também autor de «Os Trabalhadores do mar» e «O Corcunda de Notre-Dame», entre outras obras.

A história passa-se na França do século XIX entre duas grandes batalhas: a Batalha de Waterloo (1815) e os motins de junho de 1832. Daqui resulta a vida de Jean Valjean, um condenado posto em liberdade, até à sua morte. Em torno dele giram algumas pessoas que vão dar os seus nomes para os cinco volumes do romance, testemunhando a miséria desse século, a pobreza miserável de: Fantine, Cosette, Marius, mas também Thénardier (incluindo Éponine e Gavroche) e o inspetor Javert.



Cameron Mitchel, o grande produtor do West End londrino e da Broadway novaiorquina decidiu produzir este filme, mas em forma de musical. Os actores principais são Hugh Jackman [Jean Valjean], Russell Crowe [Javert], Anne Hathaway [Fantine] e Eddie Redmayne [Marius].

«Lés Miserables» rendeu inúmeras peças de teatro e vários filmes, movimentando milhões de pessoas em todo o mundo. A imagem acima revela o visual de Hugh Jackman como Jean Valjean na fase em que o personagem tinha deixado a prisão e recebia ajuda de um bispo. Após roubar o seu benfeitor e ser capturado, Valjean não é novamente preso graças à bondade do bispo. É o suficiente para que, a partir de então, ele mude radicalmente de vida e abandone de uma vez por todas o crime. Como era de esperar, o visual de Hugh Jackman revela um Jean Valjean maltrapilho, sujo e com barba por fazer. Até o momento não foi divulgada nenhuma imagem da segunda fase do protagonista, após sua virada, em que as suas condições de vida melhoram muito.

A seguir mostro os primeiros vídeos que vazaram na internet com imagens do filme:










.

linkwithin cova

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
«A vida é o que te vai sucedendo, enquanto te empenhas a fazer outros planos.»
Professor Agostinho da Silva

Visitas ao blogue

Receba os artigos por email

Para si, leitor

Caro leitor, tem muito por onde escolher. Sinta-se bem neste blogue. Pode copiar os textos que entender para seu uso pessoal, para estudar, para crescer interiormente e para ser feliz. Considere-me como estando do seu lado. No entanto, se é para reproduzir em outro blogue ou website, no mínimo, tenha a delicadeza de indicar que o texto é do «Cova do Urso» e, como tal, usar o respectivo link, este: http://cova-do-urso.blogspot.pt/ - São as regras da mais elementar cortesia na internet. E não é porque eu esteja apegado aos textos, pois no momento em que são publicados, vão para o universo. Mas, porque o meu blogue, o «Cova do Urso» merece ser divulgado. Porquê? Porque é um dos melhores do género, em língua portuguesa (no mínimo) e merece essa atenção.


Love Cova do Urso

Image and video hosting by TinyPic

Lista de Blogue que aprecio

Ilha de Moçambique

Loading...

O Cova do Urso no 'NetworkedBlogs' dentro do Facebook

.

Mapa natal do 'Cova do Urso'


Get your own free Blogoversary button!

O «Cova do Urso» nasceu a 22-11-2007, às 21:34, em Queluz, Portugal.

1º post do blogue, clicar aqui.

Blog Archive

Patagónia, Argentina

Textos de António Rosa. Tecnologia do Blogger.

Copyright do blogue

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License
Os textos daqui são (maioritariamente) do autor do blogue. Caso haja uso indevido de imagens, promoverei as correcções, se disso for informado, bastando escrever-me para o meu email: covadourso@gmail.com -
Copyright © António Rosa, 2007-2014
 
Blogger Templates